Apocalipse - Capítulo 13

298 visualizações

Publicada em

Seminário Bíblico Apocalipse
Apocalipse Capítulo 13

Igreja Batista Central de Jacarepaguá
Pr. Julio Cesar
http://www.ibcjrj.com.br/

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apocalipse - Capítulo 13

  1. 1. Apocalipse Capítulo 13 Aula 19
  2. 2. Na semana passada aprendemos que a partir do capítulo 12 a perseguição à (mulher = Cristo) e à (sua descendência = igreja) ficará ainda mais cruel. Vimos que o dragão – satanás – se levantará para tentar destruir a mulher e devorar os filhos de Deus (12).
  3. 3. A partir do capítulo 12 e até o final do livro, como veremos, a revelação trata da perseguição cruel do “quarteto do mal” que ataca a igreja: satanás, o anticristo, o falso profeta e a grande babilônia. Mas, sobretudo, fala da grande e definitiva vitória de Cristo e de sua igreja sobre esses inimigos.
  4. 4. Isso mesmo, o dragão – satanás – não está sozinho. Ele formará uma falsa trindade com o anticristo e o falso profeta, figuras descritas no capítulo 13. E porque falsa trindade?
  5. 5. Basta compararmos as características do dragão e da besta para percebermos uma fracassada semelhança entre a relação “Deus – Jesus Cristo”. Vejamos:
  6. 6. Sobre o dragão: 12. 3 E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas. Sobre a Besta 13. 1 E EU pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia.
  7. 7. Fica claro que a besta assume as características do Dragão. É a personificação do próprio dragão, quer dizer, de satanás, que passa a assolar os filhos de Deus a partir do capítulo 13. O dragão perdeu suas três lutas, mas ainda sim, não desiste.
  8. 8. Em outras palavras, a besta é o “filho” do dragão, uma imitação de Cristo, imitação esta que continua com sua ferida de morte que é “curada”; numa alusão à morte e ressurreição de Cristo. Quer dizer, além de derrotados, são despeitados.
  9. 9. Assim, este capítulo nos mostra os agentes ou instrumentos do dragão para atacar a igreja de Cristo: 1ª Besta: O Anticristo. 2ª Besta: O falso profeta.
  10. 10. Como nos é revelado, a anticristo receberá poder sobre os impérios da terra e todo o poder do dragão – de satanás. Mais uma pobre imitação do Cristo verdadeiro. E quando isso ocorrerá? A besta emergirá no breve tempo do fim. Tempo descrito de várias formas. Vejamos:
  11. 11. A grande Tribulação: Mat. 24: 21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. 22E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
  12. 12. Tempo da apostasia. 2ª Tes. 2: 3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição.
  13. 13. O Pouco tempo de satanás. Ap. 20:3 E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.
  14. 14. É claro que estamos falando de uma figura escatológica... Que emergirá quando todas as coisas estiverem por se cumprirem. Mas, na história da igreja, vários anticristos já emergiram, aliás, até mesmo antes de Cristo...
  15. 15. Em Daniel, por exemplo, o anticristo é impessoal como sendo os impérios da Babilônia, Medo-Persa, Grego e Romano e também pessoal descrito pela pessoa de Antíoco Epifânio que profanou consagrando-o a Zeus e sacrificando porcos no altar.
  16. 16. Nas palavras de Jesus Cristo o anticristo é identificado na pessoa do Imperador romano Tito que no ano 70 destruiu a cidade de Jerusalém, assim como também a anticristo é este personagem escatológico. Ouçamos suas palavras:
  17. 17. 15 Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda; 16 Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;
  18. 18. 17 E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa; 18E quem estiver no campo não volte atrás a buscar as suas vestes. 19 Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias!
  19. 19. 20 E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado; 21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. 22 E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
  20. 20. 23 Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito; 24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. 25 Eis que eu vo-lo tenho predito. (Mateus 24. 15 a 22)
  21. 21. Nas palavras de João o anticristo é tanto impessoal quanto pessoal. Interessante é que João o identifica como um alguém já presente no seu tempo e também como aquele virá e que ele mesmo descreve em apocalipse 13. Ouçamos suas palavras.
  22. 22. Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho. E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já está no mundo.
  23. 23. Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo. (1ª João 4. 2,3 – 2.22 – 2 João 1.7)
  24. 24. Nas palavras de Paulo podemos perceber como que uma antecipação de Apocalipse. Para ele o anticristo é: Uma pessoa. Será obejeto de adoração. Usará falsos milagres. Só será revelado depois que aquilo que o detêm for removido. Será totalmente destruído por Cristo. Ouçamos suas palavras:
  25. 25. 1 ORA, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele, 2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. 3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
  26. 26. 4 O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. 5Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? 6E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado.
  27. 27. 7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; 8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; 9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, 10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.
  28. 28. O que se deve entender é que o anticristo sempre esteve presente em seus precursores, mas ele se levantará no tempo do fim como expressão máxima da oposição à igreja. Assim, devemos entender a ação de seus enviados como uma preparação para grande perseguição que se estabelecerá, visto que ao anticristo foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los;
  29. 29. Deste modo, a igreja é encorajada a aceitar de modo pacífico e resignado toda essa terrível tribulação. O que exigirá um alto grau de maturidade, de confiança, de fé, de intimidade, de esperança, em fim, de tudo que de algum modo nos fortifique em Deus. Diz a palavra:
  30. 30. Aquele que tem ouvidos ouça: Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá. Se alguém há de ser morto à espada, à espada haverá de ser morto. Aqui estão a perseverança e a fidelidade dos santos. Apocalipse 13:9,10
  31. 31. Tudo isso porque o anticristo e o falso profeta de apocalipse 13 exercerão poderes Políticos, Econômicos e Religiosos, simultâneamente. Diz o texto:
  32. 32. 13. 7b ...e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. 12 E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta 17 Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.
  33. 33. E mais interessante disso tudo é que nem mesmo satanás faz acepção de pessoas: 16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Mais uma imitação barata de Deus!
  34. 34. O dragão usará sua descendência para ganhar o controle político, o controle religioso e o controle monetário. Assim, a combinação destes domínios será o fundamento do ‘império’ da falsa trindade sobre as nações...
  35. 35. Na verdade, as coisas que aqui encontramos sobre o anticristo do final dos tempos se encaixam perfeitamente na descrição de muitos anticristos que existiram no decorrer da história e também em nosso tempo.
  36. 36. Quando homens e impérios se levantaram e impuseram ‘princípios’ que ofendiam a palavra e a santidade de Deus, pois impunham a opressão, a segregação, a idolatria, a imoralidade, a injustiça, a violência...
  37. 37. Como o secularismo de nosso tempo que, aliás, muitos o consideram como uma nova religião, pois as pessoas fazem do sucesso o seu deus, de sua conta bancária o seu templo e onde os cristãos genuínos sofrem pois se recusam a seguir as regras.
  38. 38. Assim, as palavras de João valem para os nossos dias: Aquele que tem ouvidos ouça: Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá. Se alguém há de ser morto à espada, à espada haverá de ser morto. Aqui estão a perseverança e a fidelidade dos santos. Apocalipse 13:9,10
  39. 39. Mas... Será que estamos preparados e dispostos para enfrentarmos os anticristos do séc. XXI?

×