Lição 14 - O Milenio

8.009 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.009
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.540
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
508
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 14 - O Milenio

  1. 1. O MILÊNIO
  2. 2. Alvo da lição O aluno será capaz desaber conhecer a realidade do milênio;sentir almejar a chegada dos novos tempos para os crentes em Cristo; agir dedicar-se ao estudo das profecias, tendo em vista o fortalecimento da fé.
  3. 3. POSIÇÕES QUANTO AO MILÊNIO AMILENISMO PÓS-MILENISMO PRÉ-MILENISMO O milênio é, literalmente, um1 O Milênio é o símbolo de um espaço de tempo entre a 1ª e a 2ª O reino de Deus é espiritual, não geográfico período de mil anos, quando Cristo reinará e o mundo sobreviverá a uma grande tribulação Onde houver indivíduos que2 Vindas de Cristo recebam a Cristo, aí está o reino de Deus Terminado o período atual, a Igreja será arrebatada3 A prisão de Satanás está vinculada à 1ª vinda de Cristo O reino de Cristo é uma realidade hoje Haverá sete anos de tribulação, sob o governo do Anticristo4 Acontecerá a 1ª ressurreição dos que crêem em Cristo A maioria das nações se converterá Jesus virá a terra após este período5 Reinado de mil anos com Cristo - domínio espiritual de Cristo O Milênio termina com a volta de Jesus O Anticristo será destruído O milênio não é, literalmente, mil6 Derrota de Satanás – 2ª vinda de Cristo anos, mas um período longo de tempo Satanás será preso por mil anos e Cristo reinará sobre a terra7 A 2ª ressurreição acontecerá quando da 2ª vinda de Cristo
  4. 4. Introdução “E reinaram com Cristo durante mil anos” (Ap 20.4). Entre as maiores divisões que separam os evangélicos na doutrina da Escatologia encontramos a divergência em relação ao Milênio, mencionado literalmente em Apocalipse 20. Várias interpretações são apresentadas quanto à natureza e ao propósito do Reino Milenar de Cristo. Mais à frente vamos conhecer cada uma dessas posições quanto ao Milênio.
  5. 5. I. O contexto do milênio1. Será um período literal de mil anos (Ap 20)2. Será estabelecido depois da Grande Tribulação, logo após o julgamento das nações vivas (Dn 12.11-13 e Mt 25.31)3. Será um período em que Deus demonstrará à humanidade que o pecado está no coração do homem (Mt 15.19)4. Não será o “novo céu e a nova terra” (Ap 21.1)5. No Milênio, Jerusalém será o centro de adoração para todos os povos e também a capital religiosa do mundo (Jr 3.17)
  6. 6. II. Os propósitos do milênio O Milênio será um tempo de restauração para todas as coisas: a terra, os animais, o homem e a adoração. Será também o tempo do cumprimento de muitas promessas de Deus para com Seu povo, Israel. Será a última etapa do plano de Deus no trato com o homem, denominada como a dispensação da plenitude dos tempos (Ef 1.10; Is 2.2; Mt 19.28),
  7. 7. III. A vida no milênio (Ap 20.5-6; Is 11.6-9) CORPOS NATURAIS CORPOS GLORIFICADOS Os que sobreviverem à Os crentes de todas as grande tribulação. épocas.
  8. 8. IV. O caráter do milênio ESPIRITUAL ECONÔMICO DIDÁTICOO Milênio será “Acabarão situações Visto que haverá umcaracterizado pela como: a especulação grande templo emobediência (Is 2.3), pela imobiliária, muro forte e Jerusalém no Milênio, ossantidade ( Jl 3.17), pela portão grande em casa, sacrifícios voltarão a serverdade e justiça (Zc 8.8) bem como fazenda oferecidos a Deus ali;e pela plenitude do cercada com mais de porém, sacrifícios nãoEspírito ( Jl 2.28-29). onze fios de arame expiatórios, ou seja, não farpado, posto que o visando salvação de princípio de Levítico pecados. 25.23 e outros serão restaurados. Também a terra não se venderá em perpetuidade” (A. L. Sacramento).
  9. 9. V. As posições quanto ao milênio1. AmilenismoAs premissas do amilenismo são:a.a prisão de Satanás está vinculada à obra de Cristo emSeu primeiro advento;b.a primeira ressurreição, ao reavivamento espiritual dosque creem em Cristo;c.o reinado de mil anos com Cristo, ao domínio espiritualpresente de Cristo;d.a derrota da revolta de Satanás, à Segunda Vinda deCristo;
  10. 10. V. As posições quanto ao milênio1. AmilenismoAs premissas do amilenismo são:e.a segunda ressurreição, à ressurreição física geral, dosjustos e injustos igualmente, quando da Segunda vindade Cristo” (Robert H. Gundry).
  11. 11. V. As posições quanto ao milênio2. Pós milenismoCreem que o reino de Cristo já é uma realidade nomundo hoje e, também, na conversão da maioria dasnações, não da totalidade. Para o pós-milenista, oMilênio terminará com a volta de Jesus. “O pós-milenistanão é literalista no que diz respeito à duração doMilênio: o Milênio é um período longo de tempo, nãonecessariamente mil anos medidos pelo calendário”(M. J. Erikson).
  12. 12. V. As posições quanto ao milênio3. Pré-milenismoO Milênio será um período de mil anos (literais) duranteos quais Cristo reinará sobre o mundo que sobreviverá àGrande Tribulação. O pré-milenista crê que, terminado operíodo da Igreja (atual), no qual judeus e gentios sãoconvidados a formar a “noiva” de Cristo, ocorrerá oarrebatamento dos salvos.
  13. 13. VI. O epílogo do milênio (Ap 20.7-9)1. O destino eterno de Satanás (Ap 20.10)2. O grande trono branco (Ap 20.11-15)
  14. 14. “Quando Cristo a trombeta lá” Quando Cristo a trombeta lá no céu mandar tocar,quando o dia majestoso amanhecer, E os remidos desta terrameu Jesus vier buscar, e fizer-se então chamada, lá estarei.
  15. 15. “Quando Cristo a trombeta lá” Neste dia tão glorioso quando o crente ressurgir e da glória de Jesus participar, Quando os salvos triunfantesO saudarem no porvir, e fizer-se então chamada, lá estarei.
  16. 16. “Quando Cristo a trombeta lá” Viverei então pra Cristo até o dia terminar, falarei do Seu amor por nós aqui; Quando, pois, findar a vida e o labor aqui cessar, e fizer-se então chamada, lá estarei.Quando Deus fizer chamada, lá estarei.
  17. 17. Conclusão A expectativa do Milênio para os salvos deve constituir-se em fator de grande estímulo para uma vida de santidade.

×