LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÌMICA. 
01 - (Unimontes MG) 
A figura abaixo mostra o experimento de Rutherford com o uso de uma ...
i – a maioria das partículas , sem sofrer algum desvio, atravessaram livremente a lâmina, produzindo cintilações na 
chap...
X+1A3y+5 xM2x+2 y+3Z4y 
a) 7A14; 6M14; 6Z12. 
b) 6A12; 5M12; 5Z10. 
c) 7A14; 7M15; 6Z15. 
d) 6A13; 6M12; 7Z12. 
e) 5A11; 6...
a) B; A; C; B; B 
c) C; A; B; C; B 
d) A; A; C; B; C 
e) C; C; B; A; B 
13 - (UFPA) 
Considerando os seguintes átomos gené...
19 - (UEPA) 
Somando-se os valores que correspondem às afirmações corretas, tem-se o total de: 
01. os átomos 11X23 e 11Y2...
b) Segundo a física clássica, uma carga elétrica em movimento irradia continuamente energia. Dessa maneira, o elétron acab...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modelo atómico exerccios 2

2.299 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelo atómico exerccios 2

  1. 1. LISTA DE EXERCÍCIOS DE QUÌMICA. 01 - (Unimontes MG) A figura abaixo mostra o experimento de Rutherford com o uso de uma lâmina de ouro e partículas . Supondo que esse experimento fosse realizado com átomos que tivessem a estrutura proposta pelo modelo de Thomson, pode-se afirmar que a) as partículas  atravessariam a lâmina de ouro, sendo observados poucos desvios. b) o anteparo apresentaria manchas luminosas dispersas de forma homogênea. c) os átomos da folha de ouro impediriam totalmente a passagem das partículas . d) os núcleos e elétrons dos átomos da lâmina de ouro absorveriam as partículas. 02 - (UFG GO) O esquema a seguir representa de modo simplificado o experimento de J. J. Thomson. Um feixe de partículas sai do cátodo, passa através de um orifício no ânodo e sofre a influência das placas metálicas A e B. De acordo com esse esquema, o feixe se aproxima de A quando a) as placas A e B forem negativas. b) a placa A for negativa e a B, positiva. c) a placa A for positiva e a B negativa. d) as placas A e B forem positivas. e) as placas A e B forem neutras. 03 - (UEG GO) Em 1911, Rutherford e colaboradores realizaram o experimento mostrado na figura abaixo: Instituto Federal Goiano – Campus Iporá Curso: Técnico em _________ integrado ao Ensino Médio Disciplina: QUÍMICA – 1º ANO Professor: Dylan Ávila Iporá, 09 de abril de 2012. Aluno(a):__________________________________________
  2. 2. i – a maioria das partículas , sem sofrer algum desvio, atravessaram livremente a lâmina, produzindo cintilações na chapa fluorescente. ii – ocasionalmente, porém, algumas partículas  eram desviadas de sua trajetória, ao atravessarem a lâmina, produzindo cintilações em pontos afastados da região de incidência da grande maioria das demais partículas . iii – muito raramente, algumas partículas  eram refletidas ao incidir sobre a lâmina de ouro. CARVALHO, Geraldo Camargo de. Química moderna. São Paulo: Scipione, 1997 p. 15. (Adaptado). Sabendo que as partículas  são carregadas positivamente e de acordo com o contexto e as informações apresentadas na figura, a) comente como as observações colhidas no experimento contribuíram para Rutherford propor o seu modelo atômico. b) comente a falha do modelo de Rutherford, segundo a física clássica, e como Bohr aprimorou esse modelo. 04 - (UFOP MG) A evolução da Teoria Atômica se deu através de modelos e conceitos propostos por diversos cientistas com base em suas experiências e observações. O conceito de matéria, como uma massa de carga positiva uniformemente distribuída, com os elétrons espalhados de modo a minimizar as repulsões eletrostáticas, pode ser creditado a: a) Bohr. b) Dalton. c) Thomson. d) Rutherford. 05 - (UFPA) No estudo do átomo, geralmente causa admiração a descoberta de Rutherford e colaboradores a respeito da dimensão do núcleo atômico em relação ao tamanho do próprio átomo. É comum, em textos de química, o uso de uma analogia em que um objeto redondo é colocado no centro do campo de futebol, do estádio do Maracanã, para ajudar na visualização de quão pequeno é o núcleo atômico. Na tabela 1, abaixo, encontram-se os diâmetros de alguns “objetos” redondos e o diâmetro interno aproximado do estádio do Maracanã. Estádio do Maracanã 200m Bola de futebol 22cm Bola de ping- pong 40mm Grão de areia 0,5mm Objeto Diâmetro Tabela 1: Diâmetros de objetos redondos Considerando-se a razão de diâmetros núcleo/átomo, encontrada na experiência de Rutherford, é correto afirmar: a) A analogia que usa a bola de ping-pong apresenta a melhor aproximação para a razão de diâmetros núcleo/átomo. b) A analogia que usa o grão de areia apresenta a melhor aproximação para a razão de diâmetros núcleo/átomo. c) A analogia que usa a bola de futebol subestima a razão de diâmetros núcleo/átomo em duas ordens de magnitude. d) A analogia que usa a bola de ping-pong superestima a razão de diâmetros núcleo/átomo em 10–4 ordens de magnitude. e) A analogia que usa a bola de futebol apresenta a melhor aproximação para a razão de diâmetros núcleo/átomo. 06 - (UESPI) Considerando os dados a seguir, e que A e M são isóbaros, e M e Z são isótopos, determine os números atômicos e de massa de cada um dos átomos.
  3. 3. X+1A3y+5 xM2x+2 y+3Z4y a) 7A14; 6M14; 6Z12. b) 6A12; 5M12; 5Z10. c) 7A14; 7M15; 6Z15. d) 6A13; 6M12; 7Z12. e) 5A11; 6M11; 6Z12. 07 - (UEG GO) Isótopos são átomos do mesmo elemento químico que apresentam as mesmas propriedades químicas e diferentes propriedades físicas. Para a caracterização de um átomo é necessário conhecer o seu número atômico e o seu número de massa. Sobre esse assunto, considere os elementos químicos hipotéticos (a + 7)X(3a) e (2a + 2)Y(3a + 2). Sabendo-se que esses elementos são isótopos entre si, responda ao que se pede. a) Calcule a massa atômica e o número atômico para cada um dos elementos químicos X e Y. b) Obtenha, em subníveis de energia, a distribuição eletrônica do íon X2+. c) O íon X2+ deverá apresentar maior ou menor raio atômico do que o elemento X? Explique. 08 - (UFMA) O átomo 52M apresenta 28 nêutrons. Assim, o íon M+3 é isoeletrônico ao átomo: a) 20Ca b) 22Ti c) 21Sc d) 23V e) 25Mn 09 - (UFC CE) Na tentativa de montar o intrincado quebra-cabeça da evolução humana, pesquisadores têm utilizado relações que envolvem elementos de mesmo número atômico e diferentes números de massa para fazer a datação de fósseis originados em sítios arqueológicos. Quanto a estes elementos, é correto afirmar que são: a) isóbaros. b) isótonos. c) isótopos. d) alótropos. e) isômeros. 10 - (UNIRIO RJ) Um átomo do elemento químico X perde 3 elétrons para formar o cátion X3+ com 21 elétrons. O elemento químico X é isótopo do elemento químico W que possui 32 nêutrons. Outro átomo do elemento químico Y possui número de massa (A) igual a 55, sendo isóbaro do elemento químico X. Com base nas informações fornecidas: a) determine o número de massa (A) e o número atômico (Z) do elemento químico X; b) o número de massa (A) do elemento químico W. 11 - (UFPEL RS) A série sobre Harry Potter trouxe para as telas do cinema o simpático bruxinho, campeão de vendas nas livrarias. Criticado por alguns e amado por muitos outros, Harry Potter traz à tona temas como bruxaria e alquimia. Essas duas crenças, ou “pseudo-ciências”, foram e ainda são ridicularizadas pelos cientistas, mas graças a bruxos, bruxas e alquimistas é que a química nasceu e deu os primeiros passos, afirmando-se como ciência. Muitos conceitos básicos da química, como energia das reações, isotopia, classificação periódica e modelos atômicos foram alicerçados pelos trabalhos e observações desses “cientistas” ou, como queiram, bruxos anônimos. Sobre os conceitos fundamentais da química, diferencie os conceitos de isotopia e isotonia. 12 - (UNITINS TO) Relacione a coluna I com a coluna II Coluna I (A) Isótopos entre si (B) Isóbaros entre si (C) Isótonos entre si Coluna II ( ) Diferentes números atômicos; diferentes números de massa. ( ) Iguais números atômicos; diferentes números de massa. ( ) Diferentes números atômicos; iguais números de massa. ( ) Diferentes números de prótons e de elétrons; iguais números de nêutrons. ( ) Diferentes números de prótons, de elétrons e de nêutrons. A seqüência correta de cima para baixo na coluna II é: a) A; C; B; C; A
  4. 4. a) B; A; C; B; B c) C; A; B; C; B d) A; A; C; B; C e) C; C; B; A; B 13 - (UFPA) Considerando os seguintes átomos genéricos 92X235, 92Y238, 19Z40 e 20T40 , podemos afirmar que a) X e Z são isótonos b) Y e T são isótopos c) Y e Z são isóbaros d) X e Y são isótopos e Z e T são isóbaros e) X e Z são isótopos e Y e T são isóbaros 14 - (GF RJ) Um átomo M, no seu estado fundamental. Possui número de massa igual a 3X e elétrons iguais a (X + 1) na eletrosfera. Sabendo-se que no núcleo de M tem 5 nêutrons, o valor de X é: a) 3 b) 4 c) 5 d) 6 e) 8 15 - (UFPB) Dois átomos A e B são isóbaros. A tem número de massa 4x + 5 e número atômico 2x + 2, e B tem número de massa 5x - 1. O número atômico, número de massa, número de nêutrons e número de elétrons do átomo A correspondem, respectivamente, a a) 14, 29, 14 e 15. b) 29, 15, 14 e 14. c) 29, 14, 15 e 14. d) 14, 29, 15 e 14. e) 29, 14, 15 e 15. 16 - (UFRRJ) Os átomos X e T são isótopos, os átomos W e T são isóbaros X e W são isótonos. Sabendo-se que o átomo X tem 25 prótons e número de massa 52 e que o átomo T tem 26 nêutrons, o número de elétrons do átomo W é: a) 21 b) 22. c) 23 d) 24 e) 25 17 - (PUC Camp SP) Examine as proposições abaixo: I. o íon 24 2 12Mg e o átomo Ne 20 10 são isótopos porque têm igual número de elétrons. II. Os isóbaros Ar e K 40 19 40 18 têm propriedades químicas diferentes. III. C e Ca 40 20 37 17  são átomos isótonos; têm igual número de massa. É possível afirmar que SOMENTE a) I é correta b) II é correta c) III é correta d) I e II são corretas e) II e III são corretas 18 - (UNAMA AM) Os elementos químicos cálcio, potássio e argônio, focalizados abaixo, são: 20Ca40 , 19K40 18Ar 40 a) isótopo b) isótonos c) isômeros d) isóbaros e) variedades alótropicas
  5. 5. 19 - (UEPA) Somando-se os valores que correspondem às afirmações corretas, tem-se o total de: 01. os átomos 11X23 e 11Y24 apresentam o mesmo símbolo químico. 02. dois átomos de um mesmo elemento químico são necessariamente iguais 04. dois átomos diferentes podem pertencer a um mesmo elemento químico. 08. dois átomos de um mesmo elemento químico têm números atômicos iguais e, portanto, igual número de elétrons. 16. dois átomos isótopos de um mesmo elemento químico possuem o mesmo número de nêutrons. 32. dois átomos isóbaros pertencem a elementos químicos diferentes. a) 27 b) 29 c) 30 d) 43 e) 45 TEXTO: 1 - Comum à questão: 20 A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu 2011 como o Ano Internacional da Química, para conscientizar o público sobre as contribuições dessa ciência ao bem-estar da humanidade, coincidindo com o centenário do recebimento do Prêmio Nobel de Química por Marie Curie. O prêmio recebido pela pesquisadora polaca teve como finalidade homenageá-la pela descoberta dos elementos químicos Polônio (Po) e Rádio (Ra). Na verdade, este foi o segundo prêmio Nobel recebido, sendo o primeiro em Física, em 1903, pelas descobertas no campo da radioatividade. Marie Curie, assim, se tornou a primeira pessoa a receber dois prêmios Nobel. Como outra homenagem, desta vez post mortem, os restos mortais de Marie Curie foram transladados em 1995 para o Panteão de Paris, local onde estão as maiores personalidades da França, em todos os tempos. Além disso, o elemento de número atômico 96 recebeu o nome Cúrio (Cm) em homenagem ao casal Curie, Marie e seu marido Pierre. 20 - (UEPB) O modelo atômico de Thomson sugere que o átomo (do grego, “indivisível”) é uma esfera de carga elétrica positiva, não maciça, incrustada de elétrons, de tal sorte que a carga elétrica líquida é nula, apontando para o átomo não mais como a menor partícula de matéria. Para corroborar com as ideias de Thomson, um aluno seu, Ernest Rutheford, propôs um experimento que conseguiria provar a veracidade das conclusões de seu orientador. A atividade baseava-se em passar a radiação proveniente de Polônio radioativo por um conjunto de lâminas de Chumbo com um orifício central e atingir uma lâmina de ouro extremamente fina, anterior a um anteparo móvel recoberto com Sulfeto de Zinco. Entretanto, seus resultados não foram os esperados por Rutheford. Qual das alternativas abaixo apresenta uma observação que NÃO pode ser concluída a partir dos resultados do experimento? a) O átomo contém imensos espaços vazios. b) A maioria das partículas alfa, provenientes da amostra de Polônio, atravessou a placa de Ouro sem sofrer desvio considerável em sua trajetória. c) O núcleo do átomo tem carga positiva. d) No centro do átomo existe um núcleo muito pequeno e denso. e) O átomo é composto de um núcleo e de elétrons em seu redor, que giram em órbitas elípticas. GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: C 3) Gab: a) i. a massa dos átomos constituintes da lâmina de ouro deveria estar concentrada em pequenos núcleos. ii. os núcleos teriam carga positiva, pois sabendo-se que as partículas  são carregadas positivamente, isso explicaria o fato das mesmas, sofrerem desvio de sua trajetória ao passarem muito próximo dos núcleos dos átomos da lâmina. iii. o tamanho do núcleo seria muito pequeno em relação ao tamanho do átomo, o que explicaria a baixa probabilidade de uma partícula  passar próxima ao núcleo ou colidir frontalmente com ele.
  6. 6. b) Segundo a física clássica, uma carga elétrica em movimento irradia continuamente energia. Dessa maneira, o elétron acabar-se-ia colidindo com o núcleo. Bohr, baseado na teoria da quantização de energia de Planck, aprimorou o modelo de Rutherford postulando que: i. os elétrons se movem ao redor do núcleo em órbitas bem definidas, que são denominadas órbitas estacionárias. ii. movendo-se em um órbita estacionária, os elétrons não emitem nem absorvem energia. iii. ao sofrer transição de uma órbita estacionária para a outra, o elétron absorve uma quantidade bem definida de energia, chamada quantum de energia. 4) Gab: C 5) Gab: A 6) Gab: A 7) Gab: a) massa atômica e número atômico de X. Z = 12 A = 15 massa atômica e número atômico de Y. Como X e Y são isótopos, então o número atômico de Y é igual a 12. A = 17 b) Distribuição eletrônica do íon X2+ 1s2 2s2 2p6 c) O íon apresentará menor raio atômico em relação ao elemento X. Isso porque, quando o átomo de determinado elemento perde elétrons, se transformando em um íon positivo, a carga nuclear efetiva aumenta, resultando na diminuição do raio atômico. Alia-se a isso, o fato do íon X2+ apresentar um menor número de camadas eletrônicas que o elemento X. 8) Gab: C 9) Gab: C 10) Gab: a) A = 55; Z = 24 b) 56 11) Gab: Isotopia: mesmo “Z” e diferente “A”. Isotonia: diferente “Z”, diferente “A” e mesmo número de nêutrons. 12) Gab: C 13) Gab: D 14) Gab: A 15) Gab: D 16) Gab: C 17) Gab: B 18) Gab: D 19) Gab: E 20) Gab: E

×