Semiotica das Cores - Cores que Comunicam

8.778 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Gostaria de saber qual é a fonte do esquma do slide 12. Desde já agradeço.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.778
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
61
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
246
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semiotica das Cores - Cores que Comunicam

  1. 1. * www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  2. 2. * * Pelos estudos cromáticos pode-se considerar a cor um elemento essencial como a água e o fogo. Não se pode conceber um ambiente sem cores. O homem convive com a cor constantemente, observa-se na intimidade das casas, no local de trabalho, monumentos, praças, prédios, ruas, vestuário, na natureza como nas plantas, animais e etc. * A cor possui uma força surpreendente, sem que exista a necessidade de juntar elementos instrutivos ou sentimentais. A cor é uma sensação visual, uma onda luminosa, um raio de luz branca que atravessa nossos olhos. Não tem existência material, trata-se apenas de sensação produzida por certas organizações nervosas sob a luz condicionada a faculdade da visão na relação olho e luz. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  3. 3. * * Na percepção visual distinguem-se três características básicas da cor, referentes a sua tridimensionalidade, cujos aspectos, qualidade ou contrastes participam da formação daquilo que compõe as cores. * Consideram-se como características básicas da percepção da cor: Matiz: que difere uma cor da outra, como azul e vermelho; Luminosidade: o claro e o escuro da cor; Saturação: refere-se ao potencial da cor, por exemplo, quando o matiz é mais forte e pleno (saturado) ou mais fraco (dessaturado). www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  4. 4. * Os olhos têm sensibilidade diferente sob condições de iluminação diversas, assim como a natureza da luz ambiente. Diversos fatores influenciam a visibilidade das cores, como se pode observar a seguir: * Contraste: separação nítida entre duas ou mais cores; * Intensidade: encontro entre cores suaves e fortes; * Tamanho: proporção entre as áreas do fundo em geral assunto a ser destacado. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam e do
  5. 5. * * Os teóricos assinalam como fatores que determinam a cor nos objetos/corpos: A própria cor; as variantes da cor dada pelos efeitos da luz e sombra; as cores refletidas por outros corpos próximos, que se pode chamar de cor ambiente. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  6. 6. * *A semiótica é o estudo dos signos, é a ciência das linguagens. Ou seja, todo e qualquer elemento que comunique simbolizando algo (conceptual, físico, objeto ou pessoa). * Tem como objetivo estudar os sistemas semióticos e de comunicação, bem como os processos envolvidos na produção e interpretação dos signos. ¨Considerado isoladamente, signo algum tem significação. Toda a significação do signo nasce do contexto, quer entendamos por isso um contexto de situação ou um contexto explícito, o que vem a dar no mesmo; com efeito, num texto ilimitado ou produtivo, um contexto situacional pode sempre ser tornado explicito.”(HJELMSLEV, 1975, p.50) www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  7. 7. * Considerando a cor uma linguagem sígnica é salutar valer-se da semiótica para entender a interpretação resultante da interação que se dá entre todos estes elementos constituintes da estrutura hospitalar. *A semiótica como disciplina que está na base de todos os sistemas cognitivos biológicos, humanos e não humanos, engloba e promove um marco epistemológico adequado para todas as demais perspectivas. Se considerarmos a cor como signo, estamos incluindo todos os aspectos. A cor pode funcionar como signo para um fenômeno físico, para um mecanismo fisiológico ou para uma associação psicológica. (Brandão, 2003, p. 105) www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  8. 8. * *A cor em seu isolamento, já é um signo em sí, e cada cor tem seu significado de acordo com a cultura inserida e o contexto de quem a observa. Assim como, a cor de um signo é também um elemento que compõem a gama de significados do signo que a tem. Cor quente, menor comprimento de onda chegando primeiro ao campo de visão humana, é uma cor dinâmica, apaixonada, ativa. Poder aumentar a pressão sanguínea, respiração e pulso. A bandeira é um signo, e carrega consigo toda a ideologia, e ocorrência histórica consigo. A cor vermelha é um elemento de significância do signo bandeira, mas também se torna um signo atribuindo significados a cor e ao seu uso nesse contexto. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  9. 9. * Segundo Gimbel 1995 – Estudos sobre o significado das cores e a cromoterapia (cura através das cores): * Verde: cor estimulante do crescimento, sendo clara é relaxante sem ser depressiva; * Azul: é a mais curativa, relaxa o corpo todo e regula o desenvolvimento harmonioso do tecido e da estrutura orgânica; www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  10. 10. * Segundo Gimbel 1995 – Estudos sobre o significado das cores e a cromoterapia (cura através das cores): * Amarelo: propicia a sensação de afastamento, estimulando o sistema nervoso, ajuda no tratamento da artrite; * Laranja: cor metabólico; da alegria, antidepressiva, benéfica no sistema * Violeta: compõe-se do relaxante no azul e do estimulante no vermelho. Cor do equilíbrio, da consciência e da estabilidade; www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  11. 11. * Segundo Gimbel 1995 – Estudos sobre o significado das cores e a cromoterapia (cura através das cores): * Branco: isola qualquer intrusão, representando pureza na sua forma extrema. Como o preto, não constitui uma cor suportada por muito tempo pela maioria das pessoas; * Preto: temida, suspeitosa, ligada à morte e ao perigo. Na China, é considerada a cor da prosperidade. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  12. 12. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam *
  13. 13. * * É necessário, portanto, saber analisar os aspectos de cada cor em sí, e também os significados que cada cultura atribui a ela. Muitas vezes, dependendo do contexto a cor ganha o significado de algum signo que a utilizou e que impactou o imaginário coletivo de uma sociedade. * As cores são uma importante forma de comunicação e expressão humana, fazem parte do nosso dia a dia, da arte, da publicidade, do design, da arquitetura e muitas outras áreas, podendo ser uma mais valia quando bem utilizada. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam
  14. 14. * * Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - XXX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Santos - 2007 * * * FARINA, M. Psicodinâmica das cores em comunicação. São Paulo: Edgard Buicher, 1990. GIMBEL, Theo. A energia criativa através das cores. São Paulo: Pensamento, 1995. HJELMSLEV, L. Prolegômenos a uma teoria da linguagem. São Paulo: Perspectiva, 1975. www.jessicaavelar.wix.com/coresquecomunicam

×