RIO+20: Plano de ativação de marca

1.615 visualizações

Publicada em

Plano de ativação de marca de parceiros na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), de responsabilidade do Comitê Nacional de Organização (CNO Rio+20).

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.615
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RIO+20: Plano de ativação de marca

  1. 1. PLANO DE ATIVAÇÃO DE MARCASO presente plano de Parcerias apresenta oportunidade a instituições e empresasbrasileiras ou estabelecidas em território nacional para formalizar parceria sob asmodalidades de Parceiro Oficial, Parceiro Platinum, Parceiro Diamante, Parceiro Ouro eFornecedor Oficial. Todas as contrapartidas oferecidas são de responsabilidade do ComitêNacional da Rio+20 (CNO Rio+20).I. A Conferência(a) Estocolmo 1972Há 40 anos realizou-se a conferência que representou o primeiro grande marco nodebate acerca das questões ambientais. Até aquele momento, vigorava a percepção deque os recursos naturais eram inesgotáveis e que a ação humana sobre a natureza nãorepresentava ameaça. Foi somente a partir da reunião em Estocolmo, a ConferênciaMundial sobre Meio Ambiente Humano, que a temática ambiental passou a integrar defato a agenda dos grandes líderes políticos globais.A poluição crescente da água e do ar, a ameaça de extinção de espécies da fauna e daflora e os cada vez mais comuns acidentes ambientais, como o que ocorreu na usinanuclear russa de Theliabinski em 1957 (contaminando cerca de 250 mil pessoas),ajudaram a sociedade civil e os governantes a desenvolverem consciência ambiental queimpulsionou a realização da Conferência. Naquela oportunidade, estabeleceu-se o dia 5de junho como o dia mundial do meio ambiente, quando foram criados os princípios queainda hoje guiam a política ambiental da maior parte dos países do globo. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  2. 2. (b) Rio 92Com o nome oficial de Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente eDesenvolvimento, a Rio 92 foi o maior evento realizado no âmbito da ONU até omomento. Delegados de 172 países e 108 chefes de Estado, além de 10.000 jornalistas erepresentantes de 1.400 ONGs estiveram presentes no Riocentro, enquanto membros de7.000 ONGs e boa parte da população do Rio de Janeiro e de várias outras cidades doBrasil e do mundo concentraram-se no Parque do Flamengo para fazer parte dessaconferência histórica.A organização da Rio 92 foi exemplar, sendo muito elogiada até hoje. Em termossubstantivos, a Conferência do Rio consolidou o conceito de desenvolvimentosustentável, apresentado no Relatório Brundtland em 1987, superando o conflito entrecrescimento econômico, proteção ambiental e desenvolvimento social. Do mesmo modo,na Rio 92, estabeleceu-se o Acordo Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima,que ensejou a assinatura do Protocolo de Quioto cinco anos mais tarde. Além disso,foram elaboradas a Carta da Terra, as Convenções sobre Biodiversidade Biológica e sobreDesertificação, as Declarações sobre Florestas e sobre Ambiente e Desenvolvimento e aAgenda 21. A Rio92 representou um ponto de inflexão na discussão da temáticaambiental, que passaria a integrar a agenda internacional.(c) Rio +10Realizada em Joanesburgo, África do Sul, a Rio+10 procurou analisar os resultadosalcançados desde 1992 e o caminho a ser ainda percorrido. Com o nome oficial deCúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável, o evento reuniu mais de 100 chefesde Estado e de Governo e reafirmou as metas relativas à erradicação da pobreza, àexpansão da rede de água e de esgoto, à promoção da saúde, à defesa da biodiversidadee à destinação de resíduos tóxicos e não tóxicos. Ademais, a agenda da Rio+10 incluiu astemáticas das energias renováveis e da responsabilidade ambiental das empresas. Foicriado um fundo mundial para combater a pobreza e salientou-se a necessidade defortalecer o conceito de parcerias para tornar mais dinâmicos e eficientes os projetos dedesenvolvimento sustentável. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações ExterioresPalácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  3. 3. (d) Rio +20A realização do evento para marcar a passagem dos 20 anos da Conferência das NaçõesUnidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Conferência do Rio, ou Rio 92),realizada no Rio de Janeiro, em 1992, e dinamizar as ações internacionais para odesenvolvimento sustentável foi proposta pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva nodiscurso de abertura da 62ª Assembléia Geral das Nações Unidas, em 2007. Em 24 dedezembro de 2009, por meio da Resolução 64/236, a Assembléia Geral das NaçõesUnidas acolheu, por unanimidade, o oferecimento do Governo brasileiro de sediar aConferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), no Rio deJaneiro, de 13 a 22 de junho de 2012.A Rio+20 deverá ser o maior e mais importante evento de alta política internacional dospróximos anos do Governo Dilma Rousseff e da agenda das Nações Unidas nas áreassocial, econômica e ambiental, cujo êxito poderá dar renovado impulso à transformaçãodas atuais estruturas globais em mecanismos mais representativos e legítimos. Osegmento de alto nível será de 20 a 22 de junho de 2012.A Rio+20 remete aos valiosos resultados da Rio 92 e à reconhecida liderança do Brasil notratamento multilateral do desenvolvimento sustentável. Para reforçar as conquistas de1992, serão abordados desafios conhecidos e novos dentre os temas de sua agenda:"uma economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação dapobreza" e "o quadro institucional para o desenvolvimento sustentável". Nesse sentido,será atribuído foco especial ao tema da erradicação da pobreza.Até hoje, considera-se a Rio 92 um marco de êxito de substância e organização noprocesso de conferências da ONU. Por isso, a criação do Comitê Nacional da Organizaçãoda Rio+20 (CNO Rio+20) como alicerce institucional para dar curso às ações brasileirasde preparação e logística, pois há a expectativa de o Rio de Janeiro receber cerca de 120Chefes de Estado e de Governo, delegações dos 193 Estados-membros da ONU e 50 milparticipantes credenciados. À sua época, a Rio 92 atraiu 108 Chefes de Estado e deGoverno, delegações de 172 países e cerca de 20 mil participantes credenciados. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  4. 4. Se os resultados finais de negociações internacionais sempre dependem, em últimainstância, do conjunto dos países envolvidos, a organização logística da Rio+20dependerá essencialmente do Brasil, que, em 1992, legou às Nações Unidas e àcomunidade internacional o principal marco na história da organização de cúpulasglobais. Em 1992, a excelência na organização da Rio 92 auxiliou os Estados membrosda ONU a adotar instrumentos internacionais da mais alta importância para o futuro doPlaneta, como a Declaração do Rio, a Agenda 21, a Convenção-Quadro das NaçõesUnidas sobre Mudança do Clima, a Convenção das Nações Unidas sobre DiversidadeBiológica e a Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação. Comolegado da Rio 92 cabe também ressaltar o consenso internacional alcançado sobre anecessidade de se promover o avanço equilibrado do desenvolvimento econômico, dodesenvolvimento social e da proteção ambiental como pilares interdependentes dodesenvolvimento sustentável, conceito negociado, acordado e estabelecido em 1992.Portanto, em 2012, o novo peso do Brasil na região e no mundo deverá estar refletido naorganização da Rio+20. Nesse contexto, o Comitê Nacional de Organização daConferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (CNO Rio+20) foicriado como órgão executivo vinculado ao Ministério das Relações Exteriores, com afinalidade de planejar e realizar a Conferência Rio+20. O CNO Rio+20 é presidido por umSecretário Nacional, que se incumbe, no comando de sua equipe, de planejar, executar esupervisionar os atos e providências de logística e de gestão da Rio+20. Para tanto,buscam-se recursos extra-orçamentários à altura do caráter extraordinário desse eventoglobal. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações ExterioresPalácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  5. 5. II. Parceiros da Conferência Rio + 20O governo brasileiro, por comprometer-se com as Nações Unidas e a comunidadeinternacional, realizará a Conferência das Nações Unidas sobre DesenvolvimentoSustentável, à qual a presidente Dilma Rousseff confere a mais alta prioridade. Por essarazão, todos os esforços estão sendo envidados para torná-la o novo marco na históriadas Nações Unidas.No intuito de estabelecer uma rede de parceiros comprometidos com a temática doDesenvolvimento Sustentável, o Comitê Nacional abre oportunidade a instituições eempresas brasileiras ou estabelecidas em território nacional para formalizar parceria sobas modalidades de Parceiro Oficial, Parceiro Platinum, Parceiro Diamante, Parceiro Ouro eFornecedor Oficial do Comitê Nacional da Rio + 20.Para tanto, os potenciais patrocinadores devem demonstrar comprometimento com odesenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza, no contexto da economiaverde, em suas ações de responsabilidade social corporativa e em suas atividades fins,incluindo o ciclo de vida de seus produtos e serviços.Com diferentes tipos de parceiras previstas, as empresas e instituições engajadas notema da Conferência poderão se beneficiar de retornos de exposição de marca por meioda vinculação de sua imagem às discussões e aos resultados do evento. De igual forma,poderão realizar programação própria em espaços concedidos pela organização, comvistas a alcançar públicos especializados entre as delegações oficiais e os demaisparticipantes credenciados.Os representantes dos patrocinadores terão credenciamento preferencial, acessosprivilegiados e atendimento Vip durante todo o período do evento, o que permitiráintercâmbio com representantes de alto nível das delegações participantes. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  6. 6. (a) Parceiro Oficial do Comitê Nacional da Rio + 20: Cota de R$ 20 milhões Com o limite de seis empresas ou instituições, o patrocinador terá aplicação de logo na proporção 1, ou seja, igual à área das logomarcas da Conferência e do Governo brasileiro e se beneficiará das seguintes contrapartidas: i) Exposição de marca  “Title Sponsor” com direito a uso do título de “Parceiro Oficial”;  Direito de uso de imagem da “Parceria Oficial” na comunicação do parceiro oficial, após aprovação das peças pelo Comitê Nacional de Organização;  Aplicação da logomarca do patrocinador em impressos – kit de boas- vindas, guia do participante, mapas, entre outros - e mídias eletrônicas – website e redes sociais - a serem produzidos pelo Comitê Nacional de Organização, bem como nas peças de comunicação visual – banners, outdoors e afins -, nos diferentes espaços (excetuando-se o perímetro das Nações Unidas), de acordo com a proporção 1:1;  Comunicação integrada entre as assessorias de imprensa do patrocinador e do Comitê Nacional da Rio+20 e coletiva exclusiva para o lançamento da parceria;  Local especial no Media Center do Riocentro;  Veiculação de vídeo institucional do parceiro oficial de até 1,5 minutos no sistema oficial de transporte da Rio+20 e nos espaços da Conferência, quando aplicável. ii) Atendimento personalizado e acessos privilegiados  Designação de funcionário exclusivo para apoiar o patrocinador durante todo o evento;  Concessão de credenciamento especial para circulação e estacionamento de veículo próprio no perímetro da Conferência;  Atendimento VIP para executivos do patrocinador nos aeroportos da cidade (Galeão e Santos Dumont); Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  7. 7.  Bloqueio de até 2 suítes executivas em hotel na Barra da Tijuca e de 2 quartos em hotel na Zona Sul para executivos do patrocinador.iii) Espaço para realização de programação própria  Cessão de camarote VIP para uso exclusivo do patrocinador entre 7 e 22 de junho na Arena da Barra;  Espaço para realização de coquetel ou evento similar em área de concentração da sociedade civil na Arena da Barra;  Espaço para realização de palestras, seminários, concertos ou espetáculos para até 2 mil pessoas sentadas, com foyer para coffee break, área VIP, camarim e sala de imprensa, em um dos dias da Conferência, no período de até 6 horas, no Vivo Rio na área do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro;  Espaço para montagem de estande de até 500m2 na área destinada à sociedade civil no Autódromo e na área destinada aos países e ao setor privado no Parque dos Atletas.iv) Oportunidades de networking  Assento em local destinado às personalidades convidadas nas sessões de abertura e de encerramento da Plenária Oficial da Conferência para até dois representantes do patrocinador com acesso ao espaço VIP no ambiente oficial do evento;  Convites para a abertura de gala para quatro representantes do patrocinador;  Convites para o coquetel oficial para oito representantes do patrocinador.v)Para o segmento de TIC  O Parceiro Oficial da Rio+20 no segmento de TIC será único e terá exclusividade na prestação dos serviços de Telecomunicações relacionados no Catálogo de Serviços para as Estruturas Temporárias (extra Riocentro). Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  8. 8. (b) Parceiro Platinum do Comitê Nacional da Rio + 20: Cota de R$ 10 milhões Os parceiros platinum seguem a proporção de ½ dos Parceiros Oficiais nas aplicações de logomarcas. i) Exposição de marca  “Title Sponsor” com direito a uso do título de “Parceiro Platinuml”;  Direito de uso de imagem do patrocínio na comunicação da empresa, após aprovação das peças pelo Comitê Nacional de Organização;  Aplicação da logomarca do patrocinador em impressos – kit de boas- vindas, guia do participante, mapas, entre outros - e mídias eletrônicas – website e redes sociais - a serem produzidos pelo Comitê Nacional de Organização, bem como nas peças de comunicação visual – banners, outdoors e afins -, nos diferentes espaços (exceto o perímetro das Nações Unidas), na proporção 1:½;  Veiculação de vídeo institucional do patrocinador de até 60 segundos no sistema oficial de transporte da Rio+20 e nos espaços da Conferência, quando aplicável. ii) Atendimento personalizado e acessos privilegiados  Concessão de credenciamento a veículo com acesso para pick-up/drop- off (por ser o perímetro da ONU, o uso da área do Riocentro está em negociação);  Bloqueio de até duas suítes executivas em hotel oficial da Conferência para executivos do patrocinador. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  9. 9. iii) Espaço para realização de programação própria  Espaço para realização de palestras, seminários, concertos ou shows para até 2.000 pessoas sentadas, com foyer para coffee break, área VIP, camarim e sala de imprensa, em um dos dias da Conferência, no período de até 4 horas, no Vivo Rio na área do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro;  Espaço para montagem de estande de até 200m2 na área destinada à sociedade civil no Autódromo ou naquela destinada aos países e ao setor privado no Parque dos Atletas.iv) Oportunidades de networking  Convites para a abertura de gala para quatro representantes do patrocinador;  Convites para o coquetel oficial para quatro representantes do patrocinador.(c) Parceiro Diamante do Comitê Nacional da Rio + 20: Cota de R$ 8 milhõesOs parceiros diamante seguem a proporção de ½ dos Parceiros Oficiais nas aplicações delogomarcas.i) Exposição de marca  “Title Sponsor” com direito a uso do título de “Parceiro Diamante”;  Direito de uso de imagem do patrocínio na comunicação da empresa, após aprovação das peças pelo Comitê Nacional de Organização;  Aplicação da logomarca do patrocinador em impressos – kit de boas- vindas, guia do participante, mapas, entre outros - e mídias eletrônicas – website e redes sociais - a serem produzidos pelo Comitê Nacional de Organização, bem como nas peças de Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  10. 10. comunicação visual – banners, outdoors e afins -, nos diferentes espaços (exceto o perímetro das Nações Unidas), na proporção 1:½;  Veiculação de vídeo institucional do patrocinador de até 45 segundos no sistema oficial de transporte da Rio+20 e nos espaços da Conferência, quando aplicável.ii) Atendimento personalizado e acessos privilegiados  Concessão de credenciamento a veículo com acesso para pick- up/drop-off (por ser o perímetro da ONU, o uso da área do Riocentro está em negociação).iii) Espaço para realização de programação própria  Espaço para realização de palestras, seminários, concertos ou shows para até 2.000 pessoas sentadas, com foyer para coffee break, área VIP, camarim e sala de imprensa, em um dos dias da Conferência, no período de até 2 horas, no Vivo Rio na área do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro;  Espaço para montagem de estande de até 150m2 na área destinada à sociedade civil no Autódromo ou naquela destinada aos países e ao setor privado no Parque dos Atletas.iv) Oportunidades de networking  Convites para a abertura de gala para dois representantes da instituição apoiadora;  Convites para o coquetel oficial para quatro representantes da instituição apoiadora. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações ExterioresPalácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  11. 11. (d) Parceiro Ouro do Comitê Nacional da Rio + 20: Cota de R$ 5 milhõesOs parceiros ouro seguem a proporção de ⅓ dos Parceiros Oficiais nas aplicações delogomarcas.i) Exposição de marca  “Title Sponsor” com direito a uso do título de “Parceiro Ouro”;  Direito de uso de imagem do patrocínio na comunicação empresa, após aprovação das peças pelo Comitê Nacional de Organização;  Aplicação da logomarca do patrocinador em impressos – kit de boas- vindas, guia do participante, mapas, entre outros - e mídias eletrônicas – website e redes sociais - a serem produzidos pelo Comitê Nacional de Organização, bem como nas peças de comunicação visual – banners, outdoors e afins -, nos diferentes espaços (exceto o perímetro das Nações Unidas), na proporção 1:⅓;  Veiculação de vídeo institucional do patrocinador de até 20 segundos no sistema oficial de transporte da Rio+20 e nos espaços da Conferência, quando aplicável.iii) Espaço para realização de programação própria  Espaço para montagem de estande de até 100m2 na área destinada à sociedade civil no Autódromo ou naquela destinada aos países e ao setor privado no Parque dos Atletas.iv) Oportunidades de networking  Convites para o coquetel oficial para quatro representantes da instituição apoiadora. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações Exteriores Palácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  12. 12. (e) Fornecedor Oficial: Cota mínima de R$ 500 milSem limite de número de fornecedores associados à Rio+20 na categoria fornecedoroficial, devendo representar segmento de produtos e/ou de serviços requeridos peloComitê Nacional de Organização, podendo o fornecedor obter a preferência ou aexclusividade do total demandado.Exposição de marca  “Title Sponsor” com direito a uso do título de “Fornecedor Oficial”;  Direito de uso de imagem do patrocínio na comunicação da empresa, após aprovação das peças pelo Comitê Nacional de Organização;  Aplicação da logomarca da empresa em impressos – kit de boas vindas, guia do participante, mapas, entre outros - e mídias eletrônicas – website e redes sociais - a serem produzidos pelo Comitê Nacional de Organização, bem como nas peças de comunicação visual – banners, outdoors e afins -, nos diferentes espaços (exceto no perímetro das Nações Unidas), de acordo com a proporção de 1:¼. Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações ExterioresPalácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900
  13. 13. COMITÊ NACIONAL DE ORGANIZAÇÃO SECRETÁRIO NACIONAL Ministro Laudemar Gonçalves de Aguiar Neto SECRETÁRIO NACIONAL ADJUNTO Conselheiro José Solla Vázquez Junior COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PARCERIAS SUELMA ROSA DOS SANTOS Coordenadora suelma.santos@itamaraty.gov.br Celular: + 55 (61) 9220.4267 Celular: + 55 (61) 7816.4184 JOSE RONALDO DE QUEIROZ CAMPOS jose.campos@itamaraty.gov.br Celular: + 55 (61) 9988.7762 Celular: + 55 (61) 7816.4697 Telefone: + 55 (61) 3411.6516 ROBERTA TORRES CHAGAS Roberta.chagas@itamaraty.gov.br Celular: + 55 (61) 9958.2284 Celular: + 55 (61) 7816.3881 Telefone: + 55 (61) 3411.6322 CARLOS EDUARDO TAVARES ceptavares@gmail.com Celular: + 55 (61) 8301.8531 Telefone: + 55 (21) 3747.9242 Comitê Nacional de Organização da Conferência Rio+20 Ministério das Relações ExterioresPalácio Itamaraty - Esplanada dos Ministérios - Bloco H – subsolo, Brasília/DF - Brasil - CEP 70.170-900

×