SlideShare uma empresa Scribd logo
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA
A Pessoa Paisagem
e o
Meio Ambiente Sustentável
3. Simbioses
da Ciência Étnica
Kollasuyo Amazônico
Mallku Chanez
Facebook: Mallku Chanez
www.mallkuchanez.com
IKA: Instituto de Pesquisa
Kollasuyo Amazônico
WhatsApp: 55 11 9 6329 3080
Luqiqaman Tink’u
O valor energético para uso próprio
Originário da transcendência energética do
Kollasuyo, Bolívia.
Jaxy Ovoguaçu, Lua Cheia, 0923
Y’RY OTY ~ OLHO D’ÁGUA
As simbioses da
pessoa paisagem e do meio ambiente sustentável
A Olho d’Água não almeja superabundância, latrocínio,
suntuosos palácios, joias, ostentar roupas e bolsas luxuosas,
deseja RIOS límpidos, ÁGUA doce e floresta em pé,
onde nascem e renascem todas as existências SUSTENTAVEIS.
Amazonas: Sozinha Contra o Choque - Estadão, 11 de março de 2008
Os IMPOSTOS da sociedade brasileira para eliminar os povos originários amazônicos.
Não é assim que os humanos civilizados agem: Armam os poderosos e diminuem às amazônicas.
REMYMBY NHANDE NHE’E
Nossas origens instintivas, energéticas e forças vitais
Por que utilizar os IMPOSTOS da sociedade brasileira para eliminar os
povos originários amazônicos? Por que os governadores e a alta corte
autorizam-na e se silenciam?
A ordem da Pachamama, Mãe Terra, é dar movimento ao tempo e ao espaço para a existência
dos povos originários. Não é porque eles não possuem concepções belicistas e liberais, mas porque
optaram viver em harmonia com a Mãe Natureza. A humanidade civilizada com seu poderio armamentista
e ideológico vem sempre a INTERVIR, DIZIMAR a seus semelhantes, nunca se SATISFAZENDO em
ser apenas um dos muitos personagens em cena e respeitar as (os) que nasceram nessas terras.
Os povos originários necessitam do lugar que lhe foi herdado por seus ancestrais porque ali existe
a interdependência permanente com as pessoas paisagens, a sua fonte de renovação, perpetuação e
criatividade e a reciprocidade constante nas trocas de ENERGIA (ajayo) com suas forças vitais, com
conhecimentos, habilidades, atitudes, caráter e capacidade. Isto não os torna miseráveis e nem
pobrezinhos para serem descartados. Eles desejam viver em sustentabilidade com a Mãe Natureza.
FOME ~ MISÉRIA
O fundo da mão é o prato vazio dos deserdados e dos deprimidos
trinta e três milhões de brasileiras (os)
Por que os IMPOSTOS são utilizados para massacrar os povos originários e não
beneficiam politicamente e psicossocialmente as periferias das metrópoles?
Tornar descartáveis as pessoas é consolidar a violência social e criar desordem. As
comunidades sociais não podem ser forjadas à miséria e serem destruídas. As conveniências
psicossociais não tem valor para os avarentos prodigiosos que apelam para a desnutrição e
força letal para com os seus concidadãos.
Chegamos ao mundo nos braços da Mãe D’Umbigo, pélvis-ventral, e do WAYRA, AR
LIVRE, sob as possibilidades de desenvolvimento do AJAYO, energia ancestral.
Por que as pessoas estão moldadas e forjadas a
viverem na miséria e com fome?
O leito da terra empedrada e cimentada é a
CAMA e o céu cinzento é o TETO das
famílias de moradores de rua do Brasil.
A realidade é de um grande apagão nas ruas frias, as quais
5. lhes representam uma ameaça para que morram congelados.
Nunca ‘canta o galo’ dos IMPOSTOS
sobre os deserdados, mas os seduzem, afirmando
que o povo armado não será escravizado.
Ainda que o governo fique ou cambie os
10. GATUSOS do CENTRÃO, eles nunca colocarão
ovos de ouro para os necessitados.
O terrorismo midiático policial
assinala o pânico da sociedade.
O medo, e as ameaças se concretizam
15. frente aos povos originários, de homens
que estafaram e estafam e o inconcebível
sucede, SILEMCIAM o povo, e o
domesticam através das fantasias e dos
“benefícios oportunistas de poder”, dos
messias misericordiosos.
Quando seremos um povo que reivindique os IMPOSTOS para a melhoria dos cidadãos para que
não continuem a morrer de fome, bebam o amargo e vivam em constante MEDO pelos desfavores da
violência social e a mídia terrorista, para desorientar o povo, não o sabemos.
Simplesmente ser um psicólogo (a) e psicanalista amargurado e um ressentido social não basta.
É preciso saber que os IMPOSTOS serviriam como um grande instrumento de desenvolvimento
econômico, político, psicossocial dos deserdados para que pelo menos sobrevivam, reivindicar e se
defender contra os políticos corruptos de plantão. Ainda não estão a nosso alcance estes movimentos?
NÃO AO MARCO TEMPORAL
Jaxy Ovoguaçu, Lua Cheia, 0923
MARA WATA
A Ciência Étnica e a Medicina
Tradicional do Kollasuyo e
Amazônico
O solstício de inverno 2023
associado a Mãe D’Umbigo
21 de Junho, Ano Novo Andino e
Amazônico - ano 5531.
Jallallay, jallallay
Kollasuyo, Amazônico
Nascemos Phawary, livres, para alçar
voo, e Phawantaj, livres queremos
continuar ...

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável

Prova oitavos ii i -respostas
Prova oitavos ii i -respostas Prova oitavos ii i -respostas
Prova oitavos ii i -respostas
Diego Prezia
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente SustentávelY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
mallkuchanez
 
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
mallkuchanez
 
Conexão Rural e Natural
Conexão Rural e Natural Conexão Rural e Natural
Conexão Rural e Natural
Blanco agriCultura
 
galeano.pdf
galeano.pdfgaleano.pdf
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto curyA ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
lias7
 
Augusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheres
Augusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheresAugusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheres
Augusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheres
Natália Martins
 
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto curyA ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
ssuser615052
 
Artiguelhos s barreto ebook
Artiguelhos s barreto ebookArtiguelhos s barreto ebook
Artiguelhos s barreto ebook
SauloBarreto7
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
Lord Phoenix
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
cbcf2010
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
richardplacido
 
Feridas Abertas Fome
Feridas Abertas FomeFeridas Abertas Fome
Feridas Abertas Fome
Antonio Carlos da Silva
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
Alacioli
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
lilitynha
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
Mensagens Virtuais
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
guest764f27f
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
Estananet. com.br
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
Alacioli
 

Semelhante a Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável (20)

Prova oitavos ii i -respostas
Prova oitavos ii i -respostas Prova oitavos ii i -respostas
Prova oitavos ii i -respostas
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente SustentávelY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
 
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA  ELIMINARAM  A   Y’P...
POR QUE A IRRACIONALIDADE E A IRRACIONALIDADE CIENTÍFICA ELIMINARAM A Y’P...
 
Conexão Rural e Natural
Conexão Rural e Natural Conexão Rural e Natural
Conexão Rural e Natural
 
galeano.pdf
galeano.pdfgaleano.pdf
galeano.pdf
 
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto curyA ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
 
Augusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheres
Augusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheresAugusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheres
Augusto cury -_a_ditadura_da_beleza_e_a_revolução_das_mulheres
 
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto curyA ditadura da beleza e a revolução das mulheres   augusto cury
A ditadura da beleza e a revolução das mulheres augusto cury
 
Artiguelhos s barreto ebook
Artiguelhos s barreto ebookArtiguelhos s barreto ebook
Artiguelhos s barreto ebook
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
 
Feridas Abertas Fome
Feridas Abertas FomeFeridas Abertas Fome
Feridas Abertas Fome
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
 
Feridas Abertas
Feridas AbertasFeridas Abertas
Feridas Abertas
 
Feridas abertas
Feridas abertasFeridas abertas
Feridas abertas
 

Mais de MallkuChanez3

Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptxAno Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
MallkuChanez3
 
Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptxAno Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
MallkuChanez3
 
RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
RITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRARITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRA
RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
MallkuChanez3
 
WARMIS V CASTELLANO.pptx
WARMIS  V CASTELLANO.pptxWARMIS  V CASTELLANO.pptx
WARMIS V CASTELLANO.pptx
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente SustentableY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable   Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
MallkuChanez3
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MallkuChanez3
 
MARA WATA
MARA  WATAMARA  WATA
MARA WATA
MallkuChanez3
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MallkuChanez3
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MallkuChanez3
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MallkuChanez3
 

Mais de MallkuChanez3 (20)

Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptxAno Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
 
Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptxAno Andino - Amazonico 2024  Castellano.pptx
Ano Andino - Amazonico 2024 Castellano.pptx
 
RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
RITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRARITUAL DE LA   CHA’LLA   EM AGRADECIMIENTO A LA  PACHAMAMA   MADRE TIERRA
RITUAL DE LA CHA’LLA EM AGRADECIMIENTO A LA PACHAMAMA MADRE TIERRA
 
WARMIS V CASTELLANO.pptx
WARMIS  V CASTELLANO.pptxWARMIS  V CASTELLANO.pptx
WARMIS V CASTELLANO.pptx
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente SustentableY’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable   Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OJO D’AGUA La Persona Paisaje y el Medio Ambiente Sustentable
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável
 
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable  Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA La Persona Paisaje y el Médio Ambiente Sustentable
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5531
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5531
 
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534MARA  WATA 21 de junho, Ano Novo   Andino ~ Amazônico Ano 5534
MARA WATA 21 de junho, Ano Novo Andino ~ Amazônico Ano 5534
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
 
MARA WATA
MARA  WATAMARA  WATA
MARA WATA
 
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534MARA  WATA 21 de junio, Año Nuevo   Andino ~ Amazónico Año 5534
MARA WATA 21 de junio, Año Nuevo Andino ~ Amazónico Año 5534
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
 
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SYMÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
MÃE D’UMBIGO RAIZEIRA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MÃE D’ÁGUA Y’SY
 
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SYMADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
MADRE D’OMBLIGO RAIZERA Y’PYRUÁ SY ~ ~ MADRE D’AGUA Y’SY
 

Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável

  • 1. Y’RY OTY, OLHO D’ÁGUA A Pessoa Paisagem e o Meio Ambiente Sustentável 3. Simbioses da Ciência Étnica Kollasuyo Amazônico Mallku Chanez
  • 2. Facebook: Mallku Chanez www.mallkuchanez.com IKA: Instituto de Pesquisa Kollasuyo Amazônico WhatsApp: 55 11 9 6329 3080
  • 3. Luqiqaman Tink’u O valor energético para uso próprio Originário da transcendência energética do Kollasuyo, Bolívia. Jaxy Ovoguaçu, Lua Cheia, 0923
  • 4. Y’RY OTY ~ OLHO D’ÁGUA As simbioses da pessoa paisagem e do meio ambiente sustentável A Olho d’Água não almeja superabundância, latrocínio, suntuosos palácios, joias, ostentar roupas e bolsas luxuosas, deseja RIOS límpidos, ÁGUA doce e floresta em pé, onde nascem e renascem todas as existências SUSTENTAVEIS.
  • 5. Amazonas: Sozinha Contra o Choque - Estadão, 11 de março de 2008 Os IMPOSTOS da sociedade brasileira para eliminar os povos originários amazônicos. Não é assim que os humanos civilizados agem: Armam os poderosos e diminuem às amazônicas.
  • 6. REMYMBY NHANDE NHE’E Nossas origens instintivas, energéticas e forças vitais Por que utilizar os IMPOSTOS da sociedade brasileira para eliminar os povos originários amazônicos? Por que os governadores e a alta corte autorizam-na e se silenciam? A ordem da Pachamama, Mãe Terra, é dar movimento ao tempo e ao espaço para a existência dos povos originários. Não é porque eles não possuem concepções belicistas e liberais, mas porque optaram viver em harmonia com a Mãe Natureza. A humanidade civilizada com seu poderio armamentista e ideológico vem sempre a INTERVIR, DIZIMAR a seus semelhantes, nunca se SATISFAZENDO em ser apenas um dos muitos personagens em cena e respeitar as (os) que nasceram nessas terras. Os povos originários necessitam do lugar que lhe foi herdado por seus ancestrais porque ali existe a interdependência permanente com as pessoas paisagens, a sua fonte de renovação, perpetuação e criatividade e a reciprocidade constante nas trocas de ENERGIA (ajayo) com suas forças vitais, com conhecimentos, habilidades, atitudes, caráter e capacidade. Isto não os torna miseráveis e nem pobrezinhos para serem descartados. Eles desejam viver em sustentabilidade com a Mãe Natureza.
  • 7. FOME ~ MISÉRIA O fundo da mão é o prato vazio dos deserdados e dos deprimidos trinta e três milhões de brasileiras (os) Por que os IMPOSTOS são utilizados para massacrar os povos originários e não beneficiam politicamente e psicossocialmente as periferias das metrópoles? Tornar descartáveis as pessoas é consolidar a violência social e criar desordem. As comunidades sociais não podem ser forjadas à miséria e serem destruídas. As conveniências psicossociais não tem valor para os avarentos prodigiosos que apelam para a desnutrição e força letal para com os seus concidadãos.
  • 8. Chegamos ao mundo nos braços da Mãe D’Umbigo, pélvis-ventral, e do WAYRA, AR LIVRE, sob as possibilidades de desenvolvimento do AJAYO, energia ancestral.
  • 9. Por que as pessoas estão moldadas e forjadas a viverem na miséria e com fome? O leito da terra empedrada e cimentada é a CAMA e o céu cinzento é o TETO das famílias de moradores de rua do Brasil. A realidade é de um grande apagão nas ruas frias, as quais 5. lhes representam uma ameaça para que morram congelados. Nunca ‘canta o galo’ dos IMPOSTOS sobre os deserdados, mas os seduzem, afirmando que o povo armado não será escravizado. Ainda que o governo fique ou cambie os 10. GATUSOS do CENTRÃO, eles nunca colocarão ovos de ouro para os necessitados. O terrorismo midiático policial assinala o pânico da sociedade. O medo, e as ameaças se concretizam 15. frente aos povos originários, de homens
  • 10. que estafaram e estafam e o inconcebível sucede, SILEMCIAM o povo, e o domesticam através das fantasias e dos “benefícios oportunistas de poder”, dos messias misericordiosos. Quando seremos um povo que reivindique os IMPOSTOS para a melhoria dos cidadãos para que não continuem a morrer de fome, bebam o amargo e vivam em constante MEDO pelos desfavores da violência social e a mídia terrorista, para desorientar o povo, não o sabemos. Simplesmente ser um psicólogo (a) e psicanalista amargurado e um ressentido social não basta. É preciso saber que os IMPOSTOS serviriam como um grande instrumento de desenvolvimento econômico, político, psicossocial dos deserdados para que pelo menos sobrevivam, reivindicar e se defender contra os políticos corruptos de plantão. Ainda não estão a nosso alcance estes movimentos? NÃO AO MARCO TEMPORAL Jaxy Ovoguaçu, Lua Cheia, 0923
  • 11. MARA WATA A Ciência Étnica e a Medicina Tradicional do Kollasuyo e Amazônico O solstício de inverno 2023 associado a Mãe D’Umbigo 21 de Junho, Ano Novo Andino e Amazônico - ano 5531. Jallallay, jallallay Kollasuyo, Amazônico Nascemos Phawary, livres, para alçar voo, e Phawantaj, livres queremos continuar ...