SlideShare uma empresa Scribd logo
Ss5 ceia
Iniciamos hoje o tempo mais sagrado do Ano Litúrgico:
       o TRÍDUO PASCAL, no qual revivemos e celebramos
               os Mistérios principais de nossa fé:
Toda Missa é Memorial da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor.
          Mas hoje, na quinta feira santa, o é ainda mais...
      Na CEIA de despedida, Jesus nos dá o PÃO DA VIDA.
  - As Leituras bíblicas ilustram a celebração...
A 1ª Leitura fala da Instituição da Páscoa Judaica. (Ex 12,1-8.11-14)
Deus ordena aos hebreus a imolarem um Cordeiro perfeito,
a tingirem com seu sangue as portas das casas, para que
fossem poupados do extermínio dos primogênitos,
e depois, comê-lo às pressas, como quem vai viajar.
Preservados pelo sangue do cordeiro
e nutridos com a sua carne, deveriam iniciar
a marcha para a Terra Prometida.
Teriam de repetir
esse rito todos os anos,
     em memória do fato.

     É a PÁSCOA
     DOS JUDEUS.
  Memória da libertação e
anúncio de uma libertação
 futura (a Páscoa Cristã).
Jesus escolhe a celebração
da Páscoa dos judeus
     para instituir a nova,
em que ele é
           o verdadeiro
          Cordeiro,
 imolado na cruz e comido
    na ceia eucarística.
    Por isso a Páscoa cristã também tem sentido de Libertação,
    partilha, preservação da vida, Memorial dos feitos de Deus...
Na 2ª Leitura, temos uma narrativa da Instituição da Eucaristia:
É o 1º escrito do Novo Testamento, que fala da Eucaristia. (1Cor 11,23-26)
Jesus se entrega na Comunhão. Judas entrega o Cristo, na Traição
No Evangelho, Jesus mostra com o gesto concreto do
"Lava-pés", o espírito que devem ter os convidados à Ceia. (Jo 13,1-15)
Jesus nos convida a penetrar com um olhar mais profundo
        o inefável Mistério que se cumpriu pela primeira vez no
           Cenáculo... e que hoje se perpetua no Altar...
a) Lembra a Instituição da Eucaristia e Vigília da morte do Senhor.
  - "Tendo amado os seus, amou-os até o fim, até a morte..." (S. João)
  - "Na noite em que ia ser entregue..." (S. Paulo)
Tremendo contraste:
  - da parte de Cristo: amor infinito, amou-os até o fim...
  - da parte dos homens: traição, negação, abandono...
 A Eucaristia é a resposta do Senhor à traição de suas criaturas.
A morte o arrebatará desse mundo, dentro de poucas horas,
            ele perpetuará aqui a sua presença real e viva...
b) Dia do Sacerdócio:
  Para perpetuar essa Eucaristia através dos tempos...

  através dos lugares: cria o SACERDOTE:
             "Fazei isto em MEMÓRIA de mim.."
  Uma pessoa humana...(com suas limitações...)
  mas com uma missão divina... a serviço do Povo de Deus:
Guiar (Pastor), Evangelizar (Profeta), Santificar (Sacerdote)...
c) Seu Testamento: O Mandamento Novo:
         "Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei..."
+ O LAVA-PÉS
     Jesus quis mostrar seu amor com um gesto concreto.
       O Lava-pés e a instituição da eucaristia são sinais
           do mesmo amor sem fronteiras de Cristo.
No Cenáculo, Jesus como Mestre e Senhor, despoja-se do manto,
     pega uma bacia e põe-se a lavar os pés dos discípulos.
Oferecer água para
lavar os pés era sinal de
hospitalidade e acolhida.
Na ação de Jesus,
   revela-se o rosto
solidário e amoroso do
Pai.
O Lava-pés é um gesto
profético, que antecipa
       o sentido da cruz:
a entrega de Jesus
      por amor até o fim.
Todos somos convidados
a participar desse gesto...
     Senhor do lava-pés,
  tome novamente o jarro
      de água e a bacia.
 Repita aquilo que fizeste,
       há 20 séculos;
   sai de tua mesa e vem
   lavar os nossos pés...
Deixar-se lavar por Jesus
 significa comungar com
 seu projeto de amor,
 que o levou a entregar

 a sua vida pela nossa
 salvação.
Vem, Senhor, lavar
        os nossos pés para
 que possamos nos sentar
para sempre em tua mesa,
                       no
eterno convívio
      da alegria e do amor.

 A operação lava-pés
 deve iniciar também
 em nossa Vida.
 com gestos concretos          Marília
 a serviço dos irmãos,        - 21.04.2011

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado
Teatro Paixão - Partilha do texto utilizadoTeatro Paixão - Partilha do texto utilizado
Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado
Cateclicar
 
Corpus christi presentepravoce
Corpus christi presentepravoceCorpus christi presentepravoce
Corpus christi presentepravoce
Presentepravoce SOS
 
PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)
PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)
PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)
Luís Carvalho
 
Comentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e C
Comentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e CComentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e C
Comentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e C
José Lima
 
A Eucaristia 2
A Eucaristia 2A Eucaristia 2
A Eucaristia 2
João Pereira
 
A ceia
A ceiaA ceia
A ceia
edublognet
 
EUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - TransubstanciaçãoEUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - Transubstanciação
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
A data judaica da morte de Jesus
A data judaica da morte de JesusA data judaica da morte de Jesus
A data judaica da morte de Jesus
José Santos
 
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
Pr. Andre Luiz
 
Jesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunar
Jesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunarJesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunar
Jesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunar
ASD Remanescentes
 
05 A Páscoa e a Ceia do Senhor
05   A Páscoa e a Ceia do Senhor05   A Páscoa e a Ceia do Senhor
05 A Páscoa e a Ceia do Senhor
Robson Tavares Fernandes
 
A Eucaristia 1
A Eucaristia 1A Eucaristia 1
A Eucaristia 1
João Pereira
 
JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS
JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOSJESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS
JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS
Projeto Preparar um Povo
 
A Última Ceia do Senhor
A Última Ceia do SenhorA Última Ceia do Senhor
A Última Ceia do Senhor
Daniel Faria Jr.
 
A celebração da primeira páscoa
A celebração da primeira páscoaA celebração da primeira páscoa
A celebração da primeira páscoa
pralucianaevangelista
 
A verdadeira páscoa'
A verdadeira páscoa'A verdadeira páscoa'
A verdadeira páscoa'
Marly Brito
 
17 sabados cerimoniais
17 sabados cerimoniais17 sabados cerimoniais
17 sabados cerimoniais
Hezir Henrique
 
Lição 11 A última Ceia
Lição 11   A última CeiaLição 11   A última Ceia
Lição 11 A última Ceia
Wander Sousa
 

Mais procurados (18)

Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado
Teatro Paixão - Partilha do texto utilizadoTeatro Paixão - Partilha do texto utilizado
Teatro Paixão - Partilha do texto utilizado
 
Corpus christi presentepravoce
Corpus christi presentepravoceCorpus christi presentepravoce
Corpus christi presentepravoce
 
PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)
PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)
PÁSCOA 2014 ..... A páscoa de Jesus Cristo (3/4)
 
Comentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e C
Comentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e CComentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e C
Comentário: Quinta-feira Santa - Anos A, B e C
 
A Eucaristia 2
A Eucaristia 2A Eucaristia 2
A Eucaristia 2
 
A ceia
A ceiaA ceia
A ceia
 
EUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - TransubstanciaçãoEUCARISTIA - Transubstanciação
EUCARISTIA - Transubstanciação
 
A data judaica da morte de Jesus
A data judaica da morte de JesusA data judaica da morte de Jesus
A data judaica da morte de Jesus
 
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
 
Jesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunar
Jesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunarJesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunar
Jesus guardava o sabado semanal e não o sabado lunar
 
05 A Páscoa e a Ceia do Senhor
05   A Páscoa e a Ceia do Senhor05   A Páscoa e a Ceia do Senhor
05 A Páscoa e a Ceia do Senhor
 
A Eucaristia 1
A Eucaristia 1A Eucaristia 1
A Eucaristia 1
 
JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS
JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOSJESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS
JESUS NA FESTA DOS TABERNÁCULOS
 
A Última Ceia do Senhor
A Última Ceia do SenhorA Última Ceia do Senhor
A Última Ceia do Senhor
 
A celebração da primeira páscoa
A celebração da primeira páscoaA celebração da primeira páscoa
A celebração da primeira páscoa
 
A verdadeira páscoa'
A verdadeira páscoa'A verdadeira páscoa'
A verdadeira páscoa'
 
17 sabados cerimoniais
17 sabados cerimoniais17 sabados cerimoniais
17 sabados cerimoniais
 
Lição 11 A última Ceia
Lição 11   A última CeiaLição 11   A última Ceia
Lição 11 A última Ceia
 

Semelhante a Ss5 ceia

Ceia do Senhor
Ceia do SenhorCeia do Senhor
Ceia do Senhor
Andreia Mello
 
Ceia
Ceia Ceia
Escolinha diocesana
Escolinha diocesanaEscolinha diocesana
Escolinha diocesana
Luiz Henrique Rezende
 
Escolinha diocesana
Escolinha diocesanaEscolinha diocesana
Escolinha diocesana
Luiz Henrique Rezende
 
Escolinha diocesana
Escolinha diocesanaEscolinha diocesana
Escolinha diocesana
Luiz Henrique Rezende
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
Roteiro homilético d sábado santo vigília pascal ano c
Roteiro homilético d sábado santo vigília pascal   ano cRoteiro homilético d sábado santo vigília pascal   ano c
Roteiro homilético d sábado santo vigília pascal ano c
José Luiz Silva Pinto
 
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.docSEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
BrgidaAlves1
 
Portifolio André Kinal
Portifolio André Kinal Portifolio André Kinal
Portifolio André Kinal
Andre kinal
 
Fica conosco
Fica conoscoFica conosco
Fica conosco
pr_afsalbergaria
 
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano BComentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
José Lima
 
Fica conosco
Fica conoscoFica conosco
Fica conosco
pr_afsalbergaria
 
QUERIGMA
QUERIGMAQUERIGMA
QUERIGMA
realvictorsouza
 
A eucaristia
A eucaristiaA eucaristia
A eucaristia
João Pereira
 
Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015 Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015
Pascom Paroquia Nssc
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
jesussalveoshumildes
 
Leituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e C
Leituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e CLeituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e C
Leituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e C
José Lima
 
Páscoa
Páscoa Páscoa
Páscoa
santuario13
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
Fábio Soares
 
Folha informativa 30-04-2017
Folha informativa 30-04-2017Folha informativa 30-04-2017
Folha informativa 30-04-2017
Paróquia Pardilhó
 

Semelhante a Ss5 ceia (20)

Ceia do Senhor
Ceia do SenhorCeia do Senhor
Ceia do Senhor
 
Ceia
Ceia Ceia
Ceia
 
Escolinha diocesana
Escolinha diocesanaEscolinha diocesana
Escolinha diocesana
 
Escolinha diocesana
Escolinha diocesanaEscolinha diocesana
Escolinha diocesana
 
Escolinha diocesana
Escolinha diocesanaEscolinha diocesana
Escolinha diocesana
 
Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016Quaresma e Semana Santa 2016
Quaresma e Semana Santa 2016
 
Roteiro homilético d sábado santo vigília pascal ano c
Roteiro homilético d sábado santo vigília pascal   ano cRoteiro homilético d sábado santo vigília pascal   ano c
Roteiro homilético d sábado santo vigília pascal ano c
 
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.docSEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
 
Portifolio André Kinal
Portifolio André Kinal Portifolio André Kinal
Portifolio André Kinal
 
Fica conosco
Fica conoscoFica conosco
Fica conosco
 
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano BComentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
 
Fica conosco
Fica conoscoFica conosco
Fica conosco
 
QUERIGMA
QUERIGMAQUERIGMA
QUERIGMA
 
A eucaristia
A eucaristiaA eucaristia
A eucaristia
 
Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015 Novos horizontes ed. junho 2015
Novos horizontes ed. junho 2015
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
 
Leituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e C
Leituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e CLeituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e C
Leituras: Quinta-feira Santa - Ano A, B e C
 
Páscoa
Páscoa Páscoa
Páscoa
 
Eucaristia
EucaristiaEucaristia
Eucaristia
 
Folha informativa 30-04-2017
Folha informativa 30-04-2017Folha informativa 30-04-2017
Folha informativa 30-04-2017
 

Ss5 ceia

  • 2. Iniciamos hoje o tempo mais sagrado do Ano Litúrgico: o TRÍDUO PASCAL, no qual revivemos e celebramos os Mistérios principais de nossa fé: Toda Missa é Memorial da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor. Mas hoje, na quinta feira santa, o é ainda mais... Na CEIA de despedida, Jesus nos dá o PÃO DA VIDA. - As Leituras bíblicas ilustram a celebração...
  • 3. A 1ª Leitura fala da Instituição da Páscoa Judaica. (Ex 12,1-8.11-14) Deus ordena aos hebreus a imolarem um Cordeiro perfeito, a tingirem com seu sangue as portas das casas, para que fossem poupados do extermínio dos primogênitos, e depois, comê-lo às pressas, como quem vai viajar. Preservados pelo sangue do cordeiro e nutridos com a sua carne, deveriam iniciar a marcha para a Terra Prometida.
  • 4. Teriam de repetir esse rito todos os anos, em memória do fato. É a PÁSCOA DOS JUDEUS. Memória da libertação e anúncio de uma libertação futura (a Páscoa Cristã). Jesus escolhe a celebração da Páscoa dos judeus para instituir a nova, em que ele é o verdadeiro Cordeiro, imolado na cruz e comido na ceia eucarística. Por isso a Páscoa cristã também tem sentido de Libertação, partilha, preservação da vida, Memorial dos feitos de Deus...
  • 5. Na 2ª Leitura, temos uma narrativa da Instituição da Eucaristia: É o 1º escrito do Novo Testamento, que fala da Eucaristia. (1Cor 11,23-26) Jesus se entrega na Comunhão. Judas entrega o Cristo, na Traição No Evangelho, Jesus mostra com o gesto concreto do "Lava-pés", o espírito que devem ter os convidados à Ceia. (Jo 13,1-15) Jesus nos convida a penetrar com um olhar mais profundo o inefável Mistério que se cumpriu pela primeira vez no Cenáculo... e que hoje se perpetua no Altar...
  • 6. a) Lembra a Instituição da Eucaristia e Vigília da morte do Senhor. - "Tendo amado os seus, amou-os até o fim, até a morte..." (S. João) - "Na noite em que ia ser entregue..." (S. Paulo) Tremendo contraste: - da parte de Cristo: amor infinito, amou-os até o fim... - da parte dos homens: traição, negação, abandono... A Eucaristia é a resposta do Senhor à traição de suas criaturas. A morte o arrebatará desse mundo, dentro de poucas horas, ele perpetuará aqui a sua presença real e viva...
  • 7. b) Dia do Sacerdócio: Para perpetuar essa Eucaristia através dos tempos... através dos lugares: cria o SACERDOTE: "Fazei isto em MEMÓRIA de mim.." Uma pessoa humana...(com suas limitações...) mas com uma missão divina... a serviço do Povo de Deus: Guiar (Pastor), Evangelizar (Profeta), Santificar (Sacerdote)...
  • 8. c) Seu Testamento: O Mandamento Novo: "Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei..." + O LAVA-PÉS Jesus quis mostrar seu amor com um gesto concreto. O Lava-pés e a instituição da eucaristia são sinais do mesmo amor sem fronteiras de Cristo. No Cenáculo, Jesus como Mestre e Senhor, despoja-se do manto, pega uma bacia e põe-se a lavar os pés dos discípulos.
  • 9. Oferecer água para lavar os pés era sinal de hospitalidade e acolhida. Na ação de Jesus, revela-se o rosto solidário e amoroso do Pai. O Lava-pés é um gesto profético, que antecipa o sentido da cruz: a entrega de Jesus por amor até o fim. Todos somos convidados a participar desse gesto... Senhor do lava-pés, tome novamente o jarro de água e a bacia. Repita aquilo que fizeste, há 20 séculos; sai de tua mesa e vem lavar os nossos pés...
  • 10. Deixar-se lavar por Jesus significa comungar com seu projeto de amor, que o levou a entregar a sua vida pela nossa salvação. Vem, Senhor, lavar os nossos pés para que possamos nos sentar para sempre em tua mesa, no eterno convívio da alegria e do amor. A operação lava-pés deve iniciar também em nossa Vida. com gestos concretos Marília a serviço dos irmãos, - 21.04.2011