SlideShare uma empresa Scribd logo
Simpósio Sul-Mato-Grossense de  Neurociências e Reabilitação Acidente Vascular Cerebral – Uma Abordagem Interdisciplinar Dr. César Augusto Nicolatti
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL – AVC  OU  ACIDENTE VASCULAR ENCELAFALICO - AVE
TIPOS DE AVE AVE – I: QUANDO UM VASO QUE IRRIGA O CÉREBRO É BLOQUEADO.
TIPOS DE AVE AVE – H: QUANDO UM VASO SANGUINEO ROMPE DENTRO OU AO REDOR DO CÉREBRO.
QUEM SÃO OS INDIVIDUOS COM A MAIOR CHANCE DE TER UM AVE?
QUEM JÁ TEVE AVE OU “AMEAÇA DE DERRAME” PRÉVIO; DIABÉTICOS;
IDOSOS;
HIPERTENSOS;
CARDÍACOS;
FUMANTES;
ALCOOLISTAS;
OBESOS;
SEDENTÁRIOS.
AVE – UMA ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR. INTERDISCIPLINAR: QUE ESTABELECE RELAÇÕES ENTRE DUAS OU MAIS DISCIPLINAS OU RAMOS DE CONHECIMENTO. DICIONÁRIO HOUAISS
A QUE DISCIPLINAS INTERESSA O ESTUDO DO AVE E SUAS CONSEQUÊNCIAS? MEDICINA  ENFERMAGEM FISIOTERAPIA TERAPIA OCUPACIONAL NUTRIÇÃO FONOAUDIOLOGIA PSICOLOGIA ASSISTÊNCIA SOCIAL OUTRAS
FASES DO AVE AGUDA: ÊNFASES NO ATENDIMENTO. É A PRINCIPAL CAUSA DE MORBIMORTALIDADE NO BRASIL. MÉDICO: SOCORRISTA, NEUROLOGISTA, NEUROCIRURGIÃO ENFERMAGEM: CUIDADOPS HOSPITALARES FISIOTERAPIA: TRATAMENTO DOS DÉFICITS INICIAIS (PARALISIA FLÁCIDA) FONOAUDIOLOGIA: DISFAGIA E PROTEÇÃO DAS VIAS AÉREAS.
FASES DO AVE SUB-AGUDA: JÁ FORA DO RISCO À VIDA INICIA-SE A PREOCUPAÇÃO COM A REABILITAÇÃO.
FASES DO AVE TARDIA: REABILITAÇÃO MÉDICO:  FISIATRA NEUROLOGISTA CLÍNICO GERAL GERIATRA PSIQUIATRA CARDIOLOGISTA ETC
FASES DO AVE TARDIA: REABILITAÇÃO PARALISIA ESPÁTICA  FISIOTERAPIA / FISIATRIA / ORTESES TERAPIA OCUPACIONAL: RECUPARAÇÃO FUNCIONAL DAS ATIVIDADES MOTORAS (ALIMENTAR-SE, VESTIR-SE, PENTEAR-SE, BARBEAR-SE, ETC) FONOAUDIOLOGIA: PROTEÇÃO DAS VIAS AÉREAS, DEGLUTIÇÃO, COMUNICAÇÃO POR LIGUAGEM FALADA PSICOLOGIA: AVALIÇÃO DOS IMPACTOS PSICOLOGICOS PARA O PACIENTE, PARA A FAMÍLIA, E PARA CADA FAMILIAR EM SI.
FASES DO AVE TARDIA: REABILITAÇÃO ASSISTENTE SOCIAL: IMPACTO SOCIAL SOBRE A FAMILIA E A SOCIEDADE  SAÚDE PÚBLICA: O IMPACTO DO CUSTO SOCIAL (UM IMOBILIZADO EM CASA MOBILIZA EM MÉDIA 3 CUIDADORES) CUIDADORES E FAMILIARES.
 
VISÃO GERAL A IMPORTÂNCIA DE TODOS E DE CADA UM A IMPORTÂNCIA DO INDIVIDUO A IMPORTÂCIA DAS COMUNIDADES E ENTIDADES A IMPORTÂNCIA DO ACESSO A IMPORTÂCIA DA CIDADANIA
O CONHECIMENTO – A GRANDE ARMA: CONHECENDO –SE OS DIREITOS E SABENDO-SE ONDE OBTER O ACESSO HAVERA UMA MELHO DISTRIBUIÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA PARA AS PESSOAS AFETADAS POR AVE E PARA OS SEUS CUIDADORES. AGRADEÇO AO LABORATÓRIO BOEHRINGER ILGELHEIM POR TER CEDIDO AS IMAGENS.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)
Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)
Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)
Jean Carlos
 
Tomografia computadorizada
Tomografia computadorizadaTomografia computadorizada
Tomografia computadorizada
Profissão Professor
 
Tomografia Computadorizada - Introdução
Tomografia Computadorizada - IntroduçãoTomografia Computadorizada - Introdução
Tomografia Computadorizada - Introdução
celais0814
 
Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1
Leandro Lourenção Duarte
 
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Hamilton Nobrega
 
Anatomia humana slides
Anatomia humana slidesAnatomia humana slides
Anatomia humana slides
Ced Amanhecer
 
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIAAula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Leonardo Delgado
 
Aidpi modulo 1
Aidpi modulo 1Aidpi modulo 1
Aidpi modulo 1
pryloock
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Catir
 
APOSTILA TOMOGRAFIA
APOSTILA TOMOGRAFIAAPOSTILA TOMOGRAFIA
APOSTILA TOMOGRAFIA
Amanda Azevêdo
 

Destaque (10)

Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)
Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)
Aula 2-protocolos-de-cranio-e-face-prof-claudio-souza (1)
 
Tomografia computadorizada
Tomografia computadorizadaTomografia computadorizada
Tomografia computadorizada
 
Tomografia Computadorizada - Introdução
Tomografia Computadorizada - IntroduçãoTomografia Computadorizada - Introdução
Tomografia Computadorizada - Introdução
 
Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1
 
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...Aula 01   introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
Aula 01 introdução a anatomia - posição, planos, cortes e divisões do corpo...
 
Anatomia humana slides
Anatomia humana slidesAnatomia humana slides
Anatomia humana slides
 
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIAAula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
 
Aidpi modulo 1
Aidpi modulo 1Aidpi modulo 1
Aidpi modulo 1
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
APOSTILA TOMOGRAFIA
APOSTILA TOMOGRAFIAAPOSTILA TOMOGRAFIA
APOSTILA TOMOGRAFIA
 

Semelhante a Simpsio sulmatogrossense-de-neurocincias-e-reabilitação

AVC
AVCAVC
A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL
A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL
A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL
Van Der Häägen Brazil
 
Wolff parkinson-white
Wolff parkinson-whiteWolff parkinson-white
Wolff parkinson-white
Lena Nia
 
Revista do IC do RS- 1° semestre 2002
Revista do IC do RS-  1° semestre 2002Revista do IC do RS-  1° semestre 2002
Revista do IC do RS- 1° semestre 2002
gisa_legal
 
AVC na era da prevenção
AVC na era da prevençãoAVC na era da prevenção
AVC na era da prevenção
Ministério da Saúde
 
Abordagem choque
Abordagem choqueAbordagem choque
Abordagem choque
Yuri Assis
 
Avc seminário
Avc seminárioAvc seminário
Avc seminário
niloshow
 
Avc seminário
Avc seminárioAvc seminário
Avc seminário
niloshow
 
Avc seminário
Avc seminárioAvc seminário
Avc seminário
niloshow
 
ASFIXIA PERINATAL
ASFIXIA PERINATALASFIXIA PERINATAL
Ação Social Combate ao AVC
Ação Social Combate ao AVCAção Social Combate ao AVC
Ação Social Combate ao AVC
Nereu Lacerda
 
Doenças mitocondriais
Doenças mitocondriaisDoenças mitocondriais
Doenças mitocondriais
Dr. Rafael Higashi
 
Aula08.03
Aula08.03Aula08.03
Aula08.03
Denise Carvalho
 
Aula08.03
Aula08.03Aula08.03
Aula08.03
Denise Carvalho
 
Prevenindo a neurocisticercose
Prevenindo a neurocisticercosePrevenindo a neurocisticercose
Prevenindo a neurocisticercose
Marcelo Benedet Tournier
 
Cardioversão e Desfribilação.
Cardioversão e Desfribilação.Cardioversão e Desfribilação.
Cardioversão e Desfribilação.
JoyceNogueira11
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
Van Der Häägen Brazil
 
6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage
6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage
6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage
Stephanie Caroline Barbosa Bologna
 
IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7
IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7
IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
Aula residência ave avc
Aula residência ave avcAula residência ave avc
Aula residência ave avc
Inaiara Bragante
 

Semelhante a Simpsio sulmatogrossense-de-neurocincias-e-reabilitação (20)

AVC
AVCAVC
AVC
 
A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL
A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL
A CIÊNCIA DO QUE ACONTECE AO SEU CORPO QUANDO VOCÊ PERDE GORDURA CORPORAL
 
Wolff parkinson-white
Wolff parkinson-whiteWolff parkinson-white
Wolff parkinson-white
 
Revista do IC do RS- 1° semestre 2002
Revista do IC do RS-  1° semestre 2002Revista do IC do RS-  1° semestre 2002
Revista do IC do RS- 1° semestre 2002
 
AVC na era da prevenção
AVC na era da prevençãoAVC na era da prevenção
AVC na era da prevenção
 
Abordagem choque
Abordagem choqueAbordagem choque
Abordagem choque
 
Avc seminário
Avc seminárioAvc seminário
Avc seminário
 
Avc seminário
Avc seminárioAvc seminário
Avc seminário
 
Avc seminário
Avc seminárioAvc seminário
Avc seminário
 
ASFIXIA PERINATAL
ASFIXIA PERINATALASFIXIA PERINATAL
ASFIXIA PERINATAL
 
Ação Social Combate ao AVC
Ação Social Combate ao AVCAção Social Combate ao AVC
Ação Social Combate ao AVC
 
Doenças mitocondriais
Doenças mitocondriaisDoenças mitocondriais
Doenças mitocondriais
 
Aula08.03
Aula08.03Aula08.03
Aula08.03
 
Aula08.03
Aula08.03Aula08.03
Aula08.03
 
Prevenindo a neurocisticercose
Prevenindo a neurocisticercosePrevenindo a neurocisticercose
Prevenindo a neurocisticercose
 
Cardioversão e Desfribilação.
Cardioversão e Desfribilação.Cardioversão e Desfribilação.
Cardioversão e Desfribilação.
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
 
6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage
6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage
6 cerebral vasospasm after aneurysmal subarachnoid hemorrhage
 
IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7
IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7
IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 7
 
Aula residência ave avc
Aula residência ave avcAula residência ave avc
Aula residência ave avc
 

Mais de Isabel Teixeira

Teste da-mente
Teste da-menteTeste da-mente
Teste da-mente
Isabel Teixeira
 
Teste dalai-lama. . 17.06.09
Teste dalai-lama. . 17.06.09Teste dalai-lama. . 17.06.09
Teste dalai-lama. . 17.06.09
Isabel Teixeira
 
Snef2007
Snef2007Snef2007
Snef2007
Isabel Teixeira
 
Silenciodosbons
SilenciodosbonsSilenciodosbons
Silenciodosbons
Isabel Teixeira
 
Shalom luc
Shalom lucShalom luc
Shalom luc
Isabel Teixeira
 
Serfelizeumadecisao ica
Serfelizeumadecisao icaSerfelizeumadecisao ica
Serfelizeumadecisao ica
Isabel Teixeira
 
Segundos auto-estima
Segundos auto-estimaSegundos auto-estima
Segundos auto-estima
Isabel Teixeira
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
Isabel Teixeira
 
Sabes quem sou
Sabes quem souSabes quem sou
Sabes quem sou
Isabel Teixeira
 
Ryan hreljac
Ryan hreljacRyan hreljac
Ryan hreljac
Isabel Teixeira
 
Rotina
RotinaRotina
Remedio para-nao-envelhecer
Remedio para-nao-envelhecerRemedio para-nao-envelhecer
Remedio para-nao-envelhecer
Isabel Teixeira
 
Relacionamentos rubem alves
Relacionamentos   rubem alvesRelacionamentos   rubem alves
Relacionamentos rubem alves
Isabel Teixeira
 
Reflexopie
ReflexopieReflexopie
Reflexopie
Isabel Teixeira
 
Quatro meses
Quatro mesesQuatro meses
Quatro meses
Isabel Teixeira
 
Reflexões da vida
Reflexões da vidaReflexões da vida
Reflexões da vida
Isabel Teixeira
 
Rc aniversario
Rc aniversarioRc aniversario
Rc aniversario
Isabel Teixeira
 
Que saudades
Que saudadesQue saudades
Que saudades
Isabel Teixeira
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
Isabel Teixeira
 
Prescrição de atividade_fisica
Prescrição de atividade_fisicaPrescrição de atividade_fisica
Prescrição de atividade_fisica
Isabel Teixeira
 

Mais de Isabel Teixeira (20)

Teste da-mente
Teste da-menteTeste da-mente
Teste da-mente
 
Teste dalai-lama. . 17.06.09
Teste dalai-lama. . 17.06.09Teste dalai-lama. . 17.06.09
Teste dalai-lama. . 17.06.09
 
Snef2007
Snef2007Snef2007
Snef2007
 
Silenciodosbons
SilenciodosbonsSilenciodosbons
Silenciodosbons
 
Shalom luc
Shalom lucShalom luc
Shalom luc
 
Serfelizeumadecisao ica
Serfelizeumadecisao icaSerfelizeumadecisao ica
Serfelizeumadecisao ica
 
Segundos auto-estima
Segundos auto-estimaSegundos auto-estima
Segundos auto-estima
 
Salmo 23
Salmo 23Salmo 23
Salmo 23
 
Sabes quem sou
Sabes quem souSabes quem sou
Sabes quem sou
 
Ryan hreljac
Ryan hreljacRyan hreljac
Ryan hreljac
 
Rotina
RotinaRotina
Rotina
 
Remedio para-nao-envelhecer
Remedio para-nao-envelhecerRemedio para-nao-envelhecer
Remedio para-nao-envelhecer
 
Relacionamentos rubem alves
Relacionamentos   rubem alvesRelacionamentos   rubem alves
Relacionamentos rubem alves
 
Reflexopie
ReflexopieReflexopie
Reflexopie
 
Quatro meses
Quatro mesesQuatro meses
Quatro meses
 
Reflexões da vida
Reflexões da vidaReflexões da vida
Reflexões da vida
 
Rc aniversario
Rc aniversarioRc aniversario
Rc aniversario
 
Que saudades
Que saudadesQue saudades
Que saudades
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
 
Prescrição de atividade_fisica
Prescrição de atividade_fisicaPrescrição de atividade_fisica
Prescrição de atividade_fisica
 

Simpsio sulmatogrossense-de-neurocincias-e-reabilitação

  • 1. Simpósio Sul-Mato-Grossense de Neurociências e Reabilitação Acidente Vascular Cerebral – Uma Abordagem Interdisciplinar Dr. César Augusto Nicolatti
  • 2. ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL – AVC OU ACIDENTE VASCULAR ENCELAFALICO - AVE
  • 3. TIPOS DE AVE AVE – I: QUANDO UM VASO QUE IRRIGA O CÉREBRO É BLOQUEADO.
  • 4. TIPOS DE AVE AVE – H: QUANDO UM VASO SANGUINEO ROMPE DENTRO OU AO REDOR DO CÉREBRO.
  • 5. QUEM SÃO OS INDIVIDUOS COM A MAIOR CHANCE DE TER UM AVE?
  • 6. QUEM JÁ TEVE AVE OU “AMEAÇA DE DERRAME” PRÉVIO; DIABÉTICOS;
  • 14. AVE – UMA ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR. INTERDISCIPLINAR: QUE ESTABELECE RELAÇÕES ENTRE DUAS OU MAIS DISCIPLINAS OU RAMOS DE CONHECIMENTO. DICIONÁRIO HOUAISS
  • 15. A QUE DISCIPLINAS INTERESSA O ESTUDO DO AVE E SUAS CONSEQUÊNCIAS? MEDICINA ENFERMAGEM FISIOTERAPIA TERAPIA OCUPACIONAL NUTRIÇÃO FONOAUDIOLOGIA PSICOLOGIA ASSISTÊNCIA SOCIAL OUTRAS
  • 16. FASES DO AVE AGUDA: ÊNFASES NO ATENDIMENTO. É A PRINCIPAL CAUSA DE MORBIMORTALIDADE NO BRASIL. MÉDICO: SOCORRISTA, NEUROLOGISTA, NEUROCIRURGIÃO ENFERMAGEM: CUIDADOPS HOSPITALARES FISIOTERAPIA: TRATAMENTO DOS DÉFICITS INICIAIS (PARALISIA FLÁCIDA) FONOAUDIOLOGIA: DISFAGIA E PROTEÇÃO DAS VIAS AÉREAS.
  • 17. FASES DO AVE SUB-AGUDA: JÁ FORA DO RISCO À VIDA INICIA-SE A PREOCUPAÇÃO COM A REABILITAÇÃO.
  • 18. FASES DO AVE TARDIA: REABILITAÇÃO MÉDICO: FISIATRA NEUROLOGISTA CLÍNICO GERAL GERIATRA PSIQUIATRA CARDIOLOGISTA ETC
  • 19. FASES DO AVE TARDIA: REABILITAÇÃO PARALISIA ESPÁTICA FISIOTERAPIA / FISIATRIA / ORTESES TERAPIA OCUPACIONAL: RECUPARAÇÃO FUNCIONAL DAS ATIVIDADES MOTORAS (ALIMENTAR-SE, VESTIR-SE, PENTEAR-SE, BARBEAR-SE, ETC) FONOAUDIOLOGIA: PROTEÇÃO DAS VIAS AÉREAS, DEGLUTIÇÃO, COMUNICAÇÃO POR LIGUAGEM FALADA PSICOLOGIA: AVALIÇÃO DOS IMPACTOS PSICOLOGICOS PARA O PACIENTE, PARA A FAMÍLIA, E PARA CADA FAMILIAR EM SI.
  • 20. FASES DO AVE TARDIA: REABILITAÇÃO ASSISTENTE SOCIAL: IMPACTO SOCIAL SOBRE A FAMILIA E A SOCIEDADE SAÚDE PÚBLICA: O IMPACTO DO CUSTO SOCIAL (UM IMOBILIZADO EM CASA MOBILIZA EM MÉDIA 3 CUIDADORES) CUIDADORES E FAMILIARES.
  • 21.  
  • 22. VISÃO GERAL A IMPORTÂNCIA DE TODOS E DE CADA UM A IMPORTÂNCIA DO INDIVIDUO A IMPORTÂCIA DAS COMUNIDADES E ENTIDADES A IMPORTÂNCIA DO ACESSO A IMPORTÂCIA DA CIDADANIA
  • 23. O CONHECIMENTO – A GRANDE ARMA: CONHECENDO –SE OS DIREITOS E SABENDO-SE ONDE OBTER O ACESSO HAVERA UMA MELHO DISTRIBUIÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA PARA AS PESSOAS AFETADAS POR AVE E PARA OS SEUS CUIDADORES. AGRADEÇO AO LABORATÓRIO BOEHRINGER ILGELHEIM POR TER CEDIDO AS IMAGENS.