SlideShare uma empresa Scribd logo
PSICOLOGIA E
TRANSEXUALIDADE
RESOLUÇÕES QUE REGULAMENTAM AATUAÇÃO DO
PSICÓLOGO RELACIONADAS AATENÇÃO DAS PESSOAS
TRANS.
• RESOLUÇÃO 01/99
• RESOLUÇÃO CFP 01/2018
Resolução 01/99
 O psicólogo brasileiro Henrique Aragusuku em parceria com a conselheira do CFP Sandra
Sposito, apresentou um pôster, com uma análise das políticas LGBTI+ implementadas pelo
Conselho Federal de Psicologia;
 Este trabalho buscou contribuir para a visibilização de uma história ainda pouco lembrada, tendo
em vista o atual cenário de retrocessos e de avanço de posicionamentos políticos;
 A Resolução nº 01/99, que estabelece normas de atuação para profissionais de Psicologia em
relação à questão da orientação sexual;
RESOLUÇÃO CFP Nº 01/99
A defesa pelo direito de adoção à casais homoafetivos;
A luta contra a repatologização da homossexualidade;
O reconhecimento do nome social de pessoas trans, e a proposição da
despatologização das identidades transexuais e travestis;
Resolução 01/2018
Orienta a atuação profissional de psicólogas e psicólogos no Brasil para que
travestilidades e transexualidades não sejam consideradas patologias;
Objetivo : de impedir o uso de instrumentos ou técnicas psicológicas para
criar, manter ou reforçar preconceitos, estigmas, estereótipos ou discriminação
e veda a colaboração com eventos ou serviços que contribuam para o
desenvolvimento de culturas institucionais discriminatórias;
publicada em 29 de janeiro de 2018, está baseada em três pilares:
transexualidades e travestilidades não são patologias; a transfobia precisa ser
enfrentada; e as identidades de gênero são autodeclaratórias.
afirma que compete a psicólogas e psicólogos, nos diversos campos do
exercício profissional, o atendimento voltado à promoção da vida, do bem
estar e da dignidade de pessoas travestis e transexuais, contribuindo ainda
para a eliminação de qualquer forma de preconceito ou discriminação contra
essa população.
“Ser o que somos não tem preço. Viver uma mentira nos
enlouquece” (João Nery, 2018)
PSICOLOGIA E TRANSEXUALIDADE.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a PSICOLOGIA E TRANSEXUALIDADE.pptx

Cuidado de pessoas que usam drogas
Cuidado de pessoas que usam drogasCuidado de pessoas que usam drogas
Cuidado de pessoas que usam drogas
ivone guedes borges
 
[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf
[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf
[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf
SAMARAKASSYADEOLIVEI
 
Publicação mulher final_web
Publicação mulher final_webPublicação mulher final_web
Publicação mulher final_web
Jéssica Petersen
 
Psicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionais
Psicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionaisPsicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionais
Psicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionais
Jéssica Petersen
 
Ribeiro & guzzo 2014 ppp
Ribeiro & guzzo 2014   pppRibeiro & guzzo 2014   ppp
Ribeiro & guzzo 2014 ppp
maisapocos
 
Estudos de psicologia juridica 14-03
Estudos de psicologia juridica   14-03Estudos de psicologia juridica   14-03
Estudos de psicologia juridica 14-03
030599jul
 
Estudos de psicologia juridica 14-03
Estudos de psicologia juridica   14-03Estudos de psicologia juridica   14-03
Estudos de psicologia juridica 14-03
030599jul
 
Psicologia Hospitalar.pptx
Psicologia Hospitalar.pptxPsicologia Hospitalar.pptx
Psicologia Hospitalar.pptx
Roxane Dias
 
Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...
Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...
Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...
José Ripardo
 
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
José Ripardo
 
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
José Ripardo
 
LIVRO_UNICO.pdf
LIVRO_UNICO.pdfLIVRO_UNICO.pdf
LIVRO_UNICO.pdf
CristianeNogueira40
 
Nasf orientações
Nasf orientaçõesNasf orientações
Nasf orientações
Bruna Rodrigues
 
Violência sexual e escuta judicial
Violência sexual e escuta judicialViolência sexual e escuta judicial
Violência sexual e escuta judicial
CRESS-MG
 
Texto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICO
Texto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICOTexto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICO
Texto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICO
Psicologia_2015
 
Pit
PitPit
Apresentação - Estágio em Políticas Públicas
Apresentação - Estágio em Políticas Públicas Apresentação - Estágio em Políticas Públicas
Apresentação - Estágio em Políticas Públicas
Bia Oliveira
 
O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...
O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...
O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...
Rubens Junior
 
Psicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da Odontologia
Psicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da OdontologiaPsicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da Odontologia
Psicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da Odontologia
Thiago de Almeida
 
Psicologia jurídica introdução
Psicologia jurídica   introduçãoPsicologia jurídica   introdução
Psicologia jurídica introdução
Kclitiacadente
 

Semelhante a PSICOLOGIA E TRANSEXUALIDADE.pptx (20)

Cuidado de pessoas que usam drogas
Cuidado de pessoas que usam drogasCuidado de pessoas que usam drogas
Cuidado de pessoas que usam drogas
 
[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf
[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf
[AULA 2] LAGO, V. M. Um breve histórico da Psicologia Jurídica no Brasil.pdf
 
Publicação mulher final_web
Publicação mulher final_webPublicação mulher final_web
Publicação mulher final_web
 
Psicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionais
Psicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionaisPsicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionais
Psicologia, laicidade, espiritualidade, religiao e os saberes tradicionais
 
Ribeiro & guzzo 2014 ppp
Ribeiro & guzzo 2014   pppRibeiro & guzzo 2014   ppp
Ribeiro & guzzo 2014 ppp
 
Estudos de psicologia juridica 14-03
Estudos de psicologia juridica   14-03Estudos de psicologia juridica   14-03
Estudos de psicologia juridica 14-03
 
Estudos de psicologia juridica 14-03
Estudos de psicologia juridica   14-03Estudos de psicologia juridica   14-03
Estudos de psicologia juridica 14-03
 
Psicologia Hospitalar.pptx
Psicologia Hospitalar.pptxPsicologia Hospitalar.pptx
Psicologia Hospitalar.pptx
 
Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...
Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...
Resolução cfp 001 99 orienta profissionais da área a não usar a mídia para re...
 
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
 
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
Parecer do conselho de psicologia contrário à proposta de 'cura gay'
 
LIVRO_UNICO.pdf
LIVRO_UNICO.pdfLIVRO_UNICO.pdf
LIVRO_UNICO.pdf
 
Nasf orientações
Nasf orientaçõesNasf orientações
Nasf orientações
 
Violência sexual e escuta judicial
Violência sexual e escuta judicialViolência sexual e escuta judicial
Violência sexual e escuta judicial
 
Texto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICO
Texto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICOTexto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICO
Texto 2 - ACONSELHAMENTO PSICOLOGICO
 
Pit
PitPit
Pit
 
Apresentação - Estágio em Políticas Públicas
Apresentação - Estágio em Políticas Públicas Apresentação - Estágio em Políticas Públicas
Apresentação - Estágio em Políticas Públicas
 
O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...
O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...
O TRATAMENTO DOS PORTADORES DE TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL – DA LEGALIZAÇÃO D...
 
Psicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da Odontologia
Psicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da OdontologiaPsicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da Odontologia
Psicologia Cognitivo Comportamental Aplicada No ExercíCio Da Odontologia
 
Psicologia jurídica introdução
Psicologia jurídica   introduçãoPsicologia jurídica   introdução
Psicologia jurídica introdução
 

Mais de Gabriela Benigno

roda de núcleo apresentação (1).pptx
roda de núcleo apresentação (1).pptxroda de núcleo apresentação (1).pptx
roda de núcleo apresentação (1).pptx
Gabriela Benigno
 
Volume 22.docx
Volume 22.docxVolume 22.docx
Volume 22.docx
Gabriela Benigno
 
Doc1.docx
Doc1.docxDoc1.docx
Doc1.docx
Gabriela Benigno
 
slides.ppt
slides.pptslides.ppt
slides.ppt
Gabriela Benigno
 
saude mental2.pptx
saude mental2.pptxsaude mental2.pptx
saude mental2.pptx
Gabriela Benigno
 
429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf
429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf
429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf
Gabriela Benigno
 
Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971
Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971
Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971
Gabriela Benigno
 

Mais de Gabriela Benigno (7)

roda de núcleo apresentação (1).pptx
roda de núcleo apresentação (1).pptxroda de núcleo apresentação (1).pptx
roda de núcleo apresentação (1).pptx
 
Volume 22.docx
Volume 22.docxVolume 22.docx
Volume 22.docx
 
Doc1.docx
Doc1.docxDoc1.docx
Doc1.docx
 
slides.ppt
slides.pptslides.ppt
slides.ppt
 
saude mental2.pptx
saude mental2.pptxsaude mental2.pptx
saude mental2.pptx
 
429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf
429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf
429008673 apostila-resumos-psiquiatria-pdf
 
Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971
Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971
Comunicacao oral idinscrito_3796_8c4dc138fa5b74bca1de916582eb0971
 

Último

Guia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudávelGuia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudável
barbosakennedy04
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
AdrianoPompiroCarval
 
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
LuFelype
 
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia  voltada a ASB.pptxintrodução a psicologia  voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
profafernandacesa
 
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasivaPrevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
ClarissaNiederuaer
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
walterjose20
 
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Fabiano Pessanha
 

Último (7)

Guia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudávelGuia completo para secar de maneira saudável
Guia completo para secar de maneira saudável
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
 
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
1-A Organização do Sistema de Saúde e a Atenção Primária à Saúde (APS) no Bra...
 
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia  voltada a ASB.pptxintrodução a psicologia  voltada a ASB.pptx
introdução a psicologia voltada a ASB.pptx
 
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasivaPrevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
 
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
 

PSICOLOGIA E TRANSEXUALIDADE.pptx

  • 2. RESOLUÇÕES QUE REGULAMENTAM AATUAÇÃO DO PSICÓLOGO RELACIONADAS AATENÇÃO DAS PESSOAS TRANS. • RESOLUÇÃO 01/99 • RESOLUÇÃO CFP 01/2018
  • 3. Resolução 01/99  O psicólogo brasileiro Henrique Aragusuku em parceria com a conselheira do CFP Sandra Sposito, apresentou um pôster, com uma análise das políticas LGBTI+ implementadas pelo Conselho Federal de Psicologia;  Este trabalho buscou contribuir para a visibilização de uma história ainda pouco lembrada, tendo em vista o atual cenário de retrocessos e de avanço de posicionamentos políticos;  A Resolução nº 01/99, que estabelece normas de atuação para profissionais de Psicologia em relação à questão da orientação sexual;
  • 4. RESOLUÇÃO CFP Nº 01/99 A defesa pelo direito de adoção à casais homoafetivos; A luta contra a repatologização da homossexualidade; O reconhecimento do nome social de pessoas trans, e a proposição da despatologização das identidades transexuais e travestis;
  • 5.
  • 6. Resolução 01/2018 Orienta a atuação profissional de psicólogas e psicólogos no Brasil para que travestilidades e transexualidades não sejam consideradas patologias; Objetivo : de impedir o uso de instrumentos ou técnicas psicológicas para criar, manter ou reforçar preconceitos, estigmas, estereótipos ou discriminação e veda a colaboração com eventos ou serviços que contribuam para o desenvolvimento de culturas institucionais discriminatórias; publicada em 29 de janeiro de 2018, está baseada em três pilares: transexualidades e travestilidades não são patologias; a transfobia precisa ser enfrentada; e as identidades de gênero são autodeclaratórias.
  • 7. afirma que compete a psicólogas e psicólogos, nos diversos campos do exercício profissional, o atendimento voltado à promoção da vida, do bem estar e da dignidade de pessoas travestis e transexuais, contribuindo ainda para a eliminação de qualquer forma de preconceito ou discriminação contra essa população.
  • 8. “Ser o que somos não tem preço. Viver uma mentira nos enlouquece” (João Nery, 2018)