SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenrique.pro.br 1
Curso de Proteção Auditiva
Treinamento aos usuários de
protetores auriculares
Pressione as setas do teclado em tela inteira (clique o lado direito do mouse)
Tecle ESC para cancelar
Pressione as setas do teclado em tela inteira (clique o lado direito do mouse)
Tecle ESC para cancelar
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri2
Objetivo
• Reconhecer o agente físico ruído
• Conhecer os efeitos à saúde causado por exposição
ao ruído
• Conhecer os tipos de protetores auriculares
• Aprender a usar os protetores auriculares
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri3
Reconhecimento do agente físico
• O que é som ?
R. É uma sensação auditiva provocada por uma onda
acústica. Uma sensação auditiva agradável.
RUIDO
SOM
• O que é ruído ?
R. É um som indesejado. Uma sensação auditiva
desagradável.
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri4
Reconhecimento do agente físico
• O som é provocado pelo choque das moléculas de ar
que se propagam em todas as direções em forma de
ondas.
• As ondas serão tão maiores quanto a força do
choque que as originou.
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri5
Reconhecimento do agente físico
• O ruído ou barulho pode ser percebido:
a) Quando interfere na comunicação entre as
pessoas
b) Quando se aumenta o tom de voz para se
comunicar
c) Quando interfere na atividade intelectual ou
concentração
d) Quando a intensidade do som está acima do Limite
de Tolerância estabelecido por Lei (é necessário
aferir o ruído com medidor de nível de som ou
decibelimetro)
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri6
Reconhecimento do agente físico
• Quando o ruído se torna um risco para a saúde ?
R. Quando a intensidade do som está acima do Limite
permitido por Lei.
Portaria 3.214/78, NR 15, Anexo 1
Intensidade Tempo Limite de
Exposição*
85 dB (A) 8 horas
86 dB (A) 7 horas
87 dB (A) 6 horas
88 dB (A)
...
5 horas
...
*Cálculo: T = 16/2(L – 80)/5
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri7
Efeitos à saúde causados pelo ruído
• Como funciona o aparelho auditivo ?
 O aparelho auditivo é dividido em:
(a) Ouvido externo:
1. Composto pela orelha (pavilhão
auditivo) e o canal que vai até o
tímpano, este canal orienta as ondas
sonoras para o tímpano.
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri8
Efeitos à saúde causados pelo ruído
• Como funciona o aparelho auditivo ?
(b) Ouvido médio:
1. Tímpano, uma membrana que vibra
com as ondas sonoras.
2. Ossículos (Martelo, Bigorna, Estribo),
vibram com a vibração do tímpano.
3. Janela Oval, o estribo está em
contato com esta membrana que
transmite vibração para o liquido do
ouvido interno.
4. Tuba de Esutáquio (tuba auditiva),
equalizador de pressões entre o
ouvido médio e a nasofaringe,
também serve para escoar o catarro
do ouvido médio para a parte
posterior do nariz (nasofaringe).
5. Mastóide, localizado atrás da orelha,
cheio de cavidades em comunicação
com o ouvido médio.
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri9
Efeitos à saúde causados pelo ruído
• Como funciona o aparelho auditivo ?
(c) Ouvido interno:
1. O ouvido interno é formado pela
cóclea e pelo labirinto. A cóclea é
responsável pela audição e o labirinto
pelo equilíbrio. A cóclea é um canal
cheio de líquido em formato de
caracol, que está conectada ao
ouvido médio pela janela oval.
Quando a vibração da janela oval é
transmitida à cóclea, o líquido em seu
interior faz com que pequenas células
especiais (células ciliadas internas)
vibrem e produzam sinais elétricos.
Estes sinais são transmitidos ao
cérebro, onde são interpretados como
som.
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri10
Efeitos à saúde causados pelo ruído
• Aonde ocorre a perda auditiva ?
 Dentro da cóclea se
encontram as células
ciliadas que transformam
a vibração sonora em
impulsos nervosos, com a
exposição ao ruído
intenso e contínuo essas
células ciliadas vão se
desgastando e perdem a
sua função e não se
regeneram, causam uma
perda auditiva irreversível
(a)
(b)
(c)
(a) Preservadas
(b) Perda parcial
(c) Perda total
(a) Preservadas
(b) Perda parcial
(c) Perda total
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri11
Efeitos à saúde causados pelo ruído
• Efeitos do ruído à audição.
 Trauma acústico: surdez provocada por um ruído repentino
 Perda auditiva temporária: a audição se recupera em 24 horas
 Perda auditiva permanente: a perda da audição é definitiva
• Efeitos do ruído no ambiente de trabalho.
 Problemas de comunicação: causa erro na interpretação das
palavras
 Baixa concentração: causa falhas na realização de tarefas
 Provoca desconforto: causa incômodo
 Nervosismo: causa irritabilidade
 Cansaço: causa stress e indisposição
 Baixo rendimento: causa queda na produção
 Provoca acidentes: causa atos inseguros
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri12
Efeitos à saúde causados pelo ruído
• Efeitos do ruído sobre o organismo.
 Estreitamento dos vasos sanguíneos
 Aumento da pressão sanguínea
 Contração muscular
 Ansiedade e tensão
 Alterações menstruais na mulher
 Impotência sexual no homem (o ruído “brocha”!!!)
 Zumbido
IMPORTANTE: A perda da audição é progressiva e gradual, ela ocorre
depois de alguns anos, então a audição não se recupera. Por isso, a
perda auditiva é irreversível.
IMPORTANTE: A perda da audição é progressiva e gradual, ela ocorre
depois de alguns anos, então a audição não se recupera. Por isso, a
perda auditiva é irreversível.
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri13
Tipos de protetores auriculares
• Como evitar que o ruído prejudique nossa audição ?
1. Usar protetores auriculares que
podem ser:
 Protetores auriculares tipo concha: o arco
pressiona os abafadores nos ouvidos
 Protetores auriculares tipo plug de borracha:
puxar a orelha para cima e introduzir o plug
no canal auditivo
 Protetores auriculares tipo plug de expansão:
moldá-lo com os dedos e introduzir o plug que
ele expandirá dentro do canal auditivo
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri14
Tipos de protetores auriculares
• Como evitar que o ruído prejudique nossa audição ?
2. Avaliar a capacidade auditiva
periodicamente através de
audiometria
Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri15
Cuidados e recomendações de uso
• Não manuseie os protetores auriculares com as mãos
sujas.
• Utilize os protetores auriculares durante toda a jornada
de trabalho.
• Após o uso, guarde os protetores auriculares na
embalagem para conservá-los em bom estado de uso.
• Quando os protetores auriculares estiverem sujos,
lave-os.
• Troque os protetores auriculares quando estiverem
danificados.
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Proteção auditiva
Proteção auditivaProteção auditiva
Proteção auditiva
marcos0007
 
Riscos do ruido e da luminosidade
Riscos do ruido e da luminosidadeRiscos do ruido e da luminosidade
Riscos do ruido e da luminosidade
Daniel Fabro
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptxTREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
HeleniceGonalves1
 
Ruído em higiene e segurança no trabalho
Ruído em  higiene e segurança no trabalhoRuído em  higiene e segurança no trabalho
Ruído em higiene e segurança no trabalho
Lucas Vinícius
 
Efeitos da exposição ao ruido
Efeitos da exposição ao ruidoEfeitos da exposição ao ruido
Efeitos da exposição ao ruido
Cosmo Palasio
 
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..ppt
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..pptTREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..ppt
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..ppt
NilsonLemosMachado1
 
PROTEÇÃO AUDITIVA .pptx
PROTEÇÃO AUDITIVA .pptxPROTEÇÃO AUDITIVA .pptx
PROTEÇÃO AUDITIVA .pptx
Junior Segurança
 
PAIR
PAIRPAIR
Ruído no trabalho
Ruído no trabalhoRuído no trabalho
Ruído no trabalho
simao_jesus94
 
Prote o_auditiva
Prote  o_auditivaProte  o_auditiva
Prote o_auditiva
JB Silva
 
PCA - Programa de Conservação Auditiva
PCA -  Programa de Conservação AuditivaPCA -  Programa de Conservação Auditiva
PCA - Programa de Conservação Auditiva
Devania Silva
 
Proteoauditiva 140422100537-phpapp01
Proteoauditiva 140422100537-phpapp01Proteoauditiva 140422100537-phpapp01
Proteoauditiva 140422100537-phpapp01
Iara Silva Guimaraes
 
NR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptx
NR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptxNR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptx
NR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptx
Luís Gustavo de Souza Santos
 
Modelo pca 04_02_2013_ (1)
Modelo pca 04_02_2013_ (1)Modelo pca 04_02_2013_ (1)
Modelo pca 04_02_2013_ (1)
Sergio Freitas
 
1. treinamento pca
1. treinamento pca1. treinamento pca
1. treinamento pca
Nilton Goulart
 
Ruído Laboral
Ruído LaboralRuído Laboral
Ruído Laboral
Clotilde Vieira
 
Treinamento PPR - Proteção respiratória
Treinamento PPR - Proteção respiratóriaTreinamento PPR - Proteção respiratória
Treinamento PPR - Proteção respiratória
Claudio Cesar Pontes ن
 
Treinamento de epi novo reparado mecnil
Treinamento de epi novo reparado  mecnilTreinamento de epi novo reparado  mecnil
Treinamento de epi novo reparado mecnil
Ythia Karla
 
Riscos do ruído e da luminosidade
Riscos do ruído e da luminosidadeRiscos do ruído e da luminosidade
Riscos do ruído e da luminosidade
Daniel Fabro
 
Ruido
RuidoRuido

Mais procurados (20)

Proteção auditiva
Proteção auditivaProteção auditiva
Proteção auditiva
 
Riscos do ruido e da luminosidade
Riscos do ruido e da luminosidadeRiscos do ruido e da luminosidade
Riscos do ruido e da luminosidade
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptxTREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
 
Ruído em higiene e segurança no trabalho
Ruído em  higiene e segurança no trabalhoRuído em  higiene e segurança no trabalho
Ruído em higiene e segurança no trabalho
 
Efeitos da exposição ao ruido
Efeitos da exposição ao ruidoEfeitos da exposição ao ruido
Efeitos da exposição ao ruido
 
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..ppt
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..pptTREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..ppt
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO AUDITIVA..ppt
 
PROTEÇÃO AUDITIVA .pptx
PROTEÇÃO AUDITIVA .pptxPROTEÇÃO AUDITIVA .pptx
PROTEÇÃO AUDITIVA .pptx
 
PAIR
PAIRPAIR
PAIR
 
Ruído no trabalho
Ruído no trabalhoRuído no trabalho
Ruído no trabalho
 
Prote o_auditiva
Prote  o_auditivaProte  o_auditiva
Prote o_auditiva
 
PCA - Programa de Conservação Auditiva
PCA -  Programa de Conservação AuditivaPCA -  Programa de Conservação Auditiva
PCA - Programa de Conservação Auditiva
 
Proteoauditiva 140422100537-phpapp01
Proteoauditiva 140422100537-phpapp01Proteoauditiva 140422100537-phpapp01
Proteoauditiva 140422100537-phpapp01
 
NR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptx
NR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptxNR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptx
NR07 - Treinamento - PCA Programa Controle Auditivo - P21 - Abr 21.pptx
 
Modelo pca 04_02_2013_ (1)
Modelo pca 04_02_2013_ (1)Modelo pca 04_02_2013_ (1)
Modelo pca 04_02_2013_ (1)
 
1. treinamento pca
1. treinamento pca1. treinamento pca
1. treinamento pca
 
Ruído Laboral
Ruído LaboralRuído Laboral
Ruído Laboral
 
Treinamento PPR - Proteção respiratória
Treinamento PPR - Proteção respiratóriaTreinamento PPR - Proteção respiratória
Treinamento PPR - Proteção respiratória
 
Treinamento de epi novo reparado mecnil
Treinamento de epi novo reparado  mecnilTreinamento de epi novo reparado  mecnil
Treinamento de epi novo reparado mecnil
 
Riscos do ruído e da luminosidade
Riscos do ruído e da luminosidadeRiscos do ruído e da luminosidade
Riscos do ruído e da luminosidade
 
Ruido
RuidoRuido
Ruido
 

Semelhante a Protecao henrique

Treinamento de Proteção Auditiva 2023.pp
Treinamento de Proteção Auditiva 2023.ppTreinamento de Proteção Auditiva 2023.pp
Treinamento de Proteção Auditiva 2023.pp
ssuser238e8f
 
Biofísica da audição
Biofísica da audiçãoBiofísica da audição
Biofísica da audição
karinemc18
 
Cópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
Cópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptxCópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
Cópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
AnglicaArantes2
 
Edicao13 Declaracao De Guerra Ao Ruido
Edicao13 Declaracao De Guerra Ao RuidoEdicao13 Declaracao De Guerra Ao Ruido
Edicao13 Declaracao De Guerra Ao Ruido
Santos de Castro
 
Órgão sensorial - Audição
Órgão sensorial - AudiçãoÓrgão sensorial - Audição
Órgão sensorial - Audição
Francisco Erivan
 
Velocidade do som e poluição sonora
Velocidade do som e poluição sonoraVelocidade do som e poluição sonora
Velocidade do som e poluição sonora
Feeh Kikuchi
 
A poluição sonora
A poluição sonoraA poluição sonora
A poluição sonora
Carlos Barros
 
Biofísica da Audição
Biofísica da AudiçãoBiofísica da Audição
Biofísica da Audição
Gabriela Tiburcio
 
Saúde Auditiva
Saúde AuditivaSaúde Auditiva
Saúde Auditiva
andreleite41
 
Cp perda auditiva
Cp perda auditivaCp perda auditiva
Cp perda auditiva
Cosmo Palasio
 
Apostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeida
Apostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeidaApostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeida
Apostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeida
7fire
 
4 sistema auditivo
4 sistema auditivo4 sistema auditivo
4 sistema auditivo
Ivete Campos
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
Mara Pitrez
 

Semelhante a Protecao henrique (20)

Treinamento de Proteção Auditiva 2023.pp
Treinamento de Proteção Auditiva 2023.ppTreinamento de Proteção Auditiva 2023.pp
Treinamento de Proteção Auditiva 2023.pp
 
Biofísica da audição
Biofísica da audiçãoBiofísica da audição
Biofísica da audição
 
Cópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
Cópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptxCópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
Cópia de TREINAMENTO PROTEÇÃO AUDITIVA.pptx
 
Edicao13 Declaracao De Guerra Ao Ruido
Edicao13 Declaracao De Guerra Ao RuidoEdicao13 Declaracao De Guerra Ao Ruido
Edicao13 Declaracao De Guerra Ao Ruido
 
Órgão sensorial - Audição
Órgão sensorial - AudiçãoÓrgão sensorial - Audição
Órgão sensorial - Audição
 
Velocidade do som e poluição sonora
Velocidade do som e poluição sonoraVelocidade do som e poluição sonora
Velocidade do som e poluição sonora
 
A poluição sonora
A poluição sonoraA poluição sonora
A poluição sonora
 
Biofísica da Audição
Biofísica da AudiçãoBiofísica da Audição
Biofísica da Audição
 
Saúde Auditiva
Saúde AuditivaSaúde Auditiva
Saúde Auditiva
 
Cp perda auditiva
Cp perda auditivaCp perda auditiva
Cp perda auditiva
 
Apostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeida
Apostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeidaApostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeida
Apostila de sonoplastia-2016_miqueas_almeida
 
4 sistema auditivo
4 sistema auditivo4 sistema auditivo
4 sistema auditivo
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
áRea De Projecto Final AprsentaçãO 2009 2010
 

Mais de Fernanda Checchinato

Via jovem
Via jovemVia jovem
Valas tacitano
Valas tacitanoValas tacitano
Valas tacitano
Fernanda Checchinato
 
V10n2a08
V10n2a08V10n2a08
Soldas godoy
Soldas godoySoldas godoy
Soldas godoy
Fernanda Checchinato
 
Sinaliza godoy
Sinaliza godoySinaliza godoy
Sinaliza godoy
Fernanda Checchinato
 
Saude noeli
Saude noeliSaude noeli
Saude do trabalhador
Saude do trabalhadorSaude do trabalhador
Saude do trabalhador
Fernanda Checchinato
 
Sala326
Sala326Sala326
Ruido telemarketing
Ruido telemarketingRuido telemarketing
Ruido telemarketing
Fernanda Checchinato
 
Ruidos
RuidosRuidos
Ruido picador
Ruido picadorRuido picador
Ruido picador
Fernanda Checchinato
 
Ruido conrado (2)
Ruido conrado (2)Ruido conrado (2)
Ruido conrado (2)
Fernanda Checchinato
 
Ruido avila (1)
Ruido avila (1)Ruido avila (1)
Ruido avila (1)
Fernanda Checchinato
 
Ruido areli-sagarnaga
Ruido areli-sagarnagaRuido areli-sagarnaga
Ruido areli-sagarnaga
Fernanda Checchinato
 
Regras
RegrasRegras
Reconhecimento e avaliação das exposições a ruído katita
Reconhecimento e avaliação das exposições a ruído katitaReconhecimento e avaliação das exposições a ruído katita
Reconhecimento e avaliação das exposições a ruído katita
Fernanda Checchinato
 
Rbso 111 volume_30
Rbso 111 volume_30Rbso 111 volume_30
Rbso 111 volume_30
Fernanda Checchinato
 
Rbso 119 alterações auditivas
Rbso 119 alterações auditivasRbso 119 alterações auditivas
Rbso 119 alterações auditivas
Fernanda Checchinato
 
Radiografias fundacentro
Radiografias fundacentroRadiografias fundacentro
Radiografias fundacentro
Fernanda Checchinato
 

Mais de Fernanda Checchinato (20)

Via jovem
Via jovemVia jovem
Via jovem
 
Valas tacitano
Valas tacitanoValas tacitano
Valas tacitano
 
V10n2a08
V10n2a08V10n2a08
V10n2a08
 
Soldas godoy
Soldas godoySoldas godoy
Soldas godoy
 
Sinaliza godoy
Sinaliza godoySinaliza godoy
Sinaliza godoy
 
Saude noeli
Saude noeliSaude noeli
Saude noeli
 
Saude do trabalhador
Saude do trabalhadorSaude do trabalhador
Saude do trabalhador
 
Sala326
Sala326Sala326
Sala326
 
Ruido telemarketing
Ruido telemarketingRuido telemarketing
Ruido telemarketing
 
Ruidos cdkatia70
Ruidos cdkatia70Ruidos cdkatia70
Ruidos cdkatia70
 
Ruidos
RuidosRuidos
Ruidos
 
Ruido picador
Ruido picadorRuido picador
Ruido picador
 
Ruido conrado (2)
Ruido conrado (2)Ruido conrado (2)
Ruido conrado (2)
 
Ruido avila (1)
Ruido avila (1)Ruido avila (1)
Ruido avila (1)
 
Ruido areli-sagarnaga
Ruido areli-sagarnagaRuido areli-sagarnaga
Ruido areli-sagarnaga
 
Regras
RegrasRegras
Regras
 
Reconhecimento e avaliação das exposições a ruído katita
Reconhecimento e avaliação das exposições a ruído katitaReconhecimento e avaliação das exposições a ruído katita
Reconhecimento e avaliação das exposições a ruído katita
 
Rbso 111 volume_30
Rbso 111 volume_30Rbso 111 volume_30
Rbso 111 volume_30
 
Rbso 119 alterações auditivas
Rbso 119 alterações auditivasRbso 119 alterações auditivas
Rbso 119 alterações auditivas
 
Radiografias fundacentro
Radiografias fundacentroRadiografias fundacentro
Radiografias fundacentro
 

Último

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
Consultoria Acadêmica
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
marcosmpereira
 
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docxSFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
bentosst
 
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificaçãoEstruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
caduelaia
 
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.docAnálise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
cristiano docarmo
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
RodrigoQuintilianode1
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
Consultoria Acadêmica
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
GeraldoGouveia2
 
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitosApostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Sandro Marques Solidario
 
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 

Último (11)

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
 
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docxSFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
SFE SSO PROC 03 Bloqueio e sinalização de energias perigosas 1(Comentado).docx
 
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificaçãoEstruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
Estruturas de Madeiras: Dimensionamento e formas de classificação
 
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.docAnálise preliminar motorista-APR-motorista.doc
Análise preliminar motorista-APR-motorista.doc
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
 
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitosApostila SAP.PM para PCM, para indústria e  depósitos
Apostila SAP.PM para PCM, para indústria e depósitos
 
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
AE03 - SISTEMAS DISTRIBUIDOS E REDES UNICESUMAR 52/2024
 

Protecao henrique

  • 1. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenrique.pro.br 1 Curso de Proteção Auditiva Treinamento aos usuários de protetores auriculares Pressione as setas do teclado em tela inteira (clique o lado direito do mouse) Tecle ESC para cancelar Pressione as setas do teclado em tela inteira (clique o lado direito do mouse) Tecle ESC para cancelar
  • 2. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri2 Objetivo • Reconhecer o agente físico ruído • Conhecer os efeitos à saúde causado por exposição ao ruído • Conhecer os tipos de protetores auriculares • Aprender a usar os protetores auriculares
  • 3. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri3 Reconhecimento do agente físico • O que é som ? R. É uma sensação auditiva provocada por uma onda acústica. Uma sensação auditiva agradável. RUIDO SOM • O que é ruído ? R. É um som indesejado. Uma sensação auditiva desagradável.
  • 4. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri4 Reconhecimento do agente físico • O som é provocado pelo choque das moléculas de ar que se propagam em todas as direções em forma de ondas. • As ondas serão tão maiores quanto a força do choque que as originou.
  • 5. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri5 Reconhecimento do agente físico • O ruído ou barulho pode ser percebido: a) Quando interfere na comunicação entre as pessoas b) Quando se aumenta o tom de voz para se comunicar c) Quando interfere na atividade intelectual ou concentração d) Quando a intensidade do som está acima do Limite de Tolerância estabelecido por Lei (é necessário aferir o ruído com medidor de nível de som ou decibelimetro)
  • 6. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri6 Reconhecimento do agente físico • Quando o ruído se torna um risco para a saúde ? R. Quando a intensidade do som está acima do Limite permitido por Lei. Portaria 3.214/78, NR 15, Anexo 1 Intensidade Tempo Limite de Exposição* 85 dB (A) 8 horas 86 dB (A) 7 horas 87 dB (A) 6 horas 88 dB (A) ... 5 horas ... *Cálculo: T = 16/2(L – 80)/5
  • 7. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri7 Efeitos à saúde causados pelo ruído • Como funciona o aparelho auditivo ?  O aparelho auditivo é dividido em: (a) Ouvido externo: 1. Composto pela orelha (pavilhão auditivo) e o canal que vai até o tímpano, este canal orienta as ondas sonoras para o tímpano.
  • 8. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri8 Efeitos à saúde causados pelo ruído • Como funciona o aparelho auditivo ? (b) Ouvido médio: 1. Tímpano, uma membrana que vibra com as ondas sonoras. 2. Ossículos (Martelo, Bigorna, Estribo), vibram com a vibração do tímpano. 3. Janela Oval, o estribo está em contato com esta membrana que transmite vibração para o liquido do ouvido interno. 4. Tuba de Esutáquio (tuba auditiva), equalizador de pressões entre o ouvido médio e a nasofaringe, também serve para escoar o catarro do ouvido médio para a parte posterior do nariz (nasofaringe). 5. Mastóide, localizado atrás da orelha, cheio de cavidades em comunicação com o ouvido médio.
  • 9. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri9 Efeitos à saúde causados pelo ruído • Como funciona o aparelho auditivo ? (c) Ouvido interno: 1. O ouvido interno é formado pela cóclea e pelo labirinto. A cóclea é responsável pela audição e o labirinto pelo equilíbrio. A cóclea é um canal cheio de líquido em formato de caracol, que está conectada ao ouvido médio pela janela oval. Quando a vibração da janela oval é transmitida à cóclea, o líquido em seu interior faz com que pequenas células especiais (células ciliadas internas) vibrem e produzam sinais elétricos. Estes sinais são transmitidos ao cérebro, onde são interpretados como som.
  • 10. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri10 Efeitos à saúde causados pelo ruído • Aonde ocorre a perda auditiva ?  Dentro da cóclea se encontram as células ciliadas que transformam a vibração sonora em impulsos nervosos, com a exposição ao ruído intenso e contínuo essas células ciliadas vão se desgastando e perdem a sua função e não se regeneram, causam uma perda auditiva irreversível (a) (b) (c) (a) Preservadas (b) Perda parcial (c) Perda total (a) Preservadas (b) Perda parcial (c) Perda total
  • 11. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri11 Efeitos à saúde causados pelo ruído • Efeitos do ruído à audição.  Trauma acústico: surdez provocada por um ruído repentino  Perda auditiva temporária: a audição se recupera em 24 horas  Perda auditiva permanente: a perda da audição é definitiva • Efeitos do ruído no ambiente de trabalho.  Problemas de comunicação: causa erro na interpretação das palavras  Baixa concentração: causa falhas na realização de tarefas  Provoca desconforto: causa incômodo  Nervosismo: causa irritabilidade  Cansaço: causa stress e indisposição  Baixo rendimento: causa queda na produção  Provoca acidentes: causa atos inseguros
  • 12. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri12 Efeitos à saúde causados pelo ruído • Efeitos do ruído sobre o organismo.  Estreitamento dos vasos sanguíneos  Aumento da pressão sanguínea  Contração muscular  Ansiedade e tensão  Alterações menstruais na mulher  Impotência sexual no homem (o ruído “brocha”!!!)  Zumbido IMPORTANTE: A perda da audição é progressiva e gradual, ela ocorre depois de alguns anos, então a audição não se recupera. Por isso, a perda auditiva é irreversível. IMPORTANTE: A perda da audição é progressiva e gradual, ela ocorre depois de alguns anos, então a audição não se recupera. Por isso, a perda auditiva é irreversível.
  • 13. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri13 Tipos de protetores auriculares • Como evitar que o ruído prejudique nossa audição ? 1. Usar protetores auriculares que podem ser:  Protetores auriculares tipo concha: o arco pressiona os abafadores nos ouvidos  Protetores auriculares tipo plug de borracha: puxar a orelha para cima e introduzir o plug no canal auditivo  Protetores auriculares tipo plug de expansão: moldá-lo com os dedos e introduzir o plug que ele expandirá dentro do canal auditivo
  • 14. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri14 Tipos de protetores auriculares • Como evitar que o ruído prejudique nossa audição ? 2. Avaliar a capacidade auditiva periodicamente através de audiometria
  • 15. Curso de Proteção Auditiva www.professorhenri15 Cuidados e recomendações de uso • Não manuseie os protetores auriculares com as mãos sujas. • Utilize os protetores auriculares durante toda a jornada de trabalho. • Após o uso, guarde os protetores auriculares na embalagem para conservá-los em bom estado de uso. • Quando os protetores auriculares estiverem sujos, lave-os. • Troque os protetores auriculares quando estiverem danificados. FIM