SlideShare uma empresa Scribd logo
PRONOME PARTE 3
CLASSIFICAÇÃO
PRONOMES DEMONSTRATIVOS
INDEFINIDOS
Agora um poeminha
Há muito tempo, sim, que não te escrevo
Ficaram velhas todas as notícias
Eu mesmo envelheci: Olha, em relevo,
Estes sinais em mim [...]
Carlos Drummond de Andrade. Poesia e Prosa, 1988.
Pronomes Demonstrativos
São palavras cuja função principal é indicar o
posicionamento, o lugar de um ser,
relativamente à posição ocupada por uma das
três pessoas gramaticais.
VARIÁVEIS INVARIÁVEIS
ESTE, ESTA, ESTES, ESTAS ISTO
ESSE, ESSA, ESSES, ESSAS ISSO
AQUELE, AQUELA, AQUELES, AQUELAS AQUILO
PRINCIPAIS
EMPREGOS DOS
PRONOMES
DEFINIDOS
ESTE, ESTA, ESTES, ESTAS, ISTO
1. NO ESPAÇO 2. NO CONTEXTO 3. NO TEMPO
INDICAM O QUE ESTÁ
PRÓXIMO DE QUEM
FALA/ESCREVE.
REFEREM-SE A ALGO QUE
SERÁ DITO/ESCRITO.
INDICAM TEMPO ATUAL,
PRESENTE (EM RELAÇÃO
AO MOMENTO DA FALA).
1.Esta tatuagem que tenho no peito é uma
recordação da juventude.
2.A grande motivação de sua vida sempre foi esta:
ajudar as pessoas.
3.Este momento que estamos vivendo será
inesquecível.
ESSE, ESSA, ESSES, ESSAS, ISSO
1. NO ESPAÇO 2. CONTEXTO 3. NO TEMPO
Indicam o que está
próximo de quem ouve/lê.
Referem-se a algo que já
foi dito/escrito.
Marcam um tempo
anterior próximo ou
posterior próximo.
1.Por favor, eu poderia dar uma olhada nessa
revista que está com você?
2.“É mentira!” Foi só isso que ele disse antes de
sair.
3. A meteorologia prevê que esse fim-de-semana
terá tempo bom. A seleção brasileira empatou
com o Chile nesse sábado, em Santiago.
AQUELE, AQUELA, AQUELES,
AQUELAS, AQUILO
1. NO ESPAÇO 2. NO CONTEXTO 3. NO TEMPO
Indicam o que está longe
de quem fala/ escreve e de
quem ouve/lê
Indicam um elemento
referido anteriormente a
outro.
Indicam tempo distante,
bem anterior ou posterior
ao momento da fala.
1.Aqui do avião, aquele rio lá embaixo parece uma
cicatriz na selva.
2.Marcos e Carla são irmãs. Aquele é músico; esta
é médica.
3.Meu avô mudou-se para cá ainda menino.
Naquela época, aqui só havia fazendas de café.
OUTROS DEMONSTRATIVOS
• O(s), a(s), mesmo(s), mesma(s), tal, tais,
semelhante(s), próprio(s), própria(s).
Falou tão baixo, que ninguém entendeu o que ele disse.
É inaceitável que a miséria tenha chegado a tal ponto.
Nenhuma pessoa honesta aceitaria semelhante proposta.
Os alunos mesmos se responsabilizaram pelo próprio.
PRONOMES INDEFINIDOS
São aqueles que se referem de modo vago,
indeterminado, à 3ª pessoa gramatical.
*Às vezes, esse papel de indefinir a 3ª pessoa
gramatical é exercido não por uma só palavra, e
sim por um conjunto de palavras, que se
denomina locução pronominal indefinida.
Todo aquele que crê no Senhor será salvo.
VARIÁVEIS INVARIÁVEIS LOCUÇÕES PRONOMINAIS
Algum, alguma (s) Alguém Qualquer um
Nenhum, nenhuma (s) Algo Cada um
Todo, toda (s) Cada Todo aquele que
Outro, outra (s) Nada Um ou outro
Muito, muita (s) Ninguém Todo mundo
Pouco, pouca (s) Tudo Seja quem for
Certo, certa (s)
Tanto, tanta (s)
Quanto, quanta (s)
Qualquer, quaisquer
PRINCIPAIS
EMPREGOS DOS
PRONOMES
INDEFINIDOS
ALGUM (NS), ALGUMA (S)
• Quando aparecem antes do substantivo,
sentido AFIRMATIVO, depois, NEGATIVO:
Algum amigo telefonará para você.
Amigo algum telefonará para você.
CERTO, CERTA (S)
• Antes do substantivo, PRONOMES INDEFINIDOS
• Após, ADJETIVOS:
Certos indivíduos nunca tomam as decisões
certas.
Certas coisas não acontecem da maneira certa.
TODO, TODA (S)
• Usados no plural, indicam a totalidade do
conjunto:
Todos os livros antigos serão restaurados.
• No singular e sem artigo, tem sentido de qualquer,
cada:
Em nosso grupo, toda ocasião é tomada em
conjunto.
...
• No singular e com artigo, indicam totalidade,
“inteiro”, funcionam como adjetivo:
À tarde, toda a praia era tomada pelos barcos dos
pescadores.
• No singular e depois de substantivo, também é
“inteiro”.
Ele tinha o corpo todo trabalhado na tatuagem.
Pronome parte 3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Flávia Vizoná
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
Vivianne Macedo Cordeiro
 
Morfossintaxe sujeito.
Morfossintaxe sujeito.Morfossintaxe sujeito.
Morfossintaxe sujeito.
Aires Jones
 
Apontamentos Técnicas de Expressão Escrita I
Apontamentos Técnicas de Expressão Escrita IApontamentos Técnicas de Expressão Escrita I
Apontamentos Técnicas de Expressão Escrita I
Catarina Abreu
 
Questões de escrita
Questões de escritaQuestões de escrita
Questões de escrita
André Aleixo
 
Gabarito do teste de LP - 4º bimestre
Gabarito do teste de LP - 4º bimestreGabarito do teste de LP - 4º bimestre
Gabarito do teste de LP - 4º bimestre
Christiane Queiroz
 
Pronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativosPronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativos
marcia_froe
 
Verbos modos subjuntivo e imperativo
Verbos modos subjuntivo e imperativoVerbos modos subjuntivo e imperativo
Verbos modos subjuntivo e imperativo
Aires Jones
 
Falácias Vocabulares na Homilética e na Exegese
Falácias Vocabulares na Homilética e na ExegeseFalácias Vocabulares na Homilética e na Exegese
Falácias Vocabulares na Homilética e na Exegese
Leonardo Holanda E Silva
 
Exercícios sobre pronomes relativos
Exercícios sobre pronomes relativosExercícios sobre pronomes relativos
Exercícios sobre pronomes relativos
ma.no.el.ne.ves
 
Uso do pronome cujo
Uso do pronome cujoUso do pronome cujo
Uso do pronome cujo
Hélio Consolaro
 
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4   MorfologiaCefet/Coltec Aula 4   Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
ProfFernandaBraga
 
Polissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidadePolissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidade
Lilian Hodgson
 
Parcial de Lucrecia Grigolato presentacion
Parcial de Lucrecia Grigolato presentacionParcial de Lucrecia Grigolato presentacion
Parcial de Lucrecia Grigolato presentacion
lucrecia1991
 
Gramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e ComoGramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e Como
Carson Souza
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
luisprista
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
Aline Alves
 
Aula 3 oração sem sujeito 7°ano_1°p
Aula 3  oração sem sujeito 7°ano_1°pAula 3  oração sem sujeito 7°ano_1°p
Aula 3 oração sem sujeito 7°ano_1°p
Viviane Oliveira
 
pontuacao-carlos-zambeli
 pontuacao-carlos-zambeli pontuacao-carlos-zambeli
pontuacao-carlos-zambeli
LaissaAndrade4
 
Figuras de linguagem_la_madre
Figuras de linguagem_la_madreFiguras de linguagem_la_madre
Figuras de linguagem_la_madre
Alessandra Caires
 

Mais procurados (20)

Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Morfossintaxe sujeito.
Morfossintaxe sujeito.Morfossintaxe sujeito.
Morfossintaxe sujeito.
 
Apontamentos Técnicas de Expressão Escrita I
Apontamentos Técnicas de Expressão Escrita IApontamentos Técnicas de Expressão Escrita I
Apontamentos Técnicas de Expressão Escrita I
 
Questões de escrita
Questões de escritaQuestões de escrita
Questões de escrita
 
Gabarito do teste de LP - 4º bimestre
Gabarito do teste de LP - 4º bimestreGabarito do teste de LP - 4º bimestre
Gabarito do teste de LP - 4º bimestre
 
Pronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativosPronomes demonstrativos
Pronomes demonstrativos
 
Verbos modos subjuntivo e imperativo
Verbos modos subjuntivo e imperativoVerbos modos subjuntivo e imperativo
Verbos modos subjuntivo e imperativo
 
Falácias Vocabulares na Homilética e na Exegese
Falácias Vocabulares na Homilética e na ExegeseFalácias Vocabulares na Homilética e na Exegese
Falácias Vocabulares na Homilética e na Exegese
 
Exercícios sobre pronomes relativos
Exercícios sobre pronomes relativosExercícios sobre pronomes relativos
Exercícios sobre pronomes relativos
 
Uso do pronome cujo
Uso do pronome cujoUso do pronome cujo
Uso do pronome cujo
 
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4   MorfologiaCefet/Coltec Aula 4   Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
 
Polissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidadePolissemia e ambiguidade
Polissemia e ambiguidade
 
Parcial de Lucrecia Grigolato presentacion
Parcial de Lucrecia Grigolato presentacionParcial de Lucrecia Grigolato presentacion
Parcial de Lucrecia Grigolato presentacion
 
Gramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e ComoGramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e Como
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
 
Aula 3 oração sem sujeito 7°ano_1°p
Aula 3  oração sem sujeito 7°ano_1°pAula 3  oração sem sujeito 7°ano_1°p
Aula 3 oração sem sujeito 7°ano_1°p
 
pontuacao-carlos-zambeli
 pontuacao-carlos-zambeli pontuacao-carlos-zambeli
pontuacao-carlos-zambeli
 
Figuras de linguagem_la_madre
Figuras de linguagem_la_madreFiguras de linguagem_la_madre
Figuras de linguagem_la_madre
 

Destaque

Unit 5
Unit 5Unit 5
Unit 5
Daiane Leite
 
Africa Market Update - June 2016
Africa Market Update - June 2016Africa Market Update - June 2016
Africa Market Update - June 2016
Konstantin Makarov
 
Uniform Embroidery
Uniform Embroidery Uniform Embroidery
Uniform Embroidery
Vision Embroidery
 
Activitat tic tac
Activitat tic tacActivitat tic tac
Recommendation letter LG
Recommendation letter LGRecommendation letter LG
Recommendation letter LG
Jeppe Fosn
 
Lettre recommandation - Pierre Defourny
Lettre recommandation - Pierre DefournyLettre recommandation - Pierre Defourny
Lettre recommandation - Pierre DefournyChristophe Bocquet
 
20151119.Estudo PGs 29
20151119.Estudo PGs 2920151119.Estudo PGs 29
20151119.Estudo PGs 29
Andre Nascimento
 
Programma esame 3h 2014 15 provvisorio
Programma esame 3h 2014 15 provvisorioProgramma esame 3h 2014 15 provvisorio
Programma esame 3h 2014 15 provvisorio
profODC
 
2016_Seattle WIL November Flier
2016_Seattle WIL November Flier2016_Seattle WIL November Flier
2016_Seattle WIL November Flier
Jadene Stensland, PE, CSM
 
Corporate Embroidery
Corporate EmbroideryCorporate Embroidery
Corporate Embroidery
Vision Embroidery
 
Demand Controlled Ventilation and Energy Savings
Demand Controlled Ventilation and Energy SavingsDemand Controlled Ventilation and Energy Savings
Demand Controlled Ventilation and Energy Savings
Powercast Sensors
 
Tines LC-L
Tines LC-L Tines LC-L
Tines LC-L
Tines Rail SA
 
All about us presentation- Northern Ireland
All about us presentation- Northern Ireland All about us presentation- Northern Ireland
All about us presentation- Northern Ireland
clairesteele5
 
Lettre recommandation CAFi_K.Azaouzi
Lettre recommandation CAFi_K.AzaouziLettre recommandation CAFi_K.Azaouzi
Lettre recommandation CAFi_K.AzaouziKhaled AZAOUZI
 
Northern Ireland
Northern IrelandNorthern Ireland
Northern Ireland
Luis Angel Garcia Martinez
 
4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio
Estudos Bíblicos
 
EBJ-16 | Meet Our Families
EBJ-16 | Meet Our FamiliesEBJ-16 | Meet Our Families
EBJ-16 | Meet Our Families
AEC-Inglês
 

Destaque (17)

Unit 5
Unit 5Unit 5
Unit 5
 
Africa Market Update - June 2016
Africa Market Update - June 2016Africa Market Update - June 2016
Africa Market Update - June 2016
 
Uniform Embroidery
Uniform Embroidery Uniform Embroidery
Uniform Embroidery
 
Activitat tic tac
Activitat tic tacActivitat tic tac
Activitat tic tac
 
Recommendation letter LG
Recommendation letter LGRecommendation letter LG
Recommendation letter LG
 
Lettre recommandation - Pierre Defourny
Lettre recommandation - Pierre DefournyLettre recommandation - Pierre Defourny
Lettre recommandation - Pierre Defourny
 
20151119.Estudo PGs 29
20151119.Estudo PGs 2920151119.Estudo PGs 29
20151119.Estudo PGs 29
 
Programma esame 3h 2014 15 provvisorio
Programma esame 3h 2014 15 provvisorioProgramma esame 3h 2014 15 provvisorio
Programma esame 3h 2014 15 provvisorio
 
2016_Seattle WIL November Flier
2016_Seattle WIL November Flier2016_Seattle WIL November Flier
2016_Seattle WIL November Flier
 
Corporate Embroidery
Corporate EmbroideryCorporate Embroidery
Corporate Embroidery
 
Demand Controlled Ventilation and Energy Savings
Demand Controlled Ventilation and Energy SavingsDemand Controlled Ventilation and Energy Savings
Demand Controlled Ventilation and Energy Savings
 
Tines LC-L
Tines LC-L Tines LC-L
Tines LC-L
 
All about us presentation- Northern Ireland
All about us presentation- Northern Ireland All about us presentation- Northern Ireland
All about us presentation- Northern Ireland
 
Lettre recommandation CAFi_K.Azaouzi
Lettre recommandation CAFi_K.AzaouziLettre recommandation CAFi_K.Azaouzi
Lettre recommandation CAFi_K.Azaouzi
 
Northern Ireland
Northern IrelandNorthern Ireland
Northern Ireland
 
4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio4 23 29 06 15 ninho vazio
4 23 29 06 15 ninho vazio
 
EBJ-16 | Meet Our Families
EBJ-16 | Meet Our FamiliesEBJ-16 | Meet Our Families
EBJ-16 | Meet Our Families
 

Semelhante a Pronome parte 3

Classes gramaticais
Classes gramaticais Classes gramaticais
Classes gramaticais
iamraphael
 
Classes-de-palavras.pptx
Classes-de-palavras.pptxClasses-de-palavras.pptx
Classes-de-palavras.pptx
marcosgabriel178459
 
1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx
1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx
1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx
LauraYouTuber
 
Aula sobre pronomes
Aula sobre pronomesAula sobre pronomes
Aula sobre pronomes
LeYa
 
Pronomes Pessoais
Pronomes PessoaisPronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
LeYa
 
Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01
Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01
Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01
Francisco Romao
 
Intensivo Aula 4 morfologia
Intensivo  Aula 4   morfologiaIntensivo  Aula 4   morfologia
Intensivo Aula 4 morfologia
ProfFernandaBraga
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Discurso directo e indirecto
Discurso directo e indirectoDiscurso directo e indirecto
Discurso directo e indirecto
Lurdes
 
Discurso directo e indirecto
Discurso directo e indirectoDiscurso directo e indirecto
Discurso directo e indirecto
Lurdes
 
Pronomes marlos
Pronomes marlosPronomes marlos
Pronomes marlos
silvanagmelo
 
Emprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layoutEmprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layout
Renato Rodrigues
 
MORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula e
MORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula eMORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula e
MORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula e
TailsonSantos1
 
Cd0 b14d2583d94beeefd
Cd0 b14d2583d94beeefdCd0 b14d2583d94beeefd
Cd0 b14d2583d94beeefd
Flávio Ferreira
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
Portal do Vestibulando
 
AULA 1
AULA 1 AULA 1
Pronome blog
Pronome   blogPronome   blog
Pronome blog
Luciene Gomes
 
Morfologia classes gramaticais
Morfologia classes gramaticaisMorfologia classes gramaticais
Morfologia classes gramaticais
Pastor Juscelino Freitas
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
machadolize
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
machadolize
 

Semelhante a Pronome parte 3 (20)

Classes gramaticais
Classes gramaticais Classes gramaticais
Classes gramaticais
 
Classes-de-palavras.pptx
Classes-de-palavras.pptxClasses-de-palavras.pptx
Classes-de-palavras.pptx
 
1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx
1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx
1 SLIDESClasses-de-palavras - importantes.pptx
 
Aula sobre pronomes
Aula sobre pronomesAula sobre pronomes
Aula sobre pronomes
 
Pronomes Pessoais
Pronomes PessoaisPronomes Pessoais
Pronomes Pessoais
 
Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01
Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01
Aulavii pronomes-100925170658-phpapp01
 
Intensivo Aula 4 morfologia
Intensivo  Aula 4   morfologiaIntensivo  Aula 4   morfologia
Intensivo Aula 4 morfologia
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Pronomes
 
Discurso directo e indirecto
Discurso directo e indirectoDiscurso directo e indirecto
Discurso directo e indirecto
 
Discurso directo e indirecto
Discurso directo e indirectoDiscurso directo e indirecto
Discurso directo e indirecto
 
Pronomes marlos
Pronomes marlosPronomes marlos
Pronomes marlos
 
Emprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layoutEmprego de pronomes[1] - layout
Emprego de pronomes[1] - layout
 
MORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula e
MORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula eMORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula e
MORFOLOGIA E CLASSES MORFOLOGICAS aula e
 
Cd0 b14d2583d94beeefd
Cd0 b14d2583d94beeefdCd0 b14d2583d94beeefd
Cd0 b14d2583d94beeefd
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 
AULA 1
AULA 1 AULA 1
AULA 1
 
Pronome blog
Pronome   blogPronome   blog
Pronome blog
 
Morfologia classes gramaticais
Morfologia classes gramaticaisMorfologia classes gramaticais
Morfologia classes gramaticais
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
 
Plano de aula elizete
Plano de aula elizetePlano de aula elizete
Plano de aula elizete
 

Mais de Daiane Leite

Comunicação social lab p. pedagógicas
Comunicação social   lab p. pedagógicasComunicação social   lab p. pedagógicas
Comunicação social lab p. pedagógicas
Daiane Leite
 
Unit 4
Unit 4Unit 4
Unit 4
Daiane Leite
 
Unit 2
Unit 2Unit 2
Unit 2
Daiane Leite
 
Unit 1
Unit 1Unit 1
Unit 1
Daiane Leite
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
Daiane Leite
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
Daiane Leite
 
Pronome parte 4
Pronome parte 4Pronome parte 4
Pronome parte 4
Daiane Leite
 
Pronome parte 2
Pronome parte 2Pronome parte 2
Pronome parte 2
Daiane Leite
 
Pronome – parte 1
Pronome – parte 1Pronome – parte 1
Pronome – parte 1
Daiane Leite
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
Daiane Leite
 
Ortografia iii
Ortografia iiiOrtografia iii
Ortografia iii
Daiane Leite
 
Numeral
NumeralNumeral
Numeral
Daiane Leite
 
Crase
CraseCrase
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Adjetivo
Daiane Leite
 

Mais de Daiane Leite (14)

Comunicação social lab p. pedagógicas
Comunicação social   lab p. pedagógicasComunicação social   lab p. pedagógicas
Comunicação social lab p. pedagógicas
 
Unit 4
Unit 4Unit 4
Unit 4
 
Unit 2
Unit 2Unit 2
Unit 2
 
Unit 1
Unit 1Unit 1
Unit 1
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Pronome parte 4
Pronome parte 4Pronome parte 4
Pronome parte 4
 
Pronome parte 2
Pronome parte 2Pronome parte 2
Pronome parte 2
 
Pronome – parte 1
Pronome – parte 1Pronome – parte 1
Pronome – parte 1
 
Pontuação
PontuaçãoPontuação
Pontuação
 
Ortografia iii
Ortografia iiiOrtografia iii
Ortografia iii
 
Numeral
NumeralNumeral
Numeral
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Adjetivo
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

Pronome parte 3

  • 1. PRONOME PARTE 3 CLASSIFICAÇÃO PRONOMES DEMONSTRATIVOS INDEFINIDOS
  • 2.
  • 3. Agora um poeminha Há muito tempo, sim, que não te escrevo Ficaram velhas todas as notícias Eu mesmo envelheci: Olha, em relevo, Estes sinais em mim [...] Carlos Drummond de Andrade. Poesia e Prosa, 1988.
  • 4. Pronomes Demonstrativos São palavras cuja função principal é indicar o posicionamento, o lugar de um ser, relativamente à posição ocupada por uma das três pessoas gramaticais.
  • 5. VARIÁVEIS INVARIÁVEIS ESTE, ESTA, ESTES, ESTAS ISTO ESSE, ESSA, ESSES, ESSAS ISSO AQUELE, AQUELA, AQUELES, AQUELAS AQUILO
  • 7. ESTE, ESTA, ESTES, ESTAS, ISTO 1. NO ESPAÇO 2. NO CONTEXTO 3. NO TEMPO INDICAM O QUE ESTÁ PRÓXIMO DE QUEM FALA/ESCREVE. REFEREM-SE A ALGO QUE SERÁ DITO/ESCRITO. INDICAM TEMPO ATUAL, PRESENTE (EM RELAÇÃO AO MOMENTO DA FALA). 1.Esta tatuagem que tenho no peito é uma recordação da juventude. 2.A grande motivação de sua vida sempre foi esta: ajudar as pessoas. 3.Este momento que estamos vivendo será inesquecível.
  • 8. ESSE, ESSA, ESSES, ESSAS, ISSO 1. NO ESPAÇO 2. CONTEXTO 3. NO TEMPO Indicam o que está próximo de quem ouve/lê. Referem-se a algo que já foi dito/escrito. Marcam um tempo anterior próximo ou posterior próximo. 1.Por favor, eu poderia dar uma olhada nessa revista que está com você? 2.“É mentira!” Foi só isso que ele disse antes de sair. 3. A meteorologia prevê que esse fim-de-semana terá tempo bom. A seleção brasileira empatou com o Chile nesse sábado, em Santiago.
  • 9. AQUELE, AQUELA, AQUELES, AQUELAS, AQUILO 1. NO ESPAÇO 2. NO CONTEXTO 3. NO TEMPO Indicam o que está longe de quem fala/ escreve e de quem ouve/lê Indicam um elemento referido anteriormente a outro. Indicam tempo distante, bem anterior ou posterior ao momento da fala. 1.Aqui do avião, aquele rio lá embaixo parece uma cicatriz na selva. 2.Marcos e Carla são irmãs. Aquele é músico; esta é médica. 3.Meu avô mudou-se para cá ainda menino. Naquela época, aqui só havia fazendas de café.
  • 10. OUTROS DEMONSTRATIVOS • O(s), a(s), mesmo(s), mesma(s), tal, tais, semelhante(s), próprio(s), própria(s). Falou tão baixo, que ninguém entendeu o que ele disse. É inaceitável que a miséria tenha chegado a tal ponto. Nenhuma pessoa honesta aceitaria semelhante proposta. Os alunos mesmos se responsabilizaram pelo próprio.
  • 11. PRONOMES INDEFINIDOS São aqueles que se referem de modo vago, indeterminado, à 3ª pessoa gramatical. *Às vezes, esse papel de indefinir a 3ª pessoa gramatical é exercido não por uma só palavra, e sim por um conjunto de palavras, que se denomina locução pronominal indefinida. Todo aquele que crê no Senhor será salvo.
  • 12. VARIÁVEIS INVARIÁVEIS LOCUÇÕES PRONOMINAIS Algum, alguma (s) Alguém Qualquer um Nenhum, nenhuma (s) Algo Cada um Todo, toda (s) Cada Todo aquele que Outro, outra (s) Nada Um ou outro Muito, muita (s) Ninguém Todo mundo Pouco, pouca (s) Tudo Seja quem for Certo, certa (s) Tanto, tanta (s) Quanto, quanta (s) Qualquer, quaisquer
  • 14. ALGUM (NS), ALGUMA (S) • Quando aparecem antes do substantivo, sentido AFIRMATIVO, depois, NEGATIVO: Algum amigo telefonará para você. Amigo algum telefonará para você.
  • 15. CERTO, CERTA (S) • Antes do substantivo, PRONOMES INDEFINIDOS • Após, ADJETIVOS: Certos indivíduos nunca tomam as decisões certas. Certas coisas não acontecem da maneira certa.
  • 16. TODO, TODA (S) • Usados no plural, indicam a totalidade do conjunto: Todos os livros antigos serão restaurados. • No singular e sem artigo, tem sentido de qualquer, cada: Em nosso grupo, toda ocasião é tomada em conjunto.
  • 17. ... • No singular e com artigo, indicam totalidade, “inteiro”, funcionam como adjetivo: À tarde, toda a praia era tomada pelos barcos dos pescadores. • No singular e depois de substantivo, também é “inteiro”. Ele tinha o corpo todo trabalhado na tatuagem.