SlideShare uma empresa Scribd logo
Profª Aline Cristina Souza dos Santos
aline.engenheira@hotmail.com
GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO
SECRETARIA DE ESTADO E CIÊNCIA E TECNOLOGIA - SECITEC
ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE SINOP
SERVIÇOS DE CANTEIRO
1 - TERRAPLENAGEM
2 - FECHAMENTO DA OBRA
3 - LIGAÇÕES PROVISÓRIAS
4 - ÁREAS PARA MATERIAIS NÃO PERECÍVEIS
5 - CONSTRUÇÕES PROVISÓRIAS
6 - DISTRIBUIÇÃO DE MÁQUINAS
7 - CIRCULAÇÃO
8 - GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
CONTRAÇÃO DO SOLO
“Diminuição de volume do solo aterrado devido à
compactação mecânica ou manual sofrida. É
expresso em porcentagem do volume original.”
Varia de acordo com o tipo do solo,
umidade, espessura das camadas de
aterro e equipamento de compactação.
EXEMPLO 2
Uma obra necessita aterrar um
volume de 11m³. Sabendo que
1m³ do solo (medido no corte)
contrai para 0,9m³, qual será o
volume de terra de corte (Vc) a
ser extraído para fazer o serviço?
2 – FECHAMENTO DA OBRA
O tapume da
obra pode ser de:
• TIJOLOS OU BLOCOS
• MADEIRAS FINAS
• PLACAS METÁLICAS
TAPUME DE MADEIRA
TAPUME DE MADEIRA
EXEMPLO 3
Uma terreno de 12x30m necessita ser fechado com tapume
em chapas de madeira compensada (1,10x2,20m) e caibros
de madeira (3”x3”). Sabendo que deverá ser deixado um
espaço de 3m para portão de entrada de veículos, quantas
unidades de chapa de madeira compensada e quantos
metros de caibro de madeira serão necessários?
TAPUME METÁLICO
3 – LIGAÇÕES PROVISÓRIAS
ÁGUA
ENERGIA
ELÉTRICA
3 – LIGAÇÕES PROVISÓRIAS
ÁGUA
•Concessionária
•Poços
•Artesiano
•Semi-artesiano
•Lençol freático
3 – LIGAÇÕES PROVISÓRIAS
ENERGIA
ELÉTRICA
•Grupo Energisa
– CEMAT
•Fornecimento
Provisório
VÍDEO: Ligações Elétricas Provisórias
REFERÊNCIAS
AZEREDO, Hélio Alves de. Edifício até sua cobertura. 2. Ed. São Paulo:
Edgard Blücher Ltda. 1997.
BORGES, Alberto de Campos; LEITE, Jaime Lopes; MONTEFUSCO,
Elizabeth. Prática das pequenas construções, Volume 1. 8. Ed. rev e
ampl. – São Paulo: Edgard Blücher, 2004.
VARALLA, Ruy. Planejamento e controle de obras. Coleção primeiros
passos da qualidade no canteiro de obras – São Paulo: O Nome da
Rosa, 2003.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Processos construtivos para gás setec - 0
Processos construtivos para gás   setec - 0Processos construtivos para gás   setec - 0
Processos construtivos para gás setec - 0
Haroldo Fogo
 
Parque ecologico/Projeto básico -2016
Parque ecologico/Projeto básico -2016Parque ecologico/Projeto básico -2016
Parque ecologico/Projeto básico -2016
Emilio Viegas
 
Catálogo Institucional Jesus de Mari
Catálogo Institucional Jesus de MariCatálogo Institucional Jesus de Mari
Catálogo Institucional Jesus de Mari
Agência Mokeka
 
Ecoparede
EcoparedeEcoparede
Ecoparede
Tarcila de Paiva
 
Memorial fossa sumidouro
Memorial fossa sumidouroMemorial fossa sumidouro
Memorial fossa sumidouro
kso_01
 
Areia de Brita - Embu
Areia de Brita - EmbuAreia de Brita - Embu
Areia de Brita - Embu
MetsoBrasil
 
Projeto matadouro 2008
Projeto matadouro 2008Projeto matadouro 2008
Projeto matadouro 2008
Tiago Santos
 
Pavimento permeável #todospelaconstrucao
Pavimento permeável #todospelaconstrucaoPavimento permeável #todospelaconstrucao
Pavimento permeável #todospelaconstrucao
Mariana Marchioni
 

Mais procurados (8)

Processos construtivos para gás setec - 0
Processos construtivos para gás   setec - 0Processos construtivos para gás   setec - 0
Processos construtivos para gás setec - 0
 
Parque ecologico/Projeto básico -2016
Parque ecologico/Projeto básico -2016Parque ecologico/Projeto básico -2016
Parque ecologico/Projeto básico -2016
 
Catálogo Institucional Jesus de Mari
Catálogo Institucional Jesus de MariCatálogo Institucional Jesus de Mari
Catálogo Institucional Jesus de Mari
 
Ecoparede
EcoparedeEcoparede
Ecoparede
 
Memorial fossa sumidouro
Memorial fossa sumidouroMemorial fossa sumidouro
Memorial fossa sumidouro
 
Areia de Brita - Embu
Areia de Brita - EmbuAreia de Brita - Embu
Areia de Brita - Embu
 
Projeto matadouro 2008
Projeto matadouro 2008Projeto matadouro 2008
Projeto matadouro 2008
 
Pavimento permeável #todospelaconstrucao
Pavimento permeável #todospelaconstrucaoPavimento permeável #todospelaconstrucao
Pavimento permeável #todospelaconstrucao
 

Destaque

Planejamento de obra aula 01 e 02
Planejamento de obra   aula 01 e 02Planejamento de obra   aula 01 e 02
Planejamento de obra aula 01 e 02
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 17 e 18
Planejamento de obra   aula 17 e 18Planejamento de obra   aula 17 e 18
Planejamento de obra aula 17 e 18
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 41 e 42
Planejamento de obra   aula 41 e 42Planejamento de obra   aula 41 e 42
Planejamento de obra aula 41 e 42
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 31 a 34
Planejamento de obra   aula 31 a 34Planejamento de obra   aula 31 a 34
Planejamento de obra aula 31 a 34
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 29 e 30
Planejamento de obra   aula 29 e 30Planejamento de obra   aula 29 e 30
Planejamento de obra aula 29 e 30
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 47 e 48
Planejamento de obra   aula 47 e 48Planejamento de obra   aula 47 e 48
Planejamento de obra aula 47 e 48
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 19 e 20
Planejamento de obra   aula 19 e 20Planejamento de obra   aula 19 e 20
Planejamento de obra aula 19 e 20
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 05 a 10
Planejamento de obra   aula 05 a 10Planejamento de obra   aula 05 a 10
Planejamento de obra aula 05 a 10
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 15 e 16
Planejamento de obra   aula 15 e 16Planejamento de obra   aula 15 e 16
Planejamento de obra aula 15 e 16
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de obra aula 35 a 40
Planejamento de obra   aula 35 a 40Planejamento de obra   aula 35 a 40
Planejamento de obra aula 35 a 40
Aline Cristina Souza dos Santos
 
Planejamento de Obra - Direcional Engenharia
Planejamento de Obra - Direcional EngenhariaPlanejamento de Obra - Direcional Engenharia
Planejamento de Obra - Direcional Engenharia
Guapo Criativa
 
Aula unidade 3
Aula unidade 3Aula unidade 3
Aula unidade 3
UNAERP
 
Orçamento, planejamento e controle de obras
Orçamento, planejamento e controle de obrasOrçamento, planejamento e controle de obras
Orçamento, planejamento e controle de obras
Andrea Chociay
 
Etapas e execução de uma obra
Etapas e execução de uma obraEtapas e execução de uma obra
Etapas e execução de uma obra
Felipe_Freitas
 
Sanepar projeto de galpões
Sanepar projeto de galpõesSanepar projeto de galpões
Sanepar projeto de galpões
Deivide Antonio
 
Apostila mãos a obra
Apostila mãos a obraApostila mãos a obra
Apostila mãos a obra
Matheus Adam da Silva
 
Planejamento de obras
Planejamento de obrasPlanejamento de obras
Planejamento de obras
Felix Magero
 
Aula 1 componentes de canteiro de obra
Aula 1   componentes de canteiro de obraAula 1   componentes de canteiro de obra
Aula 1 componentes de canteiro de obra
Carolina Ferreira de Oliveira
 
Aula 02 escopo
Aula 02 escopoAula 02 escopo
Aula 02 escopo
J Junior Lima
 
06 aula 02 atualizada 2012 resumida
06  aula 02 atualizada 2012 resumida06  aula 02 atualizada 2012 resumida
06 aula 02 atualizada 2012 resumida
Antonio Costa
 

Destaque (20)

Planejamento de obra aula 01 e 02
Planejamento de obra   aula 01 e 02Planejamento de obra   aula 01 e 02
Planejamento de obra aula 01 e 02
 
Planejamento de obra aula 17 e 18
Planejamento de obra   aula 17 e 18Planejamento de obra   aula 17 e 18
Planejamento de obra aula 17 e 18
 
Planejamento de obra aula 41 e 42
Planejamento de obra   aula 41 e 42Planejamento de obra   aula 41 e 42
Planejamento de obra aula 41 e 42
 
Planejamento de obra aula 31 a 34
Planejamento de obra   aula 31 a 34Planejamento de obra   aula 31 a 34
Planejamento de obra aula 31 a 34
 
Planejamento de obra aula 29 e 30
Planejamento de obra   aula 29 e 30Planejamento de obra   aula 29 e 30
Planejamento de obra aula 29 e 30
 
Planejamento de obra aula 47 e 48
Planejamento de obra   aula 47 e 48Planejamento de obra   aula 47 e 48
Planejamento de obra aula 47 e 48
 
Planejamento de obra aula 19 e 20
Planejamento de obra   aula 19 e 20Planejamento de obra   aula 19 e 20
Planejamento de obra aula 19 e 20
 
Planejamento de obra aula 05 a 10
Planejamento de obra   aula 05 a 10Planejamento de obra   aula 05 a 10
Planejamento de obra aula 05 a 10
 
Planejamento de obra aula 15 e 16
Planejamento de obra   aula 15 e 16Planejamento de obra   aula 15 e 16
Planejamento de obra aula 15 e 16
 
Planejamento de obra aula 35 a 40
Planejamento de obra   aula 35 a 40Planejamento de obra   aula 35 a 40
Planejamento de obra aula 35 a 40
 
Planejamento de Obra - Direcional Engenharia
Planejamento de Obra - Direcional EngenhariaPlanejamento de Obra - Direcional Engenharia
Planejamento de Obra - Direcional Engenharia
 
Aula unidade 3
Aula unidade 3Aula unidade 3
Aula unidade 3
 
Orçamento, planejamento e controle de obras
Orçamento, planejamento e controle de obrasOrçamento, planejamento e controle de obras
Orçamento, planejamento e controle de obras
 
Etapas e execução de uma obra
Etapas e execução de uma obraEtapas e execução de uma obra
Etapas e execução de uma obra
 
Sanepar projeto de galpões
Sanepar projeto de galpõesSanepar projeto de galpões
Sanepar projeto de galpões
 
Apostila mãos a obra
Apostila mãos a obraApostila mãos a obra
Apostila mãos a obra
 
Planejamento de obras
Planejamento de obrasPlanejamento de obras
Planejamento de obras
 
Aula 1 componentes de canteiro de obra
Aula 1   componentes de canteiro de obraAula 1   componentes de canteiro de obra
Aula 1 componentes de canteiro de obra
 
Aula 02 escopo
Aula 02 escopoAula 02 escopo
Aula 02 escopo
 
06 aula 02 atualizada 2012 resumida
06  aula 02 atualizada 2012 resumida06  aula 02 atualizada 2012 resumida
06 aula 02 atualizada 2012 resumida
 

Último

Manual de Instalação para Placa Proteco Q60A
Manual de Instalação para Placa Proteco Q60AManual de Instalação para Placa Proteco Q60A
Manual de Instalação para Placa Proteco Q60A
Tronicline Automatismos
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
Consultoria Acadêmica
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
Consultoria Acadêmica
 
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptxMAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
Vilson Stollmeier
 
Aula 4 - 3D laser scanning para bim em engenharia
Aula 4 - 3D laser scanning para bim em engenhariaAula 4 - 3D laser scanning para bim em engenharia
Aula 4 - 3D laser scanning para bim em engenharia
JosAtila
 
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...
Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...
Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...
carlos silva Rotersan
 

Último (7)

Manual de Instalação para Placa Proteco Q60A
Manual de Instalação para Placa Proteco Q60AManual de Instalação para Placa Proteco Q60A
Manual de Instalação para Placa Proteco Q60A
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
 
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptxMAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
 
Aula 4 - 3D laser scanning para bim em engenharia
Aula 4 - 3D laser scanning para bim em engenhariaAula 4 - 3D laser scanning para bim em engenharia
Aula 4 - 3D laser scanning para bim em engenharia
 
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
 
Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...
Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...
Grau TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO I - LEGISLAÇÃO APLICADA À SAÚDE E SEGUR...
 

Planejamento de obra aula 43 e 44

  • 1. Profª Aline Cristina Souza dos Santos aline.engenheira@hotmail.com GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO E CIÊNCIA E TECNOLOGIA - SECITEC ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE SINOP
  • 2.
  • 3. SERVIÇOS DE CANTEIRO 1 - TERRAPLENAGEM 2 - FECHAMENTO DA OBRA 3 - LIGAÇÕES PROVISÓRIAS 4 - ÁREAS PARA MATERIAIS NÃO PERECÍVEIS 5 - CONSTRUÇÕES PROVISÓRIAS 6 - DISTRIBUIÇÃO DE MÁQUINAS 7 - CIRCULAÇÃO 8 - GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
  • 4. CONTRAÇÃO DO SOLO “Diminuição de volume do solo aterrado devido à compactação mecânica ou manual sofrida. É expresso em porcentagem do volume original.” Varia de acordo com o tipo do solo, umidade, espessura das camadas de aterro e equipamento de compactação.
  • 5. EXEMPLO 2 Uma obra necessita aterrar um volume de 11m³. Sabendo que 1m³ do solo (medido no corte) contrai para 0,9m³, qual será o volume de terra de corte (Vc) a ser extraído para fazer o serviço?
  • 6. 2 – FECHAMENTO DA OBRA O tapume da obra pode ser de: • TIJOLOS OU BLOCOS • MADEIRAS FINAS • PLACAS METÁLICAS
  • 9. EXEMPLO 3 Uma terreno de 12x30m necessita ser fechado com tapume em chapas de madeira compensada (1,10x2,20m) e caibros de madeira (3”x3”). Sabendo que deverá ser deixado um espaço de 3m para portão de entrada de veículos, quantas unidades de chapa de madeira compensada e quantos metros de caibro de madeira serão necessários?
  • 11. 3 – LIGAÇÕES PROVISÓRIAS ÁGUA ENERGIA ELÉTRICA
  • 12. 3 – LIGAÇÕES PROVISÓRIAS ÁGUA •Concessionária •Poços •Artesiano •Semi-artesiano •Lençol freático
  • 13. 3 – LIGAÇÕES PROVISÓRIAS ENERGIA ELÉTRICA •Grupo Energisa – CEMAT •Fornecimento Provisório
  • 15. REFERÊNCIAS AZEREDO, Hélio Alves de. Edifício até sua cobertura. 2. Ed. São Paulo: Edgard Blücher Ltda. 1997. BORGES, Alberto de Campos; LEITE, Jaime Lopes; MONTEFUSCO, Elizabeth. Prática das pequenas construções, Volume 1. 8. Ed. rev e ampl. – São Paulo: Edgard Blücher, 2004. VARALLA, Ruy. Planejamento e controle de obras. Coleção primeiros passos da qualidade no canteiro de obras – São Paulo: O Nome da Rosa, 2003.