SlideShare uma empresa Scribd logo
Tribulação
Tribulação
A dor da doença ou a dor do crescimento.
Tribulação
Já que vamos sofrer, que seja por algo
que valha a pena!
O Cristão e as tribulações
Deus é o nosso refúgio e a nossa
fortaleza, auxílio sempre presente na
adversidade. Por isso não temeremos,
embora a terra trema e os montes
afundem no coração do mar, embora
estrondem as suas águas turbulentas e
os montes sejam sacudidos pela sua
fúria. Salmos 46:1-3
A promessa de Jesus.
Neste mundo vocês
terão aflições; contudo,
tenham ânimo! Eu
venci o mundo".
João 16:33
O FGTS do Reino de Deus.
E ele fez o que o Senhor lhe tinha dito. Foi
para o riacho de Querite, a leste do
Jordão, e ficou por lá.
Os corvos lhe traziam pão e carne de
manhã e de tarde, e ele bebia água do
riacho.
Algum tempo depois, o riacho secou-se
por falta de chuva.
1 Reis 17:5-7
Com Jesus o barco não afunda?
Mas o navio encalhou num
banco de areia, onde tocou o
fundo. A proa encravou-se e
ficou imóvel, e a popa foi
quebrada pela violência das
ondas. At 27:41.
Com Jesus, mesmo quando o barco afunda?
Sabemos que Deus age em
todas as coisas para o bem
daqueles que o amam, dos
que foram chamados de
acordo com o seu
propósito. Rm 8:28.
Com Jesus, mesmo quando o barco afunda?
Sei o que é passar necessidade e sei
o que é ter fartura. Aprendi o
segredo de viver contente em toda
e qualquer situação, seja bem
alimentado, seja com fome, tendo
muito, ou passando necessidade.
Tudo posso naquele que me
fortalece. Fp 4:12,13.
Com Jesus, mesmo quando o barco afunda?
Fui encarcerado mais vezes, fui açoitado mais
severamente e exposto à morte repetidas vezes. Cinco
vezes recebi dos judeus trinta e nove açoites. Três vezes
fui golpeado com varas, uma vez apedrejado, três vezes
sofri naufrágio, passei uma noite e um dia exposto à fúria
do mar. Estive continuamente viajando de uma parte a
outra, enfrentei perigos nos rios, perigos de assaltantes,
perigos dos meus compatriotas, perigos dos gentios;
perigos na cidade, perigos no deserto, perigos no mar, e
perigos dos falsos irmãos. Trabalhei arduamente; muitas
vezes fiquei sem dormir, passei fome e sede, e muitas
vezes fiquei em jejum; suportei frio e nudez. Além disso,
enfrento diariamente uma pressão interior, a saber, a
minha preocupação com todas as igrejas. 2 Co 11:23-28.
Tribulação
O que são 100 anos de luta
comparado a trilhões de anos de
glória? Você está focado na terra ou
na eternidade?
Portanto, já que vocês ressuscitaram com
Cristo, procurem as coisas que são do alto,
onde Cristo está assentado à direita de
Deus. Mantenham o pensamento nas coisas
do alto, e não nas coisas terrenas. Pois
vocês morreram, e agora a sua vida está
escondida com Cristo em Deus. Quando
Cristo, que é a sua vida, for manifestado,
então vocês também serão manifestados
com ele em glória. Colossenses 3:1-4.
E se a promessa demorar para se cumprir?
“Os patriarcas, tendo inveja de José,
venderam-no como escravo para o
Egito. Mas Deus estava com ele e o
libertou de todas as suas tribulações,
dando a José favor e sabedoria diante
do faraó, rei do Egito; este o tornou
governador do Egito e de todo o seu
palácio” At 7:9,10.
Você passaria na tentação do Diabo?
"Será que Jó não tem razões para temer a
Deus? ", respondeu Satanás. "Acaso não
puseste uma cerca em volta dele, da
família dele e de tudo o que ele possui? Tu
mesmo tens abençoado tudo o que ele
faz, de modo que todos os seus rebanhos
estão espalhados por toda a terra. Mas
estende a tua mão e fere tudo o que ele
tem, e com certeza ele te amaldiçoará na
tua face. " Jó 1:9-11.
Você não é o único.
Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele
tem cuidado de vocês. Sejam sóbrios e vigiem. O
diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão,
rugindo e procurando a quem possa devorar.
Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo
que os irmãos que vocês têm em todo o mundo
estão passando pelos mesmos sofrimentos. O Deus
de toda a graça, que os chamou para a sua glória
eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido
durante pouco de tempo, os restaurará, os
confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes
alicerces. 1 Pe 5:7-10.
A tribulação é necessária.
Fortalecendo os discípulos e
encorajando-os a permanecer na
fé, dizendo: "É necessário que
passemos por muitas tribulações
para entrarmos no Reino de
Deus". Atos 14:22 [Barnabé e Paulo].
A tribulação é necessária.
Meus irmãos, considerem
motivo de grande alegria o fato
de passarem por diversas
provações, pois vocês sabem
que a prova da sua fé produz
perseverança.
Tiago 1:2,3
A tribulação e o caráter.
Não só isso, mas também nos gloriamos
nas tribulações, porque sabemos que a
tribulação produz perseverança;
a perseverança, um caráter aprovado;
e o caráter aprovado, esperança.
E a esperança não nos decepciona,
porque Deus derramou seu amor em
nossos corações, por meio do Espírito
Santo que ele nos concedeu. Rm 5:3-5.
Sem tribulação, com preocupação.
Ai de vocês, quando todos
falarem bem de vocês, pois
assim os antepassados deles
trataram os falsos profetas.
Lc 6:26.
Alegrando-se pela tribulação!
Bem-aventurados os perseguidos por causa
da justiça, pois deles é o Reino dos céus.
"Bem-aventurados serão vocês quando,
por minha causa os insultarem,
perseguirem e levantarem todo tipo de
calúnia contra vocês. Alegrem-se e
regozijem-se, porque grande é a
recompensa de vocês nos céus, pois da
mesma forma perseguiram os profetas que
viveram antes de vocês". Mt 5:10-12.
Alegrando-se pela tribulação!
10 Bem-aventurados os perseguidos por
causa da justiça, porque deles é o reino dos
céus. 11 Bem-aventurados sois quando, por
minha causa, vos injuriarem, e vos
perseguirem, e, mentindo, disserem todo
mal contra vós. 12 Regozijai-vos e exultai,
porque é grande o vosso galardão nos
céus; pois assim perseguiram aos profetas
que viveram antes de vós. Mt 5:10-12 ARA.
Alegrando-se pela tribulação!
Chamaram os apóstolos e
mandaram açoitá-los… Os
apóstolos saíram do Sinédrio,
alegres por terem sido
considerados dignos de serem
humilhados por causa do
Nome. Atos 5:40,41.
E quando a luta 'passar' dos limites?
Irmãos, não queremos que vocês
desconheçam as tribulações que
sofremos na província da Ásia, as
quais foram muito além da nossa
capacidade de suportar, a ponto de
perdermos a esperança da própria
vida. 2Co 1:8.
E quando a luta 'passar' dos limites?
Enquanto apedrejavam Estêvão,
este orava: "Senhor Jesus, recebe o
meu espírito". Então caiu de joelhos
e bradou: "Senhor, não os
consideres culpados deste pecado".
E, dizendo isso, adormeceu.
Atos 7:59,60.
Já valeu a pena!
Paulo se tornou um dos maiores
apóstolos da história.
Jó um exemplo de perseverança.
José o 2º no comando do Egito e um
exemplo de caráter.
Elias foi levado ao céu em uma
carruagem de fogo.
Através da morte de Estevão, a Igreja
se espalhou pelo mundo.
E você?
Tribulação
A dor da doença ou a dor do crescimento.
E depois da tribulação...
Feliz é o homem que
persevera na provação,
porque depois de aprovado
receberá a coroa da vida que
Deus prometeu aos que o
amam. Tiago 1:12
E depois da tribulação...
Todos odiarão vocês por
minha causa; mas aquele
que perseverar até o fim
será salvo.
Marcos 13:13
E depois da tribulação...
Por isso não desanimamos. Embora
exteriormente estejamos a desgastar-nos,
interiormente estamos sendo renovados
dia após dia, pois os nossos sofrimentos
leves e momentâneos estão produzindo
para nós uma glória eterna que pesa mais
do que todos eles. Assim, fixamos os olhos,
não naquilo que se vê, mas no que não se
vê, pois o que se vê é transitório, mas o que
não se vê é eterno. 2 Co 4:16-18.
E depois da tribulação...
E não nos cansemos de
fazer o bem, pois no
tempo próprio
colheremos, se não
desanimarmos.
Gálatas 6:9
E depois da tribulação...
Mas o meu justo viverá pela fé. E, se
retroceder, não me agradarei dele".
Nós, porém, não somos dos que
retrocedem e são destruídos, mas
dos que crêem e são salvos.
Hebreus 10:38,39.
E depois da tribulação...
Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou
angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo,
ou espada? Como está escrito: "Por amor de ti
enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados
como ovelhas destinadas ao matadouro".
Mas, em todas estas coisas somos mais que
vencedores, por meio daquele que nos amou.
Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem
anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem
quaisquer poderes,nem altura nem profundidade, nem
qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar
do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Romanos 8:35-39.
Tribulação
O Diabo quer que você pense que não
existem duas glórias. Abe Huber.
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Como é feliz o homem
que põe no Senhor a
sua confiança.
Salmos 40:4a.
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Sim, coisas grandiosas
fez o Senhor por nós,
por isso estamos
alegres.
Salmos 126:3.
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Aleluia! Como é feliz o
homem que teme o
Senhor e tem grande
prazer em seus
mandamentos! Sl 112:1.
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Gloriem-se no seu santo
nome; alegrem-se os
corações dos que
buscam o Senhor.
1 Crônicas 16:10.
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Alegrem-se sempre no
Senhor. Novamente
direi: alegrem-se!
Filipenses 4:4
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Então a minha alma
exultará no Senhor e se
regozijará na sua
salvação.
Salmos 35:9
Lutas sim. Cultura do sofrimento não.
Mas graças a Deus, que sempre
nos conduz vitoriosamente em
Cristo e por nosso intermédio
exala em todo lugar a
fragrância do seu
conhecimento.
2 Co 2:14
O cristão e as tribulações

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
Paulo Dias Nogueira
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
Eid Marques
 
11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição
Josenilton Pinheiro Pinheiro
 
7 a restituiçao da alegria familiar
7 a restituiçao da alegria familiar7 a restituiçao da alegria familiar
7 a restituiçao da alegria familiar
Josenilton Pinheiro Pinheiro
 
Culto de páscoa
Culto de páscoaCulto de páscoa
Semelhantes a jó.
Semelhantes a jó.Semelhantes a jó.
Semelhantes a jó.
Eid Marques
 
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdidoLição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
Erberson Pinheiro
 
A oração de jabes
A oração de jabes A oração de jabes
A oração de jabes
Rovanildo Vieira Soares
 
3° dom da quaresma Ano C
3° dom da quaresma   Ano C3° dom da quaresma   Ano C
3° dom da quaresma Ano C
José Lima
 
Seminário finanças
Seminário finançasSeminário finanças
Seminário finanças
noel jose pereira
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
lucena
 
A oração de jabes
A oração de jabesA oração de jabes
A oração de jabes
Gilberto Dos Santos
 
A bênção de deus sobre jabez
A bênção de deus sobre jabezA bênção de deus sobre jabez
A bênção de deus sobre jabez
prthiagonorato
 
Linguagem do amor
Linguagem do amorLinguagem do amor
Linguagem do amor
Eduardo Sousa Gomes
 
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Pr. Andre Luiz
 
Há um milagre em sua casa
Há um milagre em sua casaHá um milagre em sua casa
Há um milagre em sua casa
Vivaldo Linhares
 
32 Adventismo (Parte 5)
32   Adventismo (Parte 5)32   Adventismo (Parte 5)
32 Adventismo (Parte 5)
Robson Tavares Fernandes
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
José Carlos Polozi
 
Reencontro em Peniel
Reencontro  em PenielReencontro  em Peniel
Reencontro em Peniel
Ramón Zazatt
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
José Carlos Polozi
 

Mais procurados (20)

Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6Consolo e Esperança   Lucas 3 1-6
Consolo e Esperança Lucas 3 1-6
 
O drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justoO drama do sofrimento do justo
O drama do sofrimento do justo
 
11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição11 vencendo os inimigos da restituição
11 vencendo os inimigos da restituição
 
7 a restituiçao da alegria familiar
7 a restituiçao da alegria familiar7 a restituiçao da alegria familiar
7 a restituiçao da alegria familiar
 
Culto de páscoa
Culto de páscoaCulto de páscoa
Culto de páscoa
 
Semelhantes a jó.
Semelhantes a jó.Semelhantes a jó.
Semelhantes a jó.
 
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdidoLição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
 
A oração de jabes
A oração de jabes A oração de jabes
A oração de jabes
 
3° dom da quaresma Ano C
3° dom da quaresma   Ano C3° dom da quaresma   Ano C
3° dom da quaresma Ano C
 
Seminário finanças
Seminário finançasSeminário finanças
Seminário finanças
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
 
A oração de jabes
A oração de jabesA oração de jabes
A oração de jabes
 
A bênção de deus sobre jabez
A bênção de deus sobre jabezA bênção de deus sobre jabez
A bênção de deus sobre jabez
 
Linguagem do amor
Linguagem do amorLinguagem do amor
Linguagem do amor
 
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
Deus o nosso provedor - Lição 06 - 4º Trimestre 2016
 
Há um milagre em sua casa
Há um milagre em sua casaHá um milagre em sua casa
Há um milagre em sua casa
 
32 Adventismo (Parte 5)
32   Adventismo (Parte 5)32   Adventismo (Parte 5)
32 Adventismo (Parte 5)
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
 
Reencontro em Peniel
Reencontro  em PenielReencontro  em Peniel
Reencontro em Peniel
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
 

Destaque

Parapsicologia e as empresas
Parapsicologia e as empresasParapsicologia e as empresas
Parapsicologia e as empresas
Alejandro Rubio
 
Discipulado dinâmico (A vida com Jesus)
Discipulado dinâmico (A vida com Jesus) Discipulado dinâmico (A vida com Jesus)
Discipulado dinâmico (A vida com Jesus)
Isaias Gomes de Oliveira
 
A Maravilhosa cruz
A Maravilhosa cruzA Maravilhosa cruz
A Maravilhosa cruz
Sidinei Kauer
 
Discipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamentoDiscipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamento
Sidinei Kauer
 
Natanael 3
Natanael 3 Natanael 3
Natanael 3
Davison Almeida
 
Célula nota 10
Célula nota 10Célula nota 10
Célula nota 10
Rodrigo Costa
 
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi DiscipularTreinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
revolucaoaje
 

Destaque (7)

Parapsicologia e as empresas
Parapsicologia e as empresasParapsicologia e as empresas
Parapsicologia e as empresas
 
Discipulado dinâmico (A vida com Jesus)
Discipulado dinâmico (A vida com Jesus) Discipulado dinâmico (A vida com Jesus)
Discipulado dinâmico (A vida com Jesus)
 
A Maravilhosa cruz
A Maravilhosa cruzA Maravilhosa cruz
A Maravilhosa cruz
 
Discipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamentoDiscipulado, lugar de treinamento
Discipulado, lugar de treinamento
 
Natanael 3
Natanael 3 Natanael 3
Natanael 3
 
Célula nota 10
Célula nota 10Célula nota 10
Célula nota 10
 
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi DiscipularTreinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
 

Semelhante a O cristão e as tribulações

Sofrimento e seus beneficios
Sofrimento e seus beneficiosSofrimento e seus beneficios
Sofrimento e seus beneficios
Pastor Robson Colaço
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
JORMI - Jornal Missionário n° 81
JORMI - Jornal Missionário n° 81JORMI - Jornal Missionário n° 81
JORMI - Jornal Missionário n° 81
Almir Rodrigues
 
JORMI - Jornal Missionário nº 81
JORMI - Jornal Missionário nº 81JORMI - Jornal Missionário nº 81
JORMI - Jornal Missionário nº 81
trabalho como autonomo
 
Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12 Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12
IBC de Jacarepaguá
 
Sofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCiosSofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCios
lucena
 
Aula 6 - Teologia Sistemática IV
Aula 6 - Teologia Sistemática IVAula 6 - Teologia Sistemática IV
Aula 6 - Teologia Sistemática IV
ssuser54efaa
 
Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu
Rosa Moser
 
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipeMétodo do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Elizangela Serrati
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
Eduardo Sousa Gomes
 
A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016
A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016
A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016
Pr. Andre Luiz
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
MariadaSilva95
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
Fátima Abreu
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
MariadaSilva95
 
Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceuVencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu
O ÚLTIMO CHAMADO
 
Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceuVencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu
Jose Moraes
 
Sunday Portuguese Church
Sunday Portuguese ChurchSunday Portuguese Church
Sunday Portuguese Church
MariadaSilva95
 
Prova e aprovacao
Prova e aprovacaoProva e aprovacao
Prova e aprovacao
Pastor Robson Colaço
 
Respostas_O custo do discipulado_1312014
Respostas_O custo do discipulado_1312014Respostas_O custo do discipulado_1312014
Respostas_O custo do discipulado_1312014
Gerson G. Ramos
 

Semelhante a O cristão e as tribulações (20)

Sofrimento e seus beneficios
Sofrimento e seus beneficiosSofrimento e seus beneficios
Sofrimento e seus beneficios
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
JORMI - Jornal Missionário n° 81
JORMI - Jornal Missionário n° 81JORMI - Jornal Missionário n° 81
JORMI - Jornal Missionário n° 81
 
JORMI - Jornal Missionário nº 81
JORMI - Jornal Missionário nº 81JORMI - Jornal Missionário nº 81
JORMI - Jornal Missionário nº 81
 
Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12 Apocalipse - Capítulo 12
Apocalipse - Capítulo 12
 
Sofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCiosSofrimento e Seus BenefíCios
Sofrimento e Seus BenefíCios
 
Aula 6 - Teologia Sistemática IV
Aula 6 - Teologia Sistemática IVAula 6 - Teologia Sistemática IV
Aula 6 - Teologia Sistemática IV
 
Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu
 
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipeMétodo do-cerco-de-jericó-em-equipe
Método do-cerco-de-jericó-em-equipe
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
 
A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016
A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016
A sobreivência em tempos de crise - Lição 01 - 4º Trimestre de 2016
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Cerco de jericó
Cerco de jericóCerco de jericó
Cerco de jericó
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceuVencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu
 
Vencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceuVencer como ele_venceu
Vencer como ele_venceu
 
Sunday Portuguese Church
Sunday Portuguese ChurchSunday Portuguese Church
Sunday Portuguese Church
 
Prova e aprovacao
Prova e aprovacaoProva e aprovacao
Prova e aprovacao
 
Respostas_O custo do discipulado_1312014
Respostas_O custo do discipulado_1312014Respostas_O custo do discipulado_1312014
Respostas_O custo do discipulado_1312014
 

Mais de Sidinei Kauer

Identidade discípulo
Identidade discípuloIdentidade discípulo
Identidade discípulo
Sidinei Kauer
 
Prepare se é hora de multiplicar
Prepare se é hora de multiplicarPrepare se é hora de multiplicar
Prepare se é hora de multiplicar
Sidinei Kauer
 
Escada do sucesso na Visão do MDA
Escada do sucesso na Visão do MDAEscada do sucesso na Visão do MDA
Escada do sucesso na Visão do MDA
Sidinei Kauer
 
Poder, perseguição e perseverança
Poder, perseguição e perseverançaPoder, perseguição e perseverança
Poder, perseguição e perseverança
Sidinei Kauer
 
Extremo
ExtremoExtremo
Extremo
Sidinei Kauer
 
O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?
O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?
O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?
Sidinei Kauer
 
Restaurando a visão familiar
Restaurando a visão familiarRestaurando a visão familiar
Restaurando a visão familiar
Sidinei Kauer
 
Discipulado na prática da célula para líderes
Discipulado na prática da célula   para líderes Discipulado na prática da célula   para líderes
Discipulado na prática da célula para líderes
Sidinei Kauer
 
Discipulador: Uma Ferramenta nas mãos de Deus
Discipulador: Uma Ferramenta nas mãos de DeusDiscipulador: Uma Ferramenta nas mãos de Deus
Discipulador: Uma Ferramenta nas mãos de Deus
Sidinei Kauer
 
Crescimento fundamentado
Crescimento fundamentadoCrescimento fundamentado
Crescimento fundamentado
Sidinei Kauer
 
As células e a história da igreja
As células e a história da igrejaAs células e a história da igreja
As células e a história da igreja
Sidinei Kauer
 
Inimigos da Aalma
Inimigos da AalmaInimigos da Aalma
Inimigos da Aalma
Sidinei Kauer
 
Fé que atua pelo amor
Fé que atua pelo amorFé que atua pelo amor
Fé que atua pelo amor
Sidinei Kauer
 
Esperança
EsperançaEsperança
Esperança
Sidinei Kauer
 
Filhas de sara
Filhas de saraFilhas de sara
Filhas de sara
Sidinei Kauer
 
Discipulado e a unidade do corpo de cristo
Discipulado e a unidade do corpo de cristoDiscipulado e a unidade do corpo de cristo
Discipulado e a unidade do corpo de cristo
Sidinei Kauer
 
Discipulado profundo, uma introdução
Discipulado profundo, uma introduçãoDiscipulado profundo, uma introdução
Discipulado profundo, uma introdução
Sidinei Kauer
 
O primeiro mandamento
O primeiro mandamentoO primeiro mandamento
O primeiro mandamento
Sidinei Kauer
 
Resumão
ResumãoResumão
Resumão
Sidinei Kauer
 
Por que discipulado?
Por que discipulado?Por que discipulado?
Por que discipulado?
Sidinei Kauer
 

Mais de Sidinei Kauer (20)

Identidade discípulo
Identidade discípuloIdentidade discípulo
Identidade discípulo
 
Prepare se é hora de multiplicar
Prepare se é hora de multiplicarPrepare se é hora de multiplicar
Prepare se é hora de multiplicar
 
Escada do sucesso na Visão do MDA
Escada do sucesso na Visão do MDAEscada do sucesso na Visão do MDA
Escada do sucesso na Visão do MDA
 
Poder, perseguição e perseverança
Poder, perseguição e perseverançaPoder, perseguição e perseverança
Poder, perseguição e perseverança
 
Extremo
ExtremoExtremo
Extremo
 
O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?
O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?
O melhor é para Deus! - Por que precisamos de um avivamento?
 
Restaurando a visão familiar
Restaurando a visão familiarRestaurando a visão familiar
Restaurando a visão familiar
 
Discipulado na prática da célula para líderes
Discipulado na prática da célula   para líderes Discipulado na prática da célula   para líderes
Discipulado na prática da célula para líderes
 
Discipulador: Uma Ferramenta nas mãos de Deus
Discipulador: Uma Ferramenta nas mãos de DeusDiscipulador: Uma Ferramenta nas mãos de Deus
Discipulador: Uma Ferramenta nas mãos de Deus
 
Crescimento fundamentado
Crescimento fundamentadoCrescimento fundamentado
Crescimento fundamentado
 
As células e a história da igreja
As células e a história da igrejaAs células e a história da igreja
As células e a história da igreja
 
Inimigos da Aalma
Inimigos da AalmaInimigos da Aalma
Inimigos da Aalma
 
Fé que atua pelo amor
Fé que atua pelo amorFé que atua pelo amor
Fé que atua pelo amor
 
Esperança
EsperançaEsperança
Esperança
 
Filhas de sara
Filhas de saraFilhas de sara
Filhas de sara
 
Discipulado e a unidade do corpo de cristo
Discipulado e a unidade do corpo de cristoDiscipulado e a unidade do corpo de cristo
Discipulado e a unidade do corpo de cristo
 
Discipulado profundo, uma introdução
Discipulado profundo, uma introduçãoDiscipulado profundo, uma introdução
Discipulado profundo, uma introdução
 
O primeiro mandamento
O primeiro mandamentoO primeiro mandamento
O primeiro mandamento
 
Resumão
ResumãoResumão
Resumão
 
Por que discipulado?
Por que discipulado?Por que discipulado?
Por que discipulado?
 

Último

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 

Último (15)

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 

O cristão e as tribulações

  • 2. Tribulação A dor da doença ou a dor do crescimento.
  • 3. Tribulação Já que vamos sofrer, que seja por algo que valha a pena!
  • 4. O Cristão e as tribulações Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade. Por isso não temeremos, embora a terra trema e os montes afundem no coração do mar, embora estrondem as suas águas turbulentas e os montes sejam sacudidos pela sua fúria. Salmos 46:1-3
  • 5. A promessa de Jesus. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". João 16:33
  • 6. O FGTS do Reino de Deus. E ele fez o que o Senhor lhe tinha dito. Foi para o riacho de Querite, a leste do Jordão, e ficou por lá. Os corvos lhe traziam pão e carne de manhã e de tarde, e ele bebia água do riacho. Algum tempo depois, o riacho secou-se por falta de chuva. 1 Reis 17:5-7
  • 7. Com Jesus o barco não afunda? Mas o navio encalhou num banco de areia, onde tocou o fundo. A proa encravou-se e ficou imóvel, e a popa foi quebrada pela violência das ondas. At 27:41.
  • 8. Com Jesus, mesmo quando o barco afunda? Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Rm 8:28.
  • 9. Com Jesus, mesmo quando o barco afunda? Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece. Fp 4:12,13.
  • 10. Com Jesus, mesmo quando o barco afunda? Fui encarcerado mais vezes, fui açoitado mais severamente e exposto à morte repetidas vezes. Cinco vezes recebi dos judeus trinta e nove açoites. Três vezes fui golpeado com varas, uma vez apedrejado, três vezes sofri naufrágio, passei uma noite e um dia exposto à fúria do mar. Estive continuamente viajando de uma parte a outra, enfrentei perigos nos rios, perigos de assaltantes, perigos dos meus compatriotas, perigos dos gentios; perigos na cidade, perigos no deserto, perigos no mar, e perigos dos falsos irmãos. Trabalhei arduamente; muitas vezes fiquei sem dormir, passei fome e sede, e muitas vezes fiquei em jejum; suportei frio e nudez. Além disso, enfrento diariamente uma pressão interior, a saber, a minha preocupação com todas as igrejas. 2 Co 11:23-28.
  • 11. Tribulação O que são 100 anos de luta comparado a trilhões de anos de glória? Você está focado na terra ou na eternidade?
  • 12. Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas. Pois vocês morreram, e agora a sua vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a sua vida, for manifestado, então vocês também serão manifestados com ele em glória. Colossenses 3:1-4.
  • 13. E se a promessa demorar para se cumprir? “Os patriarcas, tendo inveja de José, venderam-no como escravo para o Egito. Mas Deus estava com ele e o libertou de todas as suas tribulações, dando a José favor e sabedoria diante do faraó, rei do Egito; este o tornou governador do Egito e de todo o seu palácio” At 7:9,10.
  • 14. Você passaria na tentação do Diabo? "Será que Jó não tem razões para temer a Deus? ", respondeu Satanás. "Acaso não puseste uma cerca em volta dele, da família dele e de tudo o que ele possui? Tu mesmo tens abençoado tudo o que ele faz, de modo que todos os seus rebanhos estão espalhados por toda a terra. Mas estende a tua mão e fere tudo o que ele tem, e com certeza ele te amaldiçoará na tua face. " Jó 1:9-11.
  • 15. Você não é o único. Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês. Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos. O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces. 1 Pe 5:7-10.
  • 16. A tribulação é necessária. Fortalecendo os discípulos e encorajando-os a permanecer na fé, dizendo: "É necessário que passemos por muitas tribulações para entrarmos no Reino de Deus". Atos 14:22 [Barnabé e Paulo].
  • 17. A tribulação é necessária. Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. Tiago 1:2,3
  • 18. A tribulação e o caráter. Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu. Rm 5:3-5.
  • 19. Sem tribulação, com preocupação. Ai de vocês, quando todos falarem bem de vocês, pois assim os antepassados deles trataram os falsos profetas. Lc 6:26.
  • 20. Alegrando-se pela tribulação! Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus. "Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês". Mt 5:10-12.
  • 21. Alegrando-se pela tribulação! 10 Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. 11 Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. 12 Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós. Mt 5:10-12 ARA.
  • 22. Alegrando-se pela tribulação! Chamaram os apóstolos e mandaram açoitá-los… Os apóstolos saíram do Sinédrio, alegres por terem sido considerados dignos de serem humilhados por causa do Nome. Atos 5:40,41.
  • 23. E quando a luta 'passar' dos limites? Irmãos, não queremos que vocês desconheçam as tribulações que sofremos na província da Ásia, as quais foram muito além da nossa capacidade de suportar, a ponto de perdermos a esperança da própria vida. 2Co 1:8.
  • 24. E quando a luta 'passar' dos limites? Enquanto apedrejavam Estêvão, este orava: "Senhor Jesus, recebe o meu espírito". Então caiu de joelhos e bradou: "Senhor, não os consideres culpados deste pecado". E, dizendo isso, adormeceu. Atos 7:59,60.
  • 25. Já valeu a pena! Paulo se tornou um dos maiores apóstolos da história. Jó um exemplo de perseverança. José o 2º no comando do Egito e um exemplo de caráter. Elias foi levado ao céu em uma carruagem de fogo. Através da morte de Estevão, a Igreja se espalhou pelo mundo. E você?
  • 26. Tribulação A dor da doença ou a dor do crescimento.
  • 27. E depois da tribulação... Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam. Tiago 1:12
  • 28. E depois da tribulação... Todos odiarão vocês por minha causa; mas aquele que perseverar até o fim será salvo. Marcos 13:13
  • 29. E depois da tribulação... Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno. 2 Co 4:16-18.
  • 30. E depois da tribulação... E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. Gálatas 6:9
  • 31. E depois da tribulação... Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele". Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que crêem e são salvos. Hebreus 10:38,39.
  • 32. E depois da tribulação... Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: "Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro". Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes,nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 8:35-39.
  • 33. Tribulação O Diabo quer que você pense que não existem duas glórias. Abe Huber.
  • 34. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Como é feliz o homem que põe no Senhor a sua confiança. Salmos 40:4a.
  • 35. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres. Salmos 126:3.
  • 36. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Aleluia! Como é feliz o homem que teme o Senhor e tem grande prazer em seus mandamentos! Sl 112:1.
  • 37. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Gloriem-se no seu santo nome; alegrem-se os corações dos que buscam o Senhor. 1 Crônicas 16:10.
  • 38. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se! Filipenses 4:4
  • 39. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Então a minha alma exultará no Senhor e se regozijará na sua salvação. Salmos 35:9
  • 40. Lutas sim. Cultura do sofrimento não. Mas graças a Deus, que sempre nos conduz vitoriosamente em Cristo e por nosso intermédio exala em todo lugar a fragrância do seu conhecimento. 2 Co 2:14