SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IBN MUCANA


                        DISCIPLINA: Língua Portuguesa        PROFESSOR: Fátima Vasconcelos

ANO LECTIVO 2010/2011
                             7º ANO / TURMA F/D                            2º PERÍODO




      CARACTERÍSTICAS DO DIÁRIO

      DIÁRIO
      Conceito

      O diário é um dos géneros da literatura
      autobiográfica. Registo das vivências e
      sentimentos de um “eu” face ao mundo que
      o rodeia, possui, por esse motivo, um
      carácter intimista e confidente. O diário é
      o testemunho quotidiano, por vezes com algumas descontinuidades, do
      quotidiano de alguém que fixa, através da escrita, factos, desejos, emoções.



      Estrutura
      O diário possui uma estrutura bastante característica:

           1. é repetitivo – cada dia corresponde a um registo de situações e
              sentimentos diferentes e é identificado pela respectiva data;
           2. o autor dirige-se ao diário como a um confidente, sendo frequente a
              utilização do vocativo “Querido diário” ou até a criação de um nome
              para o saudar;
           3. os registos são ordenados por ordem cronológica de ocorrência.

               CARACTERÍSTICAS

               · Além de obedecer a uma estrutura específica, o diário encerra
               características próprias:

               1. O protagonista e o narrador são coincidentes, ou seja, são a mesma
               entidade. Por esse motivo, é utilizada a primeira pessoa. O diário é
               testemunha de uma situação de comunicação unilateral (só num
               sentido);




                                             1
2. A escrita ( modo de discurso) é livre, uma vez
      que o narrador dá livre expressão ao curso do seu
      pensamento. Não existe, excepto no diário de
      ficção, a intenção de agradar os leitores, porque o
      diário destina-se ao próprio autor;


      3. O discurso é subjectivo, a escrita é confessionalista. O nível de
      língua é familiar, o registo é informal e o vocabulário é bastante
      simples;

      4. Utilização de marcas da presença do sujeito no discurso que
      produz, através de pronomes pessoais, determinantes possessivos ou
      demonstrativos, advérbios de tempo ou de lugar,

      5. Por vezes, a narração é descontínua, intercalada, porque apenas
      ocorre quando o sujeito de enunciação deseja registar algo.




      TIPOS DE DIÁRIO


Diário pessoal – este diário é
íntimo e destina-se apenas a ser
lido pelo seu autor. Não existem
grandes preocupações literárias e
a linguagem é fluente e familiar.
Poderá ser mais repetitivo em
termos de forma (repetições a nível
do registo escrito que traduzem a
fluência da oralidade) e de
conteúdo (referência aos mesmos episódios…) que outros diários.




                                   FIM




                                    2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gênero Textual Diário
Gênero Textual DiárioGênero Textual Diário
Gênero Textual Diário
Jomari
 
Antónimos e Sinónimos
Antónimos e SinónimosAntónimos e Sinónimos
Antónimos e Sinónimos
Odete Capaz
 
Conjunções e locuções conjuncionais (orações)
Conjunções e locuções conjuncionais (orações) Conjunções e locuções conjuncionais (orações)
Conjunções e locuções conjuncionais (orações)
Pework
 
Orações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativasOrações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativas
Margarida Tomaz
 
Crónica literária
Crónica literáriaCrónica literária
Crónica literária
1103sancho
 
Gêneros argumentativos: a carta aberta
Gêneros argumentativos: a carta abertaGêneros argumentativos: a carta aberta
Gêneros argumentativos: a carta aberta
ma.no.el.ne.ves
 

Mais procurados (20)

Gênero textual - biografia
Gênero textual - biografiaGênero textual - biografia
Gênero textual - biografia
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Quantificadores
QuantificadoresQuantificadores
Quantificadores
 
Gênero Textual Diário
Gênero Textual DiárioGênero Textual Diário
Gênero Textual Diário
 
Antónimos e Sinónimos
Antónimos e SinónimosAntónimos e Sinónimos
Antónimos e Sinónimos
 
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Adjetivo
 
Classe de palavras
Classe de palavrasClasse de palavras
Classe de palavras
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas
 
Texto narrativo
Texto narrativoTexto narrativo
Texto narrativo
 
Textos de opinião
Textos de opiniãoTextos de opinião
Textos de opinião
 
Conjunções e locuções conjuncionais (orações)
Conjunções e locuções conjuncionais (orações) Conjunções e locuções conjuncionais (orações)
Conjunções e locuções conjuncionais (orações)
 
Texto dramático
Texto dramáticoTexto dramático
Texto dramático
 
Orações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativasOrações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativas
 
Texto publicitário
Texto publicitárioTexto publicitário
Texto publicitário
 
Formacao de palavras[1]
Formacao de palavras[1]Formacao de palavras[1]
Formacao de palavras[1]
 
Modificador da frase
Modificador da fraseModificador da frase
Modificador da frase
 
Crónica literária
Crónica literáriaCrónica literária
Crónica literária
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Hiperonímia e hiponímia
Hiperonímia e hiponímiaHiperonímia e hiponímia
Hiperonímia e hiponímia
 
Gêneros argumentativos: a carta aberta
Gêneros argumentativos: a carta abertaGêneros argumentativos: a carta aberta
Gêneros argumentativos: a carta aberta
 

Semelhante a LP Características do diário

2. textos de carácter intimista
2. textos de carácter intimista2. textos de carácter intimista
2. textos de carácter intimista
Helena Coutinho
 
Texto literário vs n literario
Texto literário vs n literarioTexto literário vs n literario
Texto literário vs n literario
Mateus Tanita
 
Estetica da criacao_verbal
Estetica da criacao_verbalEstetica da criacao_verbal
Estetica da criacao_verbal
Karina Reimberg
 

Semelhante a LP Características do diário (20)

Diário
DiárioDiário
Diário
 
Diário
DiárioDiário
Diário
 
Diario
DiarioDiario
Diario
 
Diario 6
Diario 6Diario 6
Diario 6
 
MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTUDANTES.
MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTUDANTES.MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTUDANTES.
MATERIAL DE APOIO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA ESTUDANTES.
 
Relato
RelatoRelato
Relato
 
O uso do diário em pesquisa qualitativa
O uso do diário em pesquisa qualitativaO uso do diário em pesquisa qualitativa
O uso do diário em pesquisa qualitativa
 
Modelos de Texto
Modelos de Texto Modelos de Texto
Modelos de Texto
 
2. textos de carácter intimista
2. textos de carácter intimista2. textos de carácter intimista
2. textos de carácter intimista
 
81
8181
81
 
Conteúdos Programáticos 2º ano do Ensino Médio
Conteúdos Programáticos 2º ano do Ensino MédioConteúdos Programáticos 2º ano do Ensino Médio
Conteúdos Programáticos 2º ano do Ensino Médio
 
"Fumo" de Antón Fortes e Joanna Concejo
"Fumo" de Antón Fortes e Joanna Concejo"Fumo" de Antón Fortes e Joanna Concejo
"Fumo" de Antón Fortes e Joanna Concejo
 
O diário
O diárioO diário
O diário
 
o rapaz do caixote de madeira
 o rapaz do caixote de madeira o rapaz do caixote de madeira
o rapaz do caixote de madeira
 
Abordagem ao genero textual crônica
Abordagem ao genero textual crônicaAbordagem ao genero textual crônica
Abordagem ao genero textual crônica
 
Texto literário vs n literario
Texto literário vs n literarioTexto literário vs n literario
Texto literário vs n literario
 
Estetica da criacao_verbal
Estetica da criacao_verbalEstetica da criacao_verbal
Estetica da criacao_verbal
 
Plano de curso 8º Ano
Plano de curso 8º AnoPlano de curso 8º Ano
Plano de curso 8º Ano
 
A linguagem literária..ppt
A linguagem literária..pptA linguagem literária..ppt
A linguagem literária..ppt
 
A linguagem literária..ppt
A linguagem literária..pptA linguagem literária..ppt
A linguagem literária..ppt
 

Mais de 7F

CFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de Misturas
CFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de MisturasCFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de Misturas
CFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de Misturas
7F
 
Ficha Formativa de História
Ficha Formativa de HistóriaFicha Formativa de História
Ficha Formativa de História
7F
 
Ficha Formativa de História
Ficha Formativa de HistóriaFicha Formativa de História
Ficha Formativa de História
7F
 
HIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de HistóriaHIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de História
7F
 
CFQ: Propriedades Físicas e Químicas das Substâncias
CFQ: Propriedades Físicas e Químicas das SubstânciasCFQ: Propriedades Físicas e Químicas das Substâncias
CFQ: Propriedades Físicas e Químicas das Substâncias
7F
 
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações QuímicasCFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
7F
 
CFQ: Processos Físicos de Separação de Misturas
CFQ: Processos Físicos de Separação de MisturasCFQ: Processos Físicos de Separação de Misturas
CFQ: Processos Físicos de Separação de Misturas
7F
 
GEO: Correcção do 5º teste - Climas
GEO: Correcção do 5º teste - ClimasGEO: Correcção do 5º teste - Climas
GEO: Correcção do 5º teste - Climas
7F
 
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
7F
 
Actividade sísmica
Actividade sísmicaActividade sísmica
Actividade sísmica
7F
 
CN: Actividade Sísmica
CN: Actividade SísmicaCN: Actividade Sísmica
CN: Actividade Sísmica
7F
 
MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"
MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"
MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"
7F
 
CN: Falhas e Dobras
CN: Falhas e DobrasCN: Falhas e Dobras
CN: Falhas e Dobras
7F
 
CFQ: Propriedades das Substancias
CFQ: Propriedades das SubstanciasCFQ: Propriedades das Substancias
CFQ: Propriedades das Substancias
7F
 
CN: Trabalho de Pesquisa - Vulcão
CN: Trabalho de Pesquisa - VulcãoCN: Trabalho de Pesquisa - Vulcão
CN: Trabalho de Pesquisa - Vulcão
7F
 
LP: Leandro Rei da Helíria
LP: Leandro Rei da HelíriaLP: Leandro Rei da Helíria
LP: Leandro Rei da Helíria
7F
 
LP: Funções Sintácticas
LP: Funções SintácticasLP: Funções Sintácticas
LP: Funções Sintácticas
7F
 
LP: Ficha Discurso Directo e Indirecto
LP: Ficha Discurso Directo e IndirectoLP: Ficha Discurso Directo e Indirecto
LP: Ficha Discurso Directo e Indirecto
7F
 
LP: Ficha de Trabalho Morfologia e Sintaxe
LP: Ficha de Trabalho Morfologia e SintaxeLP: Ficha de Trabalho Morfologia e Sintaxe
LP: Ficha de Trabalho Morfologia e Sintaxe
7F
 
LP: Glossário Teatro
LP: Glossário TeatroLP: Glossário Teatro
LP: Glossário Teatro
7F
 

Mais de 7F (20)

CFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de Misturas
CFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de MisturasCFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de Misturas
CFQ: Ficha informativa Processos de Sepração de Misturas
 
Ficha Formativa de História
Ficha Formativa de HistóriaFicha Formativa de História
Ficha Formativa de História
 
Ficha Formativa de História
Ficha Formativa de HistóriaFicha Formativa de História
Ficha Formativa de História
 
HIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de HistóriaHIST: Ficha Formativa de História
HIST: Ficha Formativa de História
 
CFQ: Propriedades Físicas e Químicas das Substâncias
CFQ: Propriedades Físicas e Químicas das SubstânciasCFQ: Propriedades Físicas e Químicas das Substâncias
CFQ: Propriedades Físicas e Químicas das Substâncias
 
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações QuímicasCFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
CFQ: Transformações Físicas e Transformações Químicas
 
CFQ: Processos Físicos de Separação de Misturas
CFQ: Processos Físicos de Separação de MisturasCFQ: Processos Físicos de Separação de Misturas
CFQ: Processos Físicos de Separação de Misturas
 
GEO: Correcção do 5º teste - Climas
GEO: Correcção do 5º teste - ClimasGEO: Correcção do 5º teste - Climas
GEO: Correcção do 5º teste - Climas
 
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
HIST: Ficha Formativa - A Europa Cristã e o Islão Nos Séculos VI a IX # A Soc...
 
Actividade sísmica
Actividade sísmicaActividade sísmica
Actividade sísmica
 
CN: Actividade Sísmica
CN: Actividade SísmicaCN: Actividade Sísmica
CN: Actividade Sísmica
 
MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"
MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"
MAT: Matéria Para o Teste "24 de Maio"
 
CN: Falhas e Dobras
CN: Falhas e DobrasCN: Falhas e Dobras
CN: Falhas e Dobras
 
CFQ: Propriedades das Substancias
CFQ: Propriedades das SubstanciasCFQ: Propriedades das Substancias
CFQ: Propriedades das Substancias
 
CN: Trabalho de Pesquisa - Vulcão
CN: Trabalho de Pesquisa - VulcãoCN: Trabalho de Pesquisa - Vulcão
CN: Trabalho de Pesquisa - Vulcão
 
LP: Leandro Rei da Helíria
LP: Leandro Rei da HelíriaLP: Leandro Rei da Helíria
LP: Leandro Rei da Helíria
 
LP: Funções Sintácticas
LP: Funções SintácticasLP: Funções Sintácticas
LP: Funções Sintácticas
 
LP: Ficha Discurso Directo e Indirecto
LP: Ficha Discurso Directo e IndirectoLP: Ficha Discurso Directo e Indirecto
LP: Ficha Discurso Directo e Indirecto
 
LP: Ficha de Trabalho Morfologia e Sintaxe
LP: Ficha de Trabalho Morfologia e SintaxeLP: Ficha de Trabalho Morfologia e Sintaxe
LP: Ficha de Trabalho Morfologia e Sintaxe
 
LP: Glossário Teatro
LP: Glossário TeatroLP: Glossário Teatro
LP: Glossário Teatro
 

LP Características do diário

  • 1. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IBN MUCANA DISCIPLINA: Língua Portuguesa PROFESSOR: Fátima Vasconcelos ANO LECTIVO 2010/2011 7º ANO / TURMA F/D 2º PERÍODO CARACTERÍSTICAS DO DIÁRIO DIÁRIO Conceito O diário é um dos géneros da literatura autobiográfica. Registo das vivências e sentimentos de um “eu” face ao mundo que o rodeia, possui, por esse motivo, um carácter intimista e confidente. O diário é o testemunho quotidiano, por vezes com algumas descontinuidades, do quotidiano de alguém que fixa, através da escrita, factos, desejos, emoções. Estrutura O diário possui uma estrutura bastante característica: 1. é repetitivo – cada dia corresponde a um registo de situações e sentimentos diferentes e é identificado pela respectiva data; 2. o autor dirige-se ao diário como a um confidente, sendo frequente a utilização do vocativo “Querido diário” ou até a criação de um nome para o saudar; 3. os registos são ordenados por ordem cronológica de ocorrência. CARACTERÍSTICAS · Além de obedecer a uma estrutura específica, o diário encerra características próprias: 1. O protagonista e o narrador são coincidentes, ou seja, são a mesma entidade. Por esse motivo, é utilizada a primeira pessoa. O diário é testemunha de uma situação de comunicação unilateral (só num sentido); 1
  • 2. 2. A escrita ( modo de discurso) é livre, uma vez que o narrador dá livre expressão ao curso do seu pensamento. Não existe, excepto no diário de ficção, a intenção de agradar os leitores, porque o diário destina-se ao próprio autor; 3. O discurso é subjectivo, a escrita é confessionalista. O nível de língua é familiar, o registo é informal e o vocabulário é bastante simples; 4. Utilização de marcas da presença do sujeito no discurso que produz, através de pronomes pessoais, determinantes possessivos ou demonstrativos, advérbios de tempo ou de lugar, 5. Por vezes, a narração é descontínua, intercalada, porque apenas ocorre quando o sujeito de enunciação deseja registar algo. TIPOS DE DIÁRIO Diário pessoal – este diário é íntimo e destina-se apenas a ser lido pelo seu autor. Não existem grandes preocupações literárias e a linguagem é fluente e familiar. Poderá ser mais repetitivo em termos de forma (repetições a nível do registo escrito que traduzem a fluência da oralidade) e de conteúdo (referência aos mesmos episódios…) que outros diários. FIM 2