SlideShare uma empresa Scribd logo
INOVAÇÃO
A ESTRATÉGIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
1° Encontro Internacional de Inovação
Alberto Duque Portugal
Secretário de Estado de Ciência Tecnologia e Ensino Superior
1° Encontro Internacional de Inovação
Tecnológica Sustentável
Tempos Modernos – Velocidades
Velocidade Tecnológica
Velocidade de aderência da pessoasVelocidade de aderência da pessoas
Velocidade da mudança
organizacional
Que estratégia podemos adotar para
reduzir o impacto destas diferentes
Tempos Modernos – Velocidades
reduzir o impacto destas diferentes
velocidades na sociedade?
Nossa Visão
A construção de forma
colaborativa e emergentecolaborativa e emergente
de um “Ambiente” para a
inovação no Estado de
Minas Gerais.
MODELO DE INCLUSÃOMODELO DE INCLUSÃO
VELOCIDADEVELOCIDADE
ESCALAESCALA CUSTOCUSTO
PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR
PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS
12 - Fortalecer a capacidade de
gestão e articulação para
impulsionar o Sistema Estadual de
CTI e ES
13 – Acelerar e
valorizar o processo e
a cultura da inovação
16 - Apoiar o desenvolvimento
regional e setorial, por meio dos
APLs, Pólos de Excelência e Pólos
de Inovação.
17 – Estimular
empreendimentos de base
tecnológica em áreas
estratégicas portadoras de
futuro
14 - Aprimorar a interação
entre IESs, ICTs e setor
produtivo atendendo às
demandas do mercado
15 – Apoiar a constituição e a
consolidação de Centros de
P,D&I
11 – Apoiar os programas e
agentes de Tecnologia
Industrial Básica (TIB)
21 - Alinhar as ações e
indicadores do sistema
operacional de Ciência,
Tecnologia e Ensino Superior às
diretrizes do PMDI
19 - Preparar MG como
Estado líder na
economia do
conhecimento
20 - Consolidar na
sociedade a percepção de
CTI e ES como área
estratégica
18 - Transformar conhecimento em
negócios elevando a produtividade e a
competitividade, contribuindo para o
desenvolvimento sustentável do Estado
PARCEIROSPARCEIROS
MINAS GERAIS
3 – Aprimorar a gestão da
informação e do conhecimento
2 - Consolidar o modelo de gestão da
SECTES
1 - Atuar com foco em competências
estratégicas
PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO
SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO
7 - Desenvolver ações para
ampliar a oferta do Ensino
Superior com qualidade
9 - Produzir análises prospectivas para
induzir ações estratégicas e subsidiar
políticas públicas nas áreas de CTI e ES
6 - Ampliar a oferta de Ensino
Superior por meio do Ensino à
Distância
10 – Estabelecer diretrizes para a política de
comunicação da SECTES e para a popularização
de CT&I, integrando as entidades que
compõem o sistema.
8 - Buscar ordenamento jurídico e
regulatório compatível com as
características e dinâmicas da área de CTI e
ES.
4 - Fortalecer a pesquisa científica
tecnológica, os Centros de Excelência e a
retenção de talentos
5 – Estimular a criação e o fortalecimento
de cursos de base tecnológica e
profissionalizante
APRENDIZADOAPRENDIZADO
PROCESSOSPROCESSOS
PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR
PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS
12 - Fortalecer a capacidade de
gestão e articulação para
impulsionar o Sistema Estadual de
CTI e ES
13 – Acelerar e
valorizar o processo e
a cultura da inovação
16 - Apoiar o desenvolvimento
regional e setorial, por meio dos
APLs, Pólos de Excelência e Pólos
de Inovação.
17 – Estimular
empreendimentos de base
tecnológica em áreas
estratégicas portadoras de
futuro
14 - Aprimorar a interação
entre IESs, ICTs e setor
produtivo atendendo às
demandas do mercado
15 – Apoiar a constituição e a
consolidação de Centros de
P,D&I
11 – Apoiar os programas e
agentes de Tecnologia
Industrial Básica (TIB)
21 - Alinhar as ações e
indicadores do sistema
operacional de Ciência,
Tecnologia e Ensino Superior às
diretrizes do PMDI
19 - Preparar MG como
Estado líder na
economia do
conhecimento
20 - Consolidar na
sociedade a percepção de
CTI e ES como área
estratégica
18 - Transformar conhecimento em
negócios elevando a produtividade e a
competitividade, contribuindo para o
desenvolvimento sustentável do Estado
PARCEIROSPARCEIROS
MINAS GERAIS
18 - Transformar conhecimento em
negócios elevando a produtividade e
a competitividade, contribuindo
3 – Aprimorar a gestão da
informação e do conhecimento
2 - Consolidar o modelo de gestão da
SECTES
1 - Atuar com foco em competências
estratégicas
PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO
SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO
7 - Desenvolver ações para
ampliar a oferta do Ensino
Superior com qualidade
9 - Produzir análises prospectivas para
induzir ações estratégicas e subsidiar
políticas públicas nas áreas de CTI e ES
6 - Ampliar a oferta de Ensino
Superior por meio do Ensino à
Distância
10 – Estabelecer diretrizes para a política de
comunicação da SECTES e para a popularização
de CT&I, integrando as entidades que
compõem o sistema.
8 - Buscar ordenamento jurídico e
regulatório compatível com as
características e dinâmicas da área de CTI e
ES.
4 - Fortalecer a pesquisa científica
tecnológica, os Centros de Excelência e a
retenção de talentos
5 – Estimular a criação e o fortalecimento
de cursos de base tecnológica e
profissionalizante
APRENDIZADOAPRENDIZADO
PROCESSOSPROCESSOS
a competitividade, contribuindo
para o desenvolvimento sustentável
do Estado
PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR
PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS
12 - Fortalecer a capacidade de
gestão e articulação para
impulsionar o Sistema Estadual de
CTI e ES
13 – Acelerar e
valorizar o processo e
a cultura da inovação
16 - Apoiar o desenvolvimento
regional e setorial, por meio dos
APLs, Pólos de Excelência e Pólos
de Inovação.
17 – Estimular
empreendimentos de base
tecnológica em áreas
estratégicas portadoras de
futuro
14 - Aprimorar a interação
entre IESs, ICTs e setor
produtivo atendendo às
demandas do mercado
15 – Apoiar a constituição e a
consolidação de Centros de
P,D&I
11 – Apoiar os programas e
agentes de Tecnologia
Industrial Básica (TIB)
21 - Alinhar as ações e
indicadores do sistema
operacional de
Ciência, Tecnologia e Ensino
Superior às diretrizes do PMDI
19 - Preparar MG como
Estado líder na
economia do
conhecimento
20 - Consolidar na
sociedade a percepção de
CTI e ES como área
estratégica
18 - Transformar conhecimento em
negócios elevando a produtividade e a
competitividade, contribuindo para o
desenvolvimento sustentável do Estado
PARCEIROSPARCEIROS
MINAS GERAIS
19 - Preparar MG como
Estado Líder na economia
3 – Aprimorar a gestão da
informação e do conhecimento
2 - Consolidar o modelo de gestão da
SECTES
1 - Atuar com foco em competências
estratégicas
PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO
SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO
7 - Desenvolver ações para
ampliar a oferta do Ensino
Superior com qualidade
9 - Produzir análises prospectivas para
induzir ações estratégicas e subsidiar
políticas públicas nas áreas de CTI e ES
6 - Ampliar a oferta de Ensino
Superior por meio do Ensino à
Distância
10 – Estabelecer diretrizes para a política de
comunicação da SECTES e para a popularização
de CT&I, integrando as entidades que
compõem o sistema.
8 - Buscar ordenamento jurídico e
regulatório compatível com as
características e dinâmicas da área de CTI e
ES.
4 - Fortalecer a pesquisa científica
tecnológica, os Centros de Excelência e a
retenção de talentos
5 – Estimular a criação e o fortalecimento
de cursos de base tecnológica e
profissionalizante
APRENDIZADOAPRENDIZADO
PROCESSOSPROCESSOS
Estado Líder na economia
do Conhecimento
PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR
PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS
12 - Fortalecer a capacidade de
gestão e articulação para
impulsionar o Sistema Estadual de
CTI e ES
13 – Acelerar e
valorizar o processo e
a cultura da inovação
16 - Apoiar o desenvolvimento
regional e setorial, por meio dos
APLs, Pólos de Excelência e Pólos
de Inovação.
17 – Estimular
empreendimentos de base
tecnológica em áreas
estratégicas portadoras de
futuro
14 - Aprimorar a interação
entre IESs, ICTs e setor
produtivo atendendo às
demandas do mercado
15 – Apoiar a constituição e a
consolidação de Centros de
P,D&I
11 – Apoiar os programas e
agentes de Tecnologia
Industrial Básica (TIB)
21 - Alinhar as ações e
indicadores do sistema
operacional de Ciência,
Tecnologia e Ensino Superior às
diretrizes do PMDI
19 - Preparar MG como
Estado líder na
economia do
conhecimento
20 - Consolidar na
sociedade a percepção de
CTI e ES como área
estratégica
18 - Transformar conhecimento em
negócios elevando a produtividade e a
competitividade, contribuindo para o
desenvolvimento sustentável do Estado
PARCEIROSPARCEIROS
MINAS GERAIS
20 - Consolidar na
sociedade a percepção de
3 – Aprimorar a gestão da
informação e do conhecimento
2 - Consolidar o modelo de gestão da
SECTES
1 - Atuar com foco em competências
estratégicas
PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO
SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO
7 - Desenvolver ações para
ampliar a oferta do Ensino
Superior com qualidade
9 - Produzir análises prospectivas para
induzir ações estratégicas e subsidiar
políticas públicas nas áreas de CTI e ES
6 - Ampliar a oferta de Ensino
Superior por meio do Ensino à
Distância
10 – Estabelecer diretrizes para a política de
comunicação da SECTES e para a popularização
de CT&I, integrando as entidades que
compõem o sistema.
8 - Buscar ordenamento jurídico e
regulatório compatível com as
características e dinâmicas da área de CTI e
ES.
4 - Fortalecer a pesquisa científica
tecnológica, os Centros de Excelência e a
retenção de talentos
5 – Estimular a criação e o fortalecimento
de cursos de base tecnológica e
profissionalizante
APRENDIZADOAPRENDIZADO
PROCESSOSPROCESSOS
sociedade a percepção de
C,T,I e ES como área
estratégica
PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR
PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS
12 - Fortalecer a capacidade de
gestão e articulação para
impulsionar o Sistema Estadual de
CTI e ES
13 – Acelerar e
valorizar o processo e
a cultura da inovação
16 - Apoiar o desenvolvimento
regional e setorial, por meio dos
APLs, Pólos de Excelência e Pólos
de Inovação.
17 – Estimular
empreendimentos de base
tecnológica em áreas
estratégicas portadoras de
futuro
14 - Aprimorar a interação
entre IESs, ICTs e setor
produtivo atendendo às
demandas do mercado
15 – Apoiar a constituição e a
consolidação de Centros de
P,D&I
11 – Apoiar os programas e
agentes de Tecnologia
Industrial Básica (TIB)
21 - Alinhar as ações e
indicadores do sistema
operacional de Ciência,
Tecnologia e Ensino Superior às
diretrizes do PMDI
19 - Preparar MG como
Estado líder na
economia do
conhecimento
20 - Consolidar na
sociedade a percepção de
CTI e ES como área
estratégica
18 - Transformar conhecimento em
negócios elevando a produtividade e a
competitividade, contribuindo para o
desenvolvimento sustentável do Estado
PARCEIROSPARCEIROS
MINAS GERAIS
21 - Alinhar as ações e indicadores
do sistema operacional de Ciência,
3 – Aprimorar a gestão da
informação e do conhecimento
2 - Consolidar o modelo de gestão da
SECTES
1 - Atuar com foco em competências
estratégicas
PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO
SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO
7 - Desenvolver ações para
ampliar a oferta do Ensino
Superior com qualidade
9 - Produzir análises prospectivas para
induzir ações estratégicas e subsidiar
políticas públicas nas áreas de CTI e ES
6 - Ampliar a oferta de Ensino
Superior por meio do Ensino à
Distância
10 – Estabelecer diretrizes para a política de
comunicação da SECTES e para a popularização
de CT&I, integrando as entidades que
compõem o sistema.
8 - Buscar ordenamento jurídico e
regulatório compatível com as
características e dinâmicas da área de CTI e
ES.
4 - Fortalecer a pesquisa científica
tecnológica, os Centros de Excelência e a
retenção de talentos
5 – Estimular a criação e o fortalecimento
de cursos de base tecnológica e
profissionalizante
APRENDIZADOAPRENDIZADO
PROCESSOSPROCESSOS
Tecnologia e Ensino Superior às
diretrizes do PMDI
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES
www.simi.org.br
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
PARCERIASPARCERIAS
INTERNACIONAISINTERNACIONAIS
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
Parques TecnológicosParques Tecnológicos
Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
Inovação naInovação na
Empresa:Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
-- Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na
empresaempresa
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D
Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
INOVATECINOVATEC
Implantação de Parques TecnológicosImplantação de Parques Tecnológicos
Parque Tecnológico de Belo Horizonte
Investimentos até 2010
Total: R$ 31 milhões
Governo de Minas: 24,6 milhões
Entrega: novembro/10
Área: 185.000 m2
Localização das Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica em Minas Gerais
Consolidação e ampliação da capacidade das IncubadorasConsolidação e ampliação da capacidade das Incubadoras
19 Incubadoras Apoiadas
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES
www.simi.org.br
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
PARCERIASPARCERIAS
INTERNACIONAISINTERNACIONAIS
Inovação na Empresa:Inovação na Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa
** VentureVenture Capital eCapital e PrivatePrivate
EquityEquity
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
Inovação na Empresa:Inovação na Empresa:
PII NIT TIBPII NIT TIB
Plataforma SIMIPlataforma SIMI
Centro Minas DesignCentro Minas Design
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
Editais Induzidos:Editais Induzidos:
PAPPEPAPPE
Mestres e Doutores na empresaMestres e Doutores na empresa
Venture Capital e Private EquityVenture Capital e Private Equity
Alguns destaques
Tempos Modernos – Velocidades
Alguns destaques
Programa de Incentivo a Inovação - PII
Empresas já Mapeadas
Atração de Centros de P&D
Estudo e definição de uma política de atração de centros de P&D
Comitê de Alinhamento e Atração de Empreendimentos
Empreendedorismo na Pós-Graduação
Intervenções
educacionais em
todas as
universidades para
que a pesquisa possa
ser percebida como
uma oportunidade de
INSTIGANTE
uma oportunidade de
negócio.
Empresas
Plataforma Simi
Governo
ICTs
Portal Simi – www.simi.org.br
Números do Portal
106 Ofertas e demandas de tecnologia
1820 Pesquisadores, empresários e agentes
cadastrados.
244 Instituiçoes participando do portal
60 Editais e programas de financiamento
800
1000
1200
1400
1600
1800
2000
Crescimento do número de
usuários cadastrados no Portal SIMI
Números do Portal
60 Editais e programas de financiamento
1258 Itens na biblioteca
90 Comunidades temáticas
95 Eventos sobre inovação
0
200
400
600
800
Mar 2008 Mar 2010
Crescimento de usuários em 2009 = 349%.
90 comunidades temáticas.
Encontros de inovação em 2009
TIPOS DE ENCONTRO
Solução e Analise de Problemas
VitrineTecnológica
Empresa Ancora
Encontros de inovação
Tecnologia
Industrial basica
Leite e
derivados
Vestuário e
Calçados
Automotivo
Fiat
derivados
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES
www.simi.org.br
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
PARCERIASPARCERIAS
INTERNACIONAISINTERNACIONAIS
Inovação na Empresa:Inovação na Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa
** VentureVenture Capital eCapital e PrivatePrivate
EquityEquity
Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade:
-- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo
de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens
Empreendedores, Curso de
Empreendedorismo
-- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e
Inovação Aplicados
- C5: Centros de Competência em
comunidades de Cooperação e
Conhecimento
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade:
Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao
empreendedor, Projeto Jovens
Empreendedores, Curso de Empreendedorismo
Inovação naInovação na
Empresa:Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
-- Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na
empresaempresa
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
Empreendedores, Curso de Empreendedorismo
TEIATEIA:: Tecnologia, Empreendedorismo e
Inovação Aplicados www.teia.mg.gov.br
C5C5: Centros de Competência em Comunidades de
Cooperação e Conhecimento
TEIA
• INÍCIO DO PROJETO : Novembro de 2008
• AGENTES TREINADOS: Aprox. 10.000 agentes• AGENTES TREINADOS: Aprox. 10.000 agentes
Representantes
Municípios
Alunos UNIPAC.
TREINAMENTOS TEIA
Escola Top Line ADEFITO
Rede de FormaçãoRede de Formação
Profissional:Profissional:
- CVTs e Telecentros
- Instituições de Ensino
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES
www.simi.org.br
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
PARCERIASPARCERIAS
INTERNACIONAISINTERNACIONAIS
Inovação na Empresa:Inovação na Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa
** VentureVenture Capital eCapital e PrivatePrivate
EquityEquity
Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade:
-- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo
de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens
Empreendedores, Curso de
Empreendedorismo
-- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e
Inovação Aplicados
- C5: Centros de Competência em
comunidades de Cooperação e
Conhecimento
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
Rede de Formação Profissional:Rede de Formação Profissional:
Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade:
-- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs –
Núcleo de Apoio ao
empreendedor, Projeto Jovens
Empreendedores, Curso de
Empreendedorismo
-- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo
e Inovação Aplicados
- C5: Centros de Competência em
comunidades de Cooperação e
Conhecimento
Inovação na Empresa:Inovação na Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na
empresaempresa
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
CVTs e Telecentros
Instituições de Ensino
TOTALTOTAL CVT e NAECVT e NAE TelecentrosTelecentros
33
FASESFASES
8484 487487
CVTs e Telecentros
Municípios com CVTs e NAEs
Municípios com Telecentros
Municípios com CVTs e Telecentros
DesenvolvimentoDesenvolvimento
Regional e Setorial:Regional e Setorial:
-- APLsAPLs
-- Pólos de ExcelênciaPólos de Excelência
-- Pólos de InovaçãoPólos de Inovação
Rede de FormaçãoRede de Formação
Profissional:Profissional:
- CVTs e Telecentros
- Instituições de Ensino
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES
www.simi.org.br
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
PARCERIASPARCERIAS
INTERNACIONAISINTERNACIONAIS
Inovação na Empresa:Inovação na Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa
* Venture Capital e Private* Venture Capital e Private
EquityEquity
Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade:
-- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo
de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens
Empreendedores, Curso de
Empreendedorismo
-- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e
Inovação Aplicados
- C5: Centros de Competência em
comunidades de Cooperação e
Conhecimento
FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0
Sistema Mineiro de Inovação - SIMI
DesenvolvimentoDesenvolvimento
Regional e Setorial:Regional e Setorial:
APLsAPLs
Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade:
-- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs –
Núcleo de Apoio ao
empreendedor, Projeto Jovens
Empreendedores, Curso de
Empreendedorismo
-- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo
e Inovação Aplicados
- C5: Centros de Competência em
comunidades de Cooperação e
Conhecimento
Inovação naInovação na
Empresa:Empresa:
-- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB
-- Plataforma SIMIPlataforma SIMI
-- Centro Minas DesignCentro Minas Design
-- Editais Induzidos:Editais Induzidos:
* PAPPE* PAPPE
* Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na
empresaempresa
COMITÊ DECOMITÊ DE
EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS
PROGRAMA DEPROGRAMA DE
COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação:
-- Parques TecnológicosParques Tecnológicos
-- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas
-- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D
-- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico
-- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT)
-- INOVATECINOVATEC
APLsAPLs
Pólos de ExcelênciaPólos de Excelência
Pólos de InovaçãoPólos de Inovação
Programa APLs
SOFTWARESOFTWARE
BIOCOMBUSTÍVEISBIOCOMBUSTÍVEIS
UNIFEI
UFMG
UNIUBE
UFU
UFV
UNIMONTES
MCT / ABDI
APEX / MDIC
FUNSOFT
SINDINFOR
SUCESU
ASSESPRO
UFMG
PUC MINAS
UFV
PBH
EMBRAPA
EPAMIG
CEMIG
IEL – FIEMG
PETROBRAS
SEBRAE
MCT
ABDI
APEX
MDIC
BIOTECNOLOGIABIOTECNOLOGIA
ELETROELETRO--ELETRÔNICOSELETRÔNICOS
E TELECOMUNICAÇÕESE TELECOMUNICAÇÕES
PBH
IEL – FIEMG
SEBRAE
SINDVEL
INATEL
ETE
CETEC
FAI
IEL – FIEMG
SEBRAE
SINDUSFARC
FUNED
BIOMINAS
UFMG
UFU
PUC MINAS
RENE RACHOU
IEL – FIEMG
SEBRAE
APEX
ABDI
MCT
MDIC
MCT / ABDI
APEX / MDIC
GENÉTICA BOVINAGENÉTICA BOVINA
LEITELEITE
FLORESTASFLORESTAS
GESTÃOGESTÃO
AMBIENTALAMBIENTAL
Programa Pólos de Excelência
RECURSOS HÍDRICOSRECURSOS HÍDRICOS
UFV
UFLA
UFVJM
FAEMG
SEBRAE
SIF
AMS
INTERSIND
EMBRAPA
ANA
IGAM
UFMG
UFV
UFU
UFOP
CEMIG
HIDROEX
COPASA
ABCZ
ASBIA
EMBRAPA
FASU
FETAEMG
FAEMG
IMA
SEBRAE
UFLA
UFTM
UNIUBE
UFMG
UFV
UFU
INHOTIM
UFMG
PUC MINAS
UFOP
CAFÉCAFÉ
EMBRAPA
EMATER
EPAMIG
FAEMG
SEBRAE
UFJF
CEFET
UFLA
UFV
PATRIMONIAL
SILEMG ITAMBÉ
FETAEMG IEL-FIEMG
ABICSABICS
CICCIC
CNCCNC
EMBRAPAEMBRAPA
EMATEREMATER
COPASA
EMBRAPA
EPAMIGEPAMIG
FAEMGFAEMG
EAFMEAFM
PRÓPRÓ--CAFÉCAFÉ
SEBRAESEBRAE
UFLAUFLA
SINDCAFÉSINDCAFÉ
ELETROELETRO--ELETRÔNICOSELETRÔNICOS
E TELECOMUNICAÇÕESE TELECOMUNICAÇÕES
SINDVEL
INATEL
ETE
CETEC
FAI
IEL – FIEMG
SEBRAE
MINERALMINERAL
METALÚRGICOMETALÚRGICO
UFOP
UFMG
UFSJ
PUC
CETEC
FIEMG
APEX
ABDI
MCT
MDIC
Programa Pólos de Inovação
Janaúba
Salinas Almenara
Araçuaí
Teófilo
Otoni
Montes
ClarosPirapora
Januária
Diamantina
Corinto
Otoni
Programa Pólos de Excelência, de Inovação
e APLs
RECURSOS HÍDRICOSRECURSOS HÍDRICOS
GENÉTICA BOVINAGENÉTICA BOVINA
FLORESTASFLORESTAS
GESTÃOGESTÃO
AMBIENTALAMBIENTALSOFTWARESOFTWARE
BIOCOMBUSTÍVEISBIOCOMBUSTÍVEIS BIOTECNOLOGIABIOTECNOLOGIA
Janaúba
Salinas Almenara
Araçuaí
Teófilo
Otoni
Montes
ClarosPirapora
Januária
LEITELEITE
MINERALMINERAL
METALÚRGICOMETALÚRGICO
CAFÉCAFÉ
Diamantina
Corinto
Otoni
ELETROELETRO--ELETRÔNICOSELETRÔNICOS
E TELECOMUNICAÇÕESE TELECOMUNICAÇÕES
PARCEIROS
PARCEIROS
S
OBRIGADOOBRIGADO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a INOVAÇÃO - A ESTRATÉGIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09
Matheus Parreira Machado
 
Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009
Matheus Parreira Machado
 
Palestra BáSica 06 07 09
Palestra BáSica 06 07 09Palestra BáSica 06 07 09
Palestra BáSica 06 07 09
Matheus Parreira Machado
 
Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009
Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009
Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009
Matheus Parreira Machado
 
Ambiente de inovação em minas gerais
Ambiente de inovação em minas geraisAmbiente de inovação em minas gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisSecretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Fabricio Martins
 
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Fabricio Martins
 
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa CatarinaEmergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Antônio Diomário de Queiroz
 
Sapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisSapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque Florianópolis
Corretor Pimentel
 
Apresentação ciki
Apresentação cikiApresentação ciki
Apresentação ciki
Diogo Librelon
 
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E ObjetoMinas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
minasinvest
 
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Edinho Silva
 
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICOSectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Geraldo Aguiar
 
iGovSP - Rede Paulista de Inovação
iGovSP - Rede Paulista de InovaçãoiGovSP - Rede Paulista de Inovação
iGovSP - Rede Paulista de Inovação
inovaDay .
 
Cultura para Inovação
Cultura para InovaçãoCultura para Inovação
Cultura para Inovação
Roberto C. S. Pacheco
 
Sumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta SectesSumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta Sectes
minasinvest
 
Gestao do Conhecimento e Inovacao no Setor Publico
Gestao do Conhecimento e Inovacao no Setor PublicoGestao do Conhecimento e Inovacao no Setor Publico
Gestao do Conhecimento e Inovacao no Setor Publico
igovbrasil
 
Ecossistema de Inovação
Ecossistema de InovaçãoEcossistema de Inovação
2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf
2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf
2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf
DanielSieses
 
Manual Fp7
Manual Fp7Manual Fp7
Manual Fp7
nielsleidecker
 

Semelhante a INOVAÇÃO - A ESTRATÉGIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS (20)

Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09Palestra BáSica 21 07 09
Palestra BáSica 21 07 09
 
Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009Palestra Básica - Agosto de 2009
Palestra Básica - Agosto de 2009
 
Palestra BáSica 06 07 09
Palestra BáSica 06 07 09Palestra BáSica 06 07 09
Palestra BáSica 06 07 09
 
Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009
Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009
Secretário Alberto Portugal - Seminário CVTs - Julho de 2009
 
Ambiente de inovação em minas gerais
Ambiente de inovação em minas geraisAmbiente de inovação em minas gerais
Ambiente de inovação em minas gerais
 
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas GeraisSecretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais
 
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
Palestra Básica. Secretaria De Ciencia, Tecnologia E Ensino Superior De Minas...
 
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa CatarinaEmergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
Emergência dos parques tecnológicos em Santa Catarina
 
Sapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque FlorianópolisSapiens Parque Florianópolis
Sapiens Parque Florianópolis
 
Apresentação ciki
Apresentação cikiApresentação ciki
Apresentação ciki
 
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E ObjetoMinas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
 
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
Balanço Final do Governo Lula - livro 1 (cap. 5)
 
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICOSectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
Sectec - UM OLHAR SISTÊMICO-HOLÍSTICO E HISTÓRICO
 
iGovSP - Rede Paulista de Inovação
iGovSP - Rede Paulista de InovaçãoiGovSP - Rede Paulista de Inovação
iGovSP - Rede Paulista de Inovação
 
Cultura para Inovação
Cultura para InovaçãoCultura para Inovação
Cultura para Inovação
 
Sumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta SectesSumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta Sectes
 
Gestao do Conhecimento e Inovacao no Setor Publico
Gestao do Conhecimento e Inovacao no Setor PublicoGestao do Conhecimento e Inovacao no Setor Publico
Gestao do Conhecimento e Inovacao no Setor Publico
 
Ecossistema de Inovação
Ecossistema de InovaçãoEcossistema de Inovação
Ecossistema de Inovação
 
2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf
2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf
2019-12-03-16-00 IncoDay 2019 - Apresentacao BSRIA 2020 Draft .pdf
 
Manual Fp7
Manual Fp7Manual Fp7
Manual Fp7
 

Mais de Inovatec JF

Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região
Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e RegiãoParque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região
Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região
Inovatec JF
 
Setor Elétrico Brasileiro
Setor Elétrico BrasileiroSetor Elétrico Brasileiro
Setor Elétrico Brasileiro
Inovatec JF
 
Innovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plástico
Innovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plásticoInnovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plástico
Innovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plástico
Inovatec JF
 
Biodiesel Sostenible
Biodiesel  SostenibleBiodiesel  Sostenible
Biodiesel Sostenible
Inovatec JF
 
Rumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução Multimodal
Rumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução MultimodalRumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução Multimodal
Rumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução Multimodal
Inovatec JF
 
Floralp y sus negocios inclusivos 2010
Floralp y sus negocios inclusivos 2010Floralp y sus negocios inclusivos 2010
Floralp y sus negocios inclusivos 2010
Inovatec JF
 
SIMI - Sistema Mineiro de Inovação
SIMI - Sistema Mineiro de InovaçãoSIMI - Sistema Mineiro de Inovação
SIMI - Sistema Mineiro de Inovação
Inovatec JF
 
Estruturas Organizacional e Operacional da OEAA
Estruturas Organizacional e Operacional da OEAAEstruturas Organizacional e Operacional da OEAA
Estruturas Organizacional e Operacional da OEAA
Inovatec JF
 
Sistemas Elétricos
Sistemas ElétricosSistemas Elétricos
Sistemas Elétricos
Inovatec JF
 
Inovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do Leite
Inovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do LeiteInovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do Leite
Inovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do Leite
Inovatec JF
 
Estratégias para Projetos de Inovação
Estratégias para Projetos de InovaçãoEstratégias para Projetos de Inovação
Estratégias para Projetos de Inovação
Inovatec JF
 
BDI Tecnologia em Biodiesel
BDI Tecnologia em BiodieselBDI Tecnologia em Biodiesel
BDI Tecnologia em Biodiesel
Inovatec JF
 
Bio diversidade
Bio diversidadeBio diversidade
Bio diversidade
Inovatec JF
 
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e ResultadosDiagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Inovatec JF
 
Desafios à manutenção da competitividade industrial brasileira
Desafios à manutenção da competitividade industrial brasileiraDesafios à manutenção da competitividade industrial brasileira
Desafios à manutenção da competitividade industrial brasileira
Inovatec JF
 

Mais de Inovatec JF (15)

Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região
Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e RegiãoParque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região
Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região
 
Setor Elétrico Brasileiro
Setor Elétrico BrasileiroSetor Elétrico Brasileiro
Setor Elétrico Brasileiro
 
Innovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plástico
Innovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plásticoInnovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plástico
Innovación e investigación aplicada sostenible a la industria del plástico
 
Biodiesel Sostenible
Biodiesel  SostenibleBiodiesel  Sostenible
Biodiesel Sostenible
 
Rumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução Multimodal
Rumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução MultimodalRumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução Multimodal
Rumo à sustentabilidade na gestão de resíduos: Solução Multimodal
 
Floralp y sus negocios inclusivos 2010
Floralp y sus negocios inclusivos 2010Floralp y sus negocios inclusivos 2010
Floralp y sus negocios inclusivos 2010
 
SIMI - Sistema Mineiro de Inovação
SIMI - Sistema Mineiro de InovaçãoSIMI - Sistema Mineiro de Inovação
SIMI - Sistema Mineiro de Inovação
 
Estruturas Organizacional e Operacional da OEAA
Estruturas Organizacional e Operacional da OEAAEstruturas Organizacional e Operacional da OEAA
Estruturas Organizacional e Operacional da OEAA
 
Sistemas Elétricos
Sistemas ElétricosSistemas Elétricos
Sistemas Elétricos
 
Inovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do Leite
Inovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do LeiteInovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do Leite
Inovação Tecnológica Sustentável no Agronegócio do Leite
 
Estratégias para Projetos de Inovação
Estratégias para Projetos de InovaçãoEstratégias para Projetos de Inovação
Estratégias para Projetos de Inovação
 
BDI Tecnologia em Biodiesel
BDI Tecnologia em BiodieselBDI Tecnologia em Biodiesel
BDI Tecnologia em Biodiesel
 
Bio diversidade
Bio diversidadeBio diversidade
Bio diversidade
 
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e ResultadosDiagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
Diagnóstico Econômico, Propostas para oDesenvolvimento e Resultados
 
Desafios à manutenção da competitividade industrial brasileira
Desafios à manutenção da competitividade industrial brasileiraDesafios à manutenção da competitividade industrial brasileira
Desafios à manutenção da competitividade industrial brasileira
 

Último

Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 

Último (8)

Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 

INOVAÇÃO - A ESTRATÉGIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

  • 1. INOVAÇÃO A ESTRATÉGIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1° Encontro Internacional de Inovação Alberto Duque Portugal Secretário de Estado de Ciência Tecnologia e Ensino Superior 1° Encontro Internacional de Inovação Tecnológica Sustentável
  • 2. Tempos Modernos – Velocidades Velocidade Tecnológica Velocidade de aderência da pessoasVelocidade de aderência da pessoas Velocidade da mudança organizacional
  • 3. Que estratégia podemos adotar para reduzir o impacto destas diferentes Tempos Modernos – Velocidades reduzir o impacto destas diferentes velocidades na sociedade?
  • 4. Nossa Visão A construção de forma colaborativa e emergentecolaborativa e emergente de um “Ambiente” para a inovação no Estado de Minas Gerais.
  • 5. MODELO DE INCLUSÃOMODELO DE INCLUSÃO VELOCIDADEVELOCIDADE ESCALAESCALA CUSTOCUSTO
  • 6. PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS 12 - Fortalecer a capacidade de gestão e articulação para impulsionar o Sistema Estadual de CTI e ES 13 – Acelerar e valorizar o processo e a cultura da inovação 16 - Apoiar o desenvolvimento regional e setorial, por meio dos APLs, Pólos de Excelência e Pólos de Inovação. 17 – Estimular empreendimentos de base tecnológica em áreas estratégicas portadoras de futuro 14 - Aprimorar a interação entre IESs, ICTs e setor produtivo atendendo às demandas do mercado 15 – Apoiar a constituição e a consolidação de Centros de P,D&I 11 – Apoiar os programas e agentes de Tecnologia Industrial Básica (TIB) 21 - Alinhar as ações e indicadores do sistema operacional de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior às diretrizes do PMDI 19 - Preparar MG como Estado líder na economia do conhecimento 20 - Consolidar na sociedade a percepção de CTI e ES como área estratégica 18 - Transformar conhecimento em negócios elevando a produtividade e a competitividade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado PARCEIROSPARCEIROS MINAS GERAIS 3 – Aprimorar a gestão da informação e do conhecimento 2 - Consolidar o modelo de gestão da SECTES 1 - Atuar com foco em competências estratégicas PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO 7 - Desenvolver ações para ampliar a oferta do Ensino Superior com qualidade 9 - Produzir análises prospectivas para induzir ações estratégicas e subsidiar políticas públicas nas áreas de CTI e ES 6 - Ampliar a oferta de Ensino Superior por meio do Ensino à Distância 10 – Estabelecer diretrizes para a política de comunicação da SECTES e para a popularização de CT&I, integrando as entidades que compõem o sistema. 8 - Buscar ordenamento jurídico e regulatório compatível com as características e dinâmicas da área de CTI e ES. 4 - Fortalecer a pesquisa científica tecnológica, os Centros de Excelência e a retenção de talentos 5 – Estimular a criação e o fortalecimento de cursos de base tecnológica e profissionalizante APRENDIZADOAPRENDIZADO PROCESSOSPROCESSOS
  • 7. PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS 12 - Fortalecer a capacidade de gestão e articulação para impulsionar o Sistema Estadual de CTI e ES 13 – Acelerar e valorizar o processo e a cultura da inovação 16 - Apoiar o desenvolvimento regional e setorial, por meio dos APLs, Pólos de Excelência e Pólos de Inovação. 17 – Estimular empreendimentos de base tecnológica em áreas estratégicas portadoras de futuro 14 - Aprimorar a interação entre IESs, ICTs e setor produtivo atendendo às demandas do mercado 15 – Apoiar a constituição e a consolidação de Centros de P,D&I 11 – Apoiar os programas e agentes de Tecnologia Industrial Básica (TIB) 21 - Alinhar as ações e indicadores do sistema operacional de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior às diretrizes do PMDI 19 - Preparar MG como Estado líder na economia do conhecimento 20 - Consolidar na sociedade a percepção de CTI e ES como área estratégica 18 - Transformar conhecimento em negócios elevando a produtividade e a competitividade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado PARCEIROSPARCEIROS MINAS GERAIS 18 - Transformar conhecimento em negócios elevando a produtividade e a competitividade, contribuindo 3 – Aprimorar a gestão da informação e do conhecimento 2 - Consolidar o modelo de gestão da SECTES 1 - Atuar com foco em competências estratégicas PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO 7 - Desenvolver ações para ampliar a oferta do Ensino Superior com qualidade 9 - Produzir análises prospectivas para induzir ações estratégicas e subsidiar políticas públicas nas áreas de CTI e ES 6 - Ampliar a oferta de Ensino Superior por meio do Ensino à Distância 10 – Estabelecer diretrizes para a política de comunicação da SECTES e para a popularização de CT&I, integrando as entidades que compõem o sistema. 8 - Buscar ordenamento jurídico e regulatório compatível com as características e dinâmicas da área de CTI e ES. 4 - Fortalecer a pesquisa científica tecnológica, os Centros de Excelência e a retenção de talentos 5 – Estimular a criação e o fortalecimento de cursos de base tecnológica e profissionalizante APRENDIZADOAPRENDIZADO PROCESSOSPROCESSOS a competitividade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado
  • 8. PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS 12 - Fortalecer a capacidade de gestão e articulação para impulsionar o Sistema Estadual de CTI e ES 13 – Acelerar e valorizar o processo e a cultura da inovação 16 - Apoiar o desenvolvimento regional e setorial, por meio dos APLs, Pólos de Excelência e Pólos de Inovação. 17 – Estimular empreendimentos de base tecnológica em áreas estratégicas portadoras de futuro 14 - Aprimorar a interação entre IESs, ICTs e setor produtivo atendendo às demandas do mercado 15 – Apoiar a constituição e a consolidação de Centros de P,D&I 11 – Apoiar os programas e agentes de Tecnologia Industrial Básica (TIB) 21 - Alinhar as ações e indicadores do sistema operacional de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior às diretrizes do PMDI 19 - Preparar MG como Estado líder na economia do conhecimento 20 - Consolidar na sociedade a percepção de CTI e ES como área estratégica 18 - Transformar conhecimento em negócios elevando a produtividade e a competitividade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado PARCEIROSPARCEIROS MINAS GERAIS 19 - Preparar MG como Estado Líder na economia 3 – Aprimorar a gestão da informação e do conhecimento 2 - Consolidar o modelo de gestão da SECTES 1 - Atuar com foco em competências estratégicas PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO 7 - Desenvolver ações para ampliar a oferta do Ensino Superior com qualidade 9 - Produzir análises prospectivas para induzir ações estratégicas e subsidiar políticas públicas nas áreas de CTI e ES 6 - Ampliar a oferta de Ensino Superior por meio do Ensino à Distância 10 – Estabelecer diretrizes para a política de comunicação da SECTES e para a popularização de CT&I, integrando as entidades que compõem o sistema. 8 - Buscar ordenamento jurídico e regulatório compatível com as características e dinâmicas da área de CTI e ES. 4 - Fortalecer a pesquisa científica tecnológica, os Centros de Excelência e a retenção de talentos 5 – Estimular a criação e o fortalecimento de cursos de base tecnológica e profissionalizante APRENDIZADOAPRENDIZADO PROCESSOSPROCESSOS Estado Líder na economia do Conhecimento
  • 9. PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS 12 - Fortalecer a capacidade de gestão e articulação para impulsionar o Sistema Estadual de CTI e ES 13 – Acelerar e valorizar o processo e a cultura da inovação 16 - Apoiar o desenvolvimento regional e setorial, por meio dos APLs, Pólos de Excelência e Pólos de Inovação. 17 – Estimular empreendimentos de base tecnológica em áreas estratégicas portadoras de futuro 14 - Aprimorar a interação entre IESs, ICTs e setor produtivo atendendo às demandas do mercado 15 – Apoiar a constituição e a consolidação de Centros de P,D&I 11 – Apoiar os programas e agentes de Tecnologia Industrial Básica (TIB) 21 - Alinhar as ações e indicadores do sistema operacional de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior às diretrizes do PMDI 19 - Preparar MG como Estado líder na economia do conhecimento 20 - Consolidar na sociedade a percepção de CTI e ES como área estratégica 18 - Transformar conhecimento em negócios elevando a produtividade e a competitividade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado PARCEIROSPARCEIROS MINAS GERAIS 20 - Consolidar na sociedade a percepção de 3 – Aprimorar a gestão da informação e do conhecimento 2 - Consolidar o modelo de gestão da SECTES 1 - Atuar com foco em competências estratégicas PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO 7 - Desenvolver ações para ampliar a oferta do Ensino Superior com qualidade 9 - Produzir análises prospectivas para induzir ações estratégicas e subsidiar políticas públicas nas áreas de CTI e ES 6 - Ampliar a oferta de Ensino Superior por meio do Ensino à Distância 10 – Estabelecer diretrizes para a política de comunicação da SECTES e para a popularização de CT&I, integrando as entidades que compõem o sistema. 8 - Buscar ordenamento jurídico e regulatório compatível com as características e dinâmicas da área de CTI e ES. 4 - Fortalecer a pesquisa científica tecnológica, os Centros de Excelência e a retenção de talentos 5 – Estimular a criação e o fortalecimento de cursos de base tecnológica e profissionalizante APRENDIZADOAPRENDIZADO PROCESSOSPROCESSOS sociedade a percepção de C,T,I e ES como área estratégica
  • 10. PROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIORPROMOVER A CIÊNCIA, A TECNOLOGIA, A INOVAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAISPARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM MINAS GERAIS 12 - Fortalecer a capacidade de gestão e articulação para impulsionar o Sistema Estadual de CTI e ES 13 – Acelerar e valorizar o processo e a cultura da inovação 16 - Apoiar o desenvolvimento regional e setorial, por meio dos APLs, Pólos de Excelência e Pólos de Inovação. 17 – Estimular empreendimentos de base tecnológica em áreas estratégicas portadoras de futuro 14 - Aprimorar a interação entre IESs, ICTs e setor produtivo atendendo às demandas do mercado 15 – Apoiar a constituição e a consolidação de Centros de P,D&I 11 – Apoiar os programas e agentes de Tecnologia Industrial Básica (TIB) 21 - Alinhar as ações e indicadores do sistema operacional de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior às diretrizes do PMDI 19 - Preparar MG como Estado líder na economia do conhecimento 20 - Consolidar na sociedade a percepção de CTI e ES como área estratégica 18 - Transformar conhecimento em negócios elevando a produtividade e a competitividade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado PARCEIROSPARCEIROS MINAS GERAIS 21 - Alinhar as ações e indicadores do sistema operacional de Ciência, 3 – Aprimorar a gestão da informação e do conhecimento 2 - Consolidar o modelo de gestão da SECTES 1 - Atuar com foco em competências estratégicas PESSOASPESSOAS ORGANIZAÇÃOORGANIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃOSISTEMAS DE INFORMAÇÃO 7 - Desenvolver ações para ampliar a oferta do Ensino Superior com qualidade 9 - Produzir análises prospectivas para induzir ações estratégicas e subsidiar políticas públicas nas áreas de CTI e ES 6 - Ampliar a oferta de Ensino Superior por meio do Ensino à Distância 10 – Estabelecer diretrizes para a política de comunicação da SECTES e para a popularização de CT&I, integrando as entidades que compõem o sistema. 8 - Buscar ordenamento jurídico e regulatório compatível com as características e dinâmicas da área de CTI e ES. 4 - Fortalecer a pesquisa científica tecnológica, os Centros de Excelência e a retenção de talentos 5 – Estimular a criação e o fortalecimento de cursos de base tecnológica e profissionalizante APRENDIZADOAPRENDIZADO PROCESSOSPROCESSOS Tecnologia e Ensino Superior às diretrizes do PMDI
  • 11. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES www.simi.org.br Sistema Mineiro de Inovação - SIMI COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC PARCERIASPARCERIAS INTERNACIONAISINTERNACIONAIS
  • 12. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 Sistema Mineiro de Inovação - SIMI Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: Parques TecnológicosParques Tecnológicos Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas Inovação naInovação na Empresa:Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design -- Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na empresaempresa COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) INOVATECINOVATEC
  • 13. Implantação de Parques TecnológicosImplantação de Parques Tecnológicos
  • 14. Parque Tecnológico de Belo Horizonte Investimentos até 2010 Total: R$ 31 milhões Governo de Minas: 24,6 milhões Entrega: novembro/10 Área: 185.000 m2
  • 15. Localização das Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica em Minas Gerais Consolidação e ampliação da capacidade das IncubadorasConsolidação e ampliação da capacidade das Incubadoras 19 Incubadoras Apoiadas
  • 16. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES www.simi.org.br Sistema Mineiro de Inovação - SIMI COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC PARCERIASPARCERIAS INTERNACIONAISINTERNACIONAIS Inovação na Empresa:Inovação na Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa ** VentureVenture Capital eCapital e PrivatePrivate EquityEquity
  • 17. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 Sistema Mineiro de Inovação - SIMI Inovação na Empresa:Inovação na Empresa: PII NIT TIBPII NIT TIB Plataforma SIMIPlataforma SIMI Centro Minas DesignCentro Minas Design COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC Editais Induzidos:Editais Induzidos: PAPPEPAPPE Mestres e Doutores na empresaMestres e Doutores na empresa Venture Capital e Private EquityVenture Capital e Private Equity
  • 18. Alguns destaques Tempos Modernos – Velocidades Alguns destaques
  • 19. Programa de Incentivo a Inovação - PII
  • 20. Empresas já Mapeadas Atração de Centros de P&D Estudo e definição de uma política de atração de centros de P&D Comitê de Alinhamento e Atração de Empreendimentos
  • 21.
  • 22. Empreendedorismo na Pós-Graduação Intervenções educacionais em todas as universidades para que a pesquisa possa ser percebida como uma oportunidade de INSTIGANTE uma oportunidade de negócio.
  • 24. Portal Simi – www.simi.org.br
  • 25. Números do Portal 106 Ofertas e demandas de tecnologia 1820 Pesquisadores, empresários e agentes cadastrados. 244 Instituiçoes participando do portal 60 Editais e programas de financiamento 800 1000 1200 1400 1600 1800 2000 Crescimento do número de usuários cadastrados no Portal SIMI Números do Portal 60 Editais e programas de financiamento 1258 Itens na biblioteca 90 Comunidades temáticas 95 Eventos sobre inovação 0 200 400 600 800 Mar 2008 Mar 2010 Crescimento de usuários em 2009 = 349%. 90 comunidades temáticas.
  • 26. Encontros de inovação em 2009 TIPOS DE ENCONTRO Solução e Analise de Problemas VitrineTecnológica Empresa Ancora
  • 27. Encontros de inovação Tecnologia Industrial basica Leite e derivados Vestuário e Calçados Automotivo Fiat derivados
  • 28. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES www.simi.org.br Sistema Mineiro de Inovação - SIMI COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC PARCERIASPARCERIAS INTERNACIONAISINTERNACIONAIS Inovação na Empresa:Inovação na Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa ** VentureVenture Capital eCapital e PrivatePrivate EquityEquity Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade: -- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens Empreendedores, Curso de Empreendedorismo -- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados - C5: Centros de Competência em comunidades de Cooperação e Conhecimento
  • 29. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 Sistema Mineiro de Inovação - SIMI Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade: Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens Empreendedores, Curso de Empreendedorismo Inovação naInovação na Empresa:Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design -- Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na empresaempresa COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC Empreendedores, Curso de Empreendedorismo TEIATEIA:: Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados www.teia.mg.gov.br C5C5: Centros de Competência em Comunidades de Cooperação e Conhecimento
  • 30. TEIA • INÍCIO DO PROJETO : Novembro de 2008 • AGENTES TREINADOS: Aprox. 10.000 agentes• AGENTES TREINADOS: Aprox. 10.000 agentes
  • 32. Rede de FormaçãoRede de Formação Profissional:Profissional: - CVTs e Telecentros - Instituições de Ensino FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES www.simi.org.br Sistema Mineiro de Inovação - SIMI COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC PARCERIASPARCERIAS INTERNACIONAISINTERNACIONAIS Inovação na Empresa:Inovação na Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa ** VentureVenture Capital eCapital e PrivatePrivate EquityEquity Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade: -- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens Empreendedores, Curso de Empreendedorismo -- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados - C5: Centros de Competência em comunidades de Cooperação e Conhecimento
  • 33. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 Sistema Mineiro de Inovação - SIMI Rede de Formação Profissional:Rede de Formação Profissional: Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade: -- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens Empreendedores, Curso de Empreendedorismo -- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados - C5: Centros de Competência em comunidades de Cooperação e Conhecimento Inovação na Empresa:Inovação na Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na empresaempresa COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC CVTs e Telecentros Instituições de Ensino
  • 34. TOTALTOTAL CVT e NAECVT e NAE TelecentrosTelecentros 33 FASESFASES 8484 487487 CVTs e Telecentros Municípios com CVTs e NAEs Municípios com Telecentros Municípios com CVTs e Telecentros
  • 35. DesenvolvimentoDesenvolvimento Regional e Setorial:Regional e Setorial: -- APLsAPLs -- Pólos de ExcelênciaPólos de Excelência -- Pólos de InovaçãoPólos de Inovação Rede de FormaçãoRede de Formação Profissional:Profissional: - CVTs e Telecentros - Instituições de Ensino FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 OBSERVATÓRIO de C,T,I & ESOBSERVATÓRIO de C,T,I & ES www.simi.org.br Sistema Mineiro de Inovação - SIMI COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros deAtração de Centros de P&DP&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC PARCERIASPARCERIAS INTERNACIONAISINTERNACIONAIS Inovação na Empresa:Inovação na Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na empresa* Mestres e Doutores na empresa * Venture Capital e Private* Venture Capital e Private EquityEquity Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade: -- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens Empreendedores, Curso de Empreendedorismo -- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados - C5: Centros de Competência em comunidades de Cooperação e Conhecimento
  • 36. FÓRUMFÓRUM –– PORTAL Web 2.0PORTAL Web 2.0 Sistema Mineiro de Inovação - SIMI DesenvolvimentoDesenvolvimento Regional e Setorial:Regional e Setorial: APLsAPLs Inovação na Sociedade:Inovação na Sociedade: -- Cultura EmpreendedoraCultura Empreendedora: NAEs – Núcleo de Apoio ao empreendedor, Projeto Jovens Empreendedores, Curso de Empreendedorismo -- TEIA:TEIA: Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados - C5: Centros de Competência em comunidades de Cooperação e Conhecimento Inovação naInovação na Empresa:Empresa: -- PIIPII -- NITNIT -- TIBTIB -- Plataforma SIMIPlataforma SIMI -- Centro Minas DesignCentro Minas Design -- Editais Induzidos:Editais Induzidos: * PAPPE* PAPPE * Mestres e Doutores na* Mestres e Doutores na empresaempresa COMITÊ DECOMITÊ DE EMPRESÁRIOSEMPRESÁRIOS PROGRAMA DEPROGRAMA DE COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO Ambiente de Inovação:Ambiente de Inovação: -- Parques TecnológicosParques Tecnológicos -- Incubadoras de EmpresasIncubadoras de Empresas -- Atração de Centros de P&DAtração de Centros de P&D -- Parque Industrial TecnológicoParque Industrial Tecnológico -- Lei da Inovação (FIIT)Lei da Inovação (FIIT) -- INOVATECINOVATEC APLsAPLs Pólos de ExcelênciaPólos de Excelência Pólos de InovaçãoPólos de Inovação
  • 37. Programa APLs SOFTWARESOFTWARE BIOCOMBUSTÍVEISBIOCOMBUSTÍVEIS UNIFEI UFMG UNIUBE UFU UFV UNIMONTES MCT / ABDI APEX / MDIC FUNSOFT SINDINFOR SUCESU ASSESPRO UFMG PUC MINAS UFV PBH EMBRAPA EPAMIG CEMIG IEL – FIEMG PETROBRAS SEBRAE MCT ABDI APEX MDIC BIOTECNOLOGIABIOTECNOLOGIA ELETROELETRO--ELETRÔNICOSELETRÔNICOS E TELECOMUNICAÇÕESE TELECOMUNICAÇÕES PBH IEL – FIEMG SEBRAE SINDVEL INATEL ETE CETEC FAI IEL – FIEMG SEBRAE SINDUSFARC FUNED BIOMINAS UFMG UFU PUC MINAS RENE RACHOU IEL – FIEMG SEBRAE APEX ABDI MCT MDIC MCT / ABDI APEX / MDIC
  • 38. GENÉTICA BOVINAGENÉTICA BOVINA LEITELEITE FLORESTASFLORESTAS GESTÃOGESTÃO AMBIENTALAMBIENTAL Programa Pólos de Excelência RECURSOS HÍDRICOSRECURSOS HÍDRICOS UFV UFLA UFVJM FAEMG SEBRAE SIF AMS INTERSIND EMBRAPA ANA IGAM UFMG UFV UFU UFOP CEMIG HIDROEX COPASA ABCZ ASBIA EMBRAPA FASU FETAEMG FAEMG IMA SEBRAE UFLA UFTM UNIUBE UFMG UFV UFU INHOTIM UFMG PUC MINAS UFOP CAFÉCAFÉ EMBRAPA EMATER EPAMIG FAEMG SEBRAE UFJF CEFET UFLA UFV PATRIMONIAL SILEMG ITAMBÉ FETAEMG IEL-FIEMG ABICSABICS CICCIC CNCCNC EMBRAPAEMBRAPA EMATEREMATER COPASA EMBRAPA EPAMIGEPAMIG FAEMGFAEMG EAFMEAFM PRÓPRÓ--CAFÉCAFÉ SEBRAESEBRAE UFLAUFLA SINDCAFÉSINDCAFÉ ELETROELETRO--ELETRÔNICOSELETRÔNICOS E TELECOMUNICAÇÕESE TELECOMUNICAÇÕES SINDVEL INATEL ETE CETEC FAI IEL – FIEMG SEBRAE MINERALMINERAL METALÚRGICOMETALÚRGICO UFOP UFMG UFSJ PUC CETEC FIEMG APEX ABDI MCT MDIC
  • 39. Programa Pólos de Inovação Janaúba Salinas Almenara Araçuaí Teófilo Otoni Montes ClarosPirapora Januária Diamantina Corinto Otoni
  • 40. Programa Pólos de Excelência, de Inovação e APLs RECURSOS HÍDRICOSRECURSOS HÍDRICOS GENÉTICA BOVINAGENÉTICA BOVINA FLORESTASFLORESTAS GESTÃOGESTÃO AMBIENTALAMBIENTALSOFTWARESOFTWARE BIOCOMBUSTÍVEISBIOCOMBUSTÍVEIS BIOTECNOLOGIABIOTECNOLOGIA Janaúba Salinas Almenara Araçuaí Teófilo Otoni Montes ClarosPirapora Januária LEITELEITE MINERALMINERAL METALÚRGICOMETALÚRGICO CAFÉCAFÉ Diamantina Corinto Otoni ELETROELETRO--ELETRÔNICOSELETRÔNICOS E TELECOMUNICAÇÕESE TELECOMUNICAÇÕES