SlideShare uma empresa Scribd logo
ASPECTOS SOCIOEMOCIONAIS NA EDUCAÇÃO
ALINHADOS ÀS 10 COMPETÊNCIAS GERAIS DA
BNCC
Editora Espiral
COMPETÊNCIAS GERAIS DA BNCC
São capacidades individuais que se
manifestam nos modos de pensar, sentir
e nos comportamentos ou atitudes para
se relacionar consigo mesmo e com os
outros, estabelecer objetivos, tomar
decisões e enfrentar situações adversas
ou novas. Representam o conceito de
“inteligência emocional”, que é a
capacidade de compreender os
sentimentos com facilidade, tanto os
próprios quanto os alheios.
COMPETÊNCIAS
SOCIOEMOCIONAIS
Matriz de cinco
macrocompetências, desdobradas
em 17 competências
socioemocionais, fundamentais
para a educação integral e o
desenvolvimento pleno de crianças,
jovens e educadores. São elas:
abertura ao novo, amabilidade,
autogestão, resiliência emocional e
engajamento com os outros.
QUAL A IMPORTÂNCIA DE INCLUIR AS
COMPETÊNCIAS NA BNCC
Essas habilidades, que focam em aptidões não cognitivas ganharam
reconhecimento nos últimos anos devido à percepção de que, quando
os alunos aprendem a administrar as próprias emoções, é possível
notar um impacto positivo na maneira como absorvem o conteúdo. E
isso pode influenciar a vida como um todo. É preciso ensinar a esses
estudantes a selecionarem informações processá-las com senso crítico,
tomar decisões, resolver problemas de maneira criativa, lidar com as
emoções e trabalhar um equipe harmoniosamente.
O QUE É AUTOGESTÃO?
Capacidade de ser organizado, esforçado, ter objetivos claros e saber
como alcançá-los de maneira ética. Relaciona-se à habilidade de fazer
escolhas na vida profissional, pessoal ou social, estimulando a
liberdade e a autonomia. Quem é capaz de exercer mais a autogestão
apresenta comportamentos como priorização, persistência, resiliência,
é alguém mais disciplinado, eficiente e orientado para suas metas.
QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À
AUTOGESTÃO?
Foco Capacidade de se concentrar na atividade que se deseja realizar e evitar distrações,
mesmo em tarefas repetitivas.
Responsabilidade É agir de forma confiável ao ponto de passar uma segurança de que os objetivos,
metas e compromissos serão cumpridos.
Organização Está relacionada a organizar o tempo e as atividades, bem como planejar etapas
necessárias para se atingir uma meta e gerenciar compromissos futuros.
Determinação Trata-se da capacidade de estabelecer metas e dedicar-se e para alcançá-las
(esforço intencional). É a energia e vontade para manter os esforços em prol de um
resultado.
Persistência Capacidade de superar obstáculos para completar tarefas e concluir combinados, ao
invés de procrastinar ou desistir quando as situações ficam difíceis ou
desconfortáveis.
O QUE É ENGAJAMENTO COM OS OUTROS?
Diz respeito à motivação e estímulo à abertura (interesse) para
conhecer, dialogar, ser mais afirmativo e assumir a liderança quando
necessário, e ainda, para interações sociais e ao direcionamento de
interesse e energia ao mundo externo, pessoas e coisas. Para que essa
relação ocorra é preciso tanto uma parte de acolhimento em relação
ao outro e também uma confiança em se mostrar de forma autêntica,
por meio da construção de diálogos saudáveis.
QUAIS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À
ENGAJAMENTO COM OS OUTROS?
Iniciativa social Intenção e a ação de se aproximar dos outros, por isso envolve iniciar, manter e
gostar do contato social. Para além da socialização, essa competência pode ajudar o
estudante a ampliar seus recursos para lidar com as mais diferentes situações. Um
exemplo disso é o estudante escolher um curso superior e tomar a iniciativa de
conversar com um profissional da área.
Assertividade Conseguir se expressar de forma clara, contemplando aquilo que se tem a intenção
de dizer, é expressar e se fazer compreender nas próprias ideias.
Entusiasmo Energia com que nos envolvemos com os outros e com a vida - de forma alegre,
positiva e leve. Na maioria das vezes o nosso entusiasmo influencia a relação do
grupo, tanto de forma positiva como negativa. Porém, isso não significa que nas
interações somos os responsáveis pelos estados que os outros vão sentir.
O QUE É AMABILIDADE?
Indica o grau com que uma pessoa é capaz de agir baseada
em princípios e sentimentos de compaixão, justiça,
acolhimento; o quanto consegue conectar-se com os
sentimentos das pessoas e se colocar no lugar do outro.
Refere-se à tendência a agir de modo cooperativo e não
egoísta, preocupando-se em ajudar os demais e ser solidário.
O indivíduo amável apresenta preocupação com a harmonia
social e valoriza a boa relação com os outros.
QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS
À AMABILIDADE?
Respeito
• Consiste em tratar as
pessoas com bondade,
consideração,
lealdade, tolerância e
justiça, da mesma
forma como
gostaríamos de ser
tratados.
Empatia
• Significa colocar-se no
lugar do outro, de
forma a compreendê-lo
e preocupar-se com
suas necessidades e
sentimentos,
oferecendo-lhe apoio.
Confiança
• Consiste em ter
expectativas positivas
sobre as pessoas e
acreditar que elas têm
boas intenções em suas
ações, assumindo o
melhor sobre elas.
O QUE É RESILIÊNCIA EMOCIONAL?
Está relacionada à capacidade de alguém lidar com as
próprias emoções, demonstrando equilíbrio e controle sobre
suas reações emocionais, como por exemplo raiva,
insegurança e ansiedade. Indivíduos que desenvolvem
resiliência emocional conseguem lidar com situações
adversas com tranquilidade e positividade. Já aquelas com
níveis mais baixos tendem a ser emocionalmente mais
instáveis, afetando-se facilmente pelas situações cotidianas.
Autoconfiança Refere-se a acreditar em si mesmo e seguir adiante, mesmo quando as coisas
parecem difíceis ou não indo tão bem. Quando nos valorizamos e nos sentimos
realizados, somos capazes de pensar de forma mais realista frente aos nossos
desafios.
Tolerância ao
estresse
Administrar sentimentos desagradáveis e encontrar formas de lidar com eles
de maneira construtiva. Estresse e ansiedade, por exemplo, fazem parte da vida
e, muitas vezes, não podemos evitá-los. O que podemos fazer é aprender meios
mais saudáveis de enfrentar adversidades. Ao agir dessa forma, diminuímos a
preocupação excessiva e nos tornamos mais capazes de resolver nossos
problemas.
Tolerância à
frustação
Está ligada à capacidade de desenvolver estratégias eficazes para regular a
raiva ou a irritação e manter a tranquilidade, o equilíbrio e a serenidade diante
das situações que podem trazer frustrações. Ao dar as devidas proporções
emocionais às dificuldades a nossa frente, somos capazes de usar essas
emoções de maneira a potencializar a descoberta de soluções mais eficazes ao
que nos traz frustração.
QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À
RESILIÊNCIA EMOCIONAL?
O QUE É A ABERTURA AO NOVO?
É a tendência a ser aberto a novas experiências estéticas,
culturais e intelectuais. O indivíduo aberto ao novo tem
atitude investigativa, é curioso sobre o mundo, flexível,
receptivo a novas ideias, busca entender o funcionamento
das coisas em profundidade, pensa de formas diferentes e
desenvolve ideias criativas e não convencionais. Pessoas
com alta abertura ao novo são mais hábeis em inovar e ter
novas percepções sobre o mundo, aprender com erros e
mostrar empolgação em criar.
QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À
ABERTURA AO NOVO?
Curiosidade para
aprender
• É a paixão pela
aprendizagem e
exploração intelectual,
relacionada também à
investigação, à pesquisa,
ao pensamento crítico e à
resolução de problemas.
Imaginação criativa
• É o “pensar fora da
caixa”, gerar ideias novas
e interessantes, criando
formas de fazer e pensar
sobre as coisas por meio
da tentativa e erro,
fazendo ajustes quando
necessário, aprendendo
com as falhas,
combinando
conhecimentos e ideias.
Interesse criatvo
• Diz sobre valorizar e
apreciar manifestações
artísticas e desenvolver
sensibilidade para ver
beleza em suas diversas
formas e linguagens.
Favorece o
desenvolvimento de
formas de expressar
ideias, pensamentos e
emoções.
Competências socioemocionais na prática
• Ir à Escola após um dia de trabalho, realizar as atividades, organizar os
materiais, fazer um horário de estudos, entregar um trabalho no
prazo. (competência de autogestão);
• Aproveitar corretamente o ambiente escolar, (competência de
engajamento com os outros);
• Respeitar os professores e colegas (competência de amabilidade);
• Perseverar nos estudos, resolução de conflitos (competência de
resiliência emocional);
• Buscar aprender coisas novas e de formas diferentes (competência de
abertura ao novo);
Obrigada!
Camila Gueiros
Psicóloga Clinica e Escolar
CRP 02/18734
camilagueiros@hotmail.com
(81) 99824.1163

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Formação_Pedagógica-_Editora_Espiral[1].pptx

Projeto cei 1 abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Projeto cei 1   abordagem à problemas de comportamento na educação infantilProjeto cei 1   abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Projeto cei 1 abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Anaí Peña
 
Autoestima no exercício do magistério
Autoestima no exercício do magistérioAutoestima no exercício do magistério
Autoestima no exercício do magistério
Resgate da Autoestima com CRISTINA VASCONCELOS
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
Donizete Medeiros
 
Inteligencia Emocional
Inteligencia EmocionalInteligencia Emocional
Inteligencia Emocional
Donizete Medeiros
 
Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9
Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9
Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9
ANA GRALHEIRO
 
Mbm qualidade no-atendimento
Mbm qualidade no-atendimentoMbm qualidade no-atendimento
Mbm qualidade no-atendimento
ajspires79
 
cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdf
MarceloInacio18
 
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdfEBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
Susana Monteiro
 
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docxcartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
AuriceliaRosa
 
TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...
TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...
TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...
JOSEAUGUSTOBRITTO1
 
VALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptx
VALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptxVALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptx
VALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptx
LiviaRosaneSilvaSant
 
Inteligência+emocional
Inteligência+emocionalInteligência+emocional
Inteligência+emocional
Clovis Gonçalves
 
Parte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do LíderParte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do Líder
Wandick Rocha de Aquino
 
nicolas quebra galho
nicolas quebra galhonicolas quebra galho
nicolas quebra galho
nikiin
 
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
Thayane Victoriano
 
Limites com Carinho
Limites com CarinhoLimites com Carinho
Limites com Carinho
Alexandre Rivero
 
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.pptCOMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
GernciadeSupervisoEd
 
Inteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxInteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptx
Elidaine
 
Desenv habilidades SE.pptx
Desenv habilidades SE.pptxDesenv habilidades SE.pptx
Desenv habilidades SE.pptx
PauloRobertoSehnem1
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia Organizacional
Dharana Ventura
 

Semelhante a Formação_Pedagógica-_Editora_Espiral[1].pptx (20)

Projeto cei 1 abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Projeto cei 1   abordagem à problemas de comportamento na educação infantilProjeto cei 1   abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
Projeto cei 1 abordagem à problemas de comportamento na educação infantil
 
Autoestima no exercício do magistério
Autoestima no exercício do magistérioAutoestima no exercício do magistério
Autoestima no exercício do magistério
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
 
Inteligencia Emocional
Inteligencia EmocionalInteligencia Emocional
Inteligencia Emocional
 
Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9
Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9
Psicodinmica na-sala-de-aula-1224409838974827-9
 
Mbm qualidade no-atendimento
Mbm qualidade no-atendimentoMbm qualidade no-atendimento
Mbm qualidade no-atendimento
 
cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdf
 
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdfEBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
 
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docxcartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
 
TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...
TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...
TÉC EM SECRETARIADO TARDE ÉTICA E RELAÇÕES INTERP 26 04 2022 AS RELAÇ INTERPE...
 
VALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptx
VALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptxVALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptx
VALORES IMPORTANTES PARA UMA EQUIPE DE TRABALHO.pptx
 
Inteligência+emocional
Inteligência+emocionalInteligência+emocional
Inteligência+emocional
 
Parte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do LíderParte 1 - Habilidades do Líder
Parte 1 - Habilidades do Líder
 
nicolas quebra galho
nicolas quebra galhonicolas quebra galho
nicolas quebra galho
 
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
2020 07 -_arley_perfis_comportamentais
 
Limites com Carinho
Limites com CarinhoLimites com Carinho
Limites com Carinho
 
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.pptCOMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
COMPETENCIAS EMOCIONAIS - VERNY.ppt
 
Inteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptxInteligência Emocional (2).pptx
Inteligência Emocional (2).pptx
 
Desenv habilidades SE.pptx
Desenv habilidades SE.pptxDesenv habilidades SE.pptx
Desenv habilidades SE.pptx
 
Psicologia Organizacional
Psicologia OrganizacionalPsicologia Organizacional
Psicologia Organizacional
 

Último

Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 

Formação_Pedagógica-_Editora_Espiral[1].pptx

  • 1. ASPECTOS SOCIOEMOCIONAIS NA EDUCAÇÃO ALINHADOS ÀS 10 COMPETÊNCIAS GERAIS DA BNCC Editora Espiral
  • 3. São capacidades individuais que se manifestam nos modos de pensar, sentir e nos comportamentos ou atitudes para se relacionar consigo mesmo e com os outros, estabelecer objetivos, tomar decisões e enfrentar situações adversas ou novas. Representam o conceito de “inteligência emocional”, que é a capacidade de compreender os sentimentos com facilidade, tanto os próprios quanto os alheios. COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS
  • 4. Matriz de cinco macrocompetências, desdobradas em 17 competências socioemocionais, fundamentais para a educação integral e o desenvolvimento pleno de crianças, jovens e educadores. São elas: abertura ao novo, amabilidade, autogestão, resiliência emocional e engajamento com os outros.
  • 5. QUAL A IMPORTÂNCIA DE INCLUIR AS COMPETÊNCIAS NA BNCC Essas habilidades, que focam em aptidões não cognitivas ganharam reconhecimento nos últimos anos devido à percepção de que, quando os alunos aprendem a administrar as próprias emoções, é possível notar um impacto positivo na maneira como absorvem o conteúdo. E isso pode influenciar a vida como um todo. É preciso ensinar a esses estudantes a selecionarem informações processá-las com senso crítico, tomar decisões, resolver problemas de maneira criativa, lidar com as emoções e trabalhar um equipe harmoniosamente.
  • 6. O QUE É AUTOGESTÃO? Capacidade de ser organizado, esforçado, ter objetivos claros e saber como alcançá-los de maneira ética. Relaciona-se à habilidade de fazer escolhas na vida profissional, pessoal ou social, estimulando a liberdade e a autonomia. Quem é capaz de exercer mais a autogestão apresenta comportamentos como priorização, persistência, resiliência, é alguém mais disciplinado, eficiente e orientado para suas metas.
  • 7. QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À AUTOGESTÃO? Foco Capacidade de se concentrar na atividade que se deseja realizar e evitar distrações, mesmo em tarefas repetitivas. Responsabilidade É agir de forma confiável ao ponto de passar uma segurança de que os objetivos, metas e compromissos serão cumpridos. Organização Está relacionada a organizar o tempo e as atividades, bem como planejar etapas necessárias para se atingir uma meta e gerenciar compromissos futuros. Determinação Trata-se da capacidade de estabelecer metas e dedicar-se e para alcançá-las (esforço intencional). É a energia e vontade para manter os esforços em prol de um resultado. Persistência Capacidade de superar obstáculos para completar tarefas e concluir combinados, ao invés de procrastinar ou desistir quando as situações ficam difíceis ou desconfortáveis.
  • 8. O QUE É ENGAJAMENTO COM OS OUTROS? Diz respeito à motivação e estímulo à abertura (interesse) para conhecer, dialogar, ser mais afirmativo e assumir a liderança quando necessário, e ainda, para interações sociais e ao direcionamento de interesse e energia ao mundo externo, pessoas e coisas. Para que essa relação ocorra é preciso tanto uma parte de acolhimento em relação ao outro e também uma confiança em se mostrar de forma autêntica, por meio da construção de diálogos saudáveis.
  • 9. QUAIS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À ENGAJAMENTO COM OS OUTROS? Iniciativa social Intenção e a ação de se aproximar dos outros, por isso envolve iniciar, manter e gostar do contato social. Para além da socialização, essa competência pode ajudar o estudante a ampliar seus recursos para lidar com as mais diferentes situações. Um exemplo disso é o estudante escolher um curso superior e tomar a iniciativa de conversar com um profissional da área. Assertividade Conseguir se expressar de forma clara, contemplando aquilo que se tem a intenção de dizer, é expressar e se fazer compreender nas próprias ideias. Entusiasmo Energia com que nos envolvemos com os outros e com a vida - de forma alegre, positiva e leve. Na maioria das vezes o nosso entusiasmo influencia a relação do grupo, tanto de forma positiva como negativa. Porém, isso não significa que nas interações somos os responsáveis pelos estados que os outros vão sentir.
  • 10. O QUE É AMABILIDADE? Indica o grau com que uma pessoa é capaz de agir baseada em princípios e sentimentos de compaixão, justiça, acolhimento; o quanto consegue conectar-se com os sentimentos das pessoas e se colocar no lugar do outro. Refere-se à tendência a agir de modo cooperativo e não egoísta, preocupando-se em ajudar os demais e ser solidário. O indivíduo amável apresenta preocupação com a harmonia social e valoriza a boa relação com os outros.
  • 11. QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À AMABILIDADE? Respeito • Consiste em tratar as pessoas com bondade, consideração, lealdade, tolerância e justiça, da mesma forma como gostaríamos de ser tratados. Empatia • Significa colocar-se no lugar do outro, de forma a compreendê-lo e preocupar-se com suas necessidades e sentimentos, oferecendo-lhe apoio. Confiança • Consiste em ter expectativas positivas sobre as pessoas e acreditar que elas têm boas intenções em suas ações, assumindo o melhor sobre elas.
  • 12. O QUE É RESILIÊNCIA EMOCIONAL? Está relacionada à capacidade de alguém lidar com as próprias emoções, demonstrando equilíbrio e controle sobre suas reações emocionais, como por exemplo raiva, insegurança e ansiedade. Indivíduos que desenvolvem resiliência emocional conseguem lidar com situações adversas com tranquilidade e positividade. Já aquelas com níveis mais baixos tendem a ser emocionalmente mais instáveis, afetando-se facilmente pelas situações cotidianas.
  • 13. Autoconfiança Refere-se a acreditar em si mesmo e seguir adiante, mesmo quando as coisas parecem difíceis ou não indo tão bem. Quando nos valorizamos e nos sentimos realizados, somos capazes de pensar de forma mais realista frente aos nossos desafios. Tolerância ao estresse Administrar sentimentos desagradáveis e encontrar formas de lidar com eles de maneira construtiva. Estresse e ansiedade, por exemplo, fazem parte da vida e, muitas vezes, não podemos evitá-los. O que podemos fazer é aprender meios mais saudáveis de enfrentar adversidades. Ao agir dessa forma, diminuímos a preocupação excessiva e nos tornamos mais capazes de resolver nossos problemas. Tolerância à frustação Está ligada à capacidade de desenvolver estratégias eficazes para regular a raiva ou a irritação e manter a tranquilidade, o equilíbrio e a serenidade diante das situações que podem trazer frustrações. Ao dar as devidas proporções emocionais às dificuldades a nossa frente, somos capazes de usar essas emoções de maneira a potencializar a descoberta de soluções mais eficazes ao que nos traz frustração. QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À RESILIÊNCIA EMOCIONAL?
  • 14. O QUE É A ABERTURA AO NOVO? É a tendência a ser aberto a novas experiências estéticas, culturais e intelectuais. O indivíduo aberto ao novo tem atitude investigativa, é curioso sobre o mundo, flexível, receptivo a novas ideias, busca entender o funcionamento das coisas em profundidade, pensa de formas diferentes e desenvolve ideias criativas e não convencionais. Pessoas com alta abertura ao novo são mais hábeis em inovar e ter novas percepções sobre o mundo, aprender com erros e mostrar empolgação em criar.
  • 15. QUAIS SÃO AS COMPETÊNCIAS RELACIONADAS À ABERTURA AO NOVO? Curiosidade para aprender • É a paixão pela aprendizagem e exploração intelectual, relacionada também à investigação, à pesquisa, ao pensamento crítico e à resolução de problemas. Imaginação criativa • É o “pensar fora da caixa”, gerar ideias novas e interessantes, criando formas de fazer e pensar sobre as coisas por meio da tentativa e erro, fazendo ajustes quando necessário, aprendendo com as falhas, combinando conhecimentos e ideias. Interesse criatvo • Diz sobre valorizar e apreciar manifestações artísticas e desenvolver sensibilidade para ver beleza em suas diversas formas e linguagens. Favorece o desenvolvimento de formas de expressar ideias, pensamentos e emoções.
  • 16. Competências socioemocionais na prática • Ir à Escola após um dia de trabalho, realizar as atividades, organizar os materiais, fazer um horário de estudos, entregar um trabalho no prazo. (competência de autogestão); • Aproveitar corretamente o ambiente escolar, (competência de engajamento com os outros); • Respeitar os professores e colegas (competência de amabilidade); • Perseverar nos estudos, resolução de conflitos (competência de resiliência emocional); • Buscar aprender coisas novas e de formas diferentes (competência de abertura ao novo);
  • 17. Obrigada! Camila Gueiros Psicóloga Clinica e Escolar CRP 02/18734 camilagueiros@hotmail.com (81) 99824.1163