SlideShare uma empresa Scribd logo
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
Editor-chefe
Capa
Diagramação
Revisão dos textos
Raphael Rocha
Ana Hyarlla Pereira da Silva
Raquel Alves
Raquel Alves
+55 48 99150 7662
+55 48 99159 9200
e-mail: secretaria@kapokaboxeacademy.com
site: kapokaboxeacademy.nordesti.net
A Revista Fight Magazine Kapokaboxe é uma publicação da Kapokaboxe Academy-
Brasil, com distribuição gratuita na internet.
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
A biografia do Educador,
Professor e Mestre Rocha
05
Kapokaboxe Academy:
o legado de Mestre Rocha
19
Os Instrutores Kapokaboxe
Academy- Brasil e Mundo
22
Conhecendo a sensei Kaho
Nouchi
35
A biografia do
Educador, Professor
e Mestre Rocha
Kapokaboxe
Academy:
o legado de Mestre
Rocha
Os Instrutores
Kapokaboxe
Academy- Brasil e
Mundo
Barão Jiu-Jitsu
Fazendinha-
Fernanda Oliveira
Conhecendo a
sensei Kaho Nouchi
Conhecendo o
sensei Raphael
Rocha
1º e 2º torneio
KAPOKABOXE
03
19
22
31
35
39
43
ÍNDICE
KAPOKABOXEACADEMY.NORDESTI.NET
NOTA DO EDITOR
É uma honra poder apresentar a primeira edição da Fight Magazine Kapokaboxe, um resultado de
grandes parceiros, esforços e a perpetuação do sonho do grande mestre de Capoeira, Dhy
Rocha!
Mestre Dhy Rocha, Mestre Dragão Rocha ou simplesmente Mestre Rocha: estes são alguns dos
nomes mais conhecidos e significativos que fazem menção ao educador, professor e mestre de
Capoeira, Antonio Pereira Rocha, lendária figura histórica no desenvolvimento da Capoeira
Angola e Regional na região do Cariri Cearense, mais especificamente na cidade de Juazeiro do
Norte, localizada no estado do Ceará (Brasil).
Nesta edição mostraremos os resultados do legado do mestre Rocha através dos membros e
alunos que fazem a Kapokaboxe Academy, além de entrevistas exclusivas com importantes
nomes nas artes marciais.
Boa leitura!
RAPHAEL ROCHA
EDITOR-CHEFE
p. 03
“Se queres crescer na vida, descruze
os braços, arregace as mangas e
parta para a luta, pois somente
lutando conseguirás concretizar os
teus sonhos”.
p. 04
MESTRE ROCHA
Professor de Educação Física,
um dos introdutores da Capoeira na região
do Cariri Cearense, fundador do
Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares
e da Kapokaboxe Academy.
MESTRE
ROCHA
A BIOGRAFIA DO
EDUCADOR,
PROFESSOR E
ARTE
DE
LUCIANO
BRITO
m e s t r e r o c h a
M
estre Dhy Rocha, Mestre Dragão Rocha ou Mestre Rocha nasceu na
cidade de Pedreiras- Maranhão (Brasil) no ano de 1960. Começou a
praticar artes marciais ainda na infância, em meados da década de 70,
no Distrito Federal, na cidade de Taguatinga Norte, com o objetivo de
usar as artes marciais para a defesa pessoal. Aqui temos o relato de
como na escola onde estudara, o professor Rocha teve seu primeiro
contato com a Capoeira:
p. 06
"Iniciei a prática da Capoeira no ano de 1974, na cidade satélite de Taguatinga
Norte, Distrito Federal. Neste ano eu [...] estudava do outro lado da avenida
principal que dava acesso para a Ceilândia, outra cidade satélite e, por diversas
vezes, quando eu ia para a escola, passava por algumas das ruas da Asa Norte e
era perseguido e, muitas das vezes, agredido fisicamente por alguns meninos
que moravam naquelas mediações. Num certo dia, quando estava indo para a
casa da minha tia, que residia no outro lado da avenida principal da Shis Norte,
vi um grupo de pessoas. Ao me aproximar foi que eu percebi que se tratava de
uma roda de capoeira. Fiquei ali parado observando aqueles belíssimos
movimentos de ataque e defesa, acrobáticos, acompanhado por cânticos,
palmas e alguns instrumentos musicais como o pandeiro e o berimbau".
Mestre Rocha e seu aluno Glauber, em
um Batizado de Capoeira no ano 2000
no CERE
Tristes momentos de agressões verbais ou físicas fazem parte da vida de muitos
jovens hoje em dia. Algumas dessas práticas têm-se o título de bullying. Entretanto,
na Capoeira, Rocha encontrou uma forma de se libertar das ameaças da violência
física, ao mesmo tempo que enxergava nessa luta um sentido de proteção aos
fragilizados, cuidado com o outro e o tão sonhado “grito de liberdade” do corpo e
da alma.
Por volta de 1975, Rocha foi morar com um de seus cunhados na QNM 36, conjunto e
casa 36 M. Norte. Naquele lugar, portanto, treinava mais intensamente os
movimentos de Capoeira que observava nas rodas da cidade, na chamada
“Capoeira de Rua”. Contudo, foi através da compra do primeiro livro sobre o tema
da Capoeira, “Capoeira sem mestre” das Edições de Ouro, que tinha como escritor
Lamartini P. da Costa, que Rocha foi adquirindo mais conhecimento histórico e
técnico sobre a luta em questão. Acrescenta-se a informação, de que essa
aprendizagem da Capoeira de Rua e Capoeira de Quintal ocorreu com a orientação
dos futuros mestre Cleber e Cal, oriundos de Brasília, por volta dos anos de 1974 a
1975.
A INTRODUÇÃO DA CAPOEIRA NA
REGIÃO DO CARIRI CEARENSE
E
m se tratando do ano de introdução da Capoeira, na cidade de
Juazeiro do Norte, foi em 1977: os responsáveis por esse feito
histórico foram o pernambucano, chamado Mestre Tena (chegou no
Juazeiro em janeiro de 1977) e o maranhense e futuro mestre de
capoeira, chamado Rocha (chegou no Juazeiro em março de 1977).
Em relação à origem do Mestre Tena, em um artigo, Rocha explica
que:
"O mestre Tena era pernambucano, mas aprendeu a Capoeira em São
Paulo. Casou-se com uma cearense natural de Juazeiro do Norte e com
a influência da mesma, resolveram vir para o Cariri montar a 1ª
Academia de Capoeira nesta cidade, fato este ocorrido em janeiro de
1977 (a chegada de mestre Tena à cidade de Juazeiro). Em abril do ano
em curso (1977), o mestre Tena concretizou o seu grande sonho e
inaugurou a 1ª Academia de Capoeira do Cariri. A academia era na
garagem da casa da sogra do Mestre, localizada na Rua do Limoeiro,
Bairro Casas Populares" (ROCHA, 2012, p. 15).
p. 07
1ª entrega de graduações dos alunos formados pela Academia de
Capoeira do Mestre Tena ocorreu em no início de setembro de 1977.
Aquele fora um momento bastante especial na vida de Rocha, pois o
mesmo fora “graduado com o cordão amarelo, que representava a 3ª
graduação” (ROCHA, 2012, p. 15). Outro grande momento foi a
apresentação da primeira roda de capoeira nas ruas de Juazeiro do
Norte, pois essa situação representava proporcionar ao
público/sociedade um contato mais direito com essa luta brasileira,
bem como, com a própria história da capoeira tão vinculada à história
de nosso país e do povo negro. Tal fato aconteceu na romaria de
setembro de 1977.
Passando algum tempo, treinando com mestre Tena e ensinando aos
seus alunos, Rocha retorna ao Distrito Federal, no início do ano de 1978,
para morar com uma irmã que residia na QMN-36, que ficava situada
entre as cidades satélites de Taguatinga Norte e Ceilândia Norte.
Aproveita, então, a oportunidade para prestar serviço militar e
continuar praticando Capoeira. Continua o mestre Rocha afirmando
que:
A
p. 08
"No ano de 1978, praticava Capoeira no Grupo A Senzala do Bimba com o
mestre Bimbão que, segundo o mesmo, era sobrinho de Manoel dos Reis
Machado – Mestre Bimba, o criador da Capoeira Regional. As aulas de
Capoeira aconteciam nos finais de semana no pátio de uma
determinada Escola Classe, da cidade satélite de Taguatinga Norte, DF".
(ROCHA, 2012, p. 10).
Registro da primeira roda de capoeira na cidade de Juazeiro do Norte, no ano de 1977, na praça Padre Cícero. Na
primeira imagem, o mestre Rocha encontra-se à esquerda. Na segunda imagem, Rocha e um grupo de Capoeiristas
estão na Colina do Horto.
A prática da capoeira com o Mestre
Bimbão foi do ano de 1978 até o início de
1980, onde recebeu, posteriormente, a
graduação de Contramestre de Senzala.
Contudo, entre os períodos de 1978 a 1981,
o professor Rocha também praticou
capoeira com outros mestres, dentre eles:
Mestre Cal (foi Campeão Brasiliense de
Vale Tudo), na época, aluno do mestre
Barto (ex-discípulo de Vicente Ferreira
Pastinha- Mestre Pastinha, o maior
defensor da Capoeira Angola no Brasil)
(ROCHA, 2012; ROCHA, s/d).
Em se tratando do serviço militar (1980),
ingressou nas Forças Armadas- Exército,
servindo ao 1º Regimento de Cavalaria de
Guarda (Dragões da Independência) na
função de Fuzileiro Hipo e Instrutor de
Defesa Pessoal do 4º Pelotão do 3º
Esquadrão, onde permaneceu até abril de
1981 (ROCHA, s/d). Após “dar baixa” nos
Dragões da Independência, na cidade
satélite de Ceilândia Norte, participou de
um torneio aberto de Capoeira.
Ao retornar ao Juazeiro do Norte, no mês
de abril de 1981, onde fixou residência,
começou a ensinar Capoeira para alguns
alunos da Praça Cinquentenário, em
frente à Capela do Socorro (ROCHA, s/d).
Durante esse tempo conhece e namora a
jovem Cícera Queiroz Alves, que na época,
era bacharel em direito e professora. O
casamento aconteceu no dia 24 de
dezembro de 1984, na Paróquia do
Sagrado Coração de Jesus. Deste
casamento nasceu três filhos.
Mais especificamente no mês de
setembro de 1981, ministrou aulas de
Capoeira no Centro Social Urbano (CSU)
de Juazeiro do Norte, até o mês de
dezembro do mesmo ano. Essa
oportunidade foi proporcionada pelo
professor Mauro (Capacete), que era
coordenador de esportes da entidade
educacional mencionada anteriormente.
p. 09
Casa e local que era a
sede do Grupo de
Capoeira Zumbi dos
Palmares.
O mês de setembro de 1981 também
marcou outro importante acontecimento
na vida do professor Rocha: é a fundação
de sua primeira academia de capoeira e
defesa pessoal, que recebeu o nome de
“Grupo A senzala do Rocha”, na cidade de
Juazeiro do Norte, “tendo como sede a
casa de número 213, localizada na Rua São
José, Bairro Matriz, próximo ao Museu do
Padre Cícero” (ROCHA, 2012, p. 16).
Contudo, teve seu nome alterado para
Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares,
no dia 20 de novembro de 1981, “em
homenagem ao maior e verdadeiro
libertador da raça negra, Zumbi dos
Palmares”, como assim enfatiza o
professor Rocha, em uma de suas
anotações. Em constante atividade, na
forma representativa de seus alunos, o
grupo de capoeira, em questão, esteve
presente em momentos que marcaram
também a introdução da capoeira em
cidades como Juazeiro, Crato e Barbalha.
No início do ano de 1982 foi:
"[...] convidado pelo professor Douglas, o
qual fora pioneiro na luta de vale-tudo em
Juazeiro do Norte, para ensinar Capoeira e
defesa pessoal na sua academia “Douglas
Ringue Clube”, permanecendo na mesma
de março até o mês de outubro do mesmo
ano".
Ainda em dezembro do mesmo ano (1982),
tanto treinava capoeira, bem como
auxiliava nas aulas de Capoeira do mestre
Beluar (Ednaldo de Santana), o qual tinha
acabado de chegar de São Paulo e
instalado a primeira academia de
Capoeira na cidade do Crato e a terceira
da região do Cariri, que recebeu o nome
de “Academia de Capoeira Vocação do
Negro” (ROCHA, 2012; ROCHA, s/d).
Diversas apresentações de capoeira em
clubes locais, como por exemplo, no
Parque de Exposição do Crato, foram
realizadas e, assim, fizeram com que os
cidadãos cratenses pudessem ter contato
com a capoeira.
p. 10
Na cidade de Barbalha (que assim como o Crato e Juazeiro, pertence ao Crajubar),
no mês de junho de 1983, o contramestre Rocha e seus alunos foram convidados
pelo mestre Barros, a pedido do Secretário de Educação e Cultura da cidade de
Barbalha, para realizarem uma apresentação de capoeira na Festa de Santo
Antônio, tradicional evento local da cultura popular e religiosa dos cidadãos
barbalhenses. Assim, Rocha descreve como fora o momento da apresentação:
COMEÇO DE SUA TRAJETÓRIA PROFSSIONAL COMO
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA E CAPOEIRA
E
m continuidade a história de vida de mestre Rocha, antes mesmo de
iniciar o ofício que o imortalizaria na história da educação de Juazeiro do
Norte, o professor Rocha foi mecânico de automóveis, buscando sempre
a qualificação profissional para exercer essa função: por volta dos anos
de 1984, 1986 e 1987, formou-se no Serviço Nacional de Aprendizagem
Industrial- SENAI- Ceará em: Eletricista de automóvel, Mecânico em
motores diesel, Torneiro Mecânico, Mecânico de automóvel e Curso de
Solda elétrica e oxiacetilênica. Também concluiu o curso de Mecânico de
Máquina de Costura Industrial, em 1987.
p. 11
"Na oportunidade, convidei o mestre Beluar e os seus alunos para apresentamos
juntos: não poderia deixar de convidar o mestre Tena, mas ao chegar no local
onde funcionava a academia do mestre fui sabedor que ele havia retornado para
São Paulo [...] E chegando o dia da tão esperada apresentação, fizemos da
melhor forma possível. Desta maneira foi feita a introdução da capoeira na
cidade de Barbalha, através da festa de Santo Antônio" (ROCHA, 2012, p. 16).
A capoeira conectou ainda mais a região do Crajubar, formada pelas cidades de
Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, com a chegada de novos professores de
capoeira e o companheirismo entre os antigos professores que circundam as três
cidades, com apresentações e batizados de capoeira em suas respectivas
academias. Infelizmente, após o ano de 1983, Rocha nunca mais teve notícias do
mestre Tena, após o retorno do mesmo à São Paulo: mas este nome não poderia ser
omitido, juntamente com o nome de mestre Rocha, da história da introdução da
capoeira na região do cariri cearense, mais especificamente, da cidade de Juazeiro
do Norte.
Também destacamos, que no ano de 1986 chegava em Juazeiro o Mestre Tabosa, o
qual foi ministrar aulas de capoeira na Academia de Musculação do Professor Hélio,
que também naquela época, ensinava Kung Fu na região do cariri cearense.
Foi no ano de 1985, que Antonio Pereira Rocha iniciou sua atividade profissional
como Professor Estagiário, na área de Educação Física, na Escola Técnica de
Comércio, na cidade de Juazeiro do Norte, permanecendo até o ano de 1989. Nessa
instituição de ensino concluiu também o Segundo Grau e obteve o Certificado
Profissional de Técnico de Contabilidade. No ano de 1988, Rocha concluiu o curso de
Datilografia “que lhe conferiu o direito de exercer a profissão neste cargo, no qual
está habilitado”, pela Escola de Datilografia Leão Sampaio.
Em seguida, por volta de 1989/1990, Rocha foi Professor de Jogos e Recreação
(professor provisionado) do Ginásio Monsenhor Macêdo, instituição particular de
ensino religioso (católico) e em 1992 atua também como professor de Capoeira
nesta escola. Outra instituição particular de ensino religioso (vinculado à Ordem
Salesiana) que o professor Rocha lecionou foi o Colégio Salesiano São João Bosco,
por volta de 1990 (atuando por quase 14 anos), na função de professor de Educação
Física e de Capoeira, em projeto de esporte e desporto desenvolvido naquela
escola. Para o exercício deste cargo, o professor Rocha se inscreveu no Conselho
Regional de Educação Física do Estado do Ceará (CREF), onde manteve vínculo até o
ano de 2015.
Em 1994, o professor Rocha passou em um concurso municipal na área de Educação
Física e começou a trilhar essa trajetória profissional de destaque em sua vida.
Posteriormente, como professor temporário vinculado à CREDE 19, desenvolveu
suas atividades profissionais também em escolas estaduais, onde aplicou o projeto
Capoeira nas Escolas, alinhado às práticas de Educação Física.
Também não podemos esquecer da atuação do professor Rocha como bandeirinha
e árbitro de futebol, entre os anos de 1996 a 1998, no Campeonato Cearense de
Futebol, onde permaneceu filiado ao Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado do
Ceará- SINDCAF- CE. Nesse período participou de cursos nas áreas de Técnico de
Futsal, Reciclagem das Novas Regras do Futsal e Árbitro de Futebol, cursos
realizados pela Liga Cratense de Futsal, Associação Juazeirense de Árbitros de
Futsal e Federação Cearense de Futsal, respectivamente.
Abrimos um parêntese para recordar que durante o período de 1999 a 2009, o
professor Rocha esteve envolvido, de forma direta e indireta, nas edições dos Jogos
Estudantis de Juazeiro do Norte (Jejunos), “participando com empenho e
esportividade nesse movimento que congrega jovens, estimulando-os a superar os
desafios e unindo-se em torno de uma saudável convivência” , estando presente na
preparação e acompanhamento dos alunos/atletas das escolas as quais exerceu
sua profissão como professor de Educação Física.
p. 12
No ano de 2002, formou-se em Licenciatura
Plena de Ensino Fundamental- Pedagogia
(turma 33) na Universidade Regional do Cariri-
URCA, sua primeira licenciatura, na qual, em
algumas escolas atua como professor
polivalente (1º e 2 ciclos), em razão de sua
recente graduação. Por volta do ano de 2009,
também foi professor de artes, como
complemento de carga horária e,
consequentemente, qualificou-se com Cursos
de Formação Inicial e Continuada, bem como
de extensão, para que esses conhecimentos
teóricos fossem alinhados à sua prática com
as artes.
Rocha concluiu seu curso de Educação Física
na Universidade Estadual Vale do Acaraú-
UVA, no ano de 2013, um sonho conquistado
com muito suor, lágrimas e sentimento de
gratidão a Deus por ter finalizado essa etapa
tão significativa no ofício de um professor. Em
2014, Rocha finalizou sua Pós-graduação em
Aperfeiçoamento em Atividade Física para
Pessoas com Deficiências, pela Universidade
Federal de Juiz de Fora- UFJF, outra grande
conquista em sua vida.
Contudo, entre os anos de 2014 e 2015, sendo
submetido a uma intervenção cirúrgica para a
correção da retina, devido ao deslocamento
da mesma, Rocha perdeu a visão de um olho:
portanto, desde o ano de 2015, era professor
readaptado atuando na sala de leitura e na
biblioteca da Escola de Ensino Fundamental
Vereador Francisco Barbosa, da cidade de
Juazeiro do Norte. Mesmo que não podendo
exercer as atividades de Educação Física, de
forma direta ou mais “intensa”, Rocha sempre
buscava meios de incentivo a tudo isso que
representou sempre uma parte essencial de
sua existência.
p. 13
O PROJETO CAPOEIRA NAS
ESCOLAS
V
ale salientar que o professor e mestre de Capoeira,
Antonio Pereira Rocha, foi, na realidade, também o
introdutor da Capoeira nas Escolas da Rede Pública
Estadual e Municipal da cidade de Juazeiro do Norte,
através do Projeto Capoeira nas Escolas.
p. 14
No artigo “A inserção da Capoeira nas Escolas da Rede Pública e
Privada da cidade de Juazeiro do Norte” (2012), explica também
como ocorreu o desenvolvimento da Capoeira, no âmbito
escolar, como elemento de suma importância na formação do
aluno, através da tríade ensino-escola-capoeira. Iniciamos com
a trajetória do professor Rocha em duas escolas particulares,
que antecedem o projeto acima mencionado: a primeira foi o
Ginásio Monsenhor Macedo, na cidade de Juazeiro do Norte.
No ano de 1989, nessa referida instituição de ensino privado e administrada por
irmãs religiosas, Rocha começou a lecionar Educação Física: contudo, é no ano de
1992 que ministra aulas de Capoeira (como uma subdivisão da Educação Física), não
somente vinculada ao seu grupo de capoeira (Zumbi dos Palmares), mas em um
horizonte mais amplo, em termos de público-alvo. “As aulas de Capoeira eram
realizadas em contraturno” (ROCHA, 2012, p. 11). Ele permaneceu nessa escola até o
ano de 1994.
Por volta de 1990, Rocha ingressou em outra escola particular: o Colégio Salesiano
São João Bosco, da mundial Rede Salesiana. Quatro anos após seu ingresso, em 1994,
o professor Rocha começou a lecionar Capoeira, também como subdivisão da
Educação Física, no Centro Juvenil deste colégio, até o ano de 1998. Ensinou
Educação Física, na instituição de ensino acima mencionada, até o ano de 2004.
A introdução da Capoeira, por intermédio do professor Rocha e do projeto Capoeira
nas Escolas, foi no ano de 1995, quando o mesmo foi lecionar Educação Física no
Centro Educacional de Referência Almirante Ernani Vitorino Aboim Silva,
permanecendo nessa instituição de ensino até o ano de 1998. Posteriormente,
recomeçou o projeto no ano de 1999 até 2003, encerrando o vínculo na escola
mencionada.
Sobre esse assunto, Rocha discorre que:
Como vimos na citação acima, um dos grandes trabalhos idealizados pelo professor
e mestre Rocha (Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares), que une o
ensino/educação física e a capoeira, foi “O projeto Capoeira nas escolas”, como
parte do Programa Esporte Educacional, desenvolvido, na época, em parceria com a
Coordenadoria Regional de Desenvolvimento em Educação (CREDE-19) de Juazeiro
do Norte.
Já no ano de 1997, a Capoeira foi inserida na rede pública municipal no Ginásio
Municipal Antonio Xavier de Oliveira, através das aulas de Educação Física, até ano
2000. Expandindo o modelo de projeto apresentado em 1995 no CERE, em 1998, a
Capoeira estava presente na rede pública estadual, através do projeto Capoeira na
Rede Pública Estadual- Crede 19, bem como nas escolas municipais.
"[..] No final de 1995, a Capoeira foi inserida na Rede Pública Estadual no Cere —
Centro Educacional de Referência Almirante Ernani Vitorino Aboim Silva, através do
projeto “Capoeira no Cere”. A Capoeira era ensinada dentro das aulas de Educação
Física. Vale ressaltar, que a escola tinha sido inaugurada a quase oito meses e possuía
muitos alunos, dentre eles jovens e adolescente os quais não se respeitavam e nem
faziam as tarefas escolares. Depois de alguns anos ministrando aulas de Capoeira
percebi que muitos alunos mudaram o seu comportamento para melhor, com relação
ao respeito, ao cumprimento das tarefas escolares e uma melhor socialização com os
outros" (ROCHA, 2012, p. 11).
p. 15
A ÚLTIMA GRANDE RODA E BATIZADO DE
CAPOEIRA DE MESTRE ROCHA
Antes do ano de 2018, o professor Rocha estabeleceu contato com um antigo
professor de Capoeira da época de sua adolescência, o mestre Cleber Soares de
Paula, que agora tinha sua própria academia de Capoeira em Taguatinga-DF
intitulada de “Associação de Capoeira Roda Livre”. Ambos, relembraram de grandes
momentos daquela época e Rocha sentiu a necessidade de, agora, evoluir ainda
mais na Capoeira, no sentido de um título obtido, através do Certificado de
Graduação de Mestre de Capoeira Regional e de Angola, não obstante seus longos
anos de prática dessa luta brasileira: e nada mais justo e significativo do que tal
graduação ser entregue das mãos de um grande amigo e mestre de Capoeira.
Em janeiro de 2018, Rocha
viajou para Brasília.
Aproveitou a
oportunidade para rever a
família e visitou o mestre
Cleber em sua academia,
recebendo o tão
almejado certificado e
graduação.
Outra ocasião importante
na vida do mestre Rocha,
merece também
destaque: no ano de 2019,
o mesmo organizou o “II
Evento Comemorativo
referente aos 419 anos da
Capoeira no Brasil
(Capoeira Afro-Brasileira/
Angola), 89 anos da Luta
Nacional Baiana
(Capoeira Regional) e o 1º
seminário “Capoeira e sua
evolução histórica”,
eventos esses realizados
nos dias 15 e 16 de junho
de 2019, na cidade de
Juazeiro do Norte, na EEIF
Padre Cicero, na cidade
de Juazeiro do Norte, com
a presença de grupos de
capoeira local, alunos e
mestre convidados. A
partir daquele momento
passou a ser chamado de
mestre Dhy Rocha.
p. 16
Nesse mesmo ano de
2019, na Escola de
Ensino Fundamental
Vereador Francisco
Barbosa, localizada
no bairro Horto, na
cidade de Juazeiro
do Norte, aconteceu
o último batizado do
Grupo de Capoeira
Zumbi dos Palmares.
Mestre Rocha foi o fundador da
Kapokaboxe Academy (que
iremos tratar mais adiante sobre
este tema). Ele faleceu no dia
07 de outubro de 2021, na
cidade de Juazeiro do Norte,
vítima de infarto. Esse é o
registro da imortalidade
humana: quando as pessoas
continuam o legado e o exemplo
de seu mestre, espalhando os
ensinamentos das artes marciais
e levando o nome do educador
e professor Rocha pelo mundo,
com honra, respeito e amor.
p.17
O professor e mestre Rocha havia sido convidado
pela Budokan Karate-do, com sede na Índia, para o
ensino de armas e estava gravando o Curso de
Nuchaku, antes de seu falecimento. Foi membro-
instrutor da Global International Martial Arts
Federation (GIMAF), membro-instrutor LATHI
Federation Brasil; membro-instrutor da Universal
Karate Kickboxing Worldwide Association com
sede na Inglaterra.
No período de seu falecimento, recebeu
homenagem póstuma de alunos da Índia,
Inglaterra e Brasil.
Além disso, como menção honrosa/títulos, citamos
o título de Shiran (em memória) pela WKKO- Brasil.
Na sua história das artes marciais, além de ser
mestre de Capoeira, também foi Faixa Preta de
Karate Full Contact (1º dan) pela ITFCK e WKKO e ;
Grão-mestre de Kcapojuboxe e Instrutor de
Ninjutsu e armas.
REFERÊNCIAS
ROCHA, Antonio Pereira. A inserção da Capoeira nas Escolas da Rede Pública e
Privada da cidade de Juazeiro do Norte (artigo impresso). Universidade Estadual
Vale do Acaraú- UVA. Instituto Dom José de Educação e Cultura- IDJ- Curso de
Licenciatura em Educação Física. Crato, Ceará: 2012.
ROCHA, Antonio Pereira. A inserção da Capoeira nas Escolas da Rede Pública e
Privada da cidade de Juazeiro do Norte (artigo apresentado à disciplina História
das Práticas Corporais). Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA. Instituto
Dom José de Educação e Cultura- IDJ- Curso de Licenciatura em Educação
Física. Crato, Ceará: s/d.
ROCHA, Antonio Pereira. Kcapojuboxe: arte marcial caririense (documento
impresso). Registrado no Cartório Machado- 2º ofício. Juazeiro do Norte, Ceará:
2018.
ROCHA, Antonio Pereira. Memorial (apresentado à disciplina História das
Práticas Corporais- escrito à mão). Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA.
Instituto Dom José de Educação e Cultura- IDJ- Curso de Licenciatura em
Educação Física. Crato, Ceará: s/d.
ROCHA, Antonio Pereira. Plano de aula de Educação Física [documento
impresso]. Juazeiro do Norte: CE, 2007.
ROCHA, Antonio Pereira. Plano do Curso de Educação Física [documento
impresso]. Séries 7º, 8º e 9º (4º ciclos). Juazeiro do Norte, Ceará: 2010.
ROCHA, Antonio Pereira. Projeto Capoeira no CERE (projeto impresso
apresentado ao CERE). Juazeiro do Norte, Ceará: 1998.
ROCHA, Antonio Pereira. Projeto Capoeira nas Escolas da Rede Pública
Municipal (projeto impresso apresentado às escolas EEF João Alencar, EEF
Pelúsio, Edwar Teixeira Ferrer, Zila Belém e EEF Sebastião Teixeira Lima).
Juazeiro do Norte, Ceará: s/d.
ROCHA, Antonio Pereira. PROJETO SEMANA CONSCIÊNCIA NEGRA: TODOS
SOMOS NEGROS! (projeto impresso e apresentado à ESCOLA DE ENSINO
FUNDAMENTAL VEREADOR FRANCISCO BARBOSA). Juazeiro do Norte, Ceará:
2018.
ROCHA, Antonio Pereira. Sistema de graduação do Grupo de Capoeira-
“Capoeira Estilo Zumbi” (documento escrito à mão). Juazeiro do Norte, Ceará:
2015.
THE
SHAMANESS
STHEFANIE
OLIVEIRA
STHEFANIE
OLIVEIRA
A K A P O K A B O X E A P O I A
A A T L E T A D O
K A R A T E C O M B A T
Olegado
doMestre
Rocha
KAPOKABOXEACADEMY
p.19
Basicamente, o projeto da Kapokaboxe
Academy surgiu entre os anos de 2017 e
2018, quando o mestre Rocha e o sensei
Raphael (seu filho) estavam conversando
sobre as questões de luta em pé, artes
marciais, boxe e MMA.
Portanto, surgiu o projeto que oferece
programas de Karatê, Capoeira, Boxe e
Luta para todas as pessoas que possuem
interesse, independentemente da
experiência e capacidade de preparação
física.
As artes marciais voltadas aos cursos,
treinamentos, aulas de autodefesa, MMA
ou modalidades de luta em pé
(competições) são oferecidas nas
modalidades online e presencial.
A academia em questão conta com
diversos profissionais e professores das
seguintes modalidades: Karate Budokan,
Karate Shotokan, Karate Full Contact,
WNF Ninja Martial Arts, Capoeira, Boxe e
Ninjutsu, sendo filiada a: WORLD KEMPO
KAIKAN BRASIL (WKKO); WKKO
KENPOKAI-KAN INTERNATIONAL SENTÓ
KARATE ORGANIZATION; WAKAZAMURAI
KOKUSAI BUDO; WORLD INTERNATIONAL
MARTIAL ARTS ASSOCIATION &
ORGANIZATION; WORLDWIDE MARTIAL
ARTS ASSOCIATION.
Atualmente a Kapokaboxe Academy,
através de seus filiados e membros, está
presente nos seguintes estados: Ceará,
Paraíba, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro,
Amazonas, Florianópolis. Em se tratando
de países: Costa Rica, Índia e Japão.
Após a morte do mestre Rocha, no dia 7
de outubro de 2021, o seu filho, o sensei
Raphael, ficou responsável por dar
continuidade ao legado do mestre
Rocha, através da Kapokaboxe Academy.
Com o seu último projeto, a Kapokaboxe
Academy, vimos que o levou do mestre
Rocha e de seu modelo de academia de
artes marciais e defesa pessoal foi
expandido além das fronteiras
brasileiras, conquistando participação e
reconhecimento mundial.
AcademiasFiliadas
DOJO JUAZEIRO DO NORTE- CEARÁ
(Sensei Raphael Rocha)
DOJO SÃO PAULO (Kyldery Wendel Araujo
Sensini)
DOJO PARAÍBA (Washington Ramos e
João Batista)
DOJO SALVADOR- BAHIA (Uiliam Ribeiro
Oliveira)
DOJO MINAS GERAIS (Aciomar Oliveira)
DOJO RIO DE JANEIRO (Márcio Samurai,
Francisco Barbosa e Thiago Leal)
DOJO TOCANTINS (Milton Leal)
DOJO COSTA RICA (Aaron Mendez e
Freyser Andres Araya Quiros)
DOJO MÉXICO (Sabonin Rangel)
KAPOKABOXEACADEMY
p.20
A Kapokaboxe Academy é filiada:
Shotokan Karate
World Association
Além disso, os membros e alunos/atletas representam a academia do mestre Rocha
nos campeonatos nacionais e internacionais, nas modalidades presencial e online,
dos quais conquistaram premiações significativas.
Budokan Karate
Do International
Shobukan
Karate Association
Universal Karate
Kickboxing Worldwide
Association
World Kenjutsu
Federation
Worldwide Martial
Arts Association
Wankan Karate
Do Federation
World International Martial Arts
Association & Organization
World Ninja
Federation
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 22
Começou seu caminho nas
artes marciais aos 5 anos de
idade, como forma de controle
e disciplina, até os dias de hoje,
onde fundou seu próprio estilo
de combate chamado
“Bootcamp Combat System” (a
verdadeira defesa em
ambientes urbanos),
implementando técnicas
baseadas em sua vasta
experiência em anatomia
(especialista em
vulnerabilidade humana) para
causar o maior dano, no menor
tempo possível.
Sua experiência em medicina
(médico tático e instrutor de
primeiros socorros aplicado na
defesa pessoal) torna sua
metodologia de treinamento
ideal em ataque e defesa, bem
como em estabilização.
Tem a titulação máxima como
especialista em armas brancas,
instrutor de combate nesta
categoria, sendo especialista
em ataques e desarmamento.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 23
*Tradução do original em espanhol
Atualmente é representante de mais de 20 sistemas de combate ao redor do mundo, obtendo
certificações máximas por sua magnífica experiência.
Seu sistema “Bootcamp Combat System” se concentra na condição física ideal onde, como
especialista em transformações físicas, não foca apenas nas técnicas de combate, mas
também no treinamento físico de alta intensidade para obter um melhor desenvolvimento
cardiovascular, além da força e resistência adequadas para o combate, sendo instrutor em
treinamento de alta intensidade e voluntário na defesa das zonas ecológicas de seu país, Costa
Rica: daí a adaptação para o combate em terreno montanhoso*.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 24
Kyldery Sensini é professor responsável
pela Kapokaboxe, núcleo da Capital de São
Paulo. É um dos mais populares professores
de artes marciais da cidade, fundador do
Centro de Treinamento Marcial "Dragão da
Tempestade".
Além disso, é detentor de 5 Faixas Pretas
(Karate, Ninjutsu, Jiu Jitsu, Kickboxe e
Hapikido). Também possui graduações em
Kenjutsu, Muay Thai, Taekwondo, entre
outras.
Atualmente ministra aulas na Academia
Hanuman Figth e Academia Shidokan do
Brasil. Leciona também no Vale do
Anhangabaú pela prefeitura de São Paulo e
é voluntário no CEU Quinta do Sol, Zona
Leste de São Paulo.
Professor Kyldery mantém a mesma
qualidade em seus treinamentos, tanto os
que são particulares quanto os gratuitos:
possui turmas de instrução online e
presencial, assim como treinamento para
Atletas de MMA na Modalidade Grappunch
e Defesa Pessoal pela World Federation
Stret Self Defense WFSSD e Senshi no Michi
Pont Fu-do.
Também é um experiente professor de
Atletas PCDs (Pessoa com Deficiência),
tendo sido diretor de uma instituição
especializada.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 25
Além da carreira como Professor e Atleta, atualmente possui
algumas diretorias em entidades importantes de Artes Marciais: é
diretor Geral da Organização Internacional de Artes Marciais e
Esportes de Contato (OIAMEC); Conselheiro de Honra da World
Kenpokai Kan Brasil - WKKO Brasil; Diretor na Federação Brasileira
de Karate e Kobudo -FBKK, Internacional Kyokushinkai Federation -
IFK e na Associação Paulista de Artes Marciais - APAM.
Recentemente foi promovido a Presidente da World Ninja
Federation Brasil - WNF Brasil.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 26
Membro da Kapokaboxe Academy, é Faixa
Preta 2° Dan de Ninjutsu Budo Ryu pela Word
Ninja Federation (WNF) e Japan Ninja Concil.
Faixa Preta 1° Dan de Karatê Full-contact
formado pela Kapokaboxe Academy, Word
Bushido Kyokushinkai Kan Karate
Organization e International Tiggers Full
Contact Karate Federation.
Faixa Marrom de Jiu-jitsu pela Confederação
Brasileira De Jiu-jitsu (CBJJ) e International
Brazilian Jiu-jitsu Federation (IBJJF).
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 27
Nascido em Bayeux-PB, iniciou
nas artes marciais aos 8 anos
de idade, na prática do judô,
em Santa Rita-PB onde passou
a sua infância e início da sua
adolescência. O professor
Washington é o fundador da
escola ALONE ELITE FIGHT
KAPOKABOXE-PB e
responsável pelo projeto
social CAMINHO DA ARTE, que
beneficia adultos, jovens e
crianças com aulas de JIU-
JITSU e FULL CONTACT, nas
cidades de Patos-PB e São
José do Bonfim-PB. Também
ensina a arte do jiu-jitsu na
FUNDAÇÃO BEM VIVER, uma
fundação beneficente que
atende várias famílias na
cidade de Patos, na Paraíba.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 28
Profissional de Educação Física (CREF-
054590/RJ) e fundador da SAYKO HAN
DO. O significado do nome de seu
Dojo, SAYKO HAN DO, é “o caminho
sereno do controle”, no qual o sayko
quer dizer homem sereno ou paz de
espirito; han diz respeito à
consolidação do poder ou
preservação da etnia e do significa
caminho.
É também professor Faixa Preta de
Kenpo de Contato, registrado na
CIAMEC (Grão Mestre Matinho Falcão)
e KAPOKABOXE (Sensei Raphael
Rocha). Trabalha com Kenpo de
Contato e também de forma fitness;
já o Takenouchi Ryu Kenpo, transmite
apenas para seus discípulos.
O TAKENOUCHI RYU KENPO JUJUTSU é
um KORYU, arte marcial japonesa, que
visa aumentar as condições físicas do
praticante, oferecendo também
técnicas de defesa pessoal e
ajudando-o a eliminar as tensões
cotidianas.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 29
Sua metodologia de combate
baseia-se em técnicas de
golpes apurados como socos,
chutes mais variados possíveis,
imobilizações, torções,
condicionamento físico e
mental, proporcionando assim,
uma visão abrangente da arte
de se defender e manter o
corpo de forma ativamente
aeróbica.
INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO
E BRASIL
p. 30
"TODO
GUERREIRO TEM
O DIA DE SUA
PEREGRINAÇÃO".
F E R N A N D A O L I V E I R A
F A Z E N D I N H A p.31
B A R Ã O J I U - J I T S U
fernanda Oliveira é faixa preta
de Brazilian Jiu Jitsu. Além
disso, treinou Capoeira, Muay
Thaí, Judô, Kendo, Kenpo,
Systema (arte marcial russa),
Kung Fu Louva-a-Deus, Wing
Chun e Karate Shotokan (que
ainda pratica
periodicamente).
Graduou-se professora faixa
preta graças ao mestre Luiz
Roberto Barão (7º grau e aluno
do GM George Gracie). Em sua
jornada, pôde se aperfeiçoar
com as lendas Rorion Gracie,
Royier Gracie, Rayce Gracie,
Kyra Gracie e Rocian Gracie.
Em 2018 e 2019 recebeu a
Medalha do Mérito Esportivo
pela Federação Paulista de Jiu
Jitsu (FPJJ). É campeã mundial
de JJ por sua categoria de
peso (CBJJE) e campeã pan-
americana (CBJJE). Seu
registro de professora é
certificado pela Intemational
Brazilian Ji Jitsu Federation.
Em nome do mestre Barão,
ministra aulas em um dojo
localizado em Santana de
Parnaíba, no interior de São
Paulo, há cinco anos, com
cerca de 35 alunos. Realiza
seminários de defesa pessoal.
Tem pós-graduação em Gestão
de Pessoas, Nutrição e
Exercícios Físicos na
Prevenção de Doenças. Ainda é
mestre em Reikí Usui Ono
(terapeuta holística).
p. 32
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
Kaho Nouchi
CONHECENDO
A SENSEI
k
a
h
o
n
o
u
c
h
iSeu pai trabalhou como
espadachim profissional por
40 anos no Kyoto Film Studio,
Shin-Kabuki-za e Goen-za e,
atualmente está ainda em
atividade.
Aos oito anos, Kaho começou
a aprender a arte da luta de
espadas com seu pai e, aos
nove anos fez sua primeira
aparição no palco.
Ela também aprendeu dança
com seu pai (mestre da
escola Hanayagi de dança
tradicional japonesa) e com
sua mãe (mestra da escola
Wakayagi de dança
tradicional japonesa).
Kaho Nouchi é a representante do
grupo Sukedachiya Ohako, levando
ao mundo a arte tradicional da
luta de espada japoensa TATE, por
meio de aulas e apresentações!
p. 35
Sobre o estilo de luta de espada TATE: enfatiza a beleza estilística do
Kabuki, base de suas raízes, e destaca os efeitos visuais e a beleza do palco,
chamado de "luta de espada clássica". Hoje, existem poucos grupos que
usam as técnicas comuns de Kabuki em sua luta de espadas. Sukedachiya
ohako é um grupo de luta que herdou a escola Nouchi desta clássica luta de
espadas. Ao fazer o treino da espada TATE, você pode experimentar as
emoções ferozes do movimento e sentir a tensão silenciosa, como quando a
chama de uma vela está prestes a se apagar.
t a t e
e s p a d a
p. 36
O grupo Sukedachiya Sword Fighting trabalha a performance de luta com espadas.
A força vigorosa, a tensão e o espírito que são gerados refletem no público que
assiste a uma performance deste grupo, que sente uma alegria predominante que
corre por suas veias. A coreografia refinada e intensa, bem como a sua estética dos
cortes da espada, criam uma tensão, construindo uma unidade entre o palco e o
público que só uma performance ao vivo pode oferecer!
(Matéria adaptada. Original disponível no site sukedachiya.jp)
s u k e d a c h i y a
p. 37
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
Sensei
C O N H E C E N D O O
R A P H A E L R O C H A
p. 39
Raphael Rocha mestrando em Gestão e
Auditoria, bacharel em Sistemas de
Informação e Teologia, e Especialista em
Inclusão Social através do Esporte.
Nas artes marciais, graduou-se como Instrutor
de Capoeira no ano de 2019, pelo Grupo de
Capoeira Zumbi dos Palmares, grupo este
fundado pelo o seu pai, o Mestre Rocha;
atualmente é Faixa Preta 2º Dan em Karatê
Budokan, reconhecido pela Budokan Karate
International, como também é instrutor e
examinador autorizado; e Faixa Preta em
Karatê Shotokan reconhecido pela Shotokan
Karate World Association e International
Shotokan Shobukan Karate Association.
Sensei Raphael Rocha
Participou de cursos, seminários e treinos com:
Sensei Luiz Carlos, Douglas Brose (campeão
mundial de karatê), Lucélia Brose, Ivan Leal,
Driss El Mannani; Sensei Machida; seminários e
treino com a sensei Kancho Nouchi, Shiori
Kaburaki, Hiyori Kanazawa, com o sensei
Nobuaki Kanazawa, Daizo Kanazawa, Paul
Huglo e Shihan Murakami.
Atualmente, o Sensei Raphael Rocha possui
formação em Armas Tradicionais Japonesa
pela Mestra Kaho Nouchi. Em nome da
Kapokaboxe Academy, já recebeu prêmios de
mérito e participação de seus alunos em
campeonatos no Brasil, Índia, Costa Rica,
Egito, dentre outros países.
p. 40
O Sensei Raphael Rocha é o Presidente da Kapokaboxe Academy e representante das federações
nacional WORLD NINJA FEDERATION (WNF), WORLD KENJTSU FEDERATION, BUDOKAN BRASIL e
SHOTOKAN KARATE WORLD ASSOCIATION (SKWA), organizando e mantendo seminários e
palestras em todo o Brasil, com o apoio de membros e alunos da academia, bem como
ministrando aulas online e presencial, na função também de Personal Fight e no ensino de artes
marciais.
p. 41
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
1º E 2º TORNEIO
KAPOKABOXE
Os eventos denominados de 1º e 2º Kapokaboxe Academy Torneio foram
campeonatos onlines com objetivos diferentes: o primeiro, lançado em junho de
2021, era destinado as modalidades kata e técnicas de luta, como uma forma de
introduzir à academia ao mundo, ao mesmo tempo que procurava manter contato
com outras artes marciais e organizações.
Assim sendo, os países que participaram, além do Brasil, foram a Índia, Malásia,
Uzbequistão, Inglaterra e Estados Unidos. Os participantes, professores e alunos,
enviaram seu vídeos, em conformidade com as orientações do edital, sendo
premiados com certificado de participação, de acordo com o julgamento da banca
avaliadora, formada por profissionais das artes marciais, com vínculo na academia
Kapokaboxe.
Nesse campeonato pode ser evidenciado que o mais importante foi a participação e
a união das artes marciais, sempre com respeito e reconhecimento do outro.
O segundo evento realizado em outubro de 2021 teve como intuito homenagear a
memória do fundador da Kapokaboxe Academy e do grupo de Capoeira Zumbi dos
Palmares, Antonio Pereira Rocha, mais conhecido como professor Rocha, no qual
participaram mais de 200 atletas, de 13 países, como: Brasil, Índia, Venezuela,
Paquistão, Mianmar, Sri Lanka, Filipinas, Egito, Costa Rica, Inglaterra, Zimbábue,
Malawi e Estados Unidos. O prêmio foi em dinheiro para o primeiro e o segundo
lugar, além de certificados de participação para todos que enviaram seus vídeos.
Ambos os eventos foram gratuitos, visando estimular a propagação das artes
marciais.
p. 43
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

5.3 continuos of function
5.3 continuos of function5.3 continuos of function
5.3 continuos of function
ssuser237b52
 
1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์
1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์
1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์
Chatree MChatree
 
แบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).doc
แบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).docแบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).doc
แบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).doc
AnuwatBhumthavorn
 
Pat5 ความถนัดทางวิชาชีพครู
Pat5 ความถนัดทางวิชาชีพครูPat5 ความถนัดทางวิชาชีพครู
Pat5 ความถนัดทางวิชาชีพครู
Jutarat Piamrod
 
01 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 1
01 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 101 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 1
01 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 1
Siwaphon Tonpui
 
แบบทดสอบออนไลน์ Google docs
แบบทดสอบออนไลน์ Google docsแบบทดสอบออนไลน์ Google docs
แบบทดสอบออนไลน์ Google docs
Samorn Tara
 
Classification of retailing
Classification of retailingClassification of retailing
Classification of retailing
SANAL C.WILSON
 
презентация3
презентация3презентация3
презентация3
Yuri Penchuk
 
เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560
เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560
เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560
sawed kodnara
 
แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...
แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...
แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...
เล็ก น่ารัก
 

Mais procurados (13)

5.3 continuos of function
5.3 continuos of function5.3 continuos of function
5.3 continuos of function
 
1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์
1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์
1.3 ทักษะการใช้เมาส์และแป้นพิมพ์
 
แบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).doc
แบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).docแบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).doc
แบบทดสอบ Xcel ปวส. 1-3 (ตอนที่ 2).doc
 
Pat5 ความถนัดทางวิชาชีพครู
Pat5 ความถนัดทางวิชาชีพครูPat5 ความถนัดทางวิชาชีพครู
Pat5 ความถนัดทางวิชาชีพครู
 
พรบ ยา10
พรบ ยา10พรบ ยา10
พรบ ยา10
 
01 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 1
01 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 101 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 1
01 52 01-0334 แผนฯ คณิตศาสตร์ ม 1 เล่ม 1
 
แบบทดสอบออนไลน์ Google docs
แบบทดสอบออนไลน์ Google docsแบบทดสอบออนไลน์ Google docs
แบบทดสอบออนไลน์ Google docs
 
Classification of retailing
Classification of retailingClassification of retailing
Classification of retailing
 
Haccp + gmp (3)
Haccp + gmp (3)Haccp + gmp (3)
Haccp + gmp (3)
 
презентация3
презентация3презентация3
презентация3
 
เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560
เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560
เฉลยข้อสอบคณิตนานาชาติ รอบแรก ระดับประถม ปี 2560
 
ปลายภาค คณิต ม.5 เทอม 2
ปลายภาค คณิต ม.5 เทอม 2ปลายภาค คณิต ม.5 เทอม 2
ปลายภาค คณิต ม.5 เทอม 2
 
แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...
แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...
แบบฝึกทักษะการแก้ปัญหาทางคณิตศาสตร์ตามขั้นตอนของโพลยา เรื่อง พื้นที่ผิวและปริ...
 

Semelhante a FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE

Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre RochaBiografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Raquel Alves
 
Lutas do Brasil aula de Educação física e História
Lutas do Brasil aula de Educação física e HistóriaLutas do Brasil aula de Educação física e História
Lutas do Brasil aula de Educação física e História
wilson778875
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
chifrudo
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
chifrudo
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
chifrudo
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
chifrudo
 
Pnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 anoPnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 ano
michelly
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
jocelia cristrina cerqueira
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
jocelia cristrina cerqueira
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
jocelia cristrina cerqueira
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
Luzia Gabriele
 

Semelhante a FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE (13)

Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre RochaBiografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
 
Lutas do Brasil aula de Educação física e História
Lutas do Brasil aula de Educação física e HistóriaLutas do Brasil aula de Educação física e História
Lutas do Brasil aula de Educação física e História
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
 
Personalidade negra
Personalidade negraPersonalidade negra
Personalidade negra
 
Pnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 anoPnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 ano
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
 
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
Personalidades negras que marcaram a história do  brasilPersonalidades negras que marcaram a história do  brasil
Personalidades negras que marcaram a história do brasil
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
 
Capoeira
CapoeiraCapoeira
Capoeira
 

Mais de Raquel Alves

Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Raquel Alves
 
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- TrilogiaBAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
Raquel Alves
 
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
Raquel Alves
 
Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...
Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...
Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...
Raquel Alves
 
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Raquel Alves
 
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
Raquel Alves
 
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
Raquel Alves
 
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusDesejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Raquel Alves
 
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Raquel Alves
 
5 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 15 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 1
Raquel Alves
 
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess MiyuResenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
Raquel Alves
 
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
Diário de Kassandra:  a marca da bruxaDiário de Kassandra:  a marca da bruxa
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
Raquel Alves
 
Contos de um coração quebrado
Contos de um coração quebradoContos de um coração quebrado
Contos de um coração quebrado
Raquel Alves
 
As Deusas-Mães
As Deusas-MãesAs Deusas-Mães
As Deusas-Mães
Raquel Alves
 
COMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEBCOMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEB
Raquel Alves
 
Os passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slideOs passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slide
Raquel Alves
 
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicosOrientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Raquel Alves
 
Gerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitaisGerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitais
Raquel Alves
 
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
Raquel Alves
 
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
Raquel Alves
 

Mais de Raquel Alves (20)

Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
 
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- TrilogiaBAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
 
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
 
Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...
Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...
Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfrie...
 
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
 
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
 
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
 
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusDesejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
 
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
 
5 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 15 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 1
 
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess MiyuResenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
 
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
Diário de Kassandra:  a marca da bruxaDiário de Kassandra:  a marca da bruxa
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
 
Contos de um coração quebrado
Contos de um coração quebradoContos de um coração quebrado
Contos de um coração quebrado
 
As Deusas-Mães
As Deusas-MãesAs Deusas-Mães
As Deusas-Mães
 
COMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEBCOMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEB
 
Os passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slideOs passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slide
 
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicosOrientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
 
Gerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitaisGerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitais
 
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
 
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
 

Último

escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 

Último (20)

escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 

FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE

  • 2. FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE Editor-chefe Capa Diagramação Revisão dos textos Raphael Rocha Ana Hyarlla Pereira da Silva Raquel Alves Raquel Alves +55 48 99150 7662 +55 48 99159 9200 e-mail: secretaria@kapokaboxeacademy.com site: kapokaboxeacademy.nordesti.net A Revista Fight Magazine Kapokaboxe é uma publicação da Kapokaboxe Academy- Brasil, com distribuição gratuita na internet.
  • 3. FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE A biografia do Educador, Professor e Mestre Rocha 05 Kapokaboxe Academy: o legado de Mestre Rocha 19 Os Instrutores Kapokaboxe Academy- Brasil e Mundo 22 Conhecendo a sensei Kaho Nouchi 35 A biografia do Educador, Professor e Mestre Rocha Kapokaboxe Academy: o legado de Mestre Rocha Os Instrutores Kapokaboxe Academy- Brasil e Mundo Barão Jiu-Jitsu Fazendinha- Fernanda Oliveira Conhecendo a sensei Kaho Nouchi Conhecendo o sensei Raphael Rocha 1º e 2º torneio KAPOKABOXE 03 19 22 31 35 39 43 ÍNDICE KAPOKABOXEACADEMY.NORDESTI.NET
  • 4. NOTA DO EDITOR É uma honra poder apresentar a primeira edição da Fight Magazine Kapokaboxe, um resultado de grandes parceiros, esforços e a perpetuação do sonho do grande mestre de Capoeira, Dhy Rocha! Mestre Dhy Rocha, Mestre Dragão Rocha ou simplesmente Mestre Rocha: estes são alguns dos nomes mais conhecidos e significativos que fazem menção ao educador, professor e mestre de Capoeira, Antonio Pereira Rocha, lendária figura histórica no desenvolvimento da Capoeira Angola e Regional na região do Cariri Cearense, mais especificamente na cidade de Juazeiro do Norte, localizada no estado do Ceará (Brasil). Nesta edição mostraremos os resultados do legado do mestre Rocha através dos membros e alunos que fazem a Kapokaboxe Academy, além de entrevistas exclusivas com importantes nomes nas artes marciais. Boa leitura! RAPHAEL ROCHA EDITOR-CHEFE p. 03
  • 5. “Se queres crescer na vida, descruze os braços, arregace as mangas e parta para a luta, pois somente lutando conseguirás concretizar os teus sonhos”. p. 04 MESTRE ROCHA Professor de Educação Física, um dos introdutores da Capoeira na região do Cariri Cearense, fundador do Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares e da Kapokaboxe Academy.
  • 7. m e s t r e r o c h a M estre Dhy Rocha, Mestre Dragão Rocha ou Mestre Rocha nasceu na cidade de Pedreiras- Maranhão (Brasil) no ano de 1960. Começou a praticar artes marciais ainda na infância, em meados da década de 70, no Distrito Federal, na cidade de Taguatinga Norte, com o objetivo de usar as artes marciais para a defesa pessoal. Aqui temos o relato de como na escola onde estudara, o professor Rocha teve seu primeiro contato com a Capoeira: p. 06 "Iniciei a prática da Capoeira no ano de 1974, na cidade satélite de Taguatinga Norte, Distrito Federal. Neste ano eu [...] estudava do outro lado da avenida principal que dava acesso para a Ceilândia, outra cidade satélite e, por diversas vezes, quando eu ia para a escola, passava por algumas das ruas da Asa Norte e era perseguido e, muitas das vezes, agredido fisicamente por alguns meninos que moravam naquelas mediações. Num certo dia, quando estava indo para a casa da minha tia, que residia no outro lado da avenida principal da Shis Norte, vi um grupo de pessoas. Ao me aproximar foi que eu percebi que se tratava de uma roda de capoeira. Fiquei ali parado observando aqueles belíssimos movimentos de ataque e defesa, acrobáticos, acompanhado por cânticos, palmas e alguns instrumentos musicais como o pandeiro e o berimbau". Mestre Rocha e seu aluno Glauber, em um Batizado de Capoeira no ano 2000 no CERE
  • 8. Tristes momentos de agressões verbais ou físicas fazem parte da vida de muitos jovens hoje em dia. Algumas dessas práticas têm-se o título de bullying. Entretanto, na Capoeira, Rocha encontrou uma forma de se libertar das ameaças da violência física, ao mesmo tempo que enxergava nessa luta um sentido de proteção aos fragilizados, cuidado com o outro e o tão sonhado “grito de liberdade” do corpo e da alma. Por volta de 1975, Rocha foi morar com um de seus cunhados na QNM 36, conjunto e casa 36 M. Norte. Naquele lugar, portanto, treinava mais intensamente os movimentos de Capoeira que observava nas rodas da cidade, na chamada “Capoeira de Rua”. Contudo, foi através da compra do primeiro livro sobre o tema da Capoeira, “Capoeira sem mestre” das Edições de Ouro, que tinha como escritor Lamartini P. da Costa, que Rocha foi adquirindo mais conhecimento histórico e técnico sobre a luta em questão. Acrescenta-se a informação, de que essa aprendizagem da Capoeira de Rua e Capoeira de Quintal ocorreu com a orientação dos futuros mestre Cleber e Cal, oriundos de Brasília, por volta dos anos de 1974 a 1975. A INTRODUÇÃO DA CAPOEIRA NA REGIÃO DO CARIRI CEARENSE E m se tratando do ano de introdução da Capoeira, na cidade de Juazeiro do Norte, foi em 1977: os responsáveis por esse feito histórico foram o pernambucano, chamado Mestre Tena (chegou no Juazeiro em janeiro de 1977) e o maranhense e futuro mestre de capoeira, chamado Rocha (chegou no Juazeiro em março de 1977). Em relação à origem do Mestre Tena, em um artigo, Rocha explica que: "O mestre Tena era pernambucano, mas aprendeu a Capoeira em São Paulo. Casou-se com uma cearense natural de Juazeiro do Norte e com a influência da mesma, resolveram vir para o Cariri montar a 1ª Academia de Capoeira nesta cidade, fato este ocorrido em janeiro de 1977 (a chegada de mestre Tena à cidade de Juazeiro). Em abril do ano em curso (1977), o mestre Tena concretizou o seu grande sonho e inaugurou a 1ª Academia de Capoeira do Cariri. A academia era na garagem da casa da sogra do Mestre, localizada na Rua do Limoeiro, Bairro Casas Populares" (ROCHA, 2012, p. 15). p. 07
  • 9. 1ª entrega de graduações dos alunos formados pela Academia de Capoeira do Mestre Tena ocorreu em no início de setembro de 1977. Aquele fora um momento bastante especial na vida de Rocha, pois o mesmo fora “graduado com o cordão amarelo, que representava a 3ª graduação” (ROCHA, 2012, p. 15). Outro grande momento foi a apresentação da primeira roda de capoeira nas ruas de Juazeiro do Norte, pois essa situação representava proporcionar ao público/sociedade um contato mais direito com essa luta brasileira, bem como, com a própria história da capoeira tão vinculada à história de nosso país e do povo negro. Tal fato aconteceu na romaria de setembro de 1977. Passando algum tempo, treinando com mestre Tena e ensinando aos seus alunos, Rocha retorna ao Distrito Federal, no início do ano de 1978, para morar com uma irmã que residia na QMN-36, que ficava situada entre as cidades satélites de Taguatinga Norte e Ceilândia Norte. Aproveita, então, a oportunidade para prestar serviço militar e continuar praticando Capoeira. Continua o mestre Rocha afirmando que: A p. 08 "No ano de 1978, praticava Capoeira no Grupo A Senzala do Bimba com o mestre Bimbão que, segundo o mesmo, era sobrinho de Manoel dos Reis Machado – Mestre Bimba, o criador da Capoeira Regional. As aulas de Capoeira aconteciam nos finais de semana no pátio de uma determinada Escola Classe, da cidade satélite de Taguatinga Norte, DF". (ROCHA, 2012, p. 10). Registro da primeira roda de capoeira na cidade de Juazeiro do Norte, no ano de 1977, na praça Padre Cícero. Na primeira imagem, o mestre Rocha encontra-se à esquerda. Na segunda imagem, Rocha e um grupo de Capoeiristas estão na Colina do Horto.
  • 10. A prática da capoeira com o Mestre Bimbão foi do ano de 1978 até o início de 1980, onde recebeu, posteriormente, a graduação de Contramestre de Senzala. Contudo, entre os períodos de 1978 a 1981, o professor Rocha também praticou capoeira com outros mestres, dentre eles: Mestre Cal (foi Campeão Brasiliense de Vale Tudo), na época, aluno do mestre Barto (ex-discípulo de Vicente Ferreira Pastinha- Mestre Pastinha, o maior defensor da Capoeira Angola no Brasil) (ROCHA, 2012; ROCHA, s/d). Em se tratando do serviço militar (1980), ingressou nas Forças Armadas- Exército, servindo ao 1º Regimento de Cavalaria de Guarda (Dragões da Independência) na função de Fuzileiro Hipo e Instrutor de Defesa Pessoal do 4º Pelotão do 3º Esquadrão, onde permaneceu até abril de 1981 (ROCHA, s/d). Após “dar baixa” nos Dragões da Independência, na cidade satélite de Ceilândia Norte, participou de um torneio aberto de Capoeira. Ao retornar ao Juazeiro do Norte, no mês de abril de 1981, onde fixou residência, começou a ensinar Capoeira para alguns alunos da Praça Cinquentenário, em frente à Capela do Socorro (ROCHA, s/d). Durante esse tempo conhece e namora a jovem Cícera Queiroz Alves, que na época, era bacharel em direito e professora. O casamento aconteceu no dia 24 de dezembro de 1984, na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Deste casamento nasceu três filhos. Mais especificamente no mês de setembro de 1981, ministrou aulas de Capoeira no Centro Social Urbano (CSU) de Juazeiro do Norte, até o mês de dezembro do mesmo ano. Essa oportunidade foi proporcionada pelo professor Mauro (Capacete), que era coordenador de esportes da entidade educacional mencionada anteriormente. p. 09 Casa e local que era a sede do Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares.
  • 11. O mês de setembro de 1981 também marcou outro importante acontecimento na vida do professor Rocha: é a fundação de sua primeira academia de capoeira e defesa pessoal, que recebeu o nome de “Grupo A senzala do Rocha”, na cidade de Juazeiro do Norte, “tendo como sede a casa de número 213, localizada na Rua São José, Bairro Matriz, próximo ao Museu do Padre Cícero” (ROCHA, 2012, p. 16). Contudo, teve seu nome alterado para Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares, no dia 20 de novembro de 1981, “em homenagem ao maior e verdadeiro libertador da raça negra, Zumbi dos Palmares”, como assim enfatiza o professor Rocha, em uma de suas anotações. Em constante atividade, na forma representativa de seus alunos, o grupo de capoeira, em questão, esteve presente em momentos que marcaram também a introdução da capoeira em cidades como Juazeiro, Crato e Barbalha. No início do ano de 1982 foi: "[...] convidado pelo professor Douglas, o qual fora pioneiro na luta de vale-tudo em Juazeiro do Norte, para ensinar Capoeira e defesa pessoal na sua academia “Douglas Ringue Clube”, permanecendo na mesma de março até o mês de outubro do mesmo ano". Ainda em dezembro do mesmo ano (1982), tanto treinava capoeira, bem como auxiliava nas aulas de Capoeira do mestre Beluar (Ednaldo de Santana), o qual tinha acabado de chegar de São Paulo e instalado a primeira academia de Capoeira na cidade do Crato e a terceira da região do Cariri, que recebeu o nome de “Academia de Capoeira Vocação do Negro” (ROCHA, 2012; ROCHA, s/d). Diversas apresentações de capoeira em clubes locais, como por exemplo, no Parque de Exposição do Crato, foram realizadas e, assim, fizeram com que os cidadãos cratenses pudessem ter contato com a capoeira. p. 10
  • 12. Na cidade de Barbalha (que assim como o Crato e Juazeiro, pertence ao Crajubar), no mês de junho de 1983, o contramestre Rocha e seus alunos foram convidados pelo mestre Barros, a pedido do Secretário de Educação e Cultura da cidade de Barbalha, para realizarem uma apresentação de capoeira na Festa de Santo Antônio, tradicional evento local da cultura popular e religiosa dos cidadãos barbalhenses. Assim, Rocha descreve como fora o momento da apresentação: COMEÇO DE SUA TRAJETÓRIA PROFSSIONAL COMO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA E CAPOEIRA E m continuidade a história de vida de mestre Rocha, antes mesmo de iniciar o ofício que o imortalizaria na história da educação de Juazeiro do Norte, o professor Rocha foi mecânico de automóveis, buscando sempre a qualificação profissional para exercer essa função: por volta dos anos de 1984, 1986 e 1987, formou-se no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial- SENAI- Ceará em: Eletricista de automóvel, Mecânico em motores diesel, Torneiro Mecânico, Mecânico de automóvel e Curso de Solda elétrica e oxiacetilênica. Também concluiu o curso de Mecânico de Máquina de Costura Industrial, em 1987. p. 11 "Na oportunidade, convidei o mestre Beluar e os seus alunos para apresentamos juntos: não poderia deixar de convidar o mestre Tena, mas ao chegar no local onde funcionava a academia do mestre fui sabedor que ele havia retornado para São Paulo [...] E chegando o dia da tão esperada apresentação, fizemos da melhor forma possível. Desta maneira foi feita a introdução da capoeira na cidade de Barbalha, através da festa de Santo Antônio" (ROCHA, 2012, p. 16). A capoeira conectou ainda mais a região do Crajubar, formada pelas cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, com a chegada de novos professores de capoeira e o companheirismo entre os antigos professores que circundam as três cidades, com apresentações e batizados de capoeira em suas respectivas academias. Infelizmente, após o ano de 1983, Rocha nunca mais teve notícias do mestre Tena, após o retorno do mesmo à São Paulo: mas este nome não poderia ser omitido, juntamente com o nome de mestre Rocha, da história da introdução da capoeira na região do cariri cearense, mais especificamente, da cidade de Juazeiro do Norte. Também destacamos, que no ano de 1986 chegava em Juazeiro o Mestre Tabosa, o qual foi ministrar aulas de capoeira na Academia de Musculação do Professor Hélio, que também naquela época, ensinava Kung Fu na região do cariri cearense.
  • 13. Foi no ano de 1985, que Antonio Pereira Rocha iniciou sua atividade profissional como Professor Estagiário, na área de Educação Física, na Escola Técnica de Comércio, na cidade de Juazeiro do Norte, permanecendo até o ano de 1989. Nessa instituição de ensino concluiu também o Segundo Grau e obteve o Certificado Profissional de Técnico de Contabilidade. No ano de 1988, Rocha concluiu o curso de Datilografia “que lhe conferiu o direito de exercer a profissão neste cargo, no qual está habilitado”, pela Escola de Datilografia Leão Sampaio. Em seguida, por volta de 1989/1990, Rocha foi Professor de Jogos e Recreação (professor provisionado) do Ginásio Monsenhor Macêdo, instituição particular de ensino religioso (católico) e em 1992 atua também como professor de Capoeira nesta escola. Outra instituição particular de ensino religioso (vinculado à Ordem Salesiana) que o professor Rocha lecionou foi o Colégio Salesiano São João Bosco, por volta de 1990 (atuando por quase 14 anos), na função de professor de Educação Física e de Capoeira, em projeto de esporte e desporto desenvolvido naquela escola. Para o exercício deste cargo, o professor Rocha se inscreveu no Conselho Regional de Educação Física do Estado do Ceará (CREF), onde manteve vínculo até o ano de 2015. Em 1994, o professor Rocha passou em um concurso municipal na área de Educação Física e começou a trilhar essa trajetória profissional de destaque em sua vida. Posteriormente, como professor temporário vinculado à CREDE 19, desenvolveu suas atividades profissionais também em escolas estaduais, onde aplicou o projeto Capoeira nas Escolas, alinhado às práticas de Educação Física. Também não podemos esquecer da atuação do professor Rocha como bandeirinha e árbitro de futebol, entre os anos de 1996 a 1998, no Campeonato Cearense de Futebol, onde permaneceu filiado ao Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado do Ceará- SINDCAF- CE. Nesse período participou de cursos nas áreas de Técnico de Futsal, Reciclagem das Novas Regras do Futsal e Árbitro de Futebol, cursos realizados pela Liga Cratense de Futsal, Associação Juazeirense de Árbitros de Futsal e Federação Cearense de Futsal, respectivamente. Abrimos um parêntese para recordar que durante o período de 1999 a 2009, o professor Rocha esteve envolvido, de forma direta e indireta, nas edições dos Jogos Estudantis de Juazeiro do Norte (Jejunos), “participando com empenho e esportividade nesse movimento que congrega jovens, estimulando-os a superar os desafios e unindo-se em torno de uma saudável convivência” , estando presente na preparação e acompanhamento dos alunos/atletas das escolas as quais exerceu sua profissão como professor de Educação Física. p. 12
  • 14. No ano de 2002, formou-se em Licenciatura Plena de Ensino Fundamental- Pedagogia (turma 33) na Universidade Regional do Cariri- URCA, sua primeira licenciatura, na qual, em algumas escolas atua como professor polivalente (1º e 2 ciclos), em razão de sua recente graduação. Por volta do ano de 2009, também foi professor de artes, como complemento de carga horária e, consequentemente, qualificou-se com Cursos de Formação Inicial e Continuada, bem como de extensão, para que esses conhecimentos teóricos fossem alinhados à sua prática com as artes. Rocha concluiu seu curso de Educação Física na Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA, no ano de 2013, um sonho conquistado com muito suor, lágrimas e sentimento de gratidão a Deus por ter finalizado essa etapa tão significativa no ofício de um professor. Em 2014, Rocha finalizou sua Pós-graduação em Aperfeiçoamento em Atividade Física para Pessoas com Deficiências, pela Universidade Federal de Juiz de Fora- UFJF, outra grande conquista em sua vida. Contudo, entre os anos de 2014 e 2015, sendo submetido a uma intervenção cirúrgica para a correção da retina, devido ao deslocamento da mesma, Rocha perdeu a visão de um olho: portanto, desde o ano de 2015, era professor readaptado atuando na sala de leitura e na biblioteca da Escola de Ensino Fundamental Vereador Francisco Barbosa, da cidade de Juazeiro do Norte. Mesmo que não podendo exercer as atividades de Educação Física, de forma direta ou mais “intensa”, Rocha sempre buscava meios de incentivo a tudo isso que representou sempre uma parte essencial de sua existência. p. 13
  • 15. O PROJETO CAPOEIRA NAS ESCOLAS V ale salientar que o professor e mestre de Capoeira, Antonio Pereira Rocha, foi, na realidade, também o introdutor da Capoeira nas Escolas da Rede Pública Estadual e Municipal da cidade de Juazeiro do Norte, através do Projeto Capoeira nas Escolas. p. 14 No artigo “A inserção da Capoeira nas Escolas da Rede Pública e Privada da cidade de Juazeiro do Norte” (2012), explica também como ocorreu o desenvolvimento da Capoeira, no âmbito escolar, como elemento de suma importância na formação do aluno, através da tríade ensino-escola-capoeira. Iniciamos com a trajetória do professor Rocha em duas escolas particulares, que antecedem o projeto acima mencionado: a primeira foi o Ginásio Monsenhor Macedo, na cidade de Juazeiro do Norte. No ano de 1989, nessa referida instituição de ensino privado e administrada por irmãs religiosas, Rocha começou a lecionar Educação Física: contudo, é no ano de 1992 que ministra aulas de Capoeira (como uma subdivisão da Educação Física), não somente vinculada ao seu grupo de capoeira (Zumbi dos Palmares), mas em um horizonte mais amplo, em termos de público-alvo. “As aulas de Capoeira eram realizadas em contraturno” (ROCHA, 2012, p. 11). Ele permaneceu nessa escola até o ano de 1994. Por volta de 1990, Rocha ingressou em outra escola particular: o Colégio Salesiano São João Bosco, da mundial Rede Salesiana. Quatro anos após seu ingresso, em 1994, o professor Rocha começou a lecionar Capoeira, também como subdivisão da Educação Física, no Centro Juvenil deste colégio, até o ano de 1998. Ensinou Educação Física, na instituição de ensino acima mencionada, até o ano de 2004. A introdução da Capoeira, por intermédio do professor Rocha e do projeto Capoeira nas Escolas, foi no ano de 1995, quando o mesmo foi lecionar Educação Física no Centro Educacional de Referência Almirante Ernani Vitorino Aboim Silva, permanecendo nessa instituição de ensino até o ano de 1998. Posteriormente, recomeçou o projeto no ano de 1999 até 2003, encerrando o vínculo na escola mencionada.
  • 16. Sobre esse assunto, Rocha discorre que: Como vimos na citação acima, um dos grandes trabalhos idealizados pelo professor e mestre Rocha (Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares), que une o ensino/educação física e a capoeira, foi “O projeto Capoeira nas escolas”, como parte do Programa Esporte Educacional, desenvolvido, na época, em parceria com a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento em Educação (CREDE-19) de Juazeiro do Norte. Já no ano de 1997, a Capoeira foi inserida na rede pública municipal no Ginásio Municipal Antonio Xavier de Oliveira, através das aulas de Educação Física, até ano 2000. Expandindo o modelo de projeto apresentado em 1995 no CERE, em 1998, a Capoeira estava presente na rede pública estadual, através do projeto Capoeira na Rede Pública Estadual- Crede 19, bem como nas escolas municipais. "[..] No final de 1995, a Capoeira foi inserida na Rede Pública Estadual no Cere — Centro Educacional de Referência Almirante Ernani Vitorino Aboim Silva, através do projeto “Capoeira no Cere”. A Capoeira era ensinada dentro das aulas de Educação Física. Vale ressaltar, que a escola tinha sido inaugurada a quase oito meses e possuía muitos alunos, dentre eles jovens e adolescente os quais não se respeitavam e nem faziam as tarefas escolares. Depois de alguns anos ministrando aulas de Capoeira percebi que muitos alunos mudaram o seu comportamento para melhor, com relação ao respeito, ao cumprimento das tarefas escolares e uma melhor socialização com os outros" (ROCHA, 2012, p. 11). p. 15 A ÚLTIMA GRANDE RODA E BATIZADO DE CAPOEIRA DE MESTRE ROCHA Antes do ano de 2018, o professor Rocha estabeleceu contato com um antigo professor de Capoeira da época de sua adolescência, o mestre Cleber Soares de Paula, que agora tinha sua própria academia de Capoeira em Taguatinga-DF intitulada de “Associação de Capoeira Roda Livre”. Ambos, relembraram de grandes momentos daquela época e Rocha sentiu a necessidade de, agora, evoluir ainda mais na Capoeira, no sentido de um título obtido, através do Certificado de Graduação de Mestre de Capoeira Regional e de Angola, não obstante seus longos anos de prática dessa luta brasileira: e nada mais justo e significativo do que tal graduação ser entregue das mãos de um grande amigo e mestre de Capoeira.
  • 17. Em janeiro de 2018, Rocha viajou para Brasília. Aproveitou a oportunidade para rever a família e visitou o mestre Cleber em sua academia, recebendo o tão almejado certificado e graduação. Outra ocasião importante na vida do mestre Rocha, merece também destaque: no ano de 2019, o mesmo organizou o “II Evento Comemorativo referente aos 419 anos da Capoeira no Brasil (Capoeira Afro-Brasileira/ Angola), 89 anos da Luta Nacional Baiana (Capoeira Regional) e o 1º seminário “Capoeira e sua evolução histórica”, eventos esses realizados nos dias 15 e 16 de junho de 2019, na cidade de Juazeiro do Norte, na EEIF Padre Cicero, na cidade de Juazeiro do Norte, com a presença de grupos de capoeira local, alunos e mestre convidados. A partir daquele momento passou a ser chamado de mestre Dhy Rocha. p. 16 Nesse mesmo ano de 2019, na Escola de Ensino Fundamental Vereador Francisco Barbosa, localizada no bairro Horto, na cidade de Juazeiro do Norte, aconteceu o último batizado do Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares. Mestre Rocha foi o fundador da Kapokaboxe Academy (que iremos tratar mais adiante sobre este tema). Ele faleceu no dia 07 de outubro de 2021, na cidade de Juazeiro do Norte, vítima de infarto. Esse é o registro da imortalidade humana: quando as pessoas continuam o legado e o exemplo de seu mestre, espalhando os ensinamentos das artes marciais e levando o nome do educador e professor Rocha pelo mundo, com honra, respeito e amor.
  • 18. p.17 O professor e mestre Rocha havia sido convidado pela Budokan Karate-do, com sede na Índia, para o ensino de armas e estava gravando o Curso de Nuchaku, antes de seu falecimento. Foi membro- instrutor da Global International Martial Arts Federation (GIMAF), membro-instrutor LATHI Federation Brasil; membro-instrutor da Universal Karate Kickboxing Worldwide Association com sede na Inglaterra. No período de seu falecimento, recebeu homenagem póstuma de alunos da Índia, Inglaterra e Brasil. Além disso, como menção honrosa/títulos, citamos o título de Shiran (em memória) pela WKKO- Brasil. Na sua história das artes marciais, além de ser mestre de Capoeira, também foi Faixa Preta de Karate Full Contact (1º dan) pela ITFCK e WKKO e ; Grão-mestre de Kcapojuboxe e Instrutor de Ninjutsu e armas. REFERÊNCIAS ROCHA, Antonio Pereira. A inserção da Capoeira nas Escolas da Rede Pública e Privada da cidade de Juazeiro do Norte (artigo impresso). Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA. Instituto Dom José de Educação e Cultura- IDJ- Curso de Licenciatura em Educação Física. Crato, Ceará: 2012. ROCHA, Antonio Pereira. A inserção da Capoeira nas Escolas da Rede Pública e Privada da cidade de Juazeiro do Norte (artigo apresentado à disciplina História das Práticas Corporais). Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA. Instituto Dom José de Educação e Cultura- IDJ- Curso de Licenciatura em Educação Física. Crato, Ceará: s/d. ROCHA, Antonio Pereira. Kcapojuboxe: arte marcial caririense (documento impresso). Registrado no Cartório Machado- 2º ofício. Juazeiro do Norte, Ceará: 2018. ROCHA, Antonio Pereira. Memorial (apresentado à disciplina História das Práticas Corporais- escrito à mão). Universidade Estadual Vale do Acaraú- UVA. Instituto Dom José de Educação e Cultura- IDJ- Curso de Licenciatura em Educação Física. Crato, Ceará: s/d. ROCHA, Antonio Pereira. Plano de aula de Educação Física [documento impresso]. Juazeiro do Norte: CE, 2007. ROCHA, Antonio Pereira. Plano do Curso de Educação Física [documento impresso]. Séries 7º, 8º e 9º (4º ciclos). Juazeiro do Norte, Ceará: 2010. ROCHA, Antonio Pereira. Projeto Capoeira no CERE (projeto impresso apresentado ao CERE). Juazeiro do Norte, Ceará: 1998. ROCHA, Antonio Pereira. Projeto Capoeira nas Escolas da Rede Pública Municipal (projeto impresso apresentado às escolas EEF João Alencar, EEF Pelúsio, Edwar Teixeira Ferrer, Zila Belém e EEF Sebastião Teixeira Lima). Juazeiro do Norte, Ceará: s/d. ROCHA, Antonio Pereira. PROJETO SEMANA CONSCIÊNCIA NEGRA: TODOS SOMOS NEGROS! (projeto impresso e apresentado à ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL VEREADOR FRANCISCO BARBOSA). Juazeiro do Norte, Ceará: 2018. ROCHA, Antonio Pereira. Sistema de graduação do Grupo de Capoeira- “Capoeira Estilo Zumbi” (documento escrito à mão). Juazeiro do Norte, Ceará: 2015.
  • 19. THE SHAMANESS STHEFANIE OLIVEIRA STHEFANIE OLIVEIRA A K A P O K A B O X E A P O I A A A T L E T A D O K A R A T E C O M B A T
  • 20. Olegado doMestre Rocha KAPOKABOXEACADEMY p.19 Basicamente, o projeto da Kapokaboxe Academy surgiu entre os anos de 2017 e 2018, quando o mestre Rocha e o sensei Raphael (seu filho) estavam conversando sobre as questões de luta em pé, artes marciais, boxe e MMA. Portanto, surgiu o projeto que oferece programas de Karatê, Capoeira, Boxe e Luta para todas as pessoas que possuem interesse, independentemente da experiência e capacidade de preparação física. As artes marciais voltadas aos cursos, treinamentos, aulas de autodefesa, MMA ou modalidades de luta em pé (competições) são oferecidas nas modalidades online e presencial. A academia em questão conta com diversos profissionais e professores das seguintes modalidades: Karate Budokan, Karate Shotokan, Karate Full Contact, WNF Ninja Martial Arts, Capoeira, Boxe e Ninjutsu, sendo filiada a: WORLD KEMPO KAIKAN BRASIL (WKKO); WKKO KENPOKAI-KAN INTERNATIONAL SENTÓ KARATE ORGANIZATION; WAKAZAMURAI KOKUSAI BUDO; WORLD INTERNATIONAL MARTIAL ARTS ASSOCIATION & ORGANIZATION; WORLDWIDE MARTIAL ARTS ASSOCIATION. Atualmente a Kapokaboxe Academy, através de seus filiados e membros, está presente nos seguintes estados: Ceará, Paraíba, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas, Florianópolis. Em se tratando de países: Costa Rica, Índia e Japão. Após a morte do mestre Rocha, no dia 7 de outubro de 2021, o seu filho, o sensei Raphael, ficou responsável por dar continuidade ao legado do mestre Rocha, através da Kapokaboxe Academy. Com o seu último projeto, a Kapokaboxe Academy, vimos que o levou do mestre Rocha e de seu modelo de academia de artes marciais e defesa pessoal foi expandido além das fronteiras brasileiras, conquistando participação e reconhecimento mundial. AcademiasFiliadas DOJO JUAZEIRO DO NORTE- CEARÁ (Sensei Raphael Rocha) DOJO SÃO PAULO (Kyldery Wendel Araujo Sensini) DOJO PARAÍBA (Washington Ramos e João Batista) DOJO SALVADOR- BAHIA (Uiliam Ribeiro Oliveira) DOJO MINAS GERAIS (Aciomar Oliveira) DOJO RIO DE JANEIRO (Márcio Samurai, Francisco Barbosa e Thiago Leal) DOJO TOCANTINS (Milton Leal) DOJO COSTA RICA (Aaron Mendez e Freyser Andres Araya Quiros) DOJO MÉXICO (Sabonin Rangel)
  • 21. KAPOKABOXEACADEMY p.20 A Kapokaboxe Academy é filiada: Shotokan Karate World Association Além disso, os membros e alunos/atletas representam a academia do mestre Rocha nos campeonatos nacionais e internacionais, nas modalidades presencial e online, dos quais conquistaram premiações significativas. Budokan Karate Do International Shobukan Karate Association Universal Karate Kickboxing Worldwide Association World Kenjutsu Federation Worldwide Martial Arts Association Wankan Karate Do Federation World International Martial Arts Association & Organization World Ninja Federation
  • 24. Começou seu caminho nas artes marciais aos 5 anos de idade, como forma de controle e disciplina, até os dias de hoje, onde fundou seu próprio estilo de combate chamado “Bootcamp Combat System” (a verdadeira defesa em ambientes urbanos), implementando técnicas baseadas em sua vasta experiência em anatomia (especialista em vulnerabilidade humana) para causar o maior dano, no menor tempo possível. Sua experiência em medicina (médico tático e instrutor de primeiros socorros aplicado na defesa pessoal) torna sua metodologia de treinamento ideal em ataque e defesa, bem como em estabilização. Tem a titulação máxima como especialista em armas brancas, instrutor de combate nesta categoria, sendo especialista em ataques e desarmamento. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 23
  • 25. *Tradução do original em espanhol Atualmente é representante de mais de 20 sistemas de combate ao redor do mundo, obtendo certificações máximas por sua magnífica experiência. Seu sistema “Bootcamp Combat System” se concentra na condição física ideal onde, como especialista em transformações físicas, não foca apenas nas técnicas de combate, mas também no treinamento físico de alta intensidade para obter um melhor desenvolvimento cardiovascular, além da força e resistência adequadas para o combate, sendo instrutor em treinamento de alta intensidade e voluntário na defesa das zonas ecológicas de seu país, Costa Rica: daí a adaptação para o combate em terreno montanhoso*. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 24
  • 26. Kyldery Sensini é professor responsável pela Kapokaboxe, núcleo da Capital de São Paulo. É um dos mais populares professores de artes marciais da cidade, fundador do Centro de Treinamento Marcial "Dragão da Tempestade". Além disso, é detentor de 5 Faixas Pretas (Karate, Ninjutsu, Jiu Jitsu, Kickboxe e Hapikido). Também possui graduações em Kenjutsu, Muay Thai, Taekwondo, entre outras. Atualmente ministra aulas na Academia Hanuman Figth e Academia Shidokan do Brasil. Leciona também no Vale do Anhangabaú pela prefeitura de São Paulo e é voluntário no CEU Quinta do Sol, Zona Leste de São Paulo. Professor Kyldery mantém a mesma qualidade em seus treinamentos, tanto os que são particulares quanto os gratuitos: possui turmas de instrução online e presencial, assim como treinamento para Atletas de MMA na Modalidade Grappunch e Defesa Pessoal pela World Federation Stret Self Defense WFSSD e Senshi no Michi Pont Fu-do. Também é um experiente professor de Atletas PCDs (Pessoa com Deficiência), tendo sido diretor de uma instituição especializada. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 25
  • 27. Além da carreira como Professor e Atleta, atualmente possui algumas diretorias em entidades importantes de Artes Marciais: é diretor Geral da Organização Internacional de Artes Marciais e Esportes de Contato (OIAMEC); Conselheiro de Honra da World Kenpokai Kan Brasil - WKKO Brasil; Diretor na Federação Brasileira de Karate e Kobudo -FBKK, Internacional Kyokushinkai Federation - IFK e na Associação Paulista de Artes Marciais - APAM. Recentemente foi promovido a Presidente da World Ninja Federation Brasil - WNF Brasil. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 26
  • 28. Membro da Kapokaboxe Academy, é Faixa Preta 2° Dan de Ninjutsu Budo Ryu pela Word Ninja Federation (WNF) e Japan Ninja Concil. Faixa Preta 1° Dan de Karatê Full-contact formado pela Kapokaboxe Academy, Word Bushido Kyokushinkai Kan Karate Organization e International Tiggers Full Contact Karate Federation. Faixa Marrom de Jiu-jitsu pela Confederação Brasileira De Jiu-jitsu (CBJJ) e International Brazilian Jiu-jitsu Federation (IBJJF). INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 27
  • 29. Nascido em Bayeux-PB, iniciou nas artes marciais aos 8 anos de idade, na prática do judô, em Santa Rita-PB onde passou a sua infância e início da sua adolescência. O professor Washington é o fundador da escola ALONE ELITE FIGHT KAPOKABOXE-PB e responsável pelo projeto social CAMINHO DA ARTE, que beneficia adultos, jovens e crianças com aulas de JIU- JITSU e FULL CONTACT, nas cidades de Patos-PB e São José do Bonfim-PB. Também ensina a arte do jiu-jitsu na FUNDAÇÃO BEM VIVER, uma fundação beneficente que atende várias famílias na cidade de Patos, na Paraíba. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 28
  • 30. Profissional de Educação Física (CREF- 054590/RJ) e fundador da SAYKO HAN DO. O significado do nome de seu Dojo, SAYKO HAN DO, é “o caminho sereno do controle”, no qual o sayko quer dizer homem sereno ou paz de espirito; han diz respeito à consolidação do poder ou preservação da etnia e do significa caminho. É também professor Faixa Preta de Kenpo de Contato, registrado na CIAMEC (Grão Mestre Matinho Falcão) e KAPOKABOXE (Sensei Raphael Rocha). Trabalha com Kenpo de Contato e também de forma fitness; já o Takenouchi Ryu Kenpo, transmite apenas para seus discípulos. O TAKENOUCHI RYU KENPO JUJUTSU é um KORYU, arte marcial japonesa, que visa aumentar as condições físicas do praticante, oferecendo também técnicas de defesa pessoal e ajudando-o a eliminar as tensões cotidianas. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 29
  • 31. Sua metodologia de combate baseia-se em técnicas de golpes apurados como socos, chutes mais variados possíveis, imobilizações, torções, condicionamento físico e mental, proporcionando assim, uma visão abrangente da arte de se defender e manter o corpo de forma ativamente aeróbica. INSTRUTORES KAPOKABOXE MUNDO E BRASIL p. 30 "TODO GUERREIRO TEM O DIA DE SUA PEREGRINAÇÃO".
  • 32. F E R N A N D A O L I V E I R A F A Z E N D I N H A p.31 B A R Ã O J I U - J I T S U
  • 33. fernanda Oliveira é faixa preta de Brazilian Jiu Jitsu. Além disso, treinou Capoeira, Muay Thaí, Judô, Kendo, Kenpo, Systema (arte marcial russa), Kung Fu Louva-a-Deus, Wing Chun e Karate Shotokan (que ainda pratica periodicamente). Graduou-se professora faixa preta graças ao mestre Luiz Roberto Barão (7º grau e aluno do GM George Gracie). Em sua jornada, pôde se aperfeiçoar com as lendas Rorion Gracie, Royier Gracie, Rayce Gracie, Kyra Gracie e Rocian Gracie. Em 2018 e 2019 recebeu a Medalha do Mérito Esportivo pela Federação Paulista de Jiu Jitsu (FPJJ). É campeã mundial de JJ por sua categoria de peso (CBJJE) e campeã pan- americana (CBJJE). Seu registro de professora é certificado pela Intemational Brazilian Ji Jitsu Federation. Em nome do mestre Barão, ministra aulas em um dojo localizado em Santana de Parnaíba, no interior de São Paulo, há cinco anos, com cerca de 35 alunos. Realiza seminários de defesa pessoal. Tem pós-graduação em Gestão de Pessoas, Nutrição e Exercícios Físicos na Prevenção de Doenças. Ainda é mestre em Reikí Usui Ono (terapeuta holística). p. 32
  • 36. k a h o n o u c h iSeu pai trabalhou como espadachim profissional por 40 anos no Kyoto Film Studio, Shin-Kabuki-za e Goen-za e, atualmente está ainda em atividade. Aos oito anos, Kaho começou a aprender a arte da luta de espadas com seu pai e, aos nove anos fez sua primeira aparição no palco. Ela também aprendeu dança com seu pai (mestre da escola Hanayagi de dança tradicional japonesa) e com sua mãe (mestra da escola Wakayagi de dança tradicional japonesa). Kaho Nouchi é a representante do grupo Sukedachiya Ohako, levando ao mundo a arte tradicional da luta de espada japoensa TATE, por meio de aulas e apresentações! p. 35
  • 37. Sobre o estilo de luta de espada TATE: enfatiza a beleza estilística do Kabuki, base de suas raízes, e destaca os efeitos visuais e a beleza do palco, chamado de "luta de espada clássica". Hoje, existem poucos grupos que usam as técnicas comuns de Kabuki em sua luta de espadas. Sukedachiya ohako é um grupo de luta que herdou a escola Nouchi desta clássica luta de espadas. Ao fazer o treino da espada TATE, você pode experimentar as emoções ferozes do movimento e sentir a tensão silenciosa, como quando a chama de uma vela está prestes a se apagar. t a t e e s p a d a p. 36
  • 38. O grupo Sukedachiya Sword Fighting trabalha a performance de luta com espadas. A força vigorosa, a tensão e o espírito que são gerados refletem no público que assiste a uma performance deste grupo, que sente uma alegria predominante que corre por suas veias. A coreografia refinada e intensa, bem como a sua estética dos cortes da espada, criam uma tensão, construindo uma unidade entre o palco e o público que só uma performance ao vivo pode oferecer! (Matéria adaptada. Original disponível no site sukedachiya.jp) s u k e d a c h i y a p. 37
  • 40. Sensei C O N H E C E N D O O R A P H A E L R O C H A p. 39
  • 41. Raphael Rocha mestrando em Gestão e Auditoria, bacharel em Sistemas de Informação e Teologia, e Especialista em Inclusão Social através do Esporte. Nas artes marciais, graduou-se como Instrutor de Capoeira no ano de 2019, pelo Grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares, grupo este fundado pelo o seu pai, o Mestre Rocha; atualmente é Faixa Preta 2º Dan em Karatê Budokan, reconhecido pela Budokan Karate International, como também é instrutor e examinador autorizado; e Faixa Preta em Karatê Shotokan reconhecido pela Shotokan Karate World Association e International Shotokan Shobukan Karate Association. Sensei Raphael Rocha Participou de cursos, seminários e treinos com: Sensei Luiz Carlos, Douglas Brose (campeão mundial de karatê), Lucélia Brose, Ivan Leal, Driss El Mannani; Sensei Machida; seminários e treino com a sensei Kancho Nouchi, Shiori Kaburaki, Hiyori Kanazawa, com o sensei Nobuaki Kanazawa, Daizo Kanazawa, Paul Huglo e Shihan Murakami. Atualmente, o Sensei Raphael Rocha possui formação em Armas Tradicionais Japonesa pela Mestra Kaho Nouchi. Em nome da Kapokaboxe Academy, já recebeu prêmios de mérito e participação de seus alunos em campeonatos no Brasil, Índia, Costa Rica, Egito, dentre outros países. p. 40
  • 42. O Sensei Raphael Rocha é o Presidente da Kapokaboxe Academy e representante das federações nacional WORLD NINJA FEDERATION (WNF), WORLD KENJTSU FEDERATION, BUDOKAN BRASIL e SHOTOKAN KARATE WORLD ASSOCIATION (SKWA), organizando e mantendo seminários e palestras em todo o Brasil, com o apoio de membros e alunos da academia, bem como ministrando aulas online e presencial, na função também de Personal Fight e no ensino de artes marciais. p. 41
  • 44. 1º E 2º TORNEIO KAPOKABOXE Os eventos denominados de 1º e 2º Kapokaboxe Academy Torneio foram campeonatos onlines com objetivos diferentes: o primeiro, lançado em junho de 2021, era destinado as modalidades kata e técnicas de luta, como uma forma de introduzir à academia ao mundo, ao mesmo tempo que procurava manter contato com outras artes marciais e organizações. Assim sendo, os países que participaram, além do Brasil, foram a Índia, Malásia, Uzbequistão, Inglaterra e Estados Unidos. Os participantes, professores e alunos, enviaram seu vídeos, em conformidade com as orientações do edital, sendo premiados com certificado de participação, de acordo com o julgamento da banca avaliadora, formada por profissionais das artes marciais, com vínculo na academia Kapokaboxe. Nesse campeonato pode ser evidenciado que o mais importante foi a participação e a união das artes marciais, sempre com respeito e reconhecimento do outro. O segundo evento realizado em outubro de 2021 teve como intuito homenagear a memória do fundador da Kapokaboxe Academy e do grupo de Capoeira Zumbi dos Palmares, Antonio Pereira Rocha, mais conhecido como professor Rocha, no qual participaram mais de 200 atletas, de 13 países, como: Brasil, Índia, Venezuela, Paquistão, Mianmar, Sri Lanka, Filipinas, Egito, Costa Rica, Inglaterra, Zimbábue, Malawi e Estados Unidos. O prêmio foi em dinheiro para o primeiro e o segundo lugar, além de certificados de participação para todos que enviaram seus vídeos. Ambos os eventos foram gratuitos, visando estimular a propagação das artes marciais. p. 43