SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Curso: Técnico auxiliar de Saúde                                                    Ano Lectivo: 2012/2013
Disciplina: H.S.C.G                      Módulo 1: Técnica de colocação e remoção de luvas
                                                         0




Nome:______________________________________________      N.º: ___   Turma: ___º__    Data: ___/___/20____

                                          Ficha Informativa




                                   Calçando e descalçando Luvas

       As luvas esterilizadas, denominadas luvas cirúrgicas, são indicadas para a
realização de procedimentos invasivos ou manipulação de material estéril, impedindo a
deposição de microrganismos no local. Exemplos: cirurgias, suturas, curativos,
cateterismo vesical, dentre outros.
       As luvas de procedimento são limpas, porém não esterilizadas, e o seu uso é
indicado para proteger o profissional durante a manipulação de material, aquando do
contato com superfícies contaminadas ou durante a execução de procedimentos com
risco de exposição a sangue, fluidos corpóreos e secreções. Não há nenhum cuidado
especial para calçá-las, porém devem ser removidas da mesma maneira que a luva
estéril, para evitar que o profissional se contamine.
        Antes de qualquer coisa, ressalte-se que a luva
deve ter um ajuste adequado, a numeração deve
corresponder ao tamanho da mão.
        Abra o pacote de luvas posicionando a abertura do
envelope para cima e o punho em sua direção (passo 1).
        Segure a luva pela dobra do punho, pois é a parte
que irá aderir à pele ao calçá-la, única face que pode ser
tocada com a mão não-enluvada - desta forma,
sua parte externa se mantém estéril (passo 2).
        Para pegar a outra luva, introduza os dedos da
mão enluvada sob a dobra do punho (passo 3) e calce-a,
ajustando-a pela face externa (passo 4 e 5).
 Ao calçar a luva, mantenha distância dos mobiliários
e as mãos em nível mais elevado, evitando a
contaminação externa da mesma .Após o uso, as luvas
estão contaminadas.

       Durante a retirada das luvas a face externa da luva
não deve tocar a pele. Para que isto não ocorra, puxe a
primeira luva em direção aos dedos, segurando-a na altura
do punho com a mão enluvada ( passo1);
        Em seguida, remova a segunda luva, segurando-a
pela parte interna do punho e puxando-a em direção aos
dedos (passo 2). A face externa deve ser mantida voltada para dentro para evitar
autocontaminação e infecção hospitalar.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Ficha cailçandoluvas

Prevenção e controle influenza 2012
Prevenção e controle influenza 2012Prevenção e controle influenza 2012
Prevenção e controle influenza 2012
Hosana maniero
 

Semelhante a Ficha cailçandoluvas (20)

Semiotecnica 2-ano-de-enfermagem-1-capitulo
Semiotecnica 2-ano-de-enfermagem-1-capituloSemiotecnica 2-ano-de-enfermagem-1-capitulo
Semiotecnica 2-ano-de-enfermagem-1-capitulo
 
Biossegurana 2012
Biossegurana 2012Biossegurana 2012
Biossegurana 2012
 
Biosseguranca 2012
Biosseguranca 2012Biosseguranca 2012
Biosseguranca 2012
 
Biossegurana 2012
Biossegurana 2012Biossegurana 2012
Biossegurana 2012
 
2ªaula - biossegurana.ppt
2ªaula  -  biossegurana.ppt2ªaula  -  biossegurana.ppt
2ªaula - biossegurana.ppt
 
Aula 02.pptx
Aula 02.pptxAula 02.pptx
Aula 02.pptx
 
CAMPANHA MÃOS.pptx
CAMPANHA MÃOS.pptxCAMPANHA MÃOS.pptx
CAMPANHA MÃOS.pptx
 
Aula biossegurança 2
Aula biossegurança 2Aula biossegurança 2
Aula biossegurança 2
 
BIOSSEGURANÇA.ppt
BIOSSEGURANÇA.pptBIOSSEGURANÇA.ppt
BIOSSEGURANÇA.ppt
 
CALÇANDO-LUVAS- Cirúrgicas-Enfermagem...
CALÇANDO-LUVAS- Cirúrgicas-Enfermagem...CALÇANDO-LUVAS- Cirúrgicas-Enfermagem...
CALÇANDO-LUVAS- Cirúrgicas-Enfermagem...
 
higienização das maos.pptx
higienização das maos.pptxhigienização das maos.pptx
higienização das maos.pptx
 
aula Lavagem das Mãos.ppt
aula Lavagem das Mãos.pptaula Lavagem das Mãos.ppt
aula Lavagem das Mãos.ppt
 
Prevenção e controle influenza 2012
Prevenção e controle influenza 2012Prevenção e controle influenza 2012
Prevenção e controle influenza 2012
 
biossegurança (1) (1) (1).pptx
biossegurança (1) (1) (1).pptxbiossegurança (1) (1) (1).pptx
biossegurança (1) (1) (1).pptx
 
EPI's Luvas e Jalecos
EPI's Luvas e JalecosEPI's Luvas e Jalecos
EPI's Luvas e Jalecos
 
UFCD - 6563- Lavagem das Mãos.pptx
UFCD - 6563- Lavagem das Mãos.pptxUFCD - 6563- Lavagem das Mãos.pptx
UFCD - 6563- Lavagem das Mãos.pptx
 
AULA FTC.pptx
AULA FTC.pptxAULA FTC.pptx
AULA FTC.pptx
 
Protecao maos-jorcy
Protecao maos-jorcyProtecao maos-jorcy
Protecao maos-jorcy
 
7 - AULA TÉCNICA COLOCAÇÃO LUVAS ESTÉREIS.pptx
7 - AULA TÉCNICA COLOCAÇÃO LUVAS ESTÉREIS.pptx7 - AULA TÉCNICA COLOCAÇÃO LUVAS ESTÉREIS.pptx
7 - AULA TÉCNICA COLOCAÇÃO LUVAS ESTÉREIS.pptx
 
Prevenção e Proteção de Acidentes ns Mãos.ppt
Prevenção e Proteção de Acidentes ns Mãos.pptPrevenção e Proteção de Acidentes ns Mãos.ppt
Prevenção e Proteção de Acidentes ns Mãos.ppt
 

Ficha cailçandoluvas

  • 1. Curso: Técnico auxiliar de Saúde Ano Lectivo: 2012/2013 Disciplina: H.S.C.G Módulo 1: Técnica de colocação e remoção de luvas 0 Nome:______________________________________________ N.º: ___ Turma: ___º__ Data: ___/___/20____ Ficha Informativa Calçando e descalçando Luvas As luvas esterilizadas, denominadas luvas cirúrgicas, são indicadas para a realização de procedimentos invasivos ou manipulação de material estéril, impedindo a deposição de microrganismos no local. Exemplos: cirurgias, suturas, curativos, cateterismo vesical, dentre outros. As luvas de procedimento são limpas, porém não esterilizadas, e o seu uso é indicado para proteger o profissional durante a manipulação de material, aquando do contato com superfícies contaminadas ou durante a execução de procedimentos com risco de exposição a sangue, fluidos corpóreos e secreções. Não há nenhum cuidado especial para calçá-las, porém devem ser removidas da mesma maneira que a luva estéril, para evitar que o profissional se contamine. Antes de qualquer coisa, ressalte-se que a luva deve ter um ajuste adequado, a numeração deve corresponder ao tamanho da mão. Abra o pacote de luvas posicionando a abertura do envelope para cima e o punho em sua direção (passo 1). Segure a luva pela dobra do punho, pois é a parte que irá aderir à pele ao calçá-la, única face que pode ser tocada com a mão não-enluvada - desta forma, sua parte externa se mantém estéril (passo 2). Para pegar a outra luva, introduza os dedos da mão enluvada sob a dobra do punho (passo 3) e calce-a, ajustando-a pela face externa (passo 4 e 5). Ao calçar a luva, mantenha distância dos mobiliários e as mãos em nível mais elevado, evitando a contaminação externa da mesma .Após o uso, as luvas estão contaminadas. Durante a retirada das luvas a face externa da luva não deve tocar a pele. Para que isto não ocorra, puxe a primeira luva em direção aos dedos, segurando-a na altura do punho com a mão enluvada ( passo1); Em seguida, remova a segunda luva, segurando-a pela parte interna do punho e puxando-a em direção aos
  • 2. dedos (passo 2). A face externa deve ser mantida voltada para dentro para evitar autocontaminação e infecção hospitalar.