SlideShare uma empresa Scribd logo
Energia
Sumário
- Formas e fontes de energia
- Energias renováveis e não renováveis
- Poupança de energia
Formas e fontes de energia
Apesar de todos nós termos a perceção do
que é Energia, é difícil apresentar uma
definição precisa. Na verdade, assistimos (e
sentimos) diariamente a manifestações desse
conceito. Sentimos frio quando saímos
molhados da banheira, usamos o gás natural
como combustível no fogão para fornecer
energia térmica ao leite, que aquece,
comemos para obter a energia contida nos
alimentos.
Os sistemas que contêm energia
armazenada e a podem transferir
para outros sistemas designam-se
por “fontes de energia” sendo estas
subdivididas em Energias
Renováveis (inesgotáveis) e
Energias Não Renováveis.
A energia renovável é a energia que vem de recursos
naturais como sol, vento, chuva, marés e calor, que
são renováveis (naturalmente reabastecidos). Em 2008,
cerca de 19% do consumo mundial de energia final veio
de fontes renováveis, com 13% provenientes da
tradicional biomassa, que é usada principalmente para
aquecimento, e 3,2% a partir da hidroeletricidade. Novas
energias renováveis (pequenas hidroelétricas, biomassa,
eólica, solar, geotérmica e biocombustíveis)
representaram outros 2,7% e este percentual está
crescendo muito rapidamente. A percentagem das
energias renováveis na geração de eletricidade é de cerca
de 18%, com 15% da eletricidade global vindo de
hidroeléctricas e 3% de novas energias renováveis.
Energia Solar
                   ner gias s
                 E         vei
                  Ren  ová             Energia Eólica




                            Energia Biocombustível

 Energia Geotérmica
Biomassa
Energias não renováveis

As fontes de energia não
renováveis são aquelas que se
encontram na natureza em
quantidades limitadas e se
extinguem com a sua utilização.
Uma vez esgotadas, as reservas
não podem ser regeneradas.
Consideram-se fontes de energia
não renováveis os combustíveis
fósseis (carvão, petróleo bruto e
gás natural) e o urânio.
Geralmente, as fontes de energia não renováveis são
denominadas fontes de energias convencionais, uma vez
que o sistema energético actual assenta na utilização dos
combustíveis fósseis. São também consideradas
energias sujas, já que sua utilização é causa directa de
importantes danos para o meio ambiente e para a
sociedade: destruição de ecossistemas, danos em
bosques e aquíferos, doenças, redução da produtividade
agrícola, corrosão de edificações, monumentos e infra-
estruturas, deterioração da camada de ozono ou chuva
ácida. Sem esquecer os efeitos indirectos como os
acidentes em sondagens petrolíferas e minas de carvão
ou a contaminação por derramamentos químicos ou de
combustível.
Poupança de energia

 Como se pode poupar energia?
 Poupar energia significa diminuir a quantidade
 de energia utilizada aquando da realização de
 qualquer acto do nosso quotidiano. Gastar
 menos energia tem várias vantagens – poupa-se
 dinheiro e ajuda-se o ambiente. A produção de
 energia requer recursos naturais preciosos, por
 exemplo carvão, petróleo ou gás. Assim, gastar
 menos energia ajuda a preservar estes recursos e
 a mantê-los durante mais tempo.
Trabalho elaborado por:

                     Miguel
                    Espadinha
                     Nº 13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Energia Renovável
Energia RenovávelEnergia Renovável
Energia Renovável
Kaique Dadalto
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
Vitor Pereira Rodrigues
 
energias renováveis
energias renováveisenergias renováveis
energias renováveis
veronicasilva
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
mafaldamane97
 
Energia fontes e formas de energia
Energia   fontes e formas de energiaEnergia   fontes e formas de energia
Energia fontes e formas de energia
Kelly Cristina Araujo
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
dulcemarr
 
Energias renováveis
Energias renováveisEnergias renováveis
Energias renováveis
goretemendes
 
Apresentação+energias+renováveis
Apresentação+energias+renováveisApresentação+energias+renováveis
Apresentação+energias+renováveis
Weliton Araújo
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Energias renováveis
Energias renováveisEnergias renováveis
Energias renováveis
Daniel Estima
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
Daniel Lucas
 
Energias renováveis e não renováveis
Energias renováveis e não renováveisEnergias renováveis e não renováveis
Energias renováveis e não renováveis
patriciaqqq
 
Energia meio ambiente
Energia meio ambienteEnergia meio ambiente
Energia meio ambiente
marco ferreira
 
Energias Renovaveis e Nao Renovaveis
Energias Renovaveis e Nao RenovaveisEnergias Renovaveis e Nao Renovaveis
Energias Renovaveis e Nao Renovaveis
Miguel Santos
 
Fontes de energia.
Fontes de energia.Fontes de energia.
Fontes de energia.
Robs
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
João França
 
As Energias RenováVeis
As Energias RenováVeisAs Energias RenováVeis
As Energias RenováVeis
Leomark7
 
Energias renováveis e desenvolvimento sustentável
Energias renováveis e desenvolvimento sustentávelEnergias renováveis e desenvolvimento sustentável
Energias renováveis e desenvolvimento sustentável
António Matias
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
feluvadagd
 
Recursos Energéticos Renováveis
Recursos  Energéticos  RenováveisRecursos  Energéticos  Renováveis
Recursos Energéticos Renováveis
cotochanaabilio
 

Mais procurados (20)

Energia Renovável
Energia RenovávelEnergia Renovável
Energia Renovável
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
energias renováveis
energias renováveisenergias renováveis
energias renováveis
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
 
Energia fontes e formas de energia
Energia   fontes e formas de energiaEnergia   fontes e formas de energia
Energia fontes e formas de energia
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
 
Energias renováveis
Energias renováveisEnergias renováveis
Energias renováveis
 
Apresentação+energias+renováveis
Apresentação+energias+renováveisApresentação+energias+renováveis
Apresentação+energias+renováveis
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
Energias renováveis
Energias renováveisEnergias renováveis
Energias renováveis
 
Energias Renováveis
Energias RenováveisEnergias Renováveis
Energias Renováveis
 
Energias renováveis e não renováveis
Energias renováveis e não renováveisEnergias renováveis e não renováveis
Energias renováveis e não renováveis
 
Energia meio ambiente
Energia meio ambienteEnergia meio ambiente
Energia meio ambiente
 
Energias Renovaveis e Nao Renovaveis
Energias Renovaveis e Nao RenovaveisEnergias Renovaveis e Nao Renovaveis
Energias Renovaveis e Nao Renovaveis
 
Fontes de energia.
Fontes de energia.Fontes de energia.
Fontes de energia.
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
 
As Energias RenováVeis
As Energias RenováVeisAs Energias RenováVeis
As Energias RenováVeis
 
Energias renováveis e desenvolvimento sustentável
Energias renováveis e desenvolvimento sustentávelEnergias renováveis e desenvolvimento sustentável
Energias renováveis e desenvolvimento sustentável
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
Recursos Energéticos Renováveis
Recursos  Energéticos  RenováveisRecursos  Energéticos  Renováveis
Recursos Energéticos Renováveis
 

Destaque

Energias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não RenováveisEnergias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não Renováveis
Daniel Estima
 
RECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANO
RECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANORECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANO
RECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANO
Beatriz Cruz
 
Gas de folhelho
Gas de folhelhoGas de folhelho
Gas de folhelho
Fernando Ribeiro de Souza
 
As Energias Não Renovaveis
As Energias Não RenovaveisAs Energias Não Renovaveis
As Energias Não Renovaveis
Filipe Silva
 
Combustiveis fosseis nº2
Combustiveis fosseis nº2Combustiveis fosseis nº2
Combustiveis fosseis nº2
carlamachadomartins
 
Exxon valdez
Exxon valdezExxon valdez
Exxon valdez
Ewerton Barbosa
 
Desastres ambientais
Desastres ambientaisDesastres ambientais
Desastres ambientais
Pré Absoluto
 
Gás de Xisto
Gás de XistoGás de Xisto
Gás de Xisto
Compagas
 
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
vallmachado
 
Energias fosseis
 Energias fosseis Energias fosseis
Energias fosseis
Espa Cn 8
 
Energias Alternativas
Energias AlternativasEnergias Alternativas
Energias Alternativas
Pedro Henriques
 
Energia Fóssil
Energia FóssilEnergia Fóssil
Energia Fóssil
Cláudio Santos
 
Aula Energia - Presente e Futuro.
Aula   Energia - Presente e Futuro.Aula   Energia - Presente e Futuro.
Aula Energia - Presente e Futuro.
Daniel Alves Bronstrup
 
Combustíveis fósseis
Combustíveis fósseisCombustíveis fósseis
Combustíveis fósseis
Larisse Gonçalves
 
Recursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveisRecursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveis
ap3bmachado
 
A energia e sua conservação
A energia e sua conservaçãoA energia e sua conservação
A energia e sua conservação
Arthur Borges
 
Petroleo aula ppt.
Petroleo   aula ppt.Petroleo   aula ppt.
Petroleo aula ppt.
JulianaGimenes
 
energia hídrica
 energia hídrica  energia hídrica
energia hídrica
Espa Cn 8
 
petroleo
petroleopetroleo
Energias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não RenováveisEnergias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não Renováveis
LuisMagina
 

Destaque (20)

Energias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não RenováveisEnergias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não Renováveis
 
RECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANO
RECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANORECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANO
RECURSOS NAO RENOVAVEIS 12ANO
 
Gas de folhelho
Gas de folhelhoGas de folhelho
Gas de folhelho
 
As Energias Não Renovaveis
As Energias Não RenovaveisAs Energias Não Renovaveis
As Energias Não Renovaveis
 
Combustiveis fosseis nº2
Combustiveis fosseis nº2Combustiveis fosseis nº2
Combustiveis fosseis nº2
 
Exxon valdez
Exxon valdezExxon valdez
Exxon valdez
 
Desastres ambientais
Desastres ambientaisDesastres ambientais
Desastres ambientais
 
Gás de Xisto
Gás de XistoGás de Xisto
Gás de Xisto
 
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
Energias NãO Renovaveis(WalkléBio)
 
Energias fosseis
 Energias fosseis Energias fosseis
Energias fosseis
 
Energias Alternativas
Energias AlternativasEnergias Alternativas
Energias Alternativas
 
Energia Fóssil
Energia FóssilEnergia Fóssil
Energia Fóssil
 
Aula Energia - Presente e Futuro.
Aula   Energia - Presente e Futuro.Aula   Energia - Presente e Futuro.
Aula Energia - Presente e Futuro.
 
Combustíveis fósseis
Combustíveis fósseisCombustíveis fósseis
Combustíveis fósseis
 
Recursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveisRecursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveis
 
A energia e sua conservação
A energia e sua conservaçãoA energia e sua conservação
A energia e sua conservação
 
Petroleo aula ppt.
Petroleo   aula ppt.Petroleo   aula ppt.
Petroleo aula ppt.
 
energia hídrica
 energia hídrica  energia hídrica
energia hídrica
 
petroleo
petroleopetroleo
petroleo
 
Energias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não RenováveisEnergias Renováveis e Não Renováveis
Energias Renováveis e Não Renováveis
 

Semelhante a Energias renováveis e não renováveis - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha

Recursos Energéticos
Recursos EnergéticosRecursos Energéticos
Recursos Energéticos
Luis Duarte
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
joao221
 
Energia fontes e formas de energia
Energia   fontes e formas de energiaEnergia   fontes e formas de energia
Energia fontes e formas de energia
Luiza Gonçalves
 
"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias
Vania Lima "Somos Físicos"
 
1ºPeríodo-Apresentação final
1ºPeríodo-Apresentação final1ºPeríodo-Apresentação final
1ºPeríodo-Apresentação final
Oeiras Verde
 
Fontes E Formas De Energia Energia 7ª SéRie
Fontes  E Formas De Energia  Energia 7ª SéRieFontes  E Formas De Energia  Energia 7ª SéRie
Fontes E Formas De Energia Energia 7ª SéRie
guest65df5d
 
Fontes alternativas e Energia no Brasil
Fontes alternativas e Energia no BrasilFontes alternativas e Energia no Brasil
Fontes alternativas e Energia no Brasil
Tais Santana
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Vanessa Lima
 
Gestão Sustentável dos Recursos
Gestão Sustentável dos RecursosGestão Sustentável dos Recursos
Gestão Sustentável dos Recursos
Samanta Duarte
 
Energia3
Energia3Energia3
Energia3
aveca
 
Gestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidadeGestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidade
cARLOS CAMPOS
 
Fontes de Energia
Fontes de EnergiaFontes de Energia
Fontes de Energia
leoaguiar46
 
Energias.docx
Energias.docxEnergias.docx
Energias.docx
Juliana Abreu
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
csomf
 
energias reniváveis
energias reniváveisenergias reniváveis
energias reniváveis
elza
 
2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)
Casimiro Coelho
 
2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)
Casimiro Coelho
 
Eficiência energéticaguia edp
Eficiência energéticaguia edpEficiência energéticaguia edp
Eficiência energéticaguia edp
Maria Santos
 
Situação Energética Mundial
Situação Energética MundialSituação Energética Mundial
Situação Energética Mundial
Gijasilvelitz 2
 
Energia -
Energia  -Energia  -
Energia -
Hayana Oliveira
 

Semelhante a Energias renováveis e não renováveis - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha (20)

Recursos Energéticos
Recursos EnergéticosRecursos Energéticos
Recursos Energéticos
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Energia fontes e formas de energia
Energia   fontes e formas de energiaEnergia   fontes e formas de energia
Energia fontes e formas de energia
 
"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias"Somos Físicos" Fontes de Energias
"Somos Físicos" Fontes de Energias
 
1ºPeríodo-Apresentação final
1ºPeríodo-Apresentação final1ºPeríodo-Apresentação final
1ºPeríodo-Apresentação final
 
Fontes E Formas De Energia Energia 7ª SéRie
Fontes  E Formas De Energia  Energia 7ª SéRieFontes  E Formas De Energia  Energia 7ª SéRie
Fontes E Formas De Energia Energia 7ª SéRie
 
Fontes alternativas e Energia no Brasil
Fontes alternativas e Energia no BrasilFontes alternativas e Energia no Brasil
Fontes alternativas e Energia no Brasil
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Gestão Sustentável dos Recursos
Gestão Sustentável dos RecursosGestão Sustentável dos Recursos
Gestão Sustentável dos Recursos
 
Energia3
Energia3Energia3
Energia3
 
Gestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidadeGestão e sustentabilidade
Gestão e sustentabilidade
 
Fontes de Energia
Fontes de EnergiaFontes de Energia
Fontes de Energia
 
Energias.docx
Energias.docxEnergias.docx
Energias.docx
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
energias reniváveis
energias reniváveisenergias reniváveis
energias reniváveis
 
2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)
 
2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)2 energias (trabalho)
2 energias (trabalho)
 
Eficiência energéticaguia edp
Eficiência energéticaguia edpEficiência energéticaguia edp
Eficiência energéticaguia edp
 
Situação Energética Mundial
Situação Energética MundialSituação Energética Mundial
Situação Energética Mundial
 
Energia -
Energia  -Energia  -
Energia -
 

Mais de jmabp4

Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e InêsSemana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e Inês
jmabp4
 
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e InêsSemana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e Inês
jmabp4
 
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimosVisitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
jmabp4
 
Semana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha
Semana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel EspadinhaSemana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha
Semana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha
jmabp4
 
Gestão do ambiente e dos resíduos - Ana Filipa, Ramona, Inês e Matilde
Gestão do ambiente e dos resíduos -  Ana Filipa, Ramona, Inês e MatildeGestão do ambiente e dos resíduos -  Ana Filipa, Ramona, Inês e Matilde
Gestão do ambiente e dos resíduos - Ana Filipa, Ramona, Inês e Matilde
jmabp4
 
Celebrar os afetos - Educação Visual e Tecnológica
Celebrar os afetos - Educação Visual e TecnológicaCelebrar os afetos - Educação Visual e Tecnológica
Celebrar os afetos - Educação Visual e Tecnológica
jmabp4
 
Ciberbullying - Ação de Formação da Escola Segura
Ciberbullying - Ação de Formação da Escola SeguraCiberbullying - Ação de Formação da Escola Segura
Ciberbullying - Ação de Formação da Escola Segura
jmabp4
 
Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012
Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012
Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012jmabp4
 
Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)
Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)
Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)
jmabp4
 
Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)
Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)
Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)
jmabp4
 
Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)
Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)
Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)
jmabp4
 
A puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena PintoA puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena Pinto
jmabp4
 
Árvore genealógica dos alunos
Árvore genealógica dos alunosÁrvore genealógica dos alunos
Árvore genealógica dos alunos
jmabp4
 
História e Geografia de Portugal - China
História e Geografia de Portugal - ChinaHistória e Geografia de Portugal - China
História e Geografia de Portugal - China
jmabp4
 
História e Geografia de Portugal
História e Geografia de Portugal  História e Geografia de Portugal
História e Geografia de Portugal
jmabp4
 
A Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e Inês
A Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e InêsA Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e Inês
A Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e Inês
jmabp4
 
A Minha Freguesia - Daniela, Eloise e Miguel E.
A Minha Freguesia -  Daniela, Eloise e Miguel E.A Minha Freguesia -  Daniela, Eloise e Miguel E.
A Minha Freguesia - Daniela, Eloise e Miguel E.
jmabp4
 
A minha freguesia vimieiro - ana e matilde
A minha freguesia   vimieiro - ana e matildeA minha freguesia   vimieiro - ana e matilde
A minha freguesia vimieiro - ana e matilde
jmabp4
 
Gesamb
GesambGesamb
Gesamb
jmabp4
 
História e geografia de portugal concurso rosa dos ventos
História e geografia de portugal   concurso rosa dos ventosHistória e geografia de portugal   concurso rosa dos ventos
História e geografia de portugal concurso rosa dos ventos
jmabp4
 

Mais de jmabp4 (20)

Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e InêsSemana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março - Daniela e Inês
 
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e InêsSemana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e Inês
Semana do jovem consumidor 05 a 09 de março Daniela e Inês
 
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimosVisitas de estudo ee.  mosteiro dos jerónimos
Visitas de estudo ee. mosteiro dos jerónimos
 
Semana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha
Semana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel EspadinhaSemana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha
Semana do jovem consumidor - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha
 
Gestão do ambiente e dos resíduos - Ana Filipa, Ramona, Inês e Matilde
Gestão do ambiente e dos resíduos -  Ana Filipa, Ramona, Inês e MatildeGestão do ambiente e dos resíduos -  Ana Filipa, Ramona, Inês e Matilde
Gestão do ambiente e dos resíduos - Ana Filipa, Ramona, Inês e Matilde
 
Celebrar os afetos - Educação Visual e Tecnológica
Celebrar os afetos - Educação Visual e TecnológicaCelebrar os afetos - Educação Visual e Tecnológica
Celebrar os afetos - Educação Visual e Tecnológica
 
Ciberbullying - Ação de Formação da Escola Segura
Ciberbullying - Ação de Formação da Escola SeguraCiberbullying - Ação de Formação da Escola Segura
Ciberbullying - Ação de Formação da Escola Segura
 
Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012
Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012
Dia europeu da internet segura - 7 de fevereiro de 2012
 
Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)
Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)
Diversidade e respeito (Enf. Helena Pinto)
 
Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)
Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)
Sexualidade e género (Enf. Helena Pinto)
 
Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)
Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)
Apresentação puberdade (Enf. Helena Pinto)
 
A puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena PintoA puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena Pinto
 
Árvore genealógica dos alunos
Árvore genealógica dos alunosÁrvore genealógica dos alunos
Árvore genealógica dos alunos
 
História e Geografia de Portugal - China
História e Geografia de Portugal - ChinaHistória e Geografia de Portugal - China
História e Geografia de Portugal - China
 
História e Geografia de Portugal
História e Geografia de Portugal  História e Geografia de Portugal
História e Geografia de Portugal
 
A Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e Inês
A Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e InêsA Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e Inês
A Minha Freguesia...Vimieiro lendário - Ana B. e Inês
 
A Minha Freguesia - Daniela, Eloise e Miguel E.
A Minha Freguesia -  Daniela, Eloise e Miguel E.A Minha Freguesia -  Daniela, Eloise e Miguel E.
A Minha Freguesia - Daniela, Eloise e Miguel E.
 
A minha freguesia vimieiro - ana e matilde
A minha freguesia   vimieiro - ana e matildeA minha freguesia   vimieiro - ana e matilde
A minha freguesia vimieiro - ana e matilde
 
Gesamb
GesambGesamb
Gesamb
 
História e geografia de portugal concurso rosa dos ventos
História e geografia de portugal   concurso rosa dos ventosHistória e geografia de portugal   concurso rosa dos ventos
História e geografia de portugal concurso rosa dos ventos
 

Energias renováveis e não renováveis - Ana Filipa, Matilde e Miguel Espadinha

  • 2. Sumário - Formas e fontes de energia - Energias renováveis e não renováveis - Poupança de energia
  • 3. Formas e fontes de energia Apesar de todos nós termos a perceção do que é Energia, é difícil apresentar uma definição precisa. Na verdade, assistimos (e sentimos) diariamente a manifestações desse conceito. Sentimos frio quando saímos molhados da banheira, usamos o gás natural como combustível no fogão para fornecer energia térmica ao leite, que aquece, comemos para obter a energia contida nos alimentos.
  • 4. Os sistemas que contêm energia armazenada e a podem transferir para outros sistemas designam-se por “fontes de energia” sendo estas subdivididas em Energias Renováveis (inesgotáveis) e Energias Não Renováveis.
  • 5. A energia renovável é a energia que vem de recursos naturais como sol, vento, chuva, marés e calor, que são renováveis (naturalmente reabastecidos). Em 2008, cerca de 19% do consumo mundial de energia final veio de fontes renováveis, com 13% provenientes da tradicional biomassa, que é usada principalmente para aquecimento, e 3,2% a partir da hidroeletricidade. Novas energias renováveis (pequenas hidroelétricas, biomassa, eólica, solar, geotérmica e biocombustíveis) representaram outros 2,7% e este percentual está crescendo muito rapidamente. A percentagem das energias renováveis na geração de eletricidade é de cerca de 18%, com 15% da eletricidade global vindo de hidroeléctricas e 3% de novas energias renováveis.
  • 6. Energia Solar ner gias s E vei Ren ová Energia Eólica Energia Biocombustível Energia Geotérmica
  • 8. Energias não renováveis As fontes de energia não renováveis são aquelas que se encontram na natureza em quantidades limitadas e se extinguem com a sua utilização. Uma vez esgotadas, as reservas não podem ser regeneradas. Consideram-se fontes de energia não renováveis os combustíveis fósseis (carvão, petróleo bruto e gás natural) e o urânio.
  • 9. Geralmente, as fontes de energia não renováveis são denominadas fontes de energias convencionais, uma vez que o sistema energético actual assenta na utilização dos combustíveis fósseis. São também consideradas energias sujas, já que sua utilização é causa directa de importantes danos para o meio ambiente e para a sociedade: destruição de ecossistemas, danos em bosques e aquíferos, doenças, redução da produtividade agrícola, corrosão de edificações, monumentos e infra- estruturas, deterioração da camada de ozono ou chuva ácida. Sem esquecer os efeitos indirectos como os acidentes em sondagens petrolíferas e minas de carvão ou a contaminação por derramamentos químicos ou de combustível.
  • 10. Poupança de energia Como se pode poupar energia? Poupar energia significa diminuir a quantidade de energia utilizada aquando da realização de qualquer acto do nosso quotidiano. Gastar menos energia tem várias vantagens – poupa-se dinheiro e ajuda-se o ambiente. A produção de energia requer recursos naturais preciosos, por exemplo carvão, petróleo ou gás. Assim, gastar menos energia ajuda a preservar estes recursos e a mantê-los durante mais tempo.
  • 11.
  • 12. Trabalho elaborado por: Miguel Espadinha Nº 13