SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Antoniella Mendanha, Msc
        niellananda@gmail.com
A célula é a menor unidade estrutural
básica do ser vivo.
A palavra célula foi usada pela
primeira vez em 1667 pelo inglês
Robert Hooke.
Com um microscópio muito simples,
ele observou pedacinhos de cortiça
(tecido vegetal morto). Hooke
percebeu que a cortiça era formada
por    numerosos    compartimentos
vazios.
A esses compartimentos ele deu o
nome de célula, palavra diminutiva
do latim cella que significa cavidade.
As técnicas de observação microscópicas avançam
em função de novas técnicas e aparelhos mais
possantes.
A técnica de utilização de corantes permitiu a
identificação do núcleo celular e dos cromossomos,
suportes materiais do gene.




      Microscópio óptico
As células procariontes se caracterizam pela
pobreza de membrana plasmática.
Ao contrário dos eucariontes, não possuem
uma      membrana         envolvendo       os
cromossomos, separando-os do citoplasma.
Os seres vivos constituídos por estas células
são        denominados          procariotas,
compreendendo principalmente as bactérias,
e algumas algas (cianofíceas /algas azuis).
 Por sua simplicidade estrutural e rapidez
  na multiplicação, a célula Escherichia coli
  é a célula procarionte mais bem
  estudada.
 Ela tem forma de bastão, possuindo uma
  membrana plasmática semelhante à de
  células eucariontes.
 Por fora dessa membrana existe uma
  parede rígida, com 20nm de espessura,
  constituída por um complexo de proteínas
  e glicosaminoglicanas.
 Esta parede tem como função proteger a
  bactéria das ações mecânicas.
Fonte:www.cynara.com.br
   As      células    procariontes   que   realizam
    fotossíntese, possui em seu citoplasma, algumas
    membranas, paralelas entre si, e associadas a
    clorofila ou a outros pigmentos responsáveis pela
    captação de energia luminosa.

   Diferente    das     células   eucariontes,   os
    procariontes não possuem um citoesqueleto
    (responsável pelo movimento e forma das
    células). A forma simples das células
    procariontes, que em geral é esférica ou em
    bastonete , é mantida pela parede extracelular,
    sintetizada no citoplasma e agregada à superfície
    externa da membrana celular.
   Célula Procarionte Esférica




            Foto retirada do site: http://www.evim.ethz.ch/uebungen/praxis/u1/vorlage_hp/vorlage.html
   Célula Procarionte em Forma de Bastonete




               Foto retirada do site: http://www.terravista.pt/ilhadomel/3679/bacteria.html
   A principal diferença entre células
    procariontes e eucariontes, é que esta
    última possui um extenso sistema de
    membrana que cria, no citoplasma,
    microrregiões que contêm moléculas
    diferentes    e   executam     funções
    especializadas.
   A célula eucariótica possui três componentes
    principais:
   O núcleo, que constitui um compartimento
    limitado por um envoltório nuclear.
   O citoplasma, outro compartimento envolvido
    por membrana plasmática, e a membrana
    plasmática e suas diferenciações.
   Esses três componentes possuem vários
    subcomponentes ou subcompartimentos.
   Existe grande variabilidade na forma das
    células eucarióticas. Geralmente o que
    determina a forma de uma célula é sua
    função específica.

   Outros determinantes da forma de uma célula
    podem ser o citoesqueleto presente em seu
    citoplasma, a ação mecânica exercida por
    células adjacentes e a rigidez da membrana
    plasmática.
   As células eucariontes são usualmente
    maiores e estruturalmente complexas.

   As organelas presentes no citoplasma
    possuem papéis específicos definidos por
    reações químicas.

   A presença ou ausência de determinadas
    organelas definirá se a célula é vegetal ou
    animal.
Células procariontes                   Células eucariontes

    Envoltório nuclear               Ausente                               Presente
             DNA                     Desnudo                               Combinado com proteínas
       Cromossomas                   Únicos                                Múltiplos
          Nucléolos                  Ausentes                              Presentes
           Divisão                   Fusão binária                         Mitose e meiose
        Ribossomas                   70S* (50S + 30S)                      80S (60S + 40S)
     Endomembranas                   Ausentes                              Presentes
        Mitocôndrias                 Ausentes                              Presentes
        Cloroplastos                 Ausentes                              Presentes em células vegetais
       Parede celular                Não celulósica                        Celulósica em células vegetais
 Exocitose e endocitose              Ausentes                              Presentes
       Citoesqueleto                 Ausente                               Presente

*S corresponde a unidades Sverdberg de sedimentação, que depende do tamanho molecular.
 
Quadro retirado do livro: DE ROBERTIS - HIB - Bases da Biologia Celular e Molecular, 3ª edição, Rio de
Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.
Nos seres unicelulares, a célula é o próprio
organismo.

Esta célula única é capaz de desenvolver todas
as atividades relacionadas à sobrevivência do
organismo e reproduzir-se.
Ex: Os protozoários e as bactérias.

Animais, plantas e certos fungos são seres
pluricelulares.
O corpo humano é formado por cerca de 75
trilhões de células.
Entre elas existe uma nítida divisão de trabalho.
Ergatoplasma

                                 Carioteca
                                             Cromatina
                                                 Nucléolo
     Complexo de 
     Golgi                                                    Mitocondria




Centríolo                                                   Ribossomo

Menbrana Plasmática
                                                            Lisossomo
RELAXE UM
 POUCO.....
A função básica da membrana plasmática é regular a
passagem e a troca de substâncias entre a célula e o
meio em que ela se encontra.
Também é função da membrana plasmática a proteção
da célula.
Atua como transportador de substâncias.
Há duas formas:
      O R.E. liso, onde há a produção de
lipídios, e
      O R.E. rugoso, onde se encontram
aderidos a sua superfície externa os
ribossomos, sendo local de produção de
proteínas, as quais serão transportadas
internamente para o Complexo de Golgi.
Citologia
Organela formada por duas membranas lipoprotéicas. Dentro
delas se realiza o processo de extração de energia dos
alimentos: Respiração celular.
Estrutura que apresenta enzimas digestivas
capazes de digerir um grande número de
produtos orgânicos.
Realiza a digestão intracelular.
É importante nos glóbulos brancos e de
modo geral para a célula já que digere as
partes desta (autofagia) que serão
substituídas por outras mais novas, o que
ocorre com freqüência em nossas células.
Citologia
São bolsas membranosas e achatadas, que podem transformar
substâncias que chegam via retículo endoplasmático;
podem também eliminar substâncias produzidas pela célula,
mas que irão atuar fora dela (enzimas por exemplo).
Produzem ainda os lisossomos.
São estruturas cilíndricas, geralmente encontradas aos
pares.
Os pares participam da divisão celular, “orientando”o
deslocamento dos cromossomos para as células que
estão sendo formadas.
O núcleo geralmente tem forma esférica. Na maioria dos
casos, ele fica no centro da célula.
A sua função é comandar todas as atividades da célula,
através das instruções fornecidas pelos genes.
O núcleo possui:
Membrana nuclear ou carioteca: uma
membrana que o separa do citoplasma;
Suco nuclear: um líquido que o preenche
completamente;
Nucléolos: são corpúsculos arredondados;
Cromossomos:       são     responsáveis  pela
transmissão dos caracteres hereditários.
São aglomerados de moléculas de RNA
ribossômico, ou seja, RNA que entrará na
composição dos ribossomos.
Citologia
Parede Celulósica                      Nucléolo

      Memb. Plasmátia
                                                  Cromatina
          Cloroplasto
                                                              Cariteoca
                        Vacúolo
                                                                     Poro




                                                               Ribossomo
  Complexo 
                                                        Ergastoplasma
  de Golgi
                                  Mitocôndria
Organela que é a sede da fotossíntese, pois contém
moléculas de clorofila que capturam a luz solar e
produzem moléculas como glicose que poderá ser
utilizada pelas mitocôndrias para a geração de energia.
Constituída por celulose e também por
glicoproteínas (açúcar + proteína); juntas
essas duas membranas formam uma estrutura
muito resistente.
Estrutura derivada do retículo endoplasmático
que pode conter líquidos e pigmentos, além de
diversas outras substâncias.
ACABOU!
  Essa aula
  hehehe!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
MARCIAMP
 
Aula04: ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS
Aula04: ORGANELASCITOPLASMÁTICASAula04: ORGANELASCITOPLASMÁTICAS
Aula04: ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS
Leonardo Delgado
 
Aulão 2° ano - Ensino Médio
Aulão 2° ano - Ensino MédioAulão 2° ano - Ensino Médio
Aulão 2° ano - Ensino Médio
Clécio Bubela
 
Ciclo Celular
Ciclo CelularCiclo Celular
Ciclo Celular
Ana Arsénio
 
Mitocondria
MitocondriaMitocondria
Mitocondria
Luciano Souza
 
Mutaçãos
MutaçãosMutaçãos
Mutaçãos
Planfii Palmeira
 
Cloroplastos e fotossíntese
Cloroplastos e fotossínteseCloroplastos e fotossíntese
Cloroplastos e fotossíntese
Gabriel Mendes de Almeida
 
Citologia I
Citologia ICitologia I
Organelas Celulares I
Organelas Celulares IOrganelas Celulares I
Pirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicasPirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicas
URCA
 
A base molecular dos seres vivos
A base molecular dos seres vivosA base molecular dos seres vivos
A base molecular dos seres vivos
César Milani
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
Adrianne Mendonça
 
Celula eucariotica
Celula eucariotica Celula eucariotica
Celula eucariotica
Adrianne Mendonça
 
Exercícios carboidratos
Exercícios carboidratosExercícios carboidratos
Exercícios carboidratos
Flávia Cardoso
 
Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)
Bio
 
Citoplasma - Organelas
Citoplasma - OrganelasCitoplasma - Organelas
Citoplasma - Organelas
Killer Max
 
Citologia
Citologia Citologia
Citologia
Mariinazorzi
 
Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelas
profatatiana
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
DeaaSouza
 
O citoplasma
O citoplasmaO citoplasma

Mais procurados (20)

Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Aula04: ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS
Aula04: ORGANELASCITOPLASMÁTICASAula04: ORGANELASCITOPLASMÁTICAS
Aula04: ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS
 
Aulão 2° ano - Ensino Médio
Aulão 2° ano - Ensino MédioAulão 2° ano - Ensino Médio
Aulão 2° ano - Ensino Médio
 
Ciclo Celular
Ciclo CelularCiclo Celular
Ciclo Celular
 
Mitocondria
MitocondriaMitocondria
Mitocondria
 
Mutaçãos
MutaçãosMutaçãos
Mutaçãos
 
Cloroplastos e fotossíntese
Cloroplastos e fotossínteseCloroplastos e fotossíntese
Cloroplastos e fotossíntese
 
Citologia I
Citologia ICitologia I
Citologia I
 
Organelas Celulares I
Organelas Celulares IOrganelas Celulares I
Organelas Celulares I
 
Pirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicasPirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicas
 
A base molecular dos seres vivos
A base molecular dos seres vivosA base molecular dos seres vivos
A base molecular dos seres vivos
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
 
Celula eucariotica
Celula eucariotica Celula eucariotica
Celula eucariotica
 
Exercícios carboidratos
Exercícios carboidratosExercícios carboidratos
Exercícios carboidratos
 
Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)
 
Citoplasma - Organelas
Citoplasma - OrganelasCitoplasma - Organelas
Citoplasma - Organelas
 
Citologia
Citologia Citologia
Citologia
 
Citoplasma e organelas
Citoplasma e organelasCitoplasma e organelas
Citoplasma e organelas
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
 
O citoplasma
O citoplasmaO citoplasma
O citoplasma
 

Semelhante a Citologia

Celula
CelulaCelula
2.1
2.12.1
organização geral das celulas
organização geral das celulasorganização geral das celulas
organização geral das celulas
Renata Cabral
 
Celula (2)
Celula (2)Celula (2)
Celula (2)
Pelo Siro
 
Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt
 Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt
Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt
Monara Bittencourt
 
A Organização das Células nos organismo
A  Organização das Células nos organismoA  Organização das Células nos organismo
A Organização das Células nos organismo
ElvandiraNapoleo
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt
VitorGomes416833
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt
EdsonMatos28
 
Celula
CelulaCelula
Celula
CelulaCelula
Biologia Celular
Biologia CelularBiologia Celular
Biologia Celular
jandesonbiologo
 
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
SandroMendes25
 
Introducao Citologia
Introducao CitologiaIntroducao Citologia
Introducao Citologia
BIOGERALDO
 
Celular prcariontes e eucariontes
Celular prcariontes e eucariontesCelular prcariontes e eucariontes
Celular prcariontes e eucariontes
Pedro Lopes
 
A Célula
A CélulaA Célula
A Célula
guest7b65ee
 
A célula
A célulaA célula
A célula
Nathalia Fuga
 
A célula
A célulaA célula
A célula
Nathalia Fuga
 
Células Procariontes e Eucariontes
Células Procariontes e EucariontesCélulas Procariontes e Eucariontes
Células Procariontes e Eucariontes
Fábio Santos
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
andreepinto
 
Apresentação de células
Apresentação de célulasApresentação de células
Apresentação de células
cejlrodrigues
 

Semelhante a Citologia (20)

Celula
CelulaCelula
Celula
 
2.1
2.12.1
2.1
 
organização geral das celulas
organização geral das celulasorganização geral das celulas
organização geral das celulas
 
Celula (2)
Celula (2)Celula (2)
Celula (2)
 
Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt
 Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt
Introdução a citologia - Profª Monara Bittencourt
 
A Organização das Células nos organismo
A  Organização das Células nos organismoA  Organização das Células nos organismo
A Organização das Células nos organismo
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
Biologia Celular
Biologia CelularBiologia Celular
Biologia Celular
 
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
Aula04 citoplasma ou-hialoplasmacbm05012022
 
Introducao Citologia
Introducao CitologiaIntroducao Citologia
Introducao Citologia
 
Celular prcariontes e eucariontes
Celular prcariontes e eucariontesCelular prcariontes e eucariontes
Celular prcariontes e eucariontes
 
A Célula
A CélulaA Célula
A Célula
 
A célula
A célulaA célula
A célula
 
A célula
A célulaA célula
A célula
 
Células Procariontes e Eucariontes
Células Procariontes e EucariontesCélulas Procariontes e Eucariontes
Células Procariontes e Eucariontes
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Apresentação de células
Apresentação de célulasApresentação de células
Apresentação de células
 

Mais de Matheus Oliveira Santana

Metabolismo energético respiração aeróbia e fermentação
Metabolismo energético respiração aeróbia e fermentaçãoMetabolismo energético respiração aeróbia e fermentação
Metabolismo energético respiração aeróbia e fermentação
Matheus Oliveira Santana
 
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossínteseMetabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Matheus Oliveira Santana
 
Mitose e meiose
Mitose e meioseMitose e meiose
Mitose e meiose
Matheus Oliveira Santana
 
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossínteseMetabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Matheus Oliveira Santana
 
áReas de figuras planas
áReas de figuras planasáReas de figuras planas
áReas de figuras planas
Matheus Oliveira Santana
 
Tabela periodica
Tabela periodicaTabela periodica
Tabela periodica
Matheus Oliveira Santana
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Biquímica celular
Biquímica celularBiquímica celular
Biquímica celular
Matheus Oliveira Santana
 
Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3
Matheus Oliveira Santana
 
Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3
Matheus Oliveira Santana
 
Historico estrutura 2011
Historico estrutura 2011Historico estrutura 2011
Historico estrutura 2011
Matheus Oliveira Santana
 
Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012
Matheus Oliveira Santana
 
Doenças virais
Doenças viraisDoenças virais
Doenças virais
Matheus Oliveira Santana
 

Mais de Matheus Oliveira Santana (13)

Metabolismo energético respiração aeróbia e fermentação
Metabolismo energético respiração aeróbia e fermentaçãoMetabolismo energético respiração aeróbia e fermentação
Metabolismo energético respiração aeróbia e fermentação
 
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossínteseMetabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
 
Mitose e meiose
Mitose e meioseMitose e meiose
Mitose e meiose
 
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossínteseMetabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
Metabolismo energético fotossíntese e quimiossíntese
 
áReas de figuras planas
áReas de figuras planasáReas de figuras planas
áReas de figuras planas
 
Tabela periodica
Tabela periodicaTabela periodica
Tabela periodica
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
 
Biquímica celular
Biquímica celularBiquímica celular
Biquímica celular
 
Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3
 
Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3Separacao misturas -_3
Separacao misturas -_3
 
Historico estrutura 2011
Historico estrutura 2011Historico estrutura 2011
Historico estrutura 2011
 
Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012
 
Doenças virais
Doenças viraisDoenças virais
Doenças virais
 

Citologia

  • 1. Prof. Antoniella Mendanha, Msc niellananda@gmail.com
  • 2. A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. Com um microscópio muito simples, ele observou pedacinhos de cortiça (tecido vegetal morto). Hooke percebeu que a cortiça era formada por numerosos compartimentos vazios. A esses compartimentos ele deu o nome de célula, palavra diminutiva do latim cella que significa cavidade.
  • 3. As técnicas de observação microscópicas avançam em função de novas técnicas e aparelhos mais possantes. A técnica de utilização de corantes permitiu a identificação do núcleo celular e dos cromossomos, suportes materiais do gene. Microscópio óptico
  • 4. As células procariontes se caracterizam pela pobreza de membrana plasmática. Ao contrário dos eucariontes, não possuem uma membrana envolvendo os cromossomos, separando-os do citoplasma. Os seres vivos constituídos por estas células são denominados procariotas, compreendendo principalmente as bactérias, e algumas algas (cianofíceas /algas azuis).
  • 5.  Por sua simplicidade estrutural e rapidez na multiplicação, a célula Escherichia coli é a célula procarionte mais bem estudada.  Ela tem forma de bastão, possuindo uma membrana plasmática semelhante à de células eucariontes.  Por fora dessa membrana existe uma parede rígida, com 20nm de espessura, constituída por um complexo de proteínas e glicosaminoglicanas.  Esta parede tem como função proteger a bactéria das ações mecânicas.
  • 7. As células procariontes que realizam fotossíntese, possui em seu citoplasma, algumas membranas, paralelas entre si, e associadas a clorofila ou a outros pigmentos responsáveis pela captação de energia luminosa.  Diferente das células eucariontes, os procariontes não possuem um citoesqueleto (responsável pelo movimento e forma das células). A forma simples das células procariontes, que em geral é esférica ou em bastonete , é mantida pela parede extracelular, sintetizada no citoplasma e agregada à superfície externa da membrana celular.
  • 8. Célula Procarionte Esférica Foto retirada do site: http://www.evim.ethz.ch/uebungen/praxis/u1/vorlage_hp/vorlage.html
  • 9. Célula Procarionte em Forma de Bastonete Foto retirada do site: http://www.terravista.pt/ilhadomel/3679/bacteria.html
  • 10. A principal diferença entre células procariontes e eucariontes, é que esta última possui um extenso sistema de membrana que cria, no citoplasma, microrregiões que contêm moléculas diferentes e executam funções especializadas.
  • 11. A célula eucariótica possui três componentes principais:  O núcleo, que constitui um compartimento limitado por um envoltório nuclear.  O citoplasma, outro compartimento envolvido por membrana plasmática, e a membrana plasmática e suas diferenciações.  Esses três componentes possuem vários subcomponentes ou subcompartimentos.
  • 12. Existe grande variabilidade na forma das células eucarióticas. Geralmente o que determina a forma de uma célula é sua função específica.  Outros determinantes da forma de uma célula podem ser o citoesqueleto presente em seu citoplasma, a ação mecânica exercida por células adjacentes e a rigidez da membrana plasmática.
  • 13. As células eucariontes são usualmente maiores e estruturalmente complexas.  As organelas presentes no citoplasma possuem papéis específicos definidos por reações químicas.  A presença ou ausência de determinadas organelas definirá se a célula é vegetal ou animal.
  • 14. Células procariontes Células eucariontes Envoltório nuclear Ausente Presente DNA Desnudo Combinado com proteínas Cromossomas Únicos Múltiplos Nucléolos Ausentes Presentes Divisão Fusão binária Mitose e meiose Ribossomas 70S* (50S + 30S) 80S (60S + 40S) Endomembranas Ausentes Presentes Mitocôndrias Ausentes Presentes Cloroplastos Ausentes Presentes em células vegetais Parede celular Não celulósica Celulósica em células vegetais Exocitose e endocitose Ausentes Presentes Citoesqueleto Ausente Presente *S corresponde a unidades Sverdberg de sedimentação, que depende do tamanho molecular.   Quadro retirado do livro: DE ROBERTIS - HIB - Bases da Biologia Celular e Molecular, 3ª edição, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.
  • 15. Nos seres unicelulares, a célula é o próprio organismo. Esta célula única é capaz de desenvolver todas as atividades relacionadas à sobrevivência do organismo e reproduzir-se. Ex: Os protozoários e as bactérias. Animais, plantas e certos fungos são seres pluricelulares. O corpo humano é formado por cerca de 75 trilhões de células. Entre elas existe uma nítida divisão de trabalho.
  • 16. Ergatoplasma Carioteca Cromatina  Nucléolo Complexo de  Golgi Mitocondria Centríolo Ribossomo Menbrana Plasmática Lisossomo
  • 18. A função básica da membrana plasmática é regular a passagem e a troca de substâncias entre a célula e o meio em que ela se encontra. Também é função da membrana plasmática a proteção da célula.
  • 19. Atua como transportador de substâncias. Há duas formas: O R.E. liso, onde há a produção de lipídios, e O R.E. rugoso, onde se encontram aderidos a sua superfície externa os ribossomos, sendo local de produção de proteínas, as quais serão transportadas internamente para o Complexo de Golgi.
  • 21. Organela formada por duas membranas lipoprotéicas. Dentro delas se realiza o processo de extração de energia dos alimentos: Respiração celular.
  • 22. Estrutura que apresenta enzimas digestivas capazes de digerir um grande número de produtos orgânicos. Realiza a digestão intracelular. É importante nos glóbulos brancos e de modo geral para a célula já que digere as partes desta (autofagia) que serão substituídas por outras mais novas, o que ocorre com freqüência em nossas células.
  • 24. São bolsas membranosas e achatadas, que podem transformar substâncias que chegam via retículo endoplasmático; podem também eliminar substâncias produzidas pela célula, mas que irão atuar fora dela (enzimas por exemplo). Produzem ainda os lisossomos.
  • 25. São estruturas cilíndricas, geralmente encontradas aos pares. Os pares participam da divisão celular, “orientando”o deslocamento dos cromossomos para as células que estão sendo formadas.
  • 26. O núcleo geralmente tem forma esférica. Na maioria dos casos, ele fica no centro da célula. A sua função é comandar todas as atividades da célula, através das instruções fornecidas pelos genes. O núcleo possui: Membrana nuclear ou carioteca: uma membrana que o separa do citoplasma; Suco nuclear: um líquido que o preenche completamente; Nucléolos: são corpúsculos arredondados; Cromossomos: são responsáveis pela transmissão dos caracteres hereditários.
  • 27. São aglomerados de moléculas de RNA ribossômico, ou seja, RNA que entrará na composição dos ribossomos.
  • 29. Parede Celulósica Nucléolo Memb. Plasmátia Cromatina Cloroplasto Cariteoca Vacúolo Poro Ribossomo Complexo  Ergastoplasma de Golgi Mitocôndria
  • 30. Organela que é a sede da fotossíntese, pois contém moléculas de clorofila que capturam a luz solar e produzem moléculas como glicose que poderá ser utilizada pelas mitocôndrias para a geração de energia.
  • 31. Constituída por celulose e também por glicoproteínas (açúcar + proteína); juntas essas duas membranas formam uma estrutura muito resistente.
  • 32. Estrutura derivada do retículo endoplasmático que pode conter líquidos e pigmentos, além de diversas outras substâncias.
  • 33. ACABOU! Essa aula hehehe!!!