SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 94
Baixar para ler offline
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO PEDRO II
Carta de Serviços ao Cidadão
Abril/2015
2
DILMA VANA ROUSSEFF
Presidente da República
RENATO JANINE RIBEIRO
Ministro de Estado da Educação
LUIZ CLÁUDIO COSTA
Secretário Executivo
MARCELO MACHADO FERES
Secretário de Educação Profissional e Tecnológica
MARIA BEATRIZ LUCE
Secretária de Educação Básica
Cl
Reitor
OSCAR HALAC
Pró-Reitores
Administração
JACQUELINE BATHOMARCO CORRÊA
Ensino
ELIANA MYRA DE MORAES SOARES
Gestão de Pessoas
LUIZ ALMÉRIO WALDINO DOS SANTOS
Planejamento e Desenvolvimento Institucional
VERA LÚCIA LOPES MEDALHA
Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura
MÁRCIA MARTINS DE OLIVEIRA
4
Diretores-gerais dos Campi
Centro
ANDREA BANDEIRA RIBEIRO
Duque de Caxias
ARTUR NOGUEIRA GOMES
Engenho Novo I
SANDRA MARIA TEIXEIRA PINHEIRO TARANTO
Engenho Novo II
DAISY LÚCIA GOMES DE OLIVEIRA
Humaitá I
ANA PAULA GIRAUX LEITÃO
Humaitá II
SORAYA SABAH DA COSTA
Niterói
MARCELOS DE CARVALHO CALDEIRA
Realengo I
ANA LÚCIA SÊNOS DE MELLO
Realengo II
MIGUEL ÂNGELO VILLARDI
São Cristóvão I
MARIA DE LOURDES TEIXEIRA BARROS
São Cristóvão II
BERNARDINO PAIVA MATOS
São Cristóvão III
FERNANDA BRACK BUNGNER
5
Tijuca I
CRISTINA FERREIRA BRANCO
Tijuca II
JESEN BAPTISTA DOS SANTOS JUNIOR
Coordenadora Setorial
Unidade de Educação Infantil Realengo
CRISTIANE GOMES DE OLIVEIRA
6
ELABORAÇÃO, REVISÃO E CONSOLIDAÇÃO
DOS DADOS DA INSTITUIÇÃO
Pró-Reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional
VERA LUCIA LOPES MEDALHA
Diretor de Gestão do Conhecimento
SAULO XAVIER DE BRITO AMORIM
Equipe da Seção de Pesquisa Institucional
ADRIANA TREIN DE ABREU E SILVA
RACHEL DA COSTA SIMÕES
WANDER SATTLER RIBEIRO
Procuradora Educacional Institucional
LUCIA SANTOS GAMBARDELLA
Revisão Ortográfica
MARTHA YVONNE DE ALMEIDA (1ª Revisão)
IRMA HENTZ DOS SANTOS BRANDÃO (2ª Revisão)
Colaboração
RICARDO JOSÉ BENTIM SOARES
RONALDO FREITAS FIGUEIREDO
SAYONARA BRITO DE SOUSA
7
OBSERVATÓRIOS CPII
Gilza Pate de Souza - Centro
Lorran Pires Soares – Duque de Caxias
José Luiz Justiniano da Silva – Engenho Novo I
Edson dos Santos Carvalho - Engenho Novo II
Maristella Santos do Nascimento - Humaitá I
Maria Cristina Castro de Azeredo Bastos – Humaitá II
Diana Ferreira Barbosa - Niterói
Alice de Castro Ribeiro Ferreira - Realengo I
Rogério Mendes de Lima – Realengo II
Fernanda Lisboa de Araújo - São Cristóvão I
Elizabeth Soares Dutra - São Cristóvão II
Adriano Pereira Grandal Coêlho - São Cristóvão III
Cristina Duarte do Vale Alexandre - Tijuca I
Rita de Cassia dos Santos Coura – Tijuca II
Ingrid Louise Mendes – Unidade de Educação Infantil Realengo
8
A Carta de Serviços ao Cidadão, na forma do §1º do Art. 11
do Decreto nº 6.932, de 11 de agosto de 2009, tem como objetivo
informar o cidadão sobre os serviços prestados pelo Colégio Pedro II, a
forma de acesso a esses serviços e os respectivos compromissos e padrões
de qualidade de atendimento ao público.
Publicado em 13 de abril de 2015.
9
Apresentação
A Carta de Serviços ao Cidadão foi instituída pelo Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão, no Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização
(GESPÚBLICA), através do Decreto nº 6.932, de 11 de agosto de 2009.
Trata-se de um documento elaborado pela Entidade Pública que visa informar aos
cidadãos quais os serviços prestados por ela, como acessar e obter esses serviços e quais
são os compromissos de atendimento estabelecidos.
A sua prática implica, para a organização, um processo de transformação sustentado
nos princípios fundamentais, tais como: participação e comprometimento, informação e
transparência, aprendizagem e participação do cidadão. Esses princípios têm como
premissas o foco no cidadão, participação de todas as pessoas que integram a organização
e a indução do controle social.
A Carta de Serviços estima alcançar os seguintes objetivos:
1) Para o cidadão:
 Propiciar o conhecimento dos serviços oferecidos;
 Apresentar os requisitos para solicitação, concessão ou acesso aos serviços;
 Facilitar o acesso aos serviços; e
 Potencializar o controle social e o exercício da cidadania.
2) Para a Instituição:
 Reforçar a identidade institucional;
 Oferecer mecanismo de melhoria da qualidade dos serviços;
 Otimizar os processos voltados para o atendimento ao usuário;
 Incentivar a busca de novos mecanismos e oportunidades de atendimento;
 Potencializar a interação com os usuários e com a sociedade em geral;
Conferir transparência às ações e aos procedimentos organizacionais.
Nesta primeira versão, a Diretoria de Gestão do Conhecimento da Pró-Reitoria de
Planejamento e Desenvolvimento Institucional apresenta a estrutura organizacional, as
unidades organizacionais, seus respectivos responsáveis e os canais e horários de
atendimento e funcionamento.
10
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 12
1.1 Histórico 12
1.2 Natureza Institucional 14
1.3 Finalidades 15
1.4 Missão 16
1.5 Visão 16
1.6 Valores 16
1.7 Princípios 16
2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 17
3 REITORIA 18
3.1 Pró-Reitorias 18
3.1.1 Administração 19
3.1.2 Ensino 24
3.1.2.1 Unidade de Educação Infantil Realengo 32
3.1.3 Gestão de Pessoas 34
3.1.4 Planejamento e Desenvolvimento Institucional 41
3.1.5 Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura 47
3.1.5.1 PRONATEC 52
3.1.5.2 FIC 52
3.2 Gabinete do Reitor 52
3.3 Diretoria de Articulação Institucional 53
3.4 Diretoria de Articulação Externa 54
3.5 Assessoria de Relações Internacionais 55
3.6 Procuradoria Educacional Institucional 55
3.7 Coordenadoria de Comunicação Social 56
4 A ESTRUTURA DE ENSINO E OS CAMPI 58
4.1 Estrutura de Ensino 58
4.1.1 Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil 58
4.1.2 Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio 59
4.1.2.1 Ensino Médio Integrado à Educação Profissional 59
4.1.2.2 Ensino Médio Integrado à Educação Profissional na
Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA
60
4.2Campi 60
4.2.1 Centro 60
11
4.2.2 Duque de Caxias 62
4.2.3 Engenho Novo I 64
4.2.4 Engenho Novo II 65
4.2.5 Humaitá I 67
4.2.6 Humaitá II 69
4.2.7 Niterói 71
4.2.8 Realengo I 73
4.2.9 Realengo II 75
4.2.10 São Cristóvão I 77
4.2.11 São Cristóvão II 78
4.2.12 São Cristóvão III 80
4.2.13 Tijuca I 81
4.2.14 Tijuca II 83
5 ÓRGÃOS DE ASSESSORAMENTO DA REITORIA 85
5.1 Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos
Técnico-Administrativos em Educação
85
5.2 Comissão Permanente de Pessoal Docente 86
6 ÓRGÃOS DE CONTROLE 87
6.1 Auditoria Interna 87
6.2 Corregedoria 88
6.3 Ouvidoria 89
7 PROCURADORIA JURÍDICA 90
8 COMISSÃO DE ÉTICA 91
9 CANAIS DE ATENDIMENTO – CARTA DE SERVIÇOS 92
10 FONTES 93
12
1 INTRODUÇÃO
1.1 Histórico
O Colégio Pedro II é uma tradicional instituição de ensino público federal,
localizada no estado do Rio de Janeiro. É o segundo Colégio mais antigo em atividade
no país, tendo recebido esse nome em homenagem ao Imperador D. Pedro II. Sua
origem remonta à primeira metade do século XVIII, ao Abrigo dos Órfãos de São
Pedro, obra de caridade da antiga paróquia do mesmo nome, no centro da cidade do
Rio de Janeiro.
O Bispo D. Antônio de Guadalupe fundou o Colégio dos Órfãos de São Pedro
em 1733, por Provisão da Câmara Eclesiástica e o transformou em Seminário de São
Joaquim, também por Provisão Eclesiástica, em 1739, sendo localizado em antigo
casarão da Rua Larga, atual Av. Marechal Floriano. O Rei D. João VI, por Decreto de
1818, extinguiu o Seminário de São Joaquim, sendo suas dependências utilizadas para
o aquartelamento dos soldados do Corpo de Artífices e Engenheiros da Divisão
Portuguesa, recém-chegada ao Brasil.
O Colégio foi fundado em decorrência da reorganização do Seminário de São
Joaquim, de acordo com projeto apresentado a Araújo Lima (1837 - 1840) pelo então
ministro Bernardo Pereira de Vasconcelos. Inaugurado em 1837, na data de
aniversário do Imperador-Menino (2 de dezembro), foi denominado Imperial Colégio
de Pedro II. O ato foi oficializado por Decreto Regencial no dia 20 desse mesmo mês,
e as aulas iniciaram-se em março do ano seguinte (1838).
Integrava um projeto civilizatório mais amplo do Império do Brasil, do qual
faziam parte a fundação do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o Arquivo
Público do Império, seus contemporâneos. Seu objetivo era a formação de uma elite
nacional, sendo seu corpo docente composto por políticos e intelectuais que também
exerciam altos postos da alta administração, principalmente pública.
Nesse tempo, a maioria dos alunos pertencia à elite econômica e política do país,
apesar de haver a previsão de que ele atenderia os estudantes oriundos de famílias
menos abastadas. Nele, era notória a grande influência dos valores europeus de
civilização e progresso, de tal forma que os alunos recebiam o diploma de Bacharel em
Letras, e estavam aptos a ingressar nos cursos superiores, principalmente nos de
Direito.
A partir de 1857, a Instituição dividiu-se em Internato e Externato, sendo a
primeira modalidade instalada no bairro da Tijuca, em 1858, onde permaneceu até
1888, quando as suas dependências foram transferidas para São Cristóvão.
Foi o primeiro colégio de instrução secundária oficial do Brasil e importante
elemento de construção do projeto civilizatório do Império, de fortalecimento do
Estado e da formação da nação brasileira. Como agência oficial de educação e cultura,
co-criadora das elites condutoras do país, o Imperial Colégio foi criado para ser
modelo da instrução pública secundária do Município da Corte e demais províncias,
das aulas avulsas e dos estabelecimentos particulares existentes.
Seu corpo docente era formado por intelectuais de renome e a seletividade do
corpo discente era marcada pelos exames de admissão e promocionais. Os programas
de ensino de base clássica e tradição humanística e o pagamento das anuidades deram
ao ensino secundário oficial uma função de preparação dos alunos para o ensino
superior.
A partir de 1889, sobreviveu a entrecortados períodos de crise institucional
expressos pela perda de seu patrono (D. Pedro II), mudanças de nome (Instituto
13
Nacional de Instrução Secundária / Ginásio Nacional) e alterações da política
educacional (Reformas de Ensino).
Campus Centro – o pioneiro
O casarão da Rua Larga de São Joaquim, depois Externato do Colégio Pedro II, hoje
Campus Centro, foi tombado em 1983 pelo Patrimônio Histórico, sendo reconhecido
como “um dado da nossa nacionalidade” e, até hoje, guarda significativa parcela da
memória histórica da Instituição.
Apesar das perdas, continuou sendo, na República, um lugar de referência
educacional do ensino secundário, para o reconhecimento e equiparação dos ginásios
estaduais e das escolas particulares, e um centro de sociabilidade cultural. Porém,
somente em 1911, reassumiu a primitiva designação de Colégio Pedro II.
Até a década de 1950, era considerado como "Colégio Padrão do Brasil", pois
era referência no panorama da educação nacional pela qualidade do corpo docente e
dos modelos dos programas desenvolvidos, uma vez que estes, inclusive, serviam
como modelo aos colégios da rede privada, quando solicitavam ao Ministério da
Educação o reconhecimento de seus certificados e justificavam seu mérito através da
semelhança de seus currículos com os do Colégio Pedro II.
Em virtude da qualidade apresentada, todos os anos havia um grande número de
inscritos para o processo seletivo de alunos, o que fez com que a Instituição
aumentasse significativamente o número de vagas oferecidas.
Com esse objetivo, foram, então, inauguradas as Seções Norte e Sul (1952) e a Seção
Tijuca (1957). A partir de 1979, as seções receberam o nome de Unidade Escolar (U.E.)
tendo, como complemento, o nome do bairro onde estavam instaladas: Centro (a pioneira),
São Cristóvão (o internato), Engenho Novo (antiga Seção Norte), Humaitá (antiga
Seção Sul) e Tijuca (antiga Seção Tijuca) atendendo os atuais Ensino Fundamental e
Ensino Médio.
Em 1984, foi instituída, em São Cristóvão, a primeira Unidade Escolar
especializada na oferta da antiga Classe de Alfabetização (C.A.) à 4ª série primária,
14
atualmente denominadas1º, 2º, 3º, 4º e 5º anos ou Anos Iniciais do Ensino
Fundamental.
Nos anos seguintes, tal oferta também foi implementada nas Unidades Escolares
Humaitá (1985), Engenho Novo (1986) e Tijuca (1987). Desde então, as Unidades
Escolares receberam o informal apelido de "Pedrinhos".
Em seguida, as unidades escolares que ofertavam os Anos Iniciais do Ensino
Fundamental passaram a ser formalmente denominadas como Unidades “I”, e as
especializadas nos Anos Finais do Ensino Fundamental, ou do Ensino Médio, de
Unidades “II”.
Visando atender com maior qualidade ao aumento da demanda da comunidade
que ansiava estudar no Ensino Médio, foi inaugurada, em 1999, uma nova unidade
denominada U.E. São Cristóvão III.
Em 2004, a partir de um convênio com a Prefeitura do Município do Rio de
Janeiro, o Colégio Pedro II inaugurou a U.E. Realengo, com objetivo de atender um
número maior de residentes na Zona Oeste da cidade.
A ampliação em direção à região metropolitana efetivou-se, a partir de 2006,
com a inauguração da Unidade Descentralizada Niterói e, em 2007, com a inauguração
da Unidade Descentralizada Duque de Caxias.
Em 2010, a Unidade Escolar Realengo I foi a última a ser inaugurada, retomando
o processo de expansão da oferta à Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro, desta vez,
especializada nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e, em seguida, na Educação
Infantil.
Em 2012, quando da equiparação do Colégio Pedro II aos Institutos Federais, as
Unidades Escolares foram redenominadas Campi.
A condução do Colégio Pedro II, através da busca de atendimento sempre
diferenciado e da melhoria da capacitação de seus servidores, sempre considerou os
desejos manifestados na inauguração, de oferecer boa educação à mocidade,
estabelecer proveitosos estudos, manter e adotar bons métodos.
1.2 Natureza Institucional
O Colégio Pedro II é uma Autarquia Federal, vinculada ao Ministério da
Educação, com autonomia administrativa, patrimonial, financeira, didático-pedagógica
e disciplinar, de característica pluricurricular e multicampi, especializada na oferta de
Educação Básica.
Em conformidade com a legislação vigente, tem prerrogativas para a oferta da
educação profissional de forma articulada com a educação básica, cursos de graduação
e pós-graduação lato ou stricto sensu na área de Educação e formação de professores,
desde que autorizados por seu Conselho Superior (CONSUP).
Pela Lei no
12.677, de 25 de junho de 2012, foi integrado à Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica para efeito de incidência das
disposições que regem a regulação, a avaliação e a supervisão da instituição e dos
cursos de educação superior.
Mantém-se firme em sua definição de ser uma instituição de educação básica,
profissional e superior, especializada na oferta de educação básica e licenciaturas, com
base na conjugação de conhecimento com sua prática pedagógica.
Domiciliado na sede de sua Reitoria, situada no Campo de São Cristóvão nº 177,
São Cristóvão, Rio de Janeiro, conta com os seguintes Campi:
15
a) Centro;
b) Duque de Caxias;
c) Engenho Novo I;
d) Engenho Novo II;
e) Humaitá I;
f) Humaitá II;
g) Niterói;
h) Realengo I;
i) Realengo II;
j) São Cristóvão I;
k) São Cristóvão II;
l) São Cristóvão III;
m) Tijuca I; e
n) Tijuca II.
Além da oferta dos ensinos fundamental e médio, distribuída pelos respectivos
campi, o CPII oferece cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu, mantidos
pela Pró-Reitoria de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, e a Educação
Infantil, mantida pela Unidade de Educação Infantil Realengo que se encontra
subordinada à Diretoria de Ensino Fundamental (Anos Iniciais) e Educação Infantil da
Pró-Reitoria de Ensino.
1.3 Finalidades
O Colégio Pedro II tem as seguintes finalidades e características:
 ofertar educação básica, educação profissional de forma articulada com a
educação básica e ensino superior na área de educação e de formação de professores, em
todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas à atuação
nos diversos setores da sociedade organizada e na vida profissional;
 desenvolver a educação básica, profissional e superior como processos
educativos e investigativos;
 promover a integração dos diferentes níveis de educação e modalidades de
ensino ofertados;
 constituir-se em campo de experiência e em centro de excelência na oferta de
educação básica e do ensino superior na área de educação e de formação de professores;
 qualificar-se como centro de referência no apoio à oferta do ensino de todas as
disciplinas que integram a composição curricular da educação básica, oferecendo
capacitação técnica e atualização pedagógica aos profissionais de educação das redes
públicas de ensino;
 desenvolver programas de extensão e de divulgação social, científica e cultural;
 realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, a criatividade e o
desenvolvimento social e científico; e
 promover práticas democráticas, de justiça social, de exercício da cidadania e de
preservação do meio ambiente.
Para a realização de suas finalidades, o Colégio Pedro II poderá vir a firmar acordos
com outros estabelecimentos de ensino e institutos técnico-científicos, bem como com
entidades e organizações públicas e privadas.
16
1.4 Missão
A missão do Colégio Pedro II é “promover a educação de excelência, pública,
gratuita e laica, por meio da indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão,
formando pessoas capazes de intervir de forma responsável na sociedade.”
1.5 Visão
O Colégio Pedro II pretende:
“ser uma instituição pública de excelência em educação integral e inclusiva,
consoante com o mundo contemporâneo e as novas técnicas e tecnologias,
comprometida com a formação de cidadãos, visando a uma sociedade ética e
sustentável.”
1.6 Valores
O Colégio Pedro II é norteado pelos seguintes valores:
 Ética;
 Excelência;
 Competência;
 Compromisso Social; e
 Inovação.
1.7 Princípios
O Colégio Pedro II observa os seguintes princípios:
 compromisso com a justiça social, equidade, cidadania, ética, preservação do
meio ambiente, transparência e gestão democrática;
 verticalização do ensino e sua integração com a pesquisa e a extensão;
 eficácia nas respostas de formação profissional, difusão do conhecimento
científico e tecnológico e suporte aos arranjos produtivos locais, sociais e culturais; e
 natureza pública e gratuita do ensino, sob a responsabilidade da União.
17
2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
O Colégio Pedro II conta com a seguinte estrutura organizacional:
I - Órgãos Colegiados Superiores
a) Conselho Superior; e
b) Colégio de Dirigentes.
II - Reitoria
a) Reitor;
b) Pró-Reitorias;
1. Administração
2. Ensino
2.1 Unidade de Educação Infantil Realengo
3. Gestão de Pessoas
4. Planejamento e Desenvolvimento Institucional
5. Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura
5.1 PRONATEC
5.2 FIC
c) Gabinete da Reitoria;
d) Diretoria de Articulação Institucional;
e) Diretoria de Articulação Externa;
f) Assessoria de Relações Internacionais;
g) Procuradoria Educacional Institucional; e
h) Coordenadoria de Comunicação Social.
III - Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão
IV – Os campi
a) Diretorias Pedagógicas; e
b) Diretorias Administrativas.
V – Órgãos de Assessoramento da Reitoria
a) Comissão Interna de Supervisão do Plano de Cargos Técnico-Administrativos em
Educação; e
b) Comissão Permanente de Pessoal Docente.
VI – Os Órgãos de Controle
a) Auditoria Interna;
b) Corregedoria; e
c) Ouvidoria.
VII - Procuradoria Jurídica
VIII – Comissão de Ética
Dentre os órgãos e unidades acima listados, a presente Carta apresentará aqueles que
possuem, por força da natureza executiva, a vocação para a prestação de serviços e
atendimento aos respectivos usuários.
18
3 REITORIA
A Reitoria é o órgão executivo do CPII, cabendo-lhe a administração, a coordenação
e a supervisão de todas as atividades da Instituição.
Atribuições:
 administrar de forma geral o CPII, bem como supervisionar a execução das
políticas de gestão educacional, de pessoal, orçamentária, financeira e patrimonial,
visando ao aperfeiçoamento, ao desenvolvimento e à excelência das atividades de
ensino, pesquisa e extensão;
 formular as propostas orçamentárias, encaminhando-as para a aprovação dos
órgãos competentes;
 planejar as estratégias de desenvolvimento da Instituição, conforme previsto
no Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI;
 coordenar e supervisionar a execução das políticas aprovadas pelo Conselho
Superior, adotando medidas para seu cumprimento e avaliação dos resultados;
 promover o relacionamento e o permanente intercâmbio com as instituições
congêneres; e
 promover o planejamento, a integração e a cooperação mútua entre as
unidades organizacionais que compõem o CPII.
Informações:
Reitor:
Oscar Halac
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria –
3º andar – Rio de Janeiro - CEP: 20921-903
Por telefone: (21) 3891-1008
(21) 3891-1009
Pelainternet: reitoriagab@cp2.g12.br
Horário de atendimento: Das 7h às 18h
3.1 Pró-Reitorias
As Pró-Reitorias são dirigidas por Pró-reitores nomeados pelo Reitor, sendo órgãos
executivos que planejam, superintendem, coordenam, fomentam, acompanham e avaliam
as atividades referentes às áreas de sua competência.
19
3.1.1 Pró-Reitoria de Administração
À Pró-Reitoria de Administração – PROAD – compete a coordenação e a execução
dos processos de planejamento orçamentário e financeiro, aquisições, contratações, registro
dos atos financeiros, contábeis e patrimoniais, licitações, convênios e termos de
cooperação técnica, dentre outras.
A Pró-Reitoria de Administração é composta por:
 Diretoria de Finanças;
 Diretoria de Infraestrutura;
 Coordenadoria Orçamentária, Contábil e Financeira;
 Coordenadoria de Licitações e Contratos; e
 Protocolo.
Ao Pró-Reitor de Administração compete:
 supervisionar e zelar pelo cumprimento das metas e objetivos estabelecidos na
Lei Orçamentária Anual;
 acompanhar a execução dos projetos e dos planos de trabalho para obtenção
de recursos orçamentários e financeiros;
 elaborar, sistematizar e apresentar o Relatório Anual de Gestão e os processos
de Prestação de Contas da Instituição junto à sociedade e aos órgãos de controle, e,
ainda, prestar assessoramento, controle e supervisão sobre a gestão e execução
orçamentária, financeira, patrimonial e contábil do CPII;
 garantir o melhor desempenho da gestão administrativa e de infraestrutura;
 desenvolver organizacionalmente o CPII;
 planejar, organizar, estabelecer, monitorar e avaliar as políticas e diretrizes de
administração e infraestrutura para o CPII;
 assessorar o Reitor e Diretores-Gerais dos campi, em assuntos relativos ao
patrimônio, almoxarifado, orçamento, contabilidade, finanças e serviços gerais;
 regulamentar as normas e procedimentos nas áreas de administração e
planejamento orçamentário;
 elaborar Planos de Trabalho para captação de recursos orçamentários e
financeiros externos;
 gerenciar, no âmbito do CPII, os sistemas do Governo Federal,
disponibilizados para as áreas de orçamento, contabilidade, finanças, compras,
convênios, acompanhamento de metas, diárias, passagens aéreas e administração em
geral; e
 desenvolver outras atribuições afins.
20
PROAD - Organograma
21
UNIDADES
Pró-Reitoria de
Administração
-PROAD-
Pró-reitora:
Jacqueline Bathomarco
Corrêa
(21) 3891-1050
proad@cp2.g12.br Das 7h às 19h
A Pró-Reitoria de Administração (PROAD) é uma unidade organizacional do CPII
responsável pelo planejamento, coordenação e direção da gestão orçamentária, financeira
e contábil. Compete também à PROAD fomentar e acompanhar as atividades e políticas
da administração.
Assessoria
PROAD
Dirceu Silva
(21) 3891-1050
(21) 3891-1051
proad@cp2.g12.br
Das 7h às 19h
Seção responsável pelas seguintes ações: atendimento ao público externo e interno para
contato com o Pró-Reitor de Administração; controle burocrático das rotinas do Gabinete
referentes ao público externo (empresas, bancos, firmas) e público interno (campi e
setores).
Diretoria de
Finanças
Antonio Carlos Romano
Palmeira
(21) 3891-1055
dafp@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Diretoria de Finanças realiza a execução orçamentária da Instituição, promovendo o
profissionalismo e melhorias contínuas na gestão administrativo-financeira para
contribuir no crescimento das atividades do CPII. É responsável pelas seguintes ações:
foco na excelência dos serviços; cumprimento dos princípios legais nas ações e na gestão
dos recursos públicos; executar a programação financeira tendo em vista os
compromissos e os recursos repassados pelo MEC, bem como de convênios e contratos,
e de outras agências financiadoras nacionais e estrangeiras; assinar os empenhos e
autorizar pagamentos das folhas mensais dos servidores; supervisionar e controlar as
atividades dos setores que lhe são subordinados; fiscalizar o andamento das atividades
inerentes a sua área.
Seção de Orçamento
Emília Santos da Costa
Melo
(21) 3891-1054
orcamento@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável por coordenar efetivamente o processo orçamentário nas seguintes
ações: integração do acompanhamento da execução orçamentária à sistemática de
elaboração; informações estruturadas e instrumentos que possibilitem análises
retrospectivas da execução orçamentária e análises prospectivas de fechamento do
orçamento para subsidiar as decisões ao nível de execução e elaboração futura; um corpo
técnico e decisório imbuído da preocupação contínua e perseverante em responder às
questões básicas do porquê e para que a elaboração de um recurso público.
Seção de Finanças Edvaldo Lobão Soares
(21) 3891-1064
sefin@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: concessão de diárias e passagens; análise de
suprimentos de fundos; liquidação de despesas realizadas; registro de processos; retenção
de tributos; controle de autorizatórios.
Seção de
Contabilidade
Rosana Nogueira dos
Reis Pereira
(21) 3891-1061
secont@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: análise e arquivamento de processos de
diversas naturezas; liquidação de processos de prestadores de serviços, de fornecedores
e folha de pagamento dos servidores; acompanhamento e regularização de contas
contábeis; controle e análise de contratos; liquidação e classificação de suprimentos de
22
fundos; contabiliza entradas e saídas de material nas contas de Almoxarifado e
Patrimônio; registra, de forma geral, os atos e fatos contábeis executados pelo Colégio.
Seção de Compras
Guilherme Tavares de A.
Alencar
(21) 3891-1057
secon@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: recebimento de documentação solicitando um
serviço ou uma compra; define a modalidade de compra; executa todo o procedimento da
licitação escolhida; realização de pregão.
Seção de
Almoxarifado
Tania Cardoso da Silva
Costa
(21) 3891-1073
sealm@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: armazenagem de material adquirido por
compra ou doação; recebimento do material; registro de entrada e saída do material.
Seção de
Patrimônio
Schneider Thadeu F. de
Andrade
(21) 3891-1058
sepat@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: controle de material permanente em uso nas
unidades; incorporação dos bens pelo registro patrimonial; localização do bem móvel,
bem como dos imóveis; verifica o estado de conservação dos bens e materiais; subsidia a
tomada de contas anual; realiza os inventários físico dos bens móveis e imóveis.
Seção de Controle
Orçamentário
Carlos Henrique Paixão
Miranda
(21) 3891-1081
planejamento@cp2.g12.b
r
Das 8h às 17h
Seção responsável por verificar os gastos anuais e realizar o planejamento orçamentário
anual.
Diretoria de
Infraestrutura
Joil Pimentel Dias
(21) 3891-1122
dinfra@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Diretoria de Infraestrutura tem a função de assegurar um ambiente físico escolar
adequado ao processo de ensino–aprendizagem, que reflita a qualidade de ensino
oferecida pelo CPII. Trata da aquisição, contratação, fiscalização e coordenação de
serviços terceirizados propícios às atividades desenvolvidas pelos educandos e
servidores desta Autarquia.
Seção de Licitações Fellipe Santos Coelho
(21) 3891-1087
selic@cp2.g12.br
Das 8h às 17h Seção responsável pela confecção de editais de serviço e obras de engenharia.
Seção de Contratos Raquel Rebouças Felix
(21) 3891-1087
selic@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pela gestão, controle de vencimento, realização de termos aditivos e
confecção de contratos.
Coordenadoria de
Infraestrutura
Roberto Martin Perez
(21) 3891-1111
infraestrutura@cp2.g12.b
r
Das 8h às 17h
Esta Coordenadoria tem como finalidade gerir as demandas de serviços de manutenção
predial em caráter preventivo e reparatório. A manutenção predial compreende reparos
que garantam o bom funcionamento das instalações, quer na Reitoria, quer nos campi,
sendo que serviços de maior complexidade dependem de avaliação prévia da Seção de
Engenharia. Os reparos envolvem serviços de eletricista, bombeiro hidráulico, pedreiro,
pintor, serralheiro e marceneiro.
Seção Transportes
Márcio Celestino de
Almeida
(21) 3891-1049
transporte@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável por atender às requisições de transporte de alunos com fins
pedagógicos e de funcionários a serviço do Colégio Pedro II.
23
Seção Serviços
Gerais
Joel dos Santos Silva
(21) 3891-1060
servg@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pela manutenção da parte física do colégio e pelo serviço de
recepcionistas.
Seção de
Engenharia
Rafael Travincas Pinto
(21) 3891-1067
seeng@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: projetar obras e reformas nos diversos campi
do Colégio; supervisionar as obras e reformas que ocorrem nos espaços físicos do
Colégio; orientar os empreiteiros quanto a realização das obras e/ou reformas.
Seção Gráfica Amílcar Barbosa Lima (21) 3891-1074 Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: impressão e diagramação de material solicitado
pelos setores do Colégio.
Seção de Protocolo e
Arquivo Geral
Luiz de Souza Silva
(21) 3891-1070
sepro@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Seção responsável pelas seguintes ações: entrada e saída de processos oriundos do
público interno e externo; entrega de documentação aos setores entregues pelo correio;
recebe requerimentos e faz a abertura de processos.
Seção de
Mecanografia
Celio da Silva (21) 3891-1074 Das 8h às 17h
Seção responsável por impressões, encadernações, colecionamento e acabamento de
materiais impressos produzidos pelo Colégio Pedro II.
24
3.1.2 Pró-Reitoria de Ensino
À Pró-Reitoria de Ensino – PROEN – compete planejar, desenvolver, acompanhar,
supervisionar e avaliar as políticas para o ensino no âmbito do CPII que serão
homologadas pelo Conselho Superior, por meio de ações que visem à qualidade do ensino,
ao acesso, à permanência e ao êxito dos estudantes, considerando a articulação com a
pesquisa e a extensão, em consonância com as diretrizes emanadas pelo Ministério da
Educação e as orientações recebidas do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão -
CONEPE.
A Pró-Reitoria de Ensino é composta por:
 Diretoria de Ensino Médio, Fundamental e Técnico;
 Diretoria de Ensino Infantil e Fundamental I;
 Diretoria de Projetos Educacionais;
 Diretoria de Ações Inclusivas e Assuntos Estudantis;
 Coordenadoria de Planejamento, Acompanhamento e Controle – COPLAC.
Ao Pró-Reitor de Ensino compete:
 planejar, dirigir e supervisionar as políticas de ensino para o CPII, em
consonância com as diretrizes emanadas do MEC;
 participar da condução do processo coletivo de construção e avaliação
permanente do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e do Projeto Pedagógico
Institucional (PPI), a partir das políticas de ensino definidas para o ensino básico e
técnico;
 acompanhar e supervisionar a implementação das políticas de ensino básico e
técnico, avaliando o seu desenvolvimento e promovendo, junto às demais Pró-
Reitorias, ações que garantam a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão;
 acompanhar e avaliar, junto com as Diretorias Pedagógicas dos campi o
desenvolvimento dos cursos técnicos e do ensino básico, no que tange ao acesso, à
permanência e à conclusão;
 orientar as Chefias de Departamento e Coordenações Pedagógicas na
condução do desenvolvimento de ações e estratégias para implantação, implementação
e/ou alteração de projetos de cursos, no desenvolvimento desses projetos e
intermediando sua discussão no CONEPE;
 apresentar e receber propostas voltadas para a atualização permanente de
currículos;
 conduzir o processo coletivo de discussão de propostas pedagógicas no âmbito
das políticas de ensino básico e técnico, nas diferentes instâncias ligadas à gestão
escolar, encaminhando-as aos órgãos colegiados competentes;
 planejar e supervisionar as políticas voltadas para o desenvolvimento pessoal
e profissional de docentes e técnicos em assuntos educacionais, no âmbito do Ensino
Médio e técnico em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI)
e o Projeto Pedagógico Institucional (PPI);
 estimular, apoiar e realizar atividades que visam, dentre outros objetivos, à
consolidação do CPII, no âmbito da educação profissional técnica de nível médio,
congregando docentes e equipes técnico-pedagógicas dos diversos campi;
25
 estimular e acompanhar a participação de estudantes dos cursos médio e
técnico em projetos de pesquisa;
 definir as normas gerais para a elaboração do Calendário Escolar, analisando e
validando as propostas de calendário oriundas dos diversos campi, encaminhando-as
para publicação junto à Reitoria;
 representar o CPII em eventos ligados à Educação Básica e Profissional;
 estimular, junto às Diretorias Pedagógicas dos campi, ações de apoio
acadêmico aos discentes, possibilitando a permanência e o sucesso da formação
profissional e cidadã dos alunos;
 estimular a participação e representação estudantil em posições de gestão
acadêmica e de ação comunitária;
 promover estratégias de articulação com as demais Pró-Reitorias;
 colaborar para o estabelecimento de relações interinstitucionais, como forma
de articular e fomentar a política institucional;
 participar da gestão de convênios referentes ao ensino básico e técnico
firmados pelo CPII; e
 elaborar o Relatório de Gestão, no que concerne à Pró-Reitoria de Ensino.
26
PROEN - Organograma
27
UNIDADES
Pró-Reitoria de
Ensino
-PROEN-
Pró-reitora:
Eliana Myra de
Moraes Soares
(21) 3891-1100
proen@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Pró-Reitoria de Ensino é o órgão executivo ao qual compete, por atribuição da
Reitoria, planejar, desenvolver, coordenar, supervisionar, fomentar e acompanhar a
execução de atividades das políticas de Ensino Básico, tais como desenvolvidas nos
diversos campi do Colégio, sempre em consonância com as diretrizes educacionais
brasileiras, promovendo ações que garantam a articulação entre o ensino, a pesquisa e
a extensão.
Chefia SESOP
Carlos Alexandre
Turque Duarte
(21) 3891-1116
sesopgeral@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Realiza acompanhamento do processo de ensino e aprendizagem junto à equipe da
PROEN, Chefes de Departamento e Diretores-Gerais, orientando o trabalho dos
SESOP dos campi.
Diretoria de
Planejamento
Acadêmico e
Controle
Édson Martins da Silva
(21) 3891-1102
seplac@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Promove o planejamento acadêmico de distribuição de docentes nos campi, com base
nas regras que regem a estrutura e o funcionamento das Direções-Gerais; aprimora a
isonomia na distribuição da carga horária docente junto aos Chefes de Departamento e
mantém a PROEN informada e atualizada em relação à legislação educacional vigente.
Seção de
Planejamento e
Controle
Viviana da Silva
Nascimento Rosa
(21) 3891-1106
seplac@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Elaborar o planejamento acadêmico; estudar, compilar e divulgar a legislação
pertinente à administração pedagógica e sua aplicação no Colégio Pedro II; manter
atualizado o cadastro de docentes, reunindo, em forma de planilha, todos os dados e
anotações a eles referentes; encaminhar o processo de avaliação de docente; atualizar,
otimizar e supervisionar os instrumentos usados na avaliação docente.
Secretaria
Acadêmica
Maria Azuréa Vieira
Silva
(21) 3891-1103
secretaria.de@cp2.g12.br
Das 7h às 19h
Elabora as diretrizes de procedimento para emissão e controle de diplomas e
certificados expedidos pelo Colégio Pedro II.
Secretaria de
Registro Escolar
Maria Lúcia de Oliveira
Mendonça
(21) 3891-1104
lucia.mendonca@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Coordena o trabalho das Secretarias Escolares dos campi, com vistas a que todas as
práticas ali desempenhadas ganhem homogeneidade e isonomia.
Seção de Concursos
Acadêmicos
Maria de Fátima
Almeida da Silva
(21) 3891-1103
secretaria.de@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Viabiliza a operacionalização dos concursos e processos seletivos (professores e
estudantes).
Seção de Projetos
Educacionais
Mônica Rodrigues Dias
Pinto
(21) 3891-1110
monicapinto@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Promove a interação com os Chefes de Departamento, as Direções-Gerais dos campi e
as Diretorias da PROEN, estimulando a elaboração de projetos pedagógicos, a
viabilização de recursos necessários para a implementação dos projetos elaborados e a
divulgação dos trabalhos realizados. Busca também ampliar o conhecimento das
equipes a respeito das práticas inovadoras desenvolvidas em outros ambientes
pedagógicos. Busca a melhoria do desempenho dos alunos, promovendo o intercâmbio
das práticas pedagógicas e das estratégias de ensino-aprendizagem diferenciais.
28
Diretoria de Ensino
Fundamental (anos
iniciais) e Educação
Infantil
Leda Cristina de Freitas
Miranda Parentes Aló
(21) 3891-1114 Das 8h às 17h
Elabora a estrutura pedagógica e técnico-administrativa da Educação Infantil,
concedendo-lhe identidade pedagógica e administrativa, conforme projeto de
implantação inicial em obediência à legislação vigente; torna o ensino contínuo,
contextualizado, objetivo, articulado entre os diferentes componentes curriculares,
criando situações reais de aprendizagem; estabelece as necessidades e peculiaridades
do trabalho da Educação Infantil e do 1º segmento do Ensino Fundamental.
Seção de Educação
Infantil
Evaldo Chauvet Bechara (21) 3891-1114 Das 8h às 17h
Relaciona o material necessário à Educação Infantil; elabora a estrutura pedagógica;
supervisiona e auxilia a integração da educação infantil e o 1º ano do Ensino
Fundamental.
Seção de Ensino
Fundamental
(anos iniciais)
Carlos Alberto Sobrinho (21) 3891-1114 Das 8h às 17h
Acompanha o trabalho dos Campi I, analisa os processos pedagógicos e
administrativos, busca alternativas e soluções, propõe ações de aperfeiçoamento
profissional dos servidores, elabora e implanta orientações pedagógicas, apoia as
Direções-Gerais, auxilia a execução de concursos públicos e processos seletivos, dá
suporte à implementação de projetos, verifica os índices de recuperação e reprovação e
contribui para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem.
Diretoria de Ensino
Fundamental (Anos
Finais) e Médio
Maria de Lourdes Rocha
de Assis Jeanrenaud
(21) 3891-1108
daem@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Estabelece um acompanhamento mais personalizado na divulgação, inscrição,
realização da prova e matrícula relacionado a sua área de atuação; aprimora o trabalho
pedagógico no PROEJA; estabelece a política de formação continuada aos professores
do PROEJA; promove suporte de conteúdo (apoio) aos estudantes novos; estimula a
reflexão crítica sobre os conhecimentos teóricos e práticos que fundamentam a
proposta a ser desenvolvida nas diferentes etapas da Educação Básica do CPII; garante
o suporte aos estudantes com dificuldades em alcançar as médias para aprovação;
assegura a continuidade e integração do processo pedagógico nos diferentes segmentos
e adaptação dos estudantes; fornece subsídios ao planejamento escolar e à prática
avaliativa para o encontro de ações pedagógicas coerentes com as necessidades
identificadas nas diferentes etapas da Educação Básica; atende às especificidades dos
alunos dos Cursos Técnicos e estabelece parcerias com a Pró-Reitoria de Pós-
Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura.
Central de Estágios Leonardo Cocco
(21) 3891-0043
estagio@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Organiza e normatiza as oportunidades de estágios oferecidas aos cursos técnicos do
Ensino Médio Integrado e PROEJA.
Seção de Ensino
Técnico
Lygia Vuyk de Aquino
(21) 3891-1119
vuyk@cp2.g12.br
Das8h às 17h
Dá suporte aos cursos Técnicos Integrados e ao PROEJA; participa da promoção de
convênios para a concessão de estágios; acompanha os eventos técnicos que tratem dos
temas concernentes às diferentes modalidades de ensino técnico e as disciplinas
técnicas específicas dos cursos do Ensino Médio Integrado e
Seção de
Estruturação e
Alfredo Sotto (21) 3891-1119 Das 8h às 17h
Responsável pela implementação, revitalização e manutenção dos laboratórios e
mediatecas.
29
Suporte de
Laboratório
Diretoria de Ações
Inclusivas e
Assuntos Estudantis
Maria Célia Soares
Ferreira
(21) 3891-1112
proen-dae@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Procede ao planejamento e implementação das políticas voltadas aos alunos com
necessidades específicas; promove o acompanhamento das necessidades e executa as
políticas de assistência estudantil, no sentido de propiciar o melhor desempenho dos
estudantes; desenvolve ações relativas à alimentação escolar, com o fito de promover
hábitos alimentares saudáveis junto aos estudantes e servidores através de reeducação
alimentar; administra as bibliotecas e salas de leitura do Colégio, enquanto propõe
projetos que possibilitem ao estudante desenvolver o hábito e o gosto pela leitura e
pela pesquisa, além de estimular o estudante à criação de obras literárias; organiza a
distribuição de livros didáticos pelos campi.
Seção de Educação
Especial NAPNE
Geral
Maria Aparecida
Etelvina Ivas Lima
(21) 3891-1118
see@cp2.g12.br
napnecp2@gmail.com
Das 8h às 17h
A Seção de Educação Especial – NAPNE Geral é um órgão propositivo e consultivo
que: advoga a implementação das Políticas Nacionais de Educação Inclusiva e do
Direito das Pessoas com Deficiência, junto à PROEN, a Pró-Reitoria de Pós-
Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (PROPGPEC) e quaisquer outros setores do
CPII, sempre que solicitado; divulga e implementa ações que promovam o respeito às
diferenças e garantam a acessibilidade arquitetônica, educacional, metodológica e na
comunicação para as pessoas em suas necessidades específicas; busca alternativas e
estratégias educacionais que garantam, em todos os níveis e etapas de ensino, o acesso,
a permanência e a aprendizagem dos estudantes com necessidades
especiais/específicas, através do atendimento e acompanhamento técnico-pedagógico
especializado e, sempre que preciso, adaptação de recursos didáticos-pedagógicos;
acompanha o trabalho desenvolvido pelas equipes multi e interdisciplinar que atuam
no Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidade Específicas (NAPNE) dos
campi, nas diferentes estratégias educacionais desenvolvidas por esses núcleos; levanta
as demandas de profissionais, de capacitação e de infraestrutura necessárias ao
funcionamento e aos objetivos do atendimento nos NAPNEs; orienta e acompanha o
preenchimento do Censo Escolar em relação aos estudantes público-alvo da educação
especial e aos atendimentos especializados oferecidos no NAPNE; auxilia na execução
de concursos públicos e processos seletivos no que se refere aos candidatos com
deficiência e/ou necessidades especiais; busca e colabora na promoção de parcerias e
convênios que fortaleçam o atendimento aos estudantes com necessidades específicas;
incentiva e participa das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão no que se referem
às questões da Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva e subsidia
pesquisas internas e externas relacionadas aos estudantes com necessidades específicas
no Colégio Pedro II; divulga, acompanha e promove eventos que abordem temas nas
áreas da Educação inclusiva, Tecnologia Assistiva e Acessibilidade física e virtual;
30
socializa estudos e práticas pedagógicas sobre essa temática desenvolvidas em cada
campus, articulando-as com as ações de inclusão da Rede Federal de Educação
Profissional, Científica e Tecnológica.
Seção de Biblioteca
e Sala de Leitura
Márcia Feijão de
Figueiredo
(21) 3891-1118
marcia_feijao@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Centraliza as ações das bibliotecas , mediatecas e salas de leitura na aquisição de
sistemas, cursos e mobiliários; gerência em conjunto com a SEPLAG a lotações dos
servidores; planejamento e desenvolvimento das políticas institucionais para as
bibliotecas; levantamento de demandas de capacitação necessárias para as bibliotecas,
mediatecas e salas de leitura e encaminha a SEPLAG, media realizações e atividades
entre bibliotecas; centraliza doações externas de grandes acervos, que envolve
logística, centraliza aquisições de IBBN e classe com o desenvolvimento de
publicações nacionais.
Seção de Assistência
ao Educando
Celsa González Villar
(21) 3891-1112
proen-dae@cap2.g12.br
Das 8h às 17h
Planeja, implementa, acompanhar e avalia a Política e de Assistência Estudanil do
Colégio Pedro II; elabora plano, programa e projeto, com base nas linhas de ações do
PNAES, a fim de garantir a permanência e o êxito na escola; realiza seleção e análise
socioeconômica dos candidatos aos editais de benefícios; avalia a proposta de projetos
elaborados pelos campi, tendo em vista as linhas de ações do PNAES; realiza
acompanhamento psicológico e social aos estudantes, por meio de equipe
interdisciplinar; planeja a aplicação do recurso orçamentário e financeiro da assistência
estudantil, em atividades definidas pela SAE/DAE; realiza parcerias com demais atores
institucionais para a execução das atividades propostas pela SAE/DAE.
31
Seção de Nutrição
Escolar
Ana Patrícia Correia da
Silva e Sá
(21) 3891-1072
anapatricia_sa@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Elabora Termo de Referência para Licitação e compra de gêneros alimentícios, compra
de equipamentos e utensílios e compra de material de limpeza de todos os campi do
Colégio; fiscaliza os contratos da merenda escolar; recebimento, controle e lançamento
de Notas Fiscais no sistema SIASG de todos os contratos da Merenda Escolar;
pesquisa de preços para posicionamento sobre reajuste; visita as Unidades de
Alimentação dos campi e elabora relatórios; elabora textos e artigos para o site do CPII
e jornal; fecha contratos da merenda junto aos Setores de Finanças e Contabilidade;
planeja a aquisição de gêneros para os concursos e festividades realizados por todos os
campi, calcula os parâmetros nutricionais para o atendimento da clientela com base em
recomendações nutricionais, avaliação nutricional e necessidades nutricionais
específicas; programa, elabora e avalia os cardápios, adequando-os às faixas etárias e
perfil epidemiológico da população atendida, respeitando os hábitos alimentares;
planeja, orienta e supervisiona as atividades de seleção, compra, armazenamento,
produção e distribuição dos alimentos, zelando pela qualidade dos produtos,
observadas as boas práticas higiênicas e sanitárias; planeja e coordena a aplicação de
testes de aceitabilidade junto à clientela; identifica crianças portadoras de patologias e
deficiências associadas à nutrição, para o atendimento nutricional adequado; planeja e
supervisiona a execução da adequação de instalações físicas, equipamentos e
utensílios, de acordo com as inovações tecnológicas; elabora o plano de trabalho anual,
contemplando os procedimentos dotados para o desenvolvimento das atribuições;
elabora e implanta o Manual de Boas Práticas, avaliando e atualizando os
procedimentos operacionais padronizados sempre que necessário; desenvolve projetos
de educação alimentar e nutricional para a comunidade escolar, inclusive promovendo
a consciência social, ecológica e ambiental; colabora e/ou participa das ações relativas
ao diagnóstico, avaliação e monitoramento nutricional do escolar; efetua controle
periódico dos trabalhos executados; colabora com as autoridades de fiscalização
profissional e/ou sanitária; articula-se com a Direção e com a Coordenação Pedagógica
da escola para o planejamento de atividades lúdicas com o conteúdo de alimentação e
nutrição.
32
3.1.2.1 Unidade de Educação Infantil Realengo
A Unidade de Educação Infantil,
construída no Campus Realengo, foi a 1ª
unidade escolar cuja implantação
consolidou mais um momento inovador
e vanguardista do Colégio Pedro II: a
ampliação da oferta de mais uma etapa
da Educação Básica, colaborando com as
ações dos sistemas públicos na oferta de
Educação Infantil de qualidade.
As aulas foram iniciadas em março
de 2012, atendendo a um total de 10
(dez) turmas compostas por crianças de
4 (quatro) a 5 (cinco) anos de idade,
divididas em dois turnos (manhã e
tarde). As crianças ingressam na Educação Infantil por meio de sorteio público e podem
prosseguir os estudos na Instituição até o Ensino Médio.
Os estudantes, agrupados por faixa etária (grupamento I – 3 anos; grupamento II – 4
anos ou grupamento III – 5 anos) têm a rotina organizada de tal forma que podem interagir
com crianças de níveis de desenvolvimento e interesses diferenciados.
Nos dois primeiros anos de funcionamento, a gestão da Unidade Educação Infantil
esteve sob a responsabilidade da Direção e Equipe Técnico-Pedagógica das Séries Iniciais
do Ensino Fundamental (Campus Realengo I). No início de 2014, o Reitor do Colégio
Pedro II designou uma Coordenação Setorial para a Unidade Educação Infantil com a
intenção de garantir autonomia na gestão da Unidade, visando o atendimento às
especificidades das crianças na faixa etária entre 3 (três) e 5 (cinco) anos, atendendo aos
preceitos do MEC de qualidade na oferta desta primeira etapa da Educação Básica. Neste
mesmo ano de 2014, foi realizado o sorteio para a composição das primeiras turmas de
crianças com 3 (três) anos de idade atendidas nesta Unidade de Ensino.
Composição do espaço físico:
A UEI foi construída em terreno plano, de pavimento único. Possui um pátio
coberto e uma área externa descoberta, com áreas pavimentadas e gramadas, com
chuveirões instalados para banho de sol e atividades ao ar livre. No entorno do pátio há 10
(dez) salas: 3 (três) ambientadas para diferentes áreas de conhecimentos - ou linguagens,
conforme abordagem na Educação Infantil - (Desenho e Artes Visuais, Educação Musical,
Informática Educativa), 6 (seis) salas de referência dos grupamentos e 1 (uma) sala de
servidores (utilizada para reuniões pedagógicas).
As atividades de Educação Física e Folclore são desenvolvidas explorando as
diferentes áreas cobertas e descobertas da Unidade, além de alguns equipamentos e
estruturas do Complexo Desportivo e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, anexos à
UEI. Os materiais e equipamentos utilizados por essa área de conhecimento, para o
desenvolvimento deste trabalho específico, que oportuniza o desenvolvimento de
diferentes formas de expressão através do corpo e movimento das crianças, são guardados
em um pequeno espaço reservado para a guarda dos mesmos.
As salas de referência das turmas dos grupamentos I e II possuem banheiros com
chuveiros, pias e sanitários adequados às faixas etárias. As turmas do grupamento III
utilizam o banheiro feminino e masculino de uso exclusivo para as crianças com acesso
Prédio da Unidade de Educação Infantil Realengo
33
pelo pátio coberto. Há também um banheiro com chuveiro, pia e sanitário adaptados para
portadores de necessidades especiais. Todas as salas de referência das turmas possuem
acesso a um solário (área descoberta que pode ser utilizada para banho de sol e atividades
diversas de integração entre crianças do mesmo grupamento ou entre grupamentos
diferentes). Ainda com acesso pelo pátio coberto, há uma pequena sala de acolhimento
onde os Assistentes de Alunos ficam disponíveis para as demandas de apoio às
necessidades das crianças durante os horários de entrada, saída, refeições e
desenvolvimento de demais atividades cotidianas nas atividades livres ou dirigidas pelos
professores.
As refeições são preparadas e servidas em cozinha e refeitório próprios da unidade,
com mobiliário e utensílios apropriados para a faixa etária e o cardápio preparado segundo
orientações da Seção de Nutrição Escolar do Colégio Pedro II, atendendo com atenção às
especificidades da Educação Infantil. Anexados à cozinha, encontram-se a área de serviço
e vestiários dos funcionários.
Os setores administrativo e técnico-pedagógico estão concentrados em 3 (três) salas
independentes, mas interligadas pela área da Recepção: Secretaria Acadêmica, SESOP e
Coordenação Setorial (Direção-Geral). Um pequeno almoxarifado e os banheiros de uso
exclusivo dos adultos servidores também compõem este espaço. Os adultos visitantes
utilizam um banheiro próprio construído em área externa próximo à recepção e à área
administrativa.
Clientela atendida: estudantes de faixa etária de 3 (três) a 5 (cinco) anos.
Cursos ofertados:
Segmento Turno Horário Nº de turmas Nº de alunos
Grupamento I
3 anos
Matutino
Vespertino
Das 7h às 12h
Das 13h às 18h
1
1
12
12
Grupamento II
4 anos
Matutino
Vespertino
Das 7h às 12h
Das 13h às 18h
3
3
36
36
Grupamento III
5 anos
Matutino
Vespertino
Das 7h às 12h
Das 13h às 18h
2
2
36
36
Equipe gestora:
UNIDADE DE
ENSINO
INFANTIL
REALENGO
TELEFONE:
(21) 2406-6754
ENDEREÇO:
Rua Bernardo de Vasconcelos, nº 941- Realengo –
Rio de Janeiro/RJ.
Cep: 21.741-261
Coordenadoria Setorial
Coordenadoria Adjunta
Administrativa
Coordenadoria Adjunta
Pedagógica
Seg.: Das 6h45min às 18h45min
Ter.: Das 6h45min às 18h45min
Qua.: Das 6h45min às 18h45min
Qui.: Das 6h45min às 18h45min
Sex.: Das 6h45min às 18h45min
(Sujeito a alterações)
(21) 2406-6752
eduinfantil1@cp2.g12.br
Cristiane Gomes de Oliveira
Marilene Bezerra
Katia de Souza e Almeida Bizzo
Schaefer
Secretaria
Seg.: Das 6h45min às 18h45min
Ter.: Das 6h45min às 18h45min
Qua.: Das 6h45min às 18h45min
(21) 2406-6754
Rosânia Richa Virgínio
34
Qui.: Das 6h45min às 18h45min
Sex.: Das 6h45min às 18h45min
(Sujeito a alterações)
secretariaeduinfantil@cp2.g12.br
SESOP
(Setor de Supervisão e
Orientação Pedagógica)
Seg.: Das 6h45min às 18h45min
Ter.: Das 6h45min às 18h45min
Qua.: Das 6h45min às 18h45min
Qui.: Das 6h45min às 18h45min
Sex.: Das 6h45min às 18h45min
(Obs.: Mediante convocação dos
responsáveis ou através de
agendamento com o setor via
telefone ou agenda da criança.
(Sujeito a alterações)
(21) 2406-6752
sesop_edinf_uer@cp2.g12.br
André Ricardo Marcelino
(Pedagogo)
Tatiana Nobrega
(Pedagoga)
Prefeitura
Seg.: Das 9h às 18h
Ter.: Das 9h às 18h
Qua.: Das 9h às 18h
Qui.: Das 9h às 18h
Sex.: Das 9h às 18h
(21) 2406-6754
prefeitura.uei.re@cp2.g12.br
Nevilson Rodrigues de Souza
SGP
Setor de Gestão de
Pessoas
Seg.: Das 7h às 16h
Ter.: Das 7h às 16h
Qua.: Das 7h às 16h
Qui.: Das 7h às 16h
Sex.: Das 7h às 16h
(21) 2406-6752
ueirsgp@cp2.g12.br
Vanessa Ribas da Silva
3.1.3 Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas
À Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – PROGESP – compete a responsabilidade
pela elaboração, implantação, planejamento, execução e avaliação das ações de gestão,
qualidade de vida e desenvolvimento de pessoas, que abrangem os servidores docentes,
técnico-administrativos, professores contratados e terceirizados. Utilizando da premissa de
que todos são agentes responsáveis pela construção e gestão do Colégio, cuja eficiência
depende da competência de seus servidores, independentemente do papel que possam
desempenhar, a PROGESP promove um trabalho integrado com as Pró-Reitorias e os
campi, que compõem a estrutura organizacional do Colégio Pedro II.
A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas é composta por:
Diretoria de Desenvolvimento Humano e Organizacional;
Diretoria de Administração Funcional;
Coordenadoria de Planejamento e Gestão.
Ao Pró-Reitor de Gestão de Pessoas compete:
planejar, orientar e supervisionar as atividades relacionadas com a
implantação e implementação da política de gestão de pessoas relacionadas com
admissão e desligamento, aposentadoria e pensão, capacitação e seleção de pessoal,
pagamentos, cadastro, benefícios, legislação e normas, estágios e arquivo;
desenvolver políticas de gestão de pessoas que proporcionem qualificação,
eficiência e satisfação pessoal dos servidores com o objetivo de dar cumprimento à
missão institucional;
coordenar e orientar a aplicação da legislação e normas de pessoal;
coordenar e orientar quanto aos procedimentos e à execução das demandas
judiciais que envolvam a área de gestão de pessoas;
35
exarar pareceres e despachos em processos relacionados à gestão de pessoas;
coordenar, supervisionar, controlar e orientar atividades relativas à nomeação
de servidores, contratação de professores substitutos, contratação de professores
temporários, lotação, cessão, requisição, redistribuição, remoção e progressão
funcional;
coordenar e controlar procedimentos relativos à avaliação de desempenho e
estágios probatórios;
organizar, coordenar e catalogar normas da área aplicáveis ao CPII;
coordenar, controlar e orientar procedimentos de folha de pagamentos dos
servidores ativos e inativos, professores substitutos, professores temporários e
pensionistas;
planejar, coordenar e controlar o levantamento da programação de férias e
verificar sua execução;
selecionar, encaminhar dados e documentos do quadro de pessoal para a
Reitoria;
coordenar e controlar o cumprimento de normas de segurança e saúde
ocupacional do quadro de pessoal; e
desenvolver outras atribuições afins.
36
PROGESP - Organograma
37
UNIDADES
Pró-Reitoria de
Gestão de Pessoas
-PROGESP-
Pró-reitor:
Luiz Almério Waldino
dos Santos
(21) 3891-1030
progesp@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas - PROGESP é a unidade organizacional do
Colégio Pedro II responsável pela elaboração, implantação, planejamento, execução e
avaliação das ações de gestão, qualidade de vida e desenvolvimento de pessoas, que
abrangem os servidores docentes, técnico-administrativos, professores contratados e
terceirizados.
Assessoria
PROGESP
Secretária
Administrativa: Selma
do Couto Corrêa
Assessora do
Pró-Reitor: Veneza da
Silva Crizante
(21) 3891-1030
progesp@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Secretaria o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas e seus Diretores; exara todas as portarias
do Colégio Pedro II; supervisiona a recepção da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas.
Coordenadoria de
Planejamento e
Gestão
Roséte de Andrade
(21) 3891-1032
coplag@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Coordenadoria de Planejamento e Gestão – COPLAG – coordena a gestão estratégica
de pessoas garantindo a otimização dos processos, bem como, dos resultados da
PROGESP. Coordena os Setores de Gestão de Pessoas dos campi. Planeja, coordena e
executa a Comunicação interna da PROGESP.
Assessoria de
Normas e Pareceres
Kylenny Rachell Mendes
Ferreira
(21) 3891-0057
anp@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Municia toda a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas com a legislação pertinente a
administração de pessoas; exara pareceres para toda a Pró-Reitoria de Gestão de
Pessoas; atende as diversas solicitações da Procuradoria Jurídica do CPII, dos diversos
Tribunais, do Ministério Público e da AGU no que tange a área de gestão de pessoas;
subsidia o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas nos assuntos jurídicos e legais.
Diretoria de
Desenvolvimento
Humano e
Organizacional
Rita de Cássia de Jesus
(21) 3891-1030
ddho@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Diretoria de Desenvolvimento Humanos e Organizacional – DDRO – elabora e
implementa as estratégias para a promoção do bem estar das pessoas no Colégio Pedro
II, oferecendo condições necessárias para o seu pleno desenvolvimento, integrando-os
aos objetivos e o cumprimento das metas institucionais.
Diretoria de
Administração
Funcional
Marcos Lacerda
Carneiro
(21) 3891-1028
daf@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Diretoria de Administração Funcional subsidia o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas,
com as alterações, informações, decisões e determinações emanadas pelos Órgãos
Federais, relativo à administração de pessoal. É responsável também pela administração
técnica burocrática federal. São atribuições do diretor: acompanhar e coordenar as
diversas auditorias dos órgãos externos e internos na Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas;
subsidiar o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas com as alterações, informações, decisões e
38
determinações emanadas pelos órgãos federais, relativos à administração de pessoas;
responder os questionamentos administrativos, jurídicos e das diversas auditorias;
assegurar o funcionamento integrado dos sistemas de assentamentos funcionais e do
pagamento; gerenciar os sistemas de Recursos humanos e financeiros; aplicar normas,
acompanhar as ações de planejamento e desenvolvimento que alcance a eficiência,
eficácia, e efetividade do sistema de pessoal e de pagamento; coordenar, acompanhar e
avaliar os resultados da implantação de novos modelos de gestão pública, através de
desempenho; articular com os setores da Diretoria para definição de indicadores de
desempenho; coordenar, acompanhar e avaliar o desempenho individual do servidor no
exercício dos suas funções; elaborar relatórios periódicos das atividades da Diretoria;
coordenar e consolidar o processo de planejamento, organização, controle e avaliação
das atividades relativas à Diretoria.
Seção de
Acompanhamento
Funcional
Shirléia Araújo da Silva
(21) 3891-1035
seaf@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Planejar e implementar novas tecnologias de trabalho; elaborar manuais, catálogos e
normas de rotinas administrativas; identificar indicadores do alcance de marcas e
objetivos; executar, fiscalizar, e/ou avaliar projetos; dar subsídios à Diretoria de
Administração Funcional – DAF para atendimento de Auditorias e suporte técnico-
administrativo a projetos e atividades; realizar coletas e tratamento de dados; analisar,
identificar e reformular os fluxos e rotinas de trabalho; implantar e executar de novas
tecnologias de trabalho; realizar estudos e análises de legislação de pessoal; planejar e
organizar os serviços de secretaria; dar assistência e assessoramento à Pró-Reitoria de
Gestão de Pessoas; redigir textos oficiais; acompanhar formalização de processos;
receber, orientar e encaminhar o público; executar as normas de protocolo da
Instituição; outras atividades da mesma natureza.
Setor de
Aposentados e
Beneficiários de
Pensão
Heitor de Oliveira Peres
(21) 3891-1035
seaf@cp2.g12.br
Das 8h às 17h Responsável pela aposentadoria e benefícios de pensão.
Setor de Ativos e
Professores
Contratados
Patrícia Fernanda
Correia Lima
(21) 3891-1035
seaf@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Responsável pela nomeação, exoneração, assim como a admissão e demissão de
Professores Contratados.
39
Seção de
Pagamentos
Waldir Carlos Santanna
Machado
(21) 3891-1041
sepag@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Compete supervisionar e controlar diversas ocorrências financeiras no pagamento dos
servidores ativos, aposentados e beneficiários de pensão; elaborar manuais, catálogos e
normas de rotinas administrativas; identificar indicadores do alcance de marcas e
objetivos; fazer auditoria e suporte técnico-administrativo a atividades do pagamento;
dar subsídios à Diretoria de Administração Funcional – DAF para atendimento de
Auditorias e suporte técnico-administrativo a projetos e atividades; realizar coletas e
tratamento de dados; analisar, identificar e reformular os fluxos e rotinas de trabalho;
implantar e executar de novas tecnologias de trabalho; realizar estudos e análises de
legislação de pessoal; planejar e organizar os serviços de secretaria; dar assistência e
assessoramento à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas; redigir textos oficiais; receber,
orientar e encaminhar o público; executar as normas de protocolo da Instituição;
acompanhar formalização de processos; lançamento mensal do sistema SEFIP/GEFIP;
outras atividades da mesma natureza.
Setor de Pagamento
de Aposentados e
Beneficiários de
Pensão
Antonio Carlos da Cunha
Aguiar
(21) 3891-1040
sepag@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Responsável pelo lançamento das diversas ocorrências financeiras no pagamento dos
aposentados e beneficiários de pensão.
Setor de Pagamento
de Ativos
Professores
Contratados
Natália Correia de
Araújo
(21) 3891-1041
sepag@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Responsável pelo lançamento das diversas ocorrências financeiras no pagamento dos
servidores ativos e professores contratados.
Seção de
Desenvolvimento e
Educação
Corporativa
Gisele Gaudard da Costa
Pereira
(21) 3891-1033
sedec@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Seção de Desenvolvimento e Educação Corporativa – SEDEC – propõe, executa e
supervisiona a política de desenvolvimento e educação corporativa, articulando
coerentemente as competências individuais e organizacionais.
Seção de Benefícios
Sandra Freire Pacheco
Serrano
(21) 3891-1037
(21) 3891-1044 - FAX
seben@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Coordena os diversos planos de saúde dos servidores ativos, aposentados e beneficiários
de pensão;
Coordena a concessão e pagamento de assistência à saúde do servidor;
Estabelece e coordena convênios ou parcerias voltadas para o benefício dos servidores
ativos e aposentados.
Seção de Qualidade
de Vida
Renata Barros do
Nascimento
(21) 3891-1043
qvida@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Elabora e executa programas de saúde voltados para os servidores ativos, aposentados e
beneficiários de pensão; faz atendimentos psicológicos e sociais aos servidores ativos,
aposentados e beneficiários de pensão; propõe, implementa e supervisiona os programas
de Qualidade de Vida em ambiente organizacional.
40
Central de
Atendimento a
Aposentados e
Pensionistas
Luzia Carla Santos
Gonçalves Lima
(21) 3891-1043
qvida@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Central de Atendimento a Aposentados e Pensionistas – CAAP – é responsável por
fazer o primeiro atendimento aos servidores aposentados e beneficiários de pensão
orientando-os para o pleno exercício dos seus direitos, a partir de uma visão digna e
cidadã.
Seção de Atenção à
Saúde e Segurança
do Servidor
Edna Resende Camisão
Aquino
(21) 3891-0056
saudesegtrab@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
Coordena e supervisiona a promoção a saúde do servidor;
Elabora o programa de Saúde Escolar em parceria com à Pró Reitoria de Ensino;
Implementa e coordena no âmbito do CPII o Subsistema Integrado de Atenção a Saúde
do Servidor - SIASS.
* Perícia Oficial de Saúde
Espaço Corpo Maria Isaura Magina
(21) 3891-1038
espaco_corpo@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
O Espaço Corpo visa propiciar bem estar aos servidores, através da consciência do
corpo no espaço, movimento e postura de cada parte desse corpo, respiração organizada,
observação da voz, além da oportunidade de interação e convivência saudável, com
trocas constantes de saberes.
41
3.1.4 Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional
À Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional – PRODI –
compete planejar, executar e controlar a gestão administrativa, orçamentária, financeira e
patrimonial do CPII, assim como articular, coordenar, fomentar e supervisionar as ações de
planejamento, implantação e implementação de atividades e políticas de desenvolvimento
institucional, homologadas pelo Conselho Superior, que envolvam, concomitantemente, a
Reitoria, as Pró-Reitorias e as Direções-Gerais dos campi do CPII.
A Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional é composta por:
 Diretoria de Gestão do Conhecimento; e
 Diretoria de Tecnologia da Informação
Ao Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional compete:
 estabelecer e supervisionar a implementação de políticas e diretrizes voltadas
à economicidade e à eficácia administrativa, no âmbito da Reitoria e dos campi;
 representar o CPII nos foros específicos da área, quando se fizer necessário;
 revisar, organizar, documentar e publicar os procedimentos relacionados à sua
área;
 atuar, de forma articulada, no planejamento de políticas institucionais, com
vistas a garantir a execução dos planos estratégicos e operacionais;
 colaborar com a Reitoria na promoção da equidade institucional entre os
campi, quanto aos planos de investimentos;
 propor alternativas organizacionais, visando ao constante aperfeiçoamento da
gestão;
 supervisionar as atividades de gestão da informação, infraestrutura, planos de
ação, relatórios e estatísticas do CPII;
 executar as políticas e diretrizes definidas pelo Conselho Superior; e
 elaborar, implantar e promover a melhoria contínua dos sistemas de gestão do
CPII.
42
PRODI - Organograma
43
UNIDADES
Pró-Reitoria de
Planejamento e
Desenvolvimento
Institucional -
PRODI-
Pró-Reitora:
Vera Lucia Lopes
Medalha
(21) 3891-1053
prodi@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 7h às 17h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 17h,
de segunda a
sexta.
A PRODI tem como objetivo principal o desenvolvimento das políticas institucionais,
levantando e analisando os resultados obtidos, sempre em busca do aprimoramento do
processo educacional e administrativo do CPII. À ela compete promover e coordenar
os processos de sistematização de dados, de informações e de procedimentos
institucionais, disponibilizando-os na forma de conhecimento estratégico; orientar as
atividades de gestão das informações, planos de ação, relatórios e estatísticas da
Instituição, bem como outras atividades delegadas pela Reitoria e zelar pelo
cumprimento das metas definidas nos planos do Colégio Pedro II. É responsável pela
coordenação dos trabalhos de elaboração de indicadores gerenciais, de controle e de
desempenho para a construção das diretrizes que orientarão a elaboração dos
documentos institucionais, tais como: Relatórios de Gestão e Prestação de Contas
Anual, Planejamento Estratégico Institucional, Plano de Desenvolvimento Institucional
(PDI), Avaliação Institucional e Planos Anuais de Trabalho (PAT), e também, o
desenvolvimento de planos que levem ao cumprimento da missão e à melhoria
institucional, como elo articulador e integrador institucional.
Assessoria Denise da Rocha
(21) 3891-1053
denise@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min às
17h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 8h às 17h,
de segunda a
sexta.
Cabe à Assessoria secretariar o Pró-Reitor e seus Diretores; apoiar as demais áreas da
PRODI e supervisionar a recepção da Pró-Reitoria de Planejamento e
Desenvolvimento Institucional.
Diretoria de
Tecnologia da
Informação
Luiz Francisco Dias
Pereira
(21) 3891-1088
luizpereira@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min às
19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
À Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) oferece serviços nas áreas de redes,
sistemas, manutenção e suporte ao usuário, telefonia, desenvolvimento de sites e
serviços de intranet e de internet, com o objetivo de proporcionar melhores condições
de trabalho às áreas pedagógicas e administrativas da Instituição. À DTI cabe
recomendar soluções para aprimorar os processos, estratégias e táticas para solucionar
ou mitigar problemas de negócio da Instituição.
44
Escritório de
Governança
Márcio Alessandro do
Val
(21) 3891-1084
marcioval@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min
às 19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das7h às 19h,
de segunda a
sexta.
Cabe ao Escritório de Governança assessorar a Direção de Tecnologia da Informação
(DTI) na elaboração de documentos, processos e normas, bem como monitorar e
controlar as atividades da DTI, propondo melhorias nos processos de negócio.
Assessoria de
Segurança da
Informação
Cezar Bastos de Oliveira
(21) 3891-1084
cezaroliveira@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min
às 19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
A Assessoria de Segurança da Informação (ASI) é responsável por acompanhar e
documentar toda e qualquer questão que envolva a segurança dos dados da Instituição,
criando normativas e garantindo que as mesmas estejam sendo aplicadas nos serviços
oferecidos pela DTI.
Seção de
Infraestrutura de
Tecnologia da
Informação
Thiago Martorelli de
Andrade
(21) 3891-0096
tmandrade@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min
às 19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
A Seção de Infraestrutura de Tecnologia da Informação (SITI) é responsável por
coordenar o trabalho das áreas de manutenção e suporte, de gerência de redes e do
setor de telecomunicações, garantindo a eficiência dos serviços prestados pela DTI.
Setor de
Telecomunicações Victor Portela
(21) 3891-0099
portela@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min
às 19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
O Setor de Telecomunicações é responsável pelo funcionamento da rede de telefonia e
todos os serviços ligados ao seu funcionamento.
45
Seção de Projetos,
Sistemas e Processos
de Negócio
Fabrício Soares da Silva
(21) 3891-1094
fabriciosoares@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min às
19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
À Seção de Projetos, Sistemas e Processos de Negócio (SPSPN) cabe coordenar as
ações das áreas de sistemas, banco de dados, processos de negócio e projetos de
maneira a garantir a excelência dos serviços prestados pela DTI, propondo, analisando,
documentando e mantendo as Soluções de Sistemas de Informação da Instituição.
Setor de Sistemas e
Estruturação de
Dados
Soraia Pacheco de
Almeida Silva Felício
(21) 3891-0033
soraia@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min às
19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
Cabe ao setor a responsabilidade pela estrutura lógica de armazenamento de dados e
pelo desenvolvimento e teste de sistemas de informação.
Diretoria de Gestão
do Conhecimento
Saulo Xavier de Brito
Amorim
(21) 3891-0051
dgc@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 6h30min às
19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
A Diretoria de Gestão do Conhecimento (DGC) participa do planejamento das ações
da Instituição, acompanhando as políticas de desenvolvimento e as atividades de
articulação entre a Reitoria, as demais Pró-Reitorias e os Campi. A DGC, com apoio
das Seções que a compõe e dos Observatórios dos Campi, desenvolve as atividades de
levantamento e mineração de dados, transformação de dados em informação,
categorização e contextualização das informações, construção, conversão, compilação
e disseminação do conhecimento organizacional. Porquanto, com base nas orientações
emanadas da Reitoria e dos Campi, é responsável por: acompanhar a persecução dos
objetivos estratégicos; fomentar o desenvolvimento dos planos de ação da Instituição;
monitorar a execução da proposta orçamentária; coordenar a padronização de dados,
informações e procedimentos institucionais; assessorar a normatização da gestão;
mapear e propor o redesenho de processos e rotinas de trabalho; coordenar a
elaboração e o acompanhamento do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); e
elaborar o Relatório de Gestão da PRODI.
Seção de Pesquisa
Institucional
Adriana Trein de Abreu
e Silva
(21) 3891-0013
Funcionamento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
A Seção de Pesquisa Institucional (SPI), mantendo o foco no aperfeiçoamento da
qualidade do trabalho e da prestação de serviços, realiza contínuo levantamento,
compilação e uso de dados institucionais, coopera com o desempenho e
desenvolvimento das ações do Colégio e subsidia a DGC no diagnóstico das principais
necessidades institucionais. À SPI compete transformar dados em informação;
46
spi@cp2.g12.br Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
promover a conversão do conhecimento; mapear e redesenhar processos; verificar a
qualidade e a coerência das informações; acompanhar os projetos vinculados aos
objetivos estratégicos da Instituição; zelar pelo cumprimento das metas definidas nos
planos institucionais; e promover a articulação e o compartilhamento de experiências e
das melhores práticas de gestão.
Seção de
Planejamento e
Monitoramento
Irma Hentz dos Santos
Brandão
(21) 3891-0025
spm@cp2.g12.br
Funcionamento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
Atendimento:
Das 7h às 19h,
de segunda a
sexta.
A Seção de Planejamento e Monitoramento (SPM) realiza o armazenamento, o
processamento e a validação das informações para contextualizá-las e, assim,
construir, disseminar e propiciar a reutilização do conhecimento organizacional. A
SPM tem por competência monitorar a execução orçamentária e a construção de
normas e procedimentos administrativos; acompanhar e analisar os processos
redesenhados; avaliar e dar suporte à implementação das melhorias propostas no
redesenho dos processos; elaborar proposta de manuais e guias de prática; oferecer
subsídios para que as Unidades Organizacionais elaborem seus planos de trabalho;
auxiliar a DGC na elaboração do Relatório de Gestão da PRODI; e fomentar
iniciativas de modernização administrativa, com foco no planejamento estratégico da
instituição.
47
3.1.5 Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura
À Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura – PROPGPEC – é o
órgão responsável pelo planejamento, desenvolvimento, articulação, acompanhamento e
avaliação da execução das políticas de pesquisa, extensão e pós-graduação homologadas
pelo Conselho Superior do CPII, em consonância com as diretrizes emanadas pelo
Ministério da Educação e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como as
orientações recebidas do respectivo Conselho Acadêmico de Pesquisa, promovendo ações
inovadoras que garantam a integração entre o ensino, a pesquisa e a extensão.
A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura é composta por:
 Diretoria de Pós-Graduação;
 Diretoria de Pesquisa;
 Diretoria de Extensão;
 Diretoria de Culturas.
Ao Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura compete:
 planejar, dirigir e supervisionar as políticas de pós-graduação, pesquisa,
extensão e cultura do CPII;
 promover a integração das atividades de pós-graduação, pesquisa, extensão e
cultura nos campi;
 realizar a coleta sistemática e permanente de dados, visando à avaliação
quantitativa e qualitativa da pesquisa e do ensino da pós-graduação;
 analisar as propostas de programas e cursos de pós-graduação, encaminhando-
as aos órgãos competentes para aprovação;
 elaborar e reavaliar as propostas de regulamentação da pesquisa, extensão e
cultura e suas atividades;
 promover e fomentar a atualização de infraestrutura dos campi para o
desenvolvimento da pesquisa, extensão e cultura;
 definir as normas gerais para a elaboração do calendário acadêmico de
pesquisa, extensão e cultura, analisando e validando as propostas oriundas dos campi,
encaminhando-as para publicação junto à Reitoria;
 promover articulação com instituições e empresas para o desenvolvimento da
pesquisa e a implantação de cursos de pós-graduação, pesquisa e inovação;
 apoiar e analisar os convênios internacionais que promovam a pesquisa; e
 representar o CPII nos foros específicos da área quando se fizer necessário.
48
PROPGPEC - Organograma
49
UNIDADES
Pró-Reitoria de Pós-
Graduação,
Pesquisa, Extensão e
Cultura
-PROPGPEC-
Pró-reitora:
Marcia Martins de
Oliveira
(21) 3891-0018
proppg@cp2.g12.br
Das 9h às 18h
A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura é o órgão responsável
por planejar, coordenar, fomentar e acompanhar as atividades e políticas de pesquisa, de
extensão e de cultura integrando-as ao ensino.
Comitê de Ética em
Pesquisa
VAGO
O Comitê de Ética em Pesquisa analisa projetos e protocolos de pesquisa com seres
humanos e emite pareceres quanto aos aspectos éticos de pesquisa.
Assessoria
Fabiana Maria de
Oliveira e Maria
Bernadete Olinda de
Melo Silva
(21) 3891-0018
proppg@cp2.g12.br
Das 7h às 19h
Assessorar o Gabinete e os demais setores da Pró-Reitoria no planejamento e
desenvolvimento das ações a cargo da PROPGPEC.
Secretaria
Acadêmica
Thiago Barbosa Gil e
Mariana Castello
Branco Daniel Ribeiro
(21) 3891-1017
secretariapos@cp2.g12.br
Das 7h às 19h
A Secretaria Acadêmica tem como função coordenar as atividades de registro e controle
das atividades acadêmicas dos cursos de pós-graduação no Colégio Pedro II,
compreendendo os processos de seleção e matrícula, dos assentamentos acadêmicos
oficiais e a expedição de declarações, certificados e diplomas, dentro das normas legais e
das políticas e diretrizes estabelecidas pelo Colégio.
Seção de Gestão de
Projetos
Ronaldo Freitas
Figueiredo e Esdras
Rabelo dos Santos
(21) 3891-1052
gestaodeprojetos@cp2.g12.
br
Das 7h às 19h
A Seção de Gestão de Projetos tem como função fazer a gestão administrativa e
financeira dos projetos da PROPGPEC.
Diretoria de Pós-
Graduação
Fatima Ivone de
Oliveira Ferreira
(21) 3891-0019
posgrad@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Diretoria de Pós-Graduação acompanha e supervisiona todas as atividades dos cursos
de especialização e mestrado, além de empreender ações de apoio, qualificação e
expansão dos cursos de pós-graduação.
Seção de Pós-
graduação lato
sensu
VAGO
posgrad@cp2.g12.br A Seção de Pós-graduação Lato Sensu dá apoio à Diretoria de Pós-graduação em
assuntos relacionados aos cursos de especialização (lato sensu).
Seção de Pós-
graduação stricto
sensu
VAGO
posgrad@cp2.g12.br A Seção de Pós-graduação Stricto Sensu dá apoio à Diretoria de Pós-graduação em
assuntos relacionados aos cursos de Mestrado (stricto sensu).
50
Diretoria de
Pesquisa
Jorge Fernando Silva
de Araújo
(21) 3891-0041
pesquisa@cp2.g12.br
Das 8h às 17h
A Diretoria de Pesquisa planeja, coordena e acompanha as atividades e políticas de
pesquisa, integrando-as ao ensino, à pós-graduação e à extensão, e promove ações de
intercâmbio com instituições e empresas de fomento à pesquisa.
Seção Editorial
Ana Beatriz de
Oliveira Aragão
editora@cp2.g12.br
Das 7h às 13h
A Seção Editorial estimula a editoração institucional visando à difusão da produção
intelectual do Colégio Pedro II, através da edição de livros, anais de eventos e periódicos
científicos.
Seção de Eventos
Científicos
Ivelise Rodrigues
Mello
(21) 3891-0041
eventos@cp2.g12.br
Das 7h às 13h
A Seção de Eventos Científicos tem como objetivo dar visibilidade às atividades de
ensino, pesquisa e extensão do Colégio Pedro II através do apoio e da promoção de
eventos de divulgação científica.
Seção de Pesquisa
Ronaldo do Espírito
Santo Tavares
(21) 3891-0041
pesquisa@cp2.g12.br
Das 7h às 13h
A Seção de Pesquisa executa e operacionaliza ações de apoio à pesquisa e de iniciação
científica.
Diretoria de
Extensão
Martha Yvonne de
Almeida
(21) 3891-0091
extensao@cp2.g12.br
Das 9h às 18h
A Diretoria de Extensão promove a articulação entre o ensino e a pesquisa desenvolvidos
no CPII e as demandas da sociedade, através de programas, projetos, eventos, cursos e
demais atividades de extensão.
Seção de Projetos e
Programas de
Extensão
VAGO
(21) 3891-0091
extensão@cp2.g12.br
Das 7h às 13h
A Seção de extensão executa e operacionaliza ações de integração das ações acadêmicas
de pesquisa e ensino àquelas de extensão de forma a fortalecer o compromisso social do
Colégio Pedro II, apoiando a elaboração técnica de projetos de extensão e
acompanhamentos de convênios e acordos de cooperação.
Seção de
Acompanhamento
de Egressos
Suzana Victor da
Costa e Milena
Lafaiete Braz
(21) 3891-0091
extensao@cp2.g12.br
Das 7h às 19h
Cabe à Seção fomentar e acompanhar as atividades relacionadas ao acompanhamento
dos egressos, visando os ajustes necessários aos currículos dos cursos, a partir de
informações obtidas nas diferentes áreas em que atuam os alunos.
Diretoria de
Culturas
Eloisa Saboia
(21) 3891-0060
dcult@cp2.g12.br
Das 8h às 18h
A Diretoria de Cultura integra, apoia, avalia e divulga atividades e produções acadêmicas
nas áreas de Arte e Cultura, desenvolvidas por servidores e alunos do CPII, bem como
acolhe os diversos grupos, atividades e projetos oriundos de outras instituições.
Coordenação dos
Núcleos de Arte e
Cultura
Rosângela Sanfins,
Octávio Simões de
Carvalho Filho e Sonia
Regina Teixeira
Germano
(21) 3891-0060
artecultura@cp2.g12.br
Das 7h às 19h
A Coordenação do Núcleo de Arte e Cultura incentiva, apoia, organiza e promove
atividades artísticas e socioculturais com diferentes linguagens envolvendo a
comunidade escolar dos campi.
Espaço Cultural Lucia Góis
(21) 3891-1010
(21) 3891-1047
espacocultural@cp2.g12.br
Das 8h às 18h
O Espaço Cultural realiza eventos artísticos e culturais, avalia projetos em artes visuais e
estabelece cronograma anual de exposições e eventos. Este espaço também realiza
mediação estética dos acervos em exposição e oferece oficinas de criação artística, em
diferentes linguagens, para as comunidades interna e externa.
51
Biblioteca
André Gomes Dantas,
Maicon Francisco
Marafigo, Carla
Regina Paz de Freitas
e Simone Alves da
Silva
(21) 3891-0021
bibliotecaproppg@cp2.g12.
br
Das 7h às 19h
A Biblioteca visa promover o acesso e incentivar o uso e a geração de informação,
contribuindo para a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão na área de Educação.
Seção de Educação
a Distância
VAGO
A Seção de Educação a Distância tem por atribuições planejar, coordenar e desenvolver
as atividades de educação a distância do Colégio Pedro II.
52
3.1.5.1 PRONATEC
Em atendimento à criação do PRONATEC, o CPII sendo uma Instituição de ensino
federal vinculada ao Ministério da Educação, e entende que esta é uma base estável para o
crescimento, desempenhando um papel decisivo na indução do desenvolvimento
sustentável, econômico e social do país, tornou-se Unidade Ofertante dos cursos.
A finalidade primeira é atender aos requisitos de referencialidade legal para o
financiamento de bolsas de estudo pelo PRONATEC, e alcançar, adicionalmente, o
objetivo de expansão na área da Bolsa-Formação Trabalhador, que oferece cursos de
Formação Inicial e Continuada (FIC) para trabalhadores, estudantes de Ensino Médio e
beneficiários de programas federais de transferência de renda, e, também, implementar a
modalidade Bolsa Formação-Estudante, que oferece cursos técnicos com pelo menos 800
horas-aula para estudantes que já concluíram, ou para aqueles que estão matriculados no
Ensino Médio. O objetivo é ampliar e diversificar a oferta de cursos gratuitos de educação
profissional e tecnológica. Os cursos são gratuitos e presenciais, dando direito ao aluno de
receber a Bolsa-Formação Estudante e Trabalhador, referente a despesas de material
didático, fardamento, alimentação e transporte.
A Bolsa-Formação possui duas modalidades: a Bolsa-Formação Trabalhador, que
oferecerá cursos de Formação Inicial e Continuada (cursos de curta duração, com 160
horas - aula ou mais) para beneficiários do seguro-desemprego e dos programas de
inclusão produtiva do Governo Federal; e a Bolsa-Formação Estudante, que oferecerá
cursos técnicos (de maior duração, pelo menos 800 horas-aula) para estudantes das redes
públicas.
3.1.5.2 Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC)
O Colégio Pedro II oferece cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), em
diversas áreas do conhecimento, a trabalhadores e estudantes, em geral, com o objetivo
de capacitar, aperfeiçoar, especializar e atualizar profissionais, em todos os níveis de
escolaridade, nas áreas da educação profissional e tecnológica, ampliando as
competências profissionais dos trabalhadores e também favorecendo seu ingresso ou
reingresso no mercado de trabalho.
Atualmente, no Colégio Pedro II, são oferecidos os cursos de FIC nos Campi Centro,
Duque de Caxias e Engenho Novo e foram criadas Unidades Remotas nos municípios de
Paty dos Alferes e Saquarema, conforme edital e calendário próprios, divulgados nas
páginas eletrônicas d isponíveis no sítio www.cp2.g12.br.
3.2 Gabinete do Reitor
O Gabinete da Reitoria é a área responsável pela representação social, política
e administrativa do Colégio, representada pelo Reitor. A cargo desse setor estão a
assistência, a coordenação, o fomento e a articulação de ações vinculadas às atribuições
regimentais da Instituição.
53
À Chefia de Gabinete compete planejar, organizar e supervisionar a execução dos
trabalhos a cargo da área, propondo medidas necessárias ao seu efetivo funcionamento,
viabilizando o pleno atendimento das demandas institucionais, sendo assessorada
diretamente porumaequipedeapoio.
Atribuições:
 assistir o Reitor no seu relacionamento institucional e administrativo;
 supervisionar os trabalhos da secretaria do Gabinete do Reitor;
 preparar a correspondência oficial da Reitoria;
 coordenar o protocolo oficial da Reitoria;
 participar de comissões designadas pelo Reitor;
 receber documentação submetida à Reitoria diligenciando os
encaminhamentos necessários;
 organizar a agenda do Reitor;
 organizar o conjunto normativo da Reitoria;
 supervisionar os eventos da Reitoria; e
 recepcionar os visitantes do Gabinete do Reitor.
Informações:
Gabinete da Reitoria
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 3º andar
– Rio de Janeiro – CEP: 20921-903
Virgília Augusta da Costa Nunes
Madalena Falcão Xavier
Leda Mara Fadlalah de Castro
Michele Roberta da Rosa
Jorge Luiz da Silva Santos
Maria Thereza Galaso Alves
Marlene Fernandes de Oliveira Santos
Chefe de Gabinete
Chefe da Secretaria de Gabinete
Secretária dos Conselhos
Por telefone: (21) 3891-1007 (FAX)
(21) 3891-1012
Pelainternet: reitoriasec@cp2.g12.br
Horário de atendimento diário: Das 7hàs 19h
3.3 Diretoria de Articulação Institucional – DAI
A Diretoria de Articulação Institucional (DAI) promove a integração das instâncias
políticas e administrativas, no âmbito interno e externo, em nome da Reitoria. As ações
visam atingir programas, projetos e ações culturais junto às Pró-Reitorias, Diretorias-
Gerais de campi, Diretorias Sistêmicas, Chefias de Departamentos Pedagógicos,
54
Associação de Docentes do Colégio Pedro II (ADCPII), Sindicato dos Servidores do
Colégio Pedro II (SINDSCOPE), Grêmios Estudantis e demais órgãos representativos da
sociedade civil.
Informações:
Diretoria de Articulação
Institucional/DAI:
Marcelo Santos da Rocha
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria
3º andar – Rio de Janeiro
CEP: 20921-903
Por telefone: (21) 3891-1001
Pelainternet: marcelo@cp2.g12.br
Horário de funcionamento diário: Das 9h às 18h
3.4 Diretoria de Articulação Externa – DAE
Tem como objetivo a integração externa, visando ao fortalecimento da identidade
institucional, a partir de iniciativas voltadas ao desenvolvimento da relação com setores
governamentais e com o meio empresarial, utilizando-se dos princípios da gestão do
conhecimento.
Informações:
Diretoria de Articulação
Externa(DAE)
Washington Costa Freire
Adiramélia Soares de Lima
Diego Basto de Souza Figueiredo
Yasmin Harmony Abreu Rito
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria
3º andar – Rio de Janeiro –
CEP: 20921-903
Por telefone: (21) 3891-0015
Pelainternet: pregoeiro@cp2.g12.br
Horário de funcionamento diário: Das 9h às 18h
55
3.5 Assessoria de Relações Internacionais
A Assessoria de Relações Internacionais tem a função de inserir o Colégio Pedro II
no cenário internacional, para que se fortaleçam a cooperação e a interação deste com
Instituições de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação no exterior.
Atribuições:
 desenvolver cooperação acadêmica, técnica, científica e cultural entre o
Colégio Pedro II e colégios e/ou universidades estrangeiras, baseada em solidariedade
e respeito mútuo e na promoção de valores humanísticos e diálogos interculturais;
 incentivar a participação do Colégio em atividades de intercâmbio acadêmico
para professores, estudantes e corpo técnico;
 divulgar as oportunidades internacionais: cursos, programas de bolsas e
outras iniciativas vinculadas a colégios e/ou universidades de diferentes países; e
 apoiar todos os segmentos do Colégio Pedro II em ações que envolvam a
troca de saberes com Instituições Estrangeiras.
Informações:
Assessoria de Relações
Internacionais:
Flávio Costa Balod
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria
3º andar – Rio de Janeiro –
CEP: 20921-903
Por telefone: (21) 3891-1002
Pelainternet: arinter@cp2.g12.br
Horário de funcionamento diário: Das 10h às 19h
3.6 Procuradoria Educacional Institucional
O Procurador Educacional Institucional é o interlocutor e responsável pelas
informações da matriz orçamentária, recredenciamento da Instituição, avaliação externa e
avaliação de cursos junto ao INEP.
Atribuições:
 manter atualizado o cadastro dos cursos e dos coordenadores;
 responder anualmente o Censo da Educação;
 responder aos dados no sistema informatizado INEP/MEC;
 atualizar os dados cadastrais de todos os professores da Instituição junto
ao Cadastro Nacional de Docentes;
56
 abrir e acompanhar os processos de atualização dos Projetos Pedagógicos,
PDI, Regimento e Estatuto junto ao MEC; e
 atualização dos dados do relatório de gestão e elaboração dos indicadores
do TCU.
Informações:
Procuradoria Educacional
Institucional
Lucia Santos Gambardella
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 2º andar
– Rio de Janeiro –
CEP: 20921-903
Por telefone: (21) 3891-1083
Pelainternet: pei@cp2.g12.br
Horário de atendimento: Das 7h às 16h
3.7 Coordenadoria de Comunicação Social
A Coordenadoria de Comunicação Social, vinculada ao Gabinete da Reitoria, é
responsável pela política de comunicação do CPII, coordenando as ações de
comunicação institucional, no âmbito da Reitoria, normatizando e orientando os
setores de comunicação dos campi.
Atribuições:
 elaborar o plano de comunicação institucional articulado com o planejamento
estratégico;
 criar canais de comunicação no âmbito da Reitoria, focados no público interno
para divulgar atividades do CPII;
 elaborar e editorar publicações (impressas e digitais) sobre os temas internos
do CPII;
 avaliar e gerenciar conteúdos(textos, áudio e imagens) remetidos pelos campi;
 promover a permanente divulgação das ações institucionais por meio das
variadas formas de mídia, visando à consolidação da imagem institucional perante a
sociedade e o mundo do trabalho;
 supervisionar, orientar e aprovar diversos tipos de publicações;
 atender e estabelecer relacionamento com a imprensa;
 acompanhar, organizar e divulgar internamente as matérias, notas e
reportagens referentes ao CPII;
 supervisionar, orientar e aprovar ações previstas na área de comunicação,
visando atender as legislações vigentes;
57
 articular-se com as Assessorias de Comunicação do governo federal, buscando
espaços de divulgação institucional nos veículos desses órgãos e orientações acerca da
política de comunicação; e
 padronizar os procedimentos e serviços com vistas a manter a qualidade e
nivelar as ações de comunicação.
Informações:
Coordenadoria de Comunicação
Social
Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 3º andar
– Rio de Janeiro –
CEP: 20921-903
Luciana Malta
Ilane da Silva Venturim
Marlon Amorim Tenório
Bianca Sousa e Sousa
Denise Goring Moreira
Coordenadora de Comunicação Social
Assistente em Administração
Programador Visual
Jornalista
Jornalista
Por telefone: (21) 3891-1015
(21) 3891-1004
Pelainternet: ccs@cp2.g12.br
Horário de funcionamento diário: Das 8h às 18h
58
4 A ESTRUTURA DE ENSINO E OS CAMPI
4.1 Estrutura de Ensino
CAMPUS
ENSINO MINISTRADO
Fundamental Médio
Centro - Anos Finais Regular - PROEJA
Duque de Caxias - - Regular - -
Engenho Novo I Anos Iniciais - - - -
Engenho Novo II - Anos Finais Regular Integrado PROEJA
Humaitá I Anos Iniciais - - - -
Humaitá II - Anos Finais Regular - -
Niterói - - Regular - -
Realengo I Anos Iniciais - - - -
Realengo II - Anos Finais Regular Integrado PROEJA
São Cristóvão I Anos Iniciais - - - -
São Cristóvão II - Anos Finais - - -
São Cristóvão III - - Regular Integrado -
Tijuca I Anos Iniciais - - - -
Tijuca II - Anos Finais Regular Integrado PROEJA
4.1.1 Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil
O Colégio Pedro II oferece, desde 1984, todos os anos e séries da Educação Básica.
Sendo assim, os Anos Iniciais do Ensino Fundamental (a partir do 1º ano, no qual se inicia
a alfabetização, até o 5º ano); são oferecidos em cinco Campi:
 Campus Engenho Novo I;
 Campus Humaitá I;
 Campus Realengo I;
 Campus São Cristóvão I; e
 Campus Tijuca I.
Em 2012, a Educação Infantil foi implementada no Campus Realengo I. Porém, no
primeiro semestre de 2014, a Unidade de Educação Infantil Realengo foi criada para
atender às especificidades desse nível inicial do ensino, mantendo-se, desde então,
subordinada à Pró-Reitoria de Ensino.
Forma de ingresso: Sorteio público de vagas, no caso de turmas de Educação
Infantil e de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao
Carta de serviços ao cidadao

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Carta de serviços ao cidadao

Regimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação Básica
Regimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação BásicaRegimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação Básica
Regimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação Básica
Nilson
 
Lei nº 836 pcc educação
Lei nº  836 pcc educaçãoLei nº  836 pcc educação
Lei nº 836 pcc educação
Tiago Dias
 
3 sociologia jun12 (1)
3 sociologia jun12 (1)3 sociologia jun12 (1)
3 sociologia jun12 (1)
Dany Pereira
 
decreto-6755-2009-pdf.pdf
decreto-6755-2009-pdf.pdfdecreto-6755-2009-pdf.pdf
decreto-6755-2009-pdf.pdf
MrciaRocha48
 

Semelhante a Carta de serviços ao cidadao (20)

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - PEDREIRA SP. - 2015 a 2024
PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - PEDREIRA SP.  - 2015 a 2024PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - PEDREIRA SP.  - 2015 a 2024
PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - PEDREIRA SP. - 2015 a 2024
 
Caderno1 (1)
Caderno1 (1)Caderno1 (1)
Caderno1 (1)
 
Caderno 1 Sismédio
Caderno 1 SismédioCaderno 1 Sismédio
Caderno 1 Sismédio
 
Caderno 1 versao preliminar
Caderno 1 versao preliminarCaderno 1 versao preliminar
Caderno 1 versao preliminar
 
Regimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação Básica
Regimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação BásicaRegimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação Básica
Regimento Escolar das Escolas Públicas Estaduais de Educação Básica
 
Regimento escolar
Regimento escolarRegimento escolar
Regimento escolar
 
Plano municipal de educação de itaquaquecetuba
Plano municipal de educação de itaquaquecetubaPlano municipal de educação de itaquaquecetuba
Plano municipal de educação de itaquaquecetuba
 
Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche
 
Caderno1 pacto
Caderno1 pacto Caderno1 pacto
Caderno1 pacto
 
Programas e ações da sme
Programas e ações da smeProgramas e ações da sme
Programas e ações da sme
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Leite júnior, alcides domingues. desenvolvimento e mudanças no estado brasileiro
Leite júnior, alcides domingues. desenvolvimento e mudanças no estado brasileiroLeite júnior, alcides domingues. desenvolvimento e mudanças no estado brasileiro
Leite júnior, alcides domingues. desenvolvimento e mudanças no estado brasileiro
 
Lei nº 836 pcc educação
Lei nº  836 pcc educaçãoLei nº  836 pcc educação
Lei nº 836 pcc educação
 
Plano municipal de educacao de pedreira sp - 2.015 a 2.024 30.04.2.015 folhas...
Plano municipal de educacao de pedreira sp - 2.015 a 2.024 30.04.2.015 folhas...Plano municipal de educacao de pedreira sp - 2.015 a 2.024 30.04.2.015 folhas...
Plano municipal de educacao de pedreira sp - 2.015 a 2.024 30.04.2.015 folhas...
 
3 sociologia jun12 (1)
3 sociologia jun12 (1)3 sociologia jun12 (1)
3 sociologia jun12 (1)
 
Curriculo es ciencias_humanas
Curriculo es ciencias_humanasCurriculo es ciencias_humanas
Curriculo es ciencias_humanas
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
 
Pe 2014 2015 catl
Pe 2014 2015 catlPe 2014 2015 catl
Pe 2014 2015 catl
 
Caderno pedagógico de sociologia sta catarina
Caderno pedagógico de sociologia sta catarinaCaderno pedagógico de sociologia sta catarina
Caderno pedagógico de sociologia sta catarina
 
decreto-6755-2009-pdf.pdf
decreto-6755-2009-pdf.pdfdecreto-6755-2009-pdf.pdf
decreto-6755-2009-pdf.pdf
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 

Carta de serviços ao cidadao

  • 1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II Carta de Serviços ao Cidadão Abril/2015
  • 2. 2 DILMA VANA ROUSSEFF Presidente da República RENATO JANINE RIBEIRO Ministro de Estado da Educação LUIZ CLÁUDIO COSTA Secretário Executivo MARCELO MACHADO FERES Secretário de Educação Profissional e Tecnológica MARIA BEATRIZ LUCE Secretária de Educação Básica
  • 3. Cl Reitor OSCAR HALAC Pró-Reitores Administração JACQUELINE BATHOMARCO CORRÊA Ensino ELIANA MYRA DE MORAES SOARES Gestão de Pessoas LUIZ ALMÉRIO WALDINO DOS SANTOS Planejamento e Desenvolvimento Institucional VERA LÚCIA LOPES MEDALHA Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura MÁRCIA MARTINS DE OLIVEIRA
  • 4. 4 Diretores-gerais dos Campi Centro ANDREA BANDEIRA RIBEIRO Duque de Caxias ARTUR NOGUEIRA GOMES Engenho Novo I SANDRA MARIA TEIXEIRA PINHEIRO TARANTO Engenho Novo II DAISY LÚCIA GOMES DE OLIVEIRA Humaitá I ANA PAULA GIRAUX LEITÃO Humaitá II SORAYA SABAH DA COSTA Niterói MARCELOS DE CARVALHO CALDEIRA Realengo I ANA LÚCIA SÊNOS DE MELLO Realengo II MIGUEL ÂNGELO VILLARDI São Cristóvão I MARIA DE LOURDES TEIXEIRA BARROS São Cristóvão II BERNARDINO PAIVA MATOS São Cristóvão III FERNANDA BRACK BUNGNER
  • 5. 5 Tijuca I CRISTINA FERREIRA BRANCO Tijuca II JESEN BAPTISTA DOS SANTOS JUNIOR Coordenadora Setorial Unidade de Educação Infantil Realengo CRISTIANE GOMES DE OLIVEIRA
  • 6. 6 ELABORAÇÃO, REVISÃO E CONSOLIDAÇÃO DOS DADOS DA INSTITUIÇÃO Pró-Reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional VERA LUCIA LOPES MEDALHA Diretor de Gestão do Conhecimento SAULO XAVIER DE BRITO AMORIM Equipe da Seção de Pesquisa Institucional ADRIANA TREIN DE ABREU E SILVA RACHEL DA COSTA SIMÕES WANDER SATTLER RIBEIRO Procuradora Educacional Institucional LUCIA SANTOS GAMBARDELLA Revisão Ortográfica MARTHA YVONNE DE ALMEIDA (1ª Revisão) IRMA HENTZ DOS SANTOS BRANDÃO (2ª Revisão) Colaboração RICARDO JOSÉ BENTIM SOARES RONALDO FREITAS FIGUEIREDO SAYONARA BRITO DE SOUSA
  • 7. 7 OBSERVATÓRIOS CPII Gilza Pate de Souza - Centro Lorran Pires Soares – Duque de Caxias José Luiz Justiniano da Silva – Engenho Novo I Edson dos Santos Carvalho - Engenho Novo II Maristella Santos do Nascimento - Humaitá I Maria Cristina Castro de Azeredo Bastos – Humaitá II Diana Ferreira Barbosa - Niterói Alice de Castro Ribeiro Ferreira - Realengo I Rogério Mendes de Lima – Realengo II Fernanda Lisboa de Araújo - São Cristóvão I Elizabeth Soares Dutra - São Cristóvão II Adriano Pereira Grandal Coêlho - São Cristóvão III Cristina Duarte do Vale Alexandre - Tijuca I Rita de Cassia dos Santos Coura – Tijuca II Ingrid Louise Mendes – Unidade de Educação Infantil Realengo
  • 8. 8 A Carta de Serviços ao Cidadão, na forma do §1º do Art. 11 do Decreto nº 6.932, de 11 de agosto de 2009, tem como objetivo informar o cidadão sobre os serviços prestados pelo Colégio Pedro II, a forma de acesso a esses serviços e os respectivos compromissos e padrões de qualidade de atendimento ao público. Publicado em 13 de abril de 2015.
  • 9. 9 Apresentação A Carta de Serviços ao Cidadão foi instituída pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, no Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GESPÚBLICA), através do Decreto nº 6.932, de 11 de agosto de 2009. Trata-se de um documento elaborado pela Entidade Pública que visa informar aos cidadãos quais os serviços prestados por ela, como acessar e obter esses serviços e quais são os compromissos de atendimento estabelecidos. A sua prática implica, para a organização, um processo de transformação sustentado nos princípios fundamentais, tais como: participação e comprometimento, informação e transparência, aprendizagem e participação do cidadão. Esses princípios têm como premissas o foco no cidadão, participação de todas as pessoas que integram a organização e a indução do controle social. A Carta de Serviços estima alcançar os seguintes objetivos: 1) Para o cidadão:  Propiciar o conhecimento dos serviços oferecidos;  Apresentar os requisitos para solicitação, concessão ou acesso aos serviços;  Facilitar o acesso aos serviços; e  Potencializar o controle social e o exercício da cidadania. 2) Para a Instituição:  Reforçar a identidade institucional;  Oferecer mecanismo de melhoria da qualidade dos serviços;  Otimizar os processos voltados para o atendimento ao usuário;  Incentivar a busca de novos mecanismos e oportunidades de atendimento;  Potencializar a interação com os usuários e com a sociedade em geral; Conferir transparência às ações e aos procedimentos organizacionais. Nesta primeira versão, a Diretoria de Gestão do Conhecimento da Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional apresenta a estrutura organizacional, as unidades organizacionais, seus respectivos responsáveis e os canais e horários de atendimento e funcionamento.
  • 10. 10 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 12 1.1 Histórico 12 1.2 Natureza Institucional 14 1.3 Finalidades 15 1.4 Missão 16 1.5 Visão 16 1.6 Valores 16 1.7 Princípios 16 2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 17 3 REITORIA 18 3.1 Pró-Reitorias 18 3.1.1 Administração 19 3.1.2 Ensino 24 3.1.2.1 Unidade de Educação Infantil Realengo 32 3.1.3 Gestão de Pessoas 34 3.1.4 Planejamento e Desenvolvimento Institucional 41 3.1.5 Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura 47 3.1.5.1 PRONATEC 52 3.1.5.2 FIC 52 3.2 Gabinete do Reitor 52 3.3 Diretoria de Articulação Institucional 53 3.4 Diretoria de Articulação Externa 54 3.5 Assessoria de Relações Internacionais 55 3.6 Procuradoria Educacional Institucional 55 3.7 Coordenadoria de Comunicação Social 56 4 A ESTRUTURA DE ENSINO E OS CAMPI 58 4.1 Estrutura de Ensino 58 4.1.1 Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil 58 4.1.2 Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio 59 4.1.2.1 Ensino Médio Integrado à Educação Profissional 59 4.1.2.2 Ensino Médio Integrado à Educação Profissional na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA 60 4.2Campi 60 4.2.1 Centro 60
  • 11. 11 4.2.2 Duque de Caxias 62 4.2.3 Engenho Novo I 64 4.2.4 Engenho Novo II 65 4.2.5 Humaitá I 67 4.2.6 Humaitá II 69 4.2.7 Niterói 71 4.2.8 Realengo I 73 4.2.9 Realengo II 75 4.2.10 São Cristóvão I 77 4.2.11 São Cristóvão II 78 4.2.12 São Cristóvão III 80 4.2.13 Tijuca I 81 4.2.14 Tijuca II 83 5 ÓRGÃOS DE ASSESSORAMENTO DA REITORIA 85 5.1 Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação 85 5.2 Comissão Permanente de Pessoal Docente 86 6 ÓRGÃOS DE CONTROLE 87 6.1 Auditoria Interna 87 6.2 Corregedoria 88 6.3 Ouvidoria 89 7 PROCURADORIA JURÍDICA 90 8 COMISSÃO DE ÉTICA 91 9 CANAIS DE ATENDIMENTO – CARTA DE SERVIÇOS 92 10 FONTES 93
  • 12. 12 1 INTRODUÇÃO 1.1 Histórico O Colégio Pedro II é uma tradicional instituição de ensino público federal, localizada no estado do Rio de Janeiro. É o segundo Colégio mais antigo em atividade no país, tendo recebido esse nome em homenagem ao Imperador D. Pedro II. Sua origem remonta à primeira metade do século XVIII, ao Abrigo dos Órfãos de São Pedro, obra de caridade da antiga paróquia do mesmo nome, no centro da cidade do Rio de Janeiro. O Bispo D. Antônio de Guadalupe fundou o Colégio dos Órfãos de São Pedro em 1733, por Provisão da Câmara Eclesiástica e o transformou em Seminário de São Joaquim, também por Provisão Eclesiástica, em 1739, sendo localizado em antigo casarão da Rua Larga, atual Av. Marechal Floriano. O Rei D. João VI, por Decreto de 1818, extinguiu o Seminário de São Joaquim, sendo suas dependências utilizadas para o aquartelamento dos soldados do Corpo de Artífices e Engenheiros da Divisão Portuguesa, recém-chegada ao Brasil. O Colégio foi fundado em decorrência da reorganização do Seminário de São Joaquim, de acordo com projeto apresentado a Araújo Lima (1837 - 1840) pelo então ministro Bernardo Pereira de Vasconcelos. Inaugurado em 1837, na data de aniversário do Imperador-Menino (2 de dezembro), foi denominado Imperial Colégio de Pedro II. O ato foi oficializado por Decreto Regencial no dia 20 desse mesmo mês, e as aulas iniciaram-se em março do ano seguinte (1838). Integrava um projeto civilizatório mais amplo do Império do Brasil, do qual faziam parte a fundação do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o Arquivo Público do Império, seus contemporâneos. Seu objetivo era a formação de uma elite nacional, sendo seu corpo docente composto por políticos e intelectuais que também exerciam altos postos da alta administração, principalmente pública. Nesse tempo, a maioria dos alunos pertencia à elite econômica e política do país, apesar de haver a previsão de que ele atenderia os estudantes oriundos de famílias menos abastadas. Nele, era notória a grande influência dos valores europeus de civilização e progresso, de tal forma que os alunos recebiam o diploma de Bacharel em Letras, e estavam aptos a ingressar nos cursos superiores, principalmente nos de Direito. A partir de 1857, a Instituição dividiu-se em Internato e Externato, sendo a primeira modalidade instalada no bairro da Tijuca, em 1858, onde permaneceu até 1888, quando as suas dependências foram transferidas para São Cristóvão. Foi o primeiro colégio de instrução secundária oficial do Brasil e importante elemento de construção do projeto civilizatório do Império, de fortalecimento do Estado e da formação da nação brasileira. Como agência oficial de educação e cultura, co-criadora das elites condutoras do país, o Imperial Colégio foi criado para ser modelo da instrução pública secundária do Município da Corte e demais províncias, das aulas avulsas e dos estabelecimentos particulares existentes. Seu corpo docente era formado por intelectuais de renome e a seletividade do corpo discente era marcada pelos exames de admissão e promocionais. Os programas de ensino de base clássica e tradição humanística e o pagamento das anuidades deram ao ensino secundário oficial uma função de preparação dos alunos para o ensino superior. A partir de 1889, sobreviveu a entrecortados períodos de crise institucional expressos pela perda de seu patrono (D. Pedro II), mudanças de nome (Instituto
  • 13. 13 Nacional de Instrução Secundária / Ginásio Nacional) e alterações da política educacional (Reformas de Ensino). Campus Centro – o pioneiro O casarão da Rua Larga de São Joaquim, depois Externato do Colégio Pedro II, hoje Campus Centro, foi tombado em 1983 pelo Patrimônio Histórico, sendo reconhecido como “um dado da nossa nacionalidade” e, até hoje, guarda significativa parcela da memória histórica da Instituição. Apesar das perdas, continuou sendo, na República, um lugar de referência educacional do ensino secundário, para o reconhecimento e equiparação dos ginásios estaduais e das escolas particulares, e um centro de sociabilidade cultural. Porém, somente em 1911, reassumiu a primitiva designação de Colégio Pedro II. Até a década de 1950, era considerado como "Colégio Padrão do Brasil", pois era referência no panorama da educação nacional pela qualidade do corpo docente e dos modelos dos programas desenvolvidos, uma vez que estes, inclusive, serviam como modelo aos colégios da rede privada, quando solicitavam ao Ministério da Educação o reconhecimento de seus certificados e justificavam seu mérito através da semelhança de seus currículos com os do Colégio Pedro II. Em virtude da qualidade apresentada, todos os anos havia um grande número de inscritos para o processo seletivo de alunos, o que fez com que a Instituição aumentasse significativamente o número de vagas oferecidas. Com esse objetivo, foram, então, inauguradas as Seções Norte e Sul (1952) e a Seção Tijuca (1957). A partir de 1979, as seções receberam o nome de Unidade Escolar (U.E.) tendo, como complemento, o nome do bairro onde estavam instaladas: Centro (a pioneira), São Cristóvão (o internato), Engenho Novo (antiga Seção Norte), Humaitá (antiga Seção Sul) e Tijuca (antiga Seção Tijuca) atendendo os atuais Ensino Fundamental e Ensino Médio. Em 1984, foi instituída, em São Cristóvão, a primeira Unidade Escolar especializada na oferta da antiga Classe de Alfabetização (C.A.) à 4ª série primária,
  • 14. 14 atualmente denominadas1º, 2º, 3º, 4º e 5º anos ou Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Nos anos seguintes, tal oferta também foi implementada nas Unidades Escolares Humaitá (1985), Engenho Novo (1986) e Tijuca (1987). Desde então, as Unidades Escolares receberam o informal apelido de "Pedrinhos". Em seguida, as unidades escolares que ofertavam os Anos Iniciais do Ensino Fundamental passaram a ser formalmente denominadas como Unidades “I”, e as especializadas nos Anos Finais do Ensino Fundamental, ou do Ensino Médio, de Unidades “II”. Visando atender com maior qualidade ao aumento da demanda da comunidade que ansiava estudar no Ensino Médio, foi inaugurada, em 1999, uma nova unidade denominada U.E. São Cristóvão III. Em 2004, a partir de um convênio com a Prefeitura do Município do Rio de Janeiro, o Colégio Pedro II inaugurou a U.E. Realengo, com objetivo de atender um número maior de residentes na Zona Oeste da cidade. A ampliação em direção à região metropolitana efetivou-se, a partir de 2006, com a inauguração da Unidade Descentralizada Niterói e, em 2007, com a inauguração da Unidade Descentralizada Duque de Caxias. Em 2010, a Unidade Escolar Realengo I foi a última a ser inaugurada, retomando o processo de expansão da oferta à Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro, desta vez, especializada nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e, em seguida, na Educação Infantil. Em 2012, quando da equiparação do Colégio Pedro II aos Institutos Federais, as Unidades Escolares foram redenominadas Campi. A condução do Colégio Pedro II, através da busca de atendimento sempre diferenciado e da melhoria da capacitação de seus servidores, sempre considerou os desejos manifestados na inauguração, de oferecer boa educação à mocidade, estabelecer proveitosos estudos, manter e adotar bons métodos. 1.2 Natureza Institucional O Colégio Pedro II é uma Autarquia Federal, vinculada ao Ministério da Educação, com autonomia administrativa, patrimonial, financeira, didático-pedagógica e disciplinar, de característica pluricurricular e multicampi, especializada na oferta de Educação Básica. Em conformidade com a legislação vigente, tem prerrogativas para a oferta da educação profissional de forma articulada com a educação básica, cursos de graduação e pós-graduação lato ou stricto sensu na área de Educação e formação de professores, desde que autorizados por seu Conselho Superior (CONSUP). Pela Lei no 12.677, de 25 de junho de 2012, foi integrado à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica para efeito de incidência das disposições que regem a regulação, a avaliação e a supervisão da instituição e dos cursos de educação superior. Mantém-se firme em sua definição de ser uma instituição de educação básica, profissional e superior, especializada na oferta de educação básica e licenciaturas, com base na conjugação de conhecimento com sua prática pedagógica. Domiciliado na sede de sua Reitoria, situada no Campo de São Cristóvão nº 177, São Cristóvão, Rio de Janeiro, conta com os seguintes Campi:
  • 15. 15 a) Centro; b) Duque de Caxias; c) Engenho Novo I; d) Engenho Novo II; e) Humaitá I; f) Humaitá II; g) Niterói; h) Realengo I; i) Realengo II; j) São Cristóvão I; k) São Cristóvão II; l) São Cristóvão III; m) Tijuca I; e n) Tijuca II. Além da oferta dos ensinos fundamental e médio, distribuída pelos respectivos campi, o CPII oferece cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu, mantidos pela Pró-Reitoria de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, e a Educação Infantil, mantida pela Unidade de Educação Infantil Realengo que se encontra subordinada à Diretoria de Ensino Fundamental (Anos Iniciais) e Educação Infantil da Pró-Reitoria de Ensino. 1.3 Finalidades O Colégio Pedro II tem as seguintes finalidades e características:  ofertar educação básica, educação profissional de forma articulada com a educação básica e ensino superior na área de educação e de formação de professores, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas à atuação nos diversos setores da sociedade organizada e na vida profissional;  desenvolver a educação básica, profissional e superior como processos educativos e investigativos;  promover a integração dos diferentes níveis de educação e modalidades de ensino ofertados;  constituir-se em campo de experiência e em centro de excelência na oferta de educação básica e do ensino superior na área de educação e de formação de professores;  qualificar-se como centro de referência no apoio à oferta do ensino de todas as disciplinas que integram a composição curricular da educação básica, oferecendo capacitação técnica e atualização pedagógica aos profissionais de educação das redes públicas de ensino;  desenvolver programas de extensão e de divulgação social, científica e cultural;  realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, a criatividade e o desenvolvimento social e científico; e  promover práticas democráticas, de justiça social, de exercício da cidadania e de preservação do meio ambiente. Para a realização de suas finalidades, o Colégio Pedro II poderá vir a firmar acordos com outros estabelecimentos de ensino e institutos técnico-científicos, bem como com entidades e organizações públicas e privadas.
  • 16. 16 1.4 Missão A missão do Colégio Pedro II é “promover a educação de excelência, pública, gratuita e laica, por meio da indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão, formando pessoas capazes de intervir de forma responsável na sociedade.” 1.5 Visão O Colégio Pedro II pretende: “ser uma instituição pública de excelência em educação integral e inclusiva, consoante com o mundo contemporâneo e as novas técnicas e tecnologias, comprometida com a formação de cidadãos, visando a uma sociedade ética e sustentável.” 1.6 Valores O Colégio Pedro II é norteado pelos seguintes valores:  Ética;  Excelência;  Competência;  Compromisso Social; e  Inovação. 1.7 Princípios O Colégio Pedro II observa os seguintes princípios:  compromisso com a justiça social, equidade, cidadania, ética, preservação do meio ambiente, transparência e gestão democrática;  verticalização do ensino e sua integração com a pesquisa e a extensão;  eficácia nas respostas de formação profissional, difusão do conhecimento científico e tecnológico e suporte aos arranjos produtivos locais, sociais e culturais; e  natureza pública e gratuita do ensino, sob a responsabilidade da União.
  • 17. 17 2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL O Colégio Pedro II conta com a seguinte estrutura organizacional: I - Órgãos Colegiados Superiores a) Conselho Superior; e b) Colégio de Dirigentes. II - Reitoria a) Reitor; b) Pró-Reitorias; 1. Administração 2. Ensino 2.1 Unidade de Educação Infantil Realengo 3. Gestão de Pessoas 4. Planejamento e Desenvolvimento Institucional 5. Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura 5.1 PRONATEC 5.2 FIC c) Gabinete da Reitoria; d) Diretoria de Articulação Institucional; e) Diretoria de Articulação Externa; f) Assessoria de Relações Internacionais; g) Procuradoria Educacional Institucional; e h) Coordenadoria de Comunicação Social. III - Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão IV – Os campi a) Diretorias Pedagógicas; e b) Diretorias Administrativas. V – Órgãos de Assessoramento da Reitoria a) Comissão Interna de Supervisão do Plano de Cargos Técnico-Administrativos em Educação; e b) Comissão Permanente de Pessoal Docente. VI – Os Órgãos de Controle a) Auditoria Interna; b) Corregedoria; e c) Ouvidoria. VII - Procuradoria Jurídica VIII – Comissão de Ética Dentre os órgãos e unidades acima listados, a presente Carta apresentará aqueles que possuem, por força da natureza executiva, a vocação para a prestação de serviços e atendimento aos respectivos usuários.
  • 18. 18 3 REITORIA A Reitoria é o órgão executivo do CPII, cabendo-lhe a administração, a coordenação e a supervisão de todas as atividades da Instituição. Atribuições:  administrar de forma geral o CPII, bem como supervisionar a execução das políticas de gestão educacional, de pessoal, orçamentária, financeira e patrimonial, visando ao aperfeiçoamento, ao desenvolvimento e à excelência das atividades de ensino, pesquisa e extensão;  formular as propostas orçamentárias, encaminhando-as para a aprovação dos órgãos competentes;  planejar as estratégias de desenvolvimento da Instituição, conforme previsto no Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI;  coordenar e supervisionar a execução das políticas aprovadas pelo Conselho Superior, adotando medidas para seu cumprimento e avaliação dos resultados;  promover o relacionamento e o permanente intercâmbio com as instituições congêneres; e  promover o planejamento, a integração e a cooperação mútua entre as unidades organizacionais que compõem o CPII. Informações: Reitor: Oscar Halac Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 3º andar – Rio de Janeiro - CEP: 20921-903 Por telefone: (21) 3891-1008 (21) 3891-1009 Pelainternet: reitoriagab@cp2.g12.br Horário de atendimento: Das 7h às 18h 3.1 Pró-Reitorias As Pró-Reitorias são dirigidas por Pró-reitores nomeados pelo Reitor, sendo órgãos executivos que planejam, superintendem, coordenam, fomentam, acompanham e avaliam as atividades referentes às áreas de sua competência.
  • 19. 19 3.1.1 Pró-Reitoria de Administração À Pró-Reitoria de Administração – PROAD – compete a coordenação e a execução dos processos de planejamento orçamentário e financeiro, aquisições, contratações, registro dos atos financeiros, contábeis e patrimoniais, licitações, convênios e termos de cooperação técnica, dentre outras. A Pró-Reitoria de Administração é composta por:  Diretoria de Finanças;  Diretoria de Infraestrutura;  Coordenadoria Orçamentária, Contábil e Financeira;  Coordenadoria de Licitações e Contratos; e  Protocolo. Ao Pró-Reitor de Administração compete:  supervisionar e zelar pelo cumprimento das metas e objetivos estabelecidos na Lei Orçamentária Anual;  acompanhar a execução dos projetos e dos planos de trabalho para obtenção de recursos orçamentários e financeiros;  elaborar, sistematizar e apresentar o Relatório Anual de Gestão e os processos de Prestação de Contas da Instituição junto à sociedade e aos órgãos de controle, e, ainda, prestar assessoramento, controle e supervisão sobre a gestão e execução orçamentária, financeira, patrimonial e contábil do CPII;  garantir o melhor desempenho da gestão administrativa e de infraestrutura;  desenvolver organizacionalmente o CPII;  planejar, organizar, estabelecer, monitorar e avaliar as políticas e diretrizes de administração e infraestrutura para o CPII;  assessorar o Reitor e Diretores-Gerais dos campi, em assuntos relativos ao patrimônio, almoxarifado, orçamento, contabilidade, finanças e serviços gerais;  regulamentar as normas e procedimentos nas áreas de administração e planejamento orçamentário;  elaborar Planos de Trabalho para captação de recursos orçamentários e financeiros externos;  gerenciar, no âmbito do CPII, os sistemas do Governo Federal, disponibilizados para as áreas de orçamento, contabilidade, finanças, compras, convênios, acompanhamento de metas, diárias, passagens aéreas e administração em geral; e  desenvolver outras atribuições afins.
  • 21. 21 UNIDADES Pró-Reitoria de Administração -PROAD- Pró-reitora: Jacqueline Bathomarco Corrêa (21) 3891-1050 proad@cp2.g12.br Das 7h às 19h A Pró-Reitoria de Administração (PROAD) é uma unidade organizacional do CPII responsável pelo planejamento, coordenação e direção da gestão orçamentária, financeira e contábil. Compete também à PROAD fomentar e acompanhar as atividades e políticas da administração. Assessoria PROAD Dirceu Silva (21) 3891-1050 (21) 3891-1051 proad@cp2.g12.br Das 7h às 19h Seção responsável pelas seguintes ações: atendimento ao público externo e interno para contato com o Pró-Reitor de Administração; controle burocrático das rotinas do Gabinete referentes ao público externo (empresas, bancos, firmas) e público interno (campi e setores). Diretoria de Finanças Antonio Carlos Romano Palmeira (21) 3891-1055 dafp@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Diretoria de Finanças realiza a execução orçamentária da Instituição, promovendo o profissionalismo e melhorias contínuas na gestão administrativo-financeira para contribuir no crescimento das atividades do CPII. É responsável pelas seguintes ações: foco na excelência dos serviços; cumprimento dos princípios legais nas ações e na gestão dos recursos públicos; executar a programação financeira tendo em vista os compromissos e os recursos repassados pelo MEC, bem como de convênios e contratos, e de outras agências financiadoras nacionais e estrangeiras; assinar os empenhos e autorizar pagamentos das folhas mensais dos servidores; supervisionar e controlar as atividades dos setores que lhe são subordinados; fiscalizar o andamento das atividades inerentes a sua área. Seção de Orçamento Emília Santos da Costa Melo (21) 3891-1054 orcamento@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável por coordenar efetivamente o processo orçamentário nas seguintes ações: integração do acompanhamento da execução orçamentária à sistemática de elaboração; informações estruturadas e instrumentos que possibilitem análises retrospectivas da execução orçamentária e análises prospectivas de fechamento do orçamento para subsidiar as decisões ao nível de execução e elaboração futura; um corpo técnico e decisório imbuído da preocupação contínua e perseverante em responder às questões básicas do porquê e para que a elaboração de um recurso público. Seção de Finanças Edvaldo Lobão Soares (21) 3891-1064 sefin@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: concessão de diárias e passagens; análise de suprimentos de fundos; liquidação de despesas realizadas; registro de processos; retenção de tributos; controle de autorizatórios. Seção de Contabilidade Rosana Nogueira dos Reis Pereira (21) 3891-1061 secont@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: análise e arquivamento de processos de diversas naturezas; liquidação de processos de prestadores de serviços, de fornecedores e folha de pagamento dos servidores; acompanhamento e regularização de contas contábeis; controle e análise de contratos; liquidação e classificação de suprimentos de
  • 22. 22 fundos; contabiliza entradas e saídas de material nas contas de Almoxarifado e Patrimônio; registra, de forma geral, os atos e fatos contábeis executados pelo Colégio. Seção de Compras Guilherme Tavares de A. Alencar (21) 3891-1057 secon@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: recebimento de documentação solicitando um serviço ou uma compra; define a modalidade de compra; executa todo o procedimento da licitação escolhida; realização de pregão. Seção de Almoxarifado Tania Cardoso da Silva Costa (21) 3891-1073 sealm@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: armazenagem de material adquirido por compra ou doação; recebimento do material; registro de entrada e saída do material. Seção de Patrimônio Schneider Thadeu F. de Andrade (21) 3891-1058 sepat@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: controle de material permanente em uso nas unidades; incorporação dos bens pelo registro patrimonial; localização do bem móvel, bem como dos imóveis; verifica o estado de conservação dos bens e materiais; subsidia a tomada de contas anual; realiza os inventários físico dos bens móveis e imóveis. Seção de Controle Orçamentário Carlos Henrique Paixão Miranda (21) 3891-1081 planejamento@cp2.g12.b r Das 8h às 17h Seção responsável por verificar os gastos anuais e realizar o planejamento orçamentário anual. Diretoria de Infraestrutura Joil Pimentel Dias (21) 3891-1122 dinfra@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Diretoria de Infraestrutura tem a função de assegurar um ambiente físico escolar adequado ao processo de ensino–aprendizagem, que reflita a qualidade de ensino oferecida pelo CPII. Trata da aquisição, contratação, fiscalização e coordenação de serviços terceirizados propícios às atividades desenvolvidas pelos educandos e servidores desta Autarquia. Seção de Licitações Fellipe Santos Coelho (21) 3891-1087 selic@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pela confecção de editais de serviço e obras de engenharia. Seção de Contratos Raquel Rebouças Felix (21) 3891-1087 selic@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pela gestão, controle de vencimento, realização de termos aditivos e confecção de contratos. Coordenadoria de Infraestrutura Roberto Martin Perez (21) 3891-1111 infraestrutura@cp2.g12.b r Das 8h às 17h Esta Coordenadoria tem como finalidade gerir as demandas de serviços de manutenção predial em caráter preventivo e reparatório. A manutenção predial compreende reparos que garantam o bom funcionamento das instalações, quer na Reitoria, quer nos campi, sendo que serviços de maior complexidade dependem de avaliação prévia da Seção de Engenharia. Os reparos envolvem serviços de eletricista, bombeiro hidráulico, pedreiro, pintor, serralheiro e marceneiro. Seção Transportes Márcio Celestino de Almeida (21) 3891-1049 transporte@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável por atender às requisições de transporte de alunos com fins pedagógicos e de funcionários a serviço do Colégio Pedro II.
  • 23. 23 Seção Serviços Gerais Joel dos Santos Silva (21) 3891-1060 servg@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pela manutenção da parte física do colégio e pelo serviço de recepcionistas. Seção de Engenharia Rafael Travincas Pinto (21) 3891-1067 seeng@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: projetar obras e reformas nos diversos campi do Colégio; supervisionar as obras e reformas que ocorrem nos espaços físicos do Colégio; orientar os empreiteiros quanto a realização das obras e/ou reformas. Seção Gráfica Amílcar Barbosa Lima (21) 3891-1074 Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: impressão e diagramação de material solicitado pelos setores do Colégio. Seção de Protocolo e Arquivo Geral Luiz de Souza Silva (21) 3891-1070 sepro@cp2.g12.br Das 8h às 17h Seção responsável pelas seguintes ações: entrada e saída de processos oriundos do público interno e externo; entrega de documentação aos setores entregues pelo correio; recebe requerimentos e faz a abertura de processos. Seção de Mecanografia Celio da Silva (21) 3891-1074 Das 8h às 17h Seção responsável por impressões, encadernações, colecionamento e acabamento de materiais impressos produzidos pelo Colégio Pedro II.
  • 24. 24 3.1.2 Pró-Reitoria de Ensino À Pró-Reitoria de Ensino – PROEN – compete planejar, desenvolver, acompanhar, supervisionar e avaliar as políticas para o ensino no âmbito do CPII que serão homologadas pelo Conselho Superior, por meio de ações que visem à qualidade do ensino, ao acesso, à permanência e ao êxito dos estudantes, considerando a articulação com a pesquisa e a extensão, em consonância com as diretrizes emanadas pelo Ministério da Educação e as orientações recebidas do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONEPE. A Pró-Reitoria de Ensino é composta por:  Diretoria de Ensino Médio, Fundamental e Técnico;  Diretoria de Ensino Infantil e Fundamental I;  Diretoria de Projetos Educacionais;  Diretoria de Ações Inclusivas e Assuntos Estudantis;  Coordenadoria de Planejamento, Acompanhamento e Controle – COPLAC. Ao Pró-Reitor de Ensino compete:  planejar, dirigir e supervisionar as políticas de ensino para o CPII, em consonância com as diretrizes emanadas do MEC;  participar da condução do processo coletivo de construção e avaliação permanente do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e do Projeto Pedagógico Institucional (PPI), a partir das políticas de ensino definidas para o ensino básico e técnico;  acompanhar e supervisionar a implementação das políticas de ensino básico e técnico, avaliando o seu desenvolvimento e promovendo, junto às demais Pró- Reitorias, ações que garantam a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão;  acompanhar e avaliar, junto com as Diretorias Pedagógicas dos campi o desenvolvimento dos cursos técnicos e do ensino básico, no que tange ao acesso, à permanência e à conclusão;  orientar as Chefias de Departamento e Coordenações Pedagógicas na condução do desenvolvimento de ações e estratégias para implantação, implementação e/ou alteração de projetos de cursos, no desenvolvimento desses projetos e intermediando sua discussão no CONEPE;  apresentar e receber propostas voltadas para a atualização permanente de currículos;  conduzir o processo coletivo de discussão de propostas pedagógicas no âmbito das políticas de ensino básico e técnico, nas diferentes instâncias ligadas à gestão escolar, encaminhando-as aos órgãos colegiados competentes;  planejar e supervisionar as políticas voltadas para o desenvolvimento pessoal e profissional de docentes e técnicos em assuntos educacionais, no âmbito do Ensino Médio e técnico em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e o Projeto Pedagógico Institucional (PPI);  estimular, apoiar e realizar atividades que visam, dentre outros objetivos, à consolidação do CPII, no âmbito da educação profissional técnica de nível médio, congregando docentes e equipes técnico-pedagógicas dos diversos campi;
  • 25. 25  estimular e acompanhar a participação de estudantes dos cursos médio e técnico em projetos de pesquisa;  definir as normas gerais para a elaboração do Calendário Escolar, analisando e validando as propostas de calendário oriundas dos diversos campi, encaminhando-as para publicação junto à Reitoria;  representar o CPII em eventos ligados à Educação Básica e Profissional;  estimular, junto às Diretorias Pedagógicas dos campi, ações de apoio acadêmico aos discentes, possibilitando a permanência e o sucesso da formação profissional e cidadã dos alunos;  estimular a participação e representação estudantil em posições de gestão acadêmica e de ação comunitária;  promover estratégias de articulação com as demais Pró-Reitorias;  colaborar para o estabelecimento de relações interinstitucionais, como forma de articular e fomentar a política institucional;  participar da gestão de convênios referentes ao ensino básico e técnico firmados pelo CPII; e  elaborar o Relatório de Gestão, no que concerne à Pró-Reitoria de Ensino.
  • 27. 27 UNIDADES Pró-Reitoria de Ensino -PROEN- Pró-reitora: Eliana Myra de Moraes Soares (21) 3891-1100 proen@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Pró-Reitoria de Ensino é o órgão executivo ao qual compete, por atribuição da Reitoria, planejar, desenvolver, coordenar, supervisionar, fomentar e acompanhar a execução de atividades das políticas de Ensino Básico, tais como desenvolvidas nos diversos campi do Colégio, sempre em consonância com as diretrizes educacionais brasileiras, promovendo ações que garantam a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão. Chefia SESOP Carlos Alexandre Turque Duarte (21) 3891-1116 sesopgeral@cp2.g12.br Das 8h às 17h Realiza acompanhamento do processo de ensino e aprendizagem junto à equipe da PROEN, Chefes de Departamento e Diretores-Gerais, orientando o trabalho dos SESOP dos campi. Diretoria de Planejamento Acadêmico e Controle Édson Martins da Silva (21) 3891-1102 seplac@cp2.g12.br Das 8h às 17h Promove o planejamento acadêmico de distribuição de docentes nos campi, com base nas regras que regem a estrutura e o funcionamento das Direções-Gerais; aprimora a isonomia na distribuição da carga horária docente junto aos Chefes de Departamento e mantém a PROEN informada e atualizada em relação à legislação educacional vigente. Seção de Planejamento e Controle Viviana da Silva Nascimento Rosa (21) 3891-1106 seplac@cp2.g12.br Das 8h às 17h Elaborar o planejamento acadêmico; estudar, compilar e divulgar a legislação pertinente à administração pedagógica e sua aplicação no Colégio Pedro II; manter atualizado o cadastro de docentes, reunindo, em forma de planilha, todos os dados e anotações a eles referentes; encaminhar o processo de avaliação de docente; atualizar, otimizar e supervisionar os instrumentos usados na avaliação docente. Secretaria Acadêmica Maria Azuréa Vieira Silva (21) 3891-1103 secretaria.de@cp2.g12.br Das 7h às 19h Elabora as diretrizes de procedimento para emissão e controle de diplomas e certificados expedidos pelo Colégio Pedro II. Secretaria de Registro Escolar Maria Lúcia de Oliveira Mendonça (21) 3891-1104 lucia.mendonca@cp2.g12.br Das 8h às 17h Coordena o trabalho das Secretarias Escolares dos campi, com vistas a que todas as práticas ali desempenhadas ganhem homogeneidade e isonomia. Seção de Concursos Acadêmicos Maria de Fátima Almeida da Silva (21) 3891-1103 secretaria.de@cp2.g12.br Das 8h às 17h Viabiliza a operacionalização dos concursos e processos seletivos (professores e estudantes). Seção de Projetos Educacionais Mônica Rodrigues Dias Pinto (21) 3891-1110 monicapinto@cp2.g12.br Das 8h às 17h Promove a interação com os Chefes de Departamento, as Direções-Gerais dos campi e as Diretorias da PROEN, estimulando a elaboração de projetos pedagógicos, a viabilização de recursos necessários para a implementação dos projetos elaborados e a divulgação dos trabalhos realizados. Busca também ampliar o conhecimento das equipes a respeito das práticas inovadoras desenvolvidas em outros ambientes pedagógicos. Busca a melhoria do desempenho dos alunos, promovendo o intercâmbio das práticas pedagógicas e das estratégias de ensino-aprendizagem diferenciais.
  • 28. 28 Diretoria de Ensino Fundamental (anos iniciais) e Educação Infantil Leda Cristina de Freitas Miranda Parentes Aló (21) 3891-1114 Das 8h às 17h Elabora a estrutura pedagógica e técnico-administrativa da Educação Infantil, concedendo-lhe identidade pedagógica e administrativa, conforme projeto de implantação inicial em obediência à legislação vigente; torna o ensino contínuo, contextualizado, objetivo, articulado entre os diferentes componentes curriculares, criando situações reais de aprendizagem; estabelece as necessidades e peculiaridades do trabalho da Educação Infantil e do 1º segmento do Ensino Fundamental. Seção de Educação Infantil Evaldo Chauvet Bechara (21) 3891-1114 Das 8h às 17h Relaciona o material necessário à Educação Infantil; elabora a estrutura pedagógica; supervisiona e auxilia a integração da educação infantil e o 1º ano do Ensino Fundamental. Seção de Ensino Fundamental (anos iniciais) Carlos Alberto Sobrinho (21) 3891-1114 Das 8h às 17h Acompanha o trabalho dos Campi I, analisa os processos pedagógicos e administrativos, busca alternativas e soluções, propõe ações de aperfeiçoamento profissional dos servidores, elabora e implanta orientações pedagógicas, apoia as Direções-Gerais, auxilia a execução de concursos públicos e processos seletivos, dá suporte à implementação de projetos, verifica os índices de recuperação e reprovação e contribui para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem. Diretoria de Ensino Fundamental (Anos Finais) e Médio Maria de Lourdes Rocha de Assis Jeanrenaud (21) 3891-1108 daem@cp2.g12.br Das 8h às 17h Estabelece um acompanhamento mais personalizado na divulgação, inscrição, realização da prova e matrícula relacionado a sua área de atuação; aprimora o trabalho pedagógico no PROEJA; estabelece a política de formação continuada aos professores do PROEJA; promove suporte de conteúdo (apoio) aos estudantes novos; estimula a reflexão crítica sobre os conhecimentos teóricos e práticos que fundamentam a proposta a ser desenvolvida nas diferentes etapas da Educação Básica do CPII; garante o suporte aos estudantes com dificuldades em alcançar as médias para aprovação; assegura a continuidade e integração do processo pedagógico nos diferentes segmentos e adaptação dos estudantes; fornece subsídios ao planejamento escolar e à prática avaliativa para o encontro de ações pedagógicas coerentes com as necessidades identificadas nas diferentes etapas da Educação Básica; atende às especificidades dos alunos dos Cursos Técnicos e estabelece parcerias com a Pró-Reitoria de Pós- Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura. Central de Estágios Leonardo Cocco (21) 3891-0043 estagio@cp2.g12.br Das 8h às 17h Organiza e normatiza as oportunidades de estágios oferecidas aos cursos técnicos do Ensino Médio Integrado e PROEJA. Seção de Ensino Técnico Lygia Vuyk de Aquino (21) 3891-1119 vuyk@cp2.g12.br Das8h às 17h Dá suporte aos cursos Técnicos Integrados e ao PROEJA; participa da promoção de convênios para a concessão de estágios; acompanha os eventos técnicos que tratem dos temas concernentes às diferentes modalidades de ensino técnico e as disciplinas técnicas específicas dos cursos do Ensino Médio Integrado e Seção de Estruturação e Alfredo Sotto (21) 3891-1119 Das 8h às 17h Responsável pela implementação, revitalização e manutenção dos laboratórios e mediatecas.
  • 29. 29 Suporte de Laboratório Diretoria de Ações Inclusivas e Assuntos Estudantis Maria Célia Soares Ferreira (21) 3891-1112 proen-dae@cp2.g12.br Das 8h às 17h Procede ao planejamento e implementação das políticas voltadas aos alunos com necessidades específicas; promove o acompanhamento das necessidades e executa as políticas de assistência estudantil, no sentido de propiciar o melhor desempenho dos estudantes; desenvolve ações relativas à alimentação escolar, com o fito de promover hábitos alimentares saudáveis junto aos estudantes e servidores através de reeducação alimentar; administra as bibliotecas e salas de leitura do Colégio, enquanto propõe projetos que possibilitem ao estudante desenvolver o hábito e o gosto pela leitura e pela pesquisa, além de estimular o estudante à criação de obras literárias; organiza a distribuição de livros didáticos pelos campi. Seção de Educação Especial NAPNE Geral Maria Aparecida Etelvina Ivas Lima (21) 3891-1118 see@cp2.g12.br napnecp2@gmail.com Das 8h às 17h A Seção de Educação Especial – NAPNE Geral é um órgão propositivo e consultivo que: advoga a implementação das Políticas Nacionais de Educação Inclusiva e do Direito das Pessoas com Deficiência, junto à PROEN, a Pró-Reitoria de Pós- Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (PROPGPEC) e quaisquer outros setores do CPII, sempre que solicitado; divulga e implementa ações que promovam o respeito às diferenças e garantam a acessibilidade arquitetônica, educacional, metodológica e na comunicação para as pessoas em suas necessidades específicas; busca alternativas e estratégias educacionais que garantam, em todos os níveis e etapas de ensino, o acesso, a permanência e a aprendizagem dos estudantes com necessidades especiais/específicas, através do atendimento e acompanhamento técnico-pedagógico especializado e, sempre que preciso, adaptação de recursos didáticos-pedagógicos; acompanha o trabalho desenvolvido pelas equipes multi e interdisciplinar que atuam no Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidade Específicas (NAPNE) dos campi, nas diferentes estratégias educacionais desenvolvidas por esses núcleos; levanta as demandas de profissionais, de capacitação e de infraestrutura necessárias ao funcionamento e aos objetivos do atendimento nos NAPNEs; orienta e acompanha o preenchimento do Censo Escolar em relação aos estudantes público-alvo da educação especial e aos atendimentos especializados oferecidos no NAPNE; auxilia na execução de concursos públicos e processos seletivos no que se refere aos candidatos com deficiência e/ou necessidades especiais; busca e colabora na promoção de parcerias e convênios que fortaleçam o atendimento aos estudantes com necessidades específicas; incentiva e participa das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão no que se referem às questões da Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva e subsidia pesquisas internas e externas relacionadas aos estudantes com necessidades específicas no Colégio Pedro II; divulga, acompanha e promove eventos que abordem temas nas áreas da Educação inclusiva, Tecnologia Assistiva e Acessibilidade física e virtual;
  • 30. 30 socializa estudos e práticas pedagógicas sobre essa temática desenvolvidas em cada campus, articulando-as com as ações de inclusão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Seção de Biblioteca e Sala de Leitura Márcia Feijão de Figueiredo (21) 3891-1118 marcia_feijao@cp2.g12.br Das 8h às 17h Centraliza as ações das bibliotecas , mediatecas e salas de leitura na aquisição de sistemas, cursos e mobiliários; gerência em conjunto com a SEPLAG a lotações dos servidores; planejamento e desenvolvimento das políticas institucionais para as bibliotecas; levantamento de demandas de capacitação necessárias para as bibliotecas, mediatecas e salas de leitura e encaminha a SEPLAG, media realizações e atividades entre bibliotecas; centraliza doações externas de grandes acervos, que envolve logística, centraliza aquisições de IBBN e classe com o desenvolvimento de publicações nacionais. Seção de Assistência ao Educando Celsa González Villar (21) 3891-1112 proen-dae@cap2.g12.br Das 8h às 17h Planeja, implementa, acompanhar e avalia a Política e de Assistência Estudanil do Colégio Pedro II; elabora plano, programa e projeto, com base nas linhas de ações do PNAES, a fim de garantir a permanência e o êxito na escola; realiza seleção e análise socioeconômica dos candidatos aos editais de benefícios; avalia a proposta de projetos elaborados pelos campi, tendo em vista as linhas de ações do PNAES; realiza acompanhamento psicológico e social aos estudantes, por meio de equipe interdisciplinar; planeja a aplicação do recurso orçamentário e financeiro da assistência estudantil, em atividades definidas pela SAE/DAE; realiza parcerias com demais atores institucionais para a execução das atividades propostas pela SAE/DAE.
  • 31. 31 Seção de Nutrição Escolar Ana Patrícia Correia da Silva e Sá (21) 3891-1072 anapatricia_sa@cp2.g12.br Das 8h às 17h Elabora Termo de Referência para Licitação e compra de gêneros alimentícios, compra de equipamentos e utensílios e compra de material de limpeza de todos os campi do Colégio; fiscaliza os contratos da merenda escolar; recebimento, controle e lançamento de Notas Fiscais no sistema SIASG de todos os contratos da Merenda Escolar; pesquisa de preços para posicionamento sobre reajuste; visita as Unidades de Alimentação dos campi e elabora relatórios; elabora textos e artigos para o site do CPII e jornal; fecha contratos da merenda junto aos Setores de Finanças e Contabilidade; planeja a aquisição de gêneros para os concursos e festividades realizados por todos os campi, calcula os parâmetros nutricionais para o atendimento da clientela com base em recomendações nutricionais, avaliação nutricional e necessidades nutricionais específicas; programa, elabora e avalia os cardápios, adequando-os às faixas etárias e perfil epidemiológico da população atendida, respeitando os hábitos alimentares; planeja, orienta e supervisiona as atividades de seleção, compra, armazenamento, produção e distribuição dos alimentos, zelando pela qualidade dos produtos, observadas as boas práticas higiênicas e sanitárias; planeja e coordena a aplicação de testes de aceitabilidade junto à clientela; identifica crianças portadoras de patologias e deficiências associadas à nutrição, para o atendimento nutricional adequado; planeja e supervisiona a execução da adequação de instalações físicas, equipamentos e utensílios, de acordo com as inovações tecnológicas; elabora o plano de trabalho anual, contemplando os procedimentos dotados para o desenvolvimento das atribuições; elabora e implanta o Manual de Boas Práticas, avaliando e atualizando os procedimentos operacionais padronizados sempre que necessário; desenvolve projetos de educação alimentar e nutricional para a comunidade escolar, inclusive promovendo a consciência social, ecológica e ambiental; colabora e/ou participa das ações relativas ao diagnóstico, avaliação e monitoramento nutricional do escolar; efetua controle periódico dos trabalhos executados; colabora com as autoridades de fiscalização profissional e/ou sanitária; articula-se com a Direção e com a Coordenação Pedagógica da escola para o planejamento de atividades lúdicas com o conteúdo de alimentação e nutrição.
  • 32. 32 3.1.2.1 Unidade de Educação Infantil Realengo A Unidade de Educação Infantil, construída no Campus Realengo, foi a 1ª unidade escolar cuja implantação consolidou mais um momento inovador e vanguardista do Colégio Pedro II: a ampliação da oferta de mais uma etapa da Educação Básica, colaborando com as ações dos sistemas públicos na oferta de Educação Infantil de qualidade. As aulas foram iniciadas em março de 2012, atendendo a um total de 10 (dez) turmas compostas por crianças de 4 (quatro) a 5 (cinco) anos de idade, divididas em dois turnos (manhã e tarde). As crianças ingressam na Educação Infantil por meio de sorteio público e podem prosseguir os estudos na Instituição até o Ensino Médio. Os estudantes, agrupados por faixa etária (grupamento I – 3 anos; grupamento II – 4 anos ou grupamento III – 5 anos) têm a rotina organizada de tal forma que podem interagir com crianças de níveis de desenvolvimento e interesses diferenciados. Nos dois primeiros anos de funcionamento, a gestão da Unidade Educação Infantil esteve sob a responsabilidade da Direção e Equipe Técnico-Pedagógica das Séries Iniciais do Ensino Fundamental (Campus Realengo I). No início de 2014, o Reitor do Colégio Pedro II designou uma Coordenação Setorial para a Unidade Educação Infantil com a intenção de garantir autonomia na gestão da Unidade, visando o atendimento às especificidades das crianças na faixa etária entre 3 (três) e 5 (cinco) anos, atendendo aos preceitos do MEC de qualidade na oferta desta primeira etapa da Educação Básica. Neste mesmo ano de 2014, foi realizado o sorteio para a composição das primeiras turmas de crianças com 3 (três) anos de idade atendidas nesta Unidade de Ensino. Composição do espaço físico: A UEI foi construída em terreno plano, de pavimento único. Possui um pátio coberto e uma área externa descoberta, com áreas pavimentadas e gramadas, com chuveirões instalados para banho de sol e atividades ao ar livre. No entorno do pátio há 10 (dez) salas: 3 (três) ambientadas para diferentes áreas de conhecimentos - ou linguagens, conforme abordagem na Educação Infantil - (Desenho e Artes Visuais, Educação Musical, Informática Educativa), 6 (seis) salas de referência dos grupamentos e 1 (uma) sala de servidores (utilizada para reuniões pedagógicas). As atividades de Educação Física e Folclore são desenvolvidas explorando as diferentes áreas cobertas e descobertas da Unidade, além de alguns equipamentos e estruturas do Complexo Desportivo e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, anexos à UEI. Os materiais e equipamentos utilizados por essa área de conhecimento, para o desenvolvimento deste trabalho específico, que oportuniza o desenvolvimento de diferentes formas de expressão através do corpo e movimento das crianças, são guardados em um pequeno espaço reservado para a guarda dos mesmos. As salas de referência das turmas dos grupamentos I e II possuem banheiros com chuveiros, pias e sanitários adequados às faixas etárias. As turmas do grupamento III utilizam o banheiro feminino e masculino de uso exclusivo para as crianças com acesso Prédio da Unidade de Educação Infantil Realengo
  • 33. 33 pelo pátio coberto. Há também um banheiro com chuveiro, pia e sanitário adaptados para portadores de necessidades especiais. Todas as salas de referência das turmas possuem acesso a um solário (área descoberta que pode ser utilizada para banho de sol e atividades diversas de integração entre crianças do mesmo grupamento ou entre grupamentos diferentes). Ainda com acesso pelo pátio coberto, há uma pequena sala de acolhimento onde os Assistentes de Alunos ficam disponíveis para as demandas de apoio às necessidades das crianças durante os horários de entrada, saída, refeições e desenvolvimento de demais atividades cotidianas nas atividades livres ou dirigidas pelos professores. As refeições são preparadas e servidas em cozinha e refeitório próprios da unidade, com mobiliário e utensílios apropriados para a faixa etária e o cardápio preparado segundo orientações da Seção de Nutrição Escolar do Colégio Pedro II, atendendo com atenção às especificidades da Educação Infantil. Anexados à cozinha, encontram-se a área de serviço e vestiários dos funcionários. Os setores administrativo e técnico-pedagógico estão concentrados em 3 (três) salas independentes, mas interligadas pela área da Recepção: Secretaria Acadêmica, SESOP e Coordenação Setorial (Direção-Geral). Um pequeno almoxarifado e os banheiros de uso exclusivo dos adultos servidores também compõem este espaço. Os adultos visitantes utilizam um banheiro próprio construído em área externa próximo à recepção e à área administrativa. Clientela atendida: estudantes de faixa etária de 3 (três) a 5 (cinco) anos. Cursos ofertados: Segmento Turno Horário Nº de turmas Nº de alunos Grupamento I 3 anos Matutino Vespertino Das 7h às 12h Das 13h às 18h 1 1 12 12 Grupamento II 4 anos Matutino Vespertino Das 7h às 12h Das 13h às 18h 3 3 36 36 Grupamento III 5 anos Matutino Vespertino Das 7h às 12h Das 13h às 18h 2 2 36 36 Equipe gestora: UNIDADE DE ENSINO INFANTIL REALENGO TELEFONE: (21) 2406-6754 ENDEREÇO: Rua Bernardo de Vasconcelos, nº 941- Realengo – Rio de Janeiro/RJ. Cep: 21.741-261 Coordenadoria Setorial Coordenadoria Adjunta Administrativa Coordenadoria Adjunta Pedagógica Seg.: Das 6h45min às 18h45min Ter.: Das 6h45min às 18h45min Qua.: Das 6h45min às 18h45min Qui.: Das 6h45min às 18h45min Sex.: Das 6h45min às 18h45min (Sujeito a alterações) (21) 2406-6752 eduinfantil1@cp2.g12.br Cristiane Gomes de Oliveira Marilene Bezerra Katia de Souza e Almeida Bizzo Schaefer Secretaria Seg.: Das 6h45min às 18h45min Ter.: Das 6h45min às 18h45min Qua.: Das 6h45min às 18h45min (21) 2406-6754 Rosânia Richa Virgínio
  • 34. 34 Qui.: Das 6h45min às 18h45min Sex.: Das 6h45min às 18h45min (Sujeito a alterações) secretariaeduinfantil@cp2.g12.br SESOP (Setor de Supervisão e Orientação Pedagógica) Seg.: Das 6h45min às 18h45min Ter.: Das 6h45min às 18h45min Qua.: Das 6h45min às 18h45min Qui.: Das 6h45min às 18h45min Sex.: Das 6h45min às 18h45min (Obs.: Mediante convocação dos responsáveis ou através de agendamento com o setor via telefone ou agenda da criança. (Sujeito a alterações) (21) 2406-6752 sesop_edinf_uer@cp2.g12.br André Ricardo Marcelino (Pedagogo) Tatiana Nobrega (Pedagoga) Prefeitura Seg.: Das 9h às 18h Ter.: Das 9h às 18h Qua.: Das 9h às 18h Qui.: Das 9h às 18h Sex.: Das 9h às 18h (21) 2406-6754 prefeitura.uei.re@cp2.g12.br Nevilson Rodrigues de Souza SGP Setor de Gestão de Pessoas Seg.: Das 7h às 16h Ter.: Das 7h às 16h Qua.: Das 7h às 16h Qui.: Das 7h às 16h Sex.: Das 7h às 16h (21) 2406-6752 ueirsgp@cp2.g12.br Vanessa Ribas da Silva 3.1.3 Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas À Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – PROGESP – compete a responsabilidade pela elaboração, implantação, planejamento, execução e avaliação das ações de gestão, qualidade de vida e desenvolvimento de pessoas, que abrangem os servidores docentes, técnico-administrativos, professores contratados e terceirizados. Utilizando da premissa de que todos são agentes responsáveis pela construção e gestão do Colégio, cuja eficiência depende da competência de seus servidores, independentemente do papel que possam desempenhar, a PROGESP promove um trabalho integrado com as Pró-Reitorias e os campi, que compõem a estrutura organizacional do Colégio Pedro II. A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas é composta por: Diretoria de Desenvolvimento Humano e Organizacional; Diretoria de Administração Funcional; Coordenadoria de Planejamento e Gestão. Ao Pró-Reitor de Gestão de Pessoas compete: planejar, orientar e supervisionar as atividades relacionadas com a implantação e implementação da política de gestão de pessoas relacionadas com admissão e desligamento, aposentadoria e pensão, capacitação e seleção de pessoal, pagamentos, cadastro, benefícios, legislação e normas, estágios e arquivo; desenvolver políticas de gestão de pessoas que proporcionem qualificação, eficiência e satisfação pessoal dos servidores com o objetivo de dar cumprimento à missão institucional; coordenar e orientar a aplicação da legislação e normas de pessoal; coordenar e orientar quanto aos procedimentos e à execução das demandas judiciais que envolvam a área de gestão de pessoas;
  • 35. 35 exarar pareceres e despachos em processos relacionados à gestão de pessoas; coordenar, supervisionar, controlar e orientar atividades relativas à nomeação de servidores, contratação de professores substitutos, contratação de professores temporários, lotação, cessão, requisição, redistribuição, remoção e progressão funcional; coordenar e controlar procedimentos relativos à avaliação de desempenho e estágios probatórios; organizar, coordenar e catalogar normas da área aplicáveis ao CPII; coordenar, controlar e orientar procedimentos de folha de pagamentos dos servidores ativos e inativos, professores substitutos, professores temporários e pensionistas; planejar, coordenar e controlar o levantamento da programação de férias e verificar sua execução; selecionar, encaminhar dados e documentos do quadro de pessoal para a Reitoria; coordenar e controlar o cumprimento de normas de segurança e saúde ocupacional do quadro de pessoal; e desenvolver outras atribuições afins.
  • 37. 37 UNIDADES Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas -PROGESP- Pró-reitor: Luiz Almério Waldino dos Santos (21) 3891-1030 progesp@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas - PROGESP é a unidade organizacional do Colégio Pedro II responsável pela elaboração, implantação, planejamento, execução e avaliação das ações de gestão, qualidade de vida e desenvolvimento de pessoas, que abrangem os servidores docentes, técnico-administrativos, professores contratados e terceirizados. Assessoria PROGESP Secretária Administrativa: Selma do Couto Corrêa Assessora do Pró-Reitor: Veneza da Silva Crizante (21) 3891-1030 progesp@cp2.g12.br Das 8h às 17h Secretaria o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas e seus Diretores; exara todas as portarias do Colégio Pedro II; supervisiona a recepção da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas. Coordenadoria de Planejamento e Gestão Roséte de Andrade (21) 3891-1032 coplag@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Coordenadoria de Planejamento e Gestão – COPLAG – coordena a gestão estratégica de pessoas garantindo a otimização dos processos, bem como, dos resultados da PROGESP. Coordena os Setores de Gestão de Pessoas dos campi. Planeja, coordena e executa a Comunicação interna da PROGESP. Assessoria de Normas e Pareceres Kylenny Rachell Mendes Ferreira (21) 3891-0057 anp@cp2.g12.br Das 8h às 17h Municia toda a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas com a legislação pertinente a administração de pessoas; exara pareceres para toda a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas; atende as diversas solicitações da Procuradoria Jurídica do CPII, dos diversos Tribunais, do Ministério Público e da AGU no que tange a área de gestão de pessoas; subsidia o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas nos assuntos jurídicos e legais. Diretoria de Desenvolvimento Humano e Organizacional Rita de Cássia de Jesus (21) 3891-1030 ddho@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Diretoria de Desenvolvimento Humanos e Organizacional – DDRO – elabora e implementa as estratégias para a promoção do bem estar das pessoas no Colégio Pedro II, oferecendo condições necessárias para o seu pleno desenvolvimento, integrando-os aos objetivos e o cumprimento das metas institucionais. Diretoria de Administração Funcional Marcos Lacerda Carneiro (21) 3891-1028 daf@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Diretoria de Administração Funcional subsidia o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas, com as alterações, informações, decisões e determinações emanadas pelos Órgãos Federais, relativo à administração de pessoal. É responsável também pela administração técnica burocrática federal. São atribuições do diretor: acompanhar e coordenar as diversas auditorias dos órgãos externos e internos na Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas; subsidiar o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas com as alterações, informações, decisões e
  • 38. 38 determinações emanadas pelos órgãos federais, relativos à administração de pessoas; responder os questionamentos administrativos, jurídicos e das diversas auditorias; assegurar o funcionamento integrado dos sistemas de assentamentos funcionais e do pagamento; gerenciar os sistemas de Recursos humanos e financeiros; aplicar normas, acompanhar as ações de planejamento e desenvolvimento que alcance a eficiência, eficácia, e efetividade do sistema de pessoal e de pagamento; coordenar, acompanhar e avaliar os resultados da implantação de novos modelos de gestão pública, através de desempenho; articular com os setores da Diretoria para definição de indicadores de desempenho; coordenar, acompanhar e avaliar o desempenho individual do servidor no exercício dos suas funções; elaborar relatórios periódicos das atividades da Diretoria; coordenar e consolidar o processo de planejamento, organização, controle e avaliação das atividades relativas à Diretoria. Seção de Acompanhamento Funcional Shirléia Araújo da Silva (21) 3891-1035 seaf@cp2.g12.br Das 8h às 17h Planejar e implementar novas tecnologias de trabalho; elaborar manuais, catálogos e normas de rotinas administrativas; identificar indicadores do alcance de marcas e objetivos; executar, fiscalizar, e/ou avaliar projetos; dar subsídios à Diretoria de Administração Funcional – DAF para atendimento de Auditorias e suporte técnico- administrativo a projetos e atividades; realizar coletas e tratamento de dados; analisar, identificar e reformular os fluxos e rotinas de trabalho; implantar e executar de novas tecnologias de trabalho; realizar estudos e análises de legislação de pessoal; planejar e organizar os serviços de secretaria; dar assistência e assessoramento à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas; redigir textos oficiais; acompanhar formalização de processos; receber, orientar e encaminhar o público; executar as normas de protocolo da Instituição; outras atividades da mesma natureza. Setor de Aposentados e Beneficiários de Pensão Heitor de Oliveira Peres (21) 3891-1035 seaf@cp2.g12.br Das 8h às 17h Responsável pela aposentadoria e benefícios de pensão. Setor de Ativos e Professores Contratados Patrícia Fernanda Correia Lima (21) 3891-1035 seaf@cp2.g12.br Das 8h às 17h Responsável pela nomeação, exoneração, assim como a admissão e demissão de Professores Contratados.
  • 39. 39 Seção de Pagamentos Waldir Carlos Santanna Machado (21) 3891-1041 sepag@cp2.g12.br Das 8h às 17h Compete supervisionar e controlar diversas ocorrências financeiras no pagamento dos servidores ativos, aposentados e beneficiários de pensão; elaborar manuais, catálogos e normas de rotinas administrativas; identificar indicadores do alcance de marcas e objetivos; fazer auditoria e suporte técnico-administrativo a atividades do pagamento; dar subsídios à Diretoria de Administração Funcional – DAF para atendimento de Auditorias e suporte técnico-administrativo a projetos e atividades; realizar coletas e tratamento de dados; analisar, identificar e reformular os fluxos e rotinas de trabalho; implantar e executar de novas tecnologias de trabalho; realizar estudos e análises de legislação de pessoal; planejar e organizar os serviços de secretaria; dar assistência e assessoramento à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas; redigir textos oficiais; receber, orientar e encaminhar o público; executar as normas de protocolo da Instituição; acompanhar formalização de processos; lançamento mensal do sistema SEFIP/GEFIP; outras atividades da mesma natureza. Setor de Pagamento de Aposentados e Beneficiários de Pensão Antonio Carlos da Cunha Aguiar (21) 3891-1040 sepag@cp2.g12.br Das 8h às 17h Responsável pelo lançamento das diversas ocorrências financeiras no pagamento dos aposentados e beneficiários de pensão. Setor de Pagamento de Ativos Professores Contratados Natália Correia de Araújo (21) 3891-1041 sepag@cp2.g12.br Das 8h às 17h Responsável pelo lançamento das diversas ocorrências financeiras no pagamento dos servidores ativos e professores contratados. Seção de Desenvolvimento e Educação Corporativa Gisele Gaudard da Costa Pereira (21) 3891-1033 sedec@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Seção de Desenvolvimento e Educação Corporativa – SEDEC – propõe, executa e supervisiona a política de desenvolvimento e educação corporativa, articulando coerentemente as competências individuais e organizacionais. Seção de Benefícios Sandra Freire Pacheco Serrano (21) 3891-1037 (21) 3891-1044 - FAX seben@cp2.g12.br Das 8h às 17h Coordena os diversos planos de saúde dos servidores ativos, aposentados e beneficiários de pensão; Coordena a concessão e pagamento de assistência à saúde do servidor; Estabelece e coordena convênios ou parcerias voltadas para o benefício dos servidores ativos e aposentados. Seção de Qualidade de Vida Renata Barros do Nascimento (21) 3891-1043 qvida@cp2.g12.br Das 8h às 17h Elabora e executa programas de saúde voltados para os servidores ativos, aposentados e beneficiários de pensão; faz atendimentos psicológicos e sociais aos servidores ativos, aposentados e beneficiários de pensão; propõe, implementa e supervisiona os programas de Qualidade de Vida em ambiente organizacional.
  • 40. 40 Central de Atendimento a Aposentados e Pensionistas Luzia Carla Santos Gonçalves Lima (21) 3891-1043 qvida@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Central de Atendimento a Aposentados e Pensionistas – CAAP – é responsável por fazer o primeiro atendimento aos servidores aposentados e beneficiários de pensão orientando-os para o pleno exercício dos seus direitos, a partir de uma visão digna e cidadã. Seção de Atenção à Saúde e Segurança do Servidor Edna Resende Camisão Aquino (21) 3891-0056 saudesegtrab@cp2.g12.br Das 8h às 17h Coordena e supervisiona a promoção a saúde do servidor; Elabora o programa de Saúde Escolar em parceria com à Pró Reitoria de Ensino; Implementa e coordena no âmbito do CPII o Subsistema Integrado de Atenção a Saúde do Servidor - SIASS. * Perícia Oficial de Saúde Espaço Corpo Maria Isaura Magina (21) 3891-1038 espaco_corpo@cp2.g12.br Das 8h às 17h O Espaço Corpo visa propiciar bem estar aos servidores, através da consciência do corpo no espaço, movimento e postura de cada parte desse corpo, respiração organizada, observação da voz, além da oportunidade de interação e convivência saudável, com trocas constantes de saberes.
  • 41. 41 3.1.4 Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional À Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional – PRODI – compete planejar, executar e controlar a gestão administrativa, orçamentária, financeira e patrimonial do CPII, assim como articular, coordenar, fomentar e supervisionar as ações de planejamento, implantação e implementação de atividades e políticas de desenvolvimento institucional, homologadas pelo Conselho Superior, que envolvam, concomitantemente, a Reitoria, as Pró-Reitorias e as Direções-Gerais dos campi do CPII. A Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional é composta por:  Diretoria de Gestão do Conhecimento; e  Diretoria de Tecnologia da Informação Ao Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional compete:  estabelecer e supervisionar a implementação de políticas e diretrizes voltadas à economicidade e à eficácia administrativa, no âmbito da Reitoria e dos campi;  representar o CPII nos foros específicos da área, quando se fizer necessário;  revisar, organizar, documentar e publicar os procedimentos relacionados à sua área;  atuar, de forma articulada, no planejamento de políticas institucionais, com vistas a garantir a execução dos planos estratégicos e operacionais;  colaborar com a Reitoria na promoção da equidade institucional entre os campi, quanto aos planos de investimentos;  propor alternativas organizacionais, visando ao constante aperfeiçoamento da gestão;  supervisionar as atividades de gestão da informação, infraestrutura, planos de ação, relatórios e estatísticas do CPII;  executar as políticas e diretrizes definidas pelo Conselho Superior; e  elaborar, implantar e promover a melhoria contínua dos sistemas de gestão do CPII.
  • 43. 43 UNIDADES Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional - PRODI- Pró-Reitora: Vera Lucia Lopes Medalha (21) 3891-1053 prodi@cp2.g12.br Funcionamento: Das 7h às 17h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 17h, de segunda a sexta. A PRODI tem como objetivo principal o desenvolvimento das políticas institucionais, levantando e analisando os resultados obtidos, sempre em busca do aprimoramento do processo educacional e administrativo do CPII. À ela compete promover e coordenar os processos de sistematização de dados, de informações e de procedimentos institucionais, disponibilizando-os na forma de conhecimento estratégico; orientar as atividades de gestão das informações, planos de ação, relatórios e estatísticas da Instituição, bem como outras atividades delegadas pela Reitoria e zelar pelo cumprimento das metas definidas nos planos do Colégio Pedro II. É responsável pela coordenação dos trabalhos de elaboração de indicadores gerenciais, de controle e de desempenho para a construção das diretrizes que orientarão a elaboração dos documentos institucionais, tais como: Relatórios de Gestão e Prestação de Contas Anual, Planejamento Estratégico Institucional, Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), Avaliação Institucional e Planos Anuais de Trabalho (PAT), e também, o desenvolvimento de planos que levem ao cumprimento da missão e à melhoria institucional, como elo articulador e integrador institucional. Assessoria Denise da Rocha (21) 3891-1053 denise@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 17h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 8h às 17h, de segunda a sexta. Cabe à Assessoria secretariar o Pró-Reitor e seus Diretores; apoiar as demais áreas da PRODI e supervisionar a recepção da Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional. Diretoria de Tecnologia da Informação Luiz Francisco Dias Pereira (21) 3891-1088 luizpereira@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. À Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) oferece serviços nas áreas de redes, sistemas, manutenção e suporte ao usuário, telefonia, desenvolvimento de sites e serviços de intranet e de internet, com o objetivo de proporcionar melhores condições de trabalho às áreas pedagógicas e administrativas da Instituição. À DTI cabe recomendar soluções para aprimorar os processos, estratégias e táticas para solucionar ou mitigar problemas de negócio da Instituição.
  • 44. 44 Escritório de Governança Márcio Alessandro do Val (21) 3891-1084 marcioval@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das7h às 19h, de segunda a sexta. Cabe ao Escritório de Governança assessorar a Direção de Tecnologia da Informação (DTI) na elaboração de documentos, processos e normas, bem como monitorar e controlar as atividades da DTI, propondo melhorias nos processos de negócio. Assessoria de Segurança da Informação Cezar Bastos de Oliveira (21) 3891-1084 cezaroliveira@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. A Assessoria de Segurança da Informação (ASI) é responsável por acompanhar e documentar toda e qualquer questão que envolva a segurança dos dados da Instituição, criando normativas e garantindo que as mesmas estejam sendo aplicadas nos serviços oferecidos pela DTI. Seção de Infraestrutura de Tecnologia da Informação Thiago Martorelli de Andrade (21) 3891-0096 tmandrade@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. A Seção de Infraestrutura de Tecnologia da Informação (SITI) é responsável por coordenar o trabalho das áreas de manutenção e suporte, de gerência de redes e do setor de telecomunicações, garantindo a eficiência dos serviços prestados pela DTI. Setor de Telecomunicações Victor Portela (21) 3891-0099 portela@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. O Setor de Telecomunicações é responsável pelo funcionamento da rede de telefonia e todos os serviços ligados ao seu funcionamento.
  • 45. 45 Seção de Projetos, Sistemas e Processos de Negócio Fabrício Soares da Silva (21) 3891-1094 fabriciosoares@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. À Seção de Projetos, Sistemas e Processos de Negócio (SPSPN) cabe coordenar as ações das áreas de sistemas, banco de dados, processos de negócio e projetos de maneira a garantir a excelência dos serviços prestados pela DTI, propondo, analisando, documentando e mantendo as Soluções de Sistemas de Informação da Instituição. Setor de Sistemas e Estruturação de Dados Soraia Pacheco de Almeida Silva Felício (21) 3891-0033 soraia@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. Cabe ao setor a responsabilidade pela estrutura lógica de armazenamento de dados e pelo desenvolvimento e teste de sistemas de informação. Diretoria de Gestão do Conhecimento Saulo Xavier de Brito Amorim (21) 3891-0051 dgc@cp2.g12.br Funcionamento: Das 6h30min às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. A Diretoria de Gestão do Conhecimento (DGC) participa do planejamento das ações da Instituição, acompanhando as políticas de desenvolvimento e as atividades de articulação entre a Reitoria, as demais Pró-Reitorias e os Campi. A DGC, com apoio das Seções que a compõe e dos Observatórios dos Campi, desenvolve as atividades de levantamento e mineração de dados, transformação de dados em informação, categorização e contextualização das informações, construção, conversão, compilação e disseminação do conhecimento organizacional. Porquanto, com base nas orientações emanadas da Reitoria e dos Campi, é responsável por: acompanhar a persecução dos objetivos estratégicos; fomentar o desenvolvimento dos planos de ação da Instituição; monitorar a execução da proposta orçamentária; coordenar a padronização de dados, informações e procedimentos institucionais; assessorar a normatização da gestão; mapear e propor o redesenho de processos e rotinas de trabalho; coordenar a elaboração e o acompanhamento do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); e elaborar o Relatório de Gestão da PRODI. Seção de Pesquisa Institucional Adriana Trein de Abreu e Silva (21) 3891-0013 Funcionamento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: A Seção de Pesquisa Institucional (SPI), mantendo o foco no aperfeiçoamento da qualidade do trabalho e da prestação de serviços, realiza contínuo levantamento, compilação e uso de dados institucionais, coopera com o desempenho e desenvolvimento das ações do Colégio e subsidia a DGC no diagnóstico das principais necessidades institucionais. À SPI compete transformar dados em informação;
  • 46. 46 spi@cp2.g12.br Das 7h às 19h, de segunda a sexta. promover a conversão do conhecimento; mapear e redesenhar processos; verificar a qualidade e a coerência das informações; acompanhar os projetos vinculados aos objetivos estratégicos da Instituição; zelar pelo cumprimento das metas definidas nos planos institucionais; e promover a articulação e o compartilhamento de experiências e das melhores práticas de gestão. Seção de Planejamento e Monitoramento Irma Hentz dos Santos Brandão (21) 3891-0025 spm@cp2.g12.br Funcionamento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. Atendimento: Das 7h às 19h, de segunda a sexta. A Seção de Planejamento e Monitoramento (SPM) realiza o armazenamento, o processamento e a validação das informações para contextualizá-las e, assim, construir, disseminar e propiciar a reutilização do conhecimento organizacional. A SPM tem por competência monitorar a execução orçamentária e a construção de normas e procedimentos administrativos; acompanhar e analisar os processos redesenhados; avaliar e dar suporte à implementação das melhorias propostas no redesenho dos processos; elaborar proposta de manuais e guias de prática; oferecer subsídios para que as Unidades Organizacionais elaborem seus planos de trabalho; auxiliar a DGC na elaboração do Relatório de Gestão da PRODI; e fomentar iniciativas de modernização administrativa, com foco no planejamento estratégico da instituição.
  • 47. 47 3.1.5 Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura À Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura – PROPGPEC – é o órgão responsável pelo planejamento, desenvolvimento, articulação, acompanhamento e avaliação da execução das políticas de pesquisa, extensão e pós-graduação homologadas pelo Conselho Superior do CPII, em consonância com as diretrizes emanadas pelo Ministério da Educação e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, bem como as orientações recebidas do respectivo Conselho Acadêmico de Pesquisa, promovendo ações inovadoras que garantam a integração entre o ensino, a pesquisa e a extensão. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura é composta por:  Diretoria de Pós-Graduação;  Diretoria de Pesquisa;  Diretoria de Extensão;  Diretoria de Culturas. Ao Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura compete:  planejar, dirigir e supervisionar as políticas de pós-graduação, pesquisa, extensão e cultura do CPII;  promover a integração das atividades de pós-graduação, pesquisa, extensão e cultura nos campi;  realizar a coleta sistemática e permanente de dados, visando à avaliação quantitativa e qualitativa da pesquisa e do ensino da pós-graduação;  analisar as propostas de programas e cursos de pós-graduação, encaminhando- as aos órgãos competentes para aprovação;  elaborar e reavaliar as propostas de regulamentação da pesquisa, extensão e cultura e suas atividades;  promover e fomentar a atualização de infraestrutura dos campi para o desenvolvimento da pesquisa, extensão e cultura;  definir as normas gerais para a elaboração do calendário acadêmico de pesquisa, extensão e cultura, analisando e validando as propostas oriundas dos campi, encaminhando-as para publicação junto à Reitoria;  promover articulação com instituições e empresas para o desenvolvimento da pesquisa e a implantação de cursos de pós-graduação, pesquisa e inovação;  apoiar e analisar os convênios internacionais que promovam a pesquisa; e  representar o CPII nos foros específicos da área quando se fizer necessário.
  • 49. 49 UNIDADES Pró-Reitoria de Pós- Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura -PROPGPEC- Pró-reitora: Marcia Martins de Oliveira (21) 3891-0018 proppg@cp2.g12.br Das 9h às 18h A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura é o órgão responsável por planejar, coordenar, fomentar e acompanhar as atividades e políticas de pesquisa, de extensão e de cultura integrando-as ao ensino. Comitê de Ética em Pesquisa VAGO O Comitê de Ética em Pesquisa analisa projetos e protocolos de pesquisa com seres humanos e emite pareceres quanto aos aspectos éticos de pesquisa. Assessoria Fabiana Maria de Oliveira e Maria Bernadete Olinda de Melo Silva (21) 3891-0018 proppg@cp2.g12.br Das 7h às 19h Assessorar o Gabinete e os demais setores da Pró-Reitoria no planejamento e desenvolvimento das ações a cargo da PROPGPEC. Secretaria Acadêmica Thiago Barbosa Gil e Mariana Castello Branco Daniel Ribeiro (21) 3891-1017 secretariapos@cp2.g12.br Das 7h às 19h A Secretaria Acadêmica tem como função coordenar as atividades de registro e controle das atividades acadêmicas dos cursos de pós-graduação no Colégio Pedro II, compreendendo os processos de seleção e matrícula, dos assentamentos acadêmicos oficiais e a expedição de declarações, certificados e diplomas, dentro das normas legais e das políticas e diretrizes estabelecidas pelo Colégio. Seção de Gestão de Projetos Ronaldo Freitas Figueiredo e Esdras Rabelo dos Santos (21) 3891-1052 gestaodeprojetos@cp2.g12. br Das 7h às 19h A Seção de Gestão de Projetos tem como função fazer a gestão administrativa e financeira dos projetos da PROPGPEC. Diretoria de Pós- Graduação Fatima Ivone de Oliveira Ferreira (21) 3891-0019 posgrad@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Diretoria de Pós-Graduação acompanha e supervisiona todas as atividades dos cursos de especialização e mestrado, além de empreender ações de apoio, qualificação e expansão dos cursos de pós-graduação. Seção de Pós- graduação lato sensu VAGO posgrad@cp2.g12.br A Seção de Pós-graduação Lato Sensu dá apoio à Diretoria de Pós-graduação em assuntos relacionados aos cursos de especialização (lato sensu). Seção de Pós- graduação stricto sensu VAGO posgrad@cp2.g12.br A Seção de Pós-graduação Stricto Sensu dá apoio à Diretoria de Pós-graduação em assuntos relacionados aos cursos de Mestrado (stricto sensu).
  • 50. 50 Diretoria de Pesquisa Jorge Fernando Silva de Araújo (21) 3891-0041 pesquisa@cp2.g12.br Das 8h às 17h A Diretoria de Pesquisa planeja, coordena e acompanha as atividades e políticas de pesquisa, integrando-as ao ensino, à pós-graduação e à extensão, e promove ações de intercâmbio com instituições e empresas de fomento à pesquisa. Seção Editorial Ana Beatriz de Oliveira Aragão editora@cp2.g12.br Das 7h às 13h A Seção Editorial estimula a editoração institucional visando à difusão da produção intelectual do Colégio Pedro II, através da edição de livros, anais de eventos e periódicos científicos. Seção de Eventos Científicos Ivelise Rodrigues Mello (21) 3891-0041 eventos@cp2.g12.br Das 7h às 13h A Seção de Eventos Científicos tem como objetivo dar visibilidade às atividades de ensino, pesquisa e extensão do Colégio Pedro II através do apoio e da promoção de eventos de divulgação científica. Seção de Pesquisa Ronaldo do Espírito Santo Tavares (21) 3891-0041 pesquisa@cp2.g12.br Das 7h às 13h A Seção de Pesquisa executa e operacionaliza ações de apoio à pesquisa e de iniciação científica. Diretoria de Extensão Martha Yvonne de Almeida (21) 3891-0091 extensao@cp2.g12.br Das 9h às 18h A Diretoria de Extensão promove a articulação entre o ensino e a pesquisa desenvolvidos no CPII e as demandas da sociedade, através de programas, projetos, eventos, cursos e demais atividades de extensão. Seção de Projetos e Programas de Extensão VAGO (21) 3891-0091 extensão@cp2.g12.br Das 7h às 13h A Seção de extensão executa e operacionaliza ações de integração das ações acadêmicas de pesquisa e ensino àquelas de extensão de forma a fortalecer o compromisso social do Colégio Pedro II, apoiando a elaboração técnica de projetos de extensão e acompanhamentos de convênios e acordos de cooperação. Seção de Acompanhamento de Egressos Suzana Victor da Costa e Milena Lafaiete Braz (21) 3891-0091 extensao@cp2.g12.br Das 7h às 19h Cabe à Seção fomentar e acompanhar as atividades relacionadas ao acompanhamento dos egressos, visando os ajustes necessários aos currículos dos cursos, a partir de informações obtidas nas diferentes áreas em que atuam os alunos. Diretoria de Culturas Eloisa Saboia (21) 3891-0060 dcult@cp2.g12.br Das 8h às 18h A Diretoria de Cultura integra, apoia, avalia e divulga atividades e produções acadêmicas nas áreas de Arte e Cultura, desenvolvidas por servidores e alunos do CPII, bem como acolhe os diversos grupos, atividades e projetos oriundos de outras instituições. Coordenação dos Núcleos de Arte e Cultura Rosângela Sanfins, Octávio Simões de Carvalho Filho e Sonia Regina Teixeira Germano (21) 3891-0060 artecultura@cp2.g12.br Das 7h às 19h A Coordenação do Núcleo de Arte e Cultura incentiva, apoia, organiza e promove atividades artísticas e socioculturais com diferentes linguagens envolvendo a comunidade escolar dos campi. Espaço Cultural Lucia Góis (21) 3891-1010 (21) 3891-1047 espacocultural@cp2.g12.br Das 8h às 18h O Espaço Cultural realiza eventos artísticos e culturais, avalia projetos em artes visuais e estabelece cronograma anual de exposições e eventos. Este espaço também realiza mediação estética dos acervos em exposição e oferece oficinas de criação artística, em diferentes linguagens, para as comunidades interna e externa.
  • 51. 51 Biblioteca André Gomes Dantas, Maicon Francisco Marafigo, Carla Regina Paz de Freitas e Simone Alves da Silva (21) 3891-0021 bibliotecaproppg@cp2.g12. br Das 7h às 19h A Biblioteca visa promover o acesso e incentivar o uso e a geração de informação, contribuindo para a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão na área de Educação. Seção de Educação a Distância VAGO A Seção de Educação a Distância tem por atribuições planejar, coordenar e desenvolver as atividades de educação a distância do Colégio Pedro II.
  • 52. 52 3.1.5.1 PRONATEC Em atendimento à criação do PRONATEC, o CPII sendo uma Instituição de ensino federal vinculada ao Ministério da Educação, e entende que esta é uma base estável para o crescimento, desempenhando um papel decisivo na indução do desenvolvimento sustentável, econômico e social do país, tornou-se Unidade Ofertante dos cursos. A finalidade primeira é atender aos requisitos de referencialidade legal para o financiamento de bolsas de estudo pelo PRONATEC, e alcançar, adicionalmente, o objetivo de expansão na área da Bolsa-Formação Trabalhador, que oferece cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) para trabalhadores, estudantes de Ensino Médio e beneficiários de programas federais de transferência de renda, e, também, implementar a modalidade Bolsa Formação-Estudante, que oferece cursos técnicos com pelo menos 800 horas-aula para estudantes que já concluíram, ou para aqueles que estão matriculados no Ensino Médio. O objetivo é ampliar e diversificar a oferta de cursos gratuitos de educação profissional e tecnológica. Os cursos são gratuitos e presenciais, dando direito ao aluno de receber a Bolsa-Formação Estudante e Trabalhador, referente a despesas de material didático, fardamento, alimentação e transporte. A Bolsa-Formação possui duas modalidades: a Bolsa-Formação Trabalhador, que oferecerá cursos de Formação Inicial e Continuada (cursos de curta duração, com 160 horas - aula ou mais) para beneficiários do seguro-desemprego e dos programas de inclusão produtiva do Governo Federal; e a Bolsa-Formação Estudante, que oferecerá cursos técnicos (de maior duração, pelo menos 800 horas-aula) para estudantes das redes públicas. 3.1.5.2 Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) O Colégio Pedro II oferece cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), em diversas áreas do conhecimento, a trabalhadores e estudantes, em geral, com o objetivo de capacitar, aperfeiçoar, especializar e atualizar profissionais, em todos os níveis de escolaridade, nas áreas da educação profissional e tecnológica, ampliando as competências profissionais dos trabalhadores e também favorecendo seu ingresso ou reingresso no mercado de trabalho. Atualmente, no Colégio Pedro II, são oferecidos os cursos de FIC nos Campi Centro, Duque de Caxias e Engenho Novo e foram criadas Unidades Remotas nos municípios de Paty dos Alferes e Saquarema, conforme edital e calendário próprios, divulgados nas páginas eletrônicas d isponíveis no sítio www.cp2.g12.br. 3.2 Gabinete do Reitor O Gabinete da Reitoria é a área responsável pela representação social, política e administrativa do Colégio, representada pelo Reitor. A cargo desse setor estão a assistência, a coordenação, o fomento e a articulação de ações vinculadas às atribuições regimentais da Instituição.
  • 53. 53 À Chefia de Gabinete compete planejar, organizar e supervisionar a execução dos trabalhos a cargo da área, propondo medidas necessárias ao seu efetivo funcionamento, viabilizando o pleno atendimento das demandas institucionais, sendo assessorada diretamente porumaequipedeapoio. Atribuições:  assistir o Reitor no seu relacionamento institucional e administrativo;  supervisionar os trabalhos da secretaria do Gabinete do Reitor;  preparar a correspondência oficial da Reitoria;  coordenar o protocolo oficial da Reitoria;  participar de comissões designadas pelo Reitor;  receber documentação submetida à Reitoria diligenciando os encaminhamentos necessários;  organizar a agenda do Reitor;  organizar o conjunto normativo da Reitoria;  supervisionar os eventos da Reitoria; e  recepcionar os visitantes do Gabinete do Reitor. Informações: Gabinete da Reitoria Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 3º andar – Rio de Janeiro – CEP: 20921-903 Virgília Augusta da Costa Nunes Madalena Falcão Xavier Leda Mara Fadlalah de Castro Michele Roberta da Rosa Jorge Luiz da Silva Santos Maria Thereza Galaso Alves Marlene Fernandes de Oliveira Santos Chefe de Gabinete Chefe da Secretaria de Gabinete Secretária dos Conselhos Por telefone: (21) 3891-1007 (FAX) (21) 3891-1012 Pelainternet: reitoriasec@cp2.g12.br Horário de atendimento diário: Das 7hàs 19h 3.3 Diretoria de Articulação Institucional – DAI A Diretoria de Articulação Institucional (DAI) promove a integração das instâncias políticas e administrativas, no âmbito interno e externo, em nome da Reitoria. As ações visam atingir programas, projetos e ações culturais junto às Pró-Reitorias, Diretorias- Gerais de campi, Diretorias Sistêmicas, Chefias de Departamentos Pedagógicos,
  • 54. 54 Associação de Docentes do Colégio Pedro II (ADCPII), Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro II (SINDSCOPE), Grêmios Estudantis e demais órgãos representativos da sociedade civil. Informações: Diretoria de Articulação Institucional/DAI: Marcelo Santos da Rocha Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria 3º andar – Rio de Janeiro CEP: 20921-903 Por telefone: (21) 3891-1001 Pelainternet: marcelo@cp2.g12.br Horário de funcionamento diário: Das 9h às 18h 3.4 Diretoria de Articulação Externa – DAE Tem como objetivo a integração externa, visando ao fortalecimento da identidade institucional, a partir de iniciativas voltadas ao desenvolvimento da relação com setores governamentais e com o meio empresarial, utilizando-se dos princípios da gestão do conhecimento. Informações: Diretoria de Articulação Externa(DAE) Washington Costa Freire Adiramélia Soares de Lima Diego Basto de Souza Figueiredo Yasmin Harmony Abreu Rito Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria 3º andar – Rio de Janeiro – CEP: 20921-903 Por telefone: (21) 3891-0015 Pelainternet: pregoeiro@cp2.g12.br Horário de funcionamento diário: Das 9h às 18h
  • 55. 55 3.5 Assessoria de Relações Internacionais A Assessoria de Relações Internacionais tem a função de inserir o Colégio Pedro II no cenário internacional, para que se fortaleçam a cooperação e a interação deste com Instituições de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação no exterior. Atribuições:  desenvolver cooperação acadêmica, técnica, científica e cultural entre o Colégio Pedro II e colégios e/ou universidades estrangeiras, baseada em solidariedade e respeito mútuo e na promoção de valores humanísticos e diálogos interculturais;  incentivar a participação do Colégio em atividades de intercâmbio acadêmico para professores, estudantes e corpo técnico;  divulgar as oportunidades internacionais: cursos, programas de bolsas e outras iniciativas vinculadas a colégios e/ou universidades de diferentes países; e  apoiar todos os segmentos do Colégio Pedro II em ações que envolvam a troca de saberes com Instituições Estrangeiras. Informações: Assessoria de Relações Internacionais: Flávio Costa Balod Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria 3º andar – Rio de Janeiro – CEP: 20921-903 Por telefone: (21) 3891-1002 Pelainternet: arinter@cp2.g12.br Horário de funcionamento diário: Das 10h às 19h 3.6 Procuradoria Educacional Institucional O Procurador Educacional Institucional é o interlocutor e responsável pelas informações da matriz orçamentária, recredenciamento da Instituição, avaliação externa e avaliação de cursos junto ao INEP. Atribuições:  manter atualizado o cadastro dos cursos e dos coordenadores;  responder anualmente o Censo da Educação;  responder aos dados no sistema informatizado INEP/MEC;  atualizar os dados cadastrais de todos os professores da Instituição junto ao Cadastro Nacional de Docentes;
  • 56. 56  abrir e acompanhar os processos de atualização dos Projetos Pedagógicos, PDI, Regimento e Estatuto junto ao MEC; e  atualização dos dados do relatório de gestão e elaboração dos indicadores do TCU. Informações: Procuradoria Educacional Institucional Lucia Santos Gambardella Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 2º andar – Rio de Janeiro – CEP: 20921-903 Por telefone: (21) 3891-1083 Pelainternet: pei@cp2.g12.br Horário de atendimento: Das 7h às 16h 3.7 Coordenadoria de Comunicação Social A Coordenadoria de Comunicação Social, vinculada ao Gabinete da Reitoria, é responsável pela política de comunicação do CPII, coordenando as ações de comunicação institucional, no âmbito da Reitoria, normatizando e orientando os setores de comunicação dos campi. Atribuições:  elaborar o plano de comunicação institucional articulado com o planejamento estratégico;  criar canais de comunicação no âmbito da Reitoria, focados no público interno para divulgar atividades do CPII;  elaborar e editorar publicações (impressas e digitais) sobre os temas internos do CPII;  avaliar e gerenciar conteúdos(textos, áudio e imagens) remetidos pelos campi;  promover a permanente divulgação das ações institucionais por meio das variadas formas de mídia, visando à consolidação da imagem institucional perante a sociedade e o mundo do trabalho;  supervisionar, orientar e aprovar diversos tipos de publicações;  atender e estabelecer relacionamento com a imprensa;  acompanhar, organizar e divulgar internamente as matérias, notas e reportagens referentes ao CPII;  supervisionar, orientar e aprovar ações previstas na área de comunicação, visando atender as legislações vigentes;
  • 57. 57  articular-se com as Assessorias de Comunicação do governo federal, buscando espaços de divulgação institucional nos veículos desses órgãos e orientações acerca da política de comunicação; e  padronizar os procedimentos e serviços com vistas a manter a qualidade e nivelar as ações de comunicação. Informações: Coordenadoria de Comunicação Social Campo de São Cristóvão, 177 – Prédio da Reitoria – 3º andar – Rio de Janeiro – CEP: 20921-903 Luciana Malta Ilane da Silva Venturim Marlon Amorim Tenório Bianca Sousa e Sousa Denise Goring Moreira Coordenadora de Comunicação Social Assistente em Administração Programador Visual Jornalista Jornalista Por telefone: (21) 3891-1015 (21) 3891-1004 Pelainternet: ccs@cp2.g12.br Horário de funcionamento diário: Das 8h às 18h
  • 58. 58 4 A ESTRUTURA DE ENSINO E OS CAMPI 4.1 Estrutura de Ensino CAMPUS ENSINO MINISTRADO Fundamental Médio Centro - Anos Finais Regular - PROEJA Duque de Caxias - - Regular - - Engenho Novo I Anos Iniciais - - - - Engenho Novo II - Anos Finais Regular Integrado PROEJA Humaitá I Anos Iniciais - - - - Humaitá II - Anos Finais Regular - - Niterói - - Regular - - Realengo I Anos Iniciais - - - - Realengo II - Anos Finais Regular Integrado PROEJA São Cristóvão I Anos Iniciais - - - - São Cristóvão II - Anos Finais - - - São Cristóvão III - - Regular Integrado - Tijuca I Anos Iniciais - - - - Tijuca II - Anos Finais Regular Integrado PROEJA 4.1.1 Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil O Colégio Pedro II oferece, desde 1984, todos os anos e séries da Educação Básica. Sendo assim, os Anos Iniciais do Ensino Fundamental (a partir do 1º ano, no qual se inicia a alfabetização, até o 5º ano); são oferecidos em cinco Campi:  Campus Engenho Novo I;  Campus Humaitá I;  Campus Realengo I;  Campus São Cristóvão I; e  Campus Tijuca I. Em 2012, a Educação Infantil foi implementada no Campus Realengo I. Porém, no primeiro semestre de 2014, a Unidade de Educação Infantil Realengo foi criada para atender às especificidades desse nível inicial do ensino, mantendo-se, desde então, subordinada à Pró-Reitoria de Ensino. Forma de ingresso: Sorteio público de vagas, no caso de turmas de Educação Infantil e de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.