SlideShare uma empresa Scribd logo
A IDADE MODERNA
• A DIVISÃO DA HISTÓRIA
IDADE ANTIGA (até 476)
IDADE MÉDIA (até 1453)
IDADE MODERNA (até 1789)
IDADE CONTEMPORÂNEA (até hoje)
O FIM DA IDADE MÉDIA
• Para entendermos a formação do Mundo Moderno é
necessário analisarmos rapidamente as características do
mundo medieval.
• ALTA IDADE MÉDIA  SÉCULO V – X
• BAIXA IDADE MÉDIA  SÉCULO XI - XV
1 – O Mundo Moderno:
• A Formação dos Estados Nacionais – O Absolutismo
• As Grandes Navegações
• O Renascimento Cultural e Científico
• A Reforma religiosa
História
A origem dos Estados Nacionais
Contexto Histórico: crise feudal (séc. XIV-XVI)
transição
Centralização
política
Reforma
protestante
Sociedade
estamental
Renascimento
cultural
Mercantilismo
Idade Moderna
Idade Média
História
Estados Nacionais
Unificação política e administrativa do reino
Burguesia Expansão comercial
Limitação do poder da igreja
Aliança entre o Rei e a Burguesia
Financiou a burocracia estatal
Estruturou e manteve o exército
Unificação das leis
Criação de unidades monetárias
Criação de sistema de pesos e medidas
Contratação de funcionários públicos
que viabilizou?
MONARQUIA NACIONAL
Crise feudal e expansão
pré-capitalista ou
mercantilista
Caderno 3 | Capítulo 1
Atualizado em 14 de dezembro de 2011
O Absolutismo
Absolutismo
Monárquico
Poder
Real
Hereditário
Divino
Absoluto
Centralizado
Fundamentos
teóricos
Maquiavel: não havia limites éticos ou morais para o poder do soberano.
Jean Bodin e Jacques Bossuet: direito divino dos reis.
Thomas Hobbes: “o homem é o lobo do homem”
Livros
Maquiavel: “O Príncipe”
Jean Bodin: “A República”
Thomas Hobbes: “Leviatã”
Jacques Bossuet: “Política segundo as sagradas escrituras”
História
Absolutismo monárquico
PODER
ABSOLUTO
DO
MONARCA
Formação de um
exército estatal
centralizado
Intolerância
religiosa
Sacralização e
exaltação do rei
Submissão da
nobreza
Centralização
administrativa
Controle total sobre os poderes
representativos, locais e religiosos
Caderno 3 | Capítulo 1
Atualizado em 14 de dezembro de 2011
FORMAÇÃO DOS ESTADOS NACIONAIS
PORTUGAL
● Condado Portucalense
● 1139: Portugal
● Dinastia de Borgonha
(início da centralização
do poder):
- Crescimento das
atividades comerciais.
● Revolução de Avis:
- Aliança da Coroa com
a burguesia .
- Ascensão de D. João I.
-Consolidação do
Estado Nacional.
● D. João II
- Monarquia
absolutista.
- Consolidação do poder
marítimo comercial.
ESPANHA
● Guerra de
Reconquista: gênese
do Estado Espanhol.
● Reinado de
Fernando e Isabel:
- Consolidação do
Estado.
- Fortalecimento da
monarquia.
- Expansão marítimo
comercial.
FRANÇA
● Século XIII:
dinastia capetíngia
- Formação do Estado
Francês.
- Centralização do
poder real.
● Guerra dos Cem
Anos:
- Nacionalismo
(Joana D’arc).
- Absolutismo real.
INGLATERRA
● Século XI: Guilherme
da Normandia – 1º. Rei
inglês.
- Criação dos
condados.
● Henrique II:
- Formação do Estado
inglês.
- Centralização e
fortalecimento real.
- Constituição de um
exército nacional.
● Ricardo I
- Participação nas
Cruzadas.
- Crescimento
econômico.
-Fortalecimento da
burguesia.
● João Sem Terra:
- Carta Magna: limitava
o poder real e
liberdade política.
Mercantilismo
Mercantilismo
Conjunto de práticas e ideias econômicas do período
moderno (XV-XVIII) nos países europeus.
Características
Metalismo: riqueza do estado, com o acúmulo de metais
Intervencionismo: controle estatal da economia
Balança de comércio favorável: exportar mais que
importar
Protecionismo: aumento das tarifas alfandegárias para os
produtos importados
Monopólio: direito exclusivo dos reis sobre a economia
Colonialismo: exploração das colônias, através do
mercantilismo
Caderno 3 | Capítulo 1
Atualizado em 14 de dezembro de 2011
ESTADO ABSOLUTISTA
MERCANTILISMO
Sustenta
a nobreza
Apóia os
negócios
burgueses
OBJETIVOS MEIOS
METALISMO: Entesouramento de
metais preciosos.
Fortalecimento do poder real.
Protecionismo
Colonialismo
Pirataria
Balança
comercial
favorável.
EXPANSÃO MARÍTIMA (SÉC XV – XVI):
• Causas:
– busca de especiarias nas Índias;
– busca de metais preciosos;
– tentativa de romper o monopólio comercial das cidades
italianas;
– expansão da fé cristã (justificativa);
• Conseqüências das navegações:
– deslocamento do eixo econômico do Mar Mediterrâneo
para o Oceano Atlântico (Oriente para Ocidente);
– ampliação do comércio (em escala mundial);
Absolutismo X Mercantilismo.ppt
Absolutismo X Mercantilismo.ppt
Absolutismo X Mercantilismo.ppt
RENASCIMENTO (SÉC XIV – XVI):
• • Movimento cultural e artístico inspirado na cultura
• clássica
• • ITA, ING, FRA, POR, ESP, ALE, HOL/BEL
• • Características principais do Renascimento:
• – Humanismo
• – Antropocentrismo
• – Racionalismo
• – Naturalismo
• – Cientificismo
• • Burguesia.
Itália: o berço do Renascimento
• – Desenvolvimento comercial
• – Desenvolvimento urbano
• – Contato com árabes e bizantinos (retomada das obras
clássicas perdidas na Idade Média)
Fatores da decadência do Renascimento:
• – Expansão marítima – decadência do comércio do
Mediterrâneo.
• – Contra-Reforma – perseguições movidas pela Igreja
Católica.
REFORMA RELIGIOSA(SÉC XVI):
• Movimento religioso que deu origem a novas religiões
cristãs;
• ALE, SUI e ING (principais);
Causas:
Corrupção do clero
‣Venda de indulgências.
‣Venda de relíquias sagradas.
‣Venda de cargos no clero.
Burguesia X condenação do lucro.
Monarquias nacionais X poder clerical + terras.
REFORMA ONDE LÍDER APOIO E
INTERESSES
LUTERANA ALEMANHA LUTERO
NOBREZA
(TERRAS
DA IGREJA)
ANABATISTA ALEMANHA THOMA MUNZER
CAMPONESES
(REVOLTA
ANTIFEUDAL)
CALVINSITA
SUÍÇA –
HOLANDA –
INGLATERRA
FRANÇA
CALVINO
BURGUESIA
(Justificativa do
Lucro
ANGLICANA INGLATERRA HENRIQUE VIII
Reforço do
Absolutismo
Contra Reforma ou Reforma Católica:
• Medidas da Igreja Católica para conter o avanço
protestante na Europa.
• O Concílio de Trento (1545 – 63): reafirmação de
dogmas dogmas, seminários, catequese
• Companhia de Jesus (Inácio de Loyola - ESP): educação
e catequese.
• Tribunais do Santo Ofício ou da Santa Inquisição.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Absolutismo X Mercantilismo.ppt

História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
Marco Aurélio Gondim
 
Aula 1 1º ano - historia
Aula 1   1º ano - historiaAula 1   1º ano - historia
Aula 1 1º ano - historia
Aluno Mecanica
 
História do brasil – aula 01
História do brasil – aula 01História do brasil – aula 01
História do brasil – aula 01
Fernanda Stang
 
Expansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentesExpansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentes
Edenilson Morais
 
Idade moderna 2 site
Idade moderna 2 siteIdade moderna 2 site
Idade moderna 2 site
Carlos Glufke
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Idade média - 3º Ano
Idade média - 3º AnoIdade média - 3º Ano
Idade média - 3º Ano
Auxiliadora
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Clara Mendes
 
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Portal do Vestibulando
 
Politica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado modernoPolitica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado moderno
Adriana Gomes Messias
 
Idade media3
Idade media3Idade media3
Idade media3
jfquirino
 
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptxA CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
TeresaLopes78
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
Acrópole - História & Educação
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
Maria Luiza
 
Mercantilismo e Grandes Navegações
Mercantilismo e Grandes NavegaçõesMercantilismo e Grandes Navegações
Mercantilismo e Grandes Navegações
Edenilson Morais
 
ABSOLUTISMO - BB.ppt
ABSOLUTISMO - BB.pptABSOLUTISMO - BB.ppt
ABSOLUTISMO - BB.ppt
bernardoborges
 
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdfSlide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
HyagoCarlos3
 
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionaiswww.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
Tuotes Escolares
 

Semelhante a Absolutismo X Mercantilismo.ppt (20)

História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
 
Aula 1 1º ano - historia
Aula 1   1º ano - historiaAula 1   1º ano - historia
Aula 1 1º ano - historia
 
História do brasil – aula 01
História do brasil – aula 01História do brasil – aula 01
História do brasil – aula 01
 
Expansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentesExpansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentes
 
Idade moderna 2 site
Idade moderna 2 siteIdade moderna 2 site
Idade moderna 2 site
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Idade média - 3º Ano
Idade média - 3º AnoIdade média - 3º Ano
Idade média - 3º Ano
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
 
Politica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado modernoPolitica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado moderno
 
Idade media3
Idade media3Idade media3
Idade media3
 
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptxA CULTURA DO PALÁCIO.pptx
A CULTURA DO PALÁCIO.pptx
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
 
Mercantilismo e Grandes Navegações
Mercantilismo e Grandes NavegaçõesMercantilismo e Grandes Navegações
Mercantilismo e Grandes Navegações
 
ABSOLUTISMO - BB.ppt
ABSOLUTISMO - BB.pptABSOLUTISMO - BB.ppt
ABSOLUTISMO - BB.ppt
 
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]Idade Média - História Geral -  Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
Idade Média - História Geral - Prof. Marco Aurélio Gondim [www.gondim.net]
 
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdfSlide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
 
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionaiswww.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
 

Mais de mariapinheiro710

REGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFA
REGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFAREGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFA
REGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFA
mariapinheiro710
 
DIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMpt
DIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMptDIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMpt
DIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMpt
mariapinheiro710
 
-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf
-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf
-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf
mariapinheiro710
 
IDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDO
IDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDOIDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDO
IDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDO
mariapinheiro710
 
2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt
2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt
2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt
mariapinheiro710
 
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
mariapinheiro710
 
A Segunda Guerra Mundial.ppt
A Segunda Guerra Mundial.pptA Segunda Guerra Mundial.ppt
A Segunda Guerra Mundial.ppt
mariapinheiro710
 
_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt
_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt
_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt
mariapinheiro710
 

Mais de mariapinheiro710 (8)

REGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFA
REGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFAREGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFA
REGIÃO NORTE.CARACTERÍSTICASPRINCIPAISFA
 
DIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMpt
DIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMptDIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMpt
DIVISÃO DAS REGIÕES DO BRASIL.2 SERIEMpt
 
-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf
-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf
-BingoHistoriaBRASIL-GEOGRAFIAHISTOR.pdf
 
IDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDO
IDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDOIDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDO
IDADE MEDIA E REINOS EXPLICAÇÃO RESUMIDO
 
2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt
2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt
2oCRISE SISTEMA COLONIAL- pombalino- aula 2.ppt
 
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
1ano-imprioromano-completo-120528142621-phpapp01.pptx
 
A Segunda Guerra Mundial.ppt
A Segunda Guerra Mundial.pptA Segunda Guerra Mundial.ppt
A Segunda Guerra Mundial.ppt
 
_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt
_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt
_II GUERRA MUNDIAL 1.ppt
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

Absolutismo X Mercantilismo.ppt

  • 2. • A DIVISÃO DA HISTÓRIA IDADE ANTIGA (até 476) IDADE MÉDIA (até 1453) IDADE MODERNA (até 1789) IDADE CONTEMPORÂNEA (até hoje)
  • 3. O FIM DA IDADE MÉDIA • Para entendermos a formação do Mundo Moderno é necessário analisarmos rapidamente as características do mundo medieval. • ALTA IDADE MÉDIA  SÉCULO V – X • BAIXA IDADE MÉDIA  SÉCULO XI - XV
  • 4. 1 – O Mundo Moderno: • A Formação dos Estados Nacionais – O Absolutismo • As Grandes Navegações • O Renascimento Cultural e Científico • A Reforma religiosa
  • 5. História A origem dos Estados Nacionais Contexto Histórico: crise feudal (séc. XIV-XVI) transição Centralização política Reforma protestante Sociedade estamental Renascimento cultural Mercantilismo Idade Moderna Idade Média
  • 6. História Estados Nacionais Unificação política e administrativa do reino Burguesia Expansão comercial Limitação do poder da igreja Aliança entre o Rei e a Burguesia Financiou a burocracia estatal Estruturou e manteve o exército Unificação das leis Criação de unidades monetárias Criação de sistema de pesos e medidas Contratação de funcionários públicos que viabilizou? MONARQUIA NACIONAL Crise feudal e expansão pré-capitalista ou mercantilista Caderno 3 | Capítulo 1 Atualizado em 14 de dezembro de 2011
  • 7. O Absolutismo Absolutismo Monárquico Poder Real Hereditário Divino Absoluto Centralizado Fundamentos teóricos Maquiavel: não havia limites éticos ou morais para o poder do soberano. Jean Bodin e Jacques Bossuet: direito divino dos reis. Thomas Hobbes: “o homem é o lobo do homem” Livros Maquiavel: “O Príncipe” Jean Bodin: “A República” Thomas Hobbes: “Leviatã” Jacques Bossuet: “Política segundo as sagradas escrituras”
  • 8. História Absolutismo monárquico PODER ABSOLUTO DO MONARCA Formação de um exército estatal centralizado Intolerância religiosa Sacralização e exaltação do rei Submissão da nobreza Centralização administrativa Controle total sobre os poderes representativos, locais e religiosos Caderno 3 | Capítulo 1 Atualizado em 14 de dezembro de 2011
  • 9. FORMAÇÃO DOS ESTADOS NACIONAIS PORTUGAL ● Condado Portucalense ● 1139: Portugal ● Dinastia de Borgonha (início da centralização do poder): - Crescimento das atividades comerciais. ● Revolução de Avis: - Aliança da Coroa com a burguesia . - Ascensão de D. João I. -Consolidação do Estado Nacional. ● D. João II - Monarquia absolutista. - Consolidação do poder marítimo comercial. ESPANHA ● Guerra de Reconquista: gênese do Estado Espanhol. ● Reinado de Fernando e Isabel: - Consolidação do Estado. - Fortalecimento da monarquia. - Expansão marítimo comercial. FRANÇA ● Século XIII: dinastia capetíngia - Formação do Estado Francês. - Centralização do poder real. ● Guerra dos Cem Anos: - Nacionalismo (Joana D’arc). - Absolutismo real. INGLATERRA ● Século XI: Guilherme da Normandia – 1º. Rei inglês. - Criação dos condados. ● Henrique II: - Formação do Estado inglês. - Centralização e fortalecimento real. - Constituição de um exército nacional. ● Ricardo I - Participação nas Cruzadas. - Crescimento econômico. -Fortalecimento da burguesia. ● João Sem Terra: - Carta Magna: limitava o poder real e liberdade política.
  • 10. Mercantilismo Mercantilismo Conjunto de práticas e ideias econômicas do período moderno (XV-XVIII) nos países europeus. Características Metalismo: riqueza do estado, com o acúmulo de metais Intervencionismo: controle estatal da economia Balança de comércio favorável: exportar mais que importar Protecionismo: aumento das tarifas alfandegárias para os produtos importados Monopólio: direito exclusivo dos reis sobre a economia Colonialismo: exploração das colônias, através do mercantilismo Caderno 3 | Capítulo 1 Atualizado em 14 de dezembro de 2011
  • 11. ESTADO ABSOLUTISTA MERCANTILISMO Sustenta a nobreza Apóia os negócios burgueses OBJETIVOS MEIOS METALISMO: Entesouramento de metais preciosos. Fortalecimento do poder real. Protecionismo Colonialismo Pirataria Balança comercial favorável.
  • 12. EXPANSÃO MARÍTIMA (SÉC XV – XVI): • Causas: – busca de especiarias nas Índias; – busca de metais preciosos; – tentativa de romper o monopólio comercial das cidades italianas; – expansão da fé cristã (justificativa); • Conseqüências das navegações: – deslocamento do eixo econômico do Mar Mediterrâneo para o Oceano Atlântico (Oriente para Ocidente); – ampliação do comércio (em escala mundial);
  • 16. RENASCIMENTO (SÉC XIV – XVI): • • Movimento cultural e artístico inspirado na cultura • clássica • • ITA, ING, FRA, POR, ESP, ALE, HOL/BEL • • Características principais do Renascimento: • – Humanismo • – Antropocentrismo • – Racionalismo • – Naturalismo • – Cientificismo • • Burguesia.
  • 17. Itália: o berço do Renascimento • – Desenvolvimento comercial • – Desenvolvimento urbano • – Contato com árabes e bizantinos (retomada das obras clássicas perdidas na Idade Média) Fatores da decadência do Renascimento: • – Expansão marítima – decadência do comércio do Mediterrâneo. • – Contra-Reforma – perseguições movidas pela Igreja Católica.
  • 18. REFORMA RELIGIOSA(SÉC XVI): • Movimento religioso que deu origem a novas religiões cristãs; • ALE, SUI e ING (principais); Causas: Corrupção do clero ‣Venda de indulgências. ‣Venda de relíquias sagradas. ‣Venda de cargos no clero. Burguesia X condenação do lucro. Monarquias nacionais X poder clerical + terras.
  • 19. REFORMA ONDE LÍDER APOIO E INTERESSES LUTERANA ALEMANHA LUTERO NOBREZA (TERRAS DA IGREJA) ANABATISTA ALEMANHA THOMA MUNZER CAMPONESES (REVOLTA ANTIFEUDAL) CALVINSITA SUÍÇA – HOLANDA – INGLATERRA FRANÇA CALVINO BURGUESIA (Justificativa do Lucro ANGLICANA INGLATERRA HENRIQUE VIII Reforço do Absolutismo
  • 20. Contra Reforma ou Reforma Católica: • Medidas da Igreja Católica para conter o avanço protestante na Europa. • O Concílio de Trento (1545 – 63): reafirmação de dogmas dogmas, seminários, catequese • Companhia de Jesus (Inácio de Loyola - ESP): educação e catequese. • Tribunais do Santo Ofício ou da Santa Inquisição.

Notas do Editor

  1. Comentar as características do poder absoluto do monarca.
  2. Exemplificar com a sociedade francesa pré revolucionária. Lembrar que as ideias iluministas criticavam esse modelo de sociedade, onde o 1º. e o 2º. Estados possuíam privilégios.