SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
A Marca
Quando eu era criança, bem novinha,  meu pai comprou o primeiro telefone da nossa vizinhança. Eu ainda me lembro daquele aparelho preto e brilhante que ficava na cômoda da sala. Eu era muito pequeno para alcançar o telefone, mas ficava ouvindo fascinado enquanto minha mãe falava com alguém. Então, um dia eu descobri que dentro daquele objeto maravilhoso morava uma pessoa legal. O nome dela era  "Uma informação, por favor"  e não havia nada que ela não soubesse.  "Uma informação, por favor"  poderia fornecer qualquer número de telefone e até a hora certa.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
-  "Então pegue um cubo de gelo e passe no seu dedo",  disse a voz. Depois daquele dia, eu ligava para  "Uma informação, por  favor"  por qualquer motivo. Ela me ajudou com as minhas dúvidas de geografia e me ensinou onde ficava a Filadélfia. Ela me ajudou com os exercícios de matemática. Ela me ensinou que o pequeno esquilo que eu trouxe do bosque deveria comer nozes e frutinhas.
Então, um dia, Petey, meu canário, morreu. Eu liguei para  "Uma informação, por favor"  e contei o ocorrido.  Ela escutou e começou a falar aquelas coisas que se dizem para uma criança que está crescendo. Mas eu estava  inconsolável. Eu perguntava: "Por que é que os passarinhos cantam tão  lindamente e trazem tanta alegria pra gente para, no fim, acabar como um monte de penas no fundo de uma gaiola?"   Ela deve ter compreendido a minha preocupação, porque acrescentou mansamente:  "Paul, sempre lembre que existem outros mundos onde a gente pode cantar também..."  De  alguma maneira, depois disso eu me senti melhor.
No outro dia, lá estava eu de novo.  "Informações.",  disse a voz já tão familiar. "Você sabe como se escreve 'exceção'?"  Tudo isso aconteceu na minha cidade natal ao norte do Pacifico. Quando eu tinha 9 anos, nós nos mudamos para Boston. Eu sentia muita falta da minha amiga.  "Uma informação, por favor"  pertencia aquele velho aparelho telefônico preto e eu não sentia nenhuma atração pelo nosso novo aparelho telefônico branquinho que ficava na nova cômoda na nova sala.
Conforme eu crescia, as lembranças daquelas conversas infantis nunca saiam da minha memória. Freqüentemente,em momentos de duvida ou perplexidade, eu tentava recuperar o sentimento calmo de segurança que eu tinha naquele tempo. Hoje eu entendo como ela era paciente, compreensiva e gentil ao perder tempo atendendo as ligações de um menininho.
Alguns anos depois, quando estava indo para a faculdade, meu avião teve uma escala em Seattle. Eu teria mais ou menos meia hora entre os dois vôos. Falei ao telefone com minha irmã, que morava lá, por 15  minutos.  Então, sem nem mesmo sentir que estava fazendo isso, disquei o número da operadora daquela minha cidade natal e pedi: -  "Uma informação, por favor."
Como num milagre, eu ouvi a mesma voz doce e clara que conhecia tão bem, dizendo:  "Informações."  Eu não tinha planejado isso, mas me peguei perguntando: "Você sabe como se escreve 'exceção'?" Houve uma longa pausa.  Então, veio uma resposta suave:  "Eu acho que o seu dedo já melhorou, Paul."  Eu ri. "Então, é você mesma!", eu disse. "Você não imagina como era importante para mim naquele tempo."  - " Eu imagino",  ela disse.  "E você não sabe o quanto significavam para mim aquelas ligações. Eu não tenho filhos e ficava esperando todos os dias que você ligasse."
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
A mensagem dizia:  "Diga à ele que eu ainda acredito que existem outros mundos onde a gente pode cantar também. Ele vai entender."
Eu agradeci e desliguei.  Eu entendi...
NUNCA SUBESTIME A "MARCA" QUE VOCÊ DEIXA NAS PESSOAS Autor Desconhecido
Se Você recebeu esta mensagem é porque deixou marcas em meu coração. Envie a quem deixou marcas em Você.
Créditos Colaboração:  Zenaide Nascimento Gráfico:  Lala  - Site Desativado Música:  So Far Away – Rod Stewart Formatação:  Luana Rodrigues Todos os Direitos Reservados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Novo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office wordNovo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office word
guest4bc3c2
 
A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)
A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)
A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)
alessandracristina35
 
H I S TÓ R I A S Q U E A 5ª B C O N T A V E R SÃ O A N T E R I O R D...
H I S TÓ R I A S  Q U E  A 5ª  B  C O N T A    V E R SÃ O  A N T E R I O R  D...H I S TÓ R I A S  Q U E  A 5ª  B  C O N T A    V E R SÃ O  A N T E R I O R  D...
H I S TÓ R I A S Q U E A 5ª B C O N T A V E R SÃ O A N T E R I O R D...
enir.ester
 
Misterioso 3 serie selvagem irresistivel
Misterioso 3   serie selvagem irresistivel Misterioso 3   serie selvagem irresistivel
Misterioso 3 serie selvagem irresistivel
Nádia Jss
 

Mais procurados (16)

Trecho Simplesmente acontece
Trecho Simplesmente aconteceTrecho Simplesmente acontece
Trecho Simplesmente acontece
 
Cap 13
Cap 13Cap 13
Cap 13
 
Momentos de verdade
Momentos de verdadeMomentos de verdade
Momentos de verdade
 
Novo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office wordNovo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office word
 
Parte 10
Parte 10Parte 10
Parte 10
 
Autobiografia
AutobiografiaAutobiografia
Autobiografia
 
Dempeo
Dempeo Dempeo
Dempeo
 
Autobiografia
AutobiografiaAutobiografia
Autobiografia
 
C:\Fakepath\PortefóLio Reflexivo De Aprendizagem
C:\Fakepath\PortefóLio Reflexivo De AprendizagemC:\Fakepath\PortefóLio Reflexivo De Aprendizagem
C:\Fakepath\PortefóLio Reflexivo De Aprendizagem
 
A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)
A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)
A corrente-da-vida-walcyr-carrasco-1pdf (1)
 
A dama de preto
A dama de pretoA dama de preto
A dama de preto
 
H I S TÓ R I A S Q U E A 5ª B C O N T A V E R SÃ O A N T E R I O R D...
H I S TÓ R I A S  Q U E  A 5ª  B  C O N T A    V E R SÃ O  A N T E R I O R  D...H I S TÓ R I A S  Q U E  A 5ª  B  C O N T A    V E R SÃ O  A N T E R I O R  D...
H I S TÓ R I A S Q U E A 5ª B C O N T A V E R SÃ O A N T E R I O R D...
 
Humor e ensino: Helio Sant'Anna - Professor do Colégio Pedro II
Humor e ensino: Helio Sant'Anna - Professor do Colégio Pedro IIHumor e ensino: Helio Sant'Anna - Professor do Colégio Pedro II
Humor e ensino: Helio Sant'Anna - Professor do Colégio Pedro II
 
Autobiografia
AutobiografiaAutobiografia
Autobiografia
 
Cinco Lições de Vida
Cinco  Lições de  VidaCinco  Lições de  Vida
Cinco Lições de Vida
 
Misterioso 3 serie selvagem irresistivel
Misterioso 3   serie selvagem irresistivel Misterioso 3   serie selvagem irresistivel
Misterioso 3 serie selvagem irresistivel
 

Destaque

Apresentacao telexfree usa
Apresentacao telexfree usaApresentacao telexfree usa
Apresentacao telexfree usa
Romildo Costa
 
Redes de computadorass
Redes de computadorassRedes de computadorass
Redes de computadorass
4Life Research
 
Graceful degradation & Progressive enhancement
Graceful degradation & Progressive enhancementGraceful degradation & Progressive enhancement
Graceful degradation & Progressive enhancement
The Rolling Scopes
 
PRESENTACION INFORMATICA
PRESENTACION INFORMATICAPRESENTACION INFORMATICA
PRESENTACION INFORMATICA
puppy1976
 
Wandeling naar urquel, 2013
Wandeling naar urquel, 2013Wandeling naar urquel, 2013
Wandeling naar urquel, 2013
deberghut
 
Lesson2 1-1-1
Lesson2 1-1-1Lesson2 1-1-1
Lesson2 1-1-1
miamichi
 
Saint Pétersbourg vista de um balão
Saint Pétersbourg vista de um balãoSaint Pétersbourg vista de um balão
Saint Pétersbourg vista de um balão
Luiz Carlos Dias
 
Ecomuseo molino el pintado 2012 2
Ecomuseo molino el pintado 2012   2Ecomuseo molino el pintado 2012   2
Ecomuseo molino el pintado 2012 2
isabelgomesrosa
 
Campo girante linkadofundamentosdasmaquinasca
Campo girante linkadofundamentosdasmaquinascaCampo girante linkadofundamentosdasmaquinasca
Campo girante linkadofundamentosdasmaquinasca
Angelo Hafner
 

Destaque (20)

Apresentacao telexfree usa
Apresentacao telexfree usaApresentacao telexfree usa
Apresentacao telexfree usa
 
Pengenalan Ringkas: NHibernate ORM
Pengenalan Ringkas: NHibernate ORMPengenalan Ringkas: NHibernate ORM
Pengenalan Ringkas: NHibernate ORM
 
500 miles fun video. Megan, Lizzie, Stacey.
500 miles fun video. Megan, Lizzie, Stacey.500 miles fun video. Megan, Lizzie, Stacey.
500 miles fun video. Megan, Lizzie, Stacey.
 
Redes de computadorass
Redes de computadorassRedes de computadorass
Redes de computadorass
 
Graceful degradation & Progressive enhancement
Graceful degradation & Progressive enhancementGraceful degradation & Progressive enhancement
Graceful degradation & Progressive enhancement
 
Ami hij@
Ami hij@Ami hij@
Ami hij@
 
Auditoria informatica
Auditoria informaticaAuditoria informatica
Auditoria informatica
 
Monet e Shakespare
Monet e ShakespareMonet e Shakespare
Monet e Shakespare
 
PRESENTACION INFORMATICA
PRESENTACION INFORMATICAPRESENTACION INFORMATICA
PRESENTACION INFORMATICA
 
Wandeling naar urquel, 2013
Wandeling naar urquel, 2013Wandeling naar urquel, 2013
Wandeling naar urquel, 2013
 
วันแม่
วันแม่วันแม่
วันแม่
 
Cordoba | Meetings and Incentive Travel Destination
Cordoba | Meetings and Incentive Travel Destination Cordoba | Meetings and Incentive Travel Destination
Cordoba | Meetings and Incentive Travel Destination
 
Habla, lenguaje, y escritura
Habla, lenguaje, y escrituraHabla, lenguaje, y escritura
Habla, lenguaje, y escritura
 
Lesson2 1-1-1
Lesson2 1-1-1Lesson2 1-1-1
Lesson2 1-1-1
 
Saint Pétersbourg vista de um balão
Saint Pétersbourg vista de um balãoSaint Pétersbourg vista de um balão
Saint Pétersbourg vista de um balão
 
Heroi por acaso ingles
Heroi por acaso inglesHeroi por acaso ingles
Heroi por acaso ingles
 
Ecomuseo molino el pintado 2012 2
Ecomuseo molino el pintado 2012   2Ecomuseo molino el pintado 2012   2
Ecomuseo molino el pintado 2012 2
 
Campo girante linkadofundamentosdasmaquinasca
Campo girante linkadofundamentosdasmaquinascaCampo girante linkadofundamentosdasmaquinasca
Campo girante linkadofundamentosdasmaquinasca
 
ART POMPÉIA - EVEN SÃO PAULO
ART POMPÉIA - EVEN SÃO PAULOART POMPÉIA - EVEN SÃO PAULO
ART POMPÉIA - EVEN SÃO PAULO
 
Panamá es...
Panamá es...Panamá es...
Panamá es...
 

Semelhante a A Marca

Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
pribeletato
 

Semelhante a A Marca (20)

Conto ii a casa
Conto ii a casaConto ii a casa
Conto ii a casa
 
Lendas e causos
Lendas e causosLendas e causos
Lendas e causos
 
O Capuchinho Verde
O Capuchinho VerdeO Capuchinho Verde
O Capuchinho Verde
 
O Capuchinho Verde
O Capuchinho VerdeO Capuchinho Verde
O Capuchinho Verde
 
Skins the novel
Skins   the novelSkins   the novel
Skins the novel
 
Diário de uma totó
Diário de uma totóDiário de uma totó
Diário de uma totó
 
Pressão
PressãoPressão
Pressão
 
A menina e a maça
A menina e a maçaA menina e a maça
A menina e a maça
 
Tipo assim
Tipo assimTipo assim
Tipo assim
 
Tipo
TipoTipo
Tipo
 
Tipo assim...
Tipo assim...Tipo assim...
Tipo assim...
 
Tipo
TipoTipo
Tipo
 
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
 
Lendas e causos
Lendas e causosLendas e causos
Lendas e causos
 
Rapaz da bicicleta azul
Rapaz da bicicleta azulRapaz da bicicleta azul
Rapaz da bicicleta azul
 
livrorodra
livrorodralivrorodra
livrorodra
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
 
Texto o despertar do silencio
Texto o despertar do silencioTexto o despertar do silencio
Texto o despertar do silencio
 
Edit 1
Edit 1Edit 1
Edit 1
 
Giselda laporta
Giselda laportaGiselda laporta
Giselda laporta
 

Mais de Luiz Carlos Dias

Mais de Luiz Carlos Dias (20)

Portugal - Castelos e palácios
Portugal - Castelos e paláciosPortugal - Castelos e palácios
Portugal - Castelos e palácios
 
Serra da Estrela - Portugal
Serra da Estrela - PortugalSerra da Estrela - Portugal
Serra da Estrela - Portugal
 
Sevilha - Espanha
Sevilha - EspanhaSevilha - Espanha
Sevilha - Espanha
 
Malmö - Suécia - Cidade ecológica
Malmö - Suécia - Cidade ecológicaMalmö - Suécia - Cidade ecológica
Malmö - Suécia - Cidade ecológica
 
Geniale bilder
Geniale bilderGeniale bilder
Geniale bilder
 
A rota dos faraós
A rota dos faraósA rota dos faraós
A rota dos faraós
 
Inglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy HeadInglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy Head
 
Hotéis em Las Vegas - EUA
Hotéis em Las Vegas - EUAHotéis em Las Vegas - EUA
Hotéis em Las Vegas - EUA
 
Paris - França
Paris - FrançaParis - França
Paris - França
 
Palácio da Foz - Lisboa
Palácio da Foz  - LisboaPalácio da Foz  - Lisboa
Palácio da Foz - Lisboa
 
Festival Glace Neige
Festival Glace NeigeFestival Glace Neige
Festival Glace Neige
 
A sensação de sede
A sensação de sedeA sensação de sede
A sensação de sede
 
Portugal é lindo visto do céu
Portugal é lindo visto do céuPortugal é lindo visto do céu
Portugal é lindo visto do céu
 
Itália
ItáliaItália
Itália
 
Mãos
MãosMãos
Mãos
 
Avenida Presidente Vargas - O antes, o durante e o depois
Avenida Presidente Vargas - O antes,  o durante e o depoisAvenida Presidente Vargas - O antes,  o durante e o depois
Avenida Presidente Vargas - O antes, o durante e o depois
 
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro
Arraial do Cabo - Rio de JaneiroArraial do Cabo - Rio de Janeiro
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro
 
Inglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy HeadInglaterra - Beachy Head
Inglaterra - Beachy Head
 
A travessia do caminho
A travessia do caminhoA travessia do caminho
A travessia do caminho
 
La route des pharaons
La route des pharaonsLa route des pharaons
La route des pharaons
 

A Marca

  • 2. Quando eu era criança, bem novinha, meu pai comprou o primeiro telefone da nossa vizinhança. Eu ainda me lembro daquele aparelho preto e brilhante que ficava na cômoda da sala. Eu era muito pequeno para alcançar o telefone, mas ficava ouvindo fascinado enquanto minha mãe falava com alguém. Então, um dia eu descobri que dentro daquele objeto maravilhoso morava uma pessoa legal. O nome dela era "Uma informação, por favor" e não havia nada que ela não soubesse. "Uma informação, por favor" poderia fornecer qualquer número de telefone e até a hora certa.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. - "Então pegue um cubo de gelo e passe no seu dedo", disse a voz. Depois daquele dia, eu ligava para "Uma informação, por  favor" por qualquer motivo. Ela me ajudou com as minhas dúvidas de geografia e me ensinou onde ficava a Filadélfia. Ela me ajudou com os exercícios de matemática. Ela me ensinou que o pequeno esquilo que eu trouxe do bosque deveria comer nozes e frutinhas.
  • 7. Então, um dia, Petey, meu canário, morreu. Eu liguei para "Uma informação, por favor" e contei o ocorrido.  Ela escutou e começou a falar aquelas coisas que se dizem para uma criança que está crescendo. Mas eu estava  inconsolável. Eu perguntava: "Por que é que os passarinhos cantam tão  lindamente e trazem tanta alegria pra gente para, no fim, acabar como um monte de penas no fundo de uma gaiola?"  Ela deve ter compreendido a minha preocupação, porque acrescentou mansamente: "Paul, sempre lembre que existem outros mundos onde a gente pode cantar também..." De  alguma maneira, depois disso eu me senti melhor.
  • 8. No outro dia, lá estava eu de novo. "Informações.", disse a voz já tão familiar. "Você sabe como se escreve 'exceção'?" Tudo isso aconteceu na minha cidade natal ao norte do Pacifico. Quando eu tinha 9 anos, nós nos mudamos para Boston. Eu sentia muita falta da minha amiga. "Uma informação, por favor" pertencia aquele velho aparelho telefônico preto e eu não sentia nenhuma atração pelo nosso novo aparelho telefônico branquinho que ficava na nova cômoda na nova sala.
  • 9. Conforme eu crescia, as lembranças daquelas conversas infantis nunca saiam da minha memória. Freqüentemente,em momentos de duvida ou perplexidade, eu tentava recuperar o sentimento calmo de segurança que eu tinha naquele tempo. Hoje eu entendo como ela era paciente, compreensiva e gentil ao perder tempo atendendo as ligações de um menininho.
  • 10. Alguns anos depois, quando estava indo para a faculdade, meu avião teve uma escala em Seattle. Eu teria mais ou menos meia hora entre os dois vôos. Falei ao telefone com minha irmã, que morava lá, por 15  minutos. Então, sem nem mesmo sentir que estava fazendo isso, disquei o número da operadora daquela minha cidade natal e pedi: - "Uma informação, por favor."
  • 11. Como num milagre, eu ouvi a mesma voz doce e clara que conhecia tão bem, dizendo: "Informações." Eu não tinha planejado isso, mas me peguei perguntando: "Você sabe como se escreve 'exceção'?" Houve uma longa pausa. Então, veio uma resposta suave: "Eu acho que o seu dedo já melhorou, Paul." Eu ri. "Então, é você mesma!", eu disse. "Você não imagina como era importante para mim naquele tempo." - " Eu imagino", ela disse. "E você não sabe o quanto significavam para mim aquelas ligações. Eu não tenho filhos e ficava esperando todos os dias que você ligasse."
  • 12.
  • 13.
  • 14. A mensagem dizia: "Diga à ele que eu ainda acredito que existem outros mundos onde a gente pode cantar também. Ele vai entender."
  • 15. Eu agradeci e desliguei. Eu entendi...
  • 16. NUNCA SUBESTIME A "MARCA" QUE VOCÊ DEIXA NAS PESSOAS Autor Desconhecido
  • 17. Se Você recebeu esta mensagem é porque deixou marcas em meu coração. Envie a quem deixou marcas em Você.
  • 18. Créditos Colaboração: Zenaide Nascimento Gráfico: Lala - Site Desativado Música: So Far Away – Rod Stewart Formatação: Luana Rodrigues Todos os Direitos Reservados