SlideShare uma empresa Scribd logo
MODELO
TEXTO BÍBLICO
Hebreus 1:1
• Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou
muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos
antepassados,
DESTAQUE
• 2 Pd 1:22 - Agora que vocês já se purificaram pela
obediência à verdade e agora que já têm um amor
sincero pelos irmãos na fé, amem uns aos outros
com todas as forças e com um coração puro.
I – Deus falou aos primeiros homens.
• Desde o início, Deus falou diretamente conosco.
• Com Adão e Eva: Gn 2:16,17; Gn 3:9-13
• Com Caim: Gn 4:6,7
• Com Noé: Gn 6:13-21
• Com Abraão: Gn 12:1-3
• Com Moisés: Ex 3:4-5
• Deus usa diversos métodos para se comunicar com o
homem. Neste estudo vamos examinar alguns desses
métodos:
1. A PALAVRA ESCRITA
• Deus fala ao homem através de Sua Palavra escrita.
Deus já não necessita falar-nos acerca das coisas que
Ele revelou nas Escrituras. Quando Deus usa outros
métodos para comunicar-se, eles nunca contradirão Sua
Palavra escrita.
2. A ORAÇÃO
• Há muitos exemplos bíblicos de Deus falando como
resultado da oração. Onde o principal efeito da oração
esta em efetuar paciência e fé no homem natural,
aguardando o tempo e os propósitos de Deus em
nossas vidas.
• A oração e o Jejum resultaram em Deus falando a Paulo
e Barnabé: “E, servindo eles ao Senhor e jejuando,
disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e
Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então,
jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os
despediram” (Atos 13.2-3).
• A) Oração é incluir o pedido para o cumprimento da
vontade de Deus sobre a terra.
• Jesus ensinou aos Seus seguidores a orar:
• “Venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na
terra como no céu” (Mateus 6.10).
• B) Jesus orou pela direção de Deus antes da seleção de
Seus discípulos:
• “Naqueles dias, retirou-se para o monte, a fim de
orar, e passou a noite orando a Deus” (Lucas 6.12-
13).
• C) Jesus orou acerca da vontade de Deus antes de Sua
morte: “Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este
cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim
a tua” (Lucas 22.42).
3. AS CIRCUNSTÂNCIAS
• Paulo escreveu algumas palavras interessantes em 1
Tessalonicenses 2.18. Ele disse aos crentes de
Tessalônica que ele foi impedido por Satanás e visitá-
los.
• Nada ocorre fora do conhecimento de Deus. Mesmo
quando as circunstâncias bloqueiam o que você poderia
perceber ser a vontade de Deus, Ele ainda está no
controle. Deus pode tomar qualquer ato, seja de
Satanás ou do homem, e o usa para Seus próprios
propósitos.
• Nós temos uma promessa maravilhosa de Deus com
respeito às circunstâncias: “Sabemos que todas as
coisas cooperam para o bem daqueles que amam a
Deus, daqueles que são chamados segundo o seu
propósito” (Romanos 8.28).
5. SONHOS
• Deus deseja tanto se comunicar conosco que Ele
inclusive fala enquanto nós dormimos! Deus fala nos
sonhos. Estes não são os sonhos normais
experimentados por todos. Eles são sonhos
sobrenaturais dados por Deus. Eles são detalhados,
específicos, e revelam Sua vontade.
• Exemplos bíblicos: Gênesis
20.3; Gênesis 37; 1 Reis
3.5; Mateus 2.12-13.
• Esses são apenas alguns
dos muitos exemplos de
como Deus se comunica
através de sonhos.
• 6. VISÕES
• Uma visão é parecida com um sonho, porém é diferente
porque você está acordado. É como ter um sonho sem
estar dormindo.
• As visões podem ser vistas com os olhos espirituais
assim como os olhos físicos. Isto significa que você não
pode vê-lo realmente com seu olho natural, porém Deus
lhe dá um quadro de algo em seu espírito.
• Exemplos bíblicos onde as visões foram usadas por
Deus para comunicar-se com o homem: Gênesis 15;.
Atos 10; Atos 16.9; Atos 18.9-10.
7. UMA VOZ AUDÍVEL
• A Bíblia está cheia de declarações como “e Deus disse”
ou referências ao fato de que Deus “falou” ou “ordenou”.
Freqüentemente esta era uma voz audível. Porém, há
outra voz através da qual Deus fala...
8. A VOZ INTERIOR DO ESPÍRITO SANTO
• Mais freqüentemente do que uma voz audível, Deus usa
a voz interior do Espírito Santo para falar ao homem.
Isto se chama “ser guiado pelo Espírito”: “Pois todos os
que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de
Deus” (Romanos 8.14).
• Uma alma morta em pecado, sem a vida espiritual, não
pode ser guiada pelo Espírito Santo. O ser guiado pelo
Espírito também assume que você é incapaz de dirigir a
si mesmo.
• Quando você experimenta o novo nascimento de
salvação, Deus lhe dá um novo espírito que é receptivo
a Suas comunicações:
• “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós
espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e
vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o
meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos,
guardeis os meus juízos e os observeis” (Ezequiel
36.26-27).
• Quando você é guiado pelo Espírito, a vontade de Deus
é revelada a seu espírito pelo Espírito Santo.
• Uma vez durante uma jornada de barco, o apóstolo
Paulo advertiu ao capitão do navio: “... Senhores, vejo
que a viagem vai ser trabalhosa, com dano e muito
prejuízo, não só da carga e do navio, mas também
da nossa vida” (Atos 27.10).
• Paulo não disse “eu tive uma visão”. Ele não
reivindicou ter um sonho ou que Deus lhe havia falado
de forma audível. Seu espírito tinha um testemunho de
Deus e esse testemunho demonstrou ser correto.
• A consciência é a voz do espírito do homem,
convencendo e dirigindo à perfeita vontade de Deus.
• O Espírito Santo fala ao seu espírito. O espírito
convence a consciência. Através disto você é levado a
conformar-se com a vontade de Deus.
• Quando o Espírito Santo fala ao seu espírito, a
consciência é convencida, porém se você continua
ignorando-a, sua consciência pode tornar-se
“cauterizada”.
• Isto significa que ela se endurece à convicção do
Espírito Santo: “Pela hipocrisia dos que falam
mentiras e que têm cauterizada a própria
consciência” (1 Tm 4.2).
9. OS DONS DO ESPÍRITO SANTO
• Os dons espirituais também são usados por Deus para
falar ao homem. Os dons espirituais são habilidades
especiais dadas pelo Espírito Santo.
• 4 O que fala em língua desconhecida edifica-se a si
mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.
• 6 E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em
línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou
por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia,
ou da doutrina?
• 15 Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas
também orarei com o entendimento; cantarei com o
espírito, mas também cantarei com o entendimento.
• 19 Todavia eu antes quero falar na igreja cinco
palavras na minha própria inteligência, para que
possa também instruir os outros, do que dez mil
palavras em língua desconhecida. (1 Coríntios 14)
• Há um dom de línguas através do qual Deus fala ao
homem em um idioma que ele não conhece.
• A interpretação de Deus acompanha que a
mensagem seja interpretada.
• Há também o dom de profecia que traz uma mensagem
diretamente de Deus a Seu povo. Há um dom chamado
de discernimento através do qual Deus comunica sobre
os espíritos que operam em outros.
• Deus também se comunica através dos dons de
sabedoria e conhecimento. Estes dons proporcionam a
visão divina sobre as pessoas e circunstâncias além do
que é conhecido pela mente natural. Circunstância essa
em que a Palavra de Deus esta sendo anunciada. ELA
É A REVELAÇÃO ESCRITA.
• 1 Co 14:29-33
• 29-Tratando-se de profetas, falem dois ou três, e os
outros julguem cuidadosamente o que foi dito.
• 30-Se vier uma revelação a alguém que está
sentado, cale-se o primeiro.
• 31-Pois vocês todos podem profetizar, cada um por
sua vez, de forma que todos sejam instruídos e
encorajados.
• 32-O espírito dos profetas está sujeito aos profetas.
• 33-Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz.
• Como em todas as congregações dos santos,
II – Deus falou aos homens por
meio dos profetas
Deus fala por meio de seus profetas
• Jeová designa profetas para transmitir mensagens sobre
julgamento, adoração pura e a esperança messiânica
• DURANTE o período dos reis de Israel e de Judá,
entrou em cena um grupo especial de homens — os
profetas. Eram homens de extraordinária fé e coragem
que transmitiram os pronunciamentos de Deus.
Considere quatro temas importantes apresentados por
esses profetas de Deus.
1. A destruição de Jerusalém.
• Com muita antecedência, os profetas de Deus Isaías e
Jeremias em especial começaram a alertar que
Jerusalém seria destruída e abandonada. (Is 17:1-3) -
• Em Jeremias Sua mensagem é triste, pois suas
pregações e as de outros profetas anteriores foram
rejeitadas por um povo rebelde que insistiu em caminhar
para o castigo divino, a destruição pelas mãos dos
babilônios.
• Jeremias Cap. 2 a 25 contém profecias contra o povo de
Judá e seus líderes civis e religiosos. A famosa profecia
de 70 anos de cativeiro se encontra no capítulo 25.
2. A restauração da adoração pura.
• Depois de 70 anos no exílio, o povo de Deus seria
libertado de Babilônia.
• Eles voltariam para a sua desabitada terra de origem e
reconstruiriam o templo de Jeová em Jerusalém.
• (Jeremias 46:27; Amós 9:13-15) Com uns 200 anos de
antecedência, Isaías predisse o nome do conquistador
— Ciro — que derrotaria Babilônia e permitiria que o
povo de Deus restaurasse a adoração pura.
• Isaías até mesmo detalhou a incomum estratégia de
batalha de Ciro. — Isaías 44:24–45:3.
3. A chegada do Messias e as experiências que viveria.
• O Messias nasceria na cidade de Belém. (Miqueias 5:2)
Ele seria humilde, e entraria em Jerusalém montado
num jumento.
• (Zacarias 9:9) Embora fosse gentil e bondoso, seria
impopular e muitos o rejeitariam. (Isaías 42:1-3; 53:1, 3)
Sofreria uma morte cruel. Seria esse o fim definitivo de
sua vida? Não, pois o seu sacrifício visava possibilitar
para muitos o perdão de seus pecados. (Isaías 53:4,
5, 9-12) Apenas a sua ressurreição poderia realizar isso.
III – Atualmente o Senhor tem falado
por intermédio do seu Filho
• "Deus ainda fala a nós hoje?“
• E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos
a sua glória, como a glória do unigênito do Pai,
cheio de graça e de verdade. (Jo 1:14).
• Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu
vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a
vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. (João 16:7).
• Deus sim fala às pessoas nos dias de hoje.
• Primeiramente, Deus nos fala através de Sua Palavra
(II Timóteo 3:16-17).
• Isaías 55:11 nos diz:
• “Assim será a minha palavra, que sair da minha
boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o
que me apraz, e prosperará naquilo para que a
enviei.”
• A Bíblia registra as palavras de Deus a nós em tudo o
que precisamos saber para que sejamos salvos e
vivamos a vida cristã.
• Em segundo lugar, Deus fala través de impressões,
acontecimentos e pensamentos.
• Deus nos ajuda a discernir o certo do errado através de
nossas consciências (I Timóteo 1:5; I Pedro 3:16).
• Deus permite que aconteçam coisas em nossas vidas
com o objetivo de nos direcionar, transformar e ajudar,
para que cresçamos espiritualmente (Tiago 1:2-5;
Hebreus 12:5-11).
• I Pedro 1:6-7 nos lembra que:
• “Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora
importa, sendo necessário, que estejais por um pouco
contristados com várias tentações, para que a prova da
vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece
e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e
glória, na revelação de Jesus Cristo.”
• Para finalizar, Deus pode às vezes falar audi-
velmente às pessoas.
• É altamente questionável, entretanto, que isto ocorra
com tanta freqüência como dizem alguns.
Deus não se contradiz.
• II Timóteo 3:16-17 diz: “Toda a Escritura é inspirada por
Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a
correção, para a educação na justiça, a fim de que o
homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado
para toda boa obra.”
• I Pedro 1:6-7 nos lembra que:
• “Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que
agora importa, sendo necessário, que estejais por
um pouco contristados com várias tentações, para
que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que
o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em
louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus
Cristo.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
José Carlos Polozi
 
Princípios cristãos básicos para crianças
Princípios cristãos básicos para criançasPrincípios cristãos básicos para crianças
Princípios cristãos básicos para crianças
Freekidstories
 
A regeneração (j. c. ryle)
A regeneração (j. c. ryle)A regeneração (j. c. ryle)
A regeneração (j. c. ryle)
Deusdete Soares
 
Lição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de Deus
Lição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de DeusLição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de Deus
Lição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de Deus
Éder Tomé
 
A Palavra de Deus em ação
A Palavra de Deus em açãoA Palavra de Deus em ação
A Palavra de Deus em ação
Freekidstories
 
R. r. soares como tomar posse da bênção
R. r. soares   como tomar posse da bênçãoR. r. soares   como tomar posse da bênção
R. r. soares como tomar posse da bênção
Libelula Red
 
Andando no espírito dave roberson
Andando no espírito   dave robersonAndando no espírito   dave roberson
Andando no espírito dave roberson
Deusdete Soares
 
Como estudar a bíblia
Como estudar a bíbliaComo estudar a bíblia
Como estudar a bíblia
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, MaravilhosoConheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
José Arnaldo
 
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
boasnovassena
 
Pedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdão
Pedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdãoPedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdão
Pedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdão
Freekidstories
 
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da faltaMuitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
antonio ferreira
 
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPOLIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
Natalino das Neves Neves
 
Lição9
Lição9Lição9
Lição9
gsansoa1
 
Kenneth e.hagin setepassosvitaisparar
Kenneth e.hagin setepassosvitaispararKenneth e.hagin setepassosvitaisparar
Kenneth e.hagin setepassosvitaisparar
Keller Maviane
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: Memorização
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: MemorizaçãoAs 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: Memorização
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: Memorização
Freekidstories
 
O poder da palavra de Deus
O poder da palavra de DeusO poder da palavra de Deus
O poder da palavra de Deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
Joel Silva
 
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Carlos Allvarenga
 

Mais procurados (20)

[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
[EBD Maranata] Lição 06 - Neemias lidera um genuíno avivamento | Revista: Nee...
 
Princípios cristãos básicos para crianças
Princípios cristãos básicos para criançasPrincípios cristãos básicos para crianças
Princípios cristãos básicos para crianças
 
A regeneração (j. c. ryle)
A regeneração (j. c. ryle)A regeneração (j. c. ryle)
A regeneração (j. c. ryle)
 
Lição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de Deus
Lição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de DeusLição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de Deus
Lição 9 - Como Vencer as Oposições à obra de Deus
 
A Palavra de Deus em ação
A Palavra de Deus em açãoA Palavra de Deus em ação
A Palavra de Deus em ação
 
R. r. soares como tomar posse da bênção
R. r. soares   como tomar posse da bênçãoR. r. soares   como tomar posse da bênção
R. r. soares como tomar posse da bênção
 
Andando no espírito dave roberson
Andando no espírito   dave robersonAndando no espírito   dave roberson
Andando no espírito dave roberson
 
Como estudar a bíblia
Como estudar a bíbliaComo estudar a bíblia
Como estudar a bíblia
 
Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, MaravilhosoConheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
 
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
 
Pedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdão
Pedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdãoPedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdão
Pedrinhas Brilhantes: Deus, Jesus, seguir Jesus, obediência e perdão
 
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da faltaMuitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
Muitas pessoas não conseguem receber o que eles oram por causa da falta
 
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPOLIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
LIÇÃO 13 - TEMA A DEUS EM TODO TEMPO
 
Lição9
Lição9Lição9
Lição9
 
Kenneth e.hagin setepassosvitaisparar
Kenneth e.hagin setepassosvitaispararKenneth e.hagin setepassosvitaisparar
Kenneth e.hagin setepassosvitaisparar
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: Memorização
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: MemorizaçãoAs 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: Memorização
As 12 Pedras do Alicerce — Aula 1B: Memorização
 
O poder da palavra de Deus
O poder da palavra de DeusO poder da palavra de Deus
O poder da palavra de Deus
 
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 05 Adultos
 
Elementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosaElementos para uma oraçao vitoriosa
Elementos para uma oraçao vitoriosa
 

Destaque

Slideshare Umapp club.ppt
Slideshare Umapp club.pptSlideshare Umapp club.ppt
Slideshare Umapp club.ppt
Christian Person
 
Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250
Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250
Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250
ee
 
Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016
Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016
Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016
Michele Rucco
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
Joel Silva
 
2ºtrimestre 2016 adolescentes lição 13
2ºtrimestre 2016 adolescentes lição 132ºtrimestre 2016 adolescentes lição 13
2ºtrimestre 2016 adolescentes lição 13
Joel Silva
 
How Stihl Corporation Impacts Americans
How Stihl Corporation Impacts AmericansHow Stihl Corporation Impacts Americans
How Stihl Corporation Impacts Americans
Michael Hovan
 
Truyện Tây Du Ký
Truyện Tây Du KýTruyện Tây Du Ký
Truyện Tây Du Ký
Chiến Thắng Bản Thân
 
Robota моя
Robota   мояRobota   моя
Robota моя
Lala Lalala
 
Bolivar lima
Bolivar limaBolivar lima
Bolivar lima
Benigno Lima
 
Surat undangan pribadi
Surat undangan pribadiSurat undangan pribadi
Surat undangan pribadi
Danu Putra
 
Telepathy Presentation at AWE2013
Telepathy Presentation at AWE2013Telepathy Presentation at AWE2013
Telepathy Presentation at AWE2013
TelepathyInc
 
SMA
SMA SMA
Tunisia
TunisiaTunisia
Role Of ERP In Supply Chain
Role Of ERP In Supply ChainRole Of ERP In Supply Chain
Role Of ERP In Supply Chain
Joydeep Mukherjee
 

Destaque (15)

Slideshare Umapp club.ppt
Slideshare Umapp club.pptSlideshare Umapp club.ppt
Slideshare Umapp club.ppt
 
Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250
Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250
Disjuntores termomagneticos e eletronicos 250
 
Cap scocom
Cap scocomCap scocom
Cap scocom
 
Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016
Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016
Convegni Firenze e Cecina 15-16.04.2016
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
 
2ºtrimestre 2016 adolescentes lição 13
2ºtrimestre 2016 adolescentes lição 132ºtrimestre 2016 adolescentes lição 13
2ºtrimestre 2016 adolescentes lição 13
 
How Stihl Corporation Impacts Americans
How Stihl Corporation Impacts AmericansHow Stihl Corporation Impacts Americans
How Stihl Corporation Impacts Americans
 
Truyện Tây Du Ký
Truyện Tây Du KýTruyện Tây Du Ký
Truyện Tây Du Ký
 
Robota моя
Robota   мояRobota   моя
Robota моя
 
Bolivar lima
Bolivar limaBolivar lima
Bolivar lima
 
Surat undangan pribadi
Surat undangan pribadiSurat undangan pribadi
Surat undangan pribadi
 
Telepathy Presentation at AWE2013
Telepathy Presentation at AWE2013Telepathy Presentation at AWE2013
Telepathy Presentation at AWE2013
 
SMA
SMA SMA
SMA
 
Tunisia
TunisiaTunisia
Tunisia
 
Role Of ERP In Supply Chain
Role Of ERP In Supply ChainRole Of ERP In Supply Chain
Role Of ERP In Supply Chain
 

Semelhante a 4º trimestre 2015 adolescentes lição 06

ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf
ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdfETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf
ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf
AlexDoAprisco1
 
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Noimix
 
Profecia
ProfeciaProfecia
Dom de profecia
Dom de profeciaDom de profecia
Dom de profecia
Pastor Robson Colaço
 
Vida devocional 1
Vida devocional 1Vida devocional 1
Vida devocional 1
Dagmar Wendt
 
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Gerson G. Ramos
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusPalavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Adriano Gonçalves Martins
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
Rodrigo Bomfim
 
As grandes exclamações da biblia
As grandes exclamações da bibliaAs grandes exclamações da biblia
As grandes exclamações da biblia
Daniel de Carvalho Luz
 
estudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdf
estudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdfestudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdf
estudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdf
Tiago Silva
 
O MINISTÉRIO PROFÉTICO
O MINISTÉRIO PROFÉTICOO MINISTÉRIO PROFÉTICO
O MINISTÉRIO PROFÉTICO
Wanderclayson Marques
 
Bibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxx
Bibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx         xxxxxBibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx         xxxxx
Bibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxx
Sergio Nunes
 
bibliologia.pdf
bibliologia.pdfbibliologia.pdf
bibliologia.pdf
monetizadotiktok5
 
Apologética (Aula 1): Bases da Fé Cristã
Apologética (Aula 1): Bases da Fé CristãApologética (Aula 1): Bases da Fé Cristã
Apologética (Aula 1): Bases da Fé Cristã
Gustavo Zimmermann
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
Quenia Damata
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx
Joel Silva
 
Os presentes de Deus
Os presentes de DeusOs presentes de Deus
Os presentes de Deus
Alex Olivindo
 
2022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 012022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 01
JoelSilva477650
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
Joel Silva
 

Semelhante a 4º trimestre 2015 adolescentes lição 06 (20)

ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf
ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdfETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf
ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf
 
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
 
Profecia
ProfeciaProfecia
Profecia
 
Dom de profecia
Dom de profeciaDom de profecia
Dom de profecia
 
Vida devocional 1
Vida devocional 1Vida devocional 1
Vida devocional 1
 
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
 
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para DeusPalavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
Palavra: Genesis e a Redenção - Separados para Deus
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
 
As grandes exclamações da biblia
As grandes exclamações da bibliaAs grandes exclamações da biblia
As grandes exclamações da biblia
 
estudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdf
estudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdfestudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdf
estudosobreoespritosanto-140127190800-phpapp01 (1).pdf
 
O MINISTÉRIO PROFÉTICO
O MINISTÉRIO PROFÉTICOO MINISTÉRIO PROFÉTICO
O MINISTÉRIO PROFÉTICO
 
Bibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxx
Bibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx         xxxxxBibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx         xxxxx
Bibliologiaxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxx
 
bibliologia.pdf
bibliologia.pdfbibliologia.pdf
bibliologia.pdf
 
Apologética (Aula 1): Bases da Fé Cristã
Apologética (Aula 1): Bases da Fé CristãApologética (Aula 1): Bases da Fé Cristã
Apologética (Aula 1): Bases da Fé Cristã
 
O caráter de Deus
O caráter de DeusO caráter de Deus
O caráter de Deus
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 07.pptx
 
Os presentes de Deus
Os presentes de DeusOs presentes de Deus
Os presentes de Deus
 
2022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 012022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 01
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
 

Mais de Joel Silva

E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13
E.b.d   adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13E.b.d   adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13
E.b.d adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
Joel Silva
 
Ebd adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02
Ebd   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02Ebd   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02
Ebd adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02
Joel Silva
 
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentesEbd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Joel Silva
 
Ebd adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12
Ebd   adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12Ebd   adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12
Ebd adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12
Joel Silva
 
E.b.d adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04
E.b.d  adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04E.b.d  adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04
E.b.d adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04
Joel Silva
 
1º trimestre 2016 adolescentes lição 03
1º trimestre 2016 adolescentes lição 031º trimestre 2016 adolescentes lição 03
1º trimestre 2016 adolescentes lição 03
Joel Silva
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 05
4º trimestre 2015 adolescentes lição 054º trimestre 2015 adolescentes lição 05
4º trimestre 2015 adolescentes lição 05
Joel Silva
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 04
4º trimestre 2015 adolescentes lição 044º trimestre 2015 adolescentes lição 04
4º trimestre 2015 adolescentes lição 04
Joel Silva
 

Mais de Joel Silva (20)

E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 04
 
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 03
 
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 02
 
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d adolescentes 1ºtrimestre 2017 lição 01
 
E.b.d adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13
E.b.d   adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13E.b.d   adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13
E.b.d adolescentes 4ºtrimestre 2016 lição 13
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 12
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 11
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 10
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 09
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestres 2016 lição 08
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 07
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06
E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06E.b.d   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 06
 
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05E.b.d  adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
E.b.d adolescentes - 4ºtrimestre 2016 lição 05
 
Ebd adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02
Ebd   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02Ebd   adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02
Ebd adolescentes - 4ºtrimestre 2016 - lição 02
 
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentesEbd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
 
Ebd adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12
Ebd   adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12Ebd   adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12
Ebd adolescentes - 2ºtrimestre 2016 lição 12
 
E.b.d adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04
E.b.d  adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04E.b.d  adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04
E.b.d adolescentes- 1º timestre 2016 lição 04
 
1º trimestre 2016 adolescentes lição 03
1º trimestre 2016 adolescentes lição 031º trimestre 2016 adolescentes lição 03
1º trimestre 2016 adolescentes lição 03
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 05
4º trimestre 2015 adolescentes lição 054º trimestre 2015 adolescentes lição 05
4º trimestre 2015 adolescentes lição 05
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 04
4º trimestre 2015 adolescentes lição 044º trimestre 2015 adolescentes lição 04
4º trimestre 2015 adolescentes lição 04
 

Último

Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 

Último (14)

Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 

4º trimestre 2015 adolescentes lição 06

  • 2. TEXTO BÍBLICO Hebreus 1:1 • Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados,
  • 3. DESTAQUE • 2 Pd 1:22 - Agora que vocês já se purificaram pela obediência à verdade e agora que já têm um amor sincero pelos irmãos na fé, amem uns aos outros com todas as forças e com um coração puro.
  • 4. I – Deus falou aos primeiros homens. • Desde o início, Deus falou diretamente conosco. • Com Adão e Eva: Gn 2:16,17; Gn 3:9-13 • Com Caim: Gn 4:6,7 • Com Noé: Gn 6:13-21 • Com Abraão: Gn 12:1-3 • Com Moisés: Ex 3:4-5 • Deus usa diversos métodos para se comunicar com o homem. Neste estudo vamos examinar alguns desses métodos:
  • 5. 1. A PALAVRA ESCRITA • Deus fala ao homem através de Sua Palavra escrita. Deus já não necessita falar-nos acerca das coisas que Ele revelou nas Escrituras. Quando Deus usa outros métodos para comunicar-se, eles nunca contradirão Sua Palavra escrita.
  • 6. 2. A ORAÇÃO • Há muitos exemplos bíblicos de Deus falando como resultado da oração. Onde o principal efeito da oração esta em efetuar paciência e fé no homem natural, aguardando o tempo e os propósitos de Deus em nossas vidas.
  • 7. • A oração e o Jejum resultaram em Deus falando a Paulo e Barnabé: “E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os despediram” (Atos 13.2-3).
  • 8. • A) Oração é incluir o pedido para o cumprimento da vontade de Deus sobre a terra. • Jesus ensinou aos Seus seguidores a orar: • “Venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu” (Mateus 6.10). • B) Jesus orou pela direção de Deus antes da seleção de Seus discípulos: • “Naqueles dias, retirou-se para o monte, a fim de orar, e passou a noite orando a Deus” (Lucas 6.12- 13).
  • 9. • C) Jesus orou acerca da vontade de Deus antes de Sua morte: “Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua” (Lucas 22.42).
  • 10. 3. AS CIRCUNSTÂNCIAS • Paulo escreveu algumas palavras interessantes em 1 Tessalonicenses 2.18. Ele disse aos crentes de Tessalônica que ele foi impedido por Satanás e visitá- los.
  • 11. • Nada ocorre fora do conhecimento de Deus. Mesmo quando as circunstâncias bloqueiam o que você poderia perceber ser a vontade de Deus, Ele ainda está no controle. Deus pode tomar qualquer ato, seja de Satanás ou do homem, e o usa para Seus próprios propósitos.
  • 12. • Nós temos uma promessa maravilhosa de Deus com respeito às circunstâncias: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8.28).
  • 13. 5. SONHOS • Deus deseja tanto se comunicar conosco que Ele inclusive fala enquanto nós dormimos! Deus fala nos sonhos. Estes não são os sonhos normais experimentados por todos. Eles são sonhos sobrenaturais dados por Deus. Eles são detalhados, específicos, e revelam Sua vontade.
  • 14. • Exemplos bíblicos: Gênesis 20.3; Gênesis 37; 1 Reis 3.5; Mateus 2.12-13. • Esses são apenas alguns dos muitos exemplos de como Deus se comunica através de sonhos.
  • 15. • 6. VISÕES • Uma visão é parecida com um sonho, porém é diferente porque você está acordado. É como ter um sonho sem estar dormindo.
  • 16. • As visões podem ser vistas com os olhos espirituais assim como os olhos físicos. Isto significa que você não pode vê-lo realmente com seu olho natural, porém Deus lhe dá um quadro de algo em seu espírito. • Exemplos bíblicos onde as visões foram usadas por Deus para comunicar-se com o homem: Gênesis 15;. Atos 10; Atos 16.9; Atos 18.9-10.
  • 17. 7. UMA VOZ AUDÍVEL • A Bíblia está cheia de declarações como “e Deus disse” ou referências ao fato de que Deus “falou” ou “ordenou”. Freqüentemente esta era uma voz audível. Porém, há outra voz através da qual Deus fala...
  • 18. 8. A VOZ INTERIOR DO ESPÍRITO SANTO • Mais freqüentemente do que uma voz audível, Deus usa a voz interior do Espírito Santo para falar ao homem. Isto se chama “ser guiado pelo Espírito”: “Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus” (Romanos 8.14).
  • 19. • Uma alma morta em pecado, sem a vida espiritual, não pode ser guiada pelo Espírito Santo. O ser guiado pelo Espírito também assume que você é incapaz de dirigir a si mesmo.
  • 20. • Quando você experimenta o novo nascimento de salvação, Deus lhe dá um novo espírito que é receptivo a Suas comunicações: • “Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis” (Ezequiel 36.26-27). • Quando você é guiado pelo Espírito, a vontade de Deus é revelada a seu espírito pelo Espírito Santo.
  • 21. • Uma vez durante uma jornada de barco, o apóstolo Paulo advertiu ao capitão do navio: “... Senhores, vejo que a viagem vai ser trabalhosa, com dano e muito prejuízo, não só da carga e do navio, mas também da nossa vida” (Atos 27.10).
  • 22. • Paulo não disse “eu tive uma visão”. Ele não reivindicou ter um sonho ou que Deus lhe havia falado de forma audível. Seu espírito tinha um testemunho de Deus e esse testemunho demonstrou ser correto.
  • 23. • A consciência é a voz do espírito do homem, convencendo e dirigindo à perfeita vontade de Deus. • O Espírito Santo fala ao seu espírito. O espírito convence a consciência. Através disto você é levado a conformar-se com a vontade de Deus. • Quando o Espírito Santo fala ao seu espírito, a consciência é convencida, porém se você continua ignorando-a, sua consciência pode tornar-se “cauterizada”. • Isto significa que ela se endurece à convicção do Espírito Santo: “Pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência” (1 Tm 4.2).
  • 24. 9. OS DONS DO ESPÍRITO SANTO • Os dons espirituais também são usados por Deus para falar ao homem. Os dons espirituais são habilidades especiais dadas pelo Espírito Santo.
  • 25. • 4 O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. • 6 E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? • 15 Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. • 19 Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida. (1 Coríntios 14)
  • 26. • Há um dom de línguas através do qual Deus fala ao homem em um idioma que ele não conhece. • A interpretação de Deus acompanha que a mensagem seja interpretada.
  • 27. • Há também o dom de profecia que traz uma mensagem diretamente de Deus a Seu povo. Há um dom chamado de discernimento através do qual Deus comunica sobre os espíritos que operam em outros.
  • 28. • Deus também se comunica através dos dons de sabedoria e conhecimento. Estes dons proporcionam a visão divina sobre as pessoas e circunstâncias além do que é conhecido pela mente natural. Circunstância essa em que a Palavra de Deus esta sendo anunciada. ELA É A REVELAÇÃO ESCRITA.
  • 29. • 1 Co 14:29-33 • 29-Tratando-se de profetas, falem dois ou três, e os outros julguem cuidadosamente o que foi dito. • 30-Se vier uma revelação a alguém que está sentado, cale-se o primeiro. • 31-Pois vocês todos podem profetizar, cada um por sua vez, de forma que todos sejam instruídos e encorajados. • 32-O espírito dos profetas está sujeito aos profetas. • 33-Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz. • Como em todas as congregações dos santos,
  • 30. II – Deus falou aos homens por meio dos profetas Deus fala por meio de seus profetas • Jeová designa profetas para transmitir mensagens sobre julgamento, adoração pura e a esperança messiânica • DURANTE o período dos reis de Israel e de Judá, entrou em cena um grupo especial de homens — os profetas. Eram homens de extraordinária fé e coragem que transmitiram os pronunciamentos de Deus. Considere quatro temas importantes apresentados por esses profetas de Deus.
  • 31. 1. A destruição de Jerusalém. • Com muita antecedência, os profetas de Deus Isaías e Jeremias em especial começaram a alertar que Jerusalém seria destruída e abandonada. (Is 17:1-3) -
  • 32. • Em Jeremias Sua mensagem é triste, pois suas pregações e as de outros profetas anteriores foram rejeitadas por um povo rebelde que insistiu em caminhar para o castigo divino, a destruição pelas mãos dos babilônios.
  • 33. • Jeremias Cap. 2 a 25 contém profecias contra o povo de Judá e seus líderes civis e religiosos. A famosa profecia de 70 anos de cativeiro se encontra no capítulo 25.
  • 34. 2. A restauração da adoração pura. • Depois de 70 anos no exílio, o povo de Deus seria libertado de Babilônia. • Eles voltariam para a sua desabitada terra de origem e reconstruiriam o templo de Jeová em Jerusalém.
  • 35. • (Jeremias 46:27; Amós 9:13-15) Com uns 200 anos de antecedência, Isaías predisse o nome do conquistador — Ciro — que derrotaria Babilônia e permitiria que o povo de Deus restaurasse a adoração pura. • Isaías até mesmo detalhou a incomum estratégia de batalha de Ciro. — Isaías 44:24–45:3.
  • 36. 3. A chegada do Messias e as experiências que viveria. • O Messias nasceria na cidade de Belém. (Miqueias 5:2) Ele seria humilde, e entraria em Jerusalém montado num jumento.
  • 37. • (Zacarias 9:9) Embora fosse gentil e bondoso, seria impopular e muitos o rejeitariam. (Isaías 42:1-3; 53:1, 3) Sofreria uma morte cruel. Seria esse o fim definitivo de sua vida? Não, pois o seu sacrifício visava possibilitar para muitos o perdão de seus pecados. (Isaías 53:4, 5, 9-12) Apenas a sua ressurreição poderia realizar isso.
  • 38. III – Atualmente o Senhor tem falado por intermédio do seu Filho • "Deus ainda fala a nós hoje?“ • E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. (Jo 1:14). • Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. (João 16:7).
  • 39. • Deus sim fala às pessoas nos dias de hoje. • Primeiramente, Deus nos fala através de Sua Palavra (II Timóteo 3:16-17). • Isaías 55:11 nos diz: • “Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.” • A Bíblia registra as palavras de Deus a nós em tudo o que precisamos saber para que sejamos salvos e vivamos a vida cristã.
  • 40. • Em segundo lugar, Deus fala través de impressões, acontecimentos e pensamentos. • Deus nos ajuda a discernir o certo do errado através de nossas consciências (I Timóteo 1:5; I Pedro 3:16).
  • 41. • Deus permite que aconteçam coisas em nossas vidas com o objetivo de nos direcionar, transformar e ajudar, para que cresçamos espiritualmente (Tiago 1:2-5; Hebreus 12:5-11). • I Pedro 1:6-7 nos lembra que: • “Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo.”
  • 42. • Para finalizar, Deus pode às vezes falar audi- velmente às pessoas. • É altamente questionável, entretanto, que isto ocorra com tanta freqüência como dizem alguns.
  • 43. Deus não se contradiz. • II Timóteo 3:16-17 diz: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.”
  • 44. • I Pedro 1:6-7 nos lembra que: • “Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo.”