SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
FUNDAMENTOS BÍBLICOS DA FAMÍLIA
13ª AULA
ESPIRITUALIDADE NA FAMÍLIA
EBD - ESCOLA BÍBLICA
DISCIPULADORA - 2020
Facilitadores: Gisele
Feitosa e Francisco Tudela
ESPIRITUALIDADE NA FAMÍLIA
Ir regularmente à igreja, participar dos ministérios de crianças, de jovens,
de adultos, ler a Bíblia, ter um culto doméstico semanal, orar nas refeições
... claramente esta é uma família espiritual.
Será?
O QUE E É ESPIRITUALIDADE?
1Co 1.2 “...aos santificados em Cristo Jesus e
chamados para serem santos,...”
"SANTO" em grego: "separado“ para Deus e do juízo.
Não se é chamado para ser santo em porções, não se
é 1% santo na conversão e aumenta-se com o tempo.
SANTIFICADO em Cristo é ter o proceder como Cristo.
Gl 6.1 “... vocês, que são espirituais..”
ESPIRITUAIS: são aqueles que agem e vivem considerando Deus.
Todo o salvo é 100% espiritual, isto é, a salvação é capaz de produzir uma
mudança de pensamento, atitudes e conceitos, que o coloca em um novo
rumo e lhe oferece um sentido para a vida.
SANTIDADE: é viver sem pecar, ter o caráter de Cristo.
ESPIRITUALIDADE: é a busca e a prática para agradar o Criador
O SANTO NECESSITA DESENVOLVER SUA
ESPIRITUALIDADE?
Rm 6.6 “Pois sabemos que o nosso velho homem foi crucificado com ele,
para que o corpo do pecado seja destruído, e não mais sejamos
escravos do pecado;”
O salvo recebe uma nova vida, como se tivesse morrido e renascido,
porém, a inclinação para o pecado da velha vida permanece.
Mt 5.48 “Portanto, SEJAM PERFEITOS COMO PERFEITO É O PAI
celestial de vocês".
Após a conversão espiritual somos santos, mas como somos pecadores
passamos a viver de modo a pecar menos a cada dia.
João 10.10b “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente.”
Viver plenamente é não ser escravo do pecado.
O alvo, após a salvação, é a santidade: viver sem pecar.
Como?
Sendo renovados de modo a pecar menos a cada dia.
Ef 4.22-24 “Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a
despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a
serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem,
criado para ser semelhante a Deus em justiça e em SANTIDADE
provenientes da verdade.”
CRESCER ESPIRITUALMENTE É “CAMINHAR” COM UM GUIA
Hb 12.1,2 “ ... livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do
pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a
corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus...”
ABANDONAR A VELHA NATUREZA
Nosso crescimento não é sermos mais santos, mas menos pecadores.
Ir à igreja, orar, ler a Bíblia é o mínimo esperado de qualquer cristão.
Um crente pode fazer tudo isso sem deixar os pecados.
O alvo do cristão que deseja desenvolver a espiritualidade é descobrir
como a igreja, a vida cristã e a Bíblia podem ajudá-lo a deixar os pecados.
Fp 3.12 “NÃO QUE eu já tenha obtido
tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas
prossigo para alcançá-lo, pois para isso
também fui alcançado por Cristo Jesus.”
Ef 4.13 “ATÉ QUE todos alcancemos a
unidade da fé e do conhecimento do Filho
de Deus, e cheguemos à maturidade,
atingindo a medida da plenitude de Cristo.”
Só Cristo salva
Jesus é Deus
Conhecedores da doutrina
Pensar e agir como Cristo
João 13.15 “Eu lhes dei o exemplo,
PARA QUE vocês façam como lhes fiz.”
Mt 5.16 “Assim brilhe a luz de vocês
diante dos homens, PARA QUE vejam
as suas boas obras e glorifiquem ao Pai
de vocês, que está nos céus".
Fp 2.15 “PARA QUE venham a tornar-se
puros e irrepreensíveis, filhos de Deus
inculpáveis no meio de uma geração
corrompida e depravada, na qual vocês
brilham como estrelas no universo,”
Do pensar e agir como Cristo resultarão as atitudes e escolhas corretas.
GLOSSÁRIO (por motivos didáticos não está em ordem alfabética):
Ética: Conjunto de valores e princípios que configuram deveres do que é
certo ou errado, proibido e permitido nas atitudes humanas dentro de
uma determinada sociedade, para conviver em harmonia.
Definida através de:
1) padrões e exemplos;
2) princípios da sociedade, sejam religiosos ou não;
3) leis.
Moral: É a prática de uma ética: sinal visível da nossa natureza interior
Imoral é o que não está de acordo com a ética. Contrário à moral.
Amoral é quem não pode decidir, escolher e julgar (incapaz: criança, idoso
com Alzheimer, ...).
Caráter (personalidade) são os princípios cultivados para tomar decisões
nas escolhas da vida, e isto caracteriza a pessoa :
 A de bom caráter: honesta, integra, responsável, justa, ...
 A de mau caráter: rouba, extorque, mente, trai,...
Aristóteles (380 aC) “A virtude moral é uma consequência do hábito.
NÓS NOS TORNAMOS O QUE FAZEMOS REPETIDAMENTE:
UM HÁBITO VIRA ROTINA EM 21 DIAS
Nos tornamos justos ao praticar atos justos, controlados ao praticar atos
de autocontrole, estúpidos ao praticar grosserias, ...
A pergunta moral é "como devo agir?“
A pergunta ética é "que vida eu quero viver?“
Gn 2.7 “Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em
suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.”
CORPO - Do pó da terra: Faculdades: visão, audição, olfato, paladar, tato.
ESPÍRITO - Do fôlego da vida: Faculdades: intelecto, sentimento, vontade.
ALMA - Um ser vivente: Faculdades: fé e consciência.
O homem possui intelecto, juízo moral, poder de se comunicar com os
outros e uma natureza emocional que transcende aos seus instintos,
para decidir três questões da vida:
 QUERO (DO ESPÍRITO),
 DEVO (DA ALMA) e
 POSSO (DO CORPO).
PRINCÍPIOS QUE USO QUANDO TENHO LIBERDADE DE ESCOLHA:
1. Há coisas que eu devo mas não quero
2. Há coisas que eu devo mas não posso
3. Há coisas que eu posso mas não quero
4. Há coisas que eu quero mas não devo
5. Há coisas que eu quero mas não posso
TENHO DOMÍNIO PRÓPRIO E PAZ DE ESPÍRITO
QUANDO O QUE QUERO É O QUE POSSO E O QUE
DEVO É O QUE FAÇO.
FALANDO EM ESCOLHAS E ÉTICA.....
1. ESCUTE ANTES DE FALAR: Jr 7.24 “Mas eles não me ouviram nem
me deram atenção. Antes, seguiram o raciocínio rebelde dos seus
corações maus. Andaram para trás e não para a frente.”
2. GANHE ANTES DE GASTAR: Lc 14.28 "Qual de vocês, se quiser
construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se
tem dinheiro suficiente para completá-la?”
3. PENSE ANTES DE FALAR/ESCREVER: Pv 13.16 “Todo homem
prudente age com base no conhecimento, mas o tolo expõe a sua
insensatez.”
4. TENTE ANTES DE DESISTIR: 2 Cr 15.7 “Mas, vocês devem ser fortes
e não se desanimar, pois o trabalho de vocês será recompensado".
5. VIVA ANTES DE MORRER: Ecl 3.12 “Descobri que não há nada
melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive.”
1. A FAMÍLIA CRESCE ESPIRITUALMENTE AO EXERCITAR A ÉTICA
CRISTÃ QUE SE ENCONTRA EXPRESSA NA BÍBLIA.
O lar de José e Maria proporcionava este ambiente de crescimento:
Lc 2.52 “Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de
Deus e dos homens.”
Não devemos nos contentar com o básico da fé, o “leite” inicial.
Hb 5.13,14 “Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem
experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para
os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se
aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.”
Por exemplo: frequento a igreja há
10 anos e não sei do que sou salvo.
2. DESENVOLVA A VIDA ESPIRITUAL DA SUA FAMÍLIA.
a) Busque crescimento individual – no seu modo de agir, cometendo
menos pecados a cada dia.
Col 3.17 “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em
nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai.
B) CONSCIENTIZE-SE Das suas responsabilidades familiares.
PADRÃO BÍBLICO PARA O CRESCIMENTO ESPIRITUAL DA FAMÍLIA:
Rm 10.17 “Consequentemente, A FÉ VEM POR OUVIR A MENSAGEM, e a
mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo.”
PORTANTO:
3. LEVE A ESPIRITUALIDADE PARA CASA
2Pe3.18“Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor...”
Os relacionamentos horizontais dependem do relacionamento vertical.
A) Ensine o que aprendeu – Quando aprender algo num estudo bíblico,
na pregação ou leitura de algum livro, COMPARTILHE COM A FAMÍLIA.
B) Pratique o que aprendeu – Quando entender, pela Palavra, que há
mudanças a fazer, primeiro PRATIQUE EM SUA FAMÍLIA.
Eles são os “próximos” mais próximos a você.
Uma crise conjugal reflete uma crise espiritual.
C) Busque conselhos – Se há mudanças a serem feitas, busque
conselhos, mais informação: DESEJE O CRESCIMENTO.
D) Invista no crescimento espiritual da família
Vá a encontros de casais, palestras, compre literatura bíblica: INVISTA
E) ORE POR SUA FAMÍLIA
Jó 1.5 “Terminado um período de banquetes, Jó mandava chamá-los e
fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um
holocausto em favor de cada um deles, pois pensava: "Talvez os
meus filhos tenham lá no íntimo pecado e amaldiçoado a Deus".
Essa era a prática constante de Jó.”
Não faça isso porque está com problemas, mas porque deseja que sua
família se desenvolva espiritualmente.
F) Procure fazer com que sua família tema a deus
NÃOTEMEMOS A DEUS QUANDO:
1º Esperamos que ninguém descubra que somos cristãos;
2º Decidimos não proclamar o que é correto.
3º Compartilhamos costumes não cristãos com incrédulos;
4º Temos as prioridades segundo valores não cristãos.
TEMEMOS A DEUS E O HONRAMOS QUANDO:
1º Vivemos uma vida moral segundo os valores bíblicos;
2º Procuramos oportunidades para partilhar a nossa fé;
3º Ajudamos os que estão passando por necessidades;
4º Posicionamo-nos a favor da justiça;
5º Amamos as pessoas e procuramos o seu bem;
6º Usamos o tempo e recursos para fazer a vontade do Senhor, e não a
Sl 128.1
“Como é feliz
quem teme ao
Senhor, quem
anda em seus
caminhos!”
RESULTADOS DA ESPIRITUALIDADE NA FAMÍLIA
a) harmonia
Um lar sem harmonia não se mantém:
Mc 3.25 “Se uma casa estiver dividida contra si mesma,
também não poderá subsistir.”
Col 3.13 “Suportem-se uns aos outros e perdoem as
queixas que tiverem uns contra os outros.
Perdoem como o Senhor lhes perdoou.”
Ao cônjuge que se sente ofendido: SUPORTAR E PERDOAR.
Ao cônjuge que ofendeu: RECEBERÁ O PERDÃO DE DEUS ao
reconhecer o pecado e se comprometer a não repeti-lo.
b) A COMUNICAÇÃOBÍBLICA
Col 3.16 “Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e
aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria”
O conteúdo da conversa em sua família deve ser edificador.
Quando surge uma oportunidade comentem sobre ética cristã, o que é
certo e o que é errado.
c) cooperação
1Pe 4.10 “Cada um exerça o dom que recebeu PARA SERVIR AOS
OUTROS, administrando fielmente a graça de Deus em suas
múltiplas formas.”
Todos estão atentos para ajudar e servir um
ao outro, sem que o outro precise pedir.
SUGESTÃO DE CULTODOMÉSTICO PARAADOLESCENTES
Dedicar um culto por semana ao adolescente com o tema: Ética cristã
Bibliografia: Bíblia a Mensagem + Filosofia para Crianças – Brigitte Labbé
São 14 temas e o adolescente terá como tarefa dizer:
• Como compartilhou esta ética com os amigos.
• Citar uma situação onde aplicou essa ética.
• Citar uma situação que poderia tê-la aplicado.
• Citar uma situação em que não pode aplicá-la.
23
Partilha:
1. Na sua família, vocês sabem qual o objetivo de vida de cada um e
como fazem, ou gostariam de fazer, suas escolhas no modo de viver?
2. O que podem fazer ou melhorar para
que sua família mostre o caráter de
Cristo e caminhe em santificação
progressiva?
1 Pe 2.2 “Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o leite espiritual puro,
para que por meio dele CRESÇAM PARA A SALVAÇÃO,”
2 Pe 3.18a “Cresçam, porém, na graça e NO CONHECIMENTO de nosso Senhor e
Salvador Jesus Cristo.”
FIM
OS PLANOS DE DEUS PARA NÓS:
Jr 29.11”Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês",
diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano,
planos de DAR-LHES ESPERANÇA E UM FUTURO”
Revista Fundamentos Bíblicos da Família; 4ª Ed. São José dos
Campos; Ed. Cristã Evangélica, 2016
Textos Bíblicos extraídos: Bíblia Sagrada Nova Versão Internacional;
São Paulo; Ed. Vida; 2001
Bíblia De Estudo NVI, Barker; São Paulo; Ed. Vida; 2003
Método Escola Bíblica Discipuladora – Ministério de Educação
Religiosa – PIB Penha SP. – 2017
Bíblia A Mensagem, E. H. Peterson; São Paulo; Ed. Vida; 2011
Reflexões extraídas da World Wide Web
Esta aula está disponibilizada em www.escolabiblicavirtual.com.br 25

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaPalestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familia
Milas Aldrin Alves
 
Amigos e inimigos do casamento
Amigos e inimigos do casamentoAmigos e inimigos do casamento
Amigos e inimigos do casamento
Pr Ismael Carvalho
 
Honrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasHonrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primícias
Luciano Pedroza
 
Melhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugalMelhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugal
Pr Ismael Carvalho
 

Mais procurados (20)

5 o pecado complicou tudo
5   o pecado complicou tudo5   o pecado complicou tudo
5 o pecado complicou tudo
 
Hábitos de uma Vida Santa
Hábitos de uma Vida SantaHábitos de uma Vida Santa
Hábitos de uma Vida Santa
 
Lição 14: Mulheres na Bíblia A Mulher Curada e eu
Lição 14: Mulheres na Bíblia A Mulher Curada e euLição 14: Mulheres na Bíblia A Mulher Curada e eu
Lição 14: Mulheres na Bíblia A Mulher Curada e eu
 
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIAA casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
A casa que deus quer - UMA PALAVRA PARA FAMÍLIA
 
Palestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaPalestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familia
 
PRINCÍPIO DA LEALDADE
PRINCÍPIO DA LEALDADEPRINCÍPIO DA LEALDADE
PRINCÍPIO DA LEALDADE
 
Videira Verdadeira - João 15.1-8
Videira Verdadeira - João 15.1-8Videira Verdadeira - João 15.1-8
Videira Verdadeira - João 15.1-8
 
Amigos e inimigos do casamento
Amigos e inimigos do casamentoAmigos e inimigos do casamento
Amigos e inimigos do casamento
 
Palestra para Casais
Palestra para CasaisPalestra para Casais
Palestra para Casais
 
Honrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasHonrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primícias
 
Cura e libertação
Cura e libertaçãoCura e libertação
Cura e libertação
 
Lição 2 - Família - Princípios e Valores
Lição 2 - Família - Princípios e ValoresLição 2 - Família - Princípios e Valores
Lição 2 - Família - Princípios e Valores
 
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
 
Estudo biblico 22
Estudo biblico 22Estudo biblico 22
Estudo biblico 22
 
Orientações biblicas sobre a Intimidade conjugal.pptx
Orientações biblicas sobre a Intimidade conjugal.pptxOrientações biblicas sobre a Intimidade conjugal.pptx
Orientações biblicas sobre a Intimidade conjugal.pptx
 
Lição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Lição 8 - O Desafio da Criação dos FilhosLição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Lição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
 
Melhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugalMelhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugal
 
Conflitos no Lar
Conflitos no LarConflitos no Lar
Conflitos no Lar
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)
 

Semelhante a 13 espiritualidade na familia

Crescer em cristo juniores
Crescer em cristo   junioresCrescer em cristo   juniores
Crescer em cristo juniores
Sandra Fuso
 
minha nova familia, a igreja
minha nova familia, a igrejaminha nova familia, a igreja
minha nova familia, a igreja
iabpcsorocaba
 

Semelhante a 13 espiritualidade na familia (20)

Crescer em cristo juniores
Crescer em cristo   junioresCrescer em cristo   juniores
Crescer em cristo juniores
 
Crescendo na vida
Crescendo na vidaCrescendo na vida
Crescendo na vida
 
Amadurecimento cristão
Amadurecimento cristãoAmadurecimento cristão
Amadurecimento cristão
 
Pregação crescimento Espiritual
Pregação crescimento EspiritualPregação crescimento Espiritual
Pregação crescimento Espiritual
 
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VINHA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA VERDADEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
VIDEIRA - CURSO DE ENRIQUECIMENTO ESPIRITUAL
 
Personalidade carater ou teperamento
Personalidade   carater ou teperamentoPersonalidade   carater ou teperamento
Personalidade carater ou teperamento
 
EBJ - Encontro 15/04/2012
EBJ - Encontro 15/04/2012EBJ - Encontro 15/04/2012
EBJ - Encontro 15/04/2012
 
Novo nascimento x conversão da alma - Parte 3
Novo nascimento x conversão da alma - Parte 3Novo nascimento x conversão da alma - Parte 3
Novo nascimento x conversão da alma - Parte 3
 
Lição 10 - O jovem e a consagração
Lição 10 - O jovem e a consagraçãoLição 10 - O jovem e a consagração
Lição 10 - O jovem e a consagração
 
EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ - Encontro 18/03/2012EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ - Encontro 18/03/2012
 
Reacao espiritual
Reacao espiritualReacao espiritual
Reacao espiritual
 
Reacao espiritual
Reacao espiritualReacao espiritual
Reacao espiritual
 
Aespiritualidadeeoreino
AespiritualidadeeoreinoAespiritualidadeeoreino
Aespiritualidadeeoreino
 
Listadelivrossugeridos
ListadelivrossugeridosListadelivrossugeridos
Listadelivrossugeridos
 
minha nova familia, a igreja
minha nova familia, a igrejaminha nova familia, a igreja
minha nova familia, a igreja
 
Nova Criatura (M.D.A.)
Nova Criatura (M.D.A.)Nova Criatura (M.D.A.)
Nova Criatura (M.D.A.)
 
Como Ligar Se A Deus
Como Ligar Se A DeusComo Ligar Se A Deus
Como Ligar Se A Deus
 
Quem domina a sua mente
Quem domina a sua menteQuem domina a sua mente
Quem domina a sua mente
 

Último

Último (10)

João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 

13 espiritualidade na familia

  • 1. FUNDAMENTOS BÍBLICOS DA FAMÍLIA 13ª AULA ESPIRITUALIDADE NA FAMÍLIA EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA - 2020 Facilitadores: Gisele Feitosa e Francisco Tudela
  • 2. ESPIRITUALIDADE NA FAMÍLIA Ir regularmente à igreja, participar dos ministérios de crianças, de jovens, de adultos, ler a Bíblia, ter um culto doméstico semanal, orar nas refeições ... claramente esta é uma família espiritual. Será?
  • 3. O QUE E É ESPIRITUALIDADE? 1Co 1.2 “...aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos,...” "SANTO" em grego: "separado“ para Deus e do juízo. Não se é chamado para ser santo em porções, não se é 1% santo na conversão e aumenta-se com o tempo. SANTIFICADO em Cristo é ter o proceder como Cristo. Gl 6.1 “... vocês, que são espirituais..” ESPIRITUAIS: são aqueles que agem e vivem considerando Deus. Todo o salvo é 100% espiritual, isto é, a salvação é capaz de produzir uma mudança de pensamento, atitudes e conceitos, que o coloca em um novo rumo e lhe oferece um sentido para a vida. SANTIDADE: é viver sem pecar, ter o caráter de Cristo. ESPIRITUALIDADE: é a busca e a prática para agradar o Criador
  • 4. O SANTO NECESSITA DESENVOLVER SUA ESPIRITUALIDADE? Rm 6.6 “Pois sabemos que o nosso velho homem foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado seja destruído, e não mais sejamos escravos do pecado;” O salvo recebe uma nova vida, como se tivesse morrido e renascido, porém, a inclinação para o pecado da velha vida permanece. Mt 5.48 “Portanto, SEJAM PERFEITOS COMO PERFEITO É O PAI celestial de vocês". Após a conversão espiritual somos santos, mas como somos pecadores passamos a viver de modo a pecar menos a cada dia. João 10.10b “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente.” Viver plenamente é não ser escravo do pecado.
  • 5. O alvo, após a salvação, é a santidade: viver sem pecar. Como? Sendo renovados de modo a pecar menos a cada dia. Ef 4.22-24 “Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em SANTIDADE provenientes da verdade.”
  • 6. CRESCER ESPIRITUALMENTE É “CAMINHAR” COM UM GUIA Hb 12.1,2 “ ... livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus...” ABANDONAR A VELHA NATUREZA Nosso crescimento não é sermos mais santos, mas menos pecadores. Ir à igreja, orar, ler a Bíblia é o mínimo esperado de qualquer cristão. Um crente pode fazer tudo isso sem deixar os pecados. O alvo do cristão que deseja desenvolver a espiritualidade é descobrir como a igreja, a vida cristã e a Bíblia podem ajudá-lo a deixar os pecados.
  • 7. Fp 3.12 “NÃO QUE eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus.” Ef 4.13 “ATÉ QUE todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.” Só Cristo salva Jesus é Deus Conhecedores da doutrina Pensar e agir como Cristo João 13.15 “Eu lhes dei o exemplo, PARA QUE vocês façam como lhes fiz.” Mt 5.16 “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, PARA QUE vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus". Fp 2.15 “PARA QUE venham a tornar-se puros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e depravada, na qual vocês brilham como estrelas no universo,”
  • 8. Do pensar e agir como Cristo resultarão as atitudes e escolhas corretas. GLOSSÁRIO (por motivos didáticos não está em ordem alfabética): Ética: Conjunto de valores e princípios que configuram deveres do que é certo ou errado, proibido e permitido nas atitudes humanas dentro de uma determinada sociedade, para conviver em harmonia. Definida através de: 1) padrões e exemplos; 2) princípios da sociedade, sejam religiosos ou não; 3) leis. Moral: É a prática de uma ética: sinal visível da nossa natureza interior Imoral é o que não está de acordo com a ética. Contrário à moral.
  • 9. Amoral é quem não pode decidir, escolher e julgar (incapaz: criança, idoso com Alzheimer, ...). Caráter (personalidade) são os princípios cultivados para tomar decisões nas escolhas da vida, e isto caracteriza a pessoa :  A de bom caráter: honesta, integra, responsável, justa, ...  A de mau caráter: rouba, extorque, mente, trai,... Aristóteles (380 aC) “A virtude moral é uma consequência do hábito. NÓS NOS TORNAMOS O QUE FAZEMOS REPETIDAMENTE: UM HÁBITO VIRA ROTINA EM 21 DIAS Nos tornamos justos ao praticar atos justos, controlados ao praticar atos de autocontrole, estúpidos ao praticar grosserias, ... A pergunta moral é "como devo agir?“ A pergunta ética é "que vida eu quero viver?“
  • 10. Gn 2.7 “Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.” CORPO - Do pó da terra: Faculdades: visão, audição, olfato, paladar, tato. ESPÍRITO - Do fôlego da vida: Faculdades: intelecto, sentimento, vontade. ALMA - Um ser vivente: Faculdades: fé e consciência. O homem possui intelecto, juízo moral, poder de se comunicar com os outros e uma natureza emocional que transcende aos seus instintos, para decidir três questões da vida:  QUERO (DO ESPÍRITO),  DEVO (DA ALMA) e  POSSO (DO CORPO).
  • 11. PRINCÍPIOS QUE USO QUANDO TENHO LIBERDADE DE ESCOLHA: 1. Há coisas que eu devo mas não quero 2. Há coisas que eu devo mas não posso 3. Há coisas que eu posso mas não quero 4. Há coisas que eu quero mas não devo 5. Há coisas que eu quero mas não posso TENHO DOMÍNIO PRÓPRIO E PAZ DE ESPÍRITO QUANDO O QUE QUERO É O QUE POSSO E O QUE DEVO É O QUE FAÇO.
  • 12. FALANDO EM ESCOLHAS E ÉTICA..... 1. ESCUTE ANTES DE FALAR: Jr 7.24 “Mas eles não me ouviram nem me deram atenção. Antes, seguiram o raciocínio rebelde dos seus corações maus. Andaram para trás e não para a frente.” 2. GANHE ANTES DE GASTAR: Lc 14.28 "Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la?” 3. PENSE ANTES DE FALAR/ESCREVER: Pv 13.16 “Todo homem prudente age com base no conhecimento, mas o tolo expõe a sua insensatez.” 4. TENTE ANTES DE DESISTIR: 2 Cr 15.7 “Mas, vocês devem ser fortes e não se desanimar, pois o trabalho de vocês será recompensado". 5. VIVA ANTES DE MORRER: Ecl 3.12 “Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive.”
  • 13. 1. A FAMÍLIA CRESCE ESPIRITUALMENTE AO EXERCITAR A ÉTICA CRISTÃ QUE SE ENCONTRA EXPRESSA NA BÍBLIA. O lar de José e Maria proporcionava este ambiente de crescimento: Lc 2.52 “Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens.” Não devemos nos contentar com o básico da fé, o “leite” inicial. Hb 5.13,14 “Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.” Por exemplo: frequento a igreja há 10 anos e não sei do que sou salvo.
  • 14. 2. DESENVOLVA A VIDA ESPIRITUAL DA SUA FAMÍLIA. a) Busque crescimento individual – no seu modo de agir, cometendo menos pecados a cada dia. Col 3.17 “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai. B) CONSCIENTIZE-SE Das suas responsabilidades familiares. PADRÃO BÍBLICO PARA O CRESCIMENTO ESPIRITUAL DA FAMÍLIA: Rm 10.17 “Consequentemente, A FÉ VEM POR OUVIR A MENSAGEM, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo.” PORTANTO:
  • 15. 3. LEVE A ESPIRITUALIDADE PARA CASA 2Pe3.18“Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor...” Os relacionamentos horizontais dependem do relacionamento vertical. A) Ensine o que aprendeu – Quando aprender algo num estudo bíblico, na pregação ou leitura de algum livro, COMPARTILHE COM A FAMÍLIA. B) Pratique o que aprendeu – Quando entender, pela Palavra, que há mudanças a fazer, primeiro PRATIQUE EM SUA FAMÍLIA. Eles são os “próximos” mais próximos a você. Uma crise conjugal reflete uma crise espiritual. C) Busque conselhos – Se há mudanças a serem feitas, busque conselhos, mais informação: DESEJE O CRESCIMENTO.
  • 16. D) Invista no crescimento espiritual da família Vá a encontros de casais, palestras, compre literatura bíblica: INVISTA E) ORE POR SUA FAMÍLIA Jó 1.5 “Terminado um período de banquetes, Jó mandava chamá-los e fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um holocausto em favor de cada um deles, pois pensava: "Talvez os meus filhos tenham lá no íntimo pecado e amaldiçoado a Deus". Essa era a prática constante de Jó.” Não faça isso porque está com problemas, mas porque deseja que sua família se desenvolva espiritualmente. F) Procure fazer com que sua família tema a deus
  • 17. NÃOTEMEMOS A DEUS QUANDO: 1º Esperamos que ninguém descubra que somos cristãos; 2º Decidimos não proclamar o que é correto. 3º Compartilhamos costumes não cristãos com incrédulos; 4º Temos as prioridades segundo valores não cristãos. TEMEMOS A DEUS E O HONRAMOS QUANDO: 1º Vivemos uma vida moral segundo os valores bíblicos; 2º Procuramos oportunidades para partilhar a nossa fé; 3º Ajudamos os que estão passando por necessidades; 4º Posicionamo-nos a favor da justiça; 5º Amamos as pessoas e procuramos o seu bem; 6º Usamos o tempo e recursos para fazer a vontade do Senhor, e não a Sl 128.1 “Como é feliz quem teme ao Senhor, quem anda em seus caminhos!”
  • 18. RESULTADOS DA ESPIRITUALIDADE NA FAMÍLIA a) harmonia Um lar sem harmonia não se mantém: Mc 3.25 “Se uma casa estiver dividida contra si mesma, também não poderá subsistir.” Col 3.13 “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.” Ao cônjuge que se sente ofendido: SUPORTAR E PERDOAR. Ao cônjuge que ofendeu: RECEBERÁ O PERDÃO DE DEUS ao reconhecer o pecado e se comprometer a não repeti-lo.
  • 19. b) A COMUNICAÇÃOBÍBLICA Col 3.16 “Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria” O conteúdo da conversa em sua família deve ser edificador. Quando surge uma oportunidade comentem sobre ética cristã, o que é certo e o que é errado.
  • 20. c) cooperação 1Pe 4.10 “Cada um exerça o dom que recebeu PARA SERVIR AOS OUTROS, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas.” Todos estão atentos para ajudar e servir um ao outro, sem que o outro precise pedir.
  • 21. SUGESTÃO DE CULTODOMÉSTICO PARAADOLESCENTES Dedicar um culto por semana ao adolescente com o tema: Ética cristã Bibliografia: Bíblia a Mensagem + Filosofia para Crianças – Brigitte Labbé São 14 temas e o adolescente terá como tarefa dizer: • Como compartilhou esta ética com os amigos. • Citar uma situação onde aplicou essa ética. • Citar uma situação que poderia tê-la aplicado. • Citar uma situação em que não pode aplicá-la.
  • 22. 23 Partilha: 1. Na sua família, vocês sabem qual o objetivo de vida de cada um e como fazem, ou gostariam de fazer, suas escolhas no modo de viver? 2. O que podem fazer ou melhorar para que sua família mostre o caráter de Cristo e caminhe em santificação progressiva? 1 Pe 2.2 “Como crianças recém-nascidas, desejem de coração o leite espiritual puro, para que por meio dele CRESÇAM PARA A SALVAÇÃO,” 2 Pe 3.18a “Cresçam, porém, na graça e NO CONHECIMENTO de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.”
  • 23. FIM OS PLANOS DE DEUS PARA NÓS: Jr 29.11”Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de DAR-LHES ESPERANÇA E UM FUTURO”
  • 24. Revista Fundamentos Bíblicos da Família; 4ª Ed. São José dos Campos; Ed. Cristã Evangélica, 2016 Textos Bíblicos extraídos: Bíblia Sagrada Nova Versão Internacional; São Paulo; Ed. Vida; 2001 Bíblia De Estudo NVI, Barker; São Paulo; Ed. Vida; 2003 Método Escola Bíblica Discipuladora – Ministério de Educação Religiosa – PIB Penha SP. – 2017 Bíblia A Mensagem, E. H. Peterson; São Paulo; Ed. Vida; 2011 Reflexões extraídas da World Wide Web Esta aula está disponibilizada em www.escolabiblicavirtual.com.br 25