SlideShare uma empresa Scribd logo
Criar Filhos Biblicamente
Efésios 6:1-4
Apostilia página 76
Prof. Dr. William L. Moore
2
I. Introdução:
A. Quais são algumas preocupações e
medos que os pais têm para com os
seus filhos?
Criar Filhos Biblicamente
3
1. Pressão do grupo de amigos da mesma
faixa etária. (1 Co. 15:33)
2. Adotar as suas próprias convicções
sobre o Senhor.
3. Obedecer autoridade (quando dar certas
responsabilidades, trocar a autoridade
do pai pela do amigo).
Criar Filhos Biblicamente
1 Co. 15:33 Não vos enganeis: as más
conversações corrompem os bons
costumes.
4
1. Pressão do grupo de amigos da mesma
faixa etária. (1 Co. 15:33)
2. Adotar as suas próprias convicções
sobre o Senhor.
3. Obedecer autoridade (quando dar certas
responsabilidades, trocar a autoridade
do pai pela do amigo).
Criar Filhos Biblicamente
1 Co. 15:33 Não vos enganeis: as más
conversações corrompem os bons
costumes.
5
1. Pressão do grupo de amigos da mesma
faixa etária. (1 Co. 15:33)
2. Adotar as suas próprias convicções
sobre o Senhor.
3. Obedecer autoridade (quando dar certas
responsabilidades, trocar a autoridade
do pai pela do amigo).
Criar Filhos Biblicamente
1 Co. 15:33 Não vos enganeis: as más
conversações corrompem os bons
costumes.
6
4. Influência da igreja e da sociedade.
5. A reação deles quando você deve dizer
“não.”
6. Drogas, álcool, sexo, rebeldia,
interesses próprios, música.
7. Individualismo.
Criar Filhos Biblicamente
7
B. O que o mundo ensina sobre educação
de crianças?
1. Desenvolver sua auto-imagem.
2. Ficar fora de preocupação –
“Simplesmente diga não!”
3. Mudar o comportamento deles.
Criar Filhos Biblicamente
8
C. Por que este tipo de educação familiar
fracassa?
1. Não muda o coração.
2. Ignora a Palavra de Deus.
Criar Filhos Biblicamente
9
II. A revelação (A Palavra de Deus)
A. O desafio de criar filhos.
1. Os desafios não são novos (Dt. 6:4-
9; Rm. 5:12; 1 Co. 10:13; Ef. 6:4)
2. O desafio intensifica-se com a
proximidade do fim dos tempos.
(2 Tm. 3:11)
3. O desafio não é desesperador!
(2 Tm. 3:15-17)
Dt. 6:4-9 Ouve, Israel, o SENHOR, nosso
Deus, é o único SENHOR. Amarás, pois, o
SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração,
de toda a tua alma e de toda a tua força. Estas
palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu
coração; tu as inculcarás a teus filhos, e
delas falarás assentado em tua casa, e
andando pelo caminho, e ao deitar-te,
e ao levantar-te.
Ef. 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos
filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na
admoestação do Senhor.
Criar Filhos Biblicamente
Dt. 6:8-9 Também as atarás como sinal na
tua mão, e te serão por frontal entre os olhos.
E as escreverás nos umbrais de tua casa e
nas tuas portas.
2 Tm. 3:15-17 Desde a infância, sabes as
sagradas letras, que podem tornar-te sábio
para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda
a Escritura é inspirada por Deus e útil para o
ensino, para a repreensão, para a correção,
para a educação na justiça, a fim de que o
homem de Deus seja perfeito e perfeitamente
habilitado para toda boa obra.
DESDE A INFÂNCIA
SABES AS SAGRADAS LETRAS
10
B. O privilégio de criar filhos.
1. Deus é absolutamente soberano.
(Dt. 32:39; Dn. 4:35).
2. Deus considera ser pai/mãe um
privilégio “abençoado”. (Sl. 127:5)
3. Os filhos são um presente, “herança”.
(Sl. 127:3)
Dt. 4:35 A ti te foi mostrado para que
soubesses que o SENHOR é Deus; nenhum
outro há, senão ele.
Criar Filhos Biblicamente
Sl. 127:3-5 Herança do SENHOR são os
filhos; o fruto do ventre, seu galardão.Como
flechas na mão do guerreiro, assim os filhos
da mocidade. Feliz o homem que enche
deles a sua aljava; não será envergonhado,
quando pleitear com os inimigos à porta.
11
III. Os Relacionamentos da Família
A. O seu relacionamento
(marido/esposa).
1. O seu relacionamento com o
Senhor. (Mc. 12:29-30)
a. O seu relacionamento com a
Palavra de Deus. (Pv. 2:1-5)
b. O seu relacionamento com a
oração. (Cl. 4:2)
Mc. 12:30 Amarás, pois, o Senhor, teu
Deus, de todo o teu coração, de toda a tua
alma, de todo o teu entendimento e de toda
a tua força.
Pv. 2:1-5 Filho meu, se aceitares as minhas
palavras e esconderes contigo os meus
mandamentos, para fazeres atento à
sabedoria o teu ouvido e para inclinares o
coração ao entendimento, e, se clamares
por inteligência, e por entendimento alçares
a voz, se buscares a sabedoria como a prata
e como a tesouros escondidos a procurares,
então, entenderás o temor do SENHOR e
acharás o conhecimento de Deus.
ENTENDERÁS O TEMOR
DO SENHOR
ACHARÁS O
CONHECIMENTO
DE DEUS
Cl. 4:2 Perseverai na oração, vigiando
com ações de graças.
ORAÇÃO
Criar Filhos Biblicamente
12
2. O seu relacionamento mútuo.
(Mc. 12:31; Ef. 5:22-33)
3. O seu relacionamento com os filhos.
(Ef. 6:1-4)
Mc. 12:31 O segundo é: Amarás o teu
próximo como a ti mesmo. Não há outro
mandamento maior do que estes.
Criar Filhos Biblicamente
Ef. 6:1-4 Filhos, obedecei a vossos pais no
Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a
tua mãe (que é o primeiro mandamento com
promessa, para que te vá bem, e sejas de longa
vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis
vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e
na admoestação do Senhor.
13
2. O seu relacionamento mútuo.
(Mc. 12:31; Ef. 5:22-33)
3. O seu relacionamento com os filhos.
(Ef. 6:1-4)
Mc. 12:31 O segundo é: Amarás o teu
próximo como a ti mesmo. Não há outro
mandamento maior do que estes.
Criar Filhos Biblicamente
Ef. 6:1-4 Filhos, obedecei a vossos pais no
Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a
tua mãe (que é o primeiro mandamento com
promessa, para que te vá bem, e sejas de longa
vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis
vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e
na admoestação do Senhor.
obedecei a vossos pais
14
2. O seu relacionamento mútuo.
(Mc. 12:31; Ef. 5:22-33)
3. O seu relacionamento com os filhos.
(Ef. 6:1-4)
Mc. 12:31 O segundo é: Amarás o teu
próximo como a ti mesmo. Não há outro
mandamento maior do que estes.
Criar Filhos Biblicamente
Ef. 6:1-4 Filhos, obedecei a vossos pais no
Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a
tua mãe (que é o primeiro mandamento com
promessa, para que te vá bem, e sejas de longa
vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis
vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e
na admoestação do Senhor.
obedecei a vossos pais
não provoqueis vossos filhos à ira
15
B. Filhos
1. O relacionamento de seus filhos com
o Senhor.
a. O relacionamento de seus filhos
com a Palavra de Deus.
b. O compromisso de seus filhos com
a oração.
Criar Filhos Biblicamente
16
B. Filhos
2. O relacionamento de seus filhos com
você.
3. O relacionamento entre seus filhos.
C. Família para com a igreja.
1. O seu relacionamento com a igreja.
2. O relacionamento de seus filhos para
com a igreja.
Criar Filhos Biblicamente
17
IV. Reações à Educação dos Filhos
A. Pais impacientes.
1. Eles pergunta, “Por que eu?”
2. Eles pensam, “Eu tenho direito a
um filho livre de problema.”
3. Eles acreditam, “Um filho não tem
o direito de me incomodar.”
Criar Filhos Biblicamente
18
A. Pais impacientes.
4. Eles esquecem-se de que o filho deles
precisa ser treinado.
B. Pais passivos – eles reagem ao mal
comportamento de seus filhos dizendo:
1. “Não é importante; é só uma fase.”
2. “Meu filho nunca faria isto.”
Criar Filhos Biblicamente
19
B. Pais passivos –
3. “Certamente está errado, mas ele fica
tão fofo quando age assim!”
4. “Ele é apenas uma criança. Ele é
pequeno demais para aprender.”
5. “Eu não sei o que vou fazer com esta
criança.”
Criar Filhos Biblicamente
20
B. Pais passivos –
6. “Não é minha responsabilidade!”
a. Igreja.
b. Escola.
c. Maternal.
Criar Filhos Biblicamente
21
C. Pais dominantes (super proteção).
1. “Eu não desejo que meus filhos
cometam os mesmos erros que eu.”
 Viver a vida deles através dos filhos
por exemplo futebol.
2. “A juventude de hoje não tem
disciplina das gerações passadas.”
 Exigir demais.
Criar Filhos Biblicamente
22
3. “Eu não quero assistir ao fracasso do
meu filho.”
 Não deixá-los aprender, se arriscar.
4. “Eles não são responsáveis o suficiente
para tomar as suas próprias decisões.”
 Não, você simplesmente não os
treinou.
Criar Filhos Biblicamente
23
5. “Eu sei o que é melhor para você.”
 Não deixar os seus filhos serem eles
próprios.
6. “Você não faz isto corretamente, então,
deixe-me fazer.”
 Perfeccionismo
Criar Filhos Biblicamente
24
D. Pais que agem biblicamente. (Dt. 6:1-9;
11:1-21; Ef. 6:1-4; Cl. 3:18-21)
1. Compreender que todas as crianças
nasceram em pecado. (Sl. 51:5)
2. Objetivo é criar os seus filhos na
disciplina e instrução do Senhor. (Ef.
6:4)
Ef. 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos
filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na
admoestação do Senhor.
Cl. 3:21 Pais, não irriteis os vossos filhos,
para que não fiquem desanimados.
NÃO PROVOQUEIS
Criar Filhos Biblicamente
NÃO IRRITEIS
Dt. 11:18-21 Ponde, pois, estas minhas
palavras no vosso coração e na vossa alma;
atai-as por sinal na vossa mão, para que
estejam por frontal entre os olhos. Ensinai-as
a vossos filhos, falando delas assentados em
vossa casa, e andando pelo caminho, e
deitando-vos, e levantando-vos. Escrevei-as
nos umbrais de vossa casa e nas vossas
portas, para que se multipliquem os vossos
dias e os dias de vossos filhos na terra
que o SENHOR,
ENSINAI-AS
ASSENTADOS
ANDANDO
DEITANDO-VOS
LEVANTANDO-OS
25
B. Pais que agem biblicamente.
3. Buscar glorificar a Deus em tudo o
que eles fazem. (Cl. 3:17)
4. Pedir a Deus:
a. Sabedoria: (Tg. 1:5)
b. Compreensão: (Sl. 139:14-16)
Cl. 3:17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra,
seja em ação, fazei-o em nome do Senhor
Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.
Criar Filhos Biblicamente
GLORIFICAR
Tg. 1:5 Se, porém, algum de vós necessita de
sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá
liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á
concedida.
SABEDORIA
Sl. 139:14-16 Graças te dou, visto que por modo
assombrosamente maravilhoso me formaste; as
tuas obras são admiráveis, e a minha alma o
sabe muito bem; os meus ossos não te foram
encobertos, quando no oculto fui formado e
entretecido como nas profundezas da terra. Os
teus olhos me viram a substância ainda informe,
e no teu livro foram escritos todos os meus
dias, cada um deles escrito e determinado,
quando nem um deles havia ainda.
COMPREENSÃO
26
5. Ter metas específicas. (Ef. 6:1-4)
a. Ensiná-los a amar e obedecer o
Senhor. (Mc. 12:29-30; Mt. 21:28-32)
b. Ajudá-los a pensar e reagir
biblicamente. (Pv. 23:15-16)
c. Andar no Espírito. (Gl. 5:16-25; Cl. 2:6-
8; 1 Co. 13:4-8a)
d. Lembrar que isto é um processo! (Cl.
1:28-29)
Pv. 23:15-16 Filho meu, se o teu coração for
sábio, alegrar-se-á também o meu; exultará o
meu íntimo, quando os teus lábios falarem
coisas retas.
Criar Filhos Biblicamente
Gl. 5:16-25 Digo, porém: andai no Espírito e
jamais satisfareis à concupiscência da
carne . . . Se vivemos no Espírito, andemos
também no Espírito.
27
6. Pedir perdão quando eles pecam contra
os seus filhos. (Mt. 5:23)
 Criar consciência da presença
constante de Deus. (Dt. 6:1-9)
7. Dedicar a si próprios e os seus filhos ao
Senhor. (Js. 24:14-15)
Js. 24:14-15 Agora, pois, temei ao SENHOR
e servi-o com integridade e com fidelidade
. . . Porém, se vos parece mal servir ao
SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se
aos deuses a quem serviram vossos pais
que estavam dalém do Eufrates ou aos
deuses dos amorreus em cuja terra habitais.
Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.
Criar Filhos Biblicamente
28
6. Pedir perdão quando eles pecam contra
os seus filhos. (Mt. 5:23)
 Criar consciência da presença
constante de Deus. (Dt. 6:1-9)
7. Dedicar a si próprios e os seus filhos ao
Senhor. (Js. 24:14-15)
Js. 24:14-15 Agora, pois, temei ao SENHOR
e servi-o com integridade e com fidelidade
. . . Porém, se vos parece mal servir ao
SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se
aos deuses a quem serviram vossos pais
que estavam dalém do Eufrates ou aos
deuses dos amorreus em cuja terra habitais.
Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.
Criar Filhos Biblicamente
29
V. Recursos de Deus
A. A Palavra: (2 Tm. 3:15-17; 2 Pe. 1:2-4;
Sl. 19:7-10)
B. O Espírito Santo: (Jo. 14:26; 16:7-15;
1 Co. 2:10-16)
C. A Oração: (Mt. 6:9-13; Ef. 6:18; Cl.
4:2; 1 Jo. 5:14-15)
D. A Igreja Local: Hb. 10:24-25; 13:17;
Ef. 4:11-13)
A BÍBLIA É SUFICIENTE
Criar Filhos Biblicamente
O E. SANTO É NECESSÁRIO
A ORAÇÃO VITAL
A IGREJA É O PLANO DE DEUS
30
VI. Autoridade
A. O Cabeça – o marido (Ef. 5:25)
1. Aquele que ama: (Ef. 5:25-33)
2. Aprendiz: (1 Pe. 3:7)
3. Líder: (Mt. 20:25-28; Fp. 2:5-8; 4:9;
Pv. 20:6-7)
 O marido é responsável diante de
Deus: (Ef. 6:4; Cl. 3:21)
Ef. 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos
filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na
admoestação do Senhor.
Criar Filhos Biblicamente
CRIAI-OS
DISCIPLINA
ADMOESTAÇÃO
Cl. 3:21 Pais, não irriteis os vossos filhos,
para que não fiquem desanimados.
NÃO IRRITEIS
31
B. Auxiladora – a esposa (Gn. 2:18)
1. Aquela que honra: (Ef. 5:33)
 Submissão amorosa
2. Auxiladora: (Gn. 2:18)
 Companheirismo fiel
3. Edificadora do lar: (Tito 2:4; Pv. 31)
 Trabalho ativo
Criar Filhos Biblicamente
32
C. Avós: (Dt. 4:9; Fp. 4:9)
• Podem ser exemplos e ensinar
verades espirituais.
2 Tm. 1:5 pela recordação que guardo de tua
fé sem fingimento, a mesma que, primeira-
mente, habitou em tua avó Lóide e em tua
mãe Eunice, e estou certo de que também,
em ti.
Criar Filhos Biblicamente
2 Tm. 3:14-15 Tu, porém, permanece naquilo
que aprendeste e de que foste inteirado,
sabendo de quem o aprendeste e que, desde
a infância, sabes as sagradas letras, que
podem tornar-te sábio para a salvação pela
fé em Cristo Jesus.
33
VII. Responsabilidade dos Pais:
A. “E vós, pais, não provoqueis vossos
filhos à ira . . .” (Ef. 6:4)
1. Algumas maneiras que podemos
provocar ira ou impedir a eficácia
do treino com nossos filhos.
Criar Filhos Biblicamente
34
a. Legalismo:
1) Não diferenciar entre padrões bíblicos
e regras da casa.
2) Regras demais. (Mt. 23:4)
b. Passividade: (Pv. 13:24; 29:15)
1) É hereditário: ele é igual ao pai dele.”
2) É uma visão não bíblica da juventude.
Criar Filhos Biblicamente
35
c. Negligência: (Hb. 3:13; 10:25; Dt. 6:6-7)
d. Impaciência: (Tg. 1:19; Pv. 18:13)
1) Omissão para ouvir.
2) Negatividade: (Ef. 4:29)
e. Hipocrisia: (Mt. 7:1-5)
1) Mudar as regras.
(Mt. 5:37; Cl. 3:9-10)
2) Não cumprir as promessas.
Pv. 18:13 Responder antes de ouvir é
estultícia e vergonha. RESPONDER
Criar Filhos Biblicamente
Ef. 4:29 Não saia da vossa boca nenhuma
palavra torpe, e sim unicamente a que for
boa para edificação, conforme a Necessi-
dade, e, assim, transmita graça aos que
ouvem.
PALAVRAS TORPES
PALAVRAS EDIFICANTES
Mt. 7:1-5 Não julgueis, para que não sejais
Julgados . . . Hipócrita! Tira primeiro a
trave do teu olho e, então, verás claramente
para tirar o argueiro do olho de teu irmão.
HIPOCRISIA
36
e. Hipocrisia:
3) Recusar-se a perdoar o seu filho e
exigir que ele perdoe os outros pelos
maus feitos contra ele. (Ef. 4:32)
4) Orgulho. Omissão de confessar
pecados que você comete contra o
seu filho. (Pv. 28:13; Tg. 4:6)
Criar Filhos Biblicamente
37
e. Hipocrisia:
5) Tensão entre os pais. (Cl. 3:18-19)
6) Inverter os papéis dados por Deus –
Marido/esposa. (Ef. 5:22-33)
f. Ira não controlada: (Cl. 3:21; Ef. 4:26-29;
Mc. 11:25; Pv. 30:33; 29:22)
 Dano físico e verbal. (Ef.
4:29; Tg. 1:20)
Criar Filhos Biblicamente
38
g. Amor baseado no comportamento
(1 Co. 13:4-8a)
1) Viver em lugar de outro
2) Perfeccionismo.
h. Dar preferência a um filho em especial:
(Pv. 24:23; Gn. 25:28)
 Comparar o seu filho com outros fora de
sua família.
i. Constranger o seu filho na frente de
outros: (Mt. 18:15)
Criar Filhos Biblicamente
1 Co. 13:4-8 O amor é paciente, é benigno;
o amor não arde em ciúmes, não se ufana,
não se ensoberbece, não se conduz incon-
venientemente, não procura os seus
interesses, não se exaspera, não se
ressente do mal; não se alegra com a
injustiça, mas regozija-se com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo
suporta. O amor jamais acaba
39
2. Qual poderia ser a consequência de
provocar o seu filho à ira? Uma pessoa
indignada em relação à autoridade. (Pv.
19:19; 25:28)
 Deus
 Pais/família
 Igreja
 Governo
 Rejeição de Deus e autoridade
Criar Filhos Biblicamente
40
3. Como evitar a ira:
a. Disciplina ou vida estruturada.
 Não treine o seu filho para resolver
os seus problemas na sua própria
força.
b. Instrução ou colocar na mente –
ensinar.
c. Ame-os.
Criar Filhos Biblicamente
41
B. Disciplina amorosa: (Ef. 6:4b)
1. Disciplina não bíblica:
a. Somente instrução é suficiente.
1) Pode mudar o comportamento,
mas não será comportamento de
alguém temente a Deus.
2) Um estilo de vida indisciplinada.
Criar Filhos Biblicamente
42
b. Mas muitos foram discipliandos com
firmeza, porém não deram os resultados
esperados.” Por quê?
1) Foram disciplinados com ira
descontrolada. (Tg. 1:20).
2) Foram disciplinandos porque eles
incomodavam (objetivo errado).
3) Foram desciplinando sem serem
elogiados. (Rm. 13:7).
Tg. 1:20 Porque a ira do homem não
produz a justiça de Deus.
Criar Filhos Biblicamente
43
4) Foram disciplinados sem serem
ensinados. (Ef. 6:4; Dt. 6:6-7).
5) Natureza pecaminosa na pessoa não
salva. (Sl. 51:5; Ef. 2:3)
• Disciplina não garante salvação.
6) Foram discipliandos sem reconciliação e
restauração.
Criar Filhos Biblicamente
44
c. A disciplina impedirá a criatividade e o
potencial.
d. A disciplina deformará a sua
personalidade.
2. Convicções essenciais para a disciplina
bíblica.
a. Disciplinar é um mandamento.
(Pv. 22:15; 29:15a)
Pv. 22:15 A estultícia está ligada ao
coração da criança, mas a vara da
disciplina a afastará dela.
Pv. 29:15 A vara e a disciplina dão
sabedoria, mas a criança entregue a si
mesma vem a envergonhar a sua mãe.
DISCIPLINA
Criar Filhos Biblicamente
45
b. Você é um representante de Deus e deve
prestar conta. (Ef. 6:4)
c. Os filhos são um dom de Deus.
(Sl. 127:3)
d. Deus deseja dar-lhe sabedoria e força.
(Tg. 1:5)
e. Estabelecer limites é um ato de amor.
Criar Filhos Biblicamente
46
1) Limites
• Não causarão um problema.
• Revelam necessidades para ensinar.
• Protegem a criança de coisas com que
ela não conseque lidar.
• Proporcionam um bom cenário para
aprendizagem.
2) Limites são uma parte da vida.
Criar Filhos Biblicamente
47
3) Crianças que não são treinadas a lidar
com limites não estão equipadas para
vida.
4) Coloque limities que sejam:
• Razoáveis: (Mt. 23:2-4; 1 Jo. 5:3)
• Que são definidos.
• Executáveis:
Mt. 23:2-4 Na cadeira de Moisés, se assentaram
os escribas e os fariseus. Fazei e guardai, pois,
tudo quanto eles vos disserem, porém não os
imiteis nas suas obras; porque dizem e
não fazem.
FAZEI
NÃO OS IMITEIS
Criar Filhos Biblicamente
GUARDAI
48
f. Estabeleça recompensas e punições
apropriadas como parte da disciplina de
seus filhos. (Ef. 6:2-3)
• Por toda a Bíblia: causa/efeito (Dt.
27; 28; Gl. 6:7; 1 Co. 9:24-27)
g. Alguns pontos adicionais para levar em
consideração com referência à disciplina
eficaz.
Gl. 6:7 Não vos enganeis: de Deus não se
zomba; pois aquilo que o homem semear,
isso também ceifará.
SEMEAR
Criar Filhos Biblicamente
CEIFARÁ
49
1) Mais imediata para criança pequena. (Pv.
13:12; Ec. 8:11)
2) A lista do marido e da esposa dos pontos
fortes e fracos de cada filho.
 Focalizar num problema específico
como prioridade.
 Buscar versículos específicos para
respostas.
3) Seja consistente e justo, que a punição
esteja de acordo com o pecado.
Ec. 8:11 Visto como se não executa logo a
sentença sobre a má obra, o coração dos
filhos dos homens está inteiramente
disposto a praticar o mal.
Criar Filhos Biblicamente
EXECUTA LOGO
A SENTENÇA
50
h. A vara foi dada por Deus para ser usada
para o bem.
1) A vara é um instrumento poderoso que
Deus manda usar.
 Uso da vara diz muito à criança.
 Que ela pecou contra Deus.
 Que existem conseqüências do
pecado.
Criar Filhos Biblicamente
51
2) A vara não irá erradicar o pecado. É
designada por Deus para conseguir
atenção completa do seu filho para que
você possa instruí-lo nos caminhos de
Deus.
3) O uso imediato da vara é a reação
apropriada de um pai quando um filho
peca.
Criar Filhos Biblicamente
52
Criar Filhos Biblicamente
• A criança precisa associar dor à
desobediência (pecado)
• Pecado (desobediência) desagrada a
Deus.
4) A vara deve ser usada juntamente com a
Palavra de Deus. (Hb. 12:5-11)
• Quando usada apropriadamente ela:
Hb. 12:5-11 Filho meu, não menosprezes a
correção que vem do Senhor, nem desmaies
quando por ele és reprovado; porque o Senhor
corrige a quem ama e açoita a todo filho a
quem recebe. É para disciplina que perseverais
(Deus vos trata como filhos); Toda disciplina,
com efeito, no momento não parece ser motivo
de alegria, mas de tristeza; ao depois, entre-
tanto, produz fruto pacífico aos que têm sido
por ela exercitados, fruto de justiça.
O SENHOR CORRIGE
A QUEM AMA
53
– Será um ato de amor.
– Transmitirá sabedoria.
– Trará esperança.
 Pai e filho trabalhando juntos:
– Construindo um relacionamento
baseado na Palavra de Deus.
– Direcionado nossos filhos em cada
circumstância em direção a Cristo. (1
Tm. 1:1; Jo. 14:6)
Criar Filhos Biblicamente
54
5) O auto-exame é crucial no processo de
disciplina.
• O meu objetivo está correto?
• Pedi a ajuda de Deus?
• Minha instrução foi clara? Eles
entenderam?
• Tenho todos os fatos?
• A vara é necessária?
Criar Filhos Biblicamente
55
6) O uso da vara:
 Use um método e um lugar planejado
para utilizar a vara.
 Pergunte: “O que era para você
fazer?”
 Eles aceitaram a responsabilidade?
 “O que você fêz?”
 “O que deveria ter sido feito?”
 “O que Deus fala sobre isto?”
Criar Filhos Biblicamente
56
 Eles aceitaram a responsabilidade?
 “O que você fez estava certo ou errado
de acordo com as Escrituras?”
 “O que acontece quando você
desobedece?”
 “O que eu devo fazer como pai/mãe
sob a autoridade de Deus?”
Criar Filhos Biblicamente
57
 Faça-os assumir uma posição possível de
ser controlada.
 “Incline-se sobre a cama.”
 “Segure os seus tornozelos.”
 Aplique a disciplina apropriadamente e
lentamente.
 Use um instrumento flexíviel que não
machuque a criança, mas um que causa
uma dor razoável.
Criar Filhos Biblicamente
58
 A disciplina precisa ser firme e completa o
suficiente para causar contrição que
conduza ao arrependimento.
 Bata com a vara na região adequada.
 Dsciplinar com a vara não tem a finalidade
de constranger ou humilhar.
 O objetivo é a correção, não a punição.
Criar Filhos Biblicamente
59
7) Use este momento para instruir, ensinar,
treinar, orar. (2 Tm. 3:16-17)
• Fique com seu filho; avalie a sua
reação.
• Conduza-o ao arrependimento.
• A criança deve pedir perdão a Deus e
às pessoas adequadas.
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
ENSINO
REPREENSÃO
CORREÇÃO
EDUCAÇÃO
PERFEITO
MATURIDADE
HABILIDADE
ÚTIL
60
 Verdadeiro arrependimento = a criança
completaria o que lhe foi solicitada fazer.
(2 Co. 7:9-11)
 Faça-a entender que ela ofendeu a Deus.
 Abrace o seu irmão o a irmã para mostrar
amor. (Lc. 11:24-26; Ef. 4:22-24)
 Demonstre amor e uma atitude de perdão.
Criar Filhos Biblicamente
61
8) Continue em amor.
• Evite disciplina em ira descontrolada.
(Tg. 1:20)
• Evite palavras e intonações que
ataquem a pessoa invés do problema.
• Não traga o problema à tona
novamente a ser que você esteja
ajudando os filhos a eliminar um
padrão pecaminoso na vida deles.
Tg. 1:19-20 Sabeis estas coisas, meus
amados irmãos. Todo homem, pois, seja
pronto para ouvir, tardio para falar, tardio
para se irar. Porque a ira do homem não
produz a justiça de Deus.
A ira do homem não produz a justiça de Deus.
Criar Filhos Biblicamente
PRONTO PARA OUVIR
TARDIO PARA FALAR
TARDIO PARA SE IRAR
62
Criar Filhos Biblicamente
 Espere pressão de seu filho.
 “Se você realmente me amasse . . .”
 “Que tipo de cristão você é . . .”
 “Não é justo . . .”
9) Behaviorismo ou um Contrato de
Comportament.
63
C. Instrução amorosa (Ef. 6:4b)
1. Como devo ensinar os meus filhos?
(Dt. 6:6-7)
 O que você pensa quando ouve a
palavra “ensinar”?
 Definição: colocar na mente;
desenvolver convicções internas;
admoestação.
Dt. 6:6-7 Estas palavras que, hoje, te ordeno
estarão no teu coração; tu as inculcarás a
teus filhos, e delas falarás assentado em tua
casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te,
e ao levantar-te.
Criar Filhos Biblicamente
ASSENTADO
ANDANDO
DEITAR-TE
LEVANTAR-TE
64
a) Formalmente – por pergunta e resposta.
(Atos 17:2-3)
b) Fazendo cultos domésticos com eles.
1) Solicitar a ajuda do cônjuge.
2) Escolha o momento apropriado.
3) Torne-o significativo para cada filho.
Atos 17:2-3 Paulo, segundo o seu costume,
foi procurá-los e, por três sábados, arrazoou
com eles acerca das Escrituras, expondo e
demonstrando ter sido necessário que o
Cristo padecesse e ressurgisse dentre os
mortos; e este, dizia ele, é o Cristo, Jesus,
que eu vos anuncio.
ARRAZOAR
Criar Filhos Biblicamente
65
a) Formalmente – por pergunta e resposta.
(Atos 17:2-3)
b) Fazendo cultos domésticos com eles.
1) Solicitar a ajuda do cônjuge.
2) Escolha o momento apropriado.
3) Torne-o significativo para cada filho.
Atos 17:2-3 Paulo, segundo o seu costume,
foi procurá-los e, por três sábados, arrazoou
com eles acerca das Escrituras, expondo e
demonstrando ter sido necessário que o
Cristo padecesse e ressurgisse dentre os
mortos; e este, dizia ele, é o Cristo, Jesus,
que eu vos anuncio.
DISCUTIR
Criar Filhos Biblicamente
66
4) Estude.
• Busque as suas repostas na Palavra.
• Prepare-se
• Faça uma lista dos pontos
fortes/fracos de cada filho.
• Louve-os pelos pontos fortes.
• Ajude-os pontos fracos.
Criar Filhos Biblicamente
67
5) Procure uma varidade de métodos de
ensino.
6) Considere isto somente como parte de
todo o processo de treinar nossos
filhos.
Criar Filhos Biblicamente
68
C. Informalmente – dentro de situações
normais da vida.
 Deus é o nosso meio ambiente. (Dt. 6:7)
1) Ver Deus em cada situação. (Rm. 8:28)
 Seu relacionamento com o seu filho é
muito importante.
Rm. 8:28-29 Sabemos que todas as coisas
cooperam para o bem daqueles que amam a
Deus, daqueles que são chamados segundo o
seu propósito. Porquanto aos que de antemão
conheceu, também os predestinou para serem
conformes à imagem de seu Filho, a fim de
que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
PROPÓSITO
À IMAGEM DE
SEU FILHO
Criar Filhos Biblicamente
69
2) Assuntos da escola.
3) Tomando decisões biblicamente.
(Pv. 1:7-8)
4) Satisfação versus reclamanção.
(Fp. 2:14)
5) Desenvolvendo relacionamentos
bíblicos. (1 Tm. 5:1-2; Pv. 1:10-12; 4)
Criar Filhos Biblicamente
70
6) Pelo seu examplo. (Fp. 4:9)
• Examine-se a si mesmo. (Mt. 7:1-5)
• Não seja um hipócrita. (Tg. 1:22)
Mt. 7:1-5 Não julgueis, para que não sejais
julgados. Hipócrita! Tira primeiro a trave
do teu olho e, então, verás claramente para
tirar o argueiro do olho de teu irmão.
Criar Filhos Biblicamente
Máscara!
Não seja o juiz!
Tg. 1:22, 25 Tornai-vos, pois, praticantes da
palavra e não somente ouvintes, enganando-
vos a vós mesmos.Mas aquele que considera,
atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade,
e nela persevera, não sendo ouvinte negligente,
mas operoso praticante, esse será bem-
aventurado no que realizar.
PRATICANTES
NÃO . . . OUVINTES
ENGANNANDO-VOS
BEM-AVENTURADO
71
2. O que devo ensinar aos meus filhos?
a) Ensine-os a entender a condição de
pecador deles. (Sl. 51:1)
1) Condição do homem.
(Ef. 2:1-3; Rm. 6:23)
2) Ato de Deus/justificação. (Rm. 5:8)
3) O processo da santificação.
(2 Co. 3:18; Cl. 2:10)
Criar Filhos Biblicamente
72
b. As Escrituras – doutrina.
(2 Tm. 3:16-17)
1) Verdades versus moralidade da
cultura.
2) Como estudar a Palavra de Deus.
(2 Tm. 2:15)
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
útil
73
b. As Escrituras – doutrina.
(2 Tm. 3:16-17)
1) Verdades versus moralidade da
cultura.
2) Como estudar a Palavra de Deus.
(2 Tm. 2:15)
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
útil
74
b. As Escrituras – doutrina.
(2 Tm. 3:16-17)
1) Verdades versus moralidade da
cultura.
2) Como estudar a Palavra de Deus.
(2 Tm. 2:15)
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
útil
75
b. As Escrituras – doutrina.
(2 Tm. 3:16-17)
1) Verdades versus moralidade da
cultura.
2) Como estudar a Palavra de Deus.
(2 Tm. 2:15)
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
útil
76
b. As Escrituras – doutrina.
(2 Tm. 3:16-17)
1) Verdades versus moralidade da
cultura.
2) Como estudar a Palavra de Deus.
(2 Tm. 2:15)
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
útil
77
b. As Escrituras – doutrina.
(2 Tm. 3:16-17)
1) Verdades versus moralidade da
cultura.
2) Como estudar a Palavra de Deus.
(2 Tm. 2:15)
2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada
por Deus e útil para o ensino, para a repreensão,
para a correção, para a educação na justiça, a
fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra.
Criar Filhos Biblicamente
2 Tm. 2:15 Procura apresentar-te a Deus
aprovado, como obreiro que não tem de que se
Envergonhar . . .
QUE MANEJA BEM A PALAVRA
DA VERDADE.
78
c. O temor a Deus é o princípio do
conhecimento e da sabedoria. (Pv.
1:7; 9:10-11; 15:33)
d. Como/quando aplicar a Palavra de Deus
a stiuações diárias. (Dt.
6:7; Ef. 4:22-24; 2 Tm. 3:15-17).
Criar Filhos Biblicamente
79
e. Honrar e obedecer aos pais.
(Ex. 20:12; Ef. 6:1-3; Cl. 3:20).
1) Honra = atitude de alguém temente a
Deus = humildade.
2) Obediência = ações de alguém
temente a Deus.
f. O evangelho – fazer discípulos. (Mt.
28:18-20)
Ef. 6:1-3 Filhos, obedecei a vossos pais no
Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a
tua mãe (que é o primeiro mandamento com
promessa, para que te vá bem, e sejas de
longa vida sobre a terra.
OBEDECER
Criar Filhos Biblicamente
HONRAR
Mt. 28:19-20 Ide, portanto, fazei discípulos
de todas as nações, batizando-os em nome
do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
ensinando-os a guardar todas as coisas que
vos tenho ordenado. E eis que estou
convosco todos os dias até à consumação
do século.
FAZEI DISCÍPULOS
ENSINANDO-OS
80
g. Ouvir a instrução dos pais. (Pv. 1:8-9;
4:1-4; 6:20-24)
h. A importância de confiar no Senhor. (Pv.
3:5-6; 1 Co. 10:13)
i. Ser praticante da Palavra. (Tg. 1:22)
j. Ser bons despenseiros de seus corpos e
de seus bens. (1 Co. 4:2; 1 Ts. 4:3-5)
Pv. 3:5-6 Confia no SENHOR de todo o teu
coração e não te estribes no teu próprio
entendimento. Reconhece-o em todos os teus
caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
CONFIA NO SENHOR
1 Co. 4:1-2 Assim, pois, importa que os
homens nos considerem como ministros de
Cristo e dos mistérios de
Deus. Ora, além disso, o que se requer dos
é que cada um deles seja
encontrado
DESPENSEIROS
DESPENSEIROS
FIEL.
Criar Filhos Biblicamente
81
k. Fugir das tentações e evitar o caminho
do perverso. (Pv. 4:14-15; 1 Tm. 6:9-11)
l. Amar e servir os outros. (Fp. 2:5-9)
m. Iniciar o dia deles com louvor. (Sl.
118:24)
1) Amor é dar.
2) Ministrar aos outros.
Criar Filhos Biblicamente
82
n. Lidar com as provações biblicamente.
(Tg. 1:2-4; Hb. 12:5-15)
o. Pagar o mal com o bem. (Rm. 12:17-21)
p. Que perdão é uma promessa. (Ef. 4:32)
1) Não traz à memória para mim
mesmo.
2) Não traz à memória para o que
ofende.
3) Não traz à memória para os outros.
Ef. 4:32 Antes, sede uns para com os
outros benignos, compassivos, perdoando-
vos uns aos outros, como também Deus,
em Cristo, vos perdoou.
REVESTIMENTO
Criar Filhos Biblicamente
83
q. Estar contente em cada circunstância.
(1 Tm. 6:6; Lm. 3:39; Fp. 4:11)
r. Ser uma pessoa íntegra.
(Sl. 15:1-2; Pv. 20:7)
1) José. (Gn. 37-50)
2) Daniel. (Dn. 1-6)
s. Você ceifará aquilo que você semear.
(Pv. 22:5; 11:19-21; Gl. 6:7-8)
Sl. 15:1-2 Quem, SENHOR, habitará no teu
tabernáculo? Quem há de morar no teu santo
monte? O que vive com integridade, e pratica
a justiça, e, de coração, fala a verdade;
INTEGRIDADE
Pv. 11:19-21 Tão certo como a justiça conduz
para a vida, assim o que segue o mal, para a
sua morte o faz. Abomináveis para o SENHOR
são os perversos de coração, mas os que
andam em . O mau,
é evidente, não ficará sem castigo, mas a
geração dos justos é livre.
integridade são o seu prazer
Criar Filhos Biblicamente
84
t. Submeter-se à autoridade de Cristo em
cada área da vida. (Cl. 1:18)
u. Aceitar a disciplina do Senhor porque
Ele disciplina aqueles que Ele ama (e os
pais devem seguir o Seu exemplo).
(Pv. 3:11-12; 12:1; 15:31; Hb. 12:5-11)
v. Fazer o trabalho de Deus com diligência.
(Cl. 3:23-24; Pv. 6:6)
Cl. 1:18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja.
Ele é o princípio, o primogênito de entre os
mortos, para em todas as coisas ter a primazia,
Criar Filhos Biblicamente
ELE É . . . A CABEÇA
Hb. 12:-7 Filho meu, não menosprezes a
correção que vem do Senhor, nem desmaies
quando por ele és reprovado; porque o Senhor
corrige a quem ama e açoita a todo filho a
quem recebe. É para disciplina que perseverais
(Deus vos trata como filhos);
O SENHOR CORRIGE
A QUEM AMA
Cl. 3:23-24 Tudo quanto fizerdes, fazei-o de
todo o coração, como para o Senhor e não para
homens, cientes de que recebereis do Senhor a
recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é
que estais servindo . . .
85
w. Escolher os amigos com sabedoria.
(Provérbios)
x. Comunicar-se biblicamente.
(Ef. 4:15-32)
1) Fale a verdade em amor.
Ef. 4:15 Mas, seguindo a verdade em amor,
cresçamos em tudo naquele que é a cabeça,
Cristo . . .
2) Mantenha-se em dia.
Ef. 4:26 Irai-vos e não pequeis; não se ponha
o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar
ao diabo.
3) Ataque o problema, não a pessoa.
Ef. 4:29 Não saia da vossa boca nenhuma
palavra torpe, e sim unicamente a que for boa
para edificação, conforme a necessidade, e,
assim, transmita graça aos que ouvem.
4) Aja, não reaja.
Ef. 4:31-32 Longe de vós, toda amargura, e
cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem
assim toda malícia. Antes, sede uns para com
os outros benignos, compassivos, perdoando-
vos uns aos outros, como também Deus, em
Cristo, vos perdoou.
Criar Filhos Biblicamente
86
Criar Filhos Biblicamente
y. Viver a vida deles à luz do breve
retorno de Cristo. (Mc. 13:32-37)
3. Resumo dos princípios acima.
a. Aprender a pensar e agir biblica-mente
para honrar a Deus.
(1 Co. 10:31)
87
Criar Filhos Biblicamente
b. Estabelecer relacionamentos que
influenciem nossos filhos. (Dt. 4:9)
a. Ao treinar nossos filhos biblicamente,
nós continuamos a crescer.
(Jo. 17:17)
Dt. 4:9 Tão-somente guarda-te a ti mesmo e
guarda bem a tua alma, que te não esqueças
daquelas coisas que os teus olhos têm visto,
e se não apartem do teu coração todos os
dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos
e aos filhos de teus filhos.
Criar Filhos Biblicamente
Efésios 6:1-4
Apostilia página 76
Prof. Dr. William L. Moore

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A familia cristã e os desafios na criação dos filhos
A familia cristã e os desafios na criação dos filhosA familia cristã e os desafios na criação dos filhos
A familia cristã e os desafios na criação dos filhos
Sebastião Luiz Chagas
 
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de DeusOs Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
IBMemorialJC
 
Educando os filhosa maneira de Deus
Educando os filhosa maneira de DeusEducando os filhosa maneira de Deus
Educando os filhosa maneira de Deus
Michele Musicautista
 
PASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDO
PASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDOPASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDO
PASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDO
ELAINE PÉROLA
 
Lição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Lição 8 - O Desafio da Criação dos FilhosLição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Lição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Éder Tomé
 
Mulher cristã na modernidade
Mulher cristã na modernidadeMulher cristã na modernidade
Mulher cristã na modernidade
Rosângela Oliveira
 
Namoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideNamoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slide
Seduc MT
 
Relacionamento sexual para casais cristãos
Relacionamento sexual para casais cristãosRelacionamento sexual para casais cristãos
Relacionamento sexual para casais cristãos
Arsky
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Namoro cristao
Namoro cristaoNamoro cristao
Namoro cristao
Bruno Ferreira
 
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
Cacilda Barbosa Santiago
 
Relacionamento Conjugal
Relacionamento ConjugalRelacionamento Conjugal
Relacionamento Conjugal
Vladimir de Siqueira
 
O plano de Deus
O plano de DeusO plano de Deus
O plano de Deus
Ricardo Castro
 
Namoro Noivado Sexo Casamento
Namoro Noivado Sexo CasamentoNamoro Noivado Sexo Casamento
Namoro Noivado Sexo Casamento
prweber
 
Educação Cristã, Responsabilidade dos Pais
Educação Cristã, Responsabilidade dos PaisEducação Cristã, Responsabilidade dos Pais
Educação Cristã, Responsabilidade dos Pais
Rodrigo Fragoso
 
Curso de noivos
Curso de noivosCurso de noivos
Curso de noivos
Cristiano Roncy
 
Compromisso com Deus
Compromisso com DeusCompromisso com Deus
Compromisso com Deus
Armando Venancio
 
O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.
Paula Querino
 
Traje cristão feminino 1
Traje cristão feminino 1Traje cristão feminino 1
Traje cristão feminino 1
Leandro Dakel Cunha
 
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário   como ensinar crianças na igreja - marisaSeminário   como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Sergio Silva
 

Mais procurados (20)

A familia cristã e os desafios na criação dos filhos
A familia cristã e os desafios na criação dos filhosA familia cristã e os desafios na criação dos filhos
A familia cristã e os desafios na criação dos filhos
 
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de DeusOs Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
Os Desafios de uma Família Segundo o Coração de Deus
 
Educando os filhosa maneira de Deus
Educando os filhosa maneira de DeusEducando os filhosa maneira de Deus
Educando os filhosa maneira de Deus
 
PASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDO
PASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDOPASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDO
PASSOS PARA UM CASAMENTO BEM SUCEDIDO
 
Lição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Lição 8 - O Desafio da Criação dos FilhosLição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
Lição 8 - O Desafio da Criação dos Filhos
 
Mulher cristã na modernidade
Mulher cristã na modernidadeMulher cristã na modernidade
Mulher cristã na modernidade
 
Namoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideNamoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slide
 
Relacionamento sexual para casais cristãos
Relacionamento sexual para casais cristãosRelacionamento sexual para casais cristãos
Relacionamento sexual para casais cristãos
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Namoro cristao
Namoro cristaoNamoro cristao
Namoro cristao
 
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
 
Relacionamento Conjugal
Relacionamento ConjugalRelacionamento Conjugal
Relacionamento Conjugal
 
O plano de Deus
O plano de DeusO plano de Deus
O plano de Deus
 
Namoro Noivado Sexo Casamento
Namoro Noivado Sexo CasamentoNamoro Noivado Sexo Casamento
Namoro Noivado Sexo Casamento
 
Educação Cristã, Responsabilidade dos Pais
Educação Cristã, Responsabilidade dos PaisEducação Cristã, Responsabilidade dos Pais
Educação Cristã, Responsabilidade dos Pais
 
Curso de noivos
Curso de noivosCurso de noivos
Curso de noivos
 
Compromisso com Deus
Compromisso com DeusCompromisso com Deus
Compromisso com Deus
 
O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.
 
Traje cristão feminino 1
Traje cristão feminino 1Traje cristão feminino 1
Traje cristão feminino 1
 
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário   como ensinar crianças na igreja - marisaSeminário   como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
 

Semelhante a 09 CRIAR FILHOS BIBLICAMENTE.ppt

Seminário sobre família - Ministério Família
Seminário sobre família - Ministério FamíliaSeminário sobre família - Ministério Família
Seminário sobre família - Ministério Família
AbraoSantiago
 
Lição nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Lição   nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.docLição   nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Lição nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Gérson Fagundes da Cunha
 
7º seminário da família
7º seminário da família7º seminário da família
7º seminário da família
Vilmar Nascimento
 
PATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdf
PATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdfPATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdf
PATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdf
Jorge Teixeira
 
O relacionamento dos pais cristãos com os filhos
O relacionamento dos pais cristãos com os filhosO relacionamento dos pais cristãos com os filhos
O relacionamento dos pais cristãos com os filhos
Maria Da Penha Pereira
 
tema8 para encontro de casais ter uma vida.ppt
tema8 para encontro de casais ter uma vida.ppttema8 para encontro de casais ter uma vida.ppt
tema8 para encontro de casais ter uma vida.ppt
ValdineyRodriguesBez1
 
Culto domésticco
Culto domésticcoCulto domésticco
Lição 05- Deixando Pai e Mãe
Lição 05- Deixando Pai e MãeLição 05- Deixando Pai e Mãe
Lição 05- Deixando Pai e Mãe
Maxsuel Aquino
 
Capelania Escolar e a Função Educativa dos Pais
Capelania Escolar e a Função Educativa dos PaisCapelania Escolar e a Função Educativa dos Pais
Capelania Escolar e a Função Educativa dos Pais
Jean Carllos
 
Família 3 aula 4 - disciplina e correção de filhos -
Família 3   aula 4 - disciplina e correção de filhos -Família 3   aula 4 - disciplina e correção de filhos -
Família 3 aula 4 - disciplina e correção de filhos -
Vanius Ricardo Vaz Santos
 
Inversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e PaisInversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e Pais
Daniel Faria Jr.
 
A criação de filhos
A criação de filhosA criação de filhos
A criação de filhos
Edleusa Silva
 
21082009113507
2108200911350721082009113507
21082009113507
cyberipanema
 
LIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃE
LIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃELIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃE
LIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃE
Natalino das Neves Neves
 
Pais e filhos
Pais e filhosPais e filhos
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Ramón Zazatt
 
Obediência
ObediênciaObediência
Obediência
Adenildo Santos
 
Educacao de filhos pib matão sumaré - julho 2016
Educacao de filhos   pib matão sumaré - julho 2016Educacao de filhos   pib matão sumaré - julho 2016
Educacao de filhos pib matão sumaré - julho 2016
Edilson S Ribeiro
 
ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015
rosihertel
 
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdf
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdfA IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdf
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdf
FelipeMarques429020
 

Semelhante a 09 CRIAR FILHOS BIBLICAMENTE.ppt (20)

Seminário sobre família - Ministério Família
Seminário sobre família - Ministério FamíliaSeminário sobre família - Ministério Família
Seminário sobre família - Ministério Família
 
Lição nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Lição   nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.docLição   nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
Lição nº5 - pais e filhos (ii) (04 de maio de 2013) - 2º tri.doc
 
7º seminário da família
7º seminário da família7º seminário da família
7º seminário da família
 
PATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdf
PATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdfPATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdf
PATERNIDADE CRISTÃ – Deuteronômio 6.pdf
 
O relacionamento dos pais cristãos com os filhos
O relacionamento dos pais cristãos com os filhosO relacionamento dos pais cristãos com os filhos
O relacionamento dos pais cristãos com os filhos
 
tema8 para encontro de casais ter uma vida.ppt
tema8 para encontro de casais ter uma vida.ppttema8 para encontro de casais ter uma vida.ppt
tema8 para encontro de casais ter uma vida.ppt
 
Culto domésticco
Culto domésticcoCulto domésticco
Culto domésticco
 
Lição 05- Deixando Pai e Mãe
Lição 05- Deixando Pai e MãeLição 05- Deixando Pai e Mãe
Lição 05- Deixando Pai e Mãe
 
Capelania Escolar e a Função Educativa dos Pais
Capelania Escolar e a Função Educativa dos PaisCapelania Escolar e a Função Educativa dos Pais
Capelania Escolar e a Função Educativa dos Pais
 
Família 3 aula 4 - disciplina e correção de filhos -
Família 3   aula 4 - disciplina e correção de filhos -Família 3   aula 4 - disciplina e correção de filhos -
Família 3 aula 4 - disciplina e correção de filhos -
 
Inversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e PaisInversão: Entre Filhos e Pais
Inversão: Entre Filhos e Pais
 
A criação de filhos
A criação de filhosA criação de filhos
A criação de filhos
 
21082009113507
2108200911350721082009113507
21082009113507
 
LIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃE
LIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃELIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃE
LIÇÃO 7 - HONRARÁS PAI E MÃE
 
Pais e filhos
Pais e filhosPais e filhos
Pais e filhos
 
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
Intercessão dos pais pelos filhos e filhos pelos pais.
 
Obediência
ObediênciaObediência
Obediência
 
Educacao de filhos pib matão sumaré - julho 2016
Educacao de filhos   pib matão sumaré - julho 2016Educacao de filhos   pib matão sumaré - julho 2016
Educacao de filhos pib matão sumaré - julho 2016
 
ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015
 
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdf
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdfA IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdf
A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA.pdf
 

Mais de Luiz Gomes

05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt
05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt
05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt
Luiz Gomes
 
Projeto vida conjugal.pptx
Projeto vida conjugal.pptxProjeto vida conjugal.pptx
Projeto vida conjugal.pptx
Luiz Gomes
 
4-evangelism - port..ppt
4-evangelism - port..ppt4-evangelism - port..ppt
4-evangelism - port..ppt
Luiz Gomes
 
P5-Teologia gera metodologia.pptx
P5-Teologia gera metodologia.pptxP5-Teologia gera metodologia.pptx
P5-Teologia gera metodologia.pptx
Luiz Gomes
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx
Luiz Gomes
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx
Luiz Gomes
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx
Luiz Gomes
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx
Luiz Gomes
 
CCMN Brazil.ppt
CCMN Brazil.pptCCMN Brazil.ppt
CCMN Brazil.ppt
Luiz Gomes
 
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.pptseminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
Luiz Gomes
 
Fortalecendo a Visao 1 Anatomia.ppt
Fortalecendo a Visao 1 Anatomia.pptFortalecendo a Visao 1 Anatomia.ppt
Fortalecendo a Visao 1 Anatomia.ppt
Luiz Gomes
 
Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.pptReconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
Luiz Gomes
 
P5-Formação Espiritual.pptx
P5-Formação Espiritual.pptxP5-Formação Espiritual.pptx
P5-Formação Espiritual.pptx
Luiz Gomes
 
P8 - Treinamento do Líder de Célula.pptx
P8 - Treinamento do Líder de Célula.pptxP8 - Treinamento do Líder de Célula.pptx
P8 - Treinamento do Líder de Célula.pptx
Luiz Gomes
 
Implantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptx
Implantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptxImplantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptx
Implantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptx
Luiz Gomes
 
LOVE FAMILY.pptx
LOVE FAMILY.pptxLOVE FAMILY.pptx
LOVE FAMILY.pptx
Luiz Gomes
 
Bloqueando comunicacao entre clientes
Bloqueando comunicacao entre clientesBloqueando comunicacao entre clientes
Bloqueando comunicacao entre clientes
Luiz Gomes
 

Mais de Luiz Gomes (17)

05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt
05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt
05 W - MORDOMIA BÍBLICA NO CASAMENTO.ppt
 
Projeto vida conjugal.pptx
Projeto vida conjugal.pptxProjeto vida conjugal.pptx
Projeto vida conjugal.pptx
 
4-evangelism - port..ppt
4-evangelism - port..ppt4-evangelism - port..ppt
4-evangelism - port..ppt
 
P5-Teologia gera metodologia.pptx
P5-Teologia gera metodologia.pptxP5-Teologia gera metodologia.pptx
P5-Teologia gera metodologia.pptx
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 3.pptx
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 2.pptx
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Sessão 1.pptx
 
10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx
10 Congr Anual Igrejas em Células - Introdução.pptx
 
CCMN Brazil.ppt
CCMN Brazil.pptCCMN Brazil.ppt
CCMN Brazil.ppt
 
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.pptseminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
 
Fortalecendo a Visao 1 Anatomia.ppt
Fortalecendo a Visao 1 Anatomia.pptFortalecendo a Visao 1 Anatomia.ppt
Fortalecendo a Visao 1 Anatomia.ppt
 
Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.pptReconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
 
P5-Formação Espiritual.pptx
P5-Formação Espiritual.pptxP5-Formação Espiritual.pptx
P5-Formação Espiritual.pptx
 
P8 - Treinamento do Líder de Célula.pptx
P8 - Treinamento do Líder de Célula.pptxP8 - Treinamento do Líder de Célula.pptx
P8 - Treinamento do Líder de Célula.pptx
 
Implantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptx
Implantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptxImplantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptx
Implantando o Trabalho em Conjunto Infantil.pptx
 
LOVE FAMILY.pptx
LOVE FAMILY.pptxLOVE FAMILY.pptx
LOVE FAMILY.pptx
 
Bloqueando comunicacao entre clientes
Bloqueando comunicacao entre clientesBloqueando comunicacao entre clientes
Bloqueando comunicacao entre clientes
 

Último

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 

Último (15)

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 

09 CRIAR FILHOS BIBLICAMENTE.ppt

  • 1. Criar Filhos Biblicamente Efésios 6:1-4 Apostilia página 76 Prof. Dr. William L. Moore
  • 2. 2 I. Introdução: A. Quais são algumas preocupações e medos que os pais têm para com os seus filhos? Criar Filhos Biblicamente
  • 3. 3 1. Pressão do grupo de amigos da mesma faixa etária. (1 Co. 15:33) 2. Adotar as suas próprias convicções sobre o Senhor. 3. Obedecer autoridade (quando dar certas responsabilidades, trocar a autoridade do pai pela do amigo). Criar Filhos Biblicamente 1 Co. 15:33 Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.
  • 4. 4 1. Pressão do grupo de amigos da mesma faixa etária. (1 Co. 15:33) 2. Adotar as suas próprias convicções sobre o Senhor. 3. Obedecer autoridade (quando dar certas responsabilidades, trocar a autoridade do pai pela do amigo). Criar Filhos Biblicamente 1 Co. 15:33 Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.
  • 5. 5 1. Pressão do grupo de amigos da mesma faixa etária. (1 Co. 15:33) 2. Adotar as suas próprias convicções sobre o Senhor. 3. Obedecer autoridade (quando dar certas responsabilidades, trocar a autoridade do pai pela do amigo). Criar Filhos Biblicamente 1 Co. 15:33 Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.
  • 6. 6 4. Influência da igreja e da sociedade. 5. A reação deles quando você deve dizer “não.” 6. Drogas, álcool, sexo, rebeldia, interesses próprios, música. 7. Individualismo. Criar Filhos Biblicamente
  • 7. 7 B. O que o mundo ensina sobre educação de crianças? 1. Desenvolver sua auto-imagem. 2. Ficar fora de preocupação – “Simplesmente diga não!” 3. Mudar o comportamento deles. Criar Filhos Biblicamente
  • 8. 8 C. Por que este tipo de educação familiar fracassa? 1. Não muda o coração. 2. Ignora a Palavra de Deus. Criar Filhos Biblicamente
  • 9. 9 II. A revelação (A Palavra de Deus) A. O desafio de criar filhos. 1. Os desafios não são novos (Dt. 6:4- 9; Rm. 5:12; 1 Co. 10:13; Ef. 6:4) 2. O desafio intensifica-se com a proximidade do fim dos tempos. (2 Tm. 3:11) 3. O desafio não é desesperador! (2 Tm. 3:15-17) Dt. 6:4-9 Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR. Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Ef. 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. Criar Filhos Biblicamente Dt. 6:8-9 Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas. 2 Tm. 3:15-17 Desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. DESDE A INFÂNCIA SABES AS SAGRADAS LETRAS
  • 10. 10 B. O privilégio de criar filhos. 1. Deus é absolutamente soberano. (Dt. 32:39; Dn. 4:35). 2. Deus considera ser pai/mãe um privilégio “abençoado”. (Sl. 127:5) 3. Os filhos são um presente, “herança”. (Sl. 127:3) Dt. 4:35 A ti te foi mostrado para que soubesses que o SENHOR é Deus; nenhum outro há, senão ele. Criar Filhos Biblicamente Sl. 127:3-5 Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão.Como flechas na mão do guerreiro, assim os filhos da mocidade. Feliz o homem que enche deles a sua aljava; não será envergonhado, quando pleitear com os inimigos à porta.
  • 11. 11 III. Os Relacionamentos da Família A. O seu relacionamento (marido/esposa). 1. O seu relacionamento com o Senhor. (Mc. 12:29-30) a. O seu relacionamento com a Palavra de Deus. (Pv. 2:1-5) b. O seu relacionamento com a oração. (Cl. 4:2) Mc. 12:30 Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. Pv. 2:1-5 Filho meu, se aceitares as minhas palavras e esconderes contigo os meus mandamentos, para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido e para inclinares o coração ao entendimento, e, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz, se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus. ENTENDERÁS O TEMOR DO SENHOR ACHARÁS O CONHECIMENTO DE DEUS Cl. 4:2 Perseverai na oração, vigiando com ações de graças. ORAÇÃO Criar Filhos Biblicamente
  • 12. 12 2. O seu relacionamento mútuo. (Mc. 12:31; Ef. 5:22-33) 3. O seu relacionamento com os filhos. (Ef. 6:1-4) Mc. 12:31 O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Criar Filhos Biblicamente Ef. 6:1-4 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.
  • 13. 13 2. O seu relacionamento mútuo. (Mc. 12:31; Ef. 5:22-33) 3. O seu relacionamento com os filhos. (Ef. 6:1-4) Mc. 12:31 O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Criar Filhos Biblicamente Ef. 6:1-4 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. obedecei a vossos pais
  • 14. 14 2. O seu relacionamento mútuo. (Mc. 12:31; Ef. 5:22-33) 3. O seu relacionamento com os filhos. (Ef. 6:1-4) Mc. 12:31 O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Criar Filhos Biblicamente Ef. 6:1-4 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. obedecei a vossos pais não provoqueis vossos filhos à ira
  • 15. 15 B. Filhos 1. O relacionamento de seus filhos com o Senhor. a. O relacionamento de seus filhos com a Palavra de Deus. b. O compromisso de seus filhos com a oração. Criar Filhos Biblicamente
  • 16. 16 B. Filhos 2. O relacionamento de seus filhos com você. 3. O relacionamento entre seus filhos. C. Família para com a igreja. 1. O seu relacionamento com a igreja. 2. O relacionamento de seus filhos para com a igreja. Criar Filhos Biblicamente
  • 17. 17 IV. Reações à Educação dos Filhos A. Pais impacientes. 1. Eles pergunta, “Por que eu?” 2. Eles pensam, “Eu tenho direito a um filho livre de problema.” 3. Eles acreditam, “Um filho não tem o direito de me incomodar.” Criar Filhos Biblicamente
  • 18. 18 A. Pais impacientes. 4. Eles esquecem-se de que o filho deles precisa ser treinado. B. Pais passivos – eles reagem ao mal comportamento de seus filhos dizendo: 1. “Não é importante; é só uma fase.” 2. “Meu filho nunca faria isto.” Criar Filhos Biblicamente
  • 19. 19 B. Pais passivos – 3. “Certamente está errado, mas ele fica tão fofo quando age assim!” 4. “Ele é apenas uma criança. Ele é pequeno demais para aprender.” 5. “Eu não sei o que vou fazer com esta criança.” Criar Filhos Biblicamente
  • 20. 20 B. Pais passivos – 6. “Não é minha responsabilidade!” a. Igreja. b. Escola. c. Maternal. Criar Filhos Biblicamente
  • 21. 21 C. Pais dominantes (super proteção). 1. “Eu não desejo que meus filhos cometam os mesmos erros que eu.”  Viver a vida deles através dos filhos por exemplo futebol. 2. “A juventude de hoje não tem disciplina das gerações passadas.”  Exigir demais. Criar Filhos Biblicamente
  • 22. 22 3. “Eu não quero assistir ao fracasso do meu filho.”  Não deixá-los aprender, se arriscar. 4. “Eles não são responsáveis o suficiente para tomar as suas próprias decisões.”  Não, você simplesmente não os treinou. Criar Filhos Biblicamente
  • 23. 23 5. “Eu sei o que é melhor para você.”  Não deixar os seus filhos serem eles próprios. 6. “Você não faz isto corretamente, então, deixe-me fazer.”  Perfeccionismo Criar Filhos Biblicamente
  • 24. 24 D. Pais que agem biblicamente. (Dt. 6:1-9; 11:1-21; Ef. 6:1-4; Cl. 3:18-21) 1. Compreender que todas as crianças nasceram em pecado. (Sl. 51:5) 2. Objetivo é criar os seus filhos na disciplina e instrução do Senhor. (Ef. 6:4) Ef. 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. Cl. 3:21 Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados. NÃO PROVOQUEIS Criar Filhos Biblicamente NÃO IRRITEIS Dt. 11:18-21 Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma; atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por frontal entre os olhos. Ensinai-as a vossos filhos, falando delas assentados em vossa casa, e andando pelo caminho, e deitando-vos, e levantando-vos. Escrevei-as nos umbrais de vossa casa e nas vossas portas, para que se multipliquem os vossos dias e os dias de vossos filhos na terra que o SENHOR, ENSINAI-AS ASSENTADOS ANDANDO DEITANDO-VOS LEVANTANDO-OS
  • 25. 25 B. Pais que agem biblicamente. 3. Buscar glorificar a Deus em tudo o que eles fazem. (Cl. 3:17) 4. Pedir a Deus: a. Sabedoria: (Tg. 1:5) b. Compreensão: (Sl. 139:14-16) Cl. 3:17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Criar Filhos Biblicamente GLORIFICAR Tg. 1:5 Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida. SABEDORIA Sl. 139:14-16 Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem; os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda. COMPREENSÃO
  • 26. 26 5. Ter metas específicas. (Ef. 6:1-4) a. Ensiná-los a amar e obedecer o Senhor. (Mc. 12:29-30; Mt. 21:28-32) b. Ajudá-los a pensar e reagir biblicamente. (Pv. 23:15-16) c. Andar no Espírito. (Gl. 5:16-25; Cl. 2:6- 8; 1 Co. 13:4-8a) d. Lembrar que isto é um processo! (Cl. 1:28-29) Pv. 23:15-16 Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar-se-á também o meu; exultará o meu íntimo, quando os teus lábios falarem coisas retas. Criar Filhos Biblicamente Gl. 5:16-25 Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne . . . Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.
  • 27. 27 6. Pedir perdão quando eles pecam contra os seus filhos. (Mt. 5:23)  Criar consciência da presença constante de Deus. (Dt. 6:1-9) 7. Dedicar a si próprios e os seus filhos ao Senhor. (Js. 24:14-15) Js. 24:14-15 Agora, pois, temei ao SENHOR e servi-o com integridade e com fidelidade . . . Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR. Criar Filhos Biblicamente
  • 28. 28 6. Pedir perdão quando eles pecam contra os seus filhos. (Mt. 5:23)  Criar consciência da presença constante de Deus. (Dt. 6:1-9) 7. Dedicar a si próprios e os seus filhos ao Senhor. (Js. 24:14-15) Js. 24:14-15 Agora, pois, temei ao SENHOR e servi-o com integridade e com fidelidade . . . Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR. Criar Filhos Biblicamente
  • 29. 29 V. Recursos de Deus A. A Palavra: (2 Tm. 3:15-17; 2 Pe. 1:2-4; Sl. 19:7-10) B. O Espírito Santo: (Jo. 14:26; 16:7-15; 1 Co. 2:10-16) C. A Oração: (Mt. 6:9-13; Ef. 6:18; Cl. 4:2; 1 Jo. 5:14-15) D. A Igreja Local: Hb. 10:24-25; 13:17; Ef. 4:11-13) A BÍBLIA É SUFICIENTE Criar Filhos Biblicamente O E. SANTO É NECESSÁRIO A ORAÇÃO VITAL A IGREJA É O PLANO DE DEUS
  • 30. 30 VI. Autoridade A. O Cabeça – o marido (Ef. 5:25) 1. Aquele que ama: (Ef. 5:25-33) 2. Aprendiz: (1 Pe. 3:7) 3. Líder: (Mt. 20:25-28; Fp. 2:5-8; 4:9; Pv. 20:6-7)  O marido é responsável diante de Deus: (Ef. 6:4; Cl. 3:21) Ef. 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. Criar Filhos Biblicamente CRIAI-OS DISCIPLINA ADMOESTAÇÃO Cl. 3:21 Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados. NÃO IRRITEIS
  • 31. 31 B. Auxiladora – a esposa (Gn. 2:18) 1. Aquela que honra: (Ef. 5:33)  Submissão amorosa 2. Auxiladora: (Gn. 2:18)  Companheirismo fiel 3. Edificadora do lar: (Tito 2:4; Pv. 31)  Trabalho ativo Criar Filhos Biblicamente
  • 32. 32 C. Avós: (Dt. 4:9; Fp. 4:9) • Podem ser exemplos e ensinar verades espirituais. 2 Tm. 1:5 pela recordação que guardo de tua fé sem fingimento, a mesma que, primeira- mente, habitou em tua avó Lóide e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também, em ti. Criar Filhos Biblicamente 2 Tm. 3:14-15 Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste e que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus.
  • 33. 33 VII. Responsabilidade dos Pais: A. “E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira . . .” (Ef. 6:4) 1. Algumas maneiras que podemos provocar ira ou impedir a eficácia do treino com nossos filhos. Criar Filhos Biblicamente
  • 34. 34 a. Legalismo: 1) Não diferenciar entre padrões bíblicos e regras da casa. 2) Regras demais. (Mt. 23:4) b. Passividade: (Pv. 13:24; 29:15) 1) É hereditário: ele é igual ao pai dele.” 2) É uma visão não bíblica da juventude. Criar Filhos Biblicamente
  • 35. 35 c. Negligência: (Hb. 3:13; 10:25; Dt. 6:6-7) d. Impaciência: (Tg. 1:19; Pv. 18:13) 1) Omissão para ouvir. 2) Negatividade: (Ef. 4:29) e. Hipocrisia: (Mt. 7:1-5) 1) Mudar as regras. (Mt. 5:37; Cl. 3:9-10) 2) Não cumprir as promessas. Pv. 18:13 Responder antes de ouvir é estultícia e vergonha. RESPONDER Criar Filhos Biblicamente Ef. 4:29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a Necessi- dade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. PALAVRAS TORPES PALAVRAS EDIFICANTES Mt. 7:1-5 Não julgueis, para que não sejais Julgados . . . Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão. HIPOCRISIA
  • 36. 36 e. Hipocrisia: 3) Recusar-se a perdoar o seu filho e exigir que ele perdoe os outros pelos maus feitos contra ele. (Ef. 4:32) 4) Orgulho. Omissão de confessar pecados que você comete contra o seu filho. (Pv. 28:13; Tg. 4:6) Criar Filhos Biblicamente
  • 37. 37 e. Hipocrisia: 5) Tensão entre os pais. (Cl. 3:18-19) 6) Inverter os papéis dados por Deus – Marido/esposa. (Ef. 5:22-33) f. Ira não controlada: (Cl. 3:21; Ef. 4:26-29; Mc. 11:25; Pv. 30:33; 29:22)  Dano físico e verbal. (Ef. 4:29; Tg. 1:20) Criar Filhos Biblicamente
  • 38. 38 g. Amor baseado no comportamento (1 Co. 13:4-8a) 1) Viver em lugar de outro 2) Perfeccionismo. h. Dar preferência a um filho em especial: (Pv. 24:23; Gn. 25:28)  Comparar o seu filho com outros fora de sua família. i. Constranger o seu filho na frente de outros: (Mt. 18:15) Criar Filhos Biblicamente 1 Co. 13:4-8 O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz incon- venientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba
  • 39. 39 2. Qual poderia ser a consequência de provocar o seu filho à ira? Uma pessoa indignada em relação à autoridade. (Pv. 19:19; 25:28)  Deus  Pais/família  Igreja  Governo  Rejeição de Deus e autoridade Criar Filhos Biblicamente
  • 40. 40 3. Como evitar a ira: a. Disciplina ou vida estruturada.  Não treine o seu filho para resolver os seus problemas na sua própria força. b. Instrução ou colocar na mente – ensinar. c. Ame-os. Criar Filhos Biblicamente
  • 41. 41 B. Disciplina amorosa: (Ef. 6:4b) 1. Disciplina não bíblica: a. Somente instrução é suficiente. 1) Pode mudar o comportamento, mas não será comportamento de alguém temente a Deus. 2) Um estilo de vida indisciplinada. Criar Filhos Biblicamente
  • 42. 42 b. Mas muitos foram discipliandos com firmeza, porém não deram os resultados esperados.” Por quê? 1) Foram disciplinados com ira descontrolada. (Tg. 1:20). 2) Foram disciplinandos porque eles incomodavam (objetivo errado). 3) Foram desciplinando sem serem elogiados. (Rm. 13:7). Tg. 1:20 Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus. Criar Filhos Biblicamente
  • 43. 43 4) Foram disciplinados sem serem ensinados. (Ef. 6:4; Dt. 6:6-7). 5) Natureza pecaminosa na pessoa não salva. (Sl. 51:5; Ef. 2:3) • Disciplina não garante salvação. 6) Foram discipliandos sem reconciliação e restauração. Criar Filhos Biblicamente
  • 44. 44 c. A disciplina impedirá a criatividade e o potencial. d. A disciplina deformará a sua personalidade. 2. Convicções essenciais para a disciplina bíblica. a. Disciplinar é um mandamento. (Pv. 22:15; 29:15a) Pv. 22:15 A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a afastará dela. Pv. 29:15 A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe. DISCIPLINA Criar Filhos Biblicamente
  • 45. 45 b. Você é um representante de Deus e deve prestar conta. (Ef. 6:4) c. Os filhos são um dom de Deus. (Sl. 127:3) d. Deus deseja dar-lhe sabedoria e força. (Tg. 1:5) e. Estabelecer limites é um ato de amor. Criar Filhos Biblicamente
  • 46. 46 1) Limites • Não causarão um problema. • Revelam necessidades para ensinar. • Protegem a criança de coisas com que ela não conseque lidar. • Proporcionam um bom cenário para aprendizagem. 2) Limites são uma parte da vida. Criar Filhos Biblicamente
  • 47. 47 3) Crianças que não são treinadas a lidar com limites não estão equipadas para vida. 4) Coloque limities que sejam: • Razoáveis: (Mt. 23:2-4; 1 Jo. 5:3) • Que são definidos. • Executáveis: Mt. 23:2-4 Na cadeira de Moisés, se assentaram os escribas e os fariseus. Fazei e guardai, pois, tudo quanto eles vos disserem, porém não os imiteis nas suas obras; porque dizem e não fazem. FAZEI NÃO OS IMITEIS Criar Filhos Biblicamente GUARDAI
  • 48. 48 f. Estabeleça recompensas e punições apropriadas como parte da disciplina de seus filhos. (Ef. 6:2-3) • Por toda a Bíblia: causa/efeito (Dt. 27; 28; Gl. 6:7; 1 Co. 9:24-27) g. Alguns pontos adicionais para levar em consideração com referência à disciplina eficaz. Gl. 6:7 Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. SEMEAR Criar Filhos Biblicamente CEIFARÁ
  • 49. 49 1) Mais imediata para criança pequena. (Pv. 13:12; Ec. 8:11) 2) A lista do marido e da esposa dos pontos fortes e fracos de cada filho.  Focalizar num problema específico como prioridade.  Buscar versículos específicos para respostas. 3) Seja consistente e justo, que a punição esteja de acordo com o pecado. Ec. 8:11 Visto como se não executa logo a sentença sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal. Criar Filhos Biblicamente EXECUTA LOGO A SENTENÇA
  • 50. 50 h. A vara foi dada por Deus para ser usada para o bem. 1) A vara é um instrumento poderoso que Deus manda usar.  Uso da vara diz muito à criança.  Que ela pecou contra Deus.  Que existem conseqüências do pecado. Criar Filhos Biblicamente
  • 51. 51 2) A vara não irá erradicar o pecado. É designada por Deus para conseguir atenção completa do seu filho para que você possa instruí-lo nos caminhos de Deus. 3) O uso imediato da vara é a reação apropriada de um pai quando um filho peca. Criar Filhos Biblicamente
  • 52. 52 Criar Filhos Biblicamente • A criança precisa associar dor à desobediência (pecado) • Pecado (desobediência) desagrada a Deus. 4) A vara deve ser usada juntamente com a Palavra de Deus. (Hb. 12:5-11) • Quando usada apropriadamente ela: Hb. 12:5-11 Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entre- tanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça. O SENHOR CORRIGE A QUEM AMA
  • 53. 53 – Será um ato de amor. – Transmitirá sabedoria. – Trará esperança.  Pai e filho trabalhando juntos: – Construindo um relacionamento baseado na Palavra de Deus. – Direcionado nossos filhos em cada circumstância em direção a Cristo. (1 Tm. 1:1; Jo. 14:6) Criar Filhos Biblicamente
  • 54. 54 5) O auto-exame é crucial no processo de disciplina. • O meu objetivo está correto? • Pedi a ajuda de Deus? • Minha instrução foi clara? Eles entenderam? • Tenho todos os fatos? • A vara é necessária? Criar Filhos Biblicamente
  • 55. 55 6) O uso da vara:  Use um método e um lugar planejado para utilizar a vara.  Pergunte: “O que era para você fazer?”  Eles aceitaram a responsabilidade?  “O que você fêz?”  “O que deveria ter sido feito?”  “O que Deus fala sobre isto?” Criar Filhos Biblicamente
  • 56. 56  Eles aceitaram a responsabilidade?  “O que você fez estava certo ou errado de acordo com as Escrituras?”  “O que acontece quando você desobedece?”  “O que eu devo fazer como pai/mãe sob a autoridade de Deus?” Criar Filhos Biblicamente
  • 57. 57  Faça-os assumir uma posição possível de ser controlada.  “Incline-se sobre a cama.”  “Segure os seus tornozelos.”  Aplique a disciplina apropriadamente e lentamente.  Use um instrumento flexíviel que não machuque a criança, mas um que causa uma dor razoável. Criar Filhos Biblicamente
  • 58. 58  A disciplina precisa ser firme e completa o suficiente para causar contrição que conduza ao arrependimento.  Bata com a vara na região adequada.  Dsciplinar com a vara não tem a finalidade de constranger ou humilhar.  O objetivo é a correção, não a punição. Criar Filhos Biblicamente
  • 59. 59 7) Use este momento para instruir, ensinar, treinar, orar. (2 Tm. 3:16-17) • Fique com seu filho; avalie a sua reação. • Conduza-o ao arrependimento. • A criança deve pedir perdão a Deus e às pessoas adequadas. 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente ENSINO REPREENSÃO CORREÇÃO EDUCAÇÃO PERFEITO MATURIDADE HABILIDADE ÚTIL
  • 60. 60  Verdadeiro arrependimento = a criança completaria o que lhe foi solicitada fazer. (2 Co. 7:9-11)  Faça-a entender que ela ofendeu a Deus.  Abrace o seu irmão o a irmã para mostrar amor. (Lc. 11:24-26; Ef. 4:22-24)  Demonstre amor e uma atitude de perdão. Criar Filhos Biblicamente
  • 61. 61 8) Continue em amor. • Evite disciplina em ira descontrolada. (Tg. 1:20) • Evite palavras e intonações que ataquem a pessoa invés do problema. • Não traga o problema à tona novamente a ser que você esteja ajudando os filhos a eliminar um padrão pecaminoso na vida deles. Tg. 1:19-20 Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus. A ira do homem não produz a justiça de Deus. Criar Filhos Biblicamente PRONTO PARA OUVIR TARDIO PARA FALAR TARDIO PARA SE IRAR
  • 62. 62 Criar Filhos Biblicamente  Espere pressão de seu filho.  “Se você realmente me amasse . . .”  “Que tipo de cristão você é . . .”  “Não é justo . . .” 9) Behaviorismo ou um Contrato de Comportament.
  • 63. 63 C. Instrução amorosa (Ef. 6:4b) 1. Como devo ensinar os meus filhos? (Dt. 6:6-7)  O que você pensa quando ouve a palavra “ensinar”?  Definição: colocar na mente; desenvolver convicções internas; admoestação. Dt. 6:6-7 Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Criar Filhos Biblicamente ASSENTADO ANDANDO DEITAR-TE LEVANTAR-TE
  • 64. 64 a) Formalmente – por pergunta e resposta. (Atos 17:2-3) b) Fazendo cultos domésticos com eles. 1) Solicitar a ajuda do cônjuge. 2) Escolha o momento apropriado. 3) Torne-o significativo para cada filho. Atos 17:2-3 Paulo, segundo o seu costume, foi procurá-los e, por três sábados, arrazoou com eles acerca das Escrituras, expondo e demonstrando ter sido necessário que o Cristo padecesse e ressurgisse dentre os mortos; e este, dizia ele, é o Cristo, Jesus, que eu vos anuncio. ARRAZOAR Criar Filhos Biblicamente
  • 65. 65 a) Formalmente – por pergunta e resposta. (Atos 17:2-3) b) Fazendo cultos domésticos com eles. 1) Solicitar a ajuda do cônjuge. 2) Escolha o momento apropriado. 3) Torne-o significativo para cada filho. Atos 17:2-3 Paulo, segundo o seu costume, foi procurá-los e, por três sábados, arrazoou com eles acerca das Escrituras, expondo e demonstrando ter sido necessário que o Cristo padecesse e ressurgisse dentre os mortos; e este, dizia ele, é o Cristo, Jesus, que eu vos anuncio. DISCUTIR Criar Filhos Biblicamente
  • 66. 66 4) Estude. • Busque as suas repostas na Palavra. • Prepare-se • Faça uma lista dos pontos fortes/fracos de cada filho. • Louve-os pelos pontos fortes. • Ajude-os pontos fracos. Criar Filhos Biblicamente
  • 67. 67 5) Procure uma varidade de métodos de ensino. 6) Considere isto somente como parte de todo o processo de treinar nossos filhos. Criar Filhos Biblicamente
  • 68. 68 C. Informalmente – dentro de situações normais da vida.  Deus é o nosso meio ambiente. (Dt. 6:7) 1) Ver Deus em cada situação. (Rm. 8:28)  Seu relacionamento com o seu filho é muito importante. Rm. 8:28-29 Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. PROPÓSITO À IMAGEM DE SEU FILHO Criar Filhos Biblicamente
  • 69. 69 2) Assuntos da escola. 3) Tomando decisões biblicamente. (Pv. 1:7-8) 4) Satisfação versus reclamanção. (Fp. 2:14) 5) Desenvolvendo relacionamentos bíblicos. (1 Tm. 5:1-2; Pv. 1:10-12; 4) Criar Filhos Biblicamente
  • 70. 70 6) Pelo seu examplo. (Fp. 4:9) • Examine-se a si mesmo. (Mt. 7:1-5) • Não seja um hipócrita. (Tg. 1:22) Mt. 7:1-5 Não julgueis, para que não sejais julgados. Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão. Criar Filhos Biblicamente Máscara! Não seja o juiz! Tg. 1:22, 25 Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando- vos a vós mesmos.Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem- aventurado no que realizar. PRATICANTES NÃO . . . OUVINTES ENGANNANDO-VOS BEM-AVENTURADO
  • 71. 71 2. O que devo ensinar aos meus filhos? a) Ensine-os a entender a condição de pecador deles. (Sl. 51:1) 1) Condição do homem. (Ef. 2:1-3; Rm. 6:23) 2) Ato de Deus/justificação. (Rm. 5:8) 3) O processo da santificação. (2 Co. 3:18; Cl. 2:10) Criar Filhos Biblicamente
  • 72. 72 b. As Escrituras – doutrina. (2 Tm. 3:16-17) 1) Verdades versus moralidade da cultura. 2) Como estudar a Palavra de Deus. (2 Tm. 2:15) 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente útil
  • 73. 73 b. As Escrituras – doutrina. (2 Tm. 3:16-17) 1) Verdades versus moralidade da cultura. 2) Como estudar a Palavra de Deus. (2 Tm. 2:15) 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente útil
  • 74. 74 b. As Escrituras – doutrina. (2 Tm. 3:16-17) 1) Verdades versus moralidade da cultura. 2) Como estudar a Palavra de Deus. (2 Tm. 2:15) 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente útil
  • 75. 75 b. As Escrituras – doutrina. (2 Tm. 3:16-17) 1) Verdades versus moralidade da cultura. 2) Como estudar a Palavra de Deus. (2 Tm. 2:15) 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente útil
  • 76. 76 b. As Escrituras – doutrina. (2 Tm. 3:16-17) 1) Verdades versus moralidade da cultura. 2) Como estudar a Palavra de Deus. (2 Tm. 2:15) 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente útil
  • 77. 77 b. As Escrituras – doutrina. (2 Tm. 3:16-17) 1) Verdades versus moralidade da cultura. 2) Como estudar a Palavra de Deus. (2 Tm. 2:15) 2 Tm. 3:16-17 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Criar Filhos Biblicamente 2 Tm. 2:15 Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se Envergonhar . . . QUE MANEJA BEM A PALAVRA DA VERDADE.
  • 78. 78 c. O temor a Deus é o princípio do conhecimento e da sabedoria. (Pv. 1:7; 9:10-11; 15:33) d. Como/quando aplicar a Palavra de Deus a stiuações diárias. (Dt. 6:7; Ef. 4:22-24; 2 Tm. 3:15-17). Criar Filhos Biblicamente
  • 79. 79 e. Honrar e obedecer aos pais. (Ex. 20:12; Ef. 6:1-3; Cl. 3:20). 1) Honra = atitude de alguém temente a Deus = humildade. 2) Obediência = ações de alguém temente a Deus. f. O evangelho – fazer discípulos. (Mt. 28:18-20) Ef. 6:1-3 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. OBEDECER Criar Filhos Biblicamente HONRAR Mt. 28:19-20 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. FAZEI DISCÍPULOS ENSINANDO-OS
  • 80. 80 g. Ouvir a instrução dos pais. (Pv. 1:8-9; 4:1-4; 6:20-24) h. A importância de confiar no Senhor. (Pv. 3:5-6; 1 Co. 10:13) i. Ser praticante da Palavra. (Tg. 1:22) j. Ser bons despenseiros de seus corpos e de seus bens. (1 Co. 4:2; 1 Ts. 4:3-5) Pv. 3:5-6 Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. CONFIA NO SENHOR 1 Co. 4:1-2 Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e dos mistérios de Deus. Ora, além disso, o que se requer dos é que cada um deles seja encontrado DESPENSEIROS DESPENSEIROS FIEL. Criar Filhos Biblicamente
  • 81. 81 k. Fugir das tentações e evitar o caminho do perverso. (Pv. 4:14-15; 1 Tm. 6:9-11) l. Amar e servir os outros. (Fp. 2:5-9) m. Iniciar o dia deles com louvor. (Sl. 118:24) 1) Amor é dar. 2) Ministrar aos outros. Criar Filhos Biblicamente
  • 82. 82 n. Lidar com as provações biblicamente. (Tg. 1:2-4; Hb. 12:5-15) o. Pagar o mal com o bem. (Rm. 12:17-21) p. Que perdão é uma promessa. (Ef. 4:32) 1) Não traz à memória para mim mesmo. 2) Não traz à memória para o que ofende. 3) Não traz à memória para os outros. Ef. 4:32 Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando- vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou. REVESTIMENTO Criar Filhos Biblicamente
  • 83. 83 q. Estar contente em cada circunstância. (1 Tm. 6:6; Lm. 3:39; Fp. 4:11) r. Ser uma pessoa íntegra. (Sl. 15:1-2; Pv. 20:7) 1) José. (Gn. 37-50) 2) Daniel. (Dn. 1-6) s. Você ceifará aquilo que você semear. (Pv. 22:5; 11:19-21; Gl. 6:7-8) Sl. 15:1-2 Quem, SENHOR, habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte? O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade; INTEGRIDADE Pv. 11:19-21 Tão certo como a justiça conduz para a vida, assim o que segue o mal, para a sua morte o faz. Abomináveis para o SENHOR são os perversos de coração, mas os que andam em . O mau, é evidente, não ficará sem castigo, mas a geração dos justos é livre. integridade são o seu prazer Criar Filhos Biblicamente
  • 84. 84 t. Submeter-se à autoridade de Cristo em cada área da vida. (Cl. 1:18) u. Aceitar a disciplina do Senhor porque Ele disciplina aqueles que Ele ama (e os pais devem seguir o Seu exemplo). (Pv. 3:11-12; 12:1; 15:31; Hb. 12:5-11) v. Fazer o trabalho de Deus com diligência. (Cl. 3:23-24; Pv. 6:6) Cl. 1:18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, Criar Filhos Biblicamente ELE É . . . A CABEÇA Hb. 12:-7 Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); O SENHOR CORRIGE A QUEM AMA Cl. 3:23-24 Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo . . .
  • 85. 85 w. Escolher os amigos com sabedoria. (Provérbios) x. Comunicar-se biblicamente. (Ef. 4:15-32) 1) Fale a verdade em amor. Ef. 4:15 Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo . . . 2) Mantenha-se em dia. Ef. 4:26 Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo. 3) Ataque o problema, não a pessoa. Ef. 4:29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. 4) Aja, não reaja. Ef. 4:31-32 Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando- vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou. Criar Filhos Biblicamente
  • 86. 86 Criar Filhos Biblicamente y. Viver a vida deles à luz do breve retorno de Cristo. (Mc. 13:32-37) 3. Resumo dos princípios acima. a. Aprender a pensar e agir biblica-mente para honrar a Deus. (1 Co. 10:31)
  • 87. 87 Criar Filhos Biblicamente b. Estabelecer relacionamentos que influenciem nossos filhos. (Dt. 4:9) a. Ao treinar nossos filhos biblicamente, nós continuamos a crescer. (Jo. 17:17) Dt. 4:9 Tão-somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos.
  • 88. Criar Filhos Biblicamente Efésios 6:1-4 Apostilia página 76 Prof. Dr. William L. Moore