O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Pais e filhos

13.710 visualizações

Publicada em

Um estudo expositivo de Efésios 6.1-4.
Igreja Presbiteriana em Tabuazeiro

  • Seja o primeiro a comentar

Pais e filhos

  1. 1. Pais e Filhos “E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.” (Ef 6.4)
  2. 2. Introdução: O pastor Ligon Duncan conta a história de uma mãe de uma adolescente de 14 anos idade. A mãe estava muito preocupada porque a menina estava indo para outra igreja que a mãe não aprovava. A mãe disse ao Pastor Duncan, “O que eu faço?” Ele disse: “Agora, deixe-me fazer uma pergunta. Vamos ver. Ela tem 14 anos? Ela ainda não está dirigindo. Certo?
  3. 3. Introdução: Agora, como ela vai para essa nova Igreja?” “Bem, eu quero dizer, sou eu quem a levo”. “OK. Bem, aqui vai uma idéia sobre como você poderia evitar que ela vá para essa igreja: Não a leve” E a resposta da mãe foi: “Eu posso fazer isso?”
  4. 4. Introdução: A resposta bíblica é: “Sim, é claro que você pode fazer isso!” Você é pai e a ordem bíblica, especialmente em lares cristãos, não é, “pais, obedeçam aos vossos filhos”, mas sim, “Filhos, obedecei a vossos pais”. Em Efésios 6.1-4, o apóstolo Paulo pinta um retrato de um lar cheio do Espírito.
  5. 5. I – A Submissão dos Filhos “Filhos, obedecei a vossos pais...” – A palavra “filhos” (Tekna, em grego) não se refere particularmente às crianças, mas a toda descendência. Filhos e filhas que ainda estão sob o teto de seus pais devem obedecer e honrá-los. O termo “obedecer” literalmente significa “para ouvir, assistir”, isto é, ouvir com atenção e responder positivamente ao que está ouvindo.
  6. 6. I – A Submissão dos Filhos “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor...” – A expressão “no Senhor” se refere à esfera de agradar ao Senhor, obedecer aos pais, por amor do Senhor. As crianças obedecem aos seus pais como um reflexo de sua obediência ao Senhor. Leia Colossenses 3.20 - “... Deus gosta disso” BTLH
  7. 7. I – A Submissão dos Filhos “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo...” – Quando Paulo diz para obedecer a seus pais “porque isto é justo”, ele está apontando o fim óbvio que Deus ordenou. Os pais são sempre mais experientes do que os filhos. O termo “justo” (Dikaios, em grego) se refere ao que é correto, aquilo que é exatamente como deveria ser. Ne 9.13; Sl 19.8; Sl 119.75, 128; Os 14.9
  8. 8. I – A Submissão dos Filhos “Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa)...” (v. 2) – O termo “honra” é uma palavra hebraica com um significado da raiz de “peso”. É a mesma palavra muitas vezes traduzida por “glória”, em referência ao Senhor (1Tm 1.17; 1Pe 2.17; Ap 4.9, 11; 5.12-13; etc.). Ela também é usada pelo Pai, em referência ao Filho (Hb 2.9; 2Pe 1.17.).
  9. 9. I – A Submissão dos Filhos “ (que é o primeiro mandamento com promessa)...” (v. 2) – Quando Deus introduziu os Dez Mandamentos, a primeira lei relativa às relações humanas foi: “Honra teu pai e tua mãe, que seus dias sejam prolongados na terra que o Senhor teu Deus te dá” (Êx. 20.12) . Uma pessoa que cresce com um senso de obediência a seus pais terá a base para respeitar o direito das outras pessoas.
  10. 10. I – A Submissão dos Filhos “ (que é o primeiro mandamento com promessa)...” (v. 2) – Quando Deus introduziu os Dez Mandamentos, a primeira lei relativa às relações humanas foi: “Honra teu pai e tua mãe, que seus dias sejam prolongados na terra que o Senhor teu Deus te dá” (Êx. 20.12) . Uma pessoa que cresce com um senso de obediência a seus pais terá a base para respeitar o direito das outras pessoas.
  11. 11. I – A Submissão dos Filhos  Mas, o que significa honrar os pais?  Quando alguns fariseus e escribas repreenderam Jesus por permitir que osJesus deixou claro que honrar aoslavar seus discípulos comessem sem antes paisinclui apoio cerimonialmente, Ele respondeu: as mãos financeiro quando fornecessário. transgredis vós também o “Por que mandamento de Deus, por causa da vossa tradição? Porque Deus ordenou: Honra a teu pai e a tua mãe; e...” Mt 15.3-6.
  12. 12. I – A Submissão dos Filhos “... para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra” (v. 3) – Quando os filhos obedecem aos pais no Senhor, evitam muitos pecados e perigos e, desse modo, muitas coisas que poderiam ameaçar sua vida. Deus enriquece a vida do filho obediente, a despeito de quanto dure aqui na Terra. O pecado sempre empobrece; a obediência sempre enriquece.
  13. 13. Ao obedecer e honrar seus pais, você estará seguindo o próprio exemplo do Senhor Jesus, que embora “fosse Deus em encarnado”, continuou emsubmissão aos seus pais terrenos (Lc 2.51). Vai e faça o mesmo!
  14. 14. II - A Submissão dos Pais  A palavra “pais” que aparece no texto refere-se aos homens. Certamente, a ordem se aplica às mães, mas ele seNada é mais importante para a formação dirige aos pais para enfatizar que elesde famílias e igrejas fortes que a criação não devem ser passivos na educaçãoadequada de filhos. dos filhos.  Um dos maiores fracassos de ser pai é negligenciar a educação, criação e desenvolvimento da sua própria prole.
  15. 15. II - A Submissão dos Pais Já no inicio do século 18 o puritano William Penn, o fundador da Pensilvânia, nos Estados Unidos, observou, “Os homens em geral são mais cuidadosos em criar seus cavalos e cães do que seus filhos” (Some Fruits of Solitude, 1693).
  16. 16. II - A Submissão dos Pais 1. Pais não devem provocar seus filhos à ira. Isso era um conceito totalmente novo para os dias de Paulo, especialmente em tais redutos pagãos como Éfeso. A maioria das famílias estavam em ruínas, e o amor mútuo entre os membros da família era quase desconhecido. No direito romano de patria potestas um pai tinha poder sobre a vida e a morte não só sobre seus escravos, mas sobre toda a sua casa.
  17. 17. II - A Submissão dos Pais Uma carta escrita em 1 a.C. por um homem chamado Hilarion a sua esposa, Alis. “sinceras saudações. Note que ainda estamos até agora em Alexandria. Não se preocupe se quando todos os outros retornam eu permanecer em Alexandria. Eu imploro e peço que você cuide do menino, e assim que receber salários vou enviá-los.Se de boa sorte você tiver outro filho, se ele for um menino, deixe-o viver, se for uma menina, mande-a embora” (Papiro Oxyrhynchus 4,744).
  18. 18. Não Provoquea ira dos filhos Abusando de sua autoridade – Impor autoridade sobre o filho sem explicar os motivos e as razões, acaba por provocar-lhe a ira. Exagerando na punição física – O pai provoca a sua ira quando se excede a ponto de transformar a correção em agressão.
  19. 19. Não Provoquea ira dos filhos Vivendo de uma forma incoerente com o que diz aos filhos – O pai diz, “Meu filho, você não deve mentir”. Entretanto, o filho o surpreende em pequenas mentiras no dia-a-dia. Através de críticas injustas e pesadas – Às vezes colocamos sobre os ombros de nossos filhos uma carga que eles não podem carregar e que é injusta.
  20. 20. Não Provoquea ira dos filhos Pais podem provocar seus filhos à ira quando demonstram favoritismo – Isaque favoreceu Esaú sobre Jacó e Rebeca preferia Jacó sobre Esaú (Gn 25.28). Esse favoritismo duplo, não só causou grandes problemas para a família, mas repercutiu nos conflitos entre os descendentes de Jacó e Esaú, até os dias de hoje!
  21. 21. Os Pais devem Criar os Filhosna Disciplina do Senhor A palavra criar usada por Paulo, tem o sentido primário de “alimentar” quando aplicada ao corpo; mas, quando aplicada à criança, significa desenvolver pelo cuidado e pelo esforço. Criar filhos não é criá-los como nós criamos passarinhos, dando alpiste e água! Filhos precisam mais do que isto, precisam ser desenvolvidos em outras áreas também.
  22. 22. Os Pais devem Disciplinaros Filhos O termo “disciplina” (Paideia, em grego) Traz consigo a idéia de aprender por meio da disciplina (Hb 12.7). Disciplina é mais do que correção física. Significa também ensinar a criança em caminho andar. Leia Pv 22.6. Mas, se for necessário use a correção física: Pv 29.15; 17; Pv 3.11; Pv 19.18.
  23. 23. Os Pais devem Instruiros Filhos Admoestar também traz a idéia de corrigir, embora não necessariamente de forma física. É corrigir os pensamentos e idéias da criança. O instrumento pelo qual isto é feito, é a Palavra de Deus. Ela é o instrumento divinamente ordenado para orientar a criança na formulação correta das suas idéias, na aquisição de valores corretos que vão servi-la até o fim da vida (Sl 19.8-9).
  24. 24. Conclusão: Você não pode dar aquilo que você não possui. Se você não está andando em submissão à Palavra de Deus, você não pode esperar que seus filhos o façam. A ordem de Deus para os pais e filhos é: “Enchei-vos do Espírito” (5.18). Seus relacionamentos só serão abençoados quando seu relacionamento com Deus for prioridade.
  25. 25. Conclusão: As crianças não estão à procura de pais perfeitos, mas eles estão olhando para os pais honestos. Um pai honesto progredindo é uma pessoa altamente contagiante. Pais, a tarefa é difícil, mas a boa notícia é que não somos o modelo final. Somos todos pecadores e imagens muito distorcidas do nosso Pai celestial. É para Ele que devemos olhar e é para Ele que devemos levar nossos filhos.
  26. 26. Conclusão: Há uma grande história sobre Jonathan Edwards, que, pouco depois de se tornar presidente do Seminário de Princeton, ficou doente. Ele estava longe de casa. Apenas uma filha estava presente com ele, como sua condição piorou e era evidente que ele iria morrer, então ele virou-se para sua filha, Lucy, e disse-lhe para tomar nota:
  27. 27. Conclusão: “parece-me que é a vontade de Deus que eu a deixe em breve; assim, transmita meu mais sincero amor à minha esposa e diga-lhe que nossa união excepcional, a qual perdurou de tal modo entre nós, foi de uma natureza que considero espiritual e que, portanto, continuará para sempre; espero, ainda, que ela seja amparada durante tamanha provação e se sujeite com bom ânimo à vontade de Deus. Aos meus filhos, que ficarão sem pai, que esta seja a oportunidade de buscar um Pai que nunca faltará.

×