Ensinando e Aprendendo com as TIC’s Unidade  3:  Prática Pedagógica e Mídias Digitais Atividade 3: Trabalhando com slidesh...
Professor(a) Colaborador(a): Katiane Karine Brinkmann Professora  Auxiliar: Flavia
A aula foi ministrada no laboratório de informática na Escola Especial Estrela da Esperança na cidade de Guaraí – TO, com ...
A seguir realizamos uma dinâmica de descontração através de um desenho coletivo, destacando a importância do trabalho conj...
 
FINALIZANDO A AULA Comentários dos alunos: “ Gostamos da aula.” “ Porque terminou” “ Vamos jogar mais um pouco.” “ Alunos ...
A aula foi produtiva com a participação dos alunos com necessidades educacionais especiais como cadeirantes, deficientes a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relato da aula

333 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Relato da aula

  1. 1. Ensinando e Aprendendo com as TIC’s Unidade 3: Prática Pedagógica e Mídias Digitais Atividade 3: Trabalhando com slideshare Cursista: Rosângela Leite Borges Tutora: Ildeny Data: 25/09/2010
  2. 2. Professor(a) Colaborador(a): Katiane Karine Brinkmann Professora Auxiliar: Flavia
  3. 3. A aula foi ministrada no laboratório de informática na Escola Especial Estrela da Esperança na cidade de Guaraí – TO, com a Profissional de Educação Física Katiane Karine Brinkmann, auxiliada pela Pedagoga Flávia Lopes Silva. No primeiro momento os alunos puderam visualizar imagens e vídeos sobre os mais variados esportes, onde perceberam que não há limitações e sim adaptação na pratica esportiva. Através das imagens e vídeos sentiram-se bastante entusiasmados e sentiram que são capazes de praticar vários esportes. Apresentamos com ênfase nesta aula as regras básicas do basquete, como: bola, quadra e tipos de lance. Assistimos alguns vídeos e visualizamos algumas imagens sobre este esporte coletivo, onde será aplicada futuramente aula pratica na quadra poli esportiva da escola. Encerrando a aula no laboratório fizemos alguns questionamentos a fim de que os alunos comentassem o que observaram, o que mais agradou e outros.
  4. 4. A seguir realizamos uma dinâmica de descontração através de um desenho coletivo, destacando a importância do trabalho conjunto para o bom desempenho de todos “barco cooperativo”, apesar de alguns terem dificuldade em entender a atividade foi realizada com sucesso. Passando para a prática na intenção de desenvolver habilidades do esporte coletivo Basquete, fomos todos para a quadra poliesportiva da escola, iniciando as atividades com aquecimento, manuseio de bola individual e em duplas, arremesso de bola. A seguir desenvolvemos atividades de Basquete Participativo: realizado em grupo, com passes e lançamento a cesta; E Basquete Inclusivo: mini-basquete, a turma foi dividida em duas equipes, e realizou o jogo.    
  5. 6. FINALIZANDO A AULA Comentários dos alunos: “ Gostamos da aula.” “ Porque terminou” “ Vamos jogar mais um pouco.” “ Alunos vamos alongar a aula já terminou! Aluno: – Já” Comentários da Professora: Através da participação e desempenho de cada aluno, constatei que a aula foi positiva. Os alunos desenvolveram as habilidades motoras amplas, o cognitivo, o sensorial, percepção e outras. Demonstraram atitudes de colaboração, concentração, espírito de equipe , alegria e a satisfação de poder jogar em equipe. Como pode-se constatar o basquete é um esporte coletivo, com varias regras e pode ser adaptado para o ensino especial. Em sua fase de aprendizagem, proporciona ao aluno grande desenvolvimento em várias áreas, assim como as outras modalidades esportivas. Na escola já praticamos vários esportes, com destaques, na natação, no atletismo, futsal. Nos “Jogos Especiais das APAE’s”, obtivemos boa classificação nestas modalidades, apresentando maior desempenho no futsal masculino, que está classificado em 1º lugar para a fase estadual.
  6. 7. A aula foi produtiva com a participação dos alunos com necessidades educacionais especiais como cadeirantes, deficientes auditivos e visuais, e deficiência física e mental. Os alunos ficaram entusiasmados e a visualização das imagens e da capacidade com que as pessoas com necessidades especiais participam dos mais variados esportes, proporcionou grande incentivo para que acreditassem no seu potencial. Foi visível o desempenho que demonstraram na quadra e a elevação da auto estima. O aprendizado foi grande e nos proporcionou conhecimentos em várias áreas, foi ótimo.  

×