SlideShare uma empresa Scribd logo
A GRANDE DEPRESSÃO
(e o mundo pós-Primeira Guerra)
1- Contexto:
Fim da Primeira Guerra: EUA maior potência
capitalista e industrial do mundo (a Europa estava
destruída).
Crescimento acelerado da indústria e da economia.
Grande prosperidade econômica: consumo interno
em massa.
AMERICAN WAY OF LIFE (modo de via americano = consumo)
(Ford T, televisão, geladeira, aspirador de pó, coca-cola)
AMERICAN WAY OF LIFE (modo de via americano = consumo)
(Jazz – Louis Armstrong; cinema – Charlie Chaplin; dança “charleston”; gangster Al Capone e a Lei Seca; )
2- O início da crise: superprodução e subconsumo
- Os países europeus para protegerem suas indústrias e o
mercado nacional, começaram a restringir a importação
de produtos.
CONSEQUÊNCIAS: produtos encalhados nos EUA desemprego
- Diminuição do consumo interno nos EUA
(causa: baixos salários e demissões).
RESULTADO: Crise de “superprodução” (muito produto) e
“subconsumo” (pouco consumo).
- Para evitar a crise, o governo estimulou o crédito
(empréstimos) de forma descontrolada.
Ciclo vicioso da crise
3- A quebra da bolsa de Nova York
- Os empréstimos não são aplicados no setor produtivo
(fábricas, lojas, etc. que geram empregos e renda para
toda a sociedade), mas no setor especulativo (ações da
bolsa de valores).
-Não havia uma regulamentação sobre a venda de
ações.
- Empresas quase falidas vendiam ações e omitiam a real
situação das empresas para terem o dinheiro da venda
das ações.
- Outubro de 1929: excesso de ações no mercado
ausência de compradores  queda brusca no valor das
ações (lei da oferta e da procura)
RESULTADO: falência de investidores e empresas.
QUEBRA (“CRACK”) DA BOLSA DE NOVA YORK
4- Efeitos da crise:
- Queda de 54% na produção.
- Milhares de empresas faliram,
especialmente bancos
(causa:não pagamento dos
empréstimos).
- Desemprego (12 milhões).
- A crise espalhou-se pela Europa
e América Latina (motivo:
dependência do capital
americano).
Obs.: crise do café no Brasil (o
produto encalhou porque não foi
vendido para os EUA).
A grande depressao
Competição
de dança:
pessoas
desesperadas
pela crise
participavam
de
competições
de dança por
comida e
dinheiro.
Muitas
morreram de
estafa.
Esse tipo de
competição foi
proibida.
OBS:A crise só não foi sentida pela União Soviética
(1922) onde se implementava o modelo socialista, de
economia planificada. Ou seja, totalmente planejada
pelo Estado: cooperativas nacionais, pequenas e médias empresas
privadas eram permitidas. Camponeses podiam vender seus produtos nas
feiras livres desde que seguissem o padrão estabelecido pelo governo. Já as
indústrias de base (energia, minério, etc.), as grandes indústrias (farmacêutica,
eletroeletrônico, etc.), o sistema financeiro (bancos), transportes e
comunicação eram controlados diretamente pelo Estado.
-A produção era criada para abastecer o próprio país.
Trecho do filme: TEMPOS MODERNOS (Charles Chaplin)
Trecho do filme: TEMPOS MODERNOS (Charles Chaplin)
1- Cite uma característica da segunda revolução industrial presente
no filme.
2- Por que o personagem do Chaplin foi preso pela primeira vez?
3- Que momento da história americana o filme faz referência?
4- Em várias cenas do filme há passeatas de trabalhadores em
greve. Em que momento da história americana os trabalhadores
ganharam o direito de greve? Por quê?
5- A solução para a crise.
- o Presidente Franklin Roosevelt criou um programa de
combate à crise: o NEW DEAL (novo acordo).
Nesse projeto, o Estado passou a intervir diretamente na
economia.
MEDIDAS DO NEW DEAL
A)Agricultura: limite fixo da produção e incentivos para a
exportação.
B) Indústria: criação do programa de auxilio à indústria com
a concessão de financiamento a juros baixos, compra de
ações ou nacionalização de empresas em processo de
falência.
C) Emprego: redução da jornada de trabalho; criação do
salário mínimo; programa de obras públicas para gerar
empregos.
D) Impostos: aumento dos impostos para as camadas mais
ricas dos EUA, com o objetivo de utilizar a verba nos projetos
para diminuir a crise econômica, financeira e social.
New Deal diminui o desemprego.
Roosevelt se reelegeu em 1936, 1940 e 1944.
Durante esses mandatos, a política intervencionista
aumentou, com a Política do Welfare State (Política de
Bem-Estar Social).
WELFARE STATE: Programa
de combate aos problemas
sociais gerados pela crise.
Legislação de seguridade social.
Pensão para idosos e auxílio
aos necessitados.
Direito a greve e a liberdade
sindical.
Objetivo: conter o avanço das
ideias socialistas junto aos
trabalhadores que faziam
reivindicações.
POLÍTICA DE BOA
VIZINHANÇA:
programa de incentivo ao
intercâmbio cultural criado pelos
EUA que buscava estimular o bom
relacionamento com os países da
América Latina e assim garantir a
sua influência política e
econômica sobre os países
latinos, além de impedir o avanço
das ideias socialistas nas
Américas. (ex: Zé Carioca e
Panchito, Carmen Miranda)
Walt Disney e sua esposa ao
lado de Getúlio Vargas e sua
mulher na exibição do filme
“Fantasia”
Carmen Miranda
Os programas criados por
Roosevelt tiraram os EUA
da crise.
Filmografia
Você já foi à Bahia?
http://youtu.be/3tY2lp5zChs
Tempos modernos
http://youtu.be/4tQEorfYEiE
Carmem Miranda
http://youtu.be/KHJLm6WNEv4
Zé Carioca e Pato Donald
http://youtu.be/3tY2lp5zChs

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Gabriella Lima
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
Rodrigo Luiz
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
rafaforte
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Periodo regencial
Periodo regencialPeriodo regencial
Periodo regencial
Zeze Silva
 
Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)
Edenilson Morais
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
eiprofessor
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
cattonia
 
República velha
República velhaRepública velha
Janio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulartJanio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulart
harlissoncarvalho
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
ines7391
 
Stalinismo
StalinismoStalinismo
Stalinismo
Ana Lod Ferreira
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Douglas Barraqui
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
Douglas Barraqui
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
Paulo Alexandre
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas
Fabio Salvari
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
Maria Gomes
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
Portal do Vestibulando
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
Isaquel Silva
 
Segunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrialSegunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrial
monica10
 

Mais procurados (20)

Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Periodo regencial
Periodo regencialPeriodo regencial
Periodo regencial
 
Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Janio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulartJanio quadros e joão goulart
Janio quadros e joão goulart
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
 
Stalinismo
StalinismoStalinismo
Stalinismo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Imperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismoImperialismo e neocolonialismo
Imperialismo e neocolonialismo
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Segunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrialSegunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrial
 

Semelhante a A grande depressao

Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
Manuela
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Marcio Cicchelli
 
Crise de 1929
Crise de 1929 Crise de 1929
Crise de 1929
Dismael Sagás
 
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
DanilloBarros5
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial
Marcelo Ferreira Boia
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
viviancostta
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
viviancostta
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
viviancostta
 
Crise de 1929 new deal
Crise de 1929 new dealCrise de 1929 new deal
Crise de 1929 new deal
Professora Natália de Oliveira
 
HISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptxHISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptx
MariaMarques385773
 
Crise 29
Crise 29Crise 29
Crise 29
Ingrid Vizeu
 
_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt
_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt
_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt
vitoriapereira42
 
Materiaaa
MateriaaaMateriaaa
Materiaaa
takahico
 
1929
19291929
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
Rodrigo Moysés
 
Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
Edvaldo Rodrigues dos Santos
 
A Crise De 1929
A Crise De 1929A Crise De 1929
A Crise De 1929
FILIPE22DDD
 
Crise de 1929 - A Grande Depressão
Crise de 1929 - A Grande Depressão Crise de 1929 - A Grande Depressão
Crise de 1929 - A Grande Depressão
MatheusVieira57409
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Margarida Moreira
 

Semelhante a A grande depressao (20)

Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Crise de 1929
Crise de 1929 Crise de 1929
Crise de 1929
 
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
 
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29As crises do Capitalismo e a Crise de 29
As crises do Capitalismo e a Crise de 29
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
 
Crise de 1929 new deal
Crise de 1929 new dealCrise de 1929 new deal
Crise de 1929 new deal
 
HISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptxHISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptx
HISTÓRIA_EM_3ªSérie_slides_Aula24 (1).pptx
 
Crise 29
Crise 29Crise 29
Crise 29
 
_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt
_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt
_A CRISE DE 1929 9 ano.ppt
 
Materiaaa
MateriaaaMateriaaa
Materiaaa
 
1929
19291929
1929
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
 
Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
 
A Crise De 1929
A Crise De 1929A Crise De 1929
A Crise De 1929
 
Crise de 1929 - A Grande Depressão
Crise de 1929 - A Grande Depressão Crise de 1929 - A Grande Depressão
Crise de 1929 - A Grande Depressão
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 

Mais de Priscila Azeredo

Independencia brasil
Independencia brasilIndependencia brasil
Independencia brasil
Priscila Azeredo
 
Revolucao industrial2014
Revolucao industrial2014Revolucao industrial2014
Revolucao industrial2014
Priscila Azeredo
 
Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014
Priscila Azeredo
 
Familia real no_brasil
Familia real no_brasilFamilia real no_brasil
Familia real no_brasil
Priscila Azeredo
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
Priscila Azeredo
 
2 rev.ind imperialismo
2 rev.ind imperialismo2 rev.ind imperialismo
2 rev.ind imperialismo
Priscila Azeredo
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Priscila Azeredo
 
Revolucao Russa
Revolucao RussaRevolucao Russa
Revolucao Russa
Priscila Azeredo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Priscila Azeredo
 
Segunda guerra
Segunda guerraSegunda guerra
Segunda guerra
Priscila Azeredo
 

Mais de Priscila Azeredo (10)

Independencia brasil
Independencia brasilIndependencia brasil
Independencia brasil
 
Revolucao industrial2014
Revolucao industrial2014Revolucao industrial2014
Revolucao industrial2014
 
Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014
 
Familia real no_brasil
Familia real no_brasilFamilia real no_brasil
Familia real no_brasil
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 
2 rev.ind imperialismo
2 rev.ind imperialismo2 rev.ind imperialismo
2 rev.ind imperialismo
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Revolucao Russa
Revolucao RussaRevolucao Russa
Revolucao Russa
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Segunda guerra
Segunda guerraSegunda guerra
Segunda guerra
 

Último

P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 

Último (20)

P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 

A grande depressao

  • 1. A GRANDE DEPRESSÃO (e o mundo pós-Primeira Guerra)
  • 2. 1- Contexto: Fim da Primeira Guerra: EUA maior potência capitalista e industrial do mundo (a Europa estava destruída). Crescimento acelerado da indústria e da economia. Grande prosperidade econômica: consumo interno em massa.
  • 3. AMERICAN WAY OF LIFE (modo de via americano = consumo) (Ford T, televisão, geladeira, aspirador de pó, coca-cola)
  • 4. AMERICAN WAY OF LIFE (modo de via americano = consumo) (Jazz – Louis Armstrong; cinema – Charlie Chaplin; dança “charleston”; gangster Al Capone e a Lei Seca; )
  • 5. 2- O início da crise: superprodução e subconsumo - Os países europeus para protegerem suas indústrias e o mercado nacional, começaram a restringir a importação de produtos. CONSEQUÊNCIAS: produtos encalhados nos EUA desemprego - Diminuição do consumo interno nos EUA (causa: baixos salários e demissões). RESULTADO: Crise de “superprodução” (muito produto) e “subconsumo” (pouco consumo). - Para evitar a crise, o governo estimulou o crédito (empréstimos) de forma descontrolada.
  • 7. 3- A quebra da bolsa de Nova York - Os empréstimos não são aplicados no setor produtivo (fábricas, lojas, etc. que geram empregos e renda para toda a sociedade), mas no setor especulativo (ações da bolsa de valores).
  • 8. -Não havia uma regulamentação sobre a venda de ações. - Empresas quase falidas vendiam ações e omitiam a real situação das empresas para terem o dinheiro da venda das ações.
  • 9. - Outubro de 1929: excesso de ações no mercado ausência de compradores  queda brusca no valor das ações (lei da oferta e da procura) RESULTADO: falência de investidores e empresas. QUEBRA (“CRACK”) DA BOLSA DE NOVA YORK
  • 10. 4- Efeitos da crise: - Queda de 54% na produção. - Milhares de empresas faliram, especialmente bancos (causa:não pagamento dos empréstimos). - Desemprego (12 milhões). - A crise espalhou-se pela Europa e América Latina (motivo: dependência do capital americano). Obs.: crise do café no Brasil (o produto encalhou porque não foi vendido para os EUA).
  • 12. Competição de dança: pessoas desesperadas pela crise participavam de competições de dança por comida e dinheiro. Muitas morreram de estafa. Esse tipo de competição foi proibida.
  • 13. OBS:A crise só não foi sentida pela União Soviética (1922) onde se implementava o modelo socialista, de economia planificada. Ou seja, totalmente planejada pelo Estado: cooperativas nacionais, pequenas e médias empresas privadas eram permitidas. Camponeses podiam vender seus produtos nas feiras livres desde que seguissem o padrão estabelecido pelo governo. Já as indústrias de base (energia, minério, etc.), as grandes indústrias (farmacêutica, eletroeletrônico, etc.), o sistema financeiro (bancos), transportes e comunicação eram controlados diretamente pelo Estado. -A produção era criada para abastecer o próprio país.
  • 14. Trecho do filme: TEMPOS MODERNOS (Charles Chaplin)
  • 15. Trecho do filme: TEMPOS MODERNOS (Charles Chaplin) 1- Cite uma característica da segunda revolução industrial presente no filme. 2- Por que o personagem do Chaplin foi preso pela primeira vez? 3- Que momento da história americana o filme faz referência? 4- Em várias cenas do filme há passeatas de trabalhadores em greve. Em que momento da história americana os trabalhadores ganharam o direito de greve? Por quê?
  • 16. 5- A solução para a crise. - o Presidente Franklin Roosevelt criou um programa de combate à crise: o NEW DEAL (novo acordo). Nesse projeto, o Estado passou a intervir diretamente na economia.
  • 17. MEDIDAS DO NEW DEAL A)Agricultura: limite fixo da produção e incentivos para a exportação. B) Indústria: criação do programa de auxilio à indústria com a concessão de financiamento a juros baixos, compra de ações ou nacionalização de empresas em processo de falência.
  • 18. C) Emprego: redução da jornada de trabalho; criação do salário mínimo; programa de obras públicas para gerar empregos. D) Impostos: aumento dos impostos para as camadas mais ricas dos EUA, com o objetivo de utilizar a verba nos projetos para diminuir a crise econômica, financeira e social.
  • 19. New Deal diminui o desemprego. Roosevelt se reelegeu em 1936, 1940 e 1944. Durante esses mandatos, a política intervencionista aumentou, com a Política do Welfare State (Política de Bem-Estar Social).
  • 20. WELFARE STATE: Programa de combate aos problemas sociais gerados pela crise. Legislação de seguridade social. Pensão para idosos e auxílio aos necessitados. Direito a greve e a liberdade sindical. Objetivo: conter o avanço das ideias socialistas junto aos trabalhadores que faziam reivindicações.
  • 21. POLÍTICA DE BOA VIZINHANÇA: programa de incentivo ao intercâmbio cultural criado pelos EUA que buscava estimular o bom relacionamento com os países da América Latina e assim garantir a sua influência política e econômica sobre os países latinos, além de impedir o avanço das ideias socialistas nas Américas. (ex: Zé Carioca e Panchito, Carmen Miranda)
  • 22. Walt Disney e sua esposa ao lado de Getúlio Vargas e sua mulher na exibição do filme “Fantasia” Carmen Miranda
  • 23. Os programas criados por Roosevelt tiraram os EUA da crise.
  • 24. Filmografia Você já foi à Bahia? http://youtu.be/3tY2lp5zChs Tempos modernos http://youtu.be/4tQEorfYEiE Carmem Miranda http://youtu.be/KHJLm6WNEv4 Zé Carioca e Pato Donald http://youtu.be/3tY2lp5zChs