Gravidez

122 visualizações

Publicada em

tópicos sobre gravides

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
122
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gravidez

  1. 1. O "botão desliga choro" - aprenda a técnica do cueiro Seu bebê começa a chorar e tudo o que você queria era ter um botão "desliga choro" para resolver o problema como um passe de mágica. Bem, pelo menos se o caso for sono, cansaço ou até uma cólica leve, esse botão existe (assista ao vídeo no final). Se você teve seu filho em um hospital, lembra como o embrulharam assim que ele nasceu? (Veja foto abaixo). E sempre que o levam para trocar a fralda, lembra como o trazem de volta? Sim, todo enroladinho. A técnica de embrulhar o bebê no cueiro é antiga e o acalma porque recria o aconchego ao qual ele estava acostumado dentro do útero. Lá ele ficava todo apertadinho, envolvido por uma parede uterina morninha. O método pode ser utilizado nos primeiros dias de vida e isso ajuda muito na qualidade do sono do bebê. Isso porque contém os movimentos involuntários e evita que ele se assuste com os movimentos bruscos que faz com os braços. A técnica do cueiro ficou conhecia com o pediatra Harvey Karp, que a divulgou nos EUA. Em seu livro, publicado no Brasil com o título "O Bebê Mais Feliz do Pedaço", o pediatra diz que, para fazer o bebê parar de chorar, são necessários cinco passos, e o primeiro deles seria enrolá-lo em uma mantinha, para que ele se sinta seguro e aquecido. Pediatras dizem ainda que o cueiro ajuda a diminuir as cólicas porque aquece o corpo do bebê, incluindo o intestino. Mas, mesmo com diversos especialistas afirmando que o cueiro não compromete o desenvolvimento motor do bebê, há quem critique a técnica, dizendo que a criança precisa se movimentar. Além disso, é
  2. 2. preciso saber enrolar o bebê para que não haja riscos de sufocamento. Observe bem como envolver a criança na manta, porque nunca é seguro deixar pano sobrando perto dela. Bem, mas se você observou o vídeo, deve ter percebido que o "milagre" não foi feito apenas com o aconchego. Eu utilizo ainda uma caixinha de som com um ruído que reproduz o som que o bebê escutava no útero. Isso é prático, mas também podem ser usadas outras técnicas, como chiar em seu ouvido (um chiado alto, mais alto que o choro dele) ou até utilizar um secador de cabelo (sem apontar o vento para o bebê, apenas o barulho). O som é semelhante ao que ele escutava antes de nascer, por isso o deixa mais calmo. O chiado, aliás, é mais um daqueles cinco passos sugeridos por Harvey Karp. Os próximos seriam colocar a criança de lado, sacudi-la (de leve) e, por fim, dar uma chupeta, para que ele faça movimentos repetitivos. Tudo isso recria o ambiente dentro da barriga da mãe. Com Eduardinho, eu apenas o envolvo na manta e faço o chiado (ou utilizo a caixinha de som). Quando já está com sono, é uma questão de segundos para capotar. Mas quando ele está agoniado ou chorando muito, preciso ainda balança-lo, virá-lo de lado e esperar mais cinco ou seis minutos. Mas é batata! Feito isso, é só colocar seu filho no berço (nunca de bruços, heim?). Coloque-o de barriga para cima ou de lado, apoiado em um travesseirinho ou algum outro apoio lateral. E você, pode abrir aquele sorriso, respirar aliviada e... dormir também! Segue aqui o passo a passo de como envolver o bebê: Pegue uma manta retangular e ponha em posição inclinada Dobre a ponta superior, formando um triângulo
  3. 3. Coloque seu bebê um pouco mais para o lado direito, com a manta na altura dos ombros Posicione-o de lado e puxe a ponta esquerda do triângulo, prendendo os dois bracinhos da criança Prenda essa parte da manta atrás do bebê, na altura do bumbum
  4. 4. Pegue a ponta inferior da manta e puxe-a para cima Prenda-a por trás da manta, na frente do bebê Pegue a ponta direita do triângulo e puxe-a para frente/baixo
  5. 5. Segure esse pedaço da manta com uma mão para ele não se soltar Com a outra mão, pegue a ponta direita da manta e puxe-a para frente/cima Prenda esta parte da manta por trás do bebê, na parte superior
  6. 6. Verifique se fez tudo bem apertadinho, para que ele não se solte. Não se preocupe com isso, ele ficará bem e relaxado

×