Alças de retração da bateria anterior

26.328 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
3 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.328
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
3
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alças de retração da bateria anterior

  1. 1. Alças de retração da bateria anterior
  2. 2. LOOPS
  3. 3. <ul><li>Para Burstone ( 1982 ), as ligas de TMA (titânio-molibdênio) apresentam: </li></ul><ul><li>Grande recuperação elástica </li></ul><ul><li>Boa quantidade de carga armazenável </li></ul><ul><li>RESULTADO: força mais constante, seja por deflexão ou por torção, se comparadas às ligas de aço e de cromo-cobalto. </li></ul><ul><li>VANTAGEM: menos trocas de fio e menor frequência de ativação. </li></ul>
  4. 4. ALÇAS DE FECHAMENTO (DESDE 1940) <ul><li>A EXTENSÃO DOS BRAÇOS DETERMINA A MAGNITUDE DA FORÇA PRODUZIDA PELA ALÇA: </li></ul><ul><li>QUANTO MAIS LONGOS, MENOS FORÇA PRODUZEM </li></ul><ul><li>AS ALTURAS VARIAM ENTRE 5 A 7mm E UM AUMENTO DE 2mm NA ALTURA DIMINUI EM 50% A FORÇA. </li></ul>
  5. 5. EXISTEM DIVERSAS ALÇAS PARA FECHAMENTO DE ESPAÇO E RETRAÇÃO DO SEGMENTO ANTERIOR, ENTRE AS QUAIS PODEMOS DESTACAR: <ul><li>ALÇA EM “I” ABERTA </li></ul><ul><li>ALÇA EM “I” ABERTA HELICOIDAL </li></ul><ul><li>ALÇA EM “I” FECHADA </li></ul><ul><li>ALÇA EM “I” FECHADA HELICOIDAL </li></ul><ul><li>ALÇA EM “T” </li></ul><ul><li>ALÇA EM “T” SEGMENTADA </li></ul><ul><li>ALÇA DE RICKETTS </li></ul><ul><li>ARCO UTILIDADE PARA RETRAÇÃO </li></ul><ul><li>ALÇA DE BULL OU KEYHOLE OU OLHO DE FECHADURA </li></ul><ul><li>ARCO DKL (DOUBLE KEY LOOPS) OU CHAVE DUPLA </li></ul>
  6. 6. ALÇAS EM “I” <ul><li>ALÇAS FECHADAS </li></ul><ul><li>ALÇAS ABERTAS </li></ul>
  7. 7. ALÇAS EM “I”
  8. 8. CONFECÇÃO DA ALÇA EM “I” FECHADA
  9. 9. ALÇA VERTICAL FECHADA
  10. 10. ALÇAS EM “I” FECHADAS ALÇA PASSIVA ALÇA ATIVA
  11. 11. VÁRIOS FORMATOS DE ALÇAS EM “I” ABERTAS ALÇA EM I HELICOIDAL PASSIVA ALÇA EM I HELICOIDAL ATIVA
  12. 12. ALÇAS PASSIVAS ALÇAS ATIVAS
  13. 13. ALÇAS EM “T” OU T-LOOP
  14. 14. ALÇAS EM “T” OU T-LOOP
  15. 16. ALÇA “T” SEGMENTADA SEM PRÉ-ATIVAÇÕES COM DOBRAS DE PRÉ-ATIVAÇÃO APÓS INSTALAÇÃO
  16. 20. ALÇAS DE RICKETTS
  17. 21. ALÇAS DE RICKETTS <ul><li>ALÇA DE RETRAÇÃO SUPERIOR “LAS VEGAS”. </li></ul><ul><li>ALÇA DE RETRAÇÃO DUPLO “I” HELICOIDAL. </li></ul>
  18. 24. CONFECÇÃO DA ALÇA DE SUPERIOR E INFERIOR DE RICKETTS
  19. 25. ARCO UTILIDADE DE RETRAÇÃO
  20. 26. ARCO UTILIDADE DE RETRAÇÃO FIO ELGILOY AZUL 0,16 X 0,16
  21. 28. ARCO UTILIDADE DE RETRAÇÃO
  22. 29. O USO DE ELÁSTICOS NA MECÂNICA SÃO BENÉFICOS POIS TRACIONAM AS ALÇAS, CRIANDO UM EFEITO DE TORQUE QUE IMPEDE A EXTRUSÃO DA BATERIA ANTERIOR DURANTE A SUA RETRAÇÃO.
  23. 30. ARCO UTILIDADE DE RETRAÇÃO COM CONTROLE DE TORQUE
  24. 31. ARCO UTILIDADE DE RETRAÇÃO COM CONTROLE DE TORQUE ARCO SEGMENTADO DE RETRAÇÃO APLICADO QUANDO O MOVIMENTO RADICULAR É PRIORIZADO, PODENDO SER ASSOCIADO A UM CONTROLE VERTICAL DOS INCISIVOS SUPERIORES. É UTILIZADO PARA A CONFECÇÃO O FIO ELGILOY AZUL 0,019”X0,019”
  25. 35. COM A ATIVAÇÃO, PROMOVE-SE UM EFEITO NA PORÇÃO ANTERIOR DO ARCO QUE GERA UM TORQUE PALATINO DAS RAÍZES AO MESMO TEMPO EM QUE A RETRAÇÃO É REALIZADA.
  26. 36. ALÇA DE BULL OU KEYHOLE LOOP
  27. 37. ALÇA DE BULL OU KEYHOLE LOOP
  28. 39. ALÇAS DUPLA CHAVE ( DKL – Double Keyhole Loop)
  29. 40. Distância correspondente ao número do arco
  30. 41. OUTRAS VARIAÇÕES DE ALÇAS DE RETRAÇÃO
  31. 42. MUSHROOM LOOP ( ALÇA COGUMELO )
  32. 43. MUSHROOM LOOP ARCO DE RETRAÇÃO MUSHROOM LOOP COM PRÉ-ATIVAÇÃO
  33. 44. <ul><li>ALÇA DA MECÂNICA SEGMENTADA DE ARCOS (MSA) </li></ul>alça planar de retração ortodôntica confeccionada com liga de titânio-molibdênio (TMA) protótipo de alça de retração ortodôntica, desenvolvido na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
  34. 45. <ul><li>Ativação de alça UTFPR-Spring durante a retração de canino. As flechas azuis indicam o binário resultante da ação da extremidade beta da alça no interior do tubo do molar. </li></ul>
  35. 46. ALÇA DE RETRAÇÃO PG RETRAÇÃO DOS INCISIVOS INFERIORES FEITA COM ARCO UTILIDADE 0,016X0,016 CROMO COBALTO RETRAÇÃO DOS INCISIVOS SUPERIORES FEITA COM UM ARCO COM ALÇAS PG 0,016X0,022 DE AÇO
  36. 47. <ul><li>Alça com geometria de “duplo ovóide”para a retração de canino através de uma abordagem seccional (design de Poul Gjessing [1]). </li></ul>
  37. 48. ALÇA SEGMENTADA “PG” DE RETRAÇÃO UNIVERSAL <ul><li>A ALÇA PG PRODUZ UM CONTROLE TRIDIMENSIONAL NO MOVIMENTO DOS INCISIVOS SUPERIORES MUITO SATISFATÓRIO, QUE, APÓS A RETRAÇÃO COMPLETA,DESCARTAM MUITAS VEZES AS MECÂNICAS INTRUSIVAS ADICIONAIS </li></ul>
  38. 49. STATICALLY DETERMINATE RETRACTION SYSTEM (SDRS) SDRS ANTES DA ATIVAÇÃO SDRS NA POSIÇÃO DE ATIVAÇÃO MOSTRANDO A LINHA DE AÇÃO E SEUS CENTROS DE RESISTÊNCIA
  39. 51. ALÇA DUPLO DELTA
  40. 54. ARCO K-SIR
  41. 55. Distração dento alveolar com loop em I
  42. 58. GUIA PARA ESCOLHA DO ARCO
  43. 59. Retração com Power Arm
  44. 60. Fio 1825 A - 150g <ul><li>Colocação do braço de força entre IL e C permite um melhor controle na mecânica de deslize da bateria anterior </li></ul><ul><li>Maloclusão Classe II Divisão 1ª: melhor altura de tração = 4 a 5mm no controle de rotação lingual das coroas anteriores. </li></ul><ul><li>Maloclusão Classe II Divisão 2ª: melhor altura de tração = acima de 5,5mm para criar uma rotação lingual das raízes anteriores. </li></ul><ul><li>Tominaga J. Optimal Loading Conditions for Controlled Movement of Anterior Teeth in Sliding Mechanics. Angle Orthodontist, Vol 79, No 6, 2009 </li></ul>
  45. 61. <ul><li>THE INCREDIBLE HULK </li></ul>

×