Projeto tics - repteis

461 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
461
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto tics - repteis

  1. 2. Professor : Mauricio Candido E. E. PRESIDENTE MÉDICI Professor Regente: Gênio Marcio do Nascimento PROJETO Análise Morfofisiologiaca dos Répteis
  2. 3. JUSTIFICATIVA <ul><li>Características gerais dos cordatos, enfocando o grupo dos répteis. Aspectos anatômicos e fisiológicos: sistema esquelético, alimentação, respiração, circulação, excreção, sistema nervoso, sensorial e reprodução. </li></ul><ul><li>Reconhecer nossa semelhança e diferenças com outros animais, de modo possibilitar reflexões e analises não preconceituosas sobre a posição que nossa espécie ocupa no mundo vivo. </li></ul><ul><li>Valorizar o conhecimento sistemático sobre os animais tanto para identificar padrões no mundo natural quanto para adquirir informações úteis a um convívio mais harmonioso com outros seres vivos. </li></ul>
  3. 4. OBJETIVO <ul><li>Analisar os aspectos morfofisiológico dos répteis, para compreender o funcionamento de seu organismo </li></ul>
  4. 5. METODOLOGIA <ul><li>Um grupo de alunos fará a dessecação de um réptil no laboratório de Biologia orientado pelo professor, será fotografado todo procedimento de dissecação, para posterior elaboração de slides e apresentação na sala de tecnologia a aos alunos da sala; </li></ul><ul><li>O grupo de alunos confeccionará laminas em slaids e disponibilizara nos micros da sala de tecnologia, explicando aos demais alunos da sala o trabalho realizado em laboratório </li></ul>
  5. 6. MATERIAIS UTILIZADOS <ul><li>Usar o laboratório da sala de biologia par dessecação de um réptil </li></ul><ul><li>Usar internet para pesquisar características Gerais dos répteis. </li></ul><ul><li>Usar o Power Point para elaboração de slides </li></ul><ul><li>Uso dos mucros da sala de tecnologia </li></ul><ul><li>Apresentação de slides no data swho do trabalho realizado em laboratório de biologia na sala de tecnologia </li></ul>
  6. 7. RESULTADOS ESPERADOS <ul><li>Compreender a anatomia e fisiologia dos répteis , para sensibilização de sua preservação e importância do meio ambiente. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>TEIÚ ou TEJU </li></ul><ul><li>Nome em inglês: Common tegu Nome científico: Tupinambis teguixin Há também o teiú-do-cerrado ( Tupinambis merianae ) </li></ul><ul><li>Outros nomes populares de etimologia tupi-guarani : tuu, teiú, teijú, tiú, tejú-guasú, tejú-tará, tejú-guasú-tará (camaleão), teiú-oby (verde ou azulado), tejú-tinga (branco) tejú-pytá ou piranga (vermelho), tejú-kuatiá (pintado), tejú-pará... </li></ul><ul><li>Ordem: Squamata Família: Teiidae Distribuição geográfica: Do sul do Amazonas ao norte da Argentina. Em quase toda a América do Sul, exceto a oeste dos Andes. Hábitat: Florestas, cerrados e caatingas Hábitos alimentares: Onívoro. Ele come frutas, ovos e insetos. Reprodução: Desova entre 30 e 36 ovos por postura, que eclodem após 60 a 90 dias de incubação. Outro dado: 4 a 8 ovos, postos num cupinzeiro. Período de vida: Aproximadamente 16 anos. </li></ul><ul><li>O teiú é o maior lagarto da América do Sul e bastante comum, mesmo em áreas já exploradas pelo homem, vivem em buraco e preferem morar em sítios e chácaras, perto das casas, para se aproveitar dos restos de comida, dos quais se alimenta. </li></ul><ul><li>Acusado de invadir galinheiros para roubar ovos, é largamente caçado no interior e sua carne tem fama de ser boa, muito parecido com a carne de galinha. Embora tenha uma pele bonita, que resulta em um couro de qualidade, como anda disperso, nunca foi abatido com fins comerciais. </li></ul><ul><li>Mede quase 2 metros comprimento, da ponta do focinho até a cauda. A cauda do teiú é maior que seu corpo, e é usada como arma funcionando como um chicote que dá dolorosas lambadas nos seus inimigos, embora uma mordida desse lagarto também possa machucar. Como a maioria dos animais silvestres, porém, o teiú não enfrenta o homem, mas foge quando se sente ameaçado. </li></ul><ul><li>Bom nadador e capaz de subir em árvores, o teiú não hesita em trepar num arbusto para capturar grilos, borboletas, ou mesmo pequenos vertebrados. Para desovar, entretanto, prefere o solo e geralmente a fêmea abre um buraco num cupinzeiro para pôr os ovos. </li></ul><ul><li>Essa estratégia garante uma proteção extra, porque rapidamente os cupins fecham o buraco aberto em sua moradia, e assim os ovos incubam protegidos de qualquer predador </li></ul>
  8. 9. Lagarto - Tupinambis teguixin
  9. 10. lagarto - Tupinambis teguixin
  10. 11. Lagarto
  11. 12. Dessecação do Lagarto - Tupinambis teguixin
  12. 13. Orientação para corte de dessecação
  13. 14. Orientação para corte de dessecação
  14. 15. Viceras do lagarto
  15. 16. Glândulas de gorduras
  16. 17. Língua bifurcada do lagarto Órgão sensitivo do lagardo
  17. 19. Pulmão do lagarto
  18. 20. Viceras do lagarto
  19. 21. Glândulas de gordura –Reserva de lipídios dos pecilotérmicos
  20. 22. <ul><li>Preenchimento do lagarto </li></ul>
  21. 23. Lagarto embalsamado

×