Energia jovem

857 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Energia jovem

  1. 1. As fontes de energia não renováveis são aquelas que se encontram na natureza em quantidades limitadas e se extinguem com a sua utilização. Uma vez esgotadas, as reservas não podem ser regeneradas. Consideram-se fontes de energia não renováveis os combustíveis fósseis (carvão, petróleo, gás natural, entre outros). Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  2. 2. Os Combustíveis fósseis são das fontes de energia mais utilizadas a nível mundial. São substâncias de origem mineral, originados pela decomposição de resíduos orgânicos. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2 Porém, este processo leva milhões de anos, logo são considerados recursos não renováveis. Os combustíveis fósseis mais conhecidos são: gás natural, carvão mineral e petróleo.
  3. 3. A queima dos combustíveis fósseis gera altos índices de poluição atmosférica. Logo, são os grandes responsáveis pelo efeito de estufa e aquecimento global. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2 Além disso, a queima destes combustíveis é altamente prejudicial à saúde e ao ambiente. A extração do carvão e do petróleo podem causar contaminação do solo, da água e da atmosfera.
  4. 4. o Provém de recursos naturais como o sol, o vento, a água, entre outras; o É inesgotável, pois apesar de ser consumida, consegue-se renovar na Natureza. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  5. 5. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  6. 6. É a energia que provém do vento. É utilizada para mover aerogeradores (grandes turbinas) colocados em locais com muito vento, produzindo energia elétrica. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  7. 7. Vantagens: É inesgotável; Não emite gases poluentes nem gera resíduos; Diminui a emissão de gases de efeito de estufa (GEE); É uma das fontes de energia renovável mais baratas. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  8. 8. Desvantagens: Nem sempre existe vento para mover o aerogeradores; Provoca uma considerável alteração na paisagem; Pode provocar impacto sobre as aves, devido ao choque destas com os aerogeradores. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  9. 9. É a designação dada a qualquer tipo de captação de energia luminosa proveniente do sol. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  10. 10. Esta energia é posteriormente transformada de forma a ser útil ao Homem, seja diretamente para aquecimento de água ou ainda como energia elétrica ou energia térmica. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  11. 11. Vantagens: É pouco poluente; Os painéis solares precisam de pouca manutenção; Em países soalheiros, os painéis são muito viáveis, pois permitem uma grande poupança. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  12. 12. Desvantagens: Em dias de chuva ou em dias nublados há pouca geração de energia; No período da noite não ocorre a produção de energia; O custo e a instalação dos equipamentos ainda é bastante elevado. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  13. 13. A Biomassa é a massa total de organismos vivos numa dada área. Constitui uma importante reserva de energia, originada a partir de processos de combustão da matéria orgânica. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  14. 14. Algumas das principais fontes de energia da biomassa são: a madeira (e seus resíduos), os resíduos agrícolas, os resíduos dos animais, os resíduos da produção alimentar e as algas. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  15. 15. Existem 3 tipos: - a biomassa sólida; - os biocombustíveis líquidos; - os biocombustíveis gasosos (biogás). Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  16. 16. Vantagens: É pouco poluente, não emitindo dióxido de carbono; A biomassa é extremamente barata; As emissões não contribuem para o efeito estufa. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  17. 17. Desvantagens: Contribui para a desflorestação, para além da destruição de habitats; Possui um menor poder calorífico quando comparado com outros combustíveis; Dificuldades no transporte e no armazenamento. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  18. 18. (Geo – Terra; Térmica – Calor) É a energia adquirida a partir do calor proveniente do interior da Terra. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  19. 19. Devido à necessidade de se obterem quantidades cada vez maiores de energia, foi desenvolvida uma forma de aproveitar esse calor para a produção de eletricidade. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  20. 20. Vantagens: É inesgotável; Não é poluente; É das mais seguras e de fácil manutenção; Permite uma poupança de energia considerável. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  21. 21. Desvantagens: Odor desagradável; Custo inicial elevado; Manutenção das tubagens avultada devido à corrosão e à deposição de minerais. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  22. 22. O Mar possui energia potencial devido à altura das ondas e energia cinética devido ao movimento das águas. Assim a energia elétrica é obtida através do movimento oscilatório provocado pelas ondas e marés. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  23. 23. Vantagens: A previsibilidade da ocorrência das marés; O facto das marés serem uma fonte inesgotável de energia; São uma fonte de energia não poluente. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  24. 24. Desvantagens: Os custos das instalações são bastante elevados; A construção desta tecnologia pode originar grandes impactos ambientais; As instalações só podem ser construídas em locais muitos específicos. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  25. 25. É a energia que podemos obter através da movimentação das águas dos rios. É a energia mais utilizada no Mundo. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  26. 26. A produção de energia hídrica é efetuada principalmente através de centrais hidro-elétricas. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  27. 27. Vantagens: Produção de energia elétrica sem que exista poluição; As barragens permitem regular os cursos de água; A energia produzida pode ser armazenada. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  28. 28. Desvantagens: Grande impacto geográfico e biológico; Inundação de grandes áreas; Elevados custos de construção. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  29. 29. É a energia que se obtém da combinação do hidrogénio com o oxigénio produzindo vapor de água e libertando energia que é convertida em eletricidade. Existem automóveis que já são movidos a hidrogénio. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  30. 30. Vantagens: Não é tóxico; Grande densidade energética; Menor emissão de partículas para a atmosfera, como fumos e poeiras; Grande utilidade ao nível dos transportes. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  31. 31. Desvantagens: Tecnologia dispendiosa; O Hidrogénio não se encontra isolado na Natureza; O Hidrogénio é obtido através de fontes de energia primárias (gasóleo, petróleo, gás natural, entre outros). Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  32. 32. Evita banhos quentes demorados; Evita dormir com aparelhos ligados ou em stand by; Mantém ligado apenas o aparelho que estás a utilizar; Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  33. 33. Evita acender lâmpadas durante o dia; abre bem as cortinas e persianas e usa ao máximo a luz do sol; Utiliza lâmpadas económicas, em vez de lâmpadas incandescentes. Não deixes as luzes ligadas quando não forem necessárias; Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  34. 34. Reduz ao máximo o número de vezes que abres a porta do frigorífico e o tempo que esta permanece aberta; Evita colocar alimentos quentes no frigorífico ou no congelador; Escolhe equipamentos de eficiência energética A+++. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  35. 35. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2
  36. 36. Energia Jovem! Ana Machado, Luís Pato, Miguel Lampreia | Centro de Saúde de Beja 2

×