Palavras de Erico Verissimo<br />
"Eu queria fazer um livro não da vida como ela é, mas como eu queria que ela fosse. Um livro para a gente pegar e ler quan...
“Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.”<br />
“Precisamos dar um sentido humano às nossas construções. E, quando o amor ao dinheiro, ao sucesso nos estiver deixando ceg...
“O amor está mais perto do ódio do que a gente geralmente supõe. São o verso e o reverso da mesma moeda de paixão. O opost...
“A gente foge da solidão quando tem medo dos próprios pensamentos.”<br />
“Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento.”<br />
"Nenhum escritor pode criar do nada. Mesmo quando ele não sabe, está usando experiências vividas, lidas ou ouvidas, e até ...
"A vida começa todos os dias ."<br />
A Hora do Sétimo Anjo<br />(De Pirisca Greco, composta no centenário do autor)<br />A pena antes tão firme, que doce, na f...
Se calam tantos fantoches quando o vento é rebeldiaO tempo mostrando as garras vem ceifar outra existênciaA alma do escrit...
Uma música ao longe ecoou na imensidãoTalvez seja essa passagem, mais um livro a começarA vida pode ser poeira a escorrer ...
O rumo da liberdade não tem caminhos cruzadosOs lírios não se desbotam quando a terra é sentimentoMais um contador de hist...
Então em vez da trombeta, tocou, o Sétimo Anjo,Um solo de clarineta no seu tom de despedidaA voz de Deus sussurrando, aos ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Frases de Erico Verissimo

1.785 visualizações

Publicada em

Algumas frases do genial Erico Verissimo (1905-1975).

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.785
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Frases de Erico Verissimo

  1. 1. Palavras de Erico Verissimo<br />
  2. 2. "Eu queria fazer um livro não da vida como ela é, mas como eu queria que ela fosse. Um livro para a gente pegar e ler quando quisesse esquecer a vida real... Eu entendo a Arte como sendo uma errata da vida. A página tal, onde se lê isto, leia-se aquilo..."<br />
  3. 3. “Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.”<br />
  4. 4. “Precisamos dar um sentido humano às nossas construções. E, quando o amor ao dinheiro, ao sucesso nos estiver deixando cegos, saibamos fazer pausas para olhar os lírios do campo e as aves do céu.”<br />
  5. 5. “O amor está mais perto do ódio do que a gente geralmente supõe. São o verso e o reverso da mesma moeda de paixão. O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença.”<br />
  6. 6. “A gente foge da solidão quando tem medo dos próprios pensamentos.”<br />
  7. 7. “Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento.”<br />
  8. 8. "Nenhum escritor pode criar do nada. Mesmo quando ele não sabe, está usando experiências vividas, lidas ou ouvidas, e até mesmo pressentidas por uma espécie de sexto sentido."<br />
  9. 9. "A vida começa todos os dias ."<br />
  10. 10. A Hora do Sétimo Anjo<br />(De Pirisca Greco, composta no centenário do autor)<br />A pena antes tão firme, que doce, na folha brancaA mão que lhe sustentava estava agora tão friaFinal de vida com jeito de romance inacabadoUm solo de clarineta tomando a noite vazia.<br />
  11. 11. Se calam tantos fantoches quando o vento é rebeldiaO tempo mostrando as garras vem ceifar outra existênciaA alma do escritor verte amor, se faz poesiaE a cruz que lhe acompanha é a cruz da sua querência.<br />
  12. 12. Uma música ao longe ecoou na imensidãoTalvez seja essa passagem, mais um livro a começarA vida pode ser poeira a escorrer por entre as mãosMas a alma nessa hora é raiz de cambará.<br />
  13. 13. O rumo da liberdade não tem caminhos cruzadosOs lírios não se desbotam quando a terra é sentimentoMais um contador de história seguindo pra eternidadeDeixando suas pegadas pelo tempo e pelo vento.<br />
  14. 14. Então em vez da trombeta, tocou, o Sétimo Anjo,Um solo de clarineta no seu tom de despedidaA voz de Deus sussurrando, aos poucos, foi lhe mostrandoQue os sonhos que plantamos são maiores que essa vida...<br />

×