-- Meu nome éé Rodrigo Cambará. Como éé a sua graça?      Meu nome Rodrigo Cambará. Como a sua graça?  -- Juvenal Terra.  ...
E quando ergueu a cabeça para encarar oo capitão, deu com     E quando ergueu a cabeça para encarar capitão, deu comaquele...
Agora Juvenal alisava a palha com a lâmina da faca,    Agora Juvenal alisava a palha com a lâmina da faca,pachorrento. Seu...
Juvenal sacudia a cabeça devagarinho. Não sabia que opinião     Juvenal sacudia a cabeça devagarinho. Não sabia que opiniã...
Que tal tentar “traduzir”os trechos seguintes?      Reveja    o   link   do“dicionário de gauchês” daaula ou faça buscas e...
Depois que tomamos a Banda Oriental a    Depois que tomamos a Banda Oriental asituação do nosso charque ee do nosso gado s...
Em 1827 eu estava com as tropas do   Em 1827 eu estava com as tropas doMarquês de Barbacena. Nunca vi tantaMarquês de Barb...
- Me juntei com a cavalaria dosdois Bentos. Aquilo é que é gente,amigo. Barbaridade! Que cavaleiros!Levamos a castelhanada...
- Me juntei com a cavalaria dosdois Bentos. Aquilo é que é gente,amigo. Barbaridade! Que cavaleiros!Levamos a castelhanada...
Descobrindo o gauches
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Descobrindo o gauches

257 visualizações

Publicada em

Exercício de identificação de variação regional da língua portuguesa no Rio Grande do Sul, a partir de excertos de Um certo capitão Rodrigo.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Descobrindo o gauches

  1. 1. -- Meu nome éé Rodrigo Cambará. Como éé a sua graça? Meu nome Rodrigo Cambará. Como a sua graça? -- Juvenal Terra. Juvenal Terra. -- Mora aqui no povo? Mora aqui no povo? -- Moro. Moro. -- Criador? Criador? O outro sacudiu a cabeça negativamente. O outro sacudiu a cabeça negativamente. -- Faço carreteadas daqui pro Rio Pardo ee de lá pra cá. Faço carreteadas daqui pro Rio Pardo de lá pra cá.Juvenal explica que faz carreteadas,ou seja, transporta gado, não sendo criador de animais, como pensa, inicialmente, Rodrigo.
  2. 2. E quando ergueu a cabeça para encarar oo capitão, deu com E quando ergueu a cabeça para encarar capitão, deu comaqueles olhos de ave de rapina.aqueles olhos de ave de rapina. -- Ou três horas... -- completou Rodrigo. -- Mas por que éé que oo Ou três horas... completou Rodrigo. Mas por que queamigo diz isso?amigo diz isso? --Porque vosmecê tem um jeito atrevido. Porque vosmecê tem um jeito atrevido. Sem se zangar, mas com firmeza, Rodrigo retrucou: Sem se zangar, mas com firmeza, Rodrigo retrucou: --Tenho eesustento oojeito. Tenho sustento jeito. --Por aqui hai também muito homem macho. Por aqui hai também muito homem macho. ver. O , do verbo ha as s, s eria “há” português, mEm portuguê spanhol ao ). esc la e em ve z de ha i trecho m éd izer hay, sem y (o certo
  3. 3. Agora Juvenal alisava a palha com a lâmina da faca, Agora Juvenal alisava a palha com a lâmina da faca,pachorrento. Seus olhos continuavam ainda postos no pachorrento. Seus olhos continuavam ainda postos noestranho, avaliando-o. Achava engraçada aquela estranho, avaliando-o. Achava engraçada aquelacombinação de bombacha ee casaco de soldado. Implicava combinação de bombacha casaco de soldado. Implicavaum pouco com o lenço vermelho. Aquele violão a tiracolo um pouco com o lenço vermelho. Aquele violão a tiracolotambém lhe inspirava desconfiança. Nunca tivera também lhe inspirava desconfiança. Nunca tiverasimpatia por homem que vive gauderiando. Enfim, éé simpatia por homem que vive gauderiando. Enfim,preciso haver de tudo um pouco neste mundo -- concluiu. preciso haver de tudo um pouco neste mundo concluiu. Bombacha é uma espécie de calça usada pelos gaúchos. Gauderiando vem do verbo gauderiar, ou seja, viver à toa, vagabundear.
  4. 4. Juvenal sacudia a cabeça devagarinho. Não sabia que opinião Juvenal sacudia a cabeça devagarinho. Não sabia que opiniãoformar daquele homem, nem até que ponto podia acreditar no que ele formar daquele homem, nem até que ponto podia acreditar no que elelhe contava. Precisava levantar-se ee ir embora. (...) Havia, porém, lhe contava. Precisava levantar-se ir embora. (...) Havia, porém,algo que oo impedia de mover-se. Ele se interessava pelo que o outro algo que impedia de mover-se. Ele se interessava pelo que o outrodizia (...). dizia (...). -- Pois oo povo compreendeu que o triunvirato estava mas era Pois povo compreendeu que o triunvirato estava mas eramarombando pra não jurar a Constituição. Nesse ponto estourou a marombando pra não jurar a Constituição. Nesse ponto estourou arevolta não só do povo como também das tropas e, claro! lá estava oo revolta não só do povo como também das tropas e, claro! lá estavatenente Rodrigo Cambará no meio do fandango. tenente Rodrigo Cambará no meio do fandango. Deveria ser usada a palavra “mais”. O uso de “mas” vem do castelhano “más”, enfatizando o jeito de falar do personagem.
  5. 5. Que tal tentar “traduzir”os trechos seguintes? Reveja o link do“dicionário de gauchês” daaula ou faça buscas em:http://cantogauderio.com.br/ index.php/costumes-dos- gauchos/dicionario- gauderio.html
  6. 6. Depois que tomamos a Banda Oriental a Depois que tomamos a Banda Oriental asituação do nosso charque ee do nosso gado situação do nosso charque do nosso gadomelhorou, ee eu ganhei um bom dinheiro melhorou, eu ganhei um bom dinheirofazendo tropa. Mas quando ouvi falar de fazendo tropa. Mas quando ouvi falar denovo em revolução eu, que já andava cansado novo em revolução eu, que já andava cansadode lidar com boi, vaca ee cavalo, comecei a de lidar com boi, vaca cavalo, comecei alimpar a espada e azeitar as pistolas... limpar a espada e azeitar as pistolas...Andavam prendendo muito militar ee eu senti Andavam prendendo muito militar eu sentique a coisa estava para estourar... que a coisa estava para estourar...
  7. 7. Em 1827 eu estava com as tropas do Em 1827 eu estava com as tropas doMarquês de Barbacena. Nunca vi tantaMarquês de Barbacena. Nunca vi tantamiséria. Soldados de pé no chão, semmiséria. Soldados de pé no chão, semuniforme, alguns quase nus, só cobertosuniforme, alguns quase nus, só cobertospelo poncho. Eram uns diabos piolhentospelo poncho. Eram uns diabos piolhentose sujos mas, justiça seja feita, na hora dee sujos mas, justiça seja feita, na hora debrigar esqueciam a fome, o frio, tudo, ebrigar esqueciam a fome, o frio, tudo, echegavam a pelear se rindo e gostando.chegavam a pelear se rindo e gostando.
  8. 8. - Me juntei com a cavalaria dosdois Bentos. Aquilo é que é gente,amigo. Barbaridade! Que cavaleiros!Levamos a castelhanada a grito e aponta de lança até a fronteira.Depois tivemos umas escaramuçasmais, até que veio a paz.
  9. 9. - Me juntei com a cavalaria dosdois Bentos. Aquilo é que é gente,amigo. Barbaridade! Que cavaleiros!Levamos a castelhanada a grito e aponta de lança até a fronteira.Depois tivemos umas escaramuçasmais, até que veio a paz.

×