SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
PILATES PARA O CÉREBRO


   Leia até o final, é muito interessante.




                                 .
ESTÁ ESQUECIDO?


 Como se chama este filme no qual a
  artista que aparece é belíssima?...
Sim, homem! alta, de cabelos negros
 a, que trabalhou algumas vezes com
    aquele ator maravilhoso que se
chama... que trabalhou numa peça de
          teatro muito famosa.
      Já sabe de quem falo, não?
30   ASSIM COMEÇAMOS
         A partir dos trinta anos, em geral, começamos
            notar que temos pequenos esquecimentos:

     •     Como se chama este menino? O conheço
           muito bem.
     •     A que horas era o fencontro, as 5:00 ou
           5:30?
     •     Isto, como me disseram que funcionava?
     •     Minhas chaves, onde as deixei?
     •     Em que andar estou estacionado?

     Mas nada como quando exclamamos..
     Roubaram meu carro! Sem darmos conta de
       que saimos por outra porta do centro
       comercial.
Ainda que estes pequenos
  esquecimentos não afetem
   nossa vida,nos causam
         ansiedade.

  Com terror, pensamos que o
cérebro começa a converter-se
   em gelatina e nos preocupa
 ficar como essa tia idosa, que
     recorda com pequenos
    detalhes tudo sobre sua
     infância, mas não pode
lembrar-se do que fez ontem ou
       mesmo esta manhã.
Se isto te parece familiar , não te
       preocupes, tem esperança.

 Existem muitos mitos em que as pessoas,
equivocadamente, relacionam a idade com
          a falta de memória.

 Os neurocientistas têm comprovado que:

A perda de memória de curto prazo não se
deve à idade ou à morte dos neurônios, que
morrem mas se regeneram, senão à
redução do número de conexões entre si,
dos neurônios ou dentritas (ramos dos
neurônios).
Isto sucede por uma simples razão: falta de
uso. É muito simples. Assim como se
atrofia um músculo sem uso, as dentritas
também atrofiam se não se conectam com
frequência, e a habilidade do cérebro para
receber nova informação se reduz.

É certo, o exercício ajuda muito a alertar a
mente; também há vitaminas e remédios
que aumentam e fortalecem a memória.

Entretanto, nada como fazer com que nosso
 cérebro fabrique seu própio alimento:

            As neurotrofinas.
AS NEUROTROFINAS
São moléculas que produzem e secretam as
células nervosas e atuam como alimento
para manterem-se saudáveis.

Quanto mais ativas estejam as células do
cérebro, mais quantidade de neurotrofinas
produzem e isto gera mais conexões entre
as distintas áreas do cérebro.
QUE PODEMOS FAZER?
O que necessitamos é fazer pilates com os
neurônios:

•   esticá-los,
•   surpreendê-los,
•   sair de sua rotina,
•   apresentar-lhes novidades inesperadas e
     divertidas através das emoções, do olfato, da
    visão, do tato, do paladar e da audição.

O resultado? O cérebro se torna mais flexível,
mais ágil, e sua capacidade de memória
  aumenta.
PROVAVELMENTE PENSAS…
Eu leio, trabalho, faço exercícios e mil
coisas mais durante o dia, assim minha
mente deve estar muito estimulada.

A verdade é que a vida da maioría de nós
converte-se numa série de rotinas..

Pensa num dia ou semana comum e
corrente.

Que há de diferente na sua rotina diária?

O caminho para o trabalho, a hora que
comes ou regressas à casa, o tempo que
passas no carro, o tempo e os programas
que vês na televisão?
AS ATIVIDADES ROTINEIRAS
                SÃO INCONSCIENTES

Fazem com que e cérebro
funcione automaticamente e
requeira um mínimo de
energia.
As experiências passam
pelas mesmas estradas
neuronais já formadas.

    Não há produção de
         neurotrofinas.
ALGUNS EXERCíCIOS QUE EXPANDEM
        SUBSTANCIALMENTE AS DENTRITAS E A
           PRODUÇÃO DE NEUROTROFINAS:


•   TENTA, pelos menos uma vez por semana, tomar
    TENTA
    uma ducha com os olhos fechados. Só com o tato,
    localizar as torneiras, ajustar a temperatura da água,
    pegar o sabonete, o shampoo ou creme de barbear.
    Verás como tuas mãos notarão texturas que nunca
    havias percebido.

•   Utiliza a mão NÃO dominante. Come, escreve, abre a
    pasta, escova os dentes, abre a gaveta com a mão
    que mais trabalho te custe usar.
•   Lê em voz alta: distintos circuitos serão
    ativados, além dos que usas para ler em
    silêncio.

•   Troca tuas rotas, passa por diferentes
    caminhos para ir ao trabalho ou para casa.
•   Modifica sua rotina. Faça coisas diferentes.
    Sai, conhece e fala com pessoas de
    diferente idades, trabalhos e ideologias.
    Experimenta o inesperado. Usa as escadas
    ao invés do elevador. Sai para o campo,
    caminha, ouça-o.
•   Troque a localização de algumas coisas. Saber
    onde tudo está, o cérebro já construiu um
    mapa. Mude, por exemplo, o recipiente de lixo
    de lugar, e você vai ver o número de vezes
    que vai atirá-lo no o antigo local.

•   APRENDA uma habilidade. Qualquer coisa; pode
    ser fotografia, culinária, yoga, estudar um novo
    idioma. Se você gosta de quebra-cabeças ou
    figuras, cubra um olho para perder a percepção de
    profundidade, de modo que o cérebro tenha que
    confiar e buscar outras rotas.
•Identifique objetos. Coloque no carro uma chícara
com várias moedas diferentes e tateie a mão para que,
enquanto esteja parado em um semáforo, com os
dedos trate de identificar cada uma.

Porque não abrimos a mente e provamos esses
exercicios tão simples que, de acordo com os estudos
de Neurobiología do Duke University Medical Center,
                                             Center
amplíam nossa memória?

   Com sorte, nunca mais voltaremos a perguntar:
        Onde dexei minhas chaves?
Espero que tenhas gostado.
E não se esqueça de passar um
             dia
          FANTÁSTICO

    Tradução para o português,à pedidos.
                 Helen Nice

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pilates para o cerebro
Pilates para o cerebroPilates para o cerebro
Pilates para o cerebroZana Duarte
 
Pilates para o cerebro
Pilates para o cerebroPilates para o cerebro
Pilates para o cerebroogerente
 
Pilates para o_cérebro-le
Pilates para o_cérebro-lePilates para o_cérebro-le
Pilates para o_cérebro-leMario Junior
 
Pilates para o cérebro :)
Pilates para o cérebro :)Pilates para o cérebro :)
Pilates para o cérebro :)Miguel Cunha
 
Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02Jessica Carriço
 
Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02Inês Gonçalves
 
A questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebe
A questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebeA questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebe
A questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebeBruno Perin
 
Cultura Tracksale
Cultura TracksaleCultura Tracksale
Cultura TracksaleTracksale
 
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da SilvaReunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silvafmanhaes
 
A sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto parece
A sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto pareceA sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto parece
A sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto pareceBruno Perin
 
Como lidar com o STATUS QUO
Como lidar com o STATUS QUOComo lidar com o STATUS QUO
Como lidar com o STATUS QUOBruno Perin
 
Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"
Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"
Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"Lara Diamantino
 

Mais procurados (19)

Pilates para o cérebro
Pilates para o cérebroPilates para o cérebro
Pilates para o cérebro
 
Pilates para o cerebro
Pilates para o cerebroPilates para o cerebro
Pilates para o cerebro
 
Pilates para o cerebro
Pilates para o cerebroPilates para o cerebro
Pilates para o cerebro
 
Pilates para o cerebro
Pilates para o cerebroPilates para o cerebro
Pilates para o cerebro
 
Pilates para o_cérebro-le
Pilates para o_cérebro-lePilates para o_cérebro-le
Pilates para o_cérebro-le
 
Pilates para océrebro
Pilates para océrebroPilates para océrebro
Pilates para océrebro
 
Pilates para o cérebro :)
Pilates para o cérebro :)Pilates para o cérebro :)
Pilates para o cérebro :)
 
Pilates para o_cerébro
Pilates para o_cerébroPilates para o_cerébro
Pilates para o_cerébro
 
Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02
 
Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02Aeducadora 100708091122-phpapp02
Aeducadora 100708091122-phpapp02
 
A questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebe
A questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebeA questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebe
A questão não é o que os olhos enxergam, mas o que a mente percebe
 
Cultura Tracksale
Cultura TracksaleCultura Tracksale
Cultura Tracksale
 
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da SilvaReunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
 
A sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto parece
A sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto pareceA sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto parece
A sua Experiência NÃO é tão Confiavel quanto parece
 
Como lidar com o STATUS QUO
Como lidar com o STATUS QUOComo lidar com o STATUS QUO
Como lidar com o STATUS QUO
 
Apostila passo a passo
Apostila passo a passoApostila passo a passo
Apostila passo a passo
 
Teste cerebral
Teste cerebralTeste cerebral
Teste cerebral
 
Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"
Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"
Trabalho apresentado junto a disciplina de Gestão de Pessoas - "Motivação"
 
10 dicas para turbinar seu aprendizado
  10 dicas para turbinar seu aprendizado  10 dicas para turbinar seu aprendizado
10 dicas para turbinar seu aprendizado
 

Destaque (9)

Para melhorar o portugues
Para melhorar o portuguesPara melhorar o portugues
Para melhorar o portugues
 
Pressao alta
Pressao altaPressao alta
Pressao alta
 
A consci _ncia_de_sua_miss__o
A consci _ncia_de_sua_miss__oA consci _ncia_de_sua_miss__o
A consci _ncia_de_sua_miss__o
 
Adoecer nunca
Adoecer nuncaAdoecer nunca
Adoecer nunca
 
Apresentação de slides
Apresentação de slidesApresentação de slides
Apresentação de slides
 
Educomunicação
EducomunicaçãoEducomunicação
Educomunicação
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Web caderno-6
Web caderno-6Web caderno-6
Web caderno-6
 
Educomunicação
EducomunicaçãoEducomunicação
Educomunicação
 

Semelhante a Pilates para o cérebro

Pilates para o cérebro. tradução hn
Pilates para o cérebro. tradução hnPilates para o cérebro. tradução hn
Pilates para o cérebro. tradução hnDenise Andrews
 
Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01
Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01
Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01idelazir
 
Leitura dinâmica e memorização técnicas e aplicação
Leitura dinâmica e memorização técnicas e aplicaçãoLeitura dinâmica e memorização técnicas e aplicação
Leitura dinâmica e memorização técnicas e aplicaçãoRodrigo Cisco
 
Projeto pessoal y7
Projeto pessoal y7Projeto pessoal y7
Projeto pessoal y7inprincess12
 
18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade
18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade
18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividadeJailton Souza
 
Como o cérebro trabalha
Como o cérebro trabalhaComo o cérebro trabalha
Como o cérebro trabalhaAlfredo Leite
 
Quando a minha_escola_abrir
Quando a minha_escola_abrirQuando a minha_escola_abrir
Quando a minha_escola_abrirSónia Silva
 
Quando a minha escola abrir
Quando a minha escola abrirQuando a minha escola abrir
Quando a minha escola abrirCláudia Silva
 
Exercite seu cerebro
Exercite seu cerebroExercite seu cerebro
Exercite seu cerebroAdinei Omais
 
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoalDesenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoalElizamaSilva7
 
Curso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENACCurso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENACJoao Balbi
 

Semelhante a Pilates para o cérebro (20)

Pilates para o cérebro. tradução hn
Pilates para o cérebro. tradução hnPilates para o cérebro. tradução hn
Pilates para o cérebro. tradução hn
 
Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01
Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01
Pilatesparaocrebro traduohn-100527102052-phpapp01
 
Leitura dinâmica e memorização técnicas e aplicação
Leitura dinâmica e memorização técnicas e aplicaçãoLeitura dinâmica e memorização técnicas e aplicação
Leitura dinâmica e memorização técnicas e aplicação
 
Projeto pessoal y7
Projeto pessoal y7Projeto pessoal y7
Projeto pessoal y7
 
18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade
18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade
18 tecnicas-para-desenvolver-a-criatividade
 
O sentido da vida
 O sentido da vida O sentido da vida
O sentido da vida
 
466 an 12_março_2014.okok
466 an 12_março_2014.okok466 an 12_março_2014.okok
466 an 12_março_2014.okok
 
Bioética-Aula 1
Bioética-Aula 1Bioética-Aula 1
Bioética-Aula 1
 
Como o cérebro trabalha
Como o cérebro trabalhaComo o cérebro trabalha
Como o cérebro trabalha
 
Quando a minha_escola_abrir
Quando a minha_escola_abrirQuando a minha_escola_abrir
Quando a minha_escola_abrir
 
Quando a minha escola abrir
Quando a minha escola abrirQuando a minha escola abrir
Quando a minha escola abrir
 
Neurobica Cetib
Neurobica CetibNeurobica Cetib
Neurobica Cetib
 
Exercite seu cerebro
Exercite seu cerebroExercite seu cerebro
Exercite seu cerebro
 
SPR-PDF (1).pdf
SPR-PDF (1).pdfSPR-PDF (1).pdf
SPR-PDF (1).pdf
 
Desenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoalDesenvolvimento pessoal
Desenvolvimento pessoal
 
O Sentido Da Vida
O Sentido Da VidaO Sentido Da Vida
O Sentido Da Vida
 
Curso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENACCurso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENAC
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
412 an 29_janeiro_2013.ok
412 an 29_janeiro_2013.ok412 an 29_janeiro_2013.ok
412 an 29_janeiro_2013.ok
 
Use Sua Mente
Use Sua MenteUse Sua Mente
Use Sua Mente
 

Mais de luci96

Origem da LP
Origem da LPOrigem da LP
Origem da LPluci96
 
França news 8º ano
França news 8º anoFrança news 8º ano
França news 8º anoluci96
 
Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...
Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...
Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...luci96
 
Grump e o acordo ortográfico
Grump e o acordo ortográficoGrump e o acordo ortográfico
Grump e o acordo ortográficoluci96
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográficaluci96
 
Ortografia
OrtografiaOrtografia
Ortografialuci96
 
Fundamentos da grafia
Fundamentos da grafiaFundamentos da grafia
Fundamentos da grafialuci96
 
Era digital
Era digitalEra digital
Era digitalluci96
 
A importancia de_uma_virgula
A importancia de_uma_virgulaA importancia de_uma_virgula
A importancia de_uma_virgulaluci96
 
A propósito da pontuação
A propósito da pontuaçãoA propósito da pontuação
A propósito da pontuaçãoluci96
 
Para melhorar o_portugues
Para melhorar o_portuguesPara melhorar o_portugues
Para melhorar o_portuguesluci96
 
O espaço e o turismo
O espaço e o turismoO espaço e o turismo
O espaço e o turismoluci96
 
Espaço global e ordem mundial
Espaço global e ordem mundialEspaço global e ordem mundial
Espaço global e ordem mundialluci96
 
Regras de acentuação
Regras de acentuaçãoRegras de acentuação
Regras de acentuaçãoluci96
 
Aulas de Inglês
Aulas de InglêsAulas de Inglês
Aulas de Inglêsluci96
 
Web caderno-5
Web caderno-5Web caderno-5
Web caderno-5luci96
 
Web caderno-4
Web caderno-4Web caderno-4
Web caderno-4luci96
 
Web caderno-3
Web caderno-3Web caderno-3
Web caderno-3luci96
 
Web caderno-2
Web caderno-2Web caderno-2
Web caderno-2luci96
 
Web caderno-2
Web caderno-2Web caderno-2
Web caderno-2luci96
 

Mais de luci96 (20)

Origem da LP
Origem da LPOrigem da LP
Origem da LP
 
França news 8º ano
França news 8º anoFrança news 8º ano
França news 8º ano
 
Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...
Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...
Trabalho de geografia urbanização do centro de cerro grande do sul maiara tur...
 
Grump e o acordo ortográfico
Grump e o acordo ortográficoGrump e o acordo ortográfico
Grump e o acordo ortográfico
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
 
Ortografia
OrtografiaOrtografia
Ortografia
 
Fundamentos da grafia
Fundamentos da grafiaFundamentos da grafia
Fundamentos da grafia
 
Era digital
Era digitalEra digital
Era digital
 
A importancia de_uma_virgula
A importancia de_uma_virgulaA importancia de_uma_virgula
A importancia de_uma_virgula
 
A propósito da pontuação
A propósito da pontuaçãoA propósito da pontuação
A propósito da pontuação
 
Para melhorar o_portugues
Para melhorar o_portuguesPara melhorar o_portugues
Para melhorar o_portugues
 
O espaço e o turismo
O espaço e o turismoO espaço e o turismo
O espaço e o turismo
 
Espaço global e ordem mundial
Espaço global e ordem mundialEspaço global e ordem mundial
Espaço global e ordem mundial
 
Regras de acentuação
Regras de acentuaçãoRegras de acentuação
Regras de acentuação
 
Aulas de Inglês
Aulas de InglêsAulas de Inglês
Aulas de Inglês
 
Web caderno-5
Web caderno-5Web caderno-5
Web caderno-5
 
Web caderno-4
Web caderno-4Web caderno-4
Web caderno-4
 
Web caderno-3
Web caderno-3Web caderno-3
Web caderno-3
 
Web caderno-2
Web caderno-2Web caderno-2
Web caderno-2
 
Web caderno-2
Web caderno-2Web caderno-2
Web caderno-2
 

Pilates para o cérebro

  • 1. PILATES PARA O CÉREBRO Leia até o final, é muito interessante. .
  • 2. ESTÁ ESQUECIDO? Como se chama este filme no qual a artista que aparece é belíssima?... Sim, homem! alta, de cabelos negros a, que trabalhou algumas vezes com aquele ator maravilhoso que se chama... que trabalhou numa peça de teatro muito famosa. Já sabe de quem falo, não?
  • 3. 30 ASSIM COMEÇAMOS A partir dos trinta anos, em geral, começamos notar que temos pequenos esquecimentos: • Como se chama este menino? O conheço muito bem. • A que horas era o fencontro, as 5:00 ou 5:30? • Isto, como me disseram que funcionava? • Minhas chaves, onde as deixei? • Em que andar estou estacionado? Mas nada como quando exclamamos.. Roubaram meu carro! Sem darmos conta de que saimos por outra porta do centro comercial.
  • 4. Ainda que estes pequenos esquecimentos não afetem nossa vida,nos causam ansiedade. Com terror, pensamos que o cérebro começa a converter-se em gelatina e nos preocupa ficar como essa tia idosa, que recorda com pequenos detalhes tudo sobre sua infância, mas não pode lembrar-se do que fez ontem ou mesmo esta manhã.
  • 5. Se isto te parece familiar , não te preocupes, tem esperança. Existem muitos mitos em que as pessoas, equivocadamente, relacionam a idade com a falta de memória. Os neurocientistas têm comprovado que: A perda de memória de curto prazo não se deve à idade ou à morte dos neurônios, que morrem mas se regeneram, senão à redução do número de conexões entre si, dos neurônios ou dentritas (ramos dos neurônios).
  • 6. Isto sucede por uma simples razão: falta de uso. É muito simples. Assim como se atrofia um músculo sem uso, as dentritas também atrofiam se não se conectam com frequência, e a habilidade do cérebro para receber nova informação se reduz. É certo, o exercício ajuda muito a alertar a mente; também há vitaminas e remédios que aumentam e fortalecem a memória. Entretanto, nada como fazer com que nosso cérebro fabrique seu própio alimento: As neurotrofinas.
  • 7. AS NEUROTROFINAS São moléculas que produzem e secretam as células nervosas e atuam como alimento para manterem-se saudáveis. Quanto mais ativas estejam as células do cérebro, mais quantidade de neurotrofinas produzem e isto gera mais conexões entre as distintas áreas do cérebro.
  • 8. QUE PODEMOS FAZER? O que necessitamos é fazer pilates com os neurônios: • esticá-los, • surpreendê-los, • sair de sua rotina, • apresentar-lhes novidades inesperadas e divertidas através das emoções, do olfato, da visão, do tato, do paladar e da audição. O resultado? O cérebro se torna mais flexível, mais ágil, e sua capacidade de memória aumenta.
  • 9. PROVAVELMENTE PENSAS… Eu leio, trabalho, faço exercícios e mil coisas mais durante o dia, assim minha mente deve estar muito estimulada. A verdade é que a vida da maioría de nós converte-se numa série de rotinas.. Pensa num dia ou semana comum e corrente. Que há de diferente na sua rotina diária? O caminho para o trabalho, a hora que comes ou regressas à casa, o tempo que passas no carro, o tempo e os programas que vês na televisão?
  • 10. AS ATIVIDADES ROTINEIRAS SÃO INCONSCIENTES Fazem com que e cérebro funcione automaticamente e requeira um mínimo de energia. As experiências passam pelas mesmas estradas neuronais já formadas. Não há produção de neurotrofinas.
  • 11. ALGUNS EXERCíCIOS QUE EXPANDEM SUBSTANCIALMENTE AS DENTRITAS E A PRODUÇÃO DE NEUROTROFINAS: • TENTA, pelos menos uma vez por semana, tomar TENTA uma ducha com os olhos fechados. Só com o tato, localizar as torneiras, ajustar a temperatura da água, pegar o sabonete, o shampoo ou creme de barbear. Verás como tuas mãos notarão texturas que nunca havias percebido. • Utiliza a mão NÃO dominante. Come, escreve, abre a pasta, escova os dentes, abre a gaveta com a mão que mais trabalho te custe usar.
  • 12. Lê em voz alta: distintos circuitos serão ativados, além dos que usas para ler em silêncio. • Troca tuas rotas, passa por diferentes caminhos para ir ao trabalho ou para casa.
  • 13. Modifica sua rotina. Faça coisas diferentes. Sai, conhece e fala com pessoas de diferente idades, trabalhos e ideologias. Experimenta o inesperado. Usa as escadas ao invés do elevador. Sai para o campo, caminha, ouça-o.
  • 14. Troque a localização de algumas coisas. Saber onde tudo está, o cérebro já construiu um mapa. Mude, por exemplo, o recipiente de lixo de lugar, e você vai ver o número de vezes que vai atirá-lo no o antigo local. • APRENDA uma habilidade. Qualquer coisa; pode ser fotografia, culinária, yoga, estudar um novo idioma. Se você gosta de quebra-cabeças ou figuras, cubra um olho para perder a percepção de profundidade, de modo que o cérebro tenha que confiar e buscar outras rotas.
  • 15. •Identifique objetos. Coloque no carro uma chícara com várias moedas diferentes e tateie a mão para que, enquanto esteja parado em um semáforo, com os dedos trate de identificar cada uma. Porque não abrimos a mente e provamos esses exercicios tão simples que, de acordo com os estudos de Neurobiología do Duke University Medical Center, Center amplíam nossa memória? Com sorte, nunca mais voltaremos a perguntar: Onde dexei minhas chaves?
  • 16. Espero que tenhas gostado. E não se esqueça de passar um dia FANTÁSTICO Tradução para o português,à pedidos. Helen Nice