Mundo Mutante

568 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado no Curso de Formação de Tutores (SECAD/UFF) procurando interpretar do ponto de vista filosófico a significação da WEB 2.0 na sua dimensão intersubjetiva e educacional. Imagens colhidas na WEB e último Slide é um retrabalho sobre a criação de Michèle Sato.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
568
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mundo Mutante

  1. 1. NÓS na web<br />A WEB em nós<br />Aluno Luiz Augusto Passos<br />Profª Tutora: Isabel Andréa Barreiro Pinto<br />Curso de Formação de Tutores<br />SECAD/UFF 2009<br />
  2. 2. “No início era a relação!” (Martin Buber)<br />Somos feitos pelos outros e nos fazemos<br />Fazemos o mundo;<br />Os sentidos que nele colocamos;<br />Os instrumentos e ferramentas para alterá-lo;<br />Os símbolos pelos quais construímos<br />a cultura como texto! (Geertz)<br /> E, ela, a cultura como um texto, nos diz!<br />Criamos a WEB ela é Palavra:<br />cultura-texto que nos DIZ!<br />
  3. 3. Seres do desejo, da falta: sonhamos.<br />Simbolizamos. Incompletudes que buscam outreidades:<br />Seres da comunicação, da aldeia global.<br />Seres aprendentes da VIDA.<br />Construímos teias de sentidos que nos movem.<br />
  4. 4. “O homem constrói para si teias de significação <br />por ele mesmo tecidas...” E, das quais não mais poderá prescindir, se quiser viver, compreender-se, dizer-se, e estabelecer diálogo com outros seres humanos...<br />Clifford Geertz<br />
  5. 5. FAZEMOS O MUNDO PELO TRABALHO<br />BUSCAMOS<br />TECNOLOGIAS QUE<br />CONSTROEM<br />SOLIDÕES OU REDES DE SOLIDARIEDADE<br />
  6. 6. Não trabalhamos porque somos humanos, somos humanos porque trabalhamos...<br />Fazemos a WEB e ela parturiza em nós, novas identidades fugidias.<br />Novas redes de relações econômicas<br />Sociais e simbólicas...<br />Novas ferramentas para a política<br />Nova ética e estética, gênero,<br />Nova erótica (Welsch)<br />A WEB nos constrói<br />Novos homens e mulheres...<br />
  7. 7. Mundo<br />Mutante<br />Mutante<br />Mutante<br />Mundo<br />Mutante<br />Mundo<br />Mundo<br />Mundo Mutante<br />
  8. 8. Cyborg? <br />W E B<br />W E B<br />Pessoas com ou sem sentidos?<br />Máquinas com ou sem sentidos?<br />
  9. 9. Fazer juntos e criar<br />Viver juntos e cuidar<br />Perceber e sentir<br />Conhecer e compreender<br />Jacques Delors / UNICEF<br />
  10. 10. Que a centralidade do direito à informação e ao saber via WEB produza em nós a comunhão<br />Músicas:<br />Yanni – Nightingale<br />Gilberto Gil - Pela Internet<br />Idealização e Realização:<br />Luiz Augusto Passos<br />Matheus Aurélio Passos<br />

×