Quiimiicaa

2.106 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.106
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quiimiicaa

  1. 1. <ul><li>Álcoois </li></ul><ul><li>São compostos orgânicos que apresentam um ou mais grupos hidroxilas (OH) ligados a átomos de carbono saturados. Os álcoois são mais reativos que os hidrocarbonetos e apresentam caráter praticamente neutro. </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Tipos de alcoóis </li></ul><ul><li>Principais álcoois, como eles são obtidos e para que servem: </li></ul><ul><li>METANOL </li></ul><ul><li>Pela destilação destrutiva da madeira. Também pela reação entre o hidrogênio e o monóxido de carbono a alta pressão. Solvente para graxas, óleos, resinas e nitrocelulose. Fabricação de tinturas, formaldeído, líquidos anticongelantes, combustíveis especiais e plásticos. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>ETANOL </li></ul><ul><li>Pela fermentação de açúcares. Também a partir do etileno ou do acetileno. Em pequenas quantidades, a partir da polpa da madeira. </li></ul><ul><li>Solvente de produtos como lacas, pinturas, vernizes, colas, produtos farmacêuticos e explosivos. Também como base para a elaboração de produtos químicos de elevada massa molecular. </li></ul><ul><li>PROPANOL (ISOPROPANOL) </li></ul><ul><li>Pela hidratação de propeno obtido de gases craqueados. Também subproduto de determinados processos de fermentação. </li></ul><ul><li>Solvente para óleos, gomas, alcalóides e resinas. Fabricação de acetona, sabão e soluções anti-sépticas. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>PROPANOL (N-PROPANOL) </li></ul><ul><li>Pela oxidação de misturas de propano e butano. Solvente para lacas, resinas, revestimentos e ceras. Também para a fabricação de fluido de freios, ácido propiônico e plastificadores. </li></ul><ul><li>BUTANOL (N-BUTANOL) </li></ul><ul><li>Pela fermentação de amido ou açúcar. Também por síntese, utilizando etanol ou acetileno. Solvente para nitrocelulose, etilcelulose, lacas, plásticos de uréia-formaldeído e uréia-melamina. Diluente de líquido hidráulico, agente de extração de drogas. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>METILPROPANOL </li></ul><ul><li>Pela reação entre o hidrogênio e o monóxido de carbono a alta pressão, seguida da destilação dos produtos obtidos. Solvente de fluidos de freios elaborados com óleo de rícino. Substituto do n-butanol na elaboração de resinas de uréia. </li></ul><ul><li>BUTANOL </li></ul><ul><li>Pela hidrólise do butano, formado pelo craqueamento de petróleo. Na elaboração de outros produtos químicos como, por exemplo, metiletilcetona. Solvente de lacas de nitrocelulose. Produção de fluido de freios e graxas especiais. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>METIL-2-PROPANIL </li></ul><ul><li>Pela hidratação de isobutileno, derivado do craqueamento de petróleo. Na fabricação de perfumes. Como agente umedecedor em detergentes. Solvente de produtos farmacêuticos e de limpeza. </li></ul><ul><li>PENTANOL (ÁLCOOL ARNÍLICO) </li></ul><ul><li>Pela destilação fracional de óleo fúsil, um produto secundário na elaboração do etanol por fermentação. Solvente de diversas resinas naturais e sintéticas. Diluente de fluido de freios, tintas de impressão e lacas. Em produtos farmacêuticos. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>ETILENOGLICOL </li></ul><ul><li>Pela oxidação de etileno a glicol. Também pela hidrogenação de metilglicolato obtido a partir do formaldeído e do metanol. Líquido anticongelante, fluido de freios. Na produção de explosivos. Solvente de manchas, óleos, resinas, esmaltes, tintas e tinturas. </li></ul><ul><li>DIETILENOGLICOL </li></ul><ul><li>Como subproduto na fabricação de etilenoglicol Solvente de tinturas e resinas. Na secagem de gases. Agente amolecedor de tintas de impressão adesivas. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>GLICERINA (1,2,3-PROPANOTRIOL) </li></ul><ul><li>A partir do tratamento de graxas na elaboração do sabão. Sinteticamente, a partir do propeno. Pela fermentação de açúcares. Em resinas alquídicas, explosivos e celofane. Umectante do tabaco. </li></ul><ul><li>PENTAERITRITOL (PENTAERITRITA) </li></ul><ul><li>Pela condensação de acetaldeído e formaldeído. Em resinas sintéticas. Como tetranitrato em explosivos. Também no tratamento farmacológico de doenças cardíacas. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>SORBITOL </li></ul><ul><li>Pela redução de açúcar com hidrogênio. Na elaboração de alimentos, produtos farmacêuticos e produtos químicos. </li></ul><ul><li>CICLOEXANOL </li></ul><ul><li>Pela hidrogenação catalítica do fenol. Pela oxidação catalítica do cicloexano. Produto intermediário na fabricação de substâncias químicas utilizadas na fabricação do náilon. Estabilizador e homogeneizador de sabões e detergentes sintéticos. Solvente. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>FENIL-2-ETANOL </li></ul><ul><li>Pela reação entre o benzeno e o óxido de etileno. Principalmente na fabricação de perfumes. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Os problemas causados pelo consumo excessivo </li></ul><ul><li>de álcool </li></ul><ul><li>Os problemas causados pelo consumo excessivo de álcool se refletem na saúde do indivíduo e da sociedade. Conheça os principais problemas que esta droga lícita causa a todos nós.Há pessoas ingênuas ou ignorantes que abusam do álcool e esquecem que, assim como o cigarro, os males não vão aparecer agora, mas sim daqui a alguns anos. O excesso de álcool faz mal à saúde. O álcool é um grande problema social, visto que é uma droga de ampla aceitação e fácil obtenção, mas possui todas as características das demais drogas, como prejuízo da saúde do usuário, alteração do estado mental, entre outros. Primeiramente, vejamos alguns malefícios do excesso de álcool para a sociedade. </li></ul><ul><li>Pelo menos 2,3 milhões de pessoas morrem por ano no mundo todo devido a problemas relacionados ao consumo de álcool, o que totaliza 3,7% da mortalidade mundial, segundo um relatório elaborado pela Organização Mundial da Saúde. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Pesquisas mostras que o álcool estava presente em cerca de 75% dos casos de acidentes de trânsito com vítimas fatais. </li></ul><ul><li>Agora vejamos os malefícios para a saúde do indivíduo.A exposição crônica, por uso prolongado de quantidades elevadas de álcool associa-se à: - cirrose hepática - dependência de álcool - doenças cérebro vasculares - neoplasias de lábio, cavidade oral, faringe, laringe, esôfago e fígado - gastrite - diabetes - tuberculose - pneumonia - risco de coma alcoólico </li></ul><ul><li>O abuso de álcool determina mortalidade precoce. Na Suécia, perto de 25% dos óbitos de menores de 50 anos foram atribuídos ao álcool. Vale lembrar que os problemas do álcool estão no consumo abusivo da bebida, não no moderado. Até porque, um pouquinho chega a melhorar a memória, conforme recentes estudos indicam. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Problemas causados pelo álcool no sistema nervoso central </li></ul><ul><li>No sistema nervoso central, o álcool por si é um agente depressivo que afeta primeiramente as estruturas subcorticais (provavelmente a formação reticular do tronco cerebelar superior) que modulam a atividade cortical cerebral. Em conseqüência, há um estímulo e comportamentos cortical, motor e intelectual desordenados. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Ingredientes </li></ul><ul><li>1 vidro (aprox. 3/ litros) </li></ul><ul><li>300 gramas de morango </li></ul><ul><li>300 gramas de pinga </li></ul><ul><li>300 gramas de açúcar </li></ul><ul><li>Deixar em maceração por 15 dias </li></ul>
  15. 15. <ul><li>LICOR DE MORANGO </li></ul>
  16. 21. <ul><li>- Processo do licor de morando </li></ul><ul><li>O processo de licor de morango foi realizado da seguinte forma: </li></ul><ul><li>Colocamos dentro de um recipiente de vidro 300g de morangos, 300g de açúcar e 300g de bebida alcoólica. Depois de cinco dias, já em processo de maceração podemos notar que a bebida alcoólica já estava adquirindo a cor avermelhada dos morangos e começavam a ficar embranquecidos enquanto o açúcar começava a se diluir na bebida alcoólica deixando- o mais doce. </li></ul>
  17. 22. <ul><li>Durante todo esse processo ocorreu uma fermentação que foi acelerada pela bebida alcoólica. </li></ul>
  18. 23. <ul><li>Obrigado a todos. </li></ul>

×