S A D E
S
A
Ú
D
E
5 PASSOS DA SEGURANÇA DO TRABALHO
PENSE NA TAREFA E NA SUA
RESPONSABILIDADE
Planeje o trabalho e verifi...
S A D E
S
A
Ú
D
E
OBSERVAR À SUA VOLTA
A área de trabalho (acesso, ventilação, iluminação);
Interferência com outras dis...
S A D E
S
A
Ú
D
E
IDENTIFICAR OS RISCOS
Quais são os riscos;
As condições de trabalhos são boas?
Pode-se mover de manei...
S A D E
S
A
Ú
D
E
CONTROLAR OS RISCOS
Está seguro para iniciar o trabalho?
A sua supervisão já colocou a área segura?
S...
S A D E
S
A
Ú
D
E
AGIR COM SEGURANÇA PARA COMPLETAR A
TAREFA
Seguir o procedimento de Segurança;
Usar o EPI adequado;
U...
A Relação PROVÁVEL - Desvio
x PERDA
AÇÕES
SISTÊMICAS
Acidente com Perda MaterialAcidente com Perda Material
Incidente com ...
Causas do Acidente
AS CAUSAS SISTÊMICAS DAS PERDASAS CAUSAS SISTÊMICAS DAS PERDAS
FALTA DE CONHECIMENTO OU TREINAMENTOFALT...
Conseqüências e Causas do
AcidenteConseqüências
• Fatalidades
• Ferimentos Graves
• Ferimentos Leves
• Danos materiais
• I...
Disciplina Operacional e SMS
como Valor
Trabalhador
corretamente
equipado
Condições Ambientais Inseguras
Condições Ambientais Inseguras
COMO OBSERVAR !!!!COMO OBSERVAR !!!!
Alguns Exemplos
Quais são os Desvios:
EPC’s & EPI’s
• Funcionário usando maçarico
sem o uso de EPI’s:
• habilitação e certificação
• óculo...
Movimentação de Carga
Procedimento:
• protetor auricular.
• capacete.
• equipamento com cabine de
proteção do operador.
Me...
Movimentação de Carga
Carga instável e
trabalhadores
embaixo do
caminhão.
Quais os Desvios ?
Movimentação de Carga
• Carga elevada com
trabalhador próximo,
guiando-a com as
mãos.
Melhores Práticas:
Toda carga elevad...
Quais os Desvios ?
Trabalhos Elétricos
• Painel trancado e etiquetado porém aberto e
com exposição para acidentes.
Quais os Desvios ?
Acessos Temporários & Definitivos
Trabalhador estendendo
corpo fora dos limites da
escada, com risco de...
Quais os Desvios ?
Acessos Temporários & Definitivos
• Escada e acessos
contaminados com óleo.
Correção de Práticas Inseguras
 Ao perceber a prática insegura,
deve-se abordar o envolvido
imediatamente, para protegê-l...
SMS como valor
SMS deve ser um VALOR, ou seja,
algo que deve ser incorporado
em todas as suas ações, e
não é influenciado ...
Fim da Apresentação
5 passos   oficial2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

5 passos oficial2

661 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
661
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5 passos oficial2

  1. 1. S A D E S A Ú D E 5 PASSOS DA SEGURANÇA DO TRABALHO PENSE NA TAREFA E NA SUA RESPONSABILIDADE Planeje o trabalho e verifique as ferramentas e equipamentos a serem usados; Verifique o procedimento de segurança ou  qual é a prática segura; Como fazer prevenção em cada risco; Verifique a PT - Permissão de Trabalho.
  2. 2. S A D E S A Ú D E OBSERVAR À SUA VOLTA A área de trabalho (acesso, ventilação, iluminação); Interferência com outras disciplinas/atividades; Organização e limpeza; O estado das ferramentas e equipamentos; Observar as pessoas envolvidas na execução  das tarefas (fisicamente/emocionalmente) 5 PASSOS DA SEGURANÇA DO TRABALHO
  3. 3. S A D E S A Ú D E IDENTIFICAR OS RISCOS Quais são os riscos; As condições de trabalhos são boas? Pode-se mover de maneira segura? 5 PASSOS DA SEGURANÇA DO TRABALHO
  4. 4. S A D E S A Ú D E CONTROLAR OS RISCOS Está seguro para iniciar o trabalho? A sua supervisão já colocou a área segura? Serviço executado conforme a PT? Todos os colaboradores conhecem a tarefa? 5 PASSOS DA SEGURANÇA DO TRABALHO
  5. 5. S A D E S A Ú D E AGIR COM SEGURANÇA PARA COMPLETAR A TAREFA Seguir o procedimento de Segurança; Usar o EPI adequado; Usar ferramentas adequadas; Perguntar em caso de dúvidas; Interromper a tarefa, caso haja mudança de  ambiente. 5 PASSOS DA SEGURANÇA DO TRABALHO
  6. 6. A Relação PROVÁVEL - Desvio x PERDA AÇÕES SISTÊMICAS Acidente com Perda MaterialAcidente com Perda Material Incidente com potencial de LesãoIncidente com potencial de Lesão3.0003.000 DesvioDesvio30.00030.000 Acidentados sem AfastamentoAcidentados sem Afastamento300300 Acidentados com afastamentoAcidentados com afastamento3030 Acidentados FataisAcidentados Fatais11
  7. 7. Causas do Acidente AS CAUSAS SISTÊMICAS DAS PERDASAS CAUSAS SISTÊMICAS DAS PERDAS FALTA DE CONHECIMENTO OU TREINAMENTOFALTA DE CONHECIMENTO OU TREINAMENTO A CRENÇA “ISTO NÃO ACONTECE COMIGO”…..A CRENÇA “ISTO NÃO ACONTECE COMIGO”….. FALTA DE DISCIPLINA OPERACIONALFALTA DE DISCIPLINA OPERACIONAL UM HÁBITO ANTIGO….UM HÁBITO ANTIGO….””FAÇO ISTO HÁ 20 ANOS EFAÇO ISTO HÁ 20 ANOS E NUNCA ACONTECEU NADA COMIGO….”NUNCA ACONTECEU NADA COMIGO….” FALTA DE PLANEJAMENTO / PRESSAFALTA DE PLANEJAMENTO / PRESSA ““ SÓ VAI DEMORAR UM MINUTINHO”SÓ VAI DEMORAR UM MINUTINHO” BAIXOS PADRÕES DE SMSBAIXOS PADRÕES DE SMS
  8. 8. Conseqüências e Causas do AcidenteConseqüências • Fatalidades • Ferimentos Graves • Ferimentos Leves • Danos materiais • Incêndios / Explosões • Danos ao Meio Ambiente Causas Falta de percepção e avaliação dos riscos da atividade Não seguir normas ou procedimentos Utilizar atalhos / Fazer com pressa Tomar decisão inadequada Não manter a limpeza e a ordem apropriadas Posições inadequadas Movimentos repetitivos Movimentação de carga de forma inadequada Arranjo inadequado dos equipamentos Equipamento mal projetado e/ou sem manutenção Não utilizar os EPIs recomendados PerdasPerdas DesviosDesvios
  9. 9. Disciplina Operacional e SMS como Valor Trabalhador corretamente equipado
  10. 10. Condições Ambientais Inseguras
  11. 11. Condições Ambientais Inseguras
  12. 12. COMO OBSERVAR !!!!COMO OBSERVAR !!!! Alguns Exemplos
  13. 13. Quais são os Desvios: EPC’s & EPI’s • Funcionário usando maçarico sem o uso de EPI’s: • habilitação e certificação • óculos com lentes escuras • avental, manga e perneira • luvas • Assistentes próximos à tarefa sem proteção.
  14. 14. Movimentação de Carga Procedimento: • protetor auricular. • capacete. • equipamento com cabine de proteção do operador. Melhores Práticas: Desvios: • falta de uso de cinto de segurança
  15. 15. Movimentação de Carga Carga instável e trabalhadores embaixo do caminhão. Quais os Desvios ?
  16. 16. Movimentação de Carga • Carga elevada com trabalhador próximo, guiando-a com as mãos. Melhores Práticas: Toda carga elevada deve ser guiada com cabo guia, evitando-se a proximidade do trabalhador com a carga. Quais os Desvios ?
  17. 17. Quais os Desvios ? Trabalhos Elétricos • Painel trancado e etiquetado porém aberto e com exposição para acidentes.
  18. 18. Quais os Desvios ? Acessos Temporários & Definitivos Trabalhador estendendo corpo fora dos limites da escada, com risco de queda. • Melhores Práticas: Escada tipo “A”- é mandatório sempre estar fixada ou segura por um outro empregado;
  19. 19. Quais os Desvios ? Acessos Temporários & Definitivos • Escada e acessos contaminados com óleo.
  20. 20. Correção de Práticas Inseguras  Ao perceber a prática insegura, deve-se abordar o envolvido imediatamente, para protegê-lo de ocorrência de um acidente, e conscientizá-lo dos riscos da prática insegura.
  21. 21. SMS como valor SMS deve ser um VALOR, ou seja, algo que deve ser incorporado em todas as suas ações, e não é influenciado por condições ou ações externas.
  22. 22. Fim da Apresentação

×