Gráfico livros bíblicos

11.187 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Gráfico livros bíblicos

  1. 1. GRÁFICO - LIVROS BÍBLICOS Antigo Testamento Nome Abrev. Data Autor Cap. Vers. Resumo dos principais conteúdos Pentateuco A criação do universo; a origem do homem; o pecado; Gênesis Gn 1400aC Moisés 50 1532 a história dos patriarcas. A escravidão de Israel no Egito e a sua libertação; a Êxodo Êx 1400aC Moisés 40 1204 caminhada do povo pelo deserto rumo à terra prome- tida. A instituição do sacerdócio; a oficialização do culto e Levítico Lv 1445aC Moisés 27 852 dos sacrifícios a Deus. Números Nm 1400aC Moisés 36 1272 A numeração das tribos de Israel.Deuteronômio Dt 1400aC Moisés 34 952 A confirmação da Lei de Deus entregue a Moisés. Livros Históricos 1400 a A missão de Josué após a morte de Moisés; a conquis- Josué Js Josué 24 656 1375aC ta de Canaã e a sua divisão entre as tribos. 1000 a Samuel, Na- Juízes Jz 21 618 Deus estabelece juízes para julgar em Israel. 900aC tã(?), Gade(?) 1000 a Samuel, Na- Rute Rt 4 85 A história de Rute e Noemi. 900aC tã(?), Gade(?) 1150 a Samuel, Na- A angústia de Ana; o nascimento de Samuel e o seu 1º Samuel 1º Sm (?) (?) 31 811 1010aC tã , Gade chamado profético; o reinado e a morte de Saul. Samuel, Na- 931 a 2º Samuel 2º Sm tã(?), Gade(?), 24 695 O reinado de Davi e os seus problemas familiares. 722aC Abiatar(?) 560 a Continuação da narrativa de 1º e 2º Samuel; o reina- 1º Reis 1º Rs Jeremias(?) 22 817 538aC do de Salomão e os reis que o sucederam. 560 a Continuação do livro de 1ª Reis; reinado dos reis de 2º Reis 2º Rs Jeremias(?) 25 719 538aC Israel e de Judá. 425 a Resumo dos fatos mais importantes já relatados nos 1º Crônicas 1º Cr Esdras 29 942 400aC livros anteriores. 425 a Resumo dos fatos mais importantes já relatados nos 2º Crônicas 2º Cr Esdras 36 822 400aC livros anteriores. 538 a O retorno dos israelitas que estavam no cativeiro da Esdras Ed Esdras 10 280 457aC Babilônia. Neemias lidera a reconstrução das muralhas de Jeru- Neemias Ne 423aC Esdras 13 406 salém. Ester é escolhida pelo rei Assuero como rainha no lugar de Vasti; Mardoqueu descobre que Hamã pre- Mardoqueu(?), Ester Et 465aC 4 167 parava um plano para destruir os judeus; Ester inter- Esdras(?) cede pelos judeus diante de Assuero; Mardoqueu é honrado pelo rei e Hamã é enforcado. Livros Poéticos Moisés(?), Jó Jó 1400aC 42 1070 As perdas e o sofrimento de Jó e a sua restituição. Salomão(?) Davi, Moisés, Asafe, Hemã, 1000 a Seleção de cânticos e poesias de exaltação e louvor ao Salmos Sl Salomão, Etã, 150 2641 300aC nome do Senhor. Jedutum e os filhos de Corá Salomão, Conselhos, avisos e palavras de exaltação à sabedoria Provérbios Pr 900aC Agur e rei 31 915 dada por Deus. Lemuel Eclesiastes Ec 931aC Salomão 12 222 Pensamentos reflexivos sobre a vida humana.
  2. 2. 970 a Palavras de amor entre um homem e uma mulher que Cantares Ct Salomão 8 117 930aC fazem lembrar o amor entre Cristo e a Igreja. Profetas Maiores 700 a Mensagens de correção e promessas de bênçãos para Isaías Is Isaías 66 1292 690aC Israel; profecias messiânicas; a cura do rei Ezequias. O chamado de Jeremias; profecias contra Israel por 626 a sua desobediência; a parábola do oleiro; o exílio babi- Jeremias Jr Jeremias 52 1364 586aC lônico; profecias contra vários inimigos de Israel; o cerco e queda de Jerusalém. A tristeza do profeta Jeremias diante do sofrimentoLamentações Lm 587aC Lamentações 5 154 de Jerusalém. A chamada de Ezequiel; o exílio e o cativeiro de Judá; 593 a Ezequiel Ez Ezequiel 48 1273 profecias contra vários inimigos de Judá; a restaura- 573aC ção do templo. O exílio de Judá; a fidelidade do jovem Daniel a Deus; 605 a interpretações dos sonhos de Nabucodonosor; con- Daniel Dn Daniel 12 357 582aC vocação para adorar a estátua de ouro; livramento dos três jovens na fornalha; visões escatológicas. Profetas Menores O casamento de Oséias com uma prostituta simboli- Oséias Os 750aC Oséias 14 197 zando o casamento de Deus com Israel. 835 Profecias escatológicas; previsões sobre o derrama- Joel Jl Joel 3 73 805aC mento do Espírito Santo. 760 a Julgamento divino sobre várias nações, inclusive Isra- Amós Am Amós 9 146 750aC el. Obadias Ob 586aC Obadias 1 21 Profecia contra Edom. O profeta Jonas desobedece a ordem divina para pre- gar em Nínive; ele é lançado ao mar e engolido por Jonas Jn 700aC Jonas 4 48 um grande peixe; o profeta recebe uma segunda or- dem para pregar em Nínive; a conversão dos ninivitas desagrada a Jonas e Deus o castiga. 704 a Reprovação pelos pecados do povo; profecias escato- Miquéias Mq Miquéias 7 105 696aC lógicas. Naum Na 612aC Naum 3 47 O julgamento de Deus sobre os pecados de Nínive. Questionamentos do profeta Habacuque sobre a jus-Habacuque Hc 600aC Habacuque 3 56 tiça divina e a resposta do Senhor; o profeta clama e exalta o nome de Deus. Sofonias Sf 630aC Sofonias 3 53 Alerta contra o pecado do povo. Ageu Ag 520aC Ageu 2 38 A negligência do povo de Deus em relação ao templo. 520 a O chamado ao arrependimento; profecias escatológi- Zacarias Zc Zacarias 14 211 475aC cas. O amor de Deus por Israel; a importância da contri- Malaquias Ml 450aC Malaquias 4 55 buição com dízimos e ofertas para a manutenção do templo. Novo Testamento Evangelhos 50 a A genealogia, o nascimento, o ministério, a crucifica- Mateus Mt Mateus 28 1071 75dC ção e a ressurreição de Jesus Cristo. 65 a O ministério de João Batista; o batismo, o ministério, Marcos Mc João Marcos 16 678 70dC a crucificação e a ressurreição de Jesus Cristo. O nascimento de João Batista e de Jesus; o ministério 59 a Lucas Lc Lucas 24 1151 de João Batista; A genealogia, o ministério, a crucifi- 75dC cação e a ressurreição de Jesus Cristo. João Jo 85dC João 21 879 O ministério, a crucificação e a ressurreição de Jesus
  3. 3. Cristo. Histórico A descida do Espírito Santo no dia de Pentecostes; o início do ministério dos apóstolos sem a presença Atos At 62dC Lucas 28 1007 física de Jesus; a organização da Igreja Primitiva; o apedrejamento de Estevão; a conversão de Saulo, o início de seu ministério e suas viagens missionárias; Epístolas Paulinas A apresentação do apóstolo Paulo; a justificação do Romanos Rm 56dC Paulo 16 433 pecado pela fé. A divisão pela preferência de liderança na igreja de Corinto; problemas de disciplina na igreja; a impor-1ª Coríntios 1ª Co 56dC Paulo 16 437 tância do amor; a vida conjugal; a santa ceia; o con- trole no uso dos dons; a ressurreição dos mortos. O sofrimento de Paulo; problemas em Trôade; a im- 55 a portância da contribuição e da generosidade; a defesa2ª Coríntios 2ª Co Paulo 13 257 56dC de sua autoridade apostólica; alerta contra os falsos profetas. 55 e O desânimo dos Gálatas; a liberdade cristã; a necessi- Gálatas Gl Paulo 6 149 56dC dade do crente em ser guiado pelo Espírito Santo. A Igreja é o Corpo de Cristo; a pureza espiritual; a 60 a Efésios Ef Paulo 6 155 conduta correta para um casal cristão; a armadura de 61dC Deus. Salvação; ação de graças; oração; confiança em Deus Filipenses Fp 61dC Paulo 4 104 para lidar com as adversidades da vida. Os problemas do legalismo; o culto aos anjos; a vidaColossenses Cl 61dC Paulo 4 95 social do cristão. A esperança de rever os crentes de Tessalônica; exor-1ª Tessaloni- 1ª Ts 50dC Paulo 5 89 tação à santidade; a volta de Cristo; perseverança na censes vida espiritual.2º Tessaloni- O castigo divino contra os desobedientes; o antiCris- 2ª Ts 50dC Paulo 3 47 censes to; a operação do erro; não se misturar com os infiéis. Conselhos ao jovem Timóteo; orar pelas autoridades; como as mulheres devem se comportar; o desejo do1ª Timóteo 1ª Tm 64dC Paulo 6 113 cristão pela Obra; a importância de se ter um bom testemunho; apostasia; como a Igreja deve tratar as viúvas. Despertar o dom; ter cuidado com o espírito de te- mor; a fortificação na graça; profecia sobre os tempos 66 a2ª Timóteo 2ª Tm Paulo 4 83 trabalhosos; relatos de perseguições; a inspiração das 67dC Escrituras Sagradas; o abandono dos obreiros que o acompanhavam. As qualidades requeridas de um obreiro; conselhos Tito Tt 64dC Paulo 3 46 diversos. 60 a Um apelo de Paulo a Filemom para que aceitasse de Filemom Fm Paulo 1 25 61dC volta seu escravo Onésimo. Epístolas Gerais Hebreus Hb 70dC Desconhecido 13 303 Revelações sobre a pessoa de Jesus; os heróis da fé. As tentações; a verdadeira religião; a acepção de pes- 48 a Tiago Tg Tiago 5 108 soas; a fé e as obras; os perigos da língua; santifica- 62dC ção; os bens materiais. A esperança da salvação; santificação; Cristo, a pedra 1ª Pedro 1ª Pe 60dC Pedro 5 105 de esquina; conduta conjugal; humildade; vigilância; resistência ao Diabo.
  4. 4. 65 a A esperança da salvação; os falsos profetas; as conse- 2ª Pedro 2ª Pe Pedro 3 61 68dC quências do pecado; o arrebatamento da Igreja. Comunhão com Deus; confissão de pecados; Jesus Cristo, nosso advogado; hipocrisia; o amor às coisas 1ª João 1ª Jo 90dC João 5 105 do mundo; santificação; provar se os espíritos são de Deus; o verdadeiro amor; o mundo está no maligno. A carta é destinada, muito provavelmente, a uma 2ª João 2ª Jo 90dC João 1 13 família cristã; cuidado com os falsos obreiros; o amor ao próximo. Carta destinada ao presbítero Gaio, a quem Pedro 3ª João 3ª Jo 90dC João 1 15 muito elogia por sua fidelidade; seguir o bem e não o mal. 65 a A intromissão de ímpios no meio da igreja; o castigo Judas Jd Judas 1 25 80dC divino aos infiéis. Profético 79 a Profecias escatológicas; um novo céu e uma nova Apocalipse Ap João 22 405 95dC terra.66 livros - Mais de 40 autores - 1.189 capítulos - 31.173 versículos Elaborado por: Jonas M. Olímpio http://ebvirtual.blogspot.com

×