Região Belém - dezembro / 2012 - nº 38Paróquia Santa Bernadette                     Arquidiocese de São Paulo  " E dissera...
Retrospectiva 2012"Queridos irmãos durante a celebração da abertura do Ano da Fé em sua homilia o Santo Padreexalta a Noss...
dezembro 2012 | Jornal Bernadette de Lourdes   3
Santo do Mês                                       Pastorais e GruposImaculada Conceiçãode Nossa Senhora                  ...
Especial Final de AnoSanta Bernadette e a Imaculada Conceição                                              seu, mas não me...
ESPAÇO          JOVEM     DE        NATALPAPAI NOEL OU SÃO NICOLAU                                           bro, mas os j...
Palavra do PárocoPalavra do párocoDezembro de 2012Bendito Seja Deus                             rio ordenado na sucessão a...
Apostolado da OraçãoAs Quatro Grandes Revelações a                                                                        ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Bernadette de Lourdes - edição 38 - Dezembro/2012

861 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
861
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
470
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Bernadette de Lourdes - edição 38 - Dezembro/2012

  1. 1. Região Belém - dezembro / 2012 - nº 38Paróquia Santa Bernadette Arquidiocese de São Paulo " E disseram um ao outro: Não ardia o nosso coração quando ele nos falava pelo caminho, quando nos explicava as escrituras?" (Lc 24, 32) A história do Presépio Muitos cristãos já celebravam a memória do nascimento de Jesus desde o séc. III, mas a tradição do presépio, na sua forma atual, tem as suas origens no século XVI. Antes dessa época, o nascimento e a adoração ao Menino Jesus eram representadas de outras maneiras. Em 1986 São Francisco de Assis foi considera- do o patrono universal do presépio. A palavra presépio significa “um lugar onde se recolhe o gado; curral, estábulo”. Po- rém, esta também é a designação dada à re- presentação artística do nascimento do Me- nino Jesus num estábulo, sendo então uma representação mais singela do nascimento de Jesus Cristo. Tendo ainda o mesmo objeti- vo de São Francisco, resgatar a importância e magnitude do nascimento de Jesus, nos lem- brando a humildade e simplicidade que o mesmo se deu. O presépio tem também por Imagem do Presépio montado todos os anos na Paróquia Santa Bernadette objetivo nos mostrar a grandeza e a onipo- N tência de Deus representada na fragilidade atal que significa o nascimento de gruta na cidade italiana de Greccio, por volta de uma criança (Jesus). São Francisco costu- Deus-menino, segundo a história cris- de 1223, para a qual levou uma vaca e um mava dizer que fazer presépios era unir mun- tã. Ao longo dos anos, os países católi- burro e onde mandou instalar uma man- dos, pela união que há nele, entre os animais, cos ao festejarem a data utilizam várias tra- jedoura, cheia de feno, para festejar a vinda humanos e os minerais, que uniram-se para dições natalinas como canções, a figura do do Filho de Deus à terra com as mesmas contemplar o nascimento do menino Jesus. Papai Noel, a ceia de Natal, a árvore de Natal condições que rodearam o seu nascimento: Por isso é tão importante essa singela repre- e o presépio de Natal. O presépio é uma das pobreza, simplicidade, humildade, encanto e sentação do presépio natalino, a representação representações mais singelas do nascimen- fraternidade de Deus com os homens. Tendo do mesmo nos faz lembrar a humildade e fra- to de Jesus Cristo. Procura resgatar a im- a intenção de dar um sentido de atualidade gilidade de Cristo diante de seu nascimento, portância e magnitude daquele momento à Natividade e reviver a Eucaristia, trazer de e nos lembra que somos todos criados pelo ao mesmo tempo que nos lembra a forma novo o Evangelho para o espaço natural de mesmo Deus, fazendo- nos iguais independen- simples e humilde em que se deu o nasci- vida dos homens. te da raça, nação ou situação financeira, e nos mento. A presença do menino Deus naque- São Francisco passou a divulgar a idéia lembrando o quanto é grande esse Deus que le estábulo, ao lado de seus pais, tendo por de criar figuras em barro que representas- gerou seu filho em uma manjedoura para nos testemunhas os pastores e os animais e re- sem o ambiente do nascimento de Jesus. mostrar a sua simplicidade e que o deu na cruz, cebendo a visita dos Reis Magos guiados à E depois desta pioneira representação da para que hoje nós tenhamos a vida. gruta pela estrela de Belém, mostra a gran- descida de Deus à humanidade, outros pre- “Todos os homens nascem iguais, pela sua deza e a onipotência de Deus representada sépios, começaram a surgir por toda a Euro- origem, seus direitos naturais e divinos” na fragilidade de uma criança. pa. Começando em conventos franciscanos São Francisco de Assis São Francisco de Assis, no século XIII, na Itália, seguindo para igrejas e casas parti- encenou o nascimento de Jesus em uma culares, das mais nobres às mais humildes. Por Raquel Mello e Natalia Oliveira Avisos Programação para o Natal INFORMAMOS QUE: • Cetenário de Natal - de 17 a 22/12 às 20h00 • Não haverá mais a Adoração ao Santíssimo aos domingos, e 23/12 às 18h30 somente às quintas feiras às 19h00. • Cantata de Natal -16/12 após a Missa das 18h30 • As inscrições para catequese todos os níveis já estão abertas. com as crianças da catequese. • O Apostolado da Oração,em virtude do • Missas do Natal - dia 24 às 19h00 e 21h00, Ano da Fé, está realizando dia 25 às 08h30, 10h00 e 18h30 Estudo Bíblico todas as terças-feiras às 19H30 na paróquia. • Batismo dia 27/01/13 Interessados favor procurar o Sr. Dulcino ou se • Curso dias 11,18 e 25/01/13 informar na secretaria. dezembro 2012 | Jornal Bernadette de Lourdes 1Paróquia Santa Bernadette – paroquiastabernadettesp.blogspot.com.br – Av. do Oratório, 4246 – Vila IVG – São Paulo – (11) 2702 1194
  2. 2. Retrospectiva 2012"Queridos irmãos durante a celebração da abertura do Ano da Fé em sua homilia o Santo Padreexalta a Nossa Santíssima Mãe a Virgem Maria a chamando de Estrela da Nova Evangelização.São João em suas visões afirma que do céu apareceu um sinal grandioso: uma Mulher vestidacom o sol, tendo a lua sob os pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas(Ap 12, 1). Esse é oGrande Sinal que todos nós cristãos somos chamados a testemunhar no mundo secularizado,nesse deserto espiritual que vive a atual sociedade, somos convocados pela igreja de NossoSenhor Jesus Cristo a darmos TESTEMUNHO DA NOSSA FÉ."ELES, PORÉM, O VENCERAM GRAÇAS AOS SANGUE DO CORDEIRO E PELA PALAVRA DO SEUTESTEMUNHO, POIS DESPREZARAM A PRÓPRIA VIDA ATÉ A MORTE." (Ap 12, 11) Crédito fotos: Lourdes Vale,2 Jornal Bernadette de Lourdes | dezembro 2012 Nubia Foggia e Mayara Foggia
  3. 3. dezembro 2012 | Jornal Bernadette de Lourdes 3
  4. 4. Santo do Mês Pastorais e GruposImaculada Conceiçãode Nossa Senhora Você sabe o que é um08 de Dezembro Grupo de Oração? P odemos defi- nir Grupo de Oração como sendo uma comu- nidade que cultiva a oração, a partilha e todos os outros aspectos da vivência do Evangelho, a partir da experiência do batismo noB Espírito Santo. Trata-se de uma reu- em - Aventurada Virgem Maria, desde o nião semanal na qual um grupo de principio preservada do pecado origi- fiéis coloca-se diante de Jesus, sob a Equipe de Música nal, por privilegio único de Deus e apli- ação do Espírito Santo, para louvar ecação do merecimento de seu divino filho, a glorificar a Deus, participar dos dons ves da Silva Melanda, que também atuarainha de todos os santos. divinos e edificar-se mutuamente. como Ministra da Sagrada Comunhão. A Maria é Imaculada por causa de suaestreitíssima união com Cristo. Ela não é o O Grupo de Oração é a célula Os objetivos: Anunciar a Pala-centro da nossa fé, mas está no centro, pois fundamental, é a expressão máxima vra de Deus.ninguém esteve tão perto de Jesus quanto e principal da Renovação Carismáti- -Louvar a Deus emela. Imaculada Conceição foi a sublime graça ca Católica. agradecimento dasque a Mãe do Senhor recebeu de ser isenta Aqui em nossa Paróquia também graças alcançadas.do pecado original. Santo Agostinho  diz a temos esta realidade, denominada -Orar pelas pesso-propósito: “Apesar de nascerem de pais ba- como “GRUPO DE ORAÇÃO CO- as que lhes confiaramtizados, os filhos vêm à luz com o pecado RAÇÃO ADORADOR” Conheça um . os seus pedidos e pe-original, como do trigo inutilizado germina pouco da história: las suas necessidades.uma espiga, em que o grão é misturado O começo: “O Grupo de Ora- -Orar para pedircom a palha.” Nesse mistério do nascimento ção teve seu início em 13 de maio de que Deus os ajude nade uma criança, pelo exposto, opera-se uma 2005, fruto da vontade de seus seis caminhada e no cum-dupla conceição: a da alma e a do corpo. membros fundadores em querer vi- primento da missãoFoi nesse momento quase imperceptível venciarem o Evangelho de Cristo de de evangelizar.que Deus preservou do pecado original a maneira mais profunda. Vendo na At i v i dade s : Coord. ZelindaVirgem Maria. Criou sua alma, como criou maneira da RCC vivenciar este cami- O Grupo se reúnemas nossas. Os progenitores de Nossa Senho- nho as mesmas idéias que procura- todas as sextas-feiras das 19:30 às 21:30ra formaram-lhe o corpo, como nossos pais vam, adotaram então para o Grupo horas no Salão Paroquial.formaram o nosso. Até aqui tudo é natural; de Oração a espiritualidade desse As reuniões começam sempre como milagre da preservação limita-se ao instan-te em que o Criador uniu a alma ao corpo. movimento, que desde a década de o Santo terço, seguidos por cânticos de Maria, desde o primeiro momento de 60 faz parte de nossa igreja. louvores, orações, pregações (a cada en-sua existência, é amiga de Deus, filha dileta Primeiramente reunindo-se na contro um novo pregador), adoração aodo Pai, virgem cheia de graça ( Lc 1,27). É casa de uma delas como faziam os Santíssimo, terminando com mais ora-uma lei geral que “todos pecaram num só“. primeiros cristãos. Mas logo a benção ções pelos pedidos da comunidade.Tal fato é universal, e todas as criaturas a de Deus começou a se manifestar Toda terceira quinta-feira do mês é ce-ele estão subordinadas. Todavia, antes de nesse pequeno grupo e eles foram in- lebrada a Santa Missa às 19h30min horas.efetuar a união da alma com o corpo, Deus tegrados a Paróquia Santa Bernadete A coordenadora Zelinda ainda nos con-interviu e suspendeu “um dos seus efeitos”, como uma de suas pastorais. Primeiro tou que a única dificuldade encontrada éo qual é, precisamente, a transmissão des- ocupou uma pequena sala, mas logo a conquista de novos membros, e faz umse “pecado original“. esse espaço ficou pequeno e foi pre- convite especial para que as pessoas que Maria é santa e toda de Deus, protóti- ciso mudar para uma sala maior. buscam vivenciar melhor a sua fé, que ve-po do que somos chamados a ser. “É fonte Hoje o Grupo conta com mais de nham conhecer, e participar de momentosde santidade para a Igreja: também nós, à 60 membros efetivos e participa ativa- de adoração, louvor e muita oração.medida que crescemos na santidade, san- mente da vida desta Paróquia, comotificamos a Igreja. Sua missão a une a nós: informou a coordenadora Zelinda Al- Por Ivani Coutinhoprecisamos de Cristo para a salvação; Mariaé quem nos deu Cristo, o Salvador. Em Ma-ria e em nós atua a mesma graça: se Deuspôde realizar nela seu projeto, tambémpoderá realizá-lo em nós, desde que co-laboremos com sua graça, como ela o fez.Maria é a criatura humana em seu estadomelhor” (Dom Murilo S.R. Krieger, bispo eescritor mariano). Imaculada Conceição de Nossa Senhora “Olhai por nós que recorremos a vós” Por Natalia Oliveira Fonte: http://caritatis.com.br/2010/12/02/o- -dogma-da-imaculada-conceicao/4 Jornal Bernadette de Lourdes | dezembro 2012
  5. 5. Especial Final de AnoSanta Bernadette e a Imaculada Conceição seu, mas não mexia os lábios. Quando No dia seguinte, 2 de março de 1858, terminou, a Senhora fez sinal a Bernadette a Senhora disse: Vai dizer aos sacerdotes para se aproximar, mas ela não teve cora- que venham para cá em procissão e que gem, e a Senhora desapareceu. construam uma capela aqui. Como era de A menina voltou para onde estavam as se esperar, o Pe. Peyramale não acreditou companheiras que perguntaram porque que se tratava de um pedido de Maria passara tanto tempo de joelhos, a rezar e e exigiu que a menina indagasse à Bernadette contou o que acontecera. As aparição quem era. No dia seguinte, crianças contaram aos pais e Francisco e 3 de março, a menina fala da exigência do Luísa interrogaram Bernadette sobre o que vigário, mas a aparição somente sorri e tinha acontecido. Eles lhe deram uma surra torna a pedir a construção de uma capela. e proibiram de voltar à gruta.  O vigário responde: Ela se ri de ti. Diga-lhe Três dias depois, no domingo, 14 de fe- que, se quer uma capela, que diga seu vereiro de 1858, depois da missa, as crian- nome e faça florir a roseira da gruta. Então ças foram todas ao local da aparição, tendo faremos uma capela bem grande. Na dé- os pais de Bernadette autorizado sua ida, cima quinta aparição, no dia 4 de março, contanto que levasse um pouco de água estavam presentes mais de oito mil pes- benta para jogar na aparição. Se não fosse soas e a Senhora conversou mais de uma de Deus, com a água benta, iria embora. A hora com Bernadette, pedindo, mais uma Senhora recebeu a água benta com um vez, que se construísse, no local, uma ca- sorriso. Quanto mais Bernadette jogava pela. E se passaram vários dias sem queA história das aparições de Nossa Se- água benta, mais a Senhora sorria. Depois, Bernadette retornasse à gruta. nhora em Lourdes é inseparável da desapareceu. Mas, no dia da Festa da Anunciação vida de Santa Bernadete Soubirous. Na quinta feira seguinte, 18 de feverei- do Senhor, Bernadete sentiu-se comoA família Soubirous, formada por Fran- ro de 1858, a Senhora falou pela primeira atraída à gruta. Quando lá chegou, per-cisco, o pai, Luísa, a mãe, Bernadette, vez, afirmando não ser necessário anotar guntou à aparição quem era ela. E a Vir-Toinette, João Maria e Justino, os filhos, nada que dissesse e convidando a Berna- gem respondeu: YO SOU ERA IMACULA-eram os mais pobres da região. Por isso, dette para voltar à gruta durante quinze DA COUNCEPTIOU, que no dialeto localBernadette apanhou asma, com que so- dias, prometendo torná-la feliz não neste significa: Eu sou a Imaculada Conceição.freu até morrer. mundo, mas no outro. A menina encheu-se de tristeza e disse; Em 11 de fevereiro de 1858, a pedido E nas aparições, ora a Senhora ficava então você não é a Virgem Maria? A Se-da mãe, Bernadette, sua irmã Toinette e calada, ora ensinava alguma oração so- nhora desapareceu e a menina foi falaruma vizinha Jeanne Abadie, foram até as mente para Bernadete. Na oitava aparição com o vigário. Este lhe perguntou: En-margens do rio Gave apanhar lenha para começou a pedir a todos penitência e tão, é a Santa Virgem quem tu vês? E ao fogão. Ao chegar às margens do canal orações pela conversão dos pecadores e a menina respondeu com um suspiro deque trazia a água dos moinhos, perto da Bernadette que beijasse o chão como pe- tristeza: Acho que não. Ela disse que eragruta Massabiele, Toinette e Jeanne o atra- nitência pelos pecadores. A Senhora não a Imaculada Conceição. O Pe. Peyramalevessaram logo porque a água estava rasa. dizia quem era, mas todos acreditavam estremeceu e foi empalidecendo. QuatroBernadette hesita um pouco por causa da ser Nossa Senhora. anos antes, a 8 de dezembro de 1854, Suatemperatura da água e das recomenda- Na nona aparição, a 25 de fevereiro de Santidade o Papa Pio IX havia proclama-ções de sua mãe, que lhe dissera para to- 1858, a Senhora pediu a Bernadette que do o dogma da Imaculada Conceição.mar cuidado por causa de sua asma. Mas bebesse e se lavasse na água da fonte. Aquela pobre menina semi-alfabetizadaresolve seguir as companheiras e se abaixa Como não havia água no lugar, Bernadette não tinha como saber sequer o quepara tirar as meias. Ouve, então, um ruído pensou em ir para o rio, quando a Senhora significavam as palavras Imaculadacomo um sopro de um vento impetuoso. mostrou um lugar, na gruta. Bernadette co- Conceição. Ele convenceu-se que asOlhando para as árvores, vê que galhos e meçou a cavar, com suas mãos, e começou aparições eram verdadeiras e eramfolhas não se mexiam e volta a abaixar-se a jorrar água e lama. Bernadette lavou-se da própria Mãe de Jesus Cristo.para retirar as meias quando escuta novo com aquela água e, quando limpou um Depois disso, a Virgem Mãe de Deusbarulho de vento. Mais uma vez levanta os pouco mais, dela bebeu. A Senhora tam- ainda apareceu duas vezes a Bernadetteolhos e percebe o brilho de uma luz, den- bém lhe disse que comesse algumas ervas Soubirous - 7 de abril de 1858 e 16 detro de um buraco na parede, logo acima de do fundo da gruta em penitência pelos julho de 1858 (Festa de Nossa Senhorauma roseira brava. pecadores. do Carmo). Havia, dentro da luz, uma jovem ma- Nesta altura dos acontecimentos, quase Em 18 de janeiro de 1862, depois deravilhosa, usava um longo cinto azul na mil e quinhentas pessoas compareciam à quatro anos de reflexão acerca desses fa-cintura, um véu transparente sobre os gruta por volta do meio dia para presenciar tos, de pesquisá-los e de interrogar seuscabelos e tinha, sobre cada pé, descalço, as aparições. As pessoas chegavam a partir protagonistas, o Sr. Bispo da Diocese deuma rosa dourada. de meia noite para conseguir os melhores Tarbes reconheceu oficialmente as apari- Atordoada com a visão, a menina lugares e o vigário local, Pe Peyramale, havia ções da Virgem Mãe de Deus declarando:esfregou os olhos, mas esta não desapa- proibido a presença de qualquer sacerdote. Julgamos que a Mãe de Deus, a Imaculada,receu. Meteu a mão no bolso e encon- Em primeiro de março de 1858, na décima realmente apareceu a Bernadette Soubi-trou o terço. Tentou fazer o sinal da cruz segunda aparição, aconteceu o primeiro rous na Gruta Massabiele, perto da cidademas não conseguiu porque sua mão milagre, pois Catarina Latapié tinha os de- de Lourdes, em 11 de fevereiro e nos diastremia fortemente, ficando cada vez dos da mão direita dobrados e paralisados seguintes, por dezoito vezes, e que estamais espantada. A Senhora fez ela e, ao mergulhá-los na fonte que havia sido aparição tem características da verdade.mesma o sinal da cruz e Bernadette, cavada no dia 25 de fevereiro, instantanea- Ó Maria, concebida sem pecado, ro-desta vez, pode fazer o seu, pondo-se mente voltaram ao normal. A bem da ver- gai por nós que recorremos a vós!de joelhos e rezando o terço. A Senhora dade, muita gente levava da água da fontea acompanhava passando as contas do para casa, crendo ser milagrosa. Por Eliane Pimenta dezembro 2012 | Jornal Bernadette de Lourdes 5
  6. 6. ESPAÇO JOVEM DE NATALPAPAI NOEL OU SÃO NICOLAU bro, mas os jovens cristãos devem ter a consciência que diferente da imagem comercial criada em torno do Natal, São Nicolau conquistava a todos com sua caridade, o zelo, espírito de oração e o carisma dos milagres. Dizem que Nico- lau foi preso por perseguição dos cris- tãos e condenado a morte após ser tor- turado. Salvou-se por pouco com uma publicação do Edito em Milão que con- cedia a Liberdade religiosa. Fez parte do Concilio de Nicéia, onde Jesus foi decla- rado consubstancial ao Pai. Morreu em Mira no ano de 324 com fama de Santo e instrumento de Deus para que os mi- lagres fossem chegando ao povo. Nós como tantos jovens por aí não vemos a importância de ser caridoso ou zeloso e nem sempre acreditamos que ajudar o próximo de forma sim- ples pode ser algo tão valioso e re-S ão Nicolau é um dos tantos San- compensador aos olhos de Deus, aju- tos que ouvimos falar por aí. Po- dar quem necessita mesmo que com rém sua verdadeira história vai pouco é uma forma de estar amandomuito além de um homem afortunado o próximo, despojar-se também é umaque despojou-se de seus bens para grande benção e com certeza Deusfazer caridade aos mais necessitados. ilumina demais quem o faz.Filho de pais ricos e de grande vida re- Pense nisso! Muitas vezes um tro-ligiosa, nascido em Pátara, na Ásia Me- cado que você deixa de gastar em umnor, tornou-se Sacerdote na diocese de refrigerante e doa a um necessitado naMira, onde evangelizava pagãos mes- rua, esse simples gesto pode ser gran-mo com a perseguição sofrida pelos de aos olhos de Deus: “Ao que lhescristãos na época, ao herdar uma gran- responderá o rei: “em verdade vos digode herança em dinheiro, a partilhou : cada vez que o fizestes a um dessespor livre e espontânea vontade, entre meus irmãos mais pequeninos, a mimos mais pobres. o fizestes” (Mt 25,40); pois pode ser o Certa vez Nicolau soube que três único trocado que ele tem para comermoças não possuíam dotes para o casa- ou ir a algum lugar para visitar alguémmento e foram aconselhadas a se pros- de sua família, é verdade que tambémtituírem, Nicolau simplesmente jogou pode ser para uma cerveja ou umapela janela das moças três bolsas com droga, mas Deus nos ensina a não jul-o dinheiro que precisavam para o dote. gar e que a caridade é mais importan-Em Países do Norte Europeu, as pesso- te, a partir do momento que você fezas usando sua imaginação, viram em sua parte, aos olhos de Deus você fezNicolau o velho de barbas brancas que o certo e isso já basta.leva presentes as crianças em Dezem- Por Gustavo Pereira e Felipe Cudignoto MENSAGEM “Onde não há amor, coloca amor e colherá amor.” São João da Cruz 6 Jornal Bernadette de Lourdes | dezembro 2012
  7. 7. Palavra do PárocoPalavra do párocoDezembro de 2012Bendito Seja Deus rio ordenado na sucessão apostólica. Neste sentido fundamental, a Igreja era católica no dia de Pentecostes e o seráQ ueridos irmãos e irmãs desta sempre, até o dia da Parusia” (CIC 830). querida paroquia dedicada a Vejam que impressionante Deus Santa Bernadette, estamos termi- quis nos eleger para fazermos parte denando os dias do ano 2012. Muitas são uma festa muito especial, onde, mes-as graças que Deus nos concedeu neste mo diante das tantas tristezas causa-tempo. Neste intenso trabalho de Nova das pela violência que é o pecado doEvangelização que o próprio Cristo nos homem Ele nos elegeu para uma Novaimpulsiona com a intercessão e exem- Evangelização que nos leva a redesco-plo da Virgem Maria não podemos nos brir os verdadeiros valores da vida e as-acomodar, não podemos parar, pois a sim não nos acomodarmos no individu-criação espera ansiosamente a mani- alismo. Diz “Dom Eterovic que um dosfestação dos filhos de Deus. Ouvimos o desafios para a Nova Evangelização é o individualismo. A nossa cultura exalta o mulher que são gratos se dispõe a fazerEvangelho de Mc 13,27: Ele enviará os indivíduo e minimiza a relação necessá- a vontade de Deus, ou seja, obedece aanjos aos quatro cantos da terra e reunirá ria entre as pessoas. Exaltando a liber- Deus. A Igreja – os batizados que vivem aos eleitos de Deus de uma extremidade dade individual e a autonomia, é fácil fé testemunhada numa comunidade – éà outra da terra. Somos eleitos para ser perder de vista o ponto de referencia, missionaria, portanto, não para, não des-filhos de Deus, bendigamos ao Senhor. que é Jesus Cristo. “O Papa Bento XVI cansa e não se cansa porque é movida “Ao canonizar certos fiéis, isto é, ao recordou que todos estamos chamados pelo Poder do Espirito Santo, por isso disseproclamar solenemente que esses fiéis de uma maneira ou outra, a prolongar Jesus: “não só de pão vive o homem, maspraticaram heroicamente as virtudes e a obra salvífica de Deus, colocando-nos de toda Palavra que sai da boca de Deus”viveram na fidelidade à graça de Deus, a ao serviço do Senhor com generosida- (Mt 4,4), esta é a fonte da Vida.Igreja reconhece o poder do Espírito de de” (festa de Cristo Rei, 25.11.12). Amados irmãos e irmãs em Cristo,santidade que está em si e sustenta a Todo trabalho com a catequese das tenham todos um Feliz Natal e Santoesperança dos fiéis, propondo-os como crianças, jovens e adultos nos proporcio- ano novo. Rezemos uns pelos outrosmodelos e intercessores. ‘Os santos e as naram vários encontros de oração e de para crescermos na unidade.santas sempre foram fonte e origem derenovação nas circunstâncias mais difí- organização das atividades, durante este ano. É verdade que, infelizmente, apare- Pe José Antonio Tejadaceis da história da Igreja’. Com efeito, ‘asantidade é a fonte secreta e a medida cem nossos limites diante dos desafios Acesse o site: www.setoralpina.com.br/infalível de sua atividade apostólica e no relacionamento pessoal e de trabalho santabernadettede seu elã missionário’" (CIC 828). San- em grupo, mas a Palavra de Deus tem ota Bernadette, nossa padroeira, soube poder de nos fazer irmãos que se amamcorresponder justamente ao poder do e se perdoam para continuar servindo aEspirito e se tornou modelo. Cristo na Igreja e não sem e fora DELA. Somente reconhecendo nos santos Porem, não ignoremos o que Jesus disse:e santas a manifestação do Espirito San- Ai do mundo por causa dos escândalos!to é que podemos responder ao cha- Eles são inevitáveis, mas ai do homemmado de Deus a uma missão profética que os causa! (Mt 18,1).que é consequência da Graça batismal. Neste ano de trabalho e dedicaçãoSão Paulo, na Epístola aos Romanos de tantos irmãos e irmãs que, de fato7,15, diz que o homem conhece o bem estão comprometidos com a Novae deseja fazê-lo, mas experimenta outra Evangelização nesta amada e respei- "Com alegria acolhemos nosso maislei: “Realmente não consigo entender o tada Paróquia, temos percebido que novo colaborador - CVC Turismo Orató-que faço; pois não pratico o que que- muitos desafios nos esperam. rio. Que o Senhor os retribua no cêntu-ro, mas faço o que detesto”. Para levar Tenho muito a bendizer a Deus por plo. Deus abençoe.adiante uma nova evangelização, é ne- todas as pessoas que de alguma forma se Eliane Pimenta - Coordenadora editorialcessário dar os sinais que possam abrir dedicaram aos trabalhos de evangeliza-os ouvidos do homem contemporâneo, ção para que esta Paróquia pudesse per-para que o prepare para escutar através manecer em estado de missão. Para que ados sinais da fé, a Santidade de vida. Igreja cumpra sua missão, todos os batiza- A Igreja é o local próprio da mani- dos são chamados a se deixarem iniciar nafestação dos filhos de Deus, pois "Na fé. A iniciação à Vida* Cristã pedida comIgreja Católica subsiste a plenitude do insistência pelo Papa e Bispos, prevê ouCorpo de Cristo unido à sua Cabeça o espera que todos os fiéis – aqueles que vi-que implica que ela recebe dele a ple- venciam a fé numa comunidade concretanitude dos meios de salvação que ele identificada com numero ou nome – ma-quis: confissão de fé correta e comple- nifestem com gratidão a Deus sua alegriata, vida sacramental integral e ministé- pela fé recebida da Igreja. O homem e a dezembro 2012 | Jornal Bernadette de Lourdes 7
  8. 8. Apostolado da OraçãoAs Quatro Grandes Revelações a meu Pai no meio de minhas angústias, tu te levantarás às onze horas para te pros-Santa Margarida Maria Alacoque ternar uma hora comigo, com o fim de abrandar a cólera divina, pedindo mise- ricórdia para os pecadores, e também ali- viar de alguma maneira a amargura quea Terceira REVELAÇÃO amor que lhe tive, estimaria pouco o que senti com o abandono de meus apóstolos, D sofri por eles. Mas eles só têm friezas e o que me obrigou a lhes censurar por não eu-se prova- recusas grosseiras em relação a todo meu terem podido velar uma hora comigo”. velmente em empenho em lhes fazer o bem”. Finalmente, Nosso Senhor lhe ad- 1674, quando Que não fosse essa atitude dela: “Pelo vertiu: “Escuta, minha filha, não creias o Santíssimo Sacra- menos, dê-me este prazer de reparar as irrefletidamente em qualquer espírito e mento estava ex- ingratidões deles na medida de tuas pos- não te fiéis nele, porque satanás está furio- posto. Nela, Nosso sibilidades”. so e quer te enganar. Não faças nada sem Senhor pede o Para tal, deveria ela comungar “tanto aprovação daqueles que te conduzem”. culto reparador, quanto a obediência lhe permitir, não im- assim como a co- porta a mortificação e a humilhação que Por Dulcino Seracco munhão frequen- isto te possa causar”. Fonte: http://www.aascj.org.br/ te, a comunhão Estávamos em fins do século XVII, quan- home/2012/10/18/a-terceira-grande-reve- das primeiras do não havia o hábito da comunhão frequen- lacao-do-sagrado-coracao-de-jesus/sextas-feiras e a Hora Santa na quin- te; o jansenismo empestava os ambientesta-feira, às 11 horas da noite. religiosos, com sua frieza e virtual recusa dos Quando santa Margarida adorava o sacramentos da confissão e da comunhão.Santíssimo Sacramento, Jesus apareceu a (Naquela época as freiras precisavam de li-ela “fulgurante de glória, com suas cinco cença das superioras e dos confessor parachagas brilhando como cinco sóis”. comungar. Comunicou-lhe até que ponto Ele havia Continuou assim Jesus: “Além disso,amado os homens, dos quais não recebia tu comungarás todas as primeiras sextas-senão “ingratidões e desprezos”, e mostrou à -feiras do mês. E todas as noites de quinta-santa a necessidade do amor reparador. -feira para sexta-feira, eu te farei sentir a “O que me é muito mais doloroso – mortal tristeza que quis sentir no Jardimdisse-me Ele – do que tudo quanto sofri das Oliveiras. E para me acompanhar nestana Paixão. Se pelo menos retribuíssem o humilde prece que então eu apresentei ao Horário das Missas e Atendimentos Atendimento da Secretaria Paroquial: Colaboradores: Graziela Leite - Espaço Jovem Missas aos Domingos: às 07h00, às 08h30, às 10h00 de terça a Domingo das 08h00 às 12h00. Pe. José Antônio Tejada Gustavo Pereira - Espaço Jovem/Mídias e às 18h30. De terça a sexta feira das Pe. José Eduardo Caetano – Vigário Ivani Coutinho - Iniciação Cristã Na semana: Terça feira às 19h00, quarta e sexta feira às 14h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 Rose – Secretária Paroquial Crianças/Mídias 08h00 e na quinta feira às 20h00. às 17H00. Juvenal – Assistente Administrativo Leandro Coltro - Espaço Saúde Adoração ao Santissimo: todas as quintas Missas na Capela Nossa senhora do Sr. Sérgio – Zelador Paroquial Marcio Lério - edição feiras às 19h00 . Carmo: todos os Domingos às 08h30 Dulcino Seracco - Apostolado/Patrocínio Marlene Avelino - Publicidade/Patrocínio Confissões e outros atendimentos dos Padres: às e na 1ª 6ª feira às 20h00. Adoração Eliane Pimenta - Coordenação de edição/Mídias Natalia OLiveira - edição8 Jornal Bernadette de Lourdes | terças e quintas feiras das 09h00 às 12h00 e das dezembro 2012os 2ºs Domingos 15h00 às 18h00. ao Santíssimo todos às17h00. Felipe Cudignoto - Espaço Jovem/Mídias Franklin Siqueira - Espaço Jovem/Mídias Raquel de Mello - edição

×