PASTORAL LITÚRGICAA Missa renovada pelo ConcílioVaticano II é “ação de Cristo e doPovo de Deus hierarquicamenteorganizado”...
PASTORAL LITÚRGICAA celebração da Eucaristia,principalmente a do Domingo,Dia do Senhor,exige que não seja improvisadanem r...
PASTORAL LITÚRGICAPara isso, não basta a meradistribuição de tarefas ou asimples escolha de cantos,como muitas vezes ocorr...
PASTORAL LITÚRGICAPor isso, é necessário envolver acomunidade de modo mais amplo emais ativo, por exemplo:no ensaio dos ca...
PASTORAL LITÚRGICA  Portanto, para uma Missa  sempre bem preparada, éindispensável ter uma Equipeestável de Pastoral Litúr...
PASTORAL LITÚRGICA  A EQUIPE DE PASTORAL LITÚRGICA é aquela que, demodo estável, se preocupa com      a vida litúrgica dac...
PASTORAL LITÚRGICAEssa Equipe há de reunir pessoasque tenham dom e capacidade,que já exerçam ou que gostariam deexercer fu...
PASTORAL LITÚRGICAAs EQUIPES DE CELEBRAÇÃO, alémde estarem abertas à participação denovas pessoas, podem ser constituídasp...
PASTORAL LITÚRGICAAntes da celebração, através deum breve encontro, cada pessoaque exercerá uma funçãoparticular saiba qua...
PASTORAL LITÚRGICA  Uma prática que vem se    confirmando é a dereunirem-se os membros dasEquipes de Celebração para  medi...
PASTORAL LITÚRGICAHaverá certamente muitas maneiras de sepreparar uma celebração. Indicamos umadelas, em 4 passos:  1º Pas...
PASTORAL LITÚRGICA1º Passo: situar a celebração no Tempolitúrgico e na vida da comunidade.1) Situar a celebração no Tempo ...
1º Passo: situar a celebração2) Situar a celebração na vida dacomunidade. Para enraizar a celebração no chão da vida, na h...
1º Passo: situar a celebração3) Ver outros acontecimentos quemarcam a celebração: por exemplo, uma data especial – dia da ...
1º Passo: situar a celebração4) Ver com quem se vai celebrar:  o conhecimento da assembléia com  suas características próp...
2º Passo: aprofundar as leituras 5) Ler os textos bíblicos à luz dos acontecimentos da vida e do mistério celebrado (confo...
2º Passo: aprofundar as leituras6) Confrontar a Palavra de Deus e a vidaajudado pelas perguntas:  - o que dizem as leitura...
3º Passo: exercitar a criatividade 7) À luz dos passos anteriores – tempo       litúrgico,    vida      da comunidade, Pal...
4º Passo: elaborar um roteiro8) Chegou o momento de elaborar umroteiro, levando em conta os passosanteriores. - Define-se ...
4º Passo: elaborar um roteiro9) Só, então:  - se distribuem as tarefas e os serviços;  - anota-se o que fazer antes da cel...
Pastoral LitúrgicaTexto utilizado para este material:CNBB. Animação da Vida Liturgica no  Brasil, documento 43, nn. 211-22...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Equipes de-pastoral-liturgica

771 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
771
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equipes de-pastoral-liturgica

  1. 1. PASTORAL LITÚRGICAA Missa renovada pelo ConcílioVaticano II é “ação de Cristo e doPovo de Deus hierarquicamenteorganizado” (IGMR 16), reunidoem assembléia, onde cada um temo direito e o dever de participarsegundo a diversidade deministérios e ofícios (SC 28).
  2. 2. PASTORAL LITÚRGICAA celebração da Eucaristia,principalmente a do Domingo,Dia do Senhor,exige que não seja improvisadanem rotineira,mas preparada com cuidadoem cada uma de suas partes.
  3. 3. PASTORAL LITÚRGICAPara isso, não basta a meradistribuição de tarefas ou asimples escolha de cantos,como muitas vezes ocorre,fazendo o povo ser apenasexecutor de funções ou“plateia de um programa”, semconsiderar sua participaçãoativa na ação litúrgica.
  4. 4. PASTORAL LITÚRGICAPor isso, é necessário envolver acomunidade de modo mais amplo emais ativo, por exemplo:no ensaio dos cantos e na preparaçãoprévia das leituras bíblicas;na escolha de gestos e ritos, conformeseus costumes;na escolha da fórmula do ritopenitencial, nas intenções para aOração dos fiéis, e até com sugestõespara a homilia.
  5. 5. PASTORAL LITÚRGICA Portanto, para uma Missa sempre bem preparada, éindispensável ter uma Equipeestável de Pastoral Litúrgica, distinta normalmente das Equipes de Celebração.
  6. 6. PASTORAL LITÚRGICA A EQUIPE DE PASTORAL LITÚRGICA é aquela que, demodo estável, se preocupa com a vida litúrgica dacomunidade, que celebra não somente a Eucaristia, mas também os outros sacramentos e sacramentais.
  7. 7. PASTORAL LITÚRGICAEssa Equipe há de reunir pessoasque tenham dom e capacidade,que já exerçam ou que gostariam deexercer funções específicas nacelebração. O ideal é que ela reflita a assembléia na sua diversificação de idades, sensibilidades e engajamentos nas diversas dimensões da pastoral e evangelização da Igreja.
  8. 8. PASTORAL LITÚRGICAAs EQUIPES DE CELEBRAÇÃO, alémde estarem abertas à participação denovas pessoas, podem ser constituídaspor grupos definidos, sob a orientaçãoda Equipe de Pastoral Litúrgica, paraque a paróquia não se pareça a umacolcha de retalhos.A Paróquia poderá ter equipes: dosjovens, dos casais, das catequistas, doquarteirão, do movimento e outros.
  9. 9. PASTORAL LITÚRGICAAntes da celebração, através deum breve encontro, cada pessoaque exercerá uma funçãoparticular saiba quais os textos, oscantos, os ritos, as orações quelhes competem, “pois a boaordenação da celebração éimportante para a participação detodos” (IGMR 352).
  10. 10. PASTORAL LITÚRGICA Uma prática que vem se confirmando é a dereunirem-se os membros dasEquipes de Celebração para meditarem as leituras do domingo seguinte.
  11. 11. PASTORAL LITÚRGICAHaverá certamente muitas maneiras de sepreparar uma celebração. Indicamos umadelas, em 4 passos: 1º Passo: situar a celebração no Tempo litúrgico e na vida da comunidade. 2° Passo: aprofundar as leituras. 3° Passo: exercício de criatividade. 4° Passo: elaborar um roteiro, levando em conta os passos anteriores.
  12. 12. PASTORAL LITÚRGICA1º Passo: situar a celebração no Tempolitúrgico e na vida da comunidade.1) Situar a celebração no Tempo litúrgico:ver o Domingo e o Tempo litúrgico (porexemplo: IV Domingo da Páscoa).No início de um novo Tempo litúrgico seráútil aprofundar o sentido do Tempo,discutir algumas características própriasque darão um estilo à sua celebração. Não secelebra do mesmo jeito na Quaresma ou noTempo pascal.
  13. 13. 1º Passo: situar a celebração2) Situar a celebração na vida dacomunidade. Para enraizar a celebração no chão da vida, na história onde nos atinge o mistério de Cristo que celebramos, é bom ver a realidade que marca as nossas vidas, naquela comunidade. Quais acontecimentos eclesiais e sociais nos envolvem?
  14. 14. 1º Passo: situar a celebração3) Ver outros acontecimentos quemarcam a celebração: por exemplo, uma data especial – dia da Bíblia, dia das mães, aniversário do Padre e outros – marcará a motivação inicial, a oração dos fiéis, a homilia.
  15. 15. 1º Passo: situar a celebração4) Ver com quem se vai celebrar: o conhecimento da assembléia com suas características próprias, sem esquecer os grupos minoritários, é importante, também, para situar a celebração no tempo e na história.
  16. 16. 2º Passo: aprofundar as leituras 5) Ler os textos bíblicos à luz dos acontecimentos da vida e do mistério celebrado (conforme o 1º passo). Convém iniciar pelo Evangelho que é a leitura principal do mistério de Cristo celebrado; e, a seguir, a 1ª leitura, o salmo responsorial e a 2ª leitura.
  17. 17. 2º Passo: aprofundar as leituras6) Confrontar a Palavra de Deus e a vidaajudado pelas perguntas: - o que dizem as leituras? - o que significam para a nossa vida? - como podem orientar o nosso agir? - quais os desafios de nossa realidade hoje? - como a palavra de Deus ilumina nossa realidade? -como ligamos a Palavra com o mistério celebrado?
  18. 18. 3º Passo: exercitar a criatividade 7) À luz dos passos anteriores – tempo litúrgico, vida da comunidade, Palavra de Deus – procura-se, num exercício de criatividade, fazer surgir ideias para melhor realçar os ritos, proporcionando uma vivência mais profunda dos mesmos.
  19. 19. 4º Passo: elaborar um roteiro8) Chegou o momento de elaborar umroteiro, levando em conta os passosanteriores. - Define-se primeiro o estilo global que convém a uma Missa de Páscoa, ou de 7º Dia, ou com crianças... - A seguir, passando em revista as diversas partes da celebração, escolhem-se os cantos, os ritos... registrando tudo num roteiro, que servirá de guia para os diversos ministros.
  20. 20. 4º Passo: elaborar um roteiro9) Só, então: - se distribuem as tarefas e os serviços; - anota-se o que fazer antes da celebração, como decoração, ensaios; - e também o que deve ser feito durante a celebração, respondendo a 5 perguntas: O que será feito? Qual o sentido do que se fará? Quem fará? Quando deverá fazer? Como fará?
  21. 21. Pastoral LitúrgicaTexto utilizado para este material:CNBB. Animação da Vida Liturgica no Brasil, documento 43, nn. 211-228.Material para estudoCNBB. Instrução Geral do Missal Romano e Introdução ao Lecionário – texto oficial. Brasília: Edições CNBB.

×