SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 76
sob uma nova Mirtzi – João Pessoa/Pb – Brasil  [email_address]   Clique para passar os slides perspectiva Um olhar
Ao longo dos séculos, o ser humano comum tem se portado como superior a todos os demais seres e coisas do planeta.
A Bíblia relata que: “ Então o Senhor Deus pôs o homem no jardim do Éden,  para cuidar dele  e nele fazer plantações”. Bíblia Sagrada Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas
“ Ele os criou homem e mulher e os abençoou dizendo: tenham muitos filhos; espalhem-se por toda a terra e a  dominem ”. Bíblia Sagrada Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas
Dominar a Terra, não seria  subjugar a natureza , mas tê-la por aliada e provedora.  Seria obter  conhecimento cabal sobre ela, para cuidar e ter-lhe uma atitude  de domínio harmoniosa.
Entretanto, o ser humano subjugou-a impiedosamente, usando-a para seus fins egotistas, propósitos meramente econômicos, sem considerar as implicações decorrentes dessa postura destrutiva, por anos, séculos e milênios.
O ser humano comum não procurou conhecer profunda e harmoniosamente tudo o que existe sobre o globo terrestre para interagir construtivamente.
“ Os valores que inspiram a vida de uma sociedade determinarão sua visão de mundo, assim como as instituições religiosas, os empreendimentos científicos e a tecnologia, além das ações políticas e econômicas que a caracterizam.” Fritjof Capra Ponto de Mutação
O fato é que a Terra é um organismo vivo e em contínuo processo de mudança. Como diz o  “I Ching – o Livro das Mutações” :  “ No fundo da complexidade aparente do universo, jaz oculta uma ‘simplicidade’. Ela consiste nas tendências opostas e complementares em que sempre oscila a mutação ”.  “ I Ching – O Livro das Mutações” Tradução do Chinês para o alemão, introdução e comentários  Richard Wilhelm
“ Atividade e repouso, movimento e inércia, ascensão e declínio são os eternos e mesmos caminhos que sempre o irrepetível percorre.  Muda constantemente a natureza, porém sempre ao longo das mesmas estações.   Nunca as mesmas flores, mas sempre a primavera.  Os fenômenos são incontáveis e distintos uns dos outros, porém, regidos, em suas tendências de mudança, pelos mesmos e constantes princípios ”.  “ I Ching – O Livro das Mutações” Tradução do Chinês para o alemão, introdução e comentários  Richard Wilhelm
Estudos têm mostrado isso de modo contundente. Senão vejamos.
A Terra tem movimentos ao redor de seu próprio eixo e ao redor do sol, marcando os dias e anos.
 
A Terra está suspensa, caminhando na vastidão do espaço cósmico,  viajando por domínios desconhecidos pelo ser humano. A ciência vai tateando no escuro, descobrindo uma pequena parcela do mapa estelar nessa jornada, a cada passo dessa experiência.
Acompanhando todo o sistema solar, a Terra percorre outros caminhos pelo cosmos: uma órbita ao redor do grande sol central: a estrela Alcione.
 
O Sistema Solar  integra  as Plêiades:  logo, os terráqueos são todos pleiadianos. Sistema Solar
Posição em que o Sistema Solar ingressa na zona de emanação magnética do campo gravitacional do Sistema Estelar de Alcyone (Nosso Grande Sol Central), conglomerado de Sete Grandes Estrelas.
O Sistema de 7 grandes estrelas, é identificado na Bíblia, pelas seguintes traduções (livros de Jó e Amós): –  Sete-estrelo    [Tradução Almeida Revisada – Sociedade Bíblica do Brasil] –  Sete cabrinhas [Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas] –  Constelação de Quima [Tradução do Novo Mundo das Escrituras] –  Plêiades [Nova Versão Internacional – Editora Vida]
Alcyone em destaque nas Plêiades:
Plêiades
Alcyone ao centro, em relação às Constelações dispostas no mapa cósmico: representadas pelas 12 constelações zodiacais (cada um perfazendo um segmento do mapa estelar correspondente a 2.160 anos terrenos – que somados dão 25.920 anos terrenos:  por isso se diz que ingressamos na Era de Aquário ). Terra
O sistema de Alcione, das  Plêiades , engloba nosso sistema Solar, percorrendo outra órbita, entre os sete super-universos já mapeados pela NASA ( com um oitavo super-universo em formação ):
O nosso Super-universo, catalogado pela NASA se chama “Virgo”
Todo esse caminho pelo espaço acarreta  alterações climáticas cíclicas, mudanças  periódicas  de temperatura, ocorrências de colisões com asteróides, de movimento anormal dos ventos e de correntes marinhas, de abalos provocados pelo movimento das tectônicas das placas continentais, de maior incidência de raios gama (conseqüentemente de ocorrências de câncer) afinamento da camada de ozônio, etc.
Além de todos esses movimentos que incluem e afetam diretamente a Terra pelo cosmos... Outros fluxos e movimentos sobre o planeta demonstram que  ele é um organismo vivo e complexo .
Influências provenientes dos ‘ventos’ Solares
Influências dos ventos ao redor da própria Terra.
Influências das Correntes Marinhas ou Oceânicas (que mantém o  equilíbrio e  o fluxo de oxigenação da água de todo o planeta)
As influências dos “ventos” solares, do movimento dos ventos sobre a superfície do planeta (que criam características específicas em diversas regiões, sua biodiversidade e perfil dos ecossistemas), das correntes marinhas, são variáveis para as mudanças contínuas dia a dia.
O ser humano comum, imerso em sua vida cotidiana  desconectada  com o todo, atenta apenas às suas próprias necessidades básicas e familiares, raciocinando de modo restrito, e  sem a adequada visão holística , irrestrita e de interconexão ,  não percebe e não alcança o fato de que diariamente mudanças consideráveis estão em curso na natureza, criando e recriando cenários continuamente .
“ Quando desesperadamente tentamos manter o ego –  individualidade e autonomia  – sustentamos a crença de que somos um corpo separado de outros corpos. Continuamente, buscamos meios para comprovar a nossa própria história, ou auto-identidade . Esta é a natureza insidiosa do sistema de pensamento do ego”. J.J.Hurtac e Russel Targ – Livro: O Fim do Sofrimento – Ícone Editora
Conhecendo um pouco sobre a Terra
Desde a segunda grande guerra mundial, os cientistas de várias nacionalidades, aproveitaram esse fato nefasto da história humana para medir e conhecer mais as profundezas do oceano através de sensores e radares colocados nos navios e submarinos.
Nestas pesquisas se descobriu que o fundo do oceano, ao contrário dos continentes, é composto de magma novo, ou seja, de material que indica erupção vulcânica constante, e o conseqüente afastamento do ponto de origem dessa erupção.
Cadeia Meso-oceânica: uma formação de crosta magmática ou vulcânica que se estende por todo o fundo do mar, entre os continentes.
 
 
 
A Cadeia Meso-Oceânica é esta mancha escura apresentada entre os continentes.
Outra figura da Cadeia Meso-oceânica, em destaque parte dela entre Europa e América do Sul (cor vermelha).
Já nos continentes, o movimento das tectônicas das placas é contínuo, porém,  numa cadência que não nos afeta tanto , a exceção de quando o movimento é mais brusco,  ocasionando terremotos .
Figura demonstrando movimento da placa tectônica que enruga a terra e aumenta alguns centímetros de altitude nos Andes (medidos ano a ano): o mesmo ocorre nos Himalaias.
Esses processos se acentuarão ao entrarmos no cinturão de fótons pelo magnetismo da grande estrela Alcione, que afetará diretamente ventos, clima, tectônicas, etc..
Terremotos ocorridos no Brasil
Segundo pesquisadores e cientistas, o movimento magmático da cadeia meso-oceânica é responsável pelo deslocamento dos continentes, explicando a Pangéa e a divisão dos diversos continentes atuais.
Por sua vez, a ocupação e edificação de metrópoles; os aterramentos de solo em grandes extensões; o desvio artificial de rios que deslocam e agridem ou exterminam ecossistemas inteiros, prejudicando a biodiversidade; o desrespeito à sustentação dos recursos naturais e das diversas fontes de riquezas sobre o planeta, põem em grande risco a própria sobrevivência da humanidade.
 
A Saúde do Planeta Por que existe uma crise? “ A extinção é um fenômeno natural e já aconteceu em grande escala em cinco ocasiões ao longo da história do planeta. Os dinossauros foram varridos por uma chuva massiva de meteoritos que acabou com a maior parte da vida da Terra. Atualmente, a conduta do ser humano está causando uma extinção massiva a uma velocidade desconhecida até agora. Como poderemos evitar que isso aconteça?” DVD –BBC  A Saúde do Planeta – Por que existe uma crise? David Attenborough
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],DVD –BBC  A Saúde do Planeta – Por que existe uma crise? David Attenborough
“ Os lucros privados estão sendo gerados cada vez mais às custas do povo,  causando a deterioração do meio ambiente e da qualidade geral de vida ”.  (...) “ Para lidar com fenômenos econômicos a partir de uma perspectiva ecológica, os economistas terão necessariamente que rever seus conceitos básicos de modo dramático”.  Fritjof Capra Ponto de Mutação
“ A ignorância é a  ilusão de separação entre  sujeito e objeto . Entre o eu e o outro. Este dualismo é irreal  na medida em que  cria divisões dentro da realidade absoluta ”.   J.J.Hurtac e Russel Targ – Livro: O Fim do Sofrimento – Ícone Editora
Proporções dos astros: quanto maior mais tem influência magnética sobre os menores  Terra
Proporções dos astros: quanto maior mais tem influência magnética sobre os menores  Betelgeuse e Rigel (70 vezes maior que nosso Sol) fazem parte do Sistema de Orion  Antares faz pate da Constelação de Escorpião. Sol (um pixel)
A entrada do sistema solar no cinturão de fótons, localizado no raio de abrangência que rodeia a estrela Alcione,  acarretará um fluxo incalculável de influências magnéticas deste astro de enorme magnitude .
“ Do ponto de vista da  Ciência , trata-se da emanação de nosso sistema solar com seus planetas em torno do Sol Central, Alcione, que se localiza na Constelação Plêiades. Essa emanação anti-horária em torno de Alcione requer 26.920 anos para perfazer a órbita (...)”.. Virgil Armstrong Livro: O Caminho para Casa
“ Durante esse ciclo, há dois períodos de escuridão e dois de Luz (...). Sucedendo cada período de 10.500 anos, emergimos em 2.160 anos de Luz Total, que verdadeiramente constitui o Cinto de Fóton (...) Somos o veículo por meio do qual o divino pode ter a experiência de si mesmo e, mediante nossas experiências individuais e coletivas, pode dominar as complexidades e perigos das trevas. (...)” Virgil Armstrong Livro: O Caminho para Casa
“ Cada célula de nosso corpo, cada molécula e cada átomo haverão de se organizar de novo de modo a transformar nosso corpo comum de densidade e nossa mortalidade num veículo da luz da transformação, capaz de ajudar a Consciência do Cristo. (...) ...  o sistema do nosso DNA será reorganizado, do sistema de duas fitas para um de doze ou treze fitas.”   (...) Virgil Armstrong Livro: O Caminho para Casa
Em função desse processo, alterações estão ocorrendo na Terra. Uma mudança de pólos magnéticos está em curso, fazendo com que aves migratórias errem seus caminhos, baleias encalhem, tartarugas se percam em sua jornada anual para procriar. Ainda em função do ingresso nesse manancial incalculável de energias cósmicas: maremotos, terremotos, tsunamis, enchentes e secas têm ocorrido.
 
 
Com a alinhamento planetário, no ingresso do raio de maior emanação da luz de Alcione, nós teremos mudanças sobre a face de nosso planeta,  em função dos ‘ventos’ solares  (que será afetado pelo magnetismo do ouro astro muitíssimo maior). Possivelmente pólo magnético e a  inclinação do eixo  da Terra sofram alterações significativas. “ Presságio” (película com Nicolas Cage) baseou-se nesse fato. O Filme 2012 que irá ao ar, também. Vejam que sem o incremento das emoções negativas a bilheteria não alcançaria tanto sucesso – infelizmente é assim que o mundo econômico funciona.
Há 25.920 anos, continentes inteiros submergiram e outros emergiram. Pelo fato do ser humano ter se  espalhado  por todo o globo, qualquer alteração das tectônicas das placas afetará diretamente a humanidade.
Não importa o credo, a religião abraçada, a filosofia de vida, a cor, a raça, a classe social, a idade: Tudo e todos passarão por uma transformação crucial.
O que importa é que  sejamos ,  incondicionalmente ,  cidadãos éticos, cosmo-éticos, de consciência treinada e afinada, imparciais, sendo impessoais com amor, com o desenvolvimento de uma compreensão superior, tendo um amor desapegado e isento de condicionantes, uma consciência de que somos  UM só organismo  vivenciando conjuntamente quatro aspectos:  Ser Humano  –   Natureza  –   Cosmos  –   Deus .
O que importa é que esse  cidadão cósmico  se identifique com  uma nova mentalidade , que priorize a preservação dos recursos naturais e a unicidade com a vida ecossistêmica, cultivando valores nobres e espiritualizados alinhados e em consonância com suas atitudes.  Estes cidadãos serão os  novos moradores  do Planeta Terra.
Serão estes os cidadãos que  estarão  no lugar e na hora certas, com o propósito e compreensão certos, a doação de si mesmos a um ideário maior combinado à percepção correta.
Eles terão efetuado o  alinhamento  necessário entre necessidades pessoais e planetária, assim como também da nova sociedade que está em vias de se instalar, logo após cessarem o caos e a purificação planetária.
Não há mais tempo para  os apelos do ego ou da personalidade. Não há mais tempo para o individualismo. É hora, sim, do todo ser valorizado em detrimento do particular.
É hora de vivenciarmos a UNIDADE, assim como o Pai e Filho são um só corpo: em espírito. É hora de estarmos abertos e receptivos à  Sabedoria de Deus:  a  Pistis Sofia .
É hora de dar o salto quântico, porque se seguirmos a passo lento perderemos a hora do trem. E esse trem só passará daqui a mais 25.920 anos.
Aos que passam de ano (ano galáctico), as primícias de uma Nova Terra, a  Jerusalém Celestial  da qual a Bíblia fala como herança dos Santos que não se profanaram com o poder, a riqueza material e não adulteraram com a besta fera apocalíptica.
Que caminho você escolhe? Fazer de conta que tudo está do mesmo jeito de antes (negação dos fatos) e que nada fora do normal está acontecendo? Ou fará uma escolha consciente e verdadeira, se juntando a um exército do bem em prol da instalação da Nova Terra, em cumprimento ao Plano Maior de Deus?
O que você escolhe? Cena do Filme Matrix I A escolha de Neo
Texto e argumento: Mirtzi – João Pessoa/Pb – Brasil
Bibliografia para consulta –  Bíblia Sagrada: Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas; Tradução do Novo Mundo da Sociedade Torre de Vigia; Nova Versão Internacional, Ed. Vida; Tradução Almeida Revista e Atualizada – Sociedade Bíblica do Brasil; –   Fritjof Capra: “Ponto de Mutação” – Ed. Cultrix – “ I Ching – O Livro das Mutações” – Tradução do Chinês para o alemão, introdução e comentários Richard Wilhelm –   “ O Livro de Urantia” –   Virgil Armstrong: “O Caminho para Casa” –   J.J.Hurtac e Russel Targ: “O Fim do Sofrimento” – Ícone Editora –   DVD –BBC: A Saúde do Planeta – Por que existe uma crise? – David Attenborough –   DVD – BBC: A Terra – Como se formou o nosso planeta – O fundo do mar –   DVD – BBC: A Terra – Como se formou o nosso planeta – O cinturão de fogo –   DVD Discovery Channel – Colisão de Cometas –   Filme Matrix I (Cena: A escolha de Neo) –   Diversos sites da internet (captura de figuras) –   Portal da NASA Música do pps: Kitaro (Love for Elka)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançAPpt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Nuno Correia
 
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
Margarida Cardoso
 
geologia
 geologia geologia
geologia
vhnkxv
 
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
Hugo Martins
 
Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)
Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)
Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)
faahf
 
Princípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológicoPrincípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológico
margaridabt
 
Tectônica de placas
Tectônica de placasTectônica de placas
Tectônica de placas
karolpoa
 
10 Mobilismo GeolóGico
10 Mobilismo GeolóGico10 Mobilismo GeolóGico
10 Mobilismo GeolóGico
guestfa5e9
 

Mais procurados (20)

6º cap1
6º cap16º cap1
6º cap1
 
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançAPpt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
 
Subsistemas Terrestres - Geologia 10º Ano
Subsistemas Terrestres - Geologia 10º AnoSubsistemas Terrestres - Geologia 10º Ano
Subsistemas Terrestres - Geologia 10º Ano
 
Mobilismo Geológico
Mobilismo Geológico Mobilismo Geológico
Mobilismo Geológico
 
Terra, um planeta em mudança
Terra, um planeta em mudançaTerra, um planeta em mudança
Terra, um planeta em mudança
 
1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
 
Ecossistemas
EcossistemasEcossistemas
Ecossistemas
 
Genese cap 09 revoluções do globo terrestre
Genese cap 09 revoluções do globo terrestreGenese cap 09 revoluções do globo terrestre
Genese cap 09 revoluções do globo terrestre
 
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
Resumo   sismologia e estrutura interna da terraResumo   sismologia e estrutura interna da terra
Resumo sismologia e estrutura interna da terra
 
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
 
Subsistemas
SubsistemasSubsistemas
Subsistemas
 
geologia
 geologia geologia
geologia
 
Estudo da terra
Estudo da terraEstudo da terra
Estudo da terra
 
Paisagens do mundo
Paisagens do mundoPaisagens do mundo
Paisagens do mundo
 
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...(1) biologia e geologia   10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
(1) biologia e geologia 10º ano - geologia - a geologia, os geologos e os s...
 
Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)
Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)
Agentes formadores do relevo (4A - aula 7)
 
Formacao terra
Formacao terraFormacao terra
Formacao terra
 
Princípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológicoPrincípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológico
 
Tectônica de placas
Tectônica de placasTectônica de placas
Tectônica de placas
 
10 Mobilismo GeolóGico
10 Mobilismo GeolóGico10 Mobilismo GeolóGico
10 Mobilismo GeolóGico
 

Destaque (9)

Aula10
Aula10Aula10
Aula10
 
Perspectiva
PerspectivaPerspectiva
Perspectiva
 
Perspectiva universidad
Perspectiva universidadPerspectiva universidad
Perspectiva universidad
 
Perspectiva isométrica .lista de exercícios
Perspectiva isométrica .lista de exercíciosPerspectiva isométrica .lista de exercícios
Perspectiva isométrica .lista de exercícios
 
Apostila de desenho_técnico (1) (1)
Apostila de desenho_técnico (1) (1)Apostila de desenho_técnico (1) (1)
Apostila de desenho_técnico (1) (1)
 
Intro. ao desenho_técnico_parte_1
Intro. ao desenho_técnico_parte_1Intro. ao desenho_técnico_parte_1
Intro. ao desenho_técnico_parte_1
 
Exercicios perspectiva
Exercicios perspectivaExercicios perspectiva
Exercicios perspectiva
 
Projeções ortogonais
Projeções ortogonaisProjeções ortogonais
Projeções ortogonais
 
Modelo folha a4 isométrica
Modelo folha a4   isométricaModelo folha a4   isométrica
Modelo folha a4 isométrica
 

Semelhante a Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi jpa-pb]

5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
Ste Escola Bernardino
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
guest5a034e
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
guest5a034e
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
guest5a034e
 
C:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4 Rita
C:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4  RitaC:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4  Rita
C:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4 Rita
guestd7e62c609
 
Terra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudançaTerra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudança
Isabel Lopes
 
A Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana FinalA Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana Final
ProfMario De Mori
 
A Terra, um planeta em mudança
A Terra, um planeta em mudançaA Terra, um planeta em mudança
A Terra, um planeta em mudança
Marta Espada
 
Terra no espaço pwp
Terra no espaço pwpTerra no espaço pwp
Terra no espaço pwp
Carol Guedes
 

Semelhante a Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi jpa-pb] (20)

Formação da Terra - 5º ou 6º ano
Formação da Terra - 5º ou 6º anoFormação da Terra - 5º ou 6º ano
Formação da Terra - 5º ou 6º ano
 
IECJ - Cap. 7 – Interior da terra e crosta terrestre
IECJ - Cap. 7 – Interior da terra e crosta terrestreIECJ - Cap. 7 – Interior da terra e crosta terrestre
IECJ - Cap. 7 – Interior da terra e crosta terrestre
 
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...5º geo 6 ano   formação da terra e litosfera -  interior da terra e crosta te...
5º geo 6 ano formação da terra e litosfera - interior da terra e crosta te...
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
 
Terra Universo. Carina
Terra Universo. CarinaTerra Universo. Carina
Terra Universo. Carina
 
C:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4 Rita
C:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4  RitaC:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4  Rita
C:\Fakepath\Evolucao Dos Continentes4 Rita
 
Aula 1 ef - cie [modo de compatibilidade]
Aula 1   ef - cie [modo de compatibilidade]Aula 1   ef - cie [modo de compatibilidade]
Aula 1 ef - cie [modo de compatibilidade]
 
Terra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudançaTerra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudança
 
Formação dos continentes
Formação dos continentesFormação dos continentes
Formação dos continentes
 
A Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana FinalA Geologia e a Ação Humana Final
A Geologia e a Ação Humana Final
 
A Terra, um planeta em mudança
A Terra, um planeta em mudançaA Terra, um planeta em mudança
A Terra, um planeta em mudança
 
Terra no espaço pwp
Terra no espaço pwpTerra no espaço pwp
Terra no espaço pwp
 
1º E.M (mód. 01)
1º E.M (mód. 01)1º E.M (mód. 01)
1º E.M (mód. 01)
 
Aula diagnostica 2
Aula diagnostica 2Aula diagnostica 2
Aula diagnostica 2
 
Geografia estrutura geologica
Geografia   estrutura geologicaGeografia   estrutura geologica
Geografia estrutura geologica
 
"A Gênese", cap. 7.
 "A Gênese",  cap. 7. "A Gênese",  cap. 7.
"A Gênese", cap. 7.
 
Deriva continental.ppt
Deriva  continental.pptDeriva  continental.ppt
Deriva continental.ppt
 
Terra: Evidências da Criação
Terra: Evidências da CriaçãoTerra: Evidências da Criação
Terra: Evidências da Criação
 

Mais de Céu de Kuan Yin (20)

Sealguemteprocurar
SealguemteprocurarSealguemteprocurar
Sealguemteprocurar
 
Crystal sete chakras
Crystal   sete chakrasCrystal   sete chakras
Crystal sete chakras
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
 
Bombeiro uma filosofiadevida2
Bombeiro uma filosofiadevida2Bombeiro uma filosofiadevida2
Bombeiro uma filosofiadevida2
 
Mosaic floral hamamatsu japan
Mosaic floral hamamatsu japanMosaic floral hamamatsu japan
Mosaic floral hamamatsu japan
 
Memorias eternas
Memorias eternasMemorias eternas
Memorias eternas
 
Jesucristo1
Jesucristo1Jesucristo1
Jesucristo1
 
Quase
QuaseQuase
Quase
 
Mulheres celtas
Mulheres celtasMulheres celtas
Mulheres celtas
 
Livre arbitrio
Livre arbitrioLivre arbitrio
Livre arbitrio
 
Dios
DiosDios
Dios
 
Decadencia da musica brasileira
Decadencia da musica brasileiraDecadencia da musica brasileira
Decadencia da musica brasileira
 
Tres
TresTres
Tres
 
Paraquedas
ParaquedasParaquedas
Paraquedas
 
Socrates
SocratesSocrates
Socrates
 
Lenda japonesa
Lenda japonesaLenda japonesa
Lenda japonesa
 
837 a massacrante felicidade do
837   a massacrante felicidade do 837   a massacrante felicidade do
837 a massacrante felicidade do
 
Mude Clarice Lispector
Mude   Clarice LispectorMude   Clarice Lispector
Mude Clarice Lispector
 
Pé De PêRa
Pé De PêRaPé De PêRa
Pé De PêRa
 
Pai Nosso Pascoa
Pai Nosso PascoaPai Nosso Pascoa
Pai Nosso Pascoa
 

Um olhar sob uma nova perspectiva [mirtzi jpa-pb]

  • 1. sob uma nova Mirtzi – João Pessoa/Pb – Brasil [email_address] Clique para passar os slides perspectiva Um olhar
  • 2. Ao longo dos séculos, o ser humano comum tem se portado como superior a todos os demais seres e coisas do planeta.
  • 3. A Bíblia relata que: “ Então o Senhor Deus pôs o homem no jardim do Éden, para cuidar dele e nele fazer plantações”. Bíblia Sagrada Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas
  • 4. “ Ele os criou homem e mulher e os abençoou dizendo: tenham muitos filhos; espalhem-se por toda a terra e a dominem ”. Bíblia Sagrada Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas
  • 5. Dominar a Terra, não seria subjugar a natureza , mas tê-la por aliada e provedora. Seria obter conhecimento cabal sobre ela, para cuidar e ter-lhe uma atitude de domínio harmoniosa.
  • 6. Entretanto, o ser humano subjugou-a impiedosamente, usando-a para seus fins egotistas, propósitos meramente econômicos, sem considerar as implicações decorrentes dessa postura destrutiva, por anos, séculos e milênios.
  • 7. O ser humano comum não procurou conhecer profunda e harmoniosamente tudo o que existe sobre o globo terrestre para interagir construtivamente.
  • 8. “ Os valores que inspiram a vida de uma sociedade determinarão sua visão de mundo, assim como as instituições religiosas, os empreendimentos científicos e a tecnologia, além das ações políticas e econômicas que a caracterizam.” Fritjof Capra Ponto de Mutação
  • 9. O fato é que a Terra é um organismo vivo e em contínuo processo de mudança. Como diz o “I Ching – o Livro das Mutações” : “ No fundo da complexidade aparente do universo, jaz oculta uma ‘simplicidade’. Ela consiste nas tendências opostas e complementares em que sempre oscila a mutação ”. “ I Ching – O Livro das Mutações” Tradução do Chinês para o alemão, introdução e comentários Richard Wilhelm
  • 10. “ Atividade e repouso, movimento e inércia, ascensão e declínio são os eternos e mesmos caminhos que sempre o irrepetível percorre. Muda constantemente a natureza, porém sempre ao longo das mesmas estações. Nunca as mesmas flores, mas sempre a primavera. Os fenômenos são incontáveis e distintos uns dos outros, porém, regidos, em suas tendências de mudança, pelos mesmos e constantes princípios ”. “ I Ching – O Livro das Mutações” Tradução do Chinês para o alemão, introdução e comentários Richard Wilhelm
  • 11. Estudos têm mostrado isso de modo contundente. Senão vejamos.
  • 12. A Terra tem movimentos ao redor de seu próprio eixo e ao redor do sol, marcando os dias e anos.
  • 13.  
  • 14. A Terra está suspensa, caminhando na vastidão do espaço cósmico, viajando por domínios desconhecidos pelo ser humano. A ciência vai tateando no escuro, descobrindo uma pequena parcela do mapa estelar nessa jornada, a cada passo dessa experiência.
  • 15. Acompanhando todo o sistema solar, a Terra percorre outros caminhos pelo cosmos: uma órbita ao redor do grande sol central: a estrela Alcione.
  • 16.  
  • 17. O Sistema Solar integra as Plêiades: logo, os terráqueos são todos pleiadianos. Sistema Solar
  • 18. Posição em que o Sistema Solar ingressa na zona de emanação magnética do campo gravitacional do Sistema Estelar de Alcyone (Nosso Grande Sol Central), conglomerado de Sete Grandes Estrelas.
  • 19. O Sistema de 7 grandes estrelas, é identificado na Bíblia, pelas seguintes traduções (livros de Jó e Amós): – Sete-estrelo  [Tradução Almeida Revisada – Sociedade Bíblica do Brasil] – Sete cabrinhas [Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas] – Constelação de Quima [Tradução do Novo Mundo das Escrituras] – Plêiades [Nova Versão Internacional – Editora Vida]
  • 20. Alcyone em destaque nas Plêiades:
  • 22. Alcyone ao centro, em relação às Constelações dispostas no mapa cósmico: representadas pelas 12 constelações zodiacais (cada um perfazendo um segmento do mapa estelar correspondente a 2.160 anos terrenos – que somados dão 25.920 anos terrenos: por isso se diz que ingressamos na Era de Aquário ). Terra
  • 23. O sistema de Alcione, das Plêiades , engloba nosso sistema Solar, percorrendo outra órbita, entre os sete super-universos já mapeados pela NASA ( com um oitavo super-universo em formação ):
  • 24. O nosso Super-universo, catalogado pela NASA se chama “Virgo”
  • 25. Todo esse caminho pelo espaço acarreta alterações climáticas cíclicas, mudanças periódicas de temperatura, ocorrências de colisões com asteróides, de movimento anormal dos ventos e de correntes marinhas, de abalos provocados pelo movimento das tectônicas das placas continentais, de maior incidência de raios gama (conseqüentemente de ocorrências de câncer) afinamento da camada de ozônio, etc.
  • 26. Além de todos esses movimentos que incluem e afetam diretamente a Terra pelo cosmos... Outros fluxos e movimentos sobre o planeta demonstram que ele é um organismo vivo e complexo .
  • 27. Influências provenientes dos ‘ventos’ Solares
  • 28. Influências dos ventos ao redor da própria Terra.
  • 29. Influências das Correntes Marinhas ou Oceânicas (que mantém o equilíbrio e o fluxo de oxigenação da água de todo o planeta)
  • 30. As influências dos “ventos” solares, do movimento dos ventos sobre a superfície do planeta (que criam características específicas em diversas regiões, sua biodiversidade e perfil dos ecossistemas), das correntes marinhas, são variáveis para as mudanças contínuas dia a dia.
  • 31. O ser humano comum, imerso em sua vida cotidiana desconectada com o todo, atenta apenas às suas próprias necessidades básicas e familiares, raciocinando de modo restrito, e sem a adequada visão holística , irrestrita e de interconexão , não percebe e não alcança o fato de que diariamente mudanças consideráveis estão em curso na natureza, criando e recriando cenários continuamente .
  • 32. “ Quando desesperadamente tentamos manter o ego – individualidade e autonomia – sustentamos a crença de que somos um corpo separado de outros corpos. Continuamente, buscamos meios para comprovar a nossa própria história, ou auto-identidade . Esta é a natureza insidiosa do sistema de pensamento do ego”. J.J.Hurtac e Russel Targ – Livro: O Fim do Sofrimento – Ícone Editora
  • 33. Conhecendo um pouco sobre a Terra
  • 34. Desde a segunda grande guerra mundial, os cientistas de várias nacionalidades, aproveitaram esse fato nefasto da história humana para medir e conhecer mais as profundezas do oceano através de sensores e radares colocados nos navios e submarinos.
  • 35. Nestas pesquisas se descobriu que o fundo do oceano, ao contrário dos continentes, é composto de magma novo, ou seja, de material que indica erupção vulcânica constante, e o conseqüente afastamento do ponto de origem dessa erupção.
  • 36. Cadeia Meso-oceânica: uma formação de crosta magmática ou vulcânica que se estende por todo o fundo do mar, entre os continentes.
  • 37.  
  • 38.  
  • 39.  
  • 40. A Cadeia Meso-Oceânica é esta mancha escura apresentada entre os continentes.
  • 41. Outra figura da Cadeia Meso-oceânica, em destaque parte dela entre Europa e América do Sul (cor vermelha).
  • 42. Já nos continentes, o movimento das tectônicas das placas é contínuo, porém, numa cadência que não nos afeta tanto , a exceção de quando o movimento é mais brusco, ocasionando terremotos .
  • 43. Figura demonstrando movimento da placa tectônica que enruga a terra e aumenta alguns centímetros de altitude nos Andes (medidos ano a ano): o mesmo ocorre nos Himalaias.
  • 44. Esses processos se acentuarão ao entrarmos no cinturão de fótons pelo magnetismo da grande estrela Alcione, que afetará diretamente ventos, clima, tectônicas, etc..
  • 46. Segundo pesquisadores e cientistas, o movimento magmático da cadeia meso-oceânica é responsável pelo deslocamento dos continentes, explicando a Pangéa e a divisão dos diversos continentes atuais.
  • 47. Por sua vez, a ocupação e edificação de metrópoles; os aterramentos de solo em grandes extensões; o desvio artificial de rios que deslocam e agridem ou exterminam ecossistemas inteiros, prejudicando a biodiversidade; o desrespeito à sustentação dos recursos naturais e das diversas fontes de riquezas sobre o planeta, põem em grande risco a própria sobrevivência da humanidade.
  • 48.  
  • 49. A Saúde do Planeta Por que existe uma crise? “ A extinção é um fenômeno natural e já aconteceu em grande escala em cinco ocasiões ao longo da história do planeta. Os dinossauros foram varridos por uma chuva massiva de meteoritos que acabou com a maior parte da vida da Terra. Atualmente, a conduta do ser humano está causando uma extinção massiva a uma velocidade desconhecida até agora. Como poderemos evitar que isso aconteça?” DVD –BBC A Saúde do Planeta – Por que existe uma crise? David Attenborough
  • 50.
  • 51. “ Os lucros privados estão sendo gerados cada vez mais às custas do povo, causando a deterioração do meio ambiente e da qualidade geral de vida ”. (...) “ Para lidar com fenômenos econômicos a partir de uma perspectiva ecológica, os economistas terão necessariamente que rever seus conceitos básicos de modo dramático”. Fritjof Capra Ponto de Mutação
  • 52. “ A ignorância é a ilusão de separação entre sujeito e objeto . Entre o eu e o outro. Este dualismo é irreal na medida em que cria divisões dentro da realidade absoluta ”. J.J.Hurtac e Russel Targ – Livro: O Fim do Sofrimento – Ícone Editora
  • 53. Proporções dos astros: quanto maior mais tem influência magnética sobre os menores Terra
  • 54. Proporções dos astros: quanto maior mais tem influência magnética sobre os menores Betelgeuse e Rigel (70 vezes maior que nosso Sol) fazem parte do Sistema de Orion Antares faz pate da Constelação de Escorpião. Sol (um pixel)
  • 55. A entrada do sistema solar no cinturão de fótons, localizado no raio de abrangência que rodeia a estrela Alcione, acarretará um fluxo incalculável de influências magnéticas deste astro de enorme magnitude .
  • 56. “ Do ponto de vista da Ciência , trata-se da emanação de nosso sistema solar com seus planetas em torno do Sol Central, Alcione, que se localiza na Constelação Plêiades. Essa emanação anti-horária em torno de Alcione requer 26.920 anos para perfazer a órbita (...)”.. Virgil Armstrong Livro: O Caminho para Casa
  • 57. “ Durante esse ciclo, há dois períodos de escuridão e dois de Luz (...). Sucedendo cada período de 10.500 anos, emergimos em 2.160 anos de Luz Total, que verdadeiramente constitui o Cinto de Fóton (...) Somos o veículo por meio do qual o divino pode ter a experiência de si mesmo e, mediante nossas experiências individuais e coletivas, pode dominar as complexidades e perigos das trevas. (...)” Virgil Armstrong Livro: O Caminho para Casa
  • 58. “ Cada célula de nosso corpo, cada molécula e cada átomo haverão de se organizar de novo de modo a transformar nosso corpo comum de densidade e nossa mortalidade num veículo da luz da transformação, capaz de ajudar a Consciência do Cristo. (...) ... o sistema do nosso DNA será reorganizado, do sistema de duas fitas para um de doze ou treze fitas.” (...) Virgil Armstrong Livro: O Caminho para Casa
  • 59. Em função desse processo, alterações estão ocorrendo na Terra. Uma mudança de pólos magnéticos está em curso, fazendo com que aves migratórias errem seus caminhos, baleias encalhem, tartarugas se percam em sua jornada anual para procriar. Ainda em função do ingresso nesse manancial incalculável de energias cósmicas: maremotos, terremotos, tsunamis, enchentes e secas têm ocorrido.
  • 60.  
  • 61.  
  • 62. Com a alinhamento planetário, no ingresso do raio de maior emanação da luz de Alcione, nós teremos mudanças sobre a face de nosso planeta, em função dos ‘ventos’ solares (que será afetado pelo magnetismo do ouro astro muitíssimo maior). Possivelmente pólo magnético e a inclinação do eixo da Terra sofram alterações significativas. “ Presságio” (película com Nicolas Cage) baseou-se nesse fato. O Filme 2012 que irá ao ar, também. Vejam que sem o incremento das emoções negativas a bilheteria não alcançaria tanto sucesso – infelizmente é assim que o mundo econômico funciona.
  • 63. Há 25.920 anos, continentes inteiros submergiram e outros emergiram. Pelo fato do ser humano ter se espalhado por todo o globo, qualquer alteração das tectônicas das placas afetará diretamente a humanidade.
  • 64. Não importa o credo, a religião abraçada, a filosofia de vida, a cor, a raça, a classe social, a idade: Tudo e todos passarão por uma transformação crucial.
  • 65. O que importa é que sejamos , incondicionalmente , cidadãos éticos, cosmo-éticos, de consciência treinada e afinada, imparciais, sendo impessoais com amor, com o desenvolvimento de uma compreensão superior, tendo um amor desapegado e isento de condicionantes, uma consciência de que somos UM só organismo vivenciando conjuntamente quatro aspectos: Ser Humano – Natureza – Cosmos – Deus .
  • 66. O que importa é que esse cidadão cósmico se identifique com uma nova mentalidade , que priorize a preservação dos recursos naturais e a unicidade com a vida ecossistêmica, cultivando valores nobres e espiritualizados alinhados e em consonância com suas atitudes. Estes cidadãos serão os novos moradores do Planeta Terra.
  • 67. Serão estes os cidadãos que estarão no lugar e na hora certas, com o propósito e compreensão certos, a doação de si mesmos a um ideário maior combinado à percepção correta.
  • 68. Eles terão efetuado o alinhamento necessário entre necessidades pessoais e planetária, assim como também da nova sociedade que está em vias de se instalar, logo após cessarem o caos e a purificação planetária.
  • 69. Não há mais tempo para os apelos do ego ou da personalidade. Não há mais tempo para o individualismo. É hora, sim, do todo ser valorizado em detrimento do particular.
  • 70. É hora de vivenciarmos a UNIDADE, assim como o Pai e Filho são um só corpo: em espírito. É hora de estarmos abertos e receptivos à Sabedoria de Deus: a Pistis Sofia .
  • 71. É hora de dar o salto quântico, porque se seguirmos a passo lento perderemos a hora do trem. E esse trem só passará daqui a mais 25.920 anos.
  • 72. Aos que passam de ano (ano galáctico), as primícias de uma Nova Terra, a Jerusalém Celestial da qual a Bíblia fala como herança dos Santos que não se profanaram com o poder, a riqueza material e não adulteraram com a besta fera apocalíptica.
  • 73. Que caminho você escolhe? Fazer de conta que tudo está do mesmo jeito de antes (negação dos fatos) e que nada fora do normal está acontecendo? Ou fará uma escolha consciente e verdadeira, se juntando a um exército do bem em prol da instalação da Nova Terra, em cumprimento ao Plano Maior de Deus?
  • 74. O que você escolhe? Cena do Filme Matrix I A escolha de Neo
  • 75. Texto e argumento: Mirtzi – João Pessoa/Pb – Brasil
  • 76. Bibliografia para consulta – Bíblia Sagrada: Nova Tradução na Linguagem de Hoje – Paulinas; Tradução do Novo Mundo da Sociedade Torre de Vigia; Nova Versão Internacional, Ed. Vida; Tradução Almeida Revista e Atualizada – Sociedade Bíblica do Brasil; – Fritjof Capra: “Ponto de Mutação” – Ed. Cultrix – “ I Ching – O Livro das Mutações” – Tradução do Chinês para o alemão, introdução e comentários Richard Wilhelm – “ O Livro de Urantia” – Virgil Armstrong: “O Caminho para Casa” – J.J.Hurtac e Russel Targ: “O Fim do Sofrimento” – Ícone Editora – DVD –BBC: A Saúde do Planeta – Por que existe uma crise? – David Attenborough – DVD – BBC: A Terra – Como se formou o nosso planeta – O fundo do mar – DVD – BBC: A Terra – Como se formou o nosso planeta – O cinturão de fogo – DVD Discovery Channel – Colisão de Cometas – Filme Matrix I (Cena: A escolha de Neo) – Diversos sites da internet (captura de figuras) – Portal da NASA Música do pps: Kitaro (Love for Elka)