Terra Universo. Carina

636 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
636
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terra Universo. Carina

  1. 1. TERRA UNIVERSO
  2. 2. Até cerca de 500 anos atrás, alguns acreditavam que a Terra era plana e chata como um disco. No século XVI, surgiram importantes conclusões, que na realidade a Terra tem a forma arredondada e que gira em torno do sol e em torno de si mesma, mas a confirmação disso só veio na segunda metade do século XX. A Terra, apesar de sua dimensão, possui um endereço no universo. O universo é muito complexo, apresenta-se com vários elementos. Veja alguns deles: Os meteoros, são conhecidos popularmente de “estrelas cadentes”, são apenas alguns sinais de que a Terra não está sozinha no espaço cósmico. Existem, no universo, corpos celestes que compõe a galáxia, como estrelas, planetas, satélites naturais e cometas, estima-se que no Universo exista mais de 100 bilhões de galáxias, a galáxia no qual a Terra está localizada, por sua vez é chamada de Via Láctea. As estrelas são astros que possuem luz própria,pois irradiam uma grande quantidade de energia. A Terra faz parte do sistema solar, esse é um grande conjunto formado por dezenas de astros que giram ao redor de uma estrela, o sol. Fazem parte do sistema solar: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão (agora, Sedna encontra-se no lugar de Plutão, pois esse fora rebaixado para a categoria de planeta anão). A Terra é datada de 4,6 a 5,0 bilhões, datas essas que são mais aceitas por parte dos cientistas.
  3. 3. DIA 22 DE ABRIL DIA DO PLANETA TERRA
  4. 4. Meteoros Estrelas
  5. 5. / . Você já pensou porque o interior do carro com os vidros fechados se aquece tão rapidamente? O sol emite radiações em todos os comprimentos de onda, mas a maior parte está dentro da faixa da luz visível (de 380 a 750 nm –), que passa pelo vidro para dentro do carro. Parte dessa energia é absorvida pelos materiais no interior do carro e parte é refletida de volta. Essa energia refletida é a radiação infravermelha (de 4 a 40 µm), que por ter um grande comprimento de onda não passa pelo vidro, ficando aprisionada. Sendo assim fica fácil deduzir que haverá um armazenamento de energia dentro do carro provocando um aumento na temperatura, pois nem toda a energia que entrou sairá. Esta pode ser considerada uma analogia para o efeito estufa Global. Gases como o gás carbônico (CO 2 ), o metano (CH 4 ) e o vapor de água (H 2 O) funcionam como um ‘telhado’ ao redor da Terra, impedindo que a energia do sol absorvida pela Terra durante o dia seja emitida de volta para o espaço. Sendo assim, parte do calor fica “ aprisionado” próximo da Terra, o que faz com que a temperatura média do nosso planeta seja em torno de 15°C. A esse fenômeno de aquecimento da Terra dá-se o nome de efeito estufa. Se não existisse o efeito estufa a temperatura média na Terra seria em torno de –15°C. A gravidade EFEITO ESTUFA http://www.planetaterra.org.br
  6. 6.             Sol             Mercúrio             Venus             Terra             Marte             Júpiter             Saturno             Urano             Netuno             Plutão             Asteróides             Cometas             Meteoróides e Meteoritos                                                                                                    SISTEMA SOLAR
  7. 7. Nosso sistema solar está composto pela nossa estrela, o Sol, pelos oito planetas com suas luas e anéis, pelos planetas anões, asteróides e pelos cometas. Os cinco planetas mais brilhantes, que são visíveis a olho nu, já eram conhecidos desde a antiguidade. A palavra planeta em grego quer dizer astro errante . Depois da invenção do telescópio, outros 2 planetas do Sistema Solar foram descobertos: Urano em 1781 por William Herschel (1738-1822), Netuno em 1846 por previsão de Urbain Jean Joseph Le Verrier (1811-1877) e John Couch Adams (1819-1892). Plutão foi descoberto em 1930 por Clyde William Tombaugh (1906-1997), e classificado até agosto de 2006 como o nono planeta do sistema solar. Desde então a União Astronômica Internacional reclassificou Plutão como "planeta anão" , constituindo uma nova categoria de corpos do sistema solar, na qual também foram encaixados Ceres, o maior objeto do cinturão de asteróides entre as órbitas de Marte e Júpiter, e Éris (2003UB313) o maior asteróide do cinturão de Kuiper. Mais informações sobre asteróides são dadas no capítulo Corpos Menores . Os nomes dos planetas são associados a deuses romanos: Júpiter, deus dos deuses; Marte, deus da guerra; Mercúrio , mensageiro dos deuses; Vênus, deusa do amor e da beleza; Saturno, pai de Júpiter, deus da agricultura; Urano, deus do céu e das estrelas, Netuno, deus do Mar e Plutão, deus do inferno.
  8. 8. DESASTRES NATURAIS Um desastre natural é uma catástrofe que ocorre quando um evento físico perigoso (tal como uma erupção vulcânica , um terremoto , um desabamento, um furacão , ou algum dos outros fenômenos naturais faz danos extensivos à propriedade, faz um grande número vítimas, ou ambas. Em áreas onde não há nenhum interesse humano, os fenômenos naturais não resultam em desastres naturais. Um desastre é um rompimento social que pode ocorrer ao nível do indivíduo, da comunidade, ou do estado. A extensão dos danos à propriedade ou do número de vítimas que resulta de um desastre natural depende da capacidade da população a resistir ao desastre . Esta compreensão é cristalizada na fórmula: os "desastres ocorrem quando os perigos se encontram com a vulnerabilidade. mas moléculas situadas no limite da atmosfera terrestre incrementam sua velocidade até o limite que lhes
  9. 11. Há só uma Terra A raça humana necessita do seu planeta. Dele dependemos completamente, uma vez que a partir dele evoluimos, permanecendo sua parte para sempre, e apenas existimos por cortesia do auto-sustentável Sistema Terra. Quanto mais aprendemos, mais compreendemos que para a sobrevivência da Terra devemos cuidar dela como cuidamos dos nossos próprios filhos.
  10. 12. Mudança climática causará mais desastres naturais, diz ONU "A mudança climática vai produzir cada vez mais e mais intensos desastres, por isso precisamos trabalhar juntos como um sistema internacional para reduzir o efeito destes desastres antes que eles aconteçam", afirmou John Holmes, subsecretário-geral da ONU para assuntos humanitários e coordenador de ajuda de emergência. Energia limpa Durante o Dia Mundial da Terra, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promoveu seu plano energético e uma "nova era de prospecção de energias", a fim de estimular a economia e proteger o meio ambiente. Presidente norte-americano Barack Obama defende o uso de energia eólica para suprir demanda de energia elétrica nos EUA                                                                                                                                                                                                                                                         
  11. 13. Os desastres naturais podem ser melhor entendidos através do esquema proposto . Na natureza ocorrem diversos tipos de fenômenos que fazem parte da geodinâmica terrestre, responsáveis pela estruturação da paisagem. Mas, se ocorrerem ou se deslocarem sobre um sistema social, gera uma situação potencial de perigo a pessoas e bens. Caso haja o impacto, só será considerado como desastre quando os danos e prejuízos foram extensivos e de difícil superação pelas comunidades afetadas. Se não gerar danos ou seguir sua trajetória por áreas não ocupadas, o fenômeno volta a ser considerado como um evento natural. Para exemplificar, uma tempestade severa (evento natural) produz fortes chuvas e ventos. Quando se desloca sobre áreas urbanas (perigo), densamente ocupadas, podem gerar destelhamentos, inundações nas áreas próximos aos rios e escorregamentos nas encostas mais íngremes, consideradas áreas de risco. Atingindo estas áreas, casas são alagadas e destruídas, pessoas acabam morrendo e outras tantas são obrigadas a procurar locais seguros, como os abrigos temporários. Dependendo da sua magnitude,os danos acarretam num desequilíbrio dos serviços essenciais vinculados ao fornecimento de água, luz, comunicação e transporte, como também nas atividades comerciais e industriais. Na continuação da trajetória, ao chegar sobre as áreas de campo e mata, volta a ser considerada como um evento natural
  12. 14. TSUNAMI
  13. 15. Um tsunami (ou tsunâmi , do japonês 津波 significando literalmente onda de porto ) é uma onda ou uma série delas que ocorrem após perturbações abruptas que deslocam verticalmente a coluna de água, como, por exemplo, um sismo , actividade vulcânica , abrupto deslocamento de terras ou gelo ou devido ao impacto de um meteorito dentro ou perto do mar. Há quem identifique o termo com " maremoto " — contudo, maremoto refere-se a um sismo no fundo do mar, semelhante a um sismo em terra firme e que pode, de facto originar um(a) tsunami. A energia de um tsunami é função de sua amplitude e velocidade . Assim, à medida que a onda se aproxima de terra, a sua amplitude (a altura da onda) aumenta à medida que a sua velocidade diminui. Os tsunamis podem caracterizar-se por ondas de trinta metros de altura, causando grande destruição
  14. 16. DINÂMICA DA POPULAÇÃO NACIONAL A população mundial é o número total de humanos vivos no planeta Terra a um dado momento. No início de 2007 , esse valor atingiu 6,6 mil milhões ( português europeu ) ou 6,6 bilhões de pessoas ( português brasileiro ). De acordo com projecções populacionais, este valor continua a crescer a um ritmo sem precedentes antes do século XX . Entretanto, a taxa de crescimento vem caindo desde que os índices de crescimento atingiram seu auge em 1963 .Nossa população está em explosão demográfica desde a Revolução Industrial que começou na Inglaterra em meados do século XVIII [1 O crescimento populacional é a mudança positiva do número de indivíduos de uma população dividida por uma unidade de tempo. O termo população pode ser aplicado a qualquer espécie viva, mas aqui refere-se aos humanos . A população mundial em 1950 era de 2,5 bilhões de pessoas. Em 2000 já havia mais de 6 bilhões de humanos no planeta.
  15. 17. Para um estudo da população, é essencial a análise estatística acompanhada das características históricas e geográficas das sociedades existentes no planeta. Alguns locais que apresentam elevadas taxas de densidades demográficas são: Sudeste Brasileiro , nordeste dos Estados Unidos da América , leste da China e sul da África . Cada umas dessas regiões tem as suas particularidades socioeconômicas, culturais e ambientais. De acordo com os dados obtidos junto à ONU , no nosso planeta vivem mais de 6,3 milhares de milhão de pessoas. Dessas, mais de 75% vivem em países subdesenvolvidos e com menos de dois dólares por dia, 22% são analfabetos , metade nunca utilizou um telefone e apenas 0,24% têm acesso à internet .
  16. 18. Crescimento demográfico: causas e consequências                                                                                                                          
  17. 19. Os dados apontados à verificação das consequências do crescimento demográfico mundial são alarmantes. Revelam as pesquisas que o crescimento da população mundial deverá permanecer em crescente evolução até o ano de 2050, quando as projecções são de que a população mundial possa atingir a marca de 11 bilhões de habitantes. Essas consequências do crescimento populacional já estão a ser sofridas pela humanidade actualmente e sobretudo pela natureza. A retirada de matéria-prima do meio ambiente desencadeou uma grave crise ecológica promovida por conta do crescimento da população mundial. O crescimento demográfico atingiu demasiado o ambiente natural, fazendo com que inúmeras espécies animais desaparecessem e outras tantas ficassem ameaçadas de extinção. O Homem por onde passa destrói e polui o meio ambiente. Deve-se acrescer que o crescimento nos países industrializados não ocorre dessa maneira, ou seja, as pessoas não migram do campo para a cidade, o que permite que o crescimento urbano seja ordenado.
  18. 20. Certamente que um dos grandes problemas das cidades actualmente está justamente em controlar dois aspectos cruciais desse processo que desencadeia grandes impactos ambientais: de um lado o crescimento demográfico desordenado e, de outro, a grande produção de resíduos, causadores de inúmeros danos ambientais e factores de risco à saúde pública. As péssimas condições de vida nos grandes centros urbanos em decorrência da migração rural e da formação de favelas, proporciona sim a proliferação de doenças infecto-contagiosas, bem como o aumento dos índices de violência e a maior vulnerabilidade de acidentes naturais e industriais. Assim, necessário que se molde uma racionalidade ambiental, em que a população participe na gestão dos recursos ambientais existentes e seja redefinido o crescimento da população através da actuação regionalizada de controlo conscientização.
  19. 21. Esses bolsões de miséria nos países pobres e não se procura fazer nada que tente amenizar a vida daquela população. Resolver tal problema, não é fazer doações àquele povo; mas, estruturar uma política que integre aquela gente a uma vida social normal com emprego, educação, pelo menos regular saúde e a oportunidade de participar de uma estrutura de governo sadia. No Brasil os bolsões de miséria não têm locais próprios encontram-se desde São Paulo até o Nordeste, onde são constantes, bairros extremamente pobres, até cidades sem condições de sobrevivência. Isto por falta de uma política populacional à altura de uma convivência paralela da classe rica com a classe pobre; sem a formação da classe dos mendigos e degredados. Finalmente, o mundo da atualidade, convive com as diversas patologias criadas pela ganância, pela busca incessante ao lucro, pelo desejo do sempre querer mais e da inveja de possuir o que não tem condições de adquirir. São esses elementos que fizeram gerar a prostituição, aumentarem os roubos e os furtos, os seqüestros domésticos em cada país, assim como, os internacionais, tão comuns onde sobrevivem as guerrilhas. Essas questões são próprias de países com população desorganizada e desgovernada, ao considerar a formação de um povo que necessita de cooperação e mutualidade entre amigos que buscam o progresso em todos os sentidos. Desta feita, é preciso estudar cada vez mais a população, seu processo de crescimento e as condições de vida deste povo que precisa se adaptar a uma realidade de ser humano e natureza ambiental. dante oxigênio preserva a maior parte do hidrogênio bloqueando-o em moléculas de água e o campo magnético da Terra

×