Processos Firestream

444 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
444
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Processos Firestream

  1. 1. <ul><li>Equipe: </li></ul><ul><ul><li>• André Gustavo Dias Vasconcelos </li></ul></ul><ul><ul><li>• André Luiz Mendonça Barbosa </li></ul></ul><ul><ul><li>• Maria Emanuella Andrade da Silva </li></ul></ul><ul><ul><li>• Pedro Araújo de Andrade </li></ul></ul><ul><ul><li>• Ramon Pereira Marques de Oliveira </li></ul></ul><ul><ul><li>• Rodrigo Eduardo Ferreira </li></ul></ul><ul><ul><li>• Romero Dias Henrique de Araújo </li></ul></ul>
  2. 2. Motivos <ul><li>Criar uma mistura baseada nas melhores práticas do RUP e na agilidade do SCRUM, utilizamos a documentação e gerenciamento de riscos, do RUP; e a agilidade de desenvolvimento e facilidade no gerenciamento de mudanças do SCRUM. </li></ul>
  3. 3. Objetivo <ul><li>Construir software com agilidade, qualidade e documentação, com a flexibilidade de mudanças tendo como foco principal a satisfação do cliente e a qualidade do produto. </li></ul>
  4. 4. Ciclo de Vida do Desenvolvimento <ul><li>Ciclo iterativo e incremental </li></ul><ul><li>Ênfase no gerenciamento do projeto </li></ul>
  5. 5. Boas Práticas <ul><li>Desenvolvimento de software iterativo </li></ul><ul><li>Verificação da qualidade do software e do processo </li></ul><ul><li>Gerenciamento de riscos </li></ul><ul><li>Arquiteturas baseadas em componentes </li></ul><ul><li>Cliente Essencial. Deve ser parte integrante da equipe do projeto </li></ul><ul><li>Reuniões Diárias (Daily Meetings) </li></ul><ul><li>Comunicação </li></ul><ul><li>Facilidade no controle mudanças </li></ul><ul><li>Desenvolvimento Ágil </li></ul>
  6. 6. Arquiteturas baseadas em componentes <ul><li>Foco em estabelecer primeiramente uma arquitetura robusta </li></ul><ul><ul><li>Reuso </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilidade de entendimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilidade de manutenção </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilidade de extensão </li></ul></ul>
  7. 7. Desenvolvimento de software iterativo <ul><li>Fazer aos poucos (incrementalmente) </li></ul><ul><li>Redução de riscos! </li></ul><ul><li>Maior feedback do usuário -> toda iteração gera um software </li></ul><ul><li>Equipe possui pequenas metas </li></ul><ul><li>Maior facilidade em controlar o cronograma </li></ul><ul><li>Entendimento do problema cresce incrementalmente </li></ul>
  8. 8. Verificação da qualidade do software <ul><li>Definição do processo de testes para avaliação dos requisitos de qualidade do produto </li></ul>
  9. 9. Gerenciamento de riscos <ul><li>Identificar e atacar / mitigar os riscos mais críticos o quanto antes no projeto </li></ul><ul><li>Lista de riscos: riscos listados por ordem de prioridade </li></ul><ul><li>Plano de mitigação </li></ul>
  10. 10. Papéis e Responsabilidades Team

×