Lean software development (2)

3.923 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre Lean.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.923
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.643
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
92
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Naquela época, a montadora japonesa não estava nem entre as dez maiores do mundo. Em 2009, a Toyota tornou-se a maior em volume de vendas, acumulando vitória após vitória ao longo destas décadas, mostrando as vantagens e benefícios do sistema que desenvolveu. Não se trata de um conceito exclusivo da Toyota, podendo ser aplicado por empresas de qualquer negócio e em qualquer país ou região. Deve ser visto como um sistema de gestão para toda a empresa.
  • De acordo com o Lean Institute Brasil [11], “Lean é uma estratégia de negócios para aumentar a satisfação dos clientes através da melhor utilização dos recursos. A Gestão Lean procura fornecer consistentemente valor aos clientes com os custos mais baixos (Propósito) através da identificação de melhoria dos fluxos de valor primários e de suporte (Processos) por meio do envolvimento das pessoas qualificadas, motivadas e com iniciativa (Pessoas). O foco da implementação deve estar nas reais necessidades dos negócios e não na simples aplicação das ferramentas lean.” Além disso, o desenvolvimento ágil possui um grande sucesso devido ao Lean.
  • Heijunka Significa produzir a quantidade certa em um curto espaço de tempo e com qualidade Hansei é uma profunda Auto reflexão, ela pode ser de um unico individuo ou de integrantes, Existe uma metodologia para utilizar no Hansei que foi criado pelo e é usado pela a Toyta, que eles chamam de The FIVE Whys, que é um questionamento recursivo do problema identificado.
  • Andon pode ser utilizado por um operário para parar uma linha de produção. Utiliza-se de sinalizações ou sinais. Poka-Yoke – Pocá-Ioquê Automatizão de qualidade de produtos.
  • Palavra Sgnifica - Placa Vísivel de simple vizualização. Atravez do quadro vc pode vizualizar todo o projeto deixando os processo visiveis , dessa forma torna os processo mais continuos . Vc precisa colocar limite pra poder definir onde está o gargalo. Rodrigo Yoshima Scrum é mais invasivo melhora os processos . Tem o problema cultural.
  • Lean software development (2)

    1. 1. Grupo Speed: Aline Lopes Coelho Christiano Mateus Ermivaldo Junior Florindo Silote Neto Juarez Lustosa Marcus Gomes Rodrigo Vespúcio
    2. 2. LSD – Lean Software Development
    3. 3. <ul><li>Lean Manufaturing é um paradigma de gestão desenvolvido na Toyota, Japão, após a segunda guerra mundial. </li></ul>
    4. 4. <ul><li>“ Lean é uma estratégia de negócios para aumentar a satisfação dos clientes através da melhor utilização dos recursos. A Gestão Lean procura fornecer consistentemente valor aos clientes com os custos mais baixos (PROPÓSITO) através da identificação de melhoria dos fluxos de valor primários e de suporte (PROCESSOS) por meio do envolvimento das pessoas qualificadas, motivadas e com iniciativa (PESSOAS).” </li></ul>http://www.lean.org.br/o_que_e.aspx
    5. 5. <ul><li>“ O Foco da implementação deve estar nas reais necessidades dos negócios e não na simples aplicação das ferramentas lean. ” </li></ul>
    6. 6. <ul><li>“ O desenvolvimento de Software Lean é a aplicação dos princípios da Toyota product deveolpment system para o desenvolvimento de software”.(Poppendieck, 2007) </li></ul>
    7. 7. <ul><li>Quando aplicado corretamente, o desenvolvimento de software lean gera resultados rapidamente, com auto nível de qualidade e com baixo custo. </li></ul>
    8. 8. 7 Princípios Lean para o desenvolvimento de software ELIMINAR O DESPERDÍCIO AMPLIFICAR O APRENDIZADO ADIAR COMPROMETIMENTOS E MANTER A FLEXIBILIDADE ENTREGAR RÁPIDO TORNAR A EQUIPE RESPONSÁVEL CONSTRUIR COM QUALIDADE - INTEGRIDADE VISUALIZAR E OTIMIZAR O TODO
    9. 9. <ul><li>O que é o Desperdício ? </li></ul>
    10. 10. <ul><li>Funcionalidades incompletas </li></ul><ul><li>Torna o código mais complexo, aumentado o custo de manutenção. </li></ul><ul><li>Funcionalidades extras </li></ul><ul><li>Geram mais código e documentação aumentando o risco de bugs. </li></ul>
    11. 11. <ul><li>Processos Extras </li></ul><ul><li>Realmente é necessário tanta documentação? </li></ul><ul><li>Transferência de tarefas(HandOffs) </li></ul><ul><li>Estimular o feedback. </li></ul>
    12. 12. <ul><li>Troca de tarefas(Switching) </li></ul><ul><li>Fazer várias coisas ao mesmo tempo é pretexto para não fazer nenhuma. </li></ul><ul><li>Atraso </li></ul><ul><li>Aguardar alguma funcionalidade, aprovação, documentação, testes ou levantamento de requisitos </li></ul><ul><li>Defeitos </li></ul><ul><li>Gasto com o retrabalho sai mais caro do que o desenvolvimento com qualidade. </li></ul>
    13. 13. <ul><li>Lições devem ser extraídas das experiências vividas pela equipe e incorporadas ao processo. </li></ul><ul><li>As dificuldades passadas devem ser fonte de conhecimento e devem contribuir para o amadurecimento da equipe e do processo. </li></ul>
    14. 14. <ul><li>Adiar decisões permite que escolhas sejam apoiadas por mais experiência e conhecimentos adquiridos no decorrer do processo; </li></ul><ul><li>A equipe deve ser capaz de absorver mudanças tratando os planejamentos como estratégias para atingir um objetivo. </li></ul>
    15. 15. <ul><li>O cliente refina as necessidades; </li></ul><ul><li>Iterações curtas trazem mais experiência para a equipe e aumenta a segurança para tomar decisões; </li></ul><ul><li>Ajuda a atender as necessidades atuais do cliente; </li></ul><ul><li>Permite adiar a tomada de decisões para quando for acumulado conhecimento suficiente. </li></ul>
    16. 16. <ul><li>A equipe detém os detalhes técnicos da elaboração do software, portanto os desenvolvedores devem ser inseridos no cenário de tomadas de decisão. </li></ul><ul><li>A equipe é responsável pela gestão das funcionalidades que devem ser desenvolvidas e cada membro absorve uma determinada tarefa. </li></ul>
    17. 17. <ul><li>Equipes seguras constroem aplicações de qualidade. </li></ul><ul><li>O produto (software) elaborado deve ser íntegro no que tange qualidade e valor agregado ao cliente. </li></ul><ul><li>O software que possui integridade possui uma arquitetura coerente, facilidade satisfatória de uso, atende aos propósitos para o qual foi projetado, manutenível, adaptável e extensível. </li></ul>
    18. 18. <ul><li>O ponto de vista dos clientes e dos usuários equivale a visões de alto nível do sistema; </li></ul><ul><li>Otimizações macro canalizam os esforços para aumentar a satisfação dos usuários finais através de um produto consistente. </li></ul>
    19. 19. Evitar Multitarefa Heijunka : Nivelamento da Produção. Reuniões de Retrospectiva da Sprint Hansei : Reflexões profundas em busca da melhoria contínua.
    20. 20. Andon: Ferramenta visual e sonora para sinalização de problemas na linha de produção. Sinalização de Impedimentos Poka-Yoke : Dispositivo para controle da qualidade. Acionado automaticamente quando há algum erro ou defeito no processo de produção. Automação de Testes
    21. 21. Kaizen: Melhoria Contínua. Inspeção e Adaptação
    22. 22. Scrum Board KanBan : instrumento de sinalização que permite a criação de fluxo.
    23. 24. <ul><li>Os resultados obtidos com a metodologia Lean geralmente implicam em aumento da capacidade de oferecer os produtos que os clientes querem, na hora que eles precisam, nos preços que estão dispostos a pagar, com custos menores, qualidade superior, &quot;lead times&quot; mais curtos, garantindo assim maior rentabilidade para negócio. </li></ul><ul><li>http://www.lean.org.br/ </li></ul>
    24. 25. <ul><li>http://www.lean.org.br/ - Acesso em 01/09/2010. </li></ul><ul><li>http://en.wikipedia.org/wiki/Lean_software_development#Lean_software_practices </li></ul><ul><li>http://vimeo.com/9741999 </li></ul><ul><li>http://www.slideshare.net/luizfaias/implementing-lean-software-development </li></ul>

    ×