Qualidade de software3

183 visualizações

Publicada em

material do terceiro dia do curso de Qualidade de Softwares para pós em eng de softwares

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
183
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Qualidade de software3

  1. 1. QUALIDADE DE SOFTWARELeonardo A Alves
  2. 2. QUALIDADE O desenvolvimento de software deve empregar mecanismos para garantir que os esforços sejam devidamente direcionados a um objetivo comum.
  3. 3. QUALIDADE
  4. 4. PREMISSAS DE DESENVOLVIMENTO DESOFTWARE TRADICIONAL Linearidade (seqüencial) Determinismo (base de resultados) Especialização Foco na execução Crescimento exponencial do custo de alteração (indústria típica) A aceitação desta premissa tem como conseqüência natural uma busca por processos determinísticos, já que estes prometem menos alterações e maior previsibilidade.
  5. 5. RESULTADOS DO DESENVOLVIMENTO TRADICIONALBem sucedidos – O projeto é finalizado no prazo, dentro do orçamento e contendotodas as funcionalidades especificadas.Comprometidos – O projeto é finalizado e um software operacional é entregue,porém o orçamento e o prazo ultrapassam os limites estipulados, e, além disso,o software entregue possui menos funcionalidades do que o especificado.Fracassados – O projeto é cancelado em algum momento duranteo desenvolvimento.
  6. 6. QUALIDADEDesenvolvimento iterativo em cascata.
  7. 7. QUALIDADE: CRITÉRIO DE FINALIZAÇÃOUm dos aspectos mais importantes a serem estabelecidos durante osProcedimentos de qualidade é o critério de finalização do desenvolvimentode um software.É importante estabelecer que em todas as faseshá um critério de finalização.
  8. 8. COMO FAZER A QUALIDADE FALHAR Ausência de automatização nos testes Qualidade não é aplicada em todas as fases Falta de modelo coorporativo de qualidade Deficiência em testes Sob pressão os testes são deixados de mão Ausência de ambiente de testes Planejamento individual Falta de comunicação
  9. 9. QUALIDADE Qualquer tipo de erro gera custo Financeiro a Organização.
  10. 10. BENEFÍCIOS DA QUALIDADE Tornar o ciclo de desenvolvimento confiável Garante a ação corretiva no desenvolvimento Amplia a chance de sucesso com a socialização do projeto Amplia a produtividade com o projeto bem definido Reduz a desorganização Minimiza (ou Zera) o Retrabalho Evita a propagação de erros. Automação dos testes reduz custos do projeto
  11. 11. PRÁTICA DA QUALIDADE Especificação de requisitos (fase) Verificação dos requisitos (verificação da qualidade)Para cada fase uma contra-fase de verificação, que pode ser feita com uma reunião de planejamento, ou com o apoio do teste. (base de metodologias ágeis)
  12. 12. QUALIDADE DE SOFTWARE Próximo encontro: Metodologias àgeis

×