•
–
–
–
–
•
•
•
•
•
•
•
–

•
•
–
–
–
–

•

•
–
–
–
•
–

•
–
–
–

•
–
•

•
–
–
–
–
•
–
–
–
•

•
–
–
–
–

•
•
–
–

•
–
•
–
–
–

•
•
–
–
•

Figura 3- Atividade da enzima nitrato redutase em função das doses de nitrogênio quando foi
fornecido 40 kg h a-1 de po...
•
–
–

•
–

•

–
•
•
–

•

•
•
–

–

•
–
•
–

–
•
–

–
•
–
•

•
•
–
–
–
–
–
–
–
–
Figura 4 – Análises de regressão para as variáveis estatura de plantas (a), massa verde da parte
aérea (b), massa verde ra...
•

•

•
•

•

•
Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)
Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)
Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)
Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)
Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)
Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)

239 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Efeito da aplicação parcelada de potássio (Effect of split application of potassium)

  1. 1. • – – – – • • • • •
  2. 2. • • – •
  3. 3. • – – – – • • – – –
  4. 4. • – • – – – • –
  5. 5. • • – – – –
  6. 6. • – – –
  7. 7. • • – – – – •
  8. 8. • – – • –
  9. 9. • – – – • • – –
  10. 10. • Figura 3- Atividade da enzima nitrato redutase em função das doses de nitrogênio quando foi fornecido 40 kg h a-1 de potássio (a) e quando foi fornecido 160 kg ha -1 de potássio (b). UTFPR, Pato Branco, 2013. Fonte: adaptado de Silva et al. (2011).
  11. 11. • – – • –  • – •
  12. 12. • – • •
  13. 13. • – – • –
  14. 14. • – –
  15. 15. • – –
  16. 16. • –
  17. 17. • •
  18. 18. • – – – – – – – –
  19. 19. Figura 4 – Análises de regressão para as variáveis estatura de plantas (a), massa verde da parte aérea (b), massa verde radicular (c) e estande de plantas (d), avaliadas na cultura da soja, em relação a doses de potássio (kg ha-1) aplicadas na linha de semeadura. *,** - Significativo ao nível de probabilidade de erro de 5 e 1%, respectivamente, ns – não significativo. UTFPR, campus Pato Branco, 2013.
  20. 20. • • •
  21. 21. • • •

×