O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Jornal digital 16 01-18

159 visualizações

Publicada em

Jornal Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal digital 16 01-18

  1. 1. Ponte entre Sombrio e Balneário Gaivota pode receber asfalto amanhã Ponte entre SombrioPonte entre Sombrio Gaiteiro fala de bailes em que pessoas eram divididas entre negros e brancos HRA: Ideas divulga lista de funcionários e Sindicato cobra acordo CORREIO DO SULANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.332 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2018 www.grupocorreiodosul.com.br 30º23º Variação de nuvens e pancadas de chuva localizadas a qualquer hora do dia. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Trânsito – Pág 6 Ponte entre SombrioPonte entre Sombrio e Balneário Gaivotae Balneário Gaivota Ponte entre SombrioPonte entre Sombrio divididas entre negros e brancose brancos Especial – Pág 11 acordoacordo Saúde - Pág 7 Extremo Sul Catarinense Especial – Pág 11Especial – Pág 11Especial – Pág 11 APRESSADA: CRIANÇA NASCE NO CARRO DOS PAIS A CAMINHO DO HOSPITAL
  2. 2. Lula,Bolsonaro,MarinaeAlckminresumemtudo Tarefa árdua Presidente de honra do PDT, Manoel Dias, deverá ser candidato a deputado federal este ano. Em princípio, a do- bradinha a estadual será com Rodrigo Minotto (PDT), que tentará seu segundo mandato na eleição de outubro. Dias, que na campanha estará com 80 anos, é um dosfundadoresdoPDTNacional,aolado de Leonel Brizola, de quem desfrutou da amizadeporlongosanos.Eleitovereador por Içara em 1962, e deputado estadual em 1967, acabou tendo seus mandatos cassado em ambas ocasiões pela ditadura militar. O ex-Ministro do Trabalho, cuja família é oriunda do distrito de Hercílio Luz, em Araranguá, terá uma árdua empreitada em seu objetivo de chegar à Câmara Federal. É que há muito Manoel Dias atua apenas nos bastidores da polí- tica. A falta de contato cotidiano com o eleitor comum será um fardo e tanto para seu projeto eleitoral. Volta dos cassinos Caminha a passos largos, no Congresso Nacional, projeto que pretende regula- mentar a volta dos cassinos no país.Are- daçãofinaldoprojetoaindanãoestádada, mas,emprincípio,cadaEstadopoderiater entre dois e três cassinos, de acordo com seu potencial consumidor, nitidamente ligado ao turismo. Em Laguna já há um grupo empresarial organizado, que tem trabalhado na instalação de um cassino no município. Nos bastidores deste assunto, a guerra não é pequena, já que um outro grupo, ligado a empresários de Criciúma, vislumbra a possibilidade de implantar um cassino em Morro dos Conventos, em Araranguá. Dentre os deputados que têm acompanhado de perto o tema, há aqueles quedefendam,ainda,acriaçãodecasasde jogos, que seriam cassinos mais simples, com jogos eletrônicos e salas de bingo, por exemplo. Estes poderiam funcionar em maior número por Estado. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 C hega a ser engraça- do a maneira com os simpatizantes de Lula (PT), Jair Bol- sonaro (PSC), Mari- na Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) se digladiam, cada qual querendo impor sua verdade. Estes quatro líderes políticos, na verdade, resumem praticamente 80% do pen- samento do eleitoral brasileiro, que é bem estratificado. Lula representa o populismo esquerdista. Bolsonaro o populismo direitista. Marina re- presenta os politicamente corretos e Alckmin aquilo que restou da cha- mada política do café com leite, mais moderada, tentando a todo momento medir os prós e os contras. Na prática, os quatro são mera- mente representantes de tendências ideológicas solidificadas há muito no país. Se levarmos esta análise para a década de 1960, Lula seria João Goulart, Bolsonaro seria Magalhães Pinto, Marina Silva seria Herbert de Souza, o Betinho, e Alckmin seria Juscelino Kubitschek. Se levarmos para a década de 1930, Lula seria Getúlio Vargas, Bolsonaro seria Plínio Salgado, Marina Silva seria Juarez Távola, e Geraldo Alckmin seria Washington Luiz. O que há de comum nestes outros nomes é que eles passaram a vida falando mal um dos outros, dizen- do que seus pensamentos estavam corretos, e os dos demais estavam errados. Na década de 1960, por exemplo, Magalhães Pinto, então governador de Minas Gerais, ajudou a articular o golpe militar que der- rubou João Goulart da Presidência. Betinho foi para a luta armada e Juscelino, como uma barata tonta, ia de um lado para outro sem saber o que fazer. O que se vê é que a história do Brasil não muda, o que muda são seus personagens. E não muda porque nossos líderes não buscam a convergência, não buscam chegar a um consenso no que diz respeito a seus interesses, que são meramente os interesses do povo brasileiro. Lula quer matar a fome do povo. Até aí tudo bem. Agora, o que o PT precisa entender é que existe um monte de vagabundo encostado no governo, só comendo nas costas dos trabalhadores, através de benefícios sociais. Neste sentido Alckmin e o seu PSDB estão certos em suas crí- ticas. Sendo assim, o que o Brasil precisaria é de um presidente que mate a fome do povo, desde que esse povo de fato precise, promovendo, paralelo a isto, a recuperação social das pessoas, através de cursos, etc e tal, como propõe Marina Silva. A posição de Marina não anula a iniciativa de Lula, nem a crítica de Alckmin. Na verdade, uma posição complementa a outra. Ninguém está cem por cento certo. Se estivesse, o Brasil teria tomado seu rumo há muito tempo, pois todos os gregos e troianos já tiveram a oportunidade de comandar nosso país, até mesmo os padrinhos de Bolsonaro, que entre 1964 e 1985 timonaram os destinos de nossa na- ção, entregando-nos a mesma inhaca que encontraram. Haja candidato Lista de pré-candidatos a deputado esta- dual por nossa região tem crescido.Além das já carimbadas candidaturas à As- sembleia Legislativa dos deputados José Milton Scheffer, do PP de Sombrio, e de Manoel Mota, do PMDB de Araranguá, a relação conta, previamente, com outros quatronomes.DaterradeZéMilton,tam- bém tem emanado o nome do vereador petista Marcello Areão. Já de Araranguá quem almeja, do mesmo modo aAssem- bleia, é Sarah Maciel (PSDB), que dispu- touolegislativocatarinenseem2014.Em São João do Sul o PPS tenta se articular atravésdacandidaturaadeputadodeJoão Olívio Cardoso, o João da Farmácia, que disputou a prefeitura do município em 2016. Já o PSD de Criciúma poderá ter o delegado Ulisses Gabriel, queédeTurvo, como candidato a deputado estadual. A lista, todavia, ainda deverá ser bastante incrementada. Segredo fácil Corte de gastos promovido pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ara- ranguá, que levou o legislativo da Cidade das Avenidas a economizar cerca de R$ 1 milhão ano passado, foi destaque na imprensa estadual. Pela lógica, se esta prática fosse recorrente desde 1977, hoje a Prefeitura de Araranguá não estaria devendo nenhum centavo de precatórios, o que, aliás, pode deixar o executivo em estado de insolvência a qualquer hora. Interessante notar que a economia imposta pelo presidente da Câmara, ve- reador Daniel Viriato Afonso (PP), não prejudicou em nada o trabalho do legis- lativo. Continua tudo com antes, na terra de Abrantes, e com mais agilidade. Um dos ‘segredos’ da Câmara de Araranguá foi dispensar todo o pessoal excedente. Segredo, aliás, que já deveria ter sido descoberto há tempos por prefeitos que estão com suas prefeituras quebradas. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA “Se o perigo real não existe, precisamos inventá-lo. Só o medo é capaz de fazer com que o povo siga um só caminho, sem olhar para os lados, nem questionar àqueles que estão propagando a ideia do medo”. Assis Chateaubriand (1892/1968) Magnata da comunicação brasileira
  3. 3. 3Especial Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 Lindo Desafio Imagens do abraço na Apae, pelos 38 anos da entidade Aline Bauer Sombrio Psicóloga fala sobre amor e dificuldades de trabalhar em Apae P ara quem possui al- guma de- ficiência, incentivar seu desenvolvimento e mi- nimizar as limitações são objetivos constantes em entidades como a Apae. Mas se o lado psicológico desses alunos for ignorado, todo o esforço empregado em outras frentes terá sido em vão. É nesse lado tão importante que Giane Mon- teiro, psicóloga da Apae de Sombrio há 3 anos, atua diariamente. Em entrevista ao Correio do Sul, ela falou um pouco sobre mudanças, compreensão e o universo particular que essas pessoas especiais possuem dentro de si. Universo que a encantou quando ainda era acadê- mica e que a fez assumir permanentemente o papel de ouvinte e conselheira na escola. Acompanhe. O jeito que a sociedade vê as pessoas com defici- ência, sofreu mudanças no decorrer do tempo. A forma como elas vêem o mundo, também? Giane - Acredito que a abertura que a sociedade dá quando aprende mais sobre eles, amplia em acesso às coisas e prepara o ambiente a essas pessoas com defici- ência. Percebo neles que eles também nos procuram para conversar, sinalizam quando há algo errado, quando que- rem dialogar sobre proble- mas familiares, afetividade, então sinto que eles também se abriram para a sociedade. Existe alguma fase da vida dessas pessoas em que seja mais crucial esse acompanhamento psico- lógico? Giane - No Centro de Convivência, onde os alu- nos estão já em processo de envelhecimento, fica mais nítido o quadro psicológico deles, quando a saúde não é mais a mesma, eles demons- tram a busca por mais aten- ção, e por isso o conteúdo trabalhado com eles é mais terapêutico Como eles enfrentam o preconceito, psicologi- camente? Giane - Compreendem, isso é certo. Em conversas aqui na Apae, já tivemos conhecimentos de histórias de preconceito, e eles sabem da dificuldade, da limitação, mas também do potencial que eles possuem. E perce- bem quando e onde enfren- tam preconceitos, e querem ser inseridos entre os outros, sabem as nomenclaturas, entendem suas diferenças. Essa questão da no- menclatura faz muita di- ferença? Giane - Faz, com cer- teza, por que tem peso. E é atualizada de tempos em tempos justamente para não se tornar algo corriqueiro. Eles não recebem bem es- tereótipos. A forma como os pais agem quando descobrem que terão uma criança com deficiência na família faz diferença no psicológico desta criança? Giane - Faz, muita. É preciso um ambiente seguro para crescer bem. Então, à medida que os pais rece- bem a notícia e já buscam orientação, acredito que já mude a forma como se conduz o desenvolvimento desta criança, já que os pais não serão superprotetores, e estimularão o que ela tem de melhor. Como é ser psicóloga naApae e tratar desse lado tão delicado dos alunos da entidade? Giane - Eu, particu- larmente, sou apaixonada pelo que faço, e às vezes compreendo-os tão bem que nem vejo suas deficiências. Claro que a compreensão de- les é diferente e precisamos nos adaptar ao aluno, preciso acessar o emocional deles. São quadros com ansiedade, psicose, e aqueles que tem a compreensão, são muito abertos a mudanças, com- preendem o que falamos, já os que têm problemas mais agressivos, tentamos acessá-los de outras formas, através de atividades mais lúdicas. Não é difícil, mas dispõe de criatividade e es- forço para acessá-los.
  4. 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 201814 PublicidadeJornal Correio do Sul Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2017 *PARCELAS À PARTIR DE R$458,89 CONSÓRCIOS PARA IMÓVEIS INVISTA NOS SEUS PROJETOS DE FORMA ECONÔMICAE SEGURA www.consorciomenegalli.com.br
  5. 5. Na tarde desta segunda-feira, o deputado estadual Ricardo Guidi esteve na prefeitura de Jacinto Machado para oficializar a liberação de recursos na ordem de R$ 150 mil para aquisição de uma ambulância. Aexpectativa é que a prefeitura receba em breve os recursos necessáriosparaaaquisiçãodoveículo.Amedidabeneficiarátoda a população do município, possibilitando a aquisição do veículo para o transporte mais seguro e eficiente para a população. Oatoteveapresençadoprefeitoemexercício,AldoBrognoli, que agradeceu ao deputado pela liberação do recurso. "Investi- mentos na área da saúde são sempre bem-vindos", comemorou. Participaram ainda o prefeito licenciado João Batista Mezzari, o Gaiola, vereadores, secretários municipais e lideranças locais. O crédito consignado INSS do Sicoob Credija representa umadasmelhoresalternativasdomercadoparaosaposentados epensionistasqueprecisamdecréditoparacolocaroorçamento em dia ou realizar algum sonho. Tudo porque esse crédito pessoal conta uma das menores taxas de juros, comparado a outras linhas de crédito. A tranquilidade também se estende na hora de quitar o crédito, já que as parcelas são fixas e o valor é descontado diretamente do benefício. Segundo o presidente do Sicoob Credija, Wolni José Walter, a solidez da cooperativa também garanteumacontrataçãomaissegura."Ocompromissocomas pessoassemprefoiumacaracterísticamarcantedacooperativa, o que torna a contratação do empréstimo algo muito sério e transparente", considera. Sem a necessidade de uma avalista, o contratante poderá contratar um crédito de até R$40 mil e escolher parcelar em até 72 meses. Para o vice-presidente do Sicoob Credija, Do- nato Semprebon, o empréstimo é uma boa alternativa para os aposentados viajarem, realizar algum sonho ou equilibrar as finanças. "A rapidez na liberação do empréstimo garante um crédito que pode ser utilizado sem espera, ideal para quem já precisa do dinheiro para fazer algum investimento", destaca. Crédito consignado INSS do Sicoob é opção para pagar juros mais baixos Deputado Ricardo Guidi garante nova ambulância C om a presença de vereadores, políticos e ser- vidores públicos, aconteceu no final de ma- nhã de sexta-feira, a transmissão do cargo do prefeito Zênio Cardoso para a vice-prefeita Gislaine Cunha, que exercerá a função de 12 a 27 de janeiro. Em sua fala de posse, a atual prefeita referiu-se à importância em trabalhar a questão da saúde mental, em alu- são à campanha ‘Janeiro Branco: Quem Cuida da Mente, Cuida da Vida’, paralelamente às questões administrativas. "Temos que equilibrar o cuidado com a mente, o bem-estar das pessoas, nos comprometermos com a saúde mental, com o mesmo nível de disponibilidade a que nos propusemos à realização de obras e outras iniciativas de cunho administrativo”, declarou. E as novidades em Sombrio continuam. Aconteceu ontem a reto- JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 Eles são arteiros, irreverentes e supersimpáticos, além de embelezarem nossas matas e espalhar encantamento. Vamos preservar o lar dos macacos. Parque Ecológico Maracajá. Presidente da Aciva – Associação Empresarial de Araranguá e do Extremo Sul Catarinense – Beto Rizzoto "A Aciva sempre está em movimento, participando de discussões que visam melhorar a economia e qualidade de vida da população do Extremo Sul Catarinense" Sombrio começa semana com novidades mada do pro- jeto ‘Saúde em Movimento’, do Departamento Municipal de Esportes, com ginástica loca- lizada e cami- nhadas. "Será às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8 às 9 horas. Esperamos por todos os interessados para continuarmos neste projeto que reúne saúde, amizade, integração e muito bem-estar", comenta o gerente de Esporte, Fernando Luiz Ferreira. O ponto de encontro é no Ginásio Rogério Valerim.
  6. 6. 6 TrânsitoJORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 G.C.S LTDA - ME Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral diretor@grupocorreiodosul.com.br Redação: Aline Bauer editor@grupocorreiodosul.com.br Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Erivaldo Ferreira (Aldo) cristian@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br “Gás natural em todas as regiões de SC” A SCGÁS tem dois objeti- vos principais e cada vez mais claros: expandir o mercado e levar o gás natural a todas as regiões de Santa Ca- tarina. Neste sentido, em 2017 demos mais um passo em direção ao que pretendemos, inclusive em respeito ao propósito do serviço de concessão. Ligamos 38 indús- trias, número recorde no período de um ano; inauguramos os seg- mentos de cogeração industrial e comercial; lançamos o Projeto Estruturante de Lages, que vai antecipar a che- gada do gás natural ao município e modelar novos atendimentos; iniciamos o primeiro abastecimento industrial com gás comprimido na história de Santa Catarina; e firmamos nosso primeiro contrato para fornecimento de gás natu- ral como matéria-prima. Mais do que para a SCGÁS, o ano foi extremamente positivo para o mercado consumidor atual e potencial. Tivemos a tarifa de gás natural mais competitiva do Brasil, algo que será mantido pelo menos durante o primeiro semestre de 2018. Ao mercado se deve também boa parte dos créditos pelos avanços obtidos ao longo de 2017, já que a rápida reação econômica de Santa Catarina, devido à força e diversificação da nossa indústria, demandou um volume de gás natural maior do que prevíamos distribuir. Avançamos tam- bém no mercado veicular, que neste ano registrou seus melhores índices de ven- das desde 2012. O próximo ano, portanto, deve ser de continuidade. É preciso manter este ritmo para, com celeridade e objetividade, continuarmos andando a passos largos em direção às nossas metas. O próximo ano, contudo, também deve ser de prudência. Temos grandes desafios pela frente, tanto pela recuperação econômica quanto pelas mudanças no mercado. Precisamos nos capacitar para enfrentarmos um novo cenário no nosso setor energético, que passará a conviver com novos supridores, novos agentes e uma nova legislação. Tudo isso para le- varmos desenvolvimento econômico e qualidade de vida para os catarinenses de todas as regiões do Estado, e o mais breve possível. Redes estruturantes A SCGÁS lan- çou, em novembro de 2017, o Projeto Estruturante de Lages, um trecho de ga- sodutos desconectado da rede principal. Este trecho pode ser abastecido por veí- culos que transportam gás comprimido ou liquefeito até o município serrano. A rede principal da SCGÁS deve chegar a Lages apenas em 2020 e, desta forma, três indús- trias, 167 estabelecimentos comerciais, 476 unidades residenciais e três postos de GNV deverão ter seu abastecimento ante- cipado, de acordo com estimativa de mer- cado feita pelacompanhia. Recorde de ligações Foram 38 indús- trias catarinenses ligadas à rede da SC- GÁS em 2017, número recorde no período de um ano desde o início da operação da companhia, em 2000. Estas empresas re- presentam um volume adicional de 29,7 mil m³ de gás natural consumidos por dia em Santa Catarina – o consumo de gás por parte das indústrias do estado apresentou média diária superior a 1.505.000 m³ até o mês de novembro. Foram interligados ainda dez clientes comerciais, 19 condo- mínios e cinco postos de GNV. Expansão de mercado O mercado de gás natural em Santa Catarina teve inau- gurados os segmentos de cogeração indus- trial (Koala Energy, em Rio Negrinho) e comercial (Shopping Della, em Criciúma). A SCGÁS inaugurou ainda o modelo de atendimento à indústria com gás natural comprimido, que será transportado por caminhões até a sede da empresa em Gas- par, e firmou seu primeiro contrato de for- necimento de gás natural como matéria -prima – uma empresa especializada em gases vai utilizar o insumo para produção de gás carbônico. Evento internacional A SCGÁS orga- nizou em Florianópolis, no mês de maio, o que foi considerado por muitos o maior en- contro de gás natural da história do Brasil. O evento reuniu membros da International Gas Union, a maior entidade de gás natu- ral do mundo, e representantes dos maio- res agentes do mercado de gás mundial e brasileiro. Foi discutido o futuro do abas- tecimento dos estados do Sul do país (San- ta Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul), que terão seus con- tratos de suprimento encerrados em 2019. Retrospectiva 2017/Perspectiva 2018 - Energia Editado por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br Com apoio da Assessoria de Imprensa da entidade Arquivo Dir. Presidente da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS), Cósme Polêse A Agênciade Desenvol- v i m e n t o Regional (ADR) de Araranguá irá realizar reves- timento com massa asfáltica na pista em uso até nas ca- beceiras da ponte localizada na Rodovia SC-449, entre Região Fim do Degrau ADR realizará melhorias na ponte entre Sombrio e Balneário Gaivota Sombrio e Balneário Gaivota, já que houve adensamento no asfalto da cabeceira da ponte. Segundo o gerente de infraestrutura daADR, enge- nheiro civil Jocilon Coelho, serão utilizadas no local 30 toneladas de asfalto quente (CBUQ), com auxílio de rolo compactador. A previ- são é executar o serviço na quarta-feira, mas para que seja possível é necessário tempo bom no dia anterior e também na data de execução das melhorias. Para que seja possível a realização da obra emergen- cial, aADR realizou dispensa de licitação, e orçou a obra com três empresas, sendo que a empresa contratada irá executar as melhorias com o valor de R$ 14.800,00.
  7. 7. 7Saúde Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 Se fosse país, estado seria potência mundial Lista continha menos funcionários que o que foi acordado entre Ideas e Sindisaúde Santa Catarina supera índices na doação de órgãos para transplantes Santa Catarina encer- rou mais um ano com altos índices em transplantes. Em 2017, foram registrados 282 doadores de múltiplos órgãos por milhão de po- pulação (pmp) no estado, correspondendo ao inédito 40,28 doadores p.m.p. por ano. Esses dados consoli- dam a posição catarinense junto aos melhores resulta- dos do mundo em doação de órgãos para transplantes. Segundo o coordenador do SC Transplantes, Joel de N o domingo, o Instituto de De- senvolvimento Ensino eAssistência à Saúde (Ideas) divulgou uma lista com o nome dos funcioná- rios do Hospital Regional de Araranguá (HRA) apro- vados em processo seletivo Andrade, se Santa Catarina fosse um país teria um dos cinco melhores resulta- dos entre os que possuem atividade transplantadora, sendo que em alguns destes os programas de doação de órgãos são com coração parado e o Brasil é exclu- sivamente em situações de morte encefálica. “Os 31 doadores a mais, em relação a 2016, foram obtidos com um aumento na efetivação do processo para 49,6%. Houve redução da não au- torização das famílias para 33% e as perdas por parada para trabalharem na unidade hospitalar nos próximos seis meses, período que dura o contrato emergencial, firma- do entre Estado e Ideas, para gestão do HRA. Já na manhã desta segunda-feira, o Sindi- cato dos Trabalhadores em Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde) encaminhou um ofício ao instituto, ques- tionando sobre o número de cardíaca diminuíram para 7,5%”, comemora Joel. Além disso, só no mês de dezembro de 2016, fo- ram registrados 38 doações efetivas batendo o próprio recorde catarinense de 29 doações em um mês, que havia sido em setembro do mesmo ano. “Para que se te- nha ideia, 38 doações trans- formadas em média anual, corresponderiam 65 doado- res p.m.p. ao ano, ou seja, valores que superam o teto desta atividade no mundo. O número obtido representa mais que um doador a cada funcionários chamados no processo seletivo, realizado no fim de semana. O docu- mento foi encaminhado ao presidente da instituição, Roberto Benedetti. De acordo com Cleber Cândido, diretor do Sin- disaúde, o Ideas contratou apenas 315 funcionários no processo seletivo, sendo que o acordo estabelecido Estado Gislaine Fontoura Araranguá 45 a Menos Ideas anuncia lista de funcionários do Hospital Regional entre sindicato e instituto era de que o novo gestor do HRA contratasse 360, dos 385 funcionários do hospital, indicados em lista pelo Sindisaúde. No ofício, o Sindisaúde solicita que o Ideas especifique, em um do- cumento, o número de vagas por função e setor, para que sejam avaliados os critérios utilizados para a seleção, o sindicato solicita também, que este documento seja en- viado para a sua sede ou por e-mail até terça-feira. O Ideas informou em nota que apenas 346 funcionários da lista do sindicato compareceram no processo seletivo. “Nós tí- nhamos acordado 360 vagas, se só 346 compareceram, então que se contratassem os 346”, declarou Cleber. Ainda na mesma nota, o instituto informou que diversas vagas foram supri- das por profissionais que atuavam em outras funções, reaproveitando, conforme as possibilidades aferidas no processo seletivo, no entanto, algumas atividades exigem titulação, especialização ou habilidades específicas, que não foram preenchidas em sua totalidade, não permi- tindo o reaproveitamento de alguns funcionários. O Ideas também informou que con- tratou dois técnicos em En- fermagem, que não estavam na lista do sindicato, mas que são ex-funcionários recentes do HRA, totalizando os 315 funcionários e concluindo o processo seletivo. A nota foi assinada por Roberto Hen- rique Benedetti, presidente do Ideas. Em entrevista à Rádio Som Maior, na manhã desta segunda-feira, Roberto Bene- detti informou que a limpeza das áreas críticas e a confe- rência de estoque do HRA começaria no mesmo dia e que a previsão de abertura do hospital é para esta semana, porém ele não pôde afirmar o dia exato. Segundo o pre- sidente do Ideas, 40 vagas fi- caram abertas e a contratação de profissionais para ocupar estas vagas deve acontecer na próxima semana. Desde o dia 1º deste mês, os funcionários ocupavam o HRA, protes- tando pela garantia de seus empregos e o Ideas, apesar de ter sido anunciado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, como novo gestor do hospital, no último dia 20 de dezembro, só conseguiu a posse do prédio na tarde da última quinta-feira, dia 11, após acordo com Sindisaú- de, aprovado em assembleia pelos trabalhadores. dia para uma população de 7 milhões de habitantes”, explica o coordenador do SC Transplantes. Esses ótimos índices catarinenses demonstram que o Brasil pode ter re- sultados comparáveis aos melhores do mundo em transplantes, como vem ocorrendo no Paraná, Rio Grande do Sul, Ceará e outros estados. Os avan- ços nesta área são muitos, mas o objetivo é diminuir a espera e angústia dos pacientes que aguardam na fila por transplante.
  8. 8. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas J osé Augusto convida Lucerne para sair e faz elogios. Teodoro garan- te a Olinto que armará contra Conselheiro. Balbina diz a Pepito que teme deixar a casa de Bernardo e Alzira. Lucerne afirma a Gilberte que fará com que José Au- gusto equilibre as finanças do cabaré. Edgar reclama com Artur sobre a atenção aos artigos de Olímpia.Artur aceita o convite deAlzira para jantar em sua casa. Isolina incentiva Raimundo a lutar por Nicota. Conselheiro anuncia a Maria Vitória que promoverá um jantar para seu pai. Tempo de Amar -18h C atarina pede a Lucí- ola que não conte a Augusto sobre Cons- tantino. Afonso revela a Cássio que está apaixonado por Amália. Amália comenta com Tiago que ficou intriga- da ao ver Virgílio e Diana passeando juntos. Afonso ignora o pedido de Samuel sobre a mina de ferro, que sofre risco de desmoronamento. Catarina avisa a Constantino que não se casará com o marquês. Betânia comenta com Brumela que a tristeza deAfonso está associada à paixão por uma mulher. S amuel afirma a Sophia que não prejudicará Claranovamente.Gael diz a Clara que irá ajudá-la a conseguir a guarda de Tomaz. Caetana aconselha Patrick a desistir de ajudar Duda. Nádia informa Bruno que marcou um jantar para tentar se reconciliar com Raquel. Cido pede demissão. Nádia pega o dinheiro da propina com Sophia.Amaro beija Estela. Mariano diz a Juvenal que desconfia do caráter de Amaro. Lívia se encontra com Mariano. Sophia faz fotos de Raquel com o celular. OOutroLadodoParaíso-21h Deus Salve o Rei -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Não haverá muitos problemas para conduzir este dia. O astro Rei Sol lhe será favorável. Se mostrará mais corajoso para enfrentar as dificuldades. Afetará a opinião de algumas pessoas com suas colocação sobre o gosto em relação a várias coi- sas. Perseverar será algo presente neste período não desista daquilo que acredita. Vênus irá lhe contemplar a manter esse espírito vitorioso. O planeta Júpiter lhe deixará confuso, não conse- guirá compreender exatamente o que está aconte- cendo. Utilize sua curiosidade para expandir mais o ambiente ao seu redor. Irá entender melhor o que acontece ao seu lado. O planeta Júpiter será de suma importância para elucidar melhor seus pensamentos e a convivên- cia com pessoas mais incompatíveis. As coisas se revelarão diante da sua curiosidade e inteligência.Aconstelação deAquário será grande aliada nesta trajetória. Não se deixe provocar por balburdio aleatório. Muita coisa desordenada tende a deixá-lo pertur- bado. A desorganização também em lugares pú- blicos lhe irritarão. Objetivos podem ser desviado senão pregar sua total atenção. Para você relaxar mais o diálogo será importante para resolução de dificuldades. O planeta Saturno lhe trará serenidade. Não se deixe levar por ideias ruins e radicais. Seguir em frente e derrubar paradigmas será o lema do dia. Em seu favor haverá o planeta Ura- no corroborando. Mas você deve manter mais o equilíbrio para colocar em prática as suas ideias. A felicidade abrirá o seu horizonte lhe deixando mais afinco com seus objetivos. Tudo isso irá lhe proporcionar um excelente bem estar, Júpiter e o elemento fogo te ajudarão. Saber lidar com os confrontos competitivos contribuirá para superar desafios. A constelação marciana proporcionará base e tranquilidade para você. Siga corajosamente e perspicaz nessa sua empreitada. Apresentará um aspecto agitado de muita tumul- tuação. O planeta de Mercúrio não permitirá que você siga em frente. Converse com indivíduos que pensam diferentes. Algumas pessoas vão querer se aproximar de você.Apaixão irá mudar o seu dia aproveite. Netu- no acrescentará serenidade por esta constelação tão amorosa e carinhosa. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes Em plena segunda-feira (15), Gabriel voltou a dar um verdadeiro show de fofura, no Instagram de seu papai famoso, Gusttavo Lima. No colo do conhecido artista, o pequeno foi clicado dentro de um carro, deixando à mostra toda a sua fofura e carisma, mesmo com a pouca idade, assim como seus hipnotizantes olhos azuis.“Vamos dar uma volta, papai?”, chegou a escrever Gusttavo, ainda mais babão, na legenda da publicação, que, como não podia deixar de ser, logo en- cantou os internautas e rendeu mais de 126 mil curtidas.“Coisinha linda esse baby”, chegou a escrever uma seguidora, nos comentários da postagem. Apostando em um look todo colorido e dei- xando à mostra toda a sua simpatia, Lulu San- tos escolheu esta segunda-feira (15) para, na presença da imprensa, lançar sua mais recente turnê, Canta Lulu, no hotel Fasano, um dos mais famosos do Rio de Janeiro. Com um largo sorriso no rosto, o cantor era só alegria, na hora de posar para fotos, durante o evento.Além dele, estiveram presentes no lançamento os principais represen- tantes das empresas Universal Music Brasil, Live Nation Latina eAvante Música.Já Zeca Camargo foi o responsável por intermediar a conversa de todos com os jornalistas. JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
  9. 9. TÂNIA DUARTE JORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 48 3533.0762 Encontro de Paramotor A Associação Sul Brasileira de Paramotor realizou no último fim de semana, em Balneário Arroio do Silva, um Encontro de Paramotor. O evento foi realizado na Praia da Caçamba, no lado sul do município, e reuniu em torno de 90 pilotos. O tempo colaborou e o céu ficou colorido com os paramotores no ar. Além de reunir os apaixonados pelo esporte, o Encontro atraiu os olhares de muita gente. Muitos admiradores aproveitaram a oportunidade para fazer um vôo com os profissionais. tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho SocialSocial O prefeito De Arroio do Silva, Mineiro se aventurou nas alturas no encontro de paramotor no último final de semana em Arroio do Silva. Marcela Scheffer esteve de aniversário no domingo e comemorou com familiares. Parabéns! O sombriense, Douglas Beckhauser de Freitas foi nomeado Juiz de Direito do Tribunal de Justiça de Alagoas. Parabéns! Kelly Nunes Valerim, proprietária da Ford Kids do Outlet Japonês e do Center Shopping Araranguá é a aniversariante da próxima quinta (18), na foto com o marido Marcos Monteiro. Parabéns! A sombriense Edenise Silveira, aniversariante de domingo (14). Parabéns!!
  10. 10. 10 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
  11. 11. 11Segurança Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 O pedreiro aposentado, gaiteiro e trovador, Almiro José Nunes, conhecido como Nego Miro, de 79 anos, mora- dor do bairro Urussanguinha, em Araranguá, é uma destas figuras que não passa des- percebida. No bar perto da casa onde mora, é conhecido como pessoa alegre e de bas- tante conversa. Nego Miro é casado e pai de cinco filhos, três homens e duas mulheres, todos os filhos já constituíram família, e ele e a esposa Olina Nunes, com quem é casado há 60 anos, já têm bisnetos. “Faz tempo que eu durmo com a avó”, brinca. Nascido em 1938, morou sempre no bairro Urussan- guinha, na sua juventude as festas eram divididas em bailes de negros e bailes de brancos e ele era gaiteiro de bailes, fazendo dupla com Final Feliz Gaiteiro e trovador conta experiência com bailes separados por cor da pele Yasmin nasceu ainda no trajeto até Içara, no carro dos pais Miro enfrentou o preconceito, mas se lembra bem a sensação da discriminação de cor Zé Patrola, homem de cor branca. A dupla tocava nos bailes, onde o preconceito era evidenciado escancara- damente, com a divisão por raças e em um dos bailes de brancos, em Sombrio, Miro foi convidado por uma moça, para dançar. Ele era o único negro do baile. “Foi ela que me tirou para dançar, ela tava de olho em mim”, revela. Após conseguir um subs- tituto para a gaita, Nego Miro desceu do palco e foi dançar com a moça, que nunca mais viu. “Fui tocar em outros bailes lá por aquelas bandas, mas nunca mais vi ela, depois soube que ela foi embora para Porto Alegre”, contou. Sobre o preconceito, Miro diz que sente até hoje e que na época a separação por cor da pele, acontecia somente nos bailes. “Tinha um baile no Alto Feliz que o salão era repartido no meio, dançava branco de um lado e negro de outro”, disse. Nem a separação por cores nos bailes conseguiu separar Miro de Olina, que Marivânia Farias Sombrio Gislaine Fontoura Araranguá Criançanasceacaminhodohospital D ois casais levaram um sus- to, vive- ram uma experiência inesquecível e comemoraram o final feliz de uma história que acon- teceu no último domingo. Najara Gonçalves e o marido Rogério Beces Bernardo, esperavam com expectativa o nascimento da segunda filha para estes dias, e devido ao fechamento do Hospital Regional de Araranguá, e ao receio de falta de atendimento em Sombrio, quando vieram as primeiras dores na gestan- te, no domingo, resolveram ir direto para o hospital São Donato de Içara. No cami- nho, as contrações de Najara aumentaram e o casal, claro, ficou bastante nervoso, assim como o motorista do carro, Maicon Silveira, cunhado dos dois. Em meio as dores e gemidos da mamãe, Maicon acabou errando a entrada para Içara e o pouco tempo perdido foi o suficiente para que a criança nascesse. Em um outro veículo, seguindo atrás, estava Nilcéia Neves Silveira, esposa de Maicon, que depois traria o marido de volta para casa. Coube a ela tem cor de pele branca e casou com o gaiteiro e tro- vador negro no final da dé- cada de 50. Orgulhoso, Miro mostrou para a reportagem vários troféus que ganhou em concursos de trova na região. Miro ainda mostrou uma reportagem do periódi- co araranguaense Jornaleco, onde sua história também foi contada. atender a cunhada quando foi necessário parar no acosta- mento e fazer o parto. “Nos- sa, foi um susto, mas graças a Deus deu tudo certo”, conta Nilcéia. Eles chamaram uma ambulância para levar mãe e filha para o hospital e, se- gundo Nilcéia, tiveram que esperar ainda por 40 minutos. Felizmente, Najara e a pe- quenaYasmin passam bem, e ontem ainda estavam no São Donato, mas prontas para vir embora para Sombrio, onde a família mora, em uma viagem que desta vez deve ser mais tranquila.
  12. 12. 12 PublicidadeJORNAL CORREIO DO SUL Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
  13. 13. Homens tentam vender baterias furtadas e são presos 13Segurança Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 Princípiodeincêndioécombatidoporpopulares Comunidade de Ilhas elogia trabalho da PM O Corpo de Bombei- ros de Passo de Torres foi acionado para atender um incêndio em uma residência na rua José Quirino Nunes, Centro de Praia Grande. Segundo os bombeiros che- gando ao local, foi obser- vado que se tratava de um princípio de incêndio que foi contido por populares. Segundo relatos, o incên- dio teve início devido um rompimento da canalização de um fogareiro conectado direto ao botijão P-13(sem válvula). Os populares que estavam no local, retira- ram o botijão do interior da edificação, e realizaram o combate das chamas com água e extintor. Após os procedimentos, a residência ficou aos cuidados da PM local. Ninguém se feriu.. Natardedeontem,opresi- dente da Associação de Mora- dores de Ilhas, Eládio Normin Graciano, compareceu ao 19º Batalhão de Polícia Militar de RONDA POLICIAL - Era sexta-feira, por volta das 16h, quando uma guarnição da Polícia Militar de Maracajá foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica do centro do município. No local, a vítima relatou aos policiais que seu marido havia lhe agredido com dois tapas no rosto e empurrões. Além disso, também proferiu diversas palavras ofensivas. Diante do fato, o homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à central de polícia. - Por volta das 23h30min de sábado, uma guarnição da PM de Balneário Arroio do Silva foi acionada para verificar um veículo que estava realizando manobras perigosas no centro do município. Imediatamente, uma guarnição iniciou as buscas e abordou o veículo. No momento da abordagem, os militares perceberam que o condutor estava em visível estado de embriaguez, sendo confirmada após realização do etilômetro. O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhada à delegacia. - Na tarde de domingo, por volta das 16h30min, durante realização de uma operação em Ilhas, policiais militares realizaram a abordagem de um veículo em atitude suspeita. Durante busca veicular, os policiais localizaram um cigarro de maconha e duas embalagens de papel seda. Diante do fato, restou lavrado um termo circunstanciado em desfavor de um dos ocu- pantes do veículo, que assumiu a posse, e deverá comparecer ao Juizado Especial Criminal. - Na tarde desta segunda-feira, por volta das 14h, guarnições da Polícia Militar deAraranguá foram acionadas para atender uma ocorrência de furto no bairro Cidade Alta. Conforme relatos da vítima, ela estava em uma academia, quando visualizou um homem furtando sua bicicleta, não conseguindo impedir a ação. Imediatamente, as guarnições iniciaram as buscas e localizaram o autor na posse da bicicleta. O ladrão recebeu voz de prisão e foi encaminhado à central de polícia, juntamente com o bem recuperado. N a tarde de sexta- -feira, por volta das 16h, uma guarnição da Polícia Militar de Maracajá foi acionada, para atender uma denúncia de Araranguá para, em nome da comunidade, agradecer e elo- giar o trabalho realizado pela Polícia Militar na localidade. Na ocasião, o presidente foi recebido pelo comandante da 1 ª Companhia, capitão receptação. No local, os policiais militares constataram que doishomensestavamtentando negociar 10 baterias da marca Moura, de uso exclusivo de torres de celulares, com o co- municante da ocorrência, que Diego Schwartz, e pelo aspi- rante-a-oficial Filip Tharles Bilhalva. O comando ressalta que as rondas e as operações irão con- tinuar para deixar a população de Ilhas cada vez mais segura. viu o anúncio em uma rede social, desconfiou que fossem produtos de furto, e realizou a denúncia. Os dois homens rece- beram voz de prisão e foram encaminhados à central de polícia. Praia Grande Araranguá Maracajá Se Deram Mal Homem desconfiou da procedência das baterias e chamou a polícia
  14. 14. 14 GeralJornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT....................................... APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 165080; Devedor(es): A.G.T. INDUSTRIA DE CALCADOS LTDA - EPP - 05.469.181/0001-13, End: Rod. Estadual José Tiscoski, 4490, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV.ATIVA-CLT; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV.ATIVA-CLT; Tit: 91517000122 ; Apr: PROCURADORIA- GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 3.382,35 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 80,46. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 11,26 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,46. Prot: 165081; Devedor(es): A.G.T. INDUSTRIA DE CALCADOS LTDA - EPP - 05.469.181/0001-13, End: Rod. Estadual José Tiscoski, 4490, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDA NACIONAL - DIV.ATIVA-CLT; Sac: FAZENDA NACIONAL - DIV.ATIVA-CLT; Tit: 91517000123 ; Apr: PROCURADORIA- GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 3.269,62 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 80,46. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 11,26 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 80,46. Prot: 164994; Devedor(es): CLAUDIOMIR RAUPP DE QUADROS - 657.388.459-00, End: Av. Pref. José Scheffer, 561, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 17184 ; Apr: FCDL; VEN: 12/11/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 1.429,63 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 165082; Devedor(es): EDSON VALENTE - 014.825.989-81 e EDSON VALENTE - ME - 05.529.290/0001-89, End: Rua 6, 784, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: FAZENDANACIONAL- DIV.ATIVA-CLT; Sac: FAZENDANACIONAL- DIV.ATIVA-CLT; Tit: 91517000585 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 1.454,07 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 86,73. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 86,73. Prot: 165148; Devedor(es): FLAT EMPR IMOBILIARIOS LTDA - 00.536.235/0001-00, End: Av. Beira Mar, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: UNICRED SUL CATARINENSE; Sac: TEZZAMONTAGENS ELETRICAS LTDA; Tit: 7086/3 ;Apr: BANCO BRADESCO SA; VEN: 05/01/2018; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 3.000,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 86,73.Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 52,20 - Condução R$ 17,53 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 86,73. Prot: 165052; Devedor(es): JULIANA SERAFIM - 058.140.239-10, End: Rua Gov. Jorge Lacerda, 225, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LAJOSULMATERIAL PARA CONSTRUCAO LTDA; Sac: LAJOSUL MATERIAL PARA CONSTRUCAO LTDA; Tit: 75060 ; Apr: FCDL; VEN: 15/09/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 1.296,47 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08.Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 164978; Devedor(es): LEANDRO MAURICIO COSTA- 20.051.197/0001-03, End:Av. Nereu Ramos, 2053, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: AMARETTI BEBIDAS LTDA; Sac: AMARETTI BEBIDAS LTDA; Tit: 01640725 ; Apr: BANCO BRADESCO S A; VEN: 22/12/2017; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 135,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Prot: 165120; Devedor(es): ROGERIO SILVA DA SILVA - 27.411.692/0001-17, End: Av. Nereu Ramos, 1375, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: J L C APOIO ADMINISTRATIVO; Sac: CP EMBALAGENS LTDA; Tit: 012983/1-1 ; Apr: ITAU UNIBANCO SA ; VEN: 06/01/2018; Esp: Duplicata Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 245,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 58,08. Apontamento R$ 17,00 - Selo R$ 1,90 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 34,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 58,08. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 16/01/2018. Sombrio - SC, 16/01/2018
  15. 15. 15Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
  16. 16. 16 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
  17. 17. 17Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
  18. 18. 1º Open Arroio de Vôlei de Praia é realizado na Caçamba Arroio do Silva 02-03-04-05-07 11-12-14-15-18 21-22-23-24-25 CONCURSO 1.612 LOTO FÁCIL 15/01 06-13-33-57-59 CONCURSO 4.5181 QUINA 15/01 A Praia da Caçamba, lado sul do município de Balneá- rio Arroio do Silva, foi sede do 1º Open Arroio de Vôlei de Praia. A competição envolveu 20 duplas, sendo 12 duplas masculinas e 8 femininas. Os jogos aconteceram no domin- go, e iniciaram pela manhã. Os quatro primeiros colo- cados receberam premiação. A dupla feminina campeã foi Lesley e Sahra, de Araranguá. Em 2º lugar ficou Giovana e Mariana, de Balneário Arroio do Silva; em 3º lugar: Thaina e Tainá, de Forquilhinha; a 4ª dupla colocada foi Galega e Karina. As duplas masculinas des- taque foram: 1º lugar – Keruba e Max, de Araranguá; em 2º lugar: JG e Eversom, de Novo Hamburgo; em 3º: Paulo e Eduardo, de Araranguá; em 4º lugar: Guilherme e Marlon, de Araranguá. A competição foi uma realização da Administração Municipal e teve a organização do professor Beto Thielen. Os eventos esportivos movimentaram a Praia da Caçamba. Paralelo ao vôlei, o lado sul do município sediou também neste final de semana o Encontro de Paramotor e os tradicionais jogos do Praiano realizado pelo bar do Gila. "Temos uma série de cam- peonatos em andamento nesta temporada de verão. Temos futebol de areia, sintético, futsal, além do vôlei que tem sido também um grande atra- tivo. Os campeonatos de vôlei movimentam a quadra central e também a Praça da Terceira Idadee,agora,oprimeiroOpen Arroio está sendo realizado com o objetivo de atrair os atletas e incentivar ainda mais o esporte", registrou o prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro, que acompanhou os primeiros jogos do evento. Uma nova etapa do Open Arroio de Vôlei será realizada no dia 28 de janeiro no Centro. Campeonatos de Verão: Futebol Society – Segundas, quartas e sextas-feiras, na Praça Fábio Borges Futsal – Terças e quintas- -feiras, na Praça Central Futebol de Areia – Sábados e domingos, na Arena Sobre as Ondas Praiano de Vôlei – Segundas e quartas-feiras, na Praça Central Praiano deVôlei4 x 4 –Terças e quintas-feiras, na Praça da 3ª Idade
  19. 19. Morro dos Conventos entra para o calendário nacional de competições de Sandboard Gislaine Fontoura Araranguá Balneário Gaivota Região 19Esporte Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 O fim de semana foi de muito futebol de praia em Balneário Gaivota. No sábado já teve bola rolando na parte da tarde, pela segunda divi- são. Boa Esperança venceu o Chykungunya por 2x1. Josiel eAlbertomarcaramparaoBoa Esperança e Lucas dimunuiu para o Chykungunya. O Ami- gos da Boa Esperança com gols de Alexandre e Jodoel, venceu por 2x0 o Independen- te, e pelo veterano o Coruja goleou o Impressão Digital pelo placar de 5x0 com gols de Daniel, Fabio, Splinter, Jorge e Gilberto. Nos jogos da primeira divisão o Hey Pai/ Santa Fé com gols de Rudinei (2), Patrick e Leonardo venceu o Seis Caneco/Sombra Rio por 4x2. Gustavo e João Simon anotaram para o Seis Caneco, e Latão x Off Bier ficaram no 1x1. Diego Brehn marcou para Na noite da última sexta- -feira, os seis presidentes das ligas não profissionais do sul do estado reuniram-se com os 16 clubes participantes da Copa Sul dos Campeões 2018 para o Conselho Técni- co que definiu os confrontos das oitavas de final da com- petição. Estavam presentes o presidente da Liga Imbi- tubense de Futebol, Júlio César Magalhães, o presi- dente da Liga Tubaronense de Futebol Weliton Brasil, o presidente da Liga Ama- dora Verde Vale de Futebol Anoir Boerger, o presidente A conteceu neste fim de sema- na, nos dias 13 e 14, a 1ª etapa do Circuito Bra- sileiro de Sandboard – Balne- ário Morro dos Conventos. O evento, que foi idealizado pela diretora de Turismo de Ara- ranguá, Hellen Becker e pelo atleta de sandboard ararangua- ense, Carlito Bitencourt, levou muitas pessoas para as dunas do balneário. "Nem a chuva e o forte sol espantou o público, que compareceu em peso nas dunas,paraprestigiaroevento, já consolidado no calendário turístico de Araranguá", disse Helen, entusiasmada. Atletas de três estados nordestinos - Sergipe, Ceará e Rio Grande do Norte, além de esportistas de Garopaba, Blumenau e Florianópolis, todos profissionais e também atletas amadores deAraranguá participaram da competição. O campeonato foi dividido em cinco modalidades, desde o amador até o profissional e contou com jurados do Estado do Rio de Janeiro, de Araran- guá e Florianópolis e até de outro país - Itália. "Os atletas ficaram encantados com a beleza paradisíaca do Morro dos Conventos e as falésias do balneário e o público foi presenteado com um show de manobras radicais", declarou Helen. A diretora de Turismo ficou satisfeita com o evento e já anunciou que haverá a segundaetapanoanoquevem. Segundo Helen, 46 atletas de fora do Estado participaram da Jogos movimentaram praiano de futebol de areia Definidos confrontos da 1° fase da Copa Sul competição, que enriqueceu o turismo na região, durante o fim de semana. "O turismo se enriqueceu neste fim de sema- na, no Morro dos Conventos e em Araranguá, pois teve uma demanda maior de clientes em bares, restaurantes, hotéis, en- tre outros estabelecimentos", comemorou Helen, que tam- bém agradeceu aos apoiadores do campeonato. O primeiro colocado mas- culinonacategoriaprofissional foi um atleta do Ceará, a pri- meira colocada feminina na categoria profissional foi uma atleta também do Ceará. Uma ambulância do Município de Araranguá ficou durante os doisdias,àdisposiçãodosatle- tas e público, caso necessitas- sem.Tambémtevedistribuição de águas e frutas, durante os dois dias de competição. Fotos: RafaShot o Latão e Anderson fez o gol do Off Bier. Já no domingo, na parte da manhã, foi a vez das ca- tegorias de base mostrar suas qualidades. Pelo sub-12, Effa Torres 1x1 Grêmio Bate Bola, Henrique marcou o gol do Effa e Ana Carolina marcou para o Grêmio. Pelo sub-14, o Juventus venceu o Effa Torres com gol marcado por Gustavo e, pelo sub-16 tiveram dois jogos. Effa Torres 2x0 Anjos Gaivota, Guilherme e João Pedro fizeram os gols do jogo, e Galáticos 1x3 Guarani/Cfc Pódio, Roberto marcou pelo Galáticos, Leonardo (2) e Victor anotaram pelo Guarani. Na parte da tarde pela segunda divisão jogaram Furacão 3x1 Tigres, Bolinho (2) e Maicom fizeramparaoFuracãoeValdir anotou para o Tigres. Família Oliveira 3x2 Jaguarari/Chico Guinchos, Jorge (2) e Marcos marcaram para o Família e da Liga Urussanguense de Desportos Geraldo de Souza, o presidente da Liga Atlética da Região Mineira Emerson Lodetti e o presidente da Liga Atlética Vale do Mampituba Juliano Coelho anfitriã da competição em 2018, além dos representantes dos clubes participantes. Em 2018, a Copa Sul dos Campeões voltará ao seu formato tradicional com dezesseis equipes, que joga- rão em mata-mata, desde as oitavas até a final. Confira os confrontos da primeira fase: Palmeiras (LTF) vs Cara- vággio (LARM); Metropolitano (LARM) vs DirceueRenanmarcarampara o Jaguarari. Já pelo veterano, infelizmente acabou aconte- cendo W.O, onde o Latão que compareceu o jogo acabou sendo declarado vencedor diante da equipe Jacinto Ma- chado que não compareceu. Pela primeira divisão, Coruja 1x1 Made In Japa, Bruno marcouparaoCorujaeGabriel paraoMade.Omesmoresulta- dodeficoutambémparaojogo Família Leandro x Madeireira Pacheco, Alan marcou para o família e Gabriel marcou para o Madereira Pacheco. Hoje acontecem os jogos pelofutsalnoginásiodaescola Darci Ribeiro, pelo sub-10 Amja x Grêmio Bate Bola, sub-16 Mercado Chico Som x Galáticos, pelo feminino Avai F.C. x Boleiras e fechando a noite pelo masculino Atlético Turvense x Base Sombriense e Centro Clínico Sombrio x Amic. Avenida (LAVM); Amigos do Edésio (LAVVF) vs Vila Nova (LIF); Passo Magnus (LAVM) vs Turvo (LARM); Água Verde (LTF) vs San- tos Salvan (LUD); Ouro Negro (LUD) vs Pau- lo Carneiro (LTF); Araranguá (LARM) vs Flor da Serra (LAVM); Vera Cruz (LIF) vs Ajax (LUD); *As equipes a esquerda da tabela jogam a partida de volta, em seu Estádio. As oitavas de final da Copa Sul dos Campeões es- tão marcadas para iniciarem nos dias 17 e 18 de março.
  20. 20. TERÇA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2018

×