Ufcd4

462 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Ufcd4

  1. 1. Gigabit Ethernet
  2. 2. Gigabit Ethernet <ul><li>Tecnologias de transmissão de dados numa rede, com velocidades dadas em gigabits por segundo, seguindo a norma IEEE 802.3. </li></ul><ul><li>Desenvolvida devido à necessidade do aumento da largura de banda. </li></ul>
  3. 3. Gigabit Ethernet <ul><li>Trata-se de uma evolução das tecnologias Ethernet (até 100x mais rápida) e Fast Ethernet (até10x mais rápida). </li></ul><ul><li>É compatível com estas tecnologias, o que traz benefícios. </li></ul><ul><li>Suporta transmissões Full Duplex e Half Duplex. </li></ul>
  4. 4. Gigabit Ethernet <ul><li>Utilizada para ligação entre equipamentos activos (routers, switches). </li></ul><ul><li>Também utilizada em ligações a estações de trabalho de alto rendimento. </li></ul><ul><li>Ideal para redes de instituições que necessitem de utilizar, por exemplo, a vídeo-conferência. </li></ul>
  5. 5. Gigabit Ethernet <ul><li>Começou a ser desenvolvida nos EUA, em 1997, pelo Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE). </li></ul>
  6. 6. Gigabit Ethernet <ul><li>Hoje em dia existem 4 padrões: </li></ul><ul><li>-1000Base-T (IEEE 802.ab) </li></ul><ul><li>-1000Base-CX (IEEE 802.z) </li></ul><ul><li>-1000Base-SX (IEEE 802.z) </li></ul><ul><li>-1000Base-LX (IEEE 802.z) </li></ul>
  7. 7. 1000Base-CX <ul><li>É dada a conhecer em 1998 </li></ul><ul><li>Utiliza cabos STP cat. 6 </li></ul><ul><li>Cablagem limitada a 100 m </li></ul>
  8. 8. 1000Base-SX <ul><li>Aparece em 1998 </li></ul><ul><li>Cablagem de fibra óptica multimodo </li></ul><ul><li>Deve ser usada num comprimento máximo de 550 m, dependendo do tipo de fibra utilizada </li></ul>
  9. 9. 1000Base-LX <ul><li>Aparece em 1998 </li></ul><ul><li>Utilizada sobre Fibra Óptica tanto Multimodo como Monomodo </li></ul><ul><li>Em Fibra Monomodo pode ser instalada com uma distância máxima de 5 Km. </li></ul>
  10. 10. 1000Base-T <ul><li>Começa a ser implementada em 1999 </li></ul><ul><li>Utiliza cabo UTP cat.5e e UTP cat.6 </li></ul><ul><li>O comprimento de cablagem é de 100m no máximo </li></ul>
  11. 12. Tipo de Cablagem
  12. 13. Glossário <ul><li>Fibra óptica: transmissão de sinais e reflexos de luz através de filamentos de vidro .Não transmite sinais eléctricos como nos cabos de cobre. </li></ul><ul><li>Monomodo: fonte de emissão é feita através de um laser (1310 nm); permite apenas o envio de um sinal de luz por filamento, mas a distâncias maiores que o Multimodo. </li></ul><ul><li>Multimodo: fonte de emissão pode ser feita através de um led (+ barato) ou por um laser (850 nm), mas o sinal atinge distâncias menores do que Monomodo </li></ul>
  13. 14. Glossário <ul><li>Half-Duplex: envio de sinal feito nos dois sentidos, mas apenas um de cada vez. </li></ul><ul><li>Full-Duplex: transmissão feita também nos dois sentidos, mas simultaneamente. </li></ul><ul><li>UTP: Unshielded Twisted Pair </li></ul><ul><li>STP: Shielded Twisted Pair </li></ul>
  14. 15. Fontes de Informação <ul><li>Wikipédia </li></ul><ul><li>ISEL </li></ul><ul><li>Gigabit Ethernet Alliance </li></ul><ul><li>Eurocabos </li></ul><ul><li>ForumHardware </li></ul><ul><li>IEEE </li></ul>
  15. 16. Trabalho desenvolvido por: <ul><li>Bruno Demétrio – nº4930 </li></ul><ul><li>Hélder Almeida – nº4939 </li></ul><ul><li>Joaquim Ferreira – nº4941 </li></ul><ul><li>Leandro Bernardo – nº4942 </li></ul>

×